VANGUARDA 56# (RTP1) - (27/08/2014) - SHOW

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

VANGUARDA 56# (RTP1) - (27/08/2014) - SHOW

Mensagem por vlladmin em Qui 28 Ago 2014, 09:33

A emissão da Vanguarda da Luta Livre se inicia com emissão de fogos de artifícios tradicionais. O público está ao rubro e cheio de expectativa depois de um show tão surpreendente que foi o Ground Zero. A VLL está em nova fase, como novo dono, como novo título e com novo campeão. O Campeão de Pesos Pesados Ryan Angel dá as cartas nesse momento, mas Cavaleiro está disposto a impedir e um lutará contra o outro, só que em duplas, Cavaleiro estará junto de Jacob Franco e Angel estará com o veterano Yuri Petrov. A mesa é comandada pelos dois comentadores símbolos da Vanguarda da Luta Livre, Luís Barreira e Diogo Beja.
 
Beja: Olá amigos da VLL! Começa o Vanguarda 56! Primeiro show depois do Ground Zero! Novo título! Novo campeão! Caras novas! Vanguarda 56 promete ser um show brutal!
 
Luís: Cavaleiro quer mostrar que é melhor que Ryan Angel no evento principal, e terá a ajuda de Jacob Franco, já o americano será ajudado por Yuri Petrov!
 
Beja: Além dessas lutas, ficaremos sabendo da situação de Arsénio Fuinha! De Zé Tó! De António Andrade, mais um regresso para esse, além de muito mais!
 
Luís: Falando em Zé Tó, esse imbecil causou muita polémica ao processar Carlos Salazar, nosso novo e grande dono, António Andrade e a própria VLL... Ele parece que não sabe o que é wrestling! Absurdo!
 
Beja: Menos Luís... Temos uma mesa ali presente... O que será que vai acontecer? Veja é Carlos Salazar!
 
A câmara começa a focar a entrada do dono da VLL até o ringue... Salazar exibe um sorriso, parece que está muito feliz consigo mesmo e leva com ele um microfone e alguns papéis. Ele vai até o ringue e se senta no lado da mesa onde tem apenas uma cadeira.
 
Salazar: Olá a todos! Bem... Espero que vocês tenham gostado do Ground Zero e da nova VLL!
 
O público vibra.
 
Salazar: Porém, nem tudo foi da melhor maneira... Tivemos um indivíduo que andou a encher o saco nessas últimas semanas... A mover processos contra mim e contra minha empresa! Bem... Todo mundo aqui sabe de quem falo...
 
O público chama por Zé Tó.
 
Salazar: Então... Zé Tó e seu advogado... Podem entrar!
 
Não toca música alguma, estavam apenas Zé Tó com uma camisa do Benfica e calça preta e seu advogado, Nuno de Carvalho, trajado de maneira formal, no ombro de Zé Tó, estava seu macaco Mantorras. Os dois entraram no ringue e sentaram no lado da mesa onde se tinha 2 cadeiras.
 
Salazar: Enfim... Não queres tirar mesmo esse animal daqui...
 
Zé Tó: Não! Ele ficaria ofendido! Agora... Temos que discutir... Ou se não, falo para meu advogado benfiquista fazer o que ele fez lá...
 
Nuno: Exatamente... Os termos do processo são bem claros... Não precisamos repetir o comunicado... Estamos ainda a negociar, porque meu cliente quer um contrato com a VLL!
 
Salazar: Está bem... Vou lhe dar o contrato Zé Tò...
 
Zé Tó e o advogado ficaram extremamente perplexos, o advogado dele falara que não seria tão fácil.
 
Zé Tó: Como assim? Tão fácil?
 
Salazar abriu um sorriso.
 
Salazar: Claro... Deverás retirar o teu processo em relação à VLL e a mim, para que tu recebas esse contrato.
 
Nuno ficou com um ar confiante, extremamente convencido do que fez.
 
Nuno: Vês senhor Salazar? Acho que o acordo está bem... Apenas se meu cliente concordar é claro...
 
Zé Tó deu de ombros.
 
Zé Tó: Se for assim... Tudo bem... Quero lutar na VLL!
 
Zé Tó assinou o contrato com a VLL, depois de seu advogado ter revisado todos os termos. O público da VLL vibrava e gritava por Zé Tó.
 
Salazar (Com um ar feliz): Ótimo... Podes sair agora e se preparar para o combate...
 
Nuno: Combate? Como assim? Ele acabou de ser contratado!
 
Salazar: Sim... E como meu contratado... Está aqui para lutar! E ele parece bem confiante, por isso vou-lhe dar uma chance, logo de seguida!
 
Zé Tó: Calma Nuno... Conseguimos! Estou na VLL! Quem vou enfrentar?
 
Salazar (Visivelmente tentando evitar um olhar debochado, mas estava mesmo feliz com o que fizera): O Chazz... Agora podem ir...
 
Zé Tó saiu feliz e satisfeito com ele mesmo juntamente com seu advogado, este já estava desconfiado, além de Zé Tó, o macaco parecia muito feliz e confiante,  todos seguidos do olhar de Salazar. Salazar abriu um novo sorriso depois de Zé Tó sair de cena.
 
Depois que Zé Tó saiu das proximidades do ringue, a emissão foi de Salazar para a mesa de comentadores onde estavam novamente Luís Barreira e Diogo Beja.
 
Luís: Finalmente, vamos nos livrar do Zé Tó de vez... Agora ele não poderá reclamar que não foram dadas chances... Chazz vai acabar com a carreira desse infeliz!
 
Beja: Ele pode vencer o Chazz...
 
Luís: Pode... Pode tanto quanto o Benfica vencer o campeonato nesta época...
 
Beja: Tu e tuas ironias...


Pequena pausa na emissão.


----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 

Ambos os lutadores, ChaZZ e Zé Tó, já se encontram no ringue para o combate.
 
Raquel Jacob:Este combate está marcado para uma derrota e do lado direito do ringue com cerca de 80 kg, vindo do Porto… CHAZZ!
 
Luís:Muita qualidade por parte deste jovem mascarado.
 
Beja:Venceu e conseguiu retirar a máscara de Camaleão.
 
Raquel Jacob:Do lado esquerdo do ringue com 92 kg, vindo de Lisboa… ZÉ TÓ!
 
O árbitro é David Peralta manda tocar a campainha e Zé Tó ataca com chapadas à menina ChaZZ que sem perceber o que está a acontecer recua até às cordas e leva com algumas joelhadas no abdómen e de seguida murros na cara. ChaZZ impõe-se com um Big Boot e um Leg Drop logo após.
 
ChaZZ eleva Zé Tó num Suplex, o benfiquista fica a queixar-se das costas, mas o Coveiro das máscaras quer acabar com o combate já e prepara-se para o Brogue Kick! Ele espera que Zé Tó se levanta e corre para o Benfiquista que se desvia e Roll Up! 1…2…3! 
 
Raquel Jacob: E o vencedor deste combate… ZÉÉÉÉÉ TÓÓÓÓ!
 
Luís: Mas que vem a ser isto?!
 
Beja: Grande recuperação do benfiquista Zé Tó a vencer contra a maré!

Luís: O ChaZZ desiludiu-me, para ser sincero.

Beja: Admite lá que não contavas com esta.
 
Luís faz um sorriso amarelo para Beja e a emissão passa para o departamento médico.


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A imagem muda e agora encontramo-nos no Departamento Médico da Vanguarda da Luta Livre. A sala branca rodeada de máquinas que ajudam no trabalho dos profissionais que aqui trabalham, profissionais esses que tentam garantir que todos os lutadores da VLL tenham o melhor tratamento possível.

Quem se encontrava neste momento na sala é o médico principal do Departamento, o Dr. Roberto da Luz. Este encontrava-se a examinar o lutador que já foi um ícone no Boxe, Simon Holmes, que estava sentado numa maca.

Holmes: Então Doc… que acha do meu joelho? Está pronto para voltar a fuzilar a cara a uns gajos ou que?

Da Luz (Hesitante): Bem, Simon… a verdade, é que, ainda não te posso deixar lutar.

Holmes (Frustrado): Cmon, Doc! O meu punho direito já está com saudades de arrumar uns quantos Sons of Bitches! Você tem que me deixar lutar!

Da Luz: Não, Simon, não posso. Com a tua idade e com o joelho da forma como está, eu nem sei como é que tu consegues aguentar-te em pé sequer.

Simon Holmes fica sem dizer nada. Ele fica de cabeça baixa a ouvir o que o Doutor Roberto da Luz tem a dizer sobre o seu estado.

Da Luz: Vou-te ser muito sincero, Simon. Tu tens que? 37? 38 anos? Tu tiveste uma carreira de fazer inveja a muitos lutadores que andam por aqui. Tu tens um braço direito potentíssimo. Mas o teu tempo está a começar a passar. Cada vez mais, o pessoal prefere os miúdos novos do que as velhas sensações. Miúdos que possam saltar de um lado ao outro do ringue ou que sozinhos possam levantar o mundo. E vamos ser sensatos. Tu se tentas dar um salto do lado ao outro do ringue, desmontas a perna toda. Se tu tentas levantar o mundo sozinho, tu cais sobre o teu próprio corpo. Tu simplesmente não tens condições físicas para aguentar na VLL com a competição que existe neste momento.

Holmes abaixa a cabeça, sabendo que o que Roberto da Luz diz é verdade.

Da Luz: O teu joelho até estava a recuperar bem. Quando entras-te para aqui ele estava em condições aceitáveis para um lutador da tua idade. Mas graças à Batalha Real… a condição dele piorou bastante. Está demasiado gasto para conseguires competir em condições. Peço desculpas, Simon, mas acho que deverias considerar em pendurar as b…

Holmes (Interrompendo): Não! Não se atreva a acabar essa frase! Eu não vou desistir agora, simplesmente não vou. O meu joelho pode estar feito em papa, mas enquanto existirem forças no meu corpo, podes crer que vou continuar a arrumar uns quantos muderfuckers! Por isso vou ter que lhe pedir um favor, Doc…

Da Luz: Dependendo do favor, Holmes.

Holmes (Hesitante): Vou ter que lhe pedir para não informar os superiores da minha situação. Se eles souberem que tenho o joelho neste estado, rescindem o meu contrato num instante. A única razão por qual me contrataram foi porque eu garanti que estava em boas condições físicas. E estava, mas com isto tudo… O Doc vai ter que me fazer este favor!

Da Luz: Eu não posso fazer isso. Vou por o meu trabalho em risco. Peço Desculpas.

Holmes: DOC! Você não me pode fazer isto! Eu não posso simplesmente ser despedido, não agora! Dei-me esta oportunidade e vai ver que eu não o vou desiludir. Eu vou fazer com que o meu joelho recupere. Vai ver!

Da Luz: Não sei… Ok. Vou-te dar esta oportunidade, mas se o teu joelho não recuperar, já sabes.

Holmes: Sim, sim. Não se preocupe. Dentro de algum tempo, vai ver aqui o Mad Dog unleashing is anger, and it won’t be pretty!

Simon desce da maca, ainda coxeando um pouco. O lutador sai do consultório de Roberto da Luz, enquanto este olha com preocupação para este. A imagem desvanece.


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 
Beja: Vamos agora para o segundo combate da noite, era suposto ser o primeiro mas com este combate entre Zé Tó e Chazz este passou para segundo combate da noite. 

Barreira: E depois daquele combate, diga-se, dominante mas sortuda por parte de Zé Tó acho que teremos mais ação mas no final será certamente ganho por Timó que foi acusado de violar a Vaca Miquelina.

Beja: É óbvio que ele não violou a vaca, és maluco? E eu nem gosto da nova faceta de Timó mas violar uma vaca é uma piada de mau gosto de Henrique Coelho.

Barreira: Dizes tu. As autoridades competentes trataram de investigar este caso e fazer justiça pela de certeza traumatizada Vaca Miquelina.

Beja: Cala-te que vem ai o Rafael Sampaio.

YEAHHHHHHHHHHHHHHHH

Raquel Jacob: Este combate está marcado para uma derrota! Vindo de Lisboa com um peso de 114 quilos, “O Futuro de Portugal” Rafael Sampaio!

*Rafael entra ao som da música com os braços no ar e vai cumprimentando várias crianças na ida para o ringue, dando a t-shirt a uma delas como, normalmente, faz.*

Beja: Sampaio tem vindo a mostrar ‘perfomances’ bastante positivas na sua estadia na VLL. O seu físico é absolutamente incrível. 

Barreira: Veremos o que fará contra Timó. Duvido que faça algo de especial.
 
Raquel Jacob: E o seu adversário, vindo de Lisboa com um peso de 105 quilos, Timó Pedroso!

*Timó Pedroso entra ao lado de Aníbal dos Reis com os seus estilosos óculos de sol e o seu casaco de cabedal indo com o punho erguido até ao ringue com uma cara bastante arrogante enquanto dos Reis lhe vai dando instruções.*

Barreira: Visual de estrela. Gosto muito, tem futuro. Não tinha é que violar a pobre coitada da vaca.

Beja: Futuro tem, mas como já disse o manager dele, não dá confiança.

Barreira: Quem é que te dá confiança mesmo?

Beja: Tu não, de certeza.

Barreira: Ainda bem.

O oficial deste combate é Adelaide Rodrigues. Ela manda tocar a campainha e o combate começa. 

Timó Pedroso olha para o seu ‘manager’ e abana a cabeça em afirmação, rapidamente vira-se para Rafael Sampaio e vai a correr para aplicar um Knee Drop MAS SAMPAIO DESVIA-SE NUM ÁPICE, VAI ATÉ ÀS CORDAS, CORRE EM DIREÇÃO A TIMÓ PEDROSO E SPEEEEEEAR… ELE VAI PARA O ASSENTAMENTO… 1… 2… Mas Timó safa-se no último instante e rapidamente rebola para fora do ringue enquanto se queixa das costas. Aníbal dos Santos vai até ele verificar a sua condição física e dizendo a Timó o que fazer agora. Sampaio está a gritar para Timó voltar para o ringue e tenta sair do ringue mas a árbitra não o deixa. Timó entra no ringue, levanta-se rapidamente para Sampaio não o conseguir apanhar.

Timó e Sampaio começam um teste de força entre ambos que demora algum tempo até Sampaio ganhar e mete a cabeça de Timó entre o tronco e o braço de Sampaio apertanto mas Timó empurra-o contra as cordas e consegue agora utilizar o Knee Drop levando Sampaio ao tapete. Com Sampaio no chão, Timó aproveita para utilizar a submissão Camel Cluth para o cansar o mais possível e parecia estar a resultar até Sampaio conseguir atirar Timó por cima dele mostrando bastante técnica.

Sampaio e Timó levantam-se rapidamente e vão a correr um contra o outro mas Timó usa um Uppercut e mais outro e mais um e um Bicycle Kick logo a seguir. Isto deixa Sampaio completamente estendido. Timó vai para o assentamento… 1… 2 mas Sampaio consegue reagir a tempo. Timó pega em Sampaio e aplica um Irish Whip contra as cordas e vai aplicar um running clothesline contudo Sampaio consegue esquivar-se e virar-se de novo para Timó que JÁ ESTÁ A APLICAR UM DISCUS LARIAT EM SAMPAIO, INCRÍVEL A CAPACIDADE DE REAÇÃO DE TIMÓ… Ele espera que Sampaio se levanta, quando este o faz ele manda-o contra o canto mete-o no topo do poste do canto, ELE VAI TENTAR O TIMONEIRO, ISTO É DEMAIS MAS É A ÚNICA FORMA DE ACABAR COM RAFAEL SAMPAIO. ELE PEGA NELE, ELE VAI TENTAR MAS NÃO, RAFAEL SAMPAIO DÁ-LHE UM PONTAPÉ NO PEITO E ELE CAI EM CIMA DO RINGUE. Agora Sampaio vai tentar ripostar e vai fazer algo que nunca vimos dele, ele vai executar um Diving Elbow Drop que conecta mesmo no peito de Timó. Sampaio para o assentamento… 1… 2… Mas não é desta… 

Sampaio vai para o Spear, ele espera calmamente que Timó se levante, apesar de este estar com dificuldades em fazê-lo. Ele finalmente se levanta e vai a correr para o Spear mas enquanto corre TIMÓ APLICA-LHE OUTRO KNEE DROP, ESTE MATOU SAMPAIO, QUE BRUTALIDADE!

Timó pega em Sampaio, manda-o contra o poste, mete-o no topo, ELE VAI TENTAR DE NOVO O TIMONEIRO. E CONSEGUE! TIMONEIRO EM SAMPAIO! ISTO TEM DE SER O FIM. ASSENTAMENTO… 1…2… 2.99… 3… Está ganho!!!

Barreira: Grande ‘perfomance’ de Timó, muitíssimo superior a Sampaio.

Beja: Ganha tento na língua, se faz favor. O Sampaio não teve assim tão mal apesar do Timó ter sido um monstro autêntico.

Barreira: Tu é que pensavas que Sampaio ia levar a melhor quando era óbvio que isso não iria acontecer.


Beja: Era óbvio? Por favor, o Sampaio podia ter ganho aos 15 segundos de combate com aquele Spear.

Barreira: Podia, mas ganhou? Não me parece.

A emissão passa para os bastidores.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
A câmara foca Pascoal que vai em direção ao escritório de Carlos Salazar que, aparentemente, tem uma proposta para este quando aparece Felps com cara de “poucos amigos” e aborda-o.
.

Felps: Ainda não me esqueci do que aconteceu no PPV, Pascoal. E aquele bilhete que me deixaste no carro? Foste tu, não foste? Quero a minha antena de volta.

Pascoal: (Disfarçando) Não sei do que ‘tás para aí a falar. Agora, ter mais coisas para fazer. Adeus.

Felps: Calma. Tens tempo. Nós os dois vamos ter uma conversinha.

Pascoal: Porquê? Eu não roubei nada. Nem roubei essa antena. Garanto.

Felps: Muleke, tu sabes bem que me fizeste. Roubaste o meu número na Royal Rumble. Disso tenho a certeza.

Pascoal: Nem te admito. Um gajo quase fez um negócio contigo e assim que me tratas?

Felps: Quase… Mas não fizemos e roubaste-me a bola com o número da Rumble. Tu irás pagar por isso.

Pascoal: És pior que a bófia tu. Sempre a questionar uma pessoa só por de raça cigana. Ganha vergonha.

Felps: O qu…

Do nada aparece ChaZZ que executa um Spear contra a parede em Felps que bate na mesma com bastante violência. ChaZZ pega em Felps que está tocado e executa um fortíssimo German Suplex no chão. Pascoal apenas observa e depois disso deixa o local, indo em direção ao escritório de Salazar.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A imagem foca-se no ringue da Vanguarda, onde o novo campeão de Pesos-Pesados da VLL, Ryan Angel, se encontra com um microfone em punho. O público, aplaude o norte-americano, mas este não se deixa convencer por tais atos.

Ryan: Bem, mas que noite foi o Ground Zero. Uma nova VLL, um novo conteúdo foi mostrado ao público, retornos imprevisíveis, e um novo campeão foi coroado. Pela primeira vez, eu pude mostrar as minhas capacidades ao público português, e mais uma vez eu consegui provar o meu ponto e levar o título para casa.

Ryan faz uma breve pausa.

Ryan: É o que eu tenho feito, toda a minha vida foi repleta de momentos como esse, mas algo falhou no Ground Zero. Algo que nunca me tinha acontecido, aconteceu no último PPV.

O público aguarda a confissão de Angel, enquanto este se mostra perturbado.

Ryan: Eu não me mantive de pé no final do combate. Eu não consegui sair pelos meus próprios pés da arena mostrando o título para todos vós. Não… Eu saí como o Cavaleiro, Coelho, Lourenço, Lemos… Saí apoiado aos árbitros auxiliares e foi como que arrastado para os bastidores. Saí como um perdedor, não como um campeão.

Ryan: Por todas as inúmeras empresas que passei, havia gente que nem se importava com isso. Havia pessoas que achavam que o título era o ouro máximo que se poderia vir a atingir. Mas não é. Não é o título que faz o campeão, mas o campeão que faz o título. E que imagem eu dei ao título de Pesos-Pesados? Uma imagem de derrota, de fraqueza? Um significado de derrota. Tal como eu, o Cavaleiro poderia ter saído do PPV com o título no ombro, como novo campeão. Tal não aconteceu, talvez por sorte ou destino… mas tal não aconteceu.

Ryan: Mas eu quero redimir-me disso. Quero dar a este título uma boa imagem, um prestígio de “última conquista”, um bom campeão. Quero dar a este título um combate ainda melhor do que a Royal Rumble que se passou. Cavaleiro, se estiveres aí, gostava que viesses ao stage.

Depois de alguns segundos de espera, “O homem que nunca viu o sol nascer” entra no stage, com um microfone da mão, sendo vaiado pela maioria do público.

Cavaleiro: Antes de mais, Ryan, acho que estás a ser um hipócrita por renegares a um título que tentou ser conquistado por 29 outros. De entre trinta, apenas um o ganhou e agora és tu que o queres deitar fora? És parvo, ou não queres aguentar a pressão de ser campeão?

Ryan: Não, pelo contrário. É por isso que quero oferecer uma oportunidade a toda a gente de ver um verdadeiro combate, por um verdadeiro título. Não este que trouxe comigo, mas sim aquele que ficará com um de nós depois de ser decidido o verdadeiro vencedor.

Cavaleiro: Então, tu queres que eu lute contigo, um contra um, sem ninguém para nos impedir de aplicar dor e sofrimento ao adversário?

O público vibra antecipando um combate pelo título.

Cavaleiro: Rapaz, acabas-te de cometer o maior erro da tua vida. Eu aceito.

Ryan Angel acena com a cabeça, confiante e pensativo.

Cavaleiro: Mas deixa-me que te avise. Depois de decidires quando queres que esse combate aconteça, tudo na tua vida irá mudar. Vais arrepender-te por não teres ficado calado e sozinho com esse cinto, vais arrepender-te por não teres ficado contentado com a tua mísera vitória. Ah, e mais logo, no nosso combate, vais aperceber-te do erro que cometes-te. Tu começas-te a cavar a tua própria cova, eu apenas vou ajudar-te.

A imagem desvanece com Cavaleiro deixando o stage, atirando o microfone ao chão, deixando o americano dentro do ringue, olhando para o título.


----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Zé Tó estava sentado na cafetaria da arena, descansando depois de ter tido o combate com o ChaZZ, no qual ganhou. O lutador benfiquista está a preparar-se para comer algo.

Zé Tó: Depois de ter ganho o combate, bem que mereço esta refeição!

O mesmo começa a comer apressadamente o seu comer, como se tivesse medo que alguém o tirasse da frente. Entretanto, alguém dá uma palmadinha nas costas de Zé. Este acaba por se engasgar com a comida. Muito aflito, Zé bebe todo o copo de água que tinha a sua frente. Já aliviado, mas ainda muito vermelho, Zé vira-se para trás vendo que foi Eduardo Santos que lhe deu a palmadinha. Este também se encontrava um bocado sem reacção pelo sucedido.

Zé Tó: Atão pá! Ias fazendo com que eu me afoga-se com o hambúrguer de vaca!


Santos: Peço desculpa senhor António.


Tó: Para ti, é senhor Zé Tó. Diz lá o que queres lampião.


Santos: Bem, eu venho do escritório do Dr. Salazar com uma mensagem para si. Ele disse-me para o avisar que… vai ter mais um combate esta noite…


Tó: O QUE?!


Zé Tó engasga-se outra vez. Eduardo Santos fica também aflito, tentando ajudar o novo lutador da Vanguarda. Este tenta dar água a Tó que a bebe, para ficar melhor.


Tó: Para de me tentar afogar! Qualquer dia morro às tuas custas. Mas como assim vou ter mais um combate esta noite? Ele não pode fazer isso. Eu já lutei esta noite e ganhei!


Santos: O Dr. Salazar diz que se recusar a lutar, ele pode rescindir o seu contrato por justa causa por o senhor se recusar a fazer o seu trabalho.


Tó: Aquele lagarto dum raio… todos os benfiquistas sabem que os Salazares nunca são de confiar. Já agora, contra quem será o combate mesmo?


Santos: O Dr. Salazar não me informou disso. Apenas disse para se preparar porque iria ser bastante mais difícil que o anterior.


Eduardo Santos afasta-se de Zé Tó, enquanto este sentava-se de novo na sua cadeira, zangado e atirando a sua comida ao chão num ato de desespero.


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


A imagem volta à mesa de comentadores.


Beja: E que Vanguarda que estamos a ter! Depois de ouvirmos o campeão a falar, acaba-se de descobrir que Zé Tó irá combater mais uma vez nesta noite. Uma grande injustiça no meu ver.


Luís: Sempre a favor dos coitadinhos. Ele mal sabe lutar.


Beja: Ganhou ao ChaZZ.


Luís: Está bem! Vais repetir isso quantas vezes? Passa masé a emissão para o intervalo.


Beja fica um pouco incomodado.


Beja: E aqui o meu caro colega disse tudo. Vamos para um curto intervalo, por isso fiquem por aí! Muita ação para ver! Não percam!
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 56# (RTP1) - (27/08/2014) - SHOW

Mensagem por vlladmin em Qui 28 Ago 2014, 10:28

Beja: Olá de novo telespectadores. O intervalo foi curto e teremos já de seguida o próximo combate da noite. É a vez de Diogo Lourenço defrontar Ricardo Corvo. Grande combate que nos espera, Luís. Ricardo brilhou na Royal Rumble tendo tido uma das melhores prestações entre todos os lutadores e Diogo conseguiu ficar nos cinco últimos.

Luís: És perito a sobrevalorizar, Beja. O Lourenço ganha fácil.

Beja: Se tu o dizes…

Luís: O Diogo acordou para a vida e finalmente voltou a ser aquele Diogo que conquistou o título da Vanguarda. Assim, acredito que seja campeão em pouco tempo. O seu potencial é incrível.

Beja: E o perito a sobrevalorizar sou eu…

Luís: Disseste alguma coisa?

Beja: Nada, nada.

*Toca Charlie Big Potato dos Skunk Anansie

Raquel Jacob: Senhoras e senhores, este combate está marcado para uma derrota. A caminho do ringue, pesando 87kg, vindo de Tomar, ele é o Anjo Caído, DIOGO LOURENÇO!!!!!!!

O ambiente fica negro enquanto luzes roxas iluminam a arena. Diogo entra pelo stage aos 24 segundos da música, criando uma sensação de suspense durante o compasso de espera. Diogo entra com um casaco negro, com uma camisa e uma gravata, ambos roxos. Ao seu lado, vem Raul Leviátes que vinha maioritariamente vestido de vermelho e preto. Os dois andam vagarosamente para o ringue, com Diogo mais sério e concentrado e Raul com um sorriso sádico a promover o seu lutador ao público. Chegando ao pé do ringue, Diogo sobe pelos degraus enquanto Raul dirige-se para as laterais deste. Diogo despe a vestimenta que tem em cima, ficando com uma blusa de alças negra que tinha por baixo da camisa. Este vai sentar-se no canto enquanto espera que o adversário entre.

O público assobia Diogo, que ignora por completo.

Luís: Uma verdadeira estrela.

Beja: Cuidado, Luís. Não te babes.

Luís: Eu? Babar-me? Como tu fazes quando vês o Petrov? Nunca.

Beja: Nem comento.

*Toca Ameaça Menor dos Linda Martini

Raquel Jacob: E agora, a descer a rampa, ele é o jovem prodígio RICARDO CORVO!!!!

Corvo é bem recebido, enquanto caminha para o ringue.

Já dentro do ringue, os dois lutadores encaram-se seriamente.

Beja: Muita determinação no olhar de Corvo. Nota-se que está motivado.

Luís: Isso não importa. Diogo vence. Tão simples quanto isso.

Beja: Não estou tão convicto quanto tu.

Luís: Isso é porque és estúpido.

Beja: E tu profissional. Não haja dúvidas disso.

Jorge Mesquita é o oficial designado para este combate. O confronto começa com ambos os lutadores a andarem em círculos, tentando decifrar qual seria a melhor forma de abordar o seu adversário. A iniciativa parte do ex-campeão da Vanguarda que tenta aplicar uma Clothesline. Corvo abaixa-se e Dropkick! E mais um! E outro. O jovem prodígio termina a sequência com um german suplex. Diogo fica confuso no chão. Não esperava este reação da parte do seu oponente. Raúl grita ordens, mas este nem se apercebe. Pin: 1..1,3 e o “Anjo Caído” salva-se com facilidade. Ricardo levanta-o e prepara-se para executar mais um German Suplex.. mas não! Pelé Kick de Lourenço! Ricardo fica atordoado e vira as costas ao adversário para também ele aplicar um Pelé Kick! Ambos os lutadores estão deitados no chão.

Corvo recupera primeiro e pega na perna do ex-membro dos Verno. Figure Four Leglock bem aplicado! Diogo está com dores. Os seus gritos são perfeitamente audíveis. O ex-campeão da Vanguarda apercebe-se que está demasiado longe das cordas, por isso inverte a manobra! Agora é Corvo quem está em sofrimento! Este rompe de imediato a manobra. Sem hesitar, Lourenço aplica um Sleeper, tentando enfraquecer o seu oponente. O jovem prodígio tenta levantar-se e consegue mesmo! O lutador começa a ripostar com cotoveladas no abdómen de Diogo! Mas não. O lutador vindo de Tomar aplica uma Clothesline que deita ao chão Ricardo. Contudo, este último recusa-se a desistir! Corvo agarra-se às cordas, usando-as como suporte para se levantar. Este sabe que não pode ficar muito tempo deitado no tapete.

Lourenço ri-se e começa a bater palmas lentamente ao seu adversário. Mal Ricardo se levanta, o ex-membro dos Verno começa a descarregar socos neste! O jovem prodígio português fica de joelhos apoiado com as costas na segunda corda. Diogo pára de dar socos e começa a provocar o público, enquanto ouve as assobiadelas e os cânticos a favor do seu rival. Raúl não parece muito contente, ao ver o seu pupilo desconcentrado. Quando o antigo aprendiz de Jorge Gante se vira leva com um Jumping High Knee! Ricardo ganha ímpeto nas cordas, mas sofre um Crossbody. Bons reflexos de Lourenço que retoma o controlo do combate. Os sinais de desgaste em Corvo são mais que evidentes. Mesmo assim, a estratégia de não permanecer muito tempo deitado continua intacta. O português descansa um pouco sentado no canto. Diogo aprende com o erro e decide manter a pressão em Corvo. Levanta-o e recua um pouco. Step Up Enziguiri! Bem aplicado! O jovem prodígio agora encontra-se de joelhos, a tentar recuperar da manobra sofrida. Lourenço rebaixa Ricardo, aplicando múltiplas joelhadas no abdómen a este. O ex-Candidato Principal ao Título Supremo agarra no pescoço de Ricardo. Vai tentar um Skywalker, mas não! Ricardo contra-ataca e aplica um Tiger Suplex! Parece começar a ganhar ímpeto o português. Devil Lock DDT! Vai direto para o pin: 1…2 e Diogo safa-se. Está ainda pouco cansado o “Anjo Caído”

Ambos os lutadores levantam-se e começam uma troca de socos: Soco de Lourenço… Ricardo agora… Lourenço.. Ricardo… Lourenço… Ricardo… Ricardo… Ricardo e o filho de Fernando Corvo aplica uma Clothesline… e outra. O jovem prodígio encosta Diogo às cordas para depois o atirar para fora do ringue. Todos sabem o que vem aí, exceto Diogo. O seu manager ainda tenta avisá-lo, mas é tarde de mais! Suicide Dive com Corvo a aterrar em pé. O lutador aproveita e descansa um pouco antes de subir para o canto. O ex-campeão da Vanguarda levanta-se sem se aperceber onde está e… Moonsault! O pública fica radiante com esta manobra! Cânticos “Isto é brutal” começam a ecoar por toda a arena. Ricardo arriscou muito ao aplicar este Moonsault. A aterragem não foi perfeita. A queixar-se das costelas, o jovem prodígio coloca Diogo de novo dentro do ringue.

Pin: 1..2..2,4 e Lourenço salva-se colocando o pé direito na corda inferior! Que combate eu estamos a assistir! Ambos os lutadores já apresentam notórios sinais de cansaço. Rítmo muito intenso de combate.

Corvo decide subir ao canto. Diogo encontrava-se estendido no meio do tapete. O português tentava um Diving Elbow Drop, mas o “Anjo Caído” afasta-se no último segundo! Ricardo cai mesmo em cima das suas costelas doridas. O ex-membro dos Verno pega de imediato no seu adversário e Skywalker! Pin: 1..2…2,5 e Ricardo livra-se! Lourenço não estava nada à espera. Pensava que o combate tinha terminado ali. Espantado com a perseverança do seu oponente, o “Anjo Caído” decide acabar de imediato e procurar o seu finisher: o Angel’s Connection (Superkick). Corvo levanta-se lentamente para desespero de Lourenço que falha o seu finisher! O jovem prodígio abaixa-se e contra-ataca com o seu Canhão Português (Superkick)! O finisher do seu pai! Ricardo sente que pode vencer. Diogo é arrastado até ao canto para que possa ser aplicado a Queda Negra (Panama Sunrise)! É mesmo isso que o português vai tentar. Já está no canto e WOW! DIOGO LOURENÇO CONTRA-ATACA COM UM DEVIL’S BITE (SINGLE KNEE FACEBUSTER)! É DESTA! SÓ PODE SER!
O ex-campeão da Vanguarda vai para o pin: 1..2…2,9 e CORVO SAFA-SE! COMO É POSSÍVEL!

Luís: (Perplexo) Como!?

Diogo vai de imediato gritar com o árbitro. Afirma que a contagem tinha chegado aos 3. O próprio Raúl protesta do lado de fora do ringue. Corvo encontra-se totalmente exausto, encostado às cordas. Incrédulo com o que se passou, o “Anjo Caído” retoma a sua atenção no seu adversário, mas ROLL UP! OPORTUNIDADE PARA RICARDO CONSEGUIR A VITÓRIA! 1..2..2,8 e LOURENÇO LIVRA-SE! ESPANTOSO COMBATE!

Ricardo aproveita o Roll Up e aplica um Last Chancery! Mas é uma má decisão do lutador! Diogo está a meros centímetros das cordas e acaba por chegar lá facilmente. Decisão de desespero total da parte do jovem prodígio. Raúl Leviátes, manager do lutador proveniente de Tomar, começa a protestar com o árbitro na borda do ringue! Afirma que Corvo puxou os calções ao seu pupilo. Enquanto isto, Ricardo tenta levantar o seu rival que lhe APLICA UM EYE POKE! O ÁRBITRO ESTAVA DISTRAÍDO E NÃO VIU NADA! ANGEL’S CONNECTION! CORVO CAI ESTATELADO NO MEIO DO RINGUE! O ÁRBITRO RETOMA A SUA ATENÇÃO AO COMBATE E COMEÇA A CONTAGEM: 1…2…3! DIOGO LOURENÇO É O VENCEDOR.


Raquel Jacob: E o vencedor deste combate é: DIOGO LOURENÇO!!!

Beja: Grande combate o qual acabamos de assistir. Ambos os lutadores deram tudo o que tinham. Pena é a forma como Diogo acaba por vencer.

Luís: O Diogo mereceu por completo a vitória. Dominou o combate inteiro nunca dando oportunidade para que Corvo conseguisse ganhar ímpeto. Impressionante.

Beja: Não atribuis qualquer mérito neste combate ao Ricardo?

Luís: Claro que atribuio. O facto de ele ser pouco talentoso fez emergir o talento do Lourenço. Para ser mais específico: a capacidade de dominar do antigo campeão da Vanguarda e futuro Campeão dos Pesos-Pesados.

Beja: És tão triste.

Luís: (Sorrindo) Mais que tu não sou. De certeza.

O “Anjo Caído” abandona de imediato o ringue, juntamente com o seu manager. A emissão passa para os bastidores, com o antigo campeão da Vanguarda a festejar na rampa e Corvo caído no ringue, extremamente cansado.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------


A imagem dirige-se para os bastidores, onde a imagem foca um corredor praticamente deserto.

???: Desde os tempos primórdios que a humanidade se sujeitou a transportar veneno nas suas veias. Alguém malvado, algo que atrasava o seu desenvolvimento da população e o enriquecimento da cultura. No paleolítico com os mamutes peludos e o aparecimento de grafitis nas grutas, na idade média com as guilhotinas que cortavam todo o tipo de cabeças e castravam animais, e, na actualidade com os chineses e ciganos…

???: O nosso mundo esteve e estará sempre sujeito a estas pragas, e cabe apenas à humanidade decidir se quer viver, fraternizar, respirar o mesmo ar com estes impostores. Na verdade, não, não cabe. Essa importante decisão cabe a um homem com um intelecto e um vocabulário mais rico que um restaurante do Algarve em pleno verão, mais rápido do que um avião da Malasya Airlines a fugir aos radares, com mais fome de justiça do que o gordo do Preço Certo…

???: Numa época desesperada por um herói, chega um gajo, forte, incrivelmente rápido e com uma enorme capacidade para aguentar pessoas irritantes. Numa época onde o preço do gasóleo atinge o seu pico, chega Tubaralho, um lutador do cangalho!

Tubaralho salta para a dianteira da câmara e faz uma pose verdadeiramente heróica. Quando este se preparava para começar a falar, é interrompido por um outro lutador da VLL, Theo Damiani, que lhe dá um valente encontrão com o ombro, fazendo o super-herói virar o seu corpo.

Damiani: Hey, desculpa lá. Não reparei que estavas a limpar o chão. Na verdade, não reparei que era necessário usar máscara para fazer limpezas.

Damiani ri-se, deixando Tubaralho constrangido.

Tubaralho: Isso era porque não estava… Mas podia fazer-te limpezas noutro sítio.

Damiani: Tu és ridículo, tenta arranjar uma namorada e subir na vida.

Damiani abandona o corredor, rindo-se da parva figura que se atravessava no seu caminho e a imagem desvanece.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A imagem passa para a mesa dos comentadores.

Beja: Parece-me ter potencial este Tubaralho. Pelo menos defende ideais corretos.

Luís: Mais um otário.

Beja: Até te respondia, mas agora, Luís, vamos passar para a zona de entrevistas onde temos o nosso Zé Maravilha com um convidado muito especial.

A imagem muda para a zona de entrevistas. Zé Maravilha aparece ao meio da imagem, ainda ajeitando a gravata. O Camara Man diz-lhe que eles já estão no ar e Zé apressa-se a se recompor antes de dar inicio a entrevista.

Maravilha (Ainda um pouco atrapalhado): Boas noites Diogo e Luís. Esta noite tenho aqui uma das grandes estrelas do wrestling nacional. As mulheres adoram-no, os seus maridos odeiam-no, ele é a “Bomba Latina”, o “Sexy” Cláudio Rosas!

A imagem desloca-se um pouco para a direita até que Cláudio esteja completamente dentro dela. Ele está com um olhar de satisfação depois da apresentação de Maravilha.

Cláudio: Muito bem, nem eu diria melhor. Se fosses uma mulher, substituía-te já pela Raquel Jacob como anunciador… mas acho que o publico fica muito mais entretido a vê-la do que a ti.

Maravilha: Eu também acho. Mas bem, Cláudio, tu não tiveste a melhor das prestações na Batalha Real. Que justificação tem para isso?

Cláudio não gostou da pergunta de Zé Maravilha e isso fica claro na maneira com que este olha para ele, mas depressa o “Sexy” coloca o sorriso na cara para responder ao repórter da VLL.

Cláudio: Sabes, Zé, eu aprendi com o tempo que nem todos podem ganhar. Eu aprendi que, apesar de tudo, não sou o melhor desta companhia. Posso ser muito bom, como todos e, principalmente, todas o sabem, mas acho que ainda me falta correr um longo caminho para ser considerado o melhor. A minha suposta fraca prestação no Ground Zero não foi mais que o efeito de vários anos sem lutar, o que me deixou fora de forma e algo “desatento” aos adversários. Mas agora que já voltei a focar-me realmente no wrestling, eu sei que posso ir longe.

Maravilha: Muito bem. Você sempre foi um lutador que manteve uma boa relação com os fãs, principalmente com as fãs. Pretende continuar com essa relação? O que ela significa para si?

Cláudio (bastante sorridente): O que ela significa para mim? Bem, as minhas fãs são tudo para mim. São a razão de eu lutar. Esta relação que eu tenho com elas é como um íman, é simplesmente natural. Elas adoram-me e eu adora-as. Sempre tive jeito para lidar com as mulheres, por isso, acho que é uma relação perfeita.

Maravilha: Ok, ultima pergunta. Onde acha que a “Bomba Latina” pode chegar na VLL?

Cláudio: Eu posso chegar onde qualquer um quer chegar, ao Título Mundial. Eu sei que vai ser uma estrada dura e talvez com alguns buracos, mas sei que com a ajuda das minhas fãs, o “Sexy”, Cláudio Rosas pode muito bem conseguir levar o maior ouro da Vanguarda para casa.

Maravilha: Muito obrigado, Claud…

A cara de Zé Maravilha muda drasticamente e este fica muito pálido. Rosas fica um pouco confuso e quando tenta ver o que se passa com este, este começa a correr de pânico. Cláudio fica ainda mais confuso, até que sente alguém atras deste. Ele vira-se e dá de caras com Diogo Lourenço e Raul Leviátes. Diogo está a bater palmas enquanto Raul se ri.

Cláudio: O que foi, emo? Nunca viste?

Diogo: Com que então tu és o “famoso” Cláudio Rosas. Deixa-me dizer-te, que grande entrevista que deste ali. Que grande… treta. Um playboy como tu chegar ao Título Supremo? Ups, não era dizer este nome mais por aqui, agora é “Titulo Mundial”… ridículo.

Cláudio: Sim, eu vou ganhar o Título. Tens algum problema com isso?

Diogo: Eu? Não tenho problema nenhum. Eu quero é ver-te tentar fazer isso sequer. Alguém que a sua maior preocupação é a sua imagem e a maneira como as outras pessoas olham para si, seria uma representação de decadência e putrefacção caso fosse a cara desta companhia. Alguém como tu nunca conseguirá sempre campeão, pelo menos enquanto eu andar por aqui.

Cláudio encosta o corpo ao de Diogo. Rosas mantem uma cara bastante séria, enquanto Diogo estava com um sorriso sádico na cara. Raul intromete-se, colocando a sua bengala no meio dos dois lutadores e empurrando Cláudio.

Raul: Vocês os dois tenham calma. Diogo, lembra-te que não podes arranjar confusões. E tu, playboy, vê se não voltes a tentar armar-te em homem connosco, coisa que não és.

Os dois começaram a rir enquanto se afastavam do local. A imagem acaba por focar Claudio, bastante zangado com a situação. A imagem desvanece.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Beja: Vamos para o nosso quarto combate na noite!
 
Luís: E ainda temos mais dois antes do show acabar!
 
Beja: Retorno de António Andrade para enfrentar o novo protegido de Vinícius Nunes, Geraldo Lemos...
 
Luís: Duelo muito bom em perspectiva, gosto muito dos dois lutadores, espero um grande combate, Geraldo é um grande talento, não é à toa que é apoiado por Vinícius Nunes!
 
Beja: Vinícius que se voltou contra todos de maneira muito estranha... Porém fomos informados que hoje ele não estará com Geraldo, somente semana que vem poderemos entender essa união tão estranha!
 
Luís: Não posso esperar!
 
Toca a faixa de Geraldo Lemos.
 
Raquel Jacob: Essa é uma luta de uma derrota, primeiro, vindo de Belo Horizonte, Brasil, pesando 92 quilos! Geraldo Lemos!
 
BUUUUUUUUUUUHHHHHHHHHHHHHH
 
Beja: Apupos para Lemos... Tudo isso pelo que fez a Ricardo Corvo! Esse certamente irá querer vingança!
 
Luís: Perda de tempo, Ricardo não está à altura de Geraldo Lemos!
 
Beja: Menos... Menos...
 
Toca a faixa de Antonio Andrade
 
YEEEEEEEEEEEEAAAAAAHHHHHH/BUUUUUUU
 
Beja: Reação divida! Provavelmente por causa das ações dele contra Zé Tó!
 
Luís: Que Andrade fez questão de pagar tudo... Mas esse Zé Tó também, ele vai para o ringue de wrestling e não espera ser agredido? Lamentável!
 
Beja: Vamos ver Antonio contra Geraldo, eles não se deram bem no sorteio das entradas... Vamos ver como se comportam agora!
 
O árbitro para esse combate é David Peralta.
Os dois começam a luta com um pouco de cautela... Hold para o meio do ringue, Andrade ganha a primeira, mas Geraldo sorri e tenta mais uma vez, outra vez Geraldo vai ao chão. Antonio debocha de Geraldo, é sabido que Antonio é mais forte que Lemos. Os dois brasileiros vão para nova hold, mas Geraldo logo muda de posição e fica por trás de Andrade, muito esperto o mineiro contra o carioca. Andrade muda logo de posição e os dois ficam trocando até que Geraldo emenda três cotoveladas na cabeça de Andrade e o joga nas cordas. Andrade se volta para Geraldo que se esquiva, mas é atingido por uma Clothesline na volta! 
 
Geraldo se levanta sorrindo, parece estar se divertindo. Antonio estica a mão e joga Geraldo para o córner! Lança vários socos na cara do protegido de Vinícius Nunes! Chega mais perto, mas toma um dedo em seu olho! O árbitro separa os dois e avisa a Geraldo que na próxima era desqualificado! Geraldo se aproveita da mão de Antonio no olho direito e começa a se destacar! Vertical Suplex em cima do ex-Nunes! Outro Vertical Suplex! Cover! Andrade se salva antes do dois!
 
Geraldo continua o castigo com um DDT! Outra cover! Andrade se salva com facilidade! Geraldo estica os braços de Andrade e coloca o joelho contra suas costas! O árbitro faz a contagem, depois disso Geraldo larga a manobra! Geraldo manda alguns estalos no rosto de Andrade, irritando o intelectual! Geraldo aproveita e aplica uns pisões em Andrade que continua no chão! Andrade se Levanta e leva vários European uppercuts! Depois um Fallaway Powerslam! Outra cover! Chance de vitória para Geraldo? Nada feito!
 
Luta está no controle de Geraldo, ele lança algumas cabeçadas em cima de Andrade, mas esse se recupera e dá diversos socos no estômago de Geraldo! Lemos se dobra! Andrade continua a punir Lemos com vários socos na cara! Andrade ganha a confiança do público! Porém é surpreendido por um Olympic Slam! Grande feito para Geraldo Lemos! Outra cover para o mineiro! Nada feito! Nenhuma grande ameaça para Andrade até agora! Geraldo agora lança um armbar contra Andrade Muita velocidade do jovem de 18 anos! Geraldo está conseguindo! Antonio Andrade está longe da corda! Vai acabar o combate! Não Antonio consegue inverter a posição!
 
Antonio tortura Geraldo com seu próprio armbar! Ele chama isso de Grief Of Stereotype! Grande virada para Antonio Andrade! Só que Geraldo consegue se aproximar das cordas! Andrade aumenta a pressão! Parece que o braço de Geraldo está perto de quebrar! Geraldo se arrasta mais! Estica o braço esquerdo! Não consegue! Geraldo se arrasta um pouco mais! Tenta esticar o braço! Só que o braço direito sofre muito! Geraldo estica o braço! Parece que vai desistir! Antonio vai vencer! O combate está decidido! NÃO! GERALDO CHEGA NA CORDA E SE SALVA POR MUITO POUCO!
 
O árbitro faz a contagem e os separa! Antonio Andrade sinaliza com o dedo indicador e o polegar que faltou muito pouco! O que é verdade! Agora é a vez de Andrade ter o comando da luta! Andrade se empolga! Running DDT! Geraldo se levanta para tomar um Big Boot! Cai no chão e Andrade lança um Elbow Drop! Grande combinação de Antonio Andrade contra Geraldo Lemos! Cover! 1! 2! 2,5! Geraldo escapa por muito pouco mais segue atordoado.
 
Geraldo se contorce de dor, mas quando se levanta dá uma gargalhada doentia! Antonio fica confuso! Geraldo ataca de surpresa com um Scoop Slam! Grande reviravolta de Geraldo! Do nada essa recuperação! Vai mais uma vez para o chão! Agora pega o calcanhar esquerdo de Andrade! Será que é? É isso mesmo! Ankle Lock! Dor do Prazer é o nome que Geraldo dá a essa manobra! Antonio está perto das cordas, mas a manobra é muito intensa! Geraldo começa a sorrir! Geraldo sabe do sofrimento de Antonio e por isso está radiante! Geraldo tem praticamente Antonio Andrade a sua mercê! Andrade se debate! Tenta girar para sair do golpe, mas Geraldo acompanha o giro! Geraldo mostra que sabe muito de jiu-jitsu! Manbora muito bem encaixada! Andrade vai desistir! Ele ergue a mão direita! Desiste! É um guerreiro o Andrade! Geraldo persiste na manobra! Antonio tenta girar, tenta inverter a posição, mas Geraldo não dá brechas! As cordas já ficam mais longe! Agora não tem mais jeito! Andrade vai desistir! Geraldo percebe e para a manobra!
 
Geraldo se levanta e sorri para um público estupefato! Geraldo Lemos teve a vitória nas mãos, mas desistiu! Geraldo grita que quer fazer Andrade sofrer! Grita que ainda não era a hora do fim! Geraldo está completamente doido! Ele se vira e é surpreendido por um Chokeslam de Andrade! Isso pode custar caro! Cover! 1! 2! 2,7! IMPRESSIONANTE! QUASE QUE GERALDO PAGA POR SEU ERRO! GERALDO SORRI UMA VEZ MAIS! O QUE TEM DE ERRADO COM ESSE HOMEM?
 
Os dois voltam a rodar o ringue, Geraldo percebe que Andrade tem dificuldade de movimentar sua perna esquerda, perna que Geraldo usou o seu ataque. Geraldo e Antonio se encaram em nova hold, mas Geraldo pisa no pé esquerdo de Andrade! Isso o abala! Andrade está em péssima situação! Geraldo se prepara! Sidwalk Slam! Incrível! Outra vez Andrade no chão, novamente perto das cordas! Geraldo acompanha e pega o pé direito de Andrade! Ankle Lock novamente! Ankle Lock ao estilo MMA! Andrade urra de dor e Geraldo sorri! Geraldo mais uma vez tem Andrade a sua mercê!
 
O público começa a gritar de repente! Geraldo percebe que tem algo de errado! Seu prazer é interrompido! O que é isso? Ricardo Corvo surge vindo do balneário! Ricardo distrai Geraldo! Geraldo larga a manobra e vai ver o que Ricardo quer! Os dois discutem! Ricardo diz que quer vingança pelo que aconteceu no Ground Zero! Geraldo aponta para Andrade e fala que esse vai ser o destino de Ricardo! Quando Geraldo se volta! Andrade o ataca com um Fireman’s Carry Sitout Powerslam! Cover! 1! 2! 2,999! Quase que Geraldo perde por causa da aparição de Ricardo Corvo!
 
Geraldo ainda olha para Ricardo, mas consegue se estabelecer um certo domínio com alguns Suplexes! Andrade aos poucos vai se recuperando das dores nas pernas! Quase que ele vence o combate! Geraldo e Andrade trocam socos! Geraldo leva a melhor e agora lança uma Clothesline! Outra! Mais uma! Antonio Andrade está atordoado! Geraldo Lemos sorri para Ricardo Corvo que está no mesmo lugar! Andrade se volta para Geraldo e leva mais um Scoop Powerslam!
 
Geraldo olha para Ricardo Corvo e olha para todo o público! Sinaliza que vai ser o final de tudo! Vem o chamado Angústia Exclusiva! Jumping Cutter vindo agora por parte de Geraldo Lemos! Geraldo espera a Andrade se levantar! Olha mais uma vez para Ricardo! Diz que vai ser o destino dele! Se volta! Andrade se levantou mais rápido que o esperado! Chute na barriga de Geraldo! INTELECUTAL DRIVER! COVER! 1! 2! 3! ANTONIO ANDRADE VENCE!
 
YEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHH
 
Raquel Jacob: E o vencedor desse combate é Antonio Andrade!
 
Beja: Péssimo começo para Geraldo Lemos na VLL e mais uma vitória para Antonio Andrade! Grande volta de Antonio!
 
Luís: Ricardo Corvo atrapalhou Geraldo! Isso é um absurdo!
 
Beja: Vingança de Corvo...
 
Luís: Olha só... Ricardo Corvo sai de cena todo satisfeito! Covarde!
 
Beja: Cala-te! O que importa é que tivemos mais um grande combate!  


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


A imagem surge nos bastidores da VLL onde se encontra o entrevistador João Barbosa.
 
João Barbosa: Boa noite espetadores da VLL, o meu nome é João Barbosa e o meu entrevistado desta noite é Henrique Coelho e…e…uma vitela?
 
Henrique Coelho surge na imagem segurando uma vitela que está envolvida num cobertor...

Henrique Coelho: Boa noite meu brassad. Gostava de dar os meus parabéns aos continentais, nomeadamente a ti. Sim meu naião, isto é uma vitela. Não há disso por aqui?
 
João Barbosa: Há…sim. Mas quem é esta vitela e o que faz aqui na VLL?
 
Henrique Coelho: Ah! Boa pergunta! Senhores e bezugos, recentemente aconteceu um milagre em minha casa. A minha estimada vaca Miquelina deu à luz esta mesma vitela! Esta linda vitela chama-se Gueixão, a vitela maravilha! E irá acompanhar-me em todos os eventos da VLL, seguindo as pisadas da sua mãe!
 
João Barbosa: Então muitos parabéns Sr. Coelho! Quem é o pai?
 
Henrique olha para João Barbosa com um ar bastante chateado, deixando o entrevistador confuso…
 
Henrique Coelho: Essa é a parte má desta história. O paradeiro do pai é incerto. Pois sabes meu pitxeno, a Miquelina foi…foi…

Henrique coloca a sua vitela nas mãos de João Barbosa, que estava visivelmente nervoso por segurar Gueixão. O açoriano coloca as mãos na cabeça, parecendo frustrado…

 
Henrique Coelho: A MIQUELINA FOI VIOLADA!
 
João Barbosa: Vi…violada? Como?
 
Henrique Coelho: Como? Bom meu pintassilgo, sabes, os animais do sexo masculino, como os humanos, possuem um órgão entre as pernas chamado blica. Esse órgão é inserido na fêjoca das mulheres e...
 
João Barbosa: Não é isso! Peço desculpa, vou reformular a pergunta. Quem violou a Miquelina?
 
Henrique Coelho: Outra boa pergunta! O culpado disto tudo é daquela personagem psicopata da Disney…Timó Pedroso! Ele e possivelmente o seu amigo “Pumba” violaram a Miquelina! Tenho a certeza disso! Ele ficou chateado por ter sido eliminado antes de mim naquela “Roiale Rumbele” e arranjou isto!
 
João Barbosa: Isso são acusações muito fortes e…estranhas.
 
Henrique Coelho: Estranho és tu e o teu primo Anaclete! Eu vou vingar-me de Timó Pedroso! Vou mostrar que ninguém se mete com a minha família! Timó! Mesmo que peças desculpa e queiras assumir-te como pai desta cria, não terás a minha bênção! Depois de eu te destruir no ringue, quero-te bem longe da minha vaca e daqui do Gueixão! Prepara-te! Em breve terei a minha rebendita! Mêm de veras!
 
Henrique abandona o local, deixando João Barbosa sozinho na imagem segurando a vitela de Henrique...
 
João Barbosa: Sr. Coelho? Henrique?! Espere!

João Barbosa vai a correr de forma atrapalhada atrás de Henrique com a vitela nas mãos. A imagem desvanece depois disso, ainda ouvindo-se gritos do entrevistador pelos corredores…


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Beja: Que situação mais caricata.

Luís: Para ser sincero: gosto de ambos. Vejo muito potencial nos dois, mas o que o Timó fez não tem perdão. Violar a Miquelina? Uma pobre vaca açoriana que não se pode defender? E depois não assumir o bichinho como filho e não dizer nada? Desceu muito na minha consideração o Pedroso.

Beja: Achas mesmo que o Timó violou a vaca?

Luís: Tens dúvidas? Estás a suspeitar da palavra de um dos maiores campeões da história da VLL? Ganha juízo Beja.

Beja: Tens sérios problemas. Não vás a um médico que não é preciso.

Luís: Não digo que tenha sido só o Pedroso, porque não foi. O boi dele também participou ou também vais negar isso? A Miquelina deparou-se num 2 contra 1 e não conseguiu fazer nada. Pobre coitada. Nem imagino a culpa que o Coelho deve sentir, por não ter conseguido fazer nada.

Beja: Acho que nem tu acreditas no que dizes.

Luís: Tenho razão e não vou estar para aqui a discutir contigo. Qual é o próximo combate?

Beja: Zé Tó irá defrontar Pascoal no que será o segundo combate do benfiquista hoje.

Luís: Que raio de combate. É óbvio que o cigano ganha. É muito melhor.

Beja: O Zé Tó já surpreendeu hoje.

Luís: Sorte, Beja. Sorte.

*Toca Sou Benfica dos UHF

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!!      

Raquel Jacob: Este combate está marcado para uma derrota. Dirigindo-se para o ringue, vindo de São Domingos e Benfica e pesando 92kg, ZÉ TÓ!!!!!!!

As luzes incidem num tom de vermelho forte, no topo da rampa surge Zé Tó com um fato de treino do seu clube, um chapéu do Benfica e um cascol do… Benfica. Este, nitidamente bem humorado por ter recebido o seu contrato, caminha para o ringue, sorrindo para alguns adeptos do seu clube presentes na plateia.

Beja: Fico feliz por Zé Tó ter recebido o seu contrato. É uma injustiça ele ter andado a lutar sem receber.

Luís: Isto só mostrou que ele é um obcecado com dinheiro. Devia ter vergonha na cara. Não mostra nada e ainda se põe com exigências.

Beja: Ele esteve bastante bem na Royal Rumble.

Luís: Ai Beja… Alegras o meu dia.

*Toca a Theme Song de Pascoal

BUUUUUUUUUUUUUUUHH!!

Raquel Jacob: Senhoras e senhores, a caminho do ringue, vindo de Azambuja com o peso de 80 kg, ele é “O Cigano” PASCOAL!!!!

Beja: É PASCOAL! 

Luís: Este público deixa muito a desejar. Como é possível preferirem o Zé Tó ao Pascoal?

Pascoal surge no topo da rampa cheio de correntes ao pescoço e com vários anéis nos dedos. Este dirige-se diretamente até ao ringue, sem qualquer reação, entregando já no interior deste os seus bens ao árbitro.

Luís: A concentração do Pascoal é fabulosa.

Beja: Sim, aparenta estar concentrado.

Luís: Aparenta? Aparenta por que é cigano, não? Se fosse o Petrov ou o Corvo dizias logo que estava muitíssimo concentrado, mas porque é o Pascoal, só aparenta. És um racista da pior espécie.

Beja: Racista? Isso não faz sentido nenhum.

Luís: (Interrompendo) Nem te dês ao trabalho de te desculpares.

Martim Mendes é o árbitro escolhido para este embate. Após revistar ambos os lutadores, a campainha toca e o combate começa.

Zé Tó: Vais levar no corpo, Quaresma de meia tigela!

Pascoal irrita-se e WOW! Que clothesline do cigano! Quase que arrancava a cabeça ao benfiquista! Impressionante. Zé Tó fica atordoado, verificando múltiplas vezes se o seu bigode se mantinha intacto. O cigano começa a calcar múltiplas vezes o seu adversário! O árbitro tem de interferir e dar o primeiro aviso da noite ao lutador. Sem hesitar, Pascoal levanta o benfiquista e encosta-o a um dos cantos. Múltiplas Chops no peito de Zé.

Pascoal: (Antes de dar uma chapada) Esta é para aquele brasileiro que me acusou de ladrão!

Zé Tó: (Aguentando-se) Ai não gostas do Luisão?! Agora é que vais levar!

O benfiquista impede mais uma chapada e começa a ripostar com socos! Tentativa fracassada, pois o cigano contra-ataca facilmente com um Belly to Belly Suplex. Leg drop e primeiro pin do combate: 1..2 e Zé Tó safa-se com relativa facilidade. Este último começa a tossir e a suster a respiração. O mau odor proveniente do seu oponente incomodava-o bastante.

Zé Tó: Cheiras a merda, cigano!

Pascoal zanga-se e novo Leg Drop! E mais um! E continua! 7 Leg Drops seguidos do cigano que começa a gritar! Pascoal está possuído! Zé tenta-se levantar, junto às cordas, mas leva com um Dropkick e cai fora do ringue. O lutador de Azambuja, ao ver que tem o combate controlado, começa a dançar! E a bater palmas! Uma dança tradicionalmente cigana! O benfiquista começa a recuperar no exterior do ringue e fica irritado ao ver o seu adversário a fazer.. o que estava a fazer. Já na borda do ringue, Zé tenta entrar no ringue, mas é impedido. Pascoal pega neste e .. Suplex! O benfiquista queixa-se das costas, enquanto o cigano começa a sorrir. Novo pin: 1..2 e Zé livra-se. O público entusiasma-se com a resistência do lutador de São Domingos e Benfica e começa a gritar: “SLB! SLB! SLB! SLB! SLB! Glorioso SLB! Glorioso SLB!”. O cigano fica furioso com o apoio da plateia e começa a pisar de novo o lutador. Zé não consegue ganhar ímpeto. Este último é levantado e.. STO! De novo levantado e Swinging Neckbreaker!

Mas o público não pára! Os cânticos a favor do lisboeta aumentam a cada segundo que passa! Pascoal farta-se e arrasta Zé até ao canto. Após isto, abandona o ringue e NÃO! PASCOAL NÃO PODE FAZER ISTO! A CABEÇA DO BENFIQUISTA ESTÁ ENCOSTADA AO POSTE E O CIGANO DÁ LANÇO!

Pascoal: Calem-se! Ou ele levar com pontapé!

A plateia não obedece ao pedido e o pior acontece! Big Boot do cigano que está mais irritado que nunca! O benfiquista está exausto da coça que está a levar!  Pascoal volta a entrar dentro do ringue e coloca-se de joelho à beira do corpo gordo do seu oponente.

Pascoal: (Gritando) Carmen! Carmen, estás a ver a minha “tecnique”?!  (Num tom mais baixo) Ai, Carmen… vais ser minha…

O cigano fecha os olhos, começando a pensar na sua amada. O combate permanece neste ambiente de incerteza durante algum tempo. Zé consegue levantar-se com muita dificuldade e observa o seu adversário, a babar-se de olhos fechados. Era a sua oportunidade.

E ZÉ TÓ APROVEITA! ENCOSTA PASCOAL AO CANTO E COMEÇA A DESCARREGAR MANOBRAS NESTE! MURROS, CABEÇADAS, JOELHADAS! UM SURTO DE ADRENALINA INVADE O BENFIQUISTA!  O CIGANO PARECE CONFUSO COM A ABORDAGEM DO SEU RIVAL, ENQUANTO O ÁRBITRO TENTA AFASTAR O ADEPTO DO BENFICA!

Zé afasta-se por alguns segundos, sendo avisado pelo árbitro. Pascoal fica caído no chão, queixoso do abdómen e peito. O benfiquista sobe o canto, lentamente e PREPARA-SE PARA APLICAR O VOO DA VITÓRIA (DIVING HEADBUTT) E.. CONSEGUE! Aterragem em cheio na testa do cigano! Ambos ficam agarrados ao rosto, deitados no tapete.

No titantron aparecem os animais de estimação de Zé Tó! Tanto o macaco Mantorras como o papagaio surgem na imagem, no interior de gaiolas em cima de umas cadeiras, nos bastidores Eles encontravam-se a assistir ao combate do seu dono, através de uma televisão lá presente. E APARECE ANTÓNIO ANDRADE! O BRASILEIRO COM AMBAS AS MÃOS NAS COSTAS, COMEÇA A CAMINHAR À VOLTA DOS ANIMAIS COM UM SORRISO DOENTIO NA CARA! E NÃO! ANDRADE PEGA EM MANTORRAS E ACENA PARA A CÂMARA! ANTÓNIO ACABA DE RAPTAR O MACACO MANTORRAS! COMO É POSSÍVEL!?

Zé Tó: (Que tinha observado tudo através do titantron) Não! O Mantorras não!

O benfiquista tenta sair do ringue, rastejando, mas Low Blow de Pascoal! O cigano acaba de ser desqualificado pelo árbitro que manda soar a campainha.

Raquel Jacob: E o vencedor deste combate por desqualificação: ZÉ TÓ!!!

O público fica feliz pela vitória do benfiquista, mas a sensação acaba rápido. Pascoal ainda não tinha terminado de atacar o lisboeta. Zé Tó tenta-se levantar, mas KNEE TREMBLER! O BENFIQUISTA DESMAIA NO CENTRO DO RINGUE! O cigano abandona o local chateado, após de recolher os seus bens! Muito apupado o lutador que e dirige a passo acelerado para os bastidores.

Beja: Atitude totalmente desnecessária do Pascoal.

Luís: Querias que ele fizesse o quê? O Zé Tó ia fugir como o covarde que é. Muito bem esteve o Pascoal na forma como reagiu às provocações do público e do benfiquista.

Beja: Ele ia resgatar o Mantorras que, caso não tenhas visto, foi raptado pelo Andrade!

Luís: Lá estás tu a exagerar. No máximo levou-o emprestado ou foi arrumá-lo.

Beja. Isto tudo é muito estranho. A atitude do Pascoal e o rapto do Mantorras… Isto tem dedo do Salazar. Aquela suposta felicidade em ter o Zé Tó na VLL.. não me convenceu.

Luís: O macaco não foi raptado e o Pascoal foi provocado. Vais começar a conspirar contra o Salazar é? Primeiro foi o Lucas, depois o Lousada… deves querer mesmo ser despedido. Só pode.

Beja: Não. Quero que se faça justiça. Porque raio os animais estariam ali, a ver o combate? Não percebo. Não percebo mesmo.

Luís: Não tentes. És burro demais para alguma vez compreenderes. (Falando para os telespectadores; olhar na câmara) Vamos agora para o último intervalo da noite. Voltamos já de seguida com o main event. Ryan Angel e Yuri Petrov defrontam Jacob Franco e Cavaleiro. Não percam!

A imagem desvanece.
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 56# (RTP1) - (27/08/2014) - SHOW

Mensagem por vlladmin em Qui 28 Ago 2014, 11:07

A emissão regressa. Agora as imagens mostravam Luís Barreira e Diogo Beja usando tablets para acessar as redes sociais. Parece uma pausa até o evento principal, já foram 5 combates até agora.
 
Beja: Estamos de novo de volta! Obrigado por terem continuado aí. Pessoal... Tem muita gente participando nas redes sociais... Mandando a hashtag VLLSalazar56 nas redes sociais, twitter, facebook, google +... E temos umas participações muito interessantes por aqui...
 
Luís: No twitter já estamos no tending topics! Estamos em terceiro lugar! Terceiro assunto mais comentado em Portugal!
 
Beja: Só se for há um minuto atrás! Pois agora estamos em segundo! Em segundo! 
 
Luís: Vamos ler algumas mensagens aqui... O Puto Chapinhas 2.0 pergunta o que aconteceu com Arsénio Fuinha... Saiu uma notícia que ele tinha ido ao hospital e desde então ele não aparece na VLL... Nem na Rumble o Verdadeiro Professor esteve!
 
Beja: É verdade... O Romadriano também pergunta sobre isso... O David Zuco, a Lara Perl... Todos eles perguntam sobre o Arsénio, e tu tem notícias sobre ele... Não é Luís?
 
Luís: Sim! Não só dele como do Vanguarda 57!
 
Beja: Diga-me mais!
 
Luís: O Arsénio Fuinha estará de volta na próxima edição do Vanguarda 57.
 
Beja: Ótima notícia!
 
Luís: Não só isso... Ele fará o evento principal, lutando contra Henrique Coelho.
 
Beja: Grande notícia! Termos um main-event de veteranos da VLL! De um ex-campeão da Vanguarda contra um ex-Parceiro de Guerra!

Luís: É bom, mas podia ser melhor. Este Fuínha já não me encanta.
 
Beja: Enfim, continuem participando e falando com a gente nas redes sociais pessoal! Daqui à pouco temos Cavaleiro e Jacob Franco contra Ryan Angel e Yuri Petrov! 


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Yuri Petrov dirigiu-se para os balneários antes do grande combate da noite e quando se preparava para entrar, Jacob aparece por de trás dele com um tubo de ferro e ataca-o brutalmente na nuca fazendo Petrov ir contra a porta e caindo no chão a sangrar do nariz..
 
Jacob: Então Yuri?! Sabes o que é isto?! Aquilo que apelidaste de “Epidemia da desordem”!
 
Jacob ataca deliberadamente o ombro direito de Yuri, que se encontrava estendido no chão, e a sua expressão facial revela cada vez mais ódio ao “Tanque Russo”. O “Razor” fez questão de se sentar em cima das costas de Petrov como se fosse dono deste.
 
Jacob: Recordas-te do teu ombro direito há uns meses atrás?
 
Nomad dá uma pancada bastante forte novamente no ombro direito do russo e este queixa-se das dores que sente.
 
Jacob: É a primeira sequela desta nova era!
 
Franco levanta-se e bate vezes sem conta com o tubo no ombro direito do russo até que alguns oficiais pegaram o motard e ajudaram Petrov a levantar-se que mal se sentiu confortável em pé placou Jacob caindo os dois por cima dos oficiais que agarravam o português. Yuri a usar somente a esquerdasocou a cara de Jacob e logo após pegou no tubo e deu com força na barriga do lutador natural de Faro que se contorcia no chão após o embate.

Sem rodeios, Yuri Petrov, afastou toda a gente que queria agarra-lo e pegou Jacob pelo cabelos levando-o assim até à parte da restauração onde atirou-o contra uma mesa que se partiu facilmente. Yuri, todo ensanguentado, foi buscar um caixote do lixo em metal e ao tentar usa-lo como arma sofreu um dropkick no caixote atingindo a sua própria cabeça abrindo-a de novo.
 
Jacob: Então Yuri?! Não me estavas a meter a minha vida num inferno?!
 
O motard tentou atingir Petrov com um Roundhousekick, mas este conseguiu bloquear o pontapé e contra atacou com um golpe nas costelas de Jacob. O russo ressente-se um bocado do ombro direito, mas levanta-se na mesma caminhando em direção a Franco.
 
Yuri: É esta a Anarquia que querias incutir nesta federação?!
 
Jacob Franco sem aviso no chão pontapeou a barriga do “Taque russo” e este a recua para trás a queixar-se da barriga e embateu num dos cameramens deixando a câmara cair. O russo aproveitou, pegou nela e deu com toda a força na barriga de Jacob, que corria para ele, indo de novo ao chão. O jovem português com a ajuda de uma mesa lá se levantou e esquivou a um arremesso da câmara por parte de Petrov e usou toda a sua força num potente clothesline.
 
Petrov com o jovem de faro em cima atacou com cotoveladas na cabeça de forma a tentar tirar Jacob de cima de si. Os dois levantaram-se e Jacob não vacilou em cabecear a cabeça de Petrov fazendo este soltar mais sangue e ele próprio ficando todo ensanguentado com sangue do russo.
 
Após toda aquela brawl, dezenas de seguranças pagaram os dois lutadores e separaram-nos á força.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Diogo Beja: Bem Luís, está na hora do nosso Combate Principal da noite e com o que acabamos de ver não faço a mínima ideia do que vai acontecer. Mas de certeza que será um bom espetáculo!

Luís Barreira: Sim, sim. Não sei porque tanta excitação. Temos um campeão duvidoso e alguém que nunca consegui-o dar o salto, contra o homem que odeia o mundo e o um motard que provavelmente deveria masturbar-se ao ver o Kevin Gunn lutar.

Diogo: Estás autorizado a dizer isso?

Luís: Não sei nem me interessa. Não sou pago para dizer o que os outros querem.

Diogo (sussurrando): Mas que mudas de opinião com muita facilidade, mudas…

Luís: Desculpa? Disseste alguma coisa?

Diogo: Não, não, vamos lá avançar pro combate. Se houver um, claro.

Raquel Jacob: Senhoras e senhores, acabei de receber a informação de que, derivado aos acontecimentos desta noite entre Jacob Fraco e Yuri Petrov, este combate passa a ser individual entre Ryan Angel e Cavaleiro!

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!

Diogo: Bem, vamos ter aqui talvez um combate que veríamos apenas num PPV! Será a desforra depois do que aconteceu no Ground Zero!

Luís: Boa, se antes já era aborrecido, agora é que vou deixar-me mesmo dormir!

Toca a Theme Song de Ryan Angel

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!

Raquel: Em primeiro, vindo directamente Cleveland, Ohio, o novo Campeão de Pesos-Pesados da VLL, “The God’s Last Gift”, RYAAAAAN AAAAAAAAAAANGEEEEEEL!

Ryan entra no stage, electricamente. O mesmo interage bastante com o público que aplaude o novo Campeão. Ryan trás o seu título à cintura, enquanto este percorre o caminho até o ringue.

Diogo: Luís, Ryan já era bastante conhecido pelo mundo inteiro antes de vir para a VLL. Alias, Ryan já tinha sido campeão mundial numa empresa estrangeira, por isso, temos um campeão habituado a lidar com a pressão de ter um título de tamanha importância à cintura

Luís: O que ele fez lá fora pouco me interessa. Enquanto não me provar que consegue ser campeão, cá dentro, este gajo para mim vale zero.

Diogo: Já agora, reparaste que Jack Neville não está a acompanhar Ryan Angel?

Luís: Não estranho nada. Jack é um grande manager e deve-se ter fartado da modéstia do Ryan. Ele precisa de ser mais duro se quer sobreviver na VLL.

Ryan entra no ringue, tirando o cinto da sua cintura e levantando-o no ar, enquanto mostra-o aos fãs que o apoiam. A música de Angel finalmente para e este fica no centro do ringue à espera do seu oponente.

Toca a theme song de Cavaleiro

Raquel Jacob: E de seguida, vindo de Lisboa, ele é “O Homem que nunca viu o Sol nascer”, CAVALEIIIIROOOOO!

BOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!

As luzes ficam escuras. Todos vaiam intensamente mesmo antes do lutador português entrar. Cavaleiro entra no stage, de costas para o público, com o seu caso de cabedal sem mangas e com um kendo stick na mão. As luzes vão levantando lentamente conforme este vira-se para o publico. Cavaleiro continua então a sua caminha lenta para o ringue, ignorando todo o público.

Diogo: O Cavaleiro é um homem extremamente perigoso. Ele não tem qualquer interesse em dinheiro ou valores morais, só se interessa por conseguir causar dor no adversário para sua própria satisfação.

Luís: Cavaleiro é apenas mais um destes gajos que diz ser muito mauzão e que bate em todos e tal. Muitos vieram com esta postura de rufia mas muito poucos foram aqueles que conseguiram prevalecer e ter algum tipo de sucesso. Boca grande e poucos miolos, é o que eu vejo neste tipo de pessoas.

Diogo: Se reparares, Luís, Cavaleiro vem com uma espada de kendo para o ringue. Parece que ele não vem preparado para um combate, mas sim para uma luta!

Luís: Se ele fosse um verdadeiro homem, ele vinha para o ringue sem nada. E se o Ryan fosse experto, ele fugia já daquele ringue ou ia buscar uma arma para ele.

Ryan estende o Titulo no meio do chão do ringue enquanto se posiciona, preparado para que Cavaleiro avance. Este entra no ringue, com a espada na mão, mas é de imediato interrompido pelo árbitro que se intromete no caminho de Cavaleiro para tentar tirar a arma a este.

Cavaleiro discute com o árbitro que tenta retirar a arma a este para que o combate possa começar. Ryan Angel decide partir para cima de Cavaleiro com a sua manobra especial, Angel’s Connection (superkick)! Mas Cavaleiro desviou-se e Ryan acabou por acertar no árbitro.

Ryan fica a ver qual o estado do arbitro. Este encontra-se inconsciente depois do sucedido. Ryan volta a virar a sua atenção para Cavaleiro, apenas para levar com a espada de kendo em cheio na cabeça!

BOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!

Diogo: Cavaleiro criou uma distracção e aproveitou o erro de Ryan para tirar partido.

Luís: Erro? Mas tu achas mesmo que Ryan fez aquilo sem querer? Ryan queria mesmo acertar no árbitro, é mais que evidente nas imagens. Ele é apenas um lobo mau disfarçado de ovelha. Gostei é da inteligência de Cavaleiro que consegui-o antever a situação e tirar partido desta.

Diogo: Como eu tinha dito ainda a bocado, mudas de opinião muito facilmente tu.

Luís: Afinal sempre tinhas dito alguma coisa! Pois bem, eu não mudo de opinião facilmente, eu apenas estou a relatar o que está a acontecer!

Diogo: Claro que estás, á tua maneira, mas estás.

Cavaleiro continua a agredir o Campeão de Pesos-Pesados da VLL com a sua espada de madeira. Ryan Angel já não consegue sequer reagir aos golpes do “Homem que nunca viu o Sol nascer”. Cavaleiro finalmente para de espancar o campeão, quando a sua espada de kendo já está completamente aberta e partida. Cavaleiro levanta um inconsciente Ryan Angel e prendendo a cabeça deste de baixo do seu braço. O lutador português posiciona o título à sua frente com o seu pé e aplica o seu finisher, Headlock Driver, em Ryan Angel, fazendo este bater com a cabeça no metal do título.

BOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!

Diogo: Cavaleiro está a espancar violentamente Ryan Angel! Alguém o pare!

Luís: Dizeres isso não vai valer de nada. Alem do mais, acho que Cavaleiro já terminou o seu trabalho. Ele está ali a olhar e a rir sadicamente para um Ryan completamente destruído. Que psicopata!

Diogo: E bem, senhoras e senhores, acabamos assim este show da Vanguarda da Luta Livre com esta imagem violentíssima. Este foi o primeiro de muitos shows da nova era da VLL. Não percam o próximo episódio, porque nós, também não!

Luís: Isso não tinha direitos de autor?

A imagem desvanece, com o ultimo foco ser em Cavaleiro que agarra no título que estava debaixo da cara de Ryan e a ergue-lo no ar, para pesadelo dos fãs que o vaiam com bastante força.
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 56# (RTP1) - (27/08/2014) - SHOW

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum