Preso na lama...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Preso na lama...

Mensagem por Pedro_Carmo em Sab 20 Set 2014, 21:53

Casa de Yuri Petrov - Sexta-feira dia 19/09/14 por volta das 20h30.

O "Tanque Russo" estava em casa com uma forte constipação que já vinha desde quarta-feira e encontrava-se em casa deitado no sofá a ver televisão, nomeadamente a ver notícias de desporto da SIC, em que se via claramente que a estação de TV estava satisfeita por ter a maior federação portuguesa de wrestling, quiçá da Europa no seu canto, mesmo que fosse por um tempo mais limitado e num dos seus canais secundários. Com ele, numa cadeira ao lado do sofá estava a sua namorada, Vanessa Palhinha que decidiu ficar ao lado dele durante a sua recuperação.

Vanessa: E então Yuri...pareces triste.

Yuri: Sim, estou.

Vanessa: Queres contar-me porquê? Ou é por causa da constipação?

Yuri (aborrecido): Um bocado por causa da constipação, e um bocado por causa das notícias que vejo na TV. Parece que a VLL depois da Dinastia dos Guerreiros II perdeu força e organização. O Carlos Salazar no fundo não está a resolver nada, porque os problemas continuam lá, e aquela aposta em "mais violência" resultou numa forte crítica de uma parte do povo português a falarem na "RTP  a converter o dinheiro dos contribuintes num produto rasca".

Vanessa: Estás contra a tua própria empresa?

Yuri (fungando e com a voz embargada): Não é bem isso, amor. A VLL ficou a ser a minha segunda casa. Mas eu percebo a manifestação. Apenas condeno o Salazar por não ter apostado na segurança para se fazer os espectáculos...entre outras coisas. À conta disso perdeu mais dinheiro com a devolução dos bilhetes. Eu teria deixado a VLL como estava antes do dia 29 de Junho e se houvesse problemas com os telespectadores, tentaria chegar a uma espécie de consenso que agradasse à maioria...agora aposta em "mais violência" e "menos segurança" dá nisto.

Vanessa (curiosa): Não queres mais lutar? Estás a pensar sair de lá?

Yuri: Pensei nisso...mas depois para onde ia? (tosse um pouco) Para a construção civil outra vez? Tentar arranjar um emprego no café do Fábio?

Vanessa: Não és propriamente desconhecido, podias servir como cara de algum produto para publicitar.

Yuri: Ainda ia fazer publicidade na TV vendendo matrioskas musicais que abanam a cabeça quando se ouve um som qualquer na rádio ou na TV ou Vodka misturada com vinho do Porto...não sei se me iriam contratar como relações públicas de alguma empresa.

* Vanessa ri-se um pouco *

Vanessa: Amor, qualquer que seja a tua decisão, eu vou-te apoiar. É claro que ficarei sempre preocupada sempre que entrares no ringue com um lunático qualquer, mas se saíres, tu vais sobreviver, tu sempre conseguiste superar-te.

Yuri: Pena não ter chegado ao Supremo. Mas estou farto de arranjar desculpas. Eu vou fazer o meu trabalho no ringue. E esperar que consiga deixar algum tipo de marca na VLL e no wrestling mundial, até não me aguentar no ringue. Se não conseguir, olha então não estava destinado a ser grande, apenas bom lutador.

Vanessa: Vai ser dificil recuperares até ao teu próximo combate...e assim desmotivado já se sabe que não vais longe.

Yuri(algo chateado): Oh! O teu chefe, o Dr. Tavares...também já não me ajuda nada. Eu continuo praticamente na mesma de alguns meses para cá. A minha personalidade parece digna de um vulcão. Eu sei que vais ficar triste com isto, mas acho que tenho de deixar ir ao consultório. Ele consegue motivar-me e mostrar as minhas fraquezas, mas não consigo fazer mais nada lá.

Vanessa (conformada): Já esperava que dissesses isso mais cedo ou mais tarde. Faz-me um favor, Yuri...ao menos vai ter com o doutor para terminares de vez as tuas consultas, mas não cortes a ligação que tens com ele. Porque tiveste uma boa ajuda do doutor quando mais precisaste.

Yuri: Eu faço isso, amor. Se perder este combate, tenho de arranjar uma nova maneira de fazer as coisas...ainda para mais que devo ainda ter o Jacob Franco à perna. Mudando de assunto, amor da minha vida, queres dar-me um beijo daqueles bem bons?

* Yuri espirra fortemente *

Vanessa(fingindo repulsa): Estás constipado! Queres pegar-me isso?

Yuri (meio a serio meio a brincar): Isso são maneiras de tratar o teu namorado? Olha que quando eu estiver bom, não te meto a broca no buraco! Faço greve!

Vanessa (brincando com ele): Ah estás a fazer bluff! Se não me meteres a broca, procuro um vibrador e tu ficas a ver navios! Tu não aguentas nem uma semana sem mim!

* riem-se bastante os dois *

Yuri: Só tu para me fazeres rir no meio de tanta chatice. Amo-te fofa.

Vanessa: Amo-te meu justiceiro russo...

O casal irá continuar por casa a ter um serão caseiro durante a noite. Quanto ao futuro de Yuri e da VLL, tudo depende da quantidade de trabalho e de responsabilidade que será feita daqui para a frente, pois com falta de animação e de paixão naquilo que se faz, nunca se irá longe...
avatar
Pedro_Carmo

Masculino Número de Mensagens : 1636
Idade : 31
Data de inscrição : 22/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum