VANGUARDA 53# (RTP1) - (27/05/14)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

VANGUARDA 53# (RTP1) - (27/05/14)

Mensagem por vlladmin em Sex 23 Maio 2014, 07:32




COMBATE PRINCIPAL DA NOITE
MOORE SD VS LAUS VAN CLEEF

*****

ANTÓNIO ANDRADE VS DIOGO LOURENÇO
FELPS VS CAMALEÃO
PHILLIP HUNT VS ALEXANDER RANDALL
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 53# (RTP1) - (27/05/14)

Mensagem por vlladmin em Qua 28 Maio 2014, 10:49

A Vanguarda de Luta Livre começa com os fogos artificiais de costume e a câmera rodando todo o público do Pavilhão da Vanguarda. O Pavilhão está mais uma vez lotado e com pessoas muito empolgadas, até porque é o último show antes do Dinastia dos Guerreiros. O foco da câmera agora é na mesa de comentadores, onde se encontram, mais uma vez, Diogo Beja e Luís Barreira.

Beja: Olá à todos! Começa mais um show da Vanguarda de Luta Livre! Vanguarda 53! Eu sou Diogo Beja e estou ao lado de Luís Barreira para mais uma transmissão, boa noite Luís!

Luís: Olá! É o último show antes do Dinastia! Vanguarda 53 especial com Diogo Lourenço contra Antonio Andrade no evento principal!

Beja: Além disso temos outras atrações como Cleef vs Moore SD, Felps contra Camaleão e Alexander Randall contra Phillip Hunt!

Luís: Grandes confrontos temos em perspectiva! Vamos ver o que vai dar!

Beja: Mas primeiro vamos mostrar como foi o face-off entre Antonio Andrade e Vinícius Nunes, isso foi gravado à pouco e promete ser grande cena para o Dinastia dos Guerreiros!

Luís: E parece que o senhor Lousada tem uma surpresa para esse combate, vamos ver isso!

A imagem mostrava uma sala de imprensa com alguns jornalistas seletos e Augusto Lousada sentado em uma mesa de frente para eles, com Vinícius Nunes de um lado e Antonio Andrade do outro lado. Lousada pegou o microfone para dizer o que iria acontecer entre os dois lutadores e como seria o procedimento desse ‘Face-off’ promocional do duelo dos primos no Dinastia dos Guerreiros.

Lousada: Olá à todos! O procedimento do Face-off será o seguinte... Cada um dará o seu argumento, com réplica e tréplica, sobre o porquê de vencer o combate e falarão sobre a preparação deles para o combate, mais tarde teremos a famosa encarada entre os dois participantes e eu direi algo que será interessante para o combate entre esses dois lutadores. Não haverá espaço para perguntas! Está tudo claro?

Os jornalistas descontentes anuíram com a cabeça.

Lousada: Comecemos com o ex-campeão da Vanguarda Antonio Andrade! Ele terá a chance de ter a revanche de sua derrota ano passado!

Andrade: Eu tenho treinado em um local que eu não vou dizer onde é, mas posso afirmar que é isolado e que o treinamento é intenso... Tudo para não saberem das novas habilidades que desenvolvi e surpreender meu adversário... Esse duelo não é apenas uma luta, é algo que envolve meu nome e meu legado, por isso eu tenho que vencer e por isso que vou vencer! Vinícius Nunes será meu adversário e meu inimigo, como sempre foi... Já provei que sei como derrotá-lo e vou fazer isso uma vez mais... Não importa os aliados que terei que fazer, pode ser a mulher que ele ama, pode ser o que for, eu venceria no dia 30 de Junho porque sou melhor eu porque tenho que recuperar aquilo que é meu!

Lousada: Agora é o Vinícius a falar...

Vinícius: Sim... Mais uma vez você usa uma mulher que eu me apaixonei contra mim... Você fez de tudo inúmeras vezes para acabar comigo e cá estou eu... Firme e forte, na verdade mais firme e mais forte do que nunca... Ano passado eu lhe venci no Dinastia e esse ano eu vencerei de novo... Você não tem mais espiões, não sabe como está sendo meu treinamento e nem vou dizer aqui, a surpresa será quando eu acabar com você de uma maneira jamais vista na VLL... Eu não vou apenas derrotar você Antonio, derrotarei você da forma mais brilhante do mundo e você vai ser apenas o meu estepe para eu voltar à rota do título supremo que me foi roubado por ti e pelo francês Michel-Baptiste Bangalter!

Lousada: Antonio... Pra encerrar...

Antonio (com sorriso maldoso): Não tenho mais nada a dizer, nos veremos no Dinastia e o amor da sua vida estará na minha torcida.

Lousada: Vinícius...

Vinícius: Eu vou acabar com a sua carreira e com sua vida, me vingarei de todo o mal que você me fez... Você vai se arrepender todos os dias de ter cruzado o teu caminho... Você nunca vai me ver tão perigoso, tão agressivo e tão sanguinário!

Lousada: Agora a encarada para a foto...

Vinícius e Antonio se levantará e fizeram a famosa encarada ao estilo MMA. Os dois começaram a trocar empurrões, mas foram contidos pelos seguranças e voltaram a se sentar.

Lousada: Para encerrar, além da estipulação acordada por ambos... Essa luta terá outra estipulação!

Todos ficaram calados e olhando para Lousada que sorriu.

Lousada: Vinícius e Antonio será uma luta “Três Passos para a Gloria”!  Que no exterior é chamado de Three Stages Of Hell Match. E eles só descobrirão as estipulações na hora da luta! Bem... Isso é tudo...

A entrevista acabou com a surpresa de todos ali presentes, incluindo a insatisfação de Antonio e o sorriso satisfeito de Vinícius.

Beja: Que grande confronto! Três passos para a Glória? Isso vai ser divertido!

Luís: Concordo plenamente e Antonio vai vencer!

Beja: Só saberemos no dia 30...

Luís: Pelo que eu ouvi aqui... Pra mim o vencedor é certo...

Beja: Cala-te, mas agora vamos mudar o tópico...

Luís: Para qual?

Beja: O supervisor-geral Augusto Lousada tem algo a nos dizer, vamos conferir o pronunciamento dele em seu escritório.

Luís: Vamos conferir essa gravação!

***

O foco muda para a sala de Augusto Lousada onde ele está sozinho e sentado em frente ao seu computador, a sua expressão era bastante séria, apesar de se notar uma certa serenidade e aceitação de algum fato imprevisto.

Lousada: Gostaria de informar à todos que o Kurt Lanye decidiu de maneira unilateral, rescindir o contrato com a Vanguarda de Luta Livre. Não sei o porquê dessa súbita mudança de opinião de Lanye, até porque ele teria um combate no Dinastia dos Guerreiros contra Diogo Lourenço, mas pelo que parece ele não era aquele lutador que eu pensava que ele fosse ser ou que ele dizia ser...

Lousada abre um sorriso irônico.

Lousada: Até porque um homem que não dizia uma única palavra e aparentava ser um homem de habilidade e força monstruosas... Bem, esse gajo enganou à todos, mostrou muito nos ataques ao DL, mas na hora da verdade, contra um lutador muito limitado que é o Filipe Espartano... Ele simplesmente falhou e falhar contra o Espartano...

Lousada mudou a expressão para total seriedade.

Lousada: Podem me questionar sobre o meu atrito com ele na semana passada, mas a realidade é que foi Lanye, de maneira covarde, decidiu deixar à VLL... O medo apoderou-se dele... Um gajo que deveria assustar os outros, com medo, por isso que digo, ele não fará falta nenhuma à VLL, pois ele iria me envergonhar e envergonhar à todos em um duelo contra Diogo Lourenço...

Notava-se o ódio na voz de Lousada quando ele se referia ao DL.

Lousada: DL que mais uma vez vai ser testado e provavelmente derrotado... Antonio é um lutador melhor que DL e vai provar isso hoje. Mas se pensam que esse vai ser o último teste desse jovem pretensioso? Bem, estão enganados... Ainda hoje, todos conhecerão o futuro adversário de Diogo Lourenço no Dinastia dos Guerreiros e esse desafio ele não irá conseguir superar, assim como não superará Antonio Andrade! Mas esperem para logo mais e curtam o show! Até mais!

Lousada sorri e a imagem desaparece aos poucos.

***

Beja: Então Lanye está fora? Mas ele não prometia ser o homem que destruiria Lourenço?

Luís: Ele que quis sair, fiquei decepcionado, ele parecia que vingaria!

Beja: É... Lasombra, depois Verme, depois Haven e agora Lanye, esses gajos assustadores não conseguem vingar na VLL...

Luís: É preciso talento também.

Beja: Finalmente concordamos!

Luis: Concordamos também que agora vem um grande combate.

Beja: Sim, isto não posso discordar.


UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUHHHHHHHHHHH

Raquel Jacob: Esta contenda está marcada para uma derrota, primeiramente, vindo de País de Gales, pesando 135 Kg, ALEXANDER RAAAANDAAAALL!

Beja: Randall não vem em uma boa fase.

Luís: para de dizer mentiras, olha como ele está bem, não sei como não colocaram ele no Dinastia ainda.

Beja: Este combate será a prova.



Raquel Jacob: Seu adversário, vindo de Quebec, Canadá e pesando 110 Kg. “MC TANK” PHILLIP HUUUUNT!

YYYYYYYEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAAAAAHHHHH

Beja: Este está no combate pelo Vanguarda, temos altas expectativas para este combate.

Luis: Minha expectativa é uma porrada de Randall.

A Arbitra escolhida para o combate é Adelaide Rodrigues, está verifica os lutadores e manda começar a contenda.

O combate começa com uma investida de Hunt, com vários socos no seu oponente, Randall fica atordoado e leva um Sleeper Suplex. Randall rapidamente levanta mas Hunt aplica um Scoop powerslam.

Randall fica no chão e Hunt começa a socar o mesmo, Hunt corre em direção a uma corda e Moonsault. Assentamento...1.Não! Hunt levanta-se e prepara um Superkick, mas Randall é mais rápido e aplica um Big Boot e depois um Running Clothesline.

Hunt se levanta e outro Running Clothesline, mas este desvia e da um chute na perna de Randall, este se ajoelha com o impacto e Running Knee Smash. Hunt não perde tempo e vai para um canto, 450º SPLASH!...1...2...3! Hunt Vence!


Raquel Jacob: Este é o seu vencedor, Phillip Hunt!

Beja: Que vitória rápida.

Luis: O que se passou aqui? Randall não é mais o mesmo.

Beja: Acho que tem algo errado com ele.

***

Estavam Timó e ChaZZ em uma sala com pouca iluminação, que se situava no pavilhão, prova disto é o som da torcida que consegue se ouvir, estão sentados um do lado do outro. Eles estão a conversar e rir muito.

Timó: Nosso plano deu certo, agora é só questão de tempo até eles ficarem fragilizados e os títulos estarem sob nosso comando.

ChaZZ: Heróis são muito egocêntricos, eles vão abaixo rapidamente. Boa ideia!

Timó: Aposto que o Felps não vai conseguir aguentar, ele não se aguenta nem se alguém o chamar de marica.

ChaZZ: E o Camaleão, ele tem várias personalidades, no primeiro soco do brasileiro aquela dupla está quebrada.

Timó: E aquela outra dupla, Leon parece que quer vingança.

ChaZZ: Ele não é nada sozinho e nossa vingança é maior, se quiser nos enfrentar, será esmagado por nós como um rolo compressor.

Timó: E que aquele Felipe Silva não tente entrar no meio ou então vai acabar como o super-herói

ChaZZ: Está quase na hora, vamos ficar bem perto, não queremos perder está luta.

Timó: Sim.

Chazz e Timó se levantam, vão embora da sala e a imagem desvanece.

***

A imagem volta ao ringue e vemos a excitação dos fãs enquanto são filmados pela câmara e exibem alguns cartazes. Raquel Jacob sobe ao ringue.




Raquel Jacob: Senhoras e senhores, por favor deem as boas-vindas a Yuri Petrov!

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!

O russo aparece na rampa para uma ovação e desce até ao ringue, cumprimentado alguns fãs pelo caminho. Yuri sobe ao ringue e Raquel entrega-lhe o microfone.


Petrov:
Mesmo não combatendo hoje, tinha a necessidade de estar aqui. Não podia simplesmente virar as costas a todos os que me apoiam, e por isso estou aqui hoje para me dirigir a vocês e agradecer o vosso apoio e mostrar que estou preparado para o Dinastia.

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!

Petrov:
Foi no dia 30 de Junho… Dinastia dos Guerreiros 2013. Foi nesse dia que o Yuri Petrov fez a sua estreia na VLL. Nesse dia enfrentei Kevin Gunn. Derrota foi o resultado. Nesse dia percebi que o meu caminho na VLL não seria fácil, percebi que pelo meu caminho ia enfrentar os mais duros adversários. E foi assim que aconteceu: chego ao Dinastia 2014 depois de enfrentar adversários dos mais variados estilos, mas todos eles complicados. A esses adversários… eu agradeço.

O público aplaude Petrov.

Petrov:
Agradeço-lhes por me tornaram naquilo que sou hoje e por me deixarem num nível tão elevado. Foi por defrontar esses adversários que um ano depois da minha estreia, passo do dark match ao main-event.

“TU MERECES”, grita o público.

Petrov:
À medida que o Dinastia se aproxima, penso no meu passado e no meu percurso até aqui. Todos os dias penso nos tempos difíceis que atravessei para chegar aqui e todos os obstáculos que tive de ultrapassar. Não foi fácil. Foi necessária uma vida de sacrifícios e de muito trabalho para chegar onde cheguei. Tenho muito orgulho das minhas origens, mas sempre lutei para chegar mais longe. Trabalhei imenso e agora terei a oportunidade de colher os frutos.

PETROV! PETROV! PETROV!

Petrov:
Sei o que sofri para chegar aqui, e por isso chego a ter alguma repulsa para com o atual campeão. O atual campeão é uma pessoa que não sabe o que é lutar, trabalhar e sofrer para chegar ao topo. É uma pessoa que se julga no direito de ultrapassar tudo e todos porquese acha superior e porque acha que pode comprar o sucesso. Não posso deixar que alguém assim seja o campeão Supremo. Não posso deixar que alguém que está constantemente a fugir ser o campeão!

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!

Petrov:
Escuta bem Bangalter, enquanto tu te alias aos que estão no poder e insistes em estar constantemente fora, eu estou aqui! Sou eu quem está aqui sempre presente a dar o corpo às balas! Sou eu que todas as semanas estou aqui na VLL a dar tudo. Sou eu que vou sair campeão Supremo do Dinastia e ser o campeão que estas pessoas merecem!

PETROV! PETROV!PETROV!

Petrov atira o microfone para o chão e sobe aos cantos pedindo o apoio do público que canta o seu nome. O russo deixa o ringue e cumprimenta alguns fãs enquanto se retira.


Beja: Eu Adoro o Petrov,

Luís: Ouviu o que ele disse? Este homem nunca sera um campeão

Beja: Nunca diga nunca.


Raquel Jacob: Este combate é um pedido especial de ChaZZ e Timó e está marcado para uma derrota, primeiramente, vindo de um lugar desconhecido, pesando 95 Kg, integrante dos Áses da Ilusão, CAAAAMAAALEÃÃÃO!

YYYYYYEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAAHHHH

Beja: Veja Luís, os não Áses entram juntos, isto é muito mal.

Luís: Isto é ótimo, ChaZZ e Timó conseguiram acabar com está dupla de merda.

Beja: Mas veja que ele entra com o tema dos Áses.


Raquel Jacob: E seu adversário, Vindo de São Paulo, Brasil. Pesando atualmente 100 Kg, este que também é membro dos Áses da Ilusão, FEEEEEELPS!

YYYEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHH

Luís: Pela primeira vez que estou ansioso para um combate deste homem, quero ver a porrada entre os dois.

Beja: Houve um atrito neste Domingo, vamos ver como desenrola.

Luís: Não tem o que duvidar alguém vai ter que ficar mais de 3 segundos no chão.

Felps e Camaleão estão se olhando intensamente.

O Arbitro deste combate é Afonso Martins, este confere os lutadores, claramente ninguém trás nada irregular e ele manda o combate começar.

O público está ansioso para o que acontecerá a seguir, o estádio está em silêncio. Os lutadores caminham ao centro do ringue, nenhum faz postura de ataque. Agora ambos levantam a mão, parece que vai começar a contenda.

Mas as mãos ficam paradas no ar, o estádio está todo em pé, pode ser o fim da dupla campeã. PEDRA, PAPEL, TESOURA! O público grita, os Áses fazem um jogo de criança, parece que o clima está bom e tudo era fingindo.

Felps coloca pedra e Camaleão tesoura, o Ás de espadas ganhou. Camaleão deita-se no centro do ringue, FELPS VAI PARA O COVER!1...2...3. FELPS VENCE O COMBATE.


Raquel Jacob: Aqui está o seu vencedor, o “Ás de Espadas” FEEEELPS!

O Público está muito agitado! Parece que eles gostaram. Felps ajuda Camaleão levantar e o mascarado levanta a mão do brasileiro, os campeões estão intactos.

Beja: Sabia! São parceiros ainda.

Luís: Falsos, não sei como vocês gostam deles.


Luís: Agora as coisas estão ficando interessante.

ChaZZ e Timó entram com Lousada, a dupla está muito nervosa, Lousada fica em baixo do ecrã, enquanto os lutadores descem o mesmo.

Beja: podemos ter o confronto do Dinastia agora.

Lousada: Parabéns Áses, conseguiram enganar a todos, até aos seus fãs. Como vocês são manipuladores, mas não tem problema este combate acontecerá e é por isso que ChaZZ e Timó estão aqui, dou a eles o poder de recomeçar o combate a qualquer momento.

Beja: decisão inteligente do Supervisor geral junto com a dupla desafiante.

Luís: Finalmente você reconhece a sabedoria deste homem, é isso que estou tentando dizer deste o começo.

Felps e Camaleão dão risada da situação e aceitam começar a contenda.

Então Afonso, a mando de ChaZZ e Timó inicia novamente o combate. Felps e Camaleão se cumprimentam com um fist-bump e chamam a torcida para fazer este combate um espetáculo.

É iniciada uma medida de forças pelos dois lutadores, com certa dificuldade Felps vence seu parceiro e aplica um Back Suplex. Rapidamente o brasileiro se lança as cordas, Camaleão levanta-se e recebe uma Clothsline.

Camaleão vai para um canto tentar se levantar, Felps chega no mesmo local que Camaleão está e lança-o para o canto oposto, mas Camaleão consegue se virar e agora é ele que lança Felps para o canto.

Felps fica encostado no canto e é acertado por uma Clothsline, o Ás cai para frente enquanto Camaleão sobe no canto, Felps estava levantando e Mushroom Stomp. Camaleão vai para o primeiro assentamento do combate...1.

A contagem não passa de 1, Felps se levanta e Camaleão apenas espera. Quando os dois estão em pé, Camaleão lança Felps para as cordas, mas o brasileiro consegue se desviar de Camaleão e pegar impulso na corda oposta para um Bulldog.

Felps levanta junto a Camaleão e aplica um Hip Toss. Assim o Ás sobe no canto do ringue e aplica um Elbow Drop. Felps levanta-se energético, vai esperar no canto, parece que quer terminar o combate rapidamente.

Felps corre em direção ao seu parceiro, mas recebe um Dropkick, pelo visto o Spear foi parado. Agora estão os dois deitados no chão. Lentamente os dois se levantam, Felps aplica um Shoot kick na barriga de seu parceiro, Camaleão faz o mesmo, Felps faz novamente, Camaleão repete, outro de Felps. Enzuigiri de Camaleão! Assentamento de espaduas...1...2.Não! Felps está no combate.

Camaleão levanta-se e pede aplausos enquanto Felps se levanta, O brasileiro apenas sorri, ambos tocam as mãos e voltam para o combate. Felps parte para cima do mascarado, mas este desvia e aplica um Double Axe Handle.

Camaleão lentamente vai em direção ao canto e sobe no mesmo, ele aponta para ChaZZ e Timó e Elbow Drop. A terceira contagem...1...2...2,5. Não! Incrivelmente Felps sai do assentamento.

Camaleão ri-se da resistência de seu parceiro, assim ele pega-o e coloca em posição de Pedigree. O combate vai acabar. Não! Felps consegue um espaço, empurra Camaleão e SUPERMAN PUNCH, Felps sente o momento, o publico grita pelo espetáculo. Felps está no canto e agora vai para a “Ultima Aposta”.

Camaleão está se levantando, ChaZZ e Timó chamam a atenção de Felps, este diz para ficarem parados onde estão, Felps volta para o combate, percebe que o Camaleão já estava em pé e vai. Mas Camaleão se abaixa, Felps tenta encontrar Camaleão e este aplica um roll-up...1...2...3! Camaleão vence!


Raquel Jacob: O vencedor deste combate, CAAMALEÃÃO!

O lutador mascarado ajuda Felps a se levantar, ambos se abraçam e Felps levanta o braço de Camaleão. Mas ChaZZ e Timó ainda estão ali e cercam o ringue ameaçando entrar, os Áses ficam um de costas para o outro, eles realmente vão entrar, parece que vamos ter uma breve visão do que acontecerá no Dinastia.

Mas Leon aparece pela plateia, ele vem correndo e rapidamente entra no ringue, agora é um 3 x 2. ChaZZ e Timó sabiamente descem do ringue e vão em direção aos Balneários, os Parceiros de Guerra recebem os títulos e erguem, Leon puxa Felps e aponta para o título dizendo, “O prêmio da minha vingança”, o Ás responde “Quero muito enfrentar você novamente e se for uma luta pelos títulos, melhor ainda! ”. Leon sai do ringue sorrindo e apontando para o ChaZZ e Timó. Os campeões erguem os títulos para o público.


Beja: Parece que a experiência está acima de tudo.

Luís: Pah! Combate fraco, este Leon deveria deixar o ChaZZ e Timó deixar as coisas interessantes.

Beja: Talvez, mas agora não temos tempo, o intervalo está chegando.
***

INTERVALO




avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 53# (RTP1) - (27/05/14)

Mensagem por vlladmin em Qui 29 Maio 2014, 04:45

A imagem foca o ringue da Vanguarda no seu regresso depois do intervalo. No mesmo encontra-se Raquel Jacob bastante elegante e pronta a um anúncio bombástico.

Raquel Jacob: Senhoras e senhores… Deem as boas-vindas ao novo representante legal do campeão Supremo da Vanguarda da Luta Livre… Michel-Baptiste Bangalter!

Luís: Bem estou bastante curioso para ver o que vai sair daqui. Tenho total confiança no campeão.

Beja: Esquemas e mais esquemas é o que eu tenho para te dizer.

A imagem foca a cortina que dá acesso ao stage da arena.

Luís: Pior é este público que começa já a vaiar sem saber quem vai sair dali.



BUUUUUUUUUUUUUUUUUUH.

Beja: Espero bem que seja alguém que ao menos fale pouco, porque para ouvirmos alguém a glorificar o Bangalter não precisamos, acho que já tivemos suficientes.

A imagem foca o stage da VLL durante algum tempo, o público olha todo para a cortina, continuando a música do campeão Supremo a entoar pela arena… Até que parece finalmente o representante de Michel! Jack Neville e o público entoa uma vaia enorme.

Luís: Oh Meu Deus! Se muitos achavam que era impossível parar Bangalter este é o momento em que eu digo que sim! É impossível parar o campeão Supremo!

Beja: Jack Neville? Estes dois juntos não vai dar coisa boa.

Neville dirige-se para o ringue com um fato bastante elegante e com a barba aparada. O mesmo entra no ringue com um sorriso bastante confiante e pede um microfone.

Jack Neville: Com apenas cinco anos vim para Portugal, como muitos de vocês sabem e pela primeira vez sinto real orgulho em pisar solo que vocês consideram abençoado. Senhoras e senhores o meu nome é Jack Neville e digo-o porque todos os dias o negócio que é o Pro-Wrestling cresce em Portugal e cada vez mais tempos

pessoas novas a observar os eventos da VLL, por isso muitos de vocês podem não saber do meu passado tanto aqui como fora daqui. A VLL é uma máquina que por vezes oculta factos que não deviam ser ocultados.

Neville faz uma pausa passando a mão na sua barba.

Neville: Eu e o Kevin Gunn tivemos a oportunidade de fazer algo único aqui, mas as nossas pernas foram cortadas, muitas vezes pelo homem que eu aqui represento, assim sendo muitos podem estranhar eu estar a representar a sua honra neste momento…

Neville desaperta o casaco e retira um maço de notas de 100€ do bolso interior.

Neville: Todos querem isto, todos querem sentir o poder, todos querem vencer! Se fossem vocês não fariam diferente, não vale chamarem-me vendido como o vão fazer amanhã em todos os jornais.

O público começa a cantar “Vendido” e o mesmo sorri.

Neville: Bem isso foi bastante previsível. Mas o meu novo cliente e eu temos uma ambição, torna-lo ainda maior e conceituado. Parece difícil para uma federação como a Vanguarda da Luta Livre, depois de ver lutadores como o Randall a terem oportunidades por títulos interrogo-me porque não deveria o Toni Queijadas também estar no evento principal! E se eu servi os interesses do Randall não foi porque realmente o quis, mas isso são outras contas, que outro dia poderão ser debatidas.

Randall deixa o ringue com o maço de notas na mão e retira o elástico que as envolvia.

Neville: Estão aqui mais de 100 notas de 100€ e os mais inteligentes conseguirão fazer a conta.

Neville tira 3 notas e atira-as para o ringue, gerando alguma confusão, voltando depois ao ringue enquanto o público canta “Feed Me More”.

Neville: A minha teoria acabou de dar certo, vocês sim são vendidos! Por este maço vocês eram capazes de beijar-me os pés! A mim e ao campeão Supremo Michel-Baptiste Bangalter! Hoje estou então aqui como representante do enorme campeão, o homem mais importante desta empresa, “O Auto-Proclamado Ícone do Século XXI” e o novo “Diamante” com uma coisa a dizer. Até ao Dinastia dos Guerreiros II mais ninguém o irá ver e mais ninguém irá falar com eles! Vocês não merecem!

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH.

Neville: Vocês acham isso positivo? Por favor, vocês não compreendem nada de negócios então, porque neste momento os escritórios da Vanguarda estão de pernas para o ar com este anúncio! Eles neste momento perguntam-se “Como vamos promover o maior evento do ano sem o campeão?” E eu respondo-vos “Pensassem nisso antes!”

Neville sorri.

Neville: Bangalter voltará no Dinastia com uma nova atitude e com uma vontade ainda maior de derrotar os cépticos, tanto no ringue como na audiência! Porque segundo ele todos o olham de lado, depois de tudo o que ele já provou. O público continua a pensar que ele não tem capacidade para ter o título, mas amigos relembro-vos o que aconteceu com Vinícius Nunes, com Hunt e com a Câmara dos Horrores! Nessa mesma Câmara dos Horrores Bangalter destruiu Yuri Petrov, o Russo que tão bonzinho é.

O novo agente do campeão abana a cabeça.

Neville: Querem que eu vos conte uma história? Os Russos não são bons! E se pensam que eu estou errado esperem até o Putin invadir a Europa!

Neville deixa cair o microfone e de imediato a música de Bangalter toca na arena. O publico vaia-o enquanto o mesmo deixa o ringue!

Beja: Bem estas palavras foram duras, tanto para a política da Vanguarda como para Yuri Petrov. Espero que o Russo mostre que Neville está errado.

Luís: Espero é que ele não meta uma bomba ai, russos são lixados.

Beja: Não querendo ser xenófobo, isso não é bem o que os Russos fazem mas sim os árabes.

Luís: Tudo não sabes nada!

***

Espartano e Leon estavam conversando em algum lugar dos balneários da Vanguarda, ao avistarem Lousada também andando pelo local eles o chamam.

Leon: Lousada! Sobre o substituto de Hex, eu pensei bem e acho que o meu amigo Espartano é perfeito.

Lousada: Que seja, vou embora.

Espartano: Temos outra coisa a dizer.

Lousada: Falem logo.

Leon: Queremos estar na luta pelo título no Dinastia.

Lousada (rindo): Como? Você e o Hex perderam, não tem como coloca-los na luta.

Espartano: Mas ChaZZ e Timó claramente prejudicaram o lutador.

Lousada: O que o juiz não viu, não aconteceu.

Leon: Mas todos viram, pelo menos nos dê mais uma luta contra os dois valendo a vaga.

Lousada: Não, você e o Hex perderam! Boa noite

Lousada estava saindo, mas recebe uma mensagem em seu celular. A mensagem era de Timó que junto a ChaZZ diziam que estavam ouvindo a conversa e que era para colocar os dois no combate e tirar as regras do combate, pois queriam acabar de vez com o Leon. Assim Lousada volta aos dois.

Lousada: Fiquem com pena de vocês, estão no combate do Dinastia e quero ver de que são capazes, por isso transformo o combate em um combate de escadotes.

Espartano: Obrigado!

Leon: Boa, assim eu posso lixar aqueles dois e vingarei o Hex. Mas e os campeões?

Lousada: Vocês querem o combate ou não?

Lousada imediatamente sai e Leon e Espartano ficam se olhando, assim a tela fica preta.

***

A imagem passa para os bastidores e vemos Mike Orzan a caminhar com o cinto da Vanguarda aos ombros. O americano vai caminhando e cruza-se com Ryo Tanaki.

Orzan:
Tu outra vez? Andas a perseguir-me?

Ryo: Bom combate frente ao Felps na semana passada, pena a derrota.

Orzan: Vieste aqui lembrar-me disso? Talvez eu deva lembrar-te das vezes que te venci ou daquela vez que te lesionei.

Ryo: Vim-te aqui lembrar que vou enfrentar-te mais uma vez pelo título da Vanguarda, mas desta vez serei eu a sair vencedor.

Orzan: Acho é que estás a precisar de ir para uma cama de um hospital novamente.

Os dois lutadores encostam as suas cabeças e são interrompidos por Hunt. O canadiano trazia uma toalha ao pescoço e ainda com a sua roupa de combate.

Hunt: Estão com tanta pressa em se enfrentarem? O Dinastia é só no final de Junho…

Orzan: Não estejas muito convencido gordo. Vais pagar por meteres distraído na semana passada e me teres custado o combate.

Hunt ri-se.

Hunt:
Desculpa lá isso. Eu só queria um bom lugar para ver o teu combate enquanto comia umas batatas.

Orzan: Vou-me certificar de que vais pagar caro por isso.

Orzan vira costas e prepara-se para deixar a cena, mas vai contra Filipe Azevedo que apareceu ali.

Orzan:
Não sabes ver por onde andas?

Azevedo: Estás a fugir campeão?

Orzan: O campeão tem coisas mais interessantes para fazer do que aturar um bando de derrotados.

Orzan vai-se embora enquanto os outros três lutadores se encaram.

***

Beja: A disputa pelo título da Vanguarda está muito boa, parece que temos várias opções para disputar essa contenda.

Luís: Aposto em Orzan ou no Azevedo...

Beja: Claro... Mas vamos falar de outra questão.

Luís: Do que?

Beja: DL não tem combate para o Dinastia dos Guerreiros! Kurt Lanye deixou à VLL e agora, como Lousada vai testar o seu rival?

Luís: É verdade, vamos ver agora como o senhor Lousada vai lidar com isso e parece que vai ser juntamente com Lourenço, vamos conferir isso!

A imagem foca Diogo Lourenço e Augusto Lousada, no escritório do supervisor-geral, um estava de frente para o outro e a animosidade era clara entre os dois, ambos não se suportavam, a tensão era muito forte dentro do ambiente.

Diogo: Olha Lousada, vou ser sincero, não gosto de estar aqui contigo e sei que não gostas de mim também... Mas temos que conversar sobre meu combate no Dinastia.

Lousada (com um olhar duro) : Sei muito bem disso, aliás, tu és petulante demais para alguém que está em risco de não ter o contrato renovado! Lembra-te que ele vence no Paraíso!

Diogo: Sei muito bem disso... Mas sei também que deves me testar antes de não renovar o meu contrato, sabes que eu tenho potencial, apesar de não sermos amigos...

Lousada: Se tens potencial, terás que mostra-lo... Ontem tu perdeste para Petrov, hoje perderás para Andrade e se perderes mais um combate, não existe o porquê de eu renovar o teu contrato, três derrotas consecutivas não fica bem para ninguém...

Diogo: Então... E meu combate no Dinastia? Sobre o Antonio, não conte com resultados antes dos combates...

Nesse momento os dois são interrompidos pela chegada de Moore SD que olha espantado para a presença de Diogo Lourenço.

Moore (já querendo sair) : Acho que eu me enganei...

Lousada (sorrindo) : Não Mauro... Estás correto... Esse é o horário... Na verdade, queria apresentar o adversário um do outro no Dinastia!

Ambos olham para Lousada com espanto.

Moore: Como assim? Então foi por isso a notícia do cancelamento do combate contra o Cleef?

Lousada: Exatamente... Um irá contra o outro... Era uma luta que os patrocinadores exigiram e vocês sabem quem se sem eles, nós não temos dinheiro suficiente, aliás, eles acreditam que Moore é o grande teste para Diogo Lourenço, por isso, essa luta, pelas vendas e para testar o Diogo Lourenço.

Diogo (satisfeito) : Por acaso eu gosto do meu adversário, também foi campeão da Vanguarda como eu... Enfim, espero uma boa batalha...

Moore e Diogo apertam as mãos.

Lousada: Que nojo... Agora que já sabem quem vão enfrentar no Dinastia! Cuidem de suas vidas e me deixem em paz!

Os dois saíram da sala e a imagem desvanece.

Beja: Grande confronto! Diogo Lourenço contra Moore SD no Dinastia dos Guerreiros!

Luís: É dessa que o DL não tem o contrato renovado!

Beja: Como podes afirmar isso?

Luís: Ele perde hoje para o Antonio, depois perde para o Moore e já perdeu para o Petrov, a VLL não vai querer renovar o contrato de lutador que só perde.

***

Passamos agora para uma sala completamente escura onde vemos apenas uma mesa e duas cadeiras, uma de cada lado, sendo iluminadas por uma luz. O entrevistador João Barbosa aparece ao meio da mesa.

Barbosa:
Caros espectadores, estamos aqui para um frente-a-frente entre Arsénio Fuínha e Eustass Kid, dois ex-Parceiros de Guerra. Os dois vão-se enfrentar no Dinastia dos Guerreiros 2014.

Os dois lutadores surgem da escuridão e sentam-se nos seus respetivos lugares.

Barbosa:
Arsénio vou começar por ti. O que te levou a pedir um último combate frente ao Eustass?

Arsénio encontra-se com um ar sério e totalmente focado no seu adversário, ao contrário de Eustass que adota uma postura descontraída.

Arsénio:
Não posso deixar que alguém que me insulta a mim e à minha família, e que me fez perder o meu único amigo, ache que levou a melhor sobre “O Verdadeiro Professor”. Terei de lhe dar uma lição num teste que promete ser muito, muito difícil.

Eustass sorri.

Barbosa:
Eustass, o que achas deste desafio do Arsénio?

Eustass: Eu acho que ele tem noção de que eu fui melhor do que ele sempre que nos encontramos e quer uma oportunidade para poder convencer-se a ele mesmo que é melhor do que eu. Arsénio, eu superei-te sempre que nos encontramos e tu sabes disso. É por isso que tomas esta decisão desesperada para te tentares enganar. Tu sabes que eu te deixei KO no Vanguarda 50# quando te fiz atravessar uma mesa, e sabes que só me venceste no Ressurreição Suprema com um truque barato. De ti só posso esperar mais joguinhos sujos.

Arsénio esfrega as mãos.

Barbosa:
Arsénio, concordas com as palavras do teu oponente?



Arsénio
: Eu posso perfeitamente vencer e é exatamente isso que farei no Dinastia. Desta vez não haverá nada nem ninguém entre nós. Será uma luta a dois…

Eustass (interrompendo Arsénio): É… já que propuseste este desafio, deixa-me ser agora eu a propor-te um também: vamos acabar com isto de uma vez por todas, vamos deixar o nosso adversário completamente derrotado, vamos enfrentarmo-nos num combate sem desqualificações!

Arsénio engole a seco.

Barbosa:
Bem… um desafio em direto. Arsénio vais tomar já a tua decisão ou precisas de tempo para pensar?

Eustass: O que foi? Precisas de tempo para pensar numa forma suja de me venceres? Pensa rápido… Imagina que estás num exame e esta é uma pergunta de “Verdadeiro” ou “Falso”. “Será o Arsénio um derrotado?”. “Verdadeiro” ou “Falso”?

Arsénio olha para João Barbosa e olha para Eustass enquanto bate o pé.

Arsénio:
Ok, eu aceito que o combate não tenha desqualificações.

Eustass sorri.

Barbosa:
Por esta é que eu não esperava. Os dois lutadores concordam e o seu combate no Dinastia não terá desqualificações! Caros espetadores, fica apenas a faltar a confirmação por parte dos diretores da VLL.

Mas continuando, Eustass o que significa para ti este combate?

Eustass: Significa o início de uma nova etapa na minha carreira aqui na VLL. Desde que cá cheguei, estive nos DeLuxe e concentrado na minha relação com o Lucas, que entretanto fez o Arsénio cruzar-se no meu caminho. Agora é altura de olhar pelo meu caminho e pensar em atingir voos mais altos.

Barbosa: Arsénio, e para ti?

Arsénio: Significa uma vitória sobre alguém sem qualquer respeito para com a vida e os laços familiares de outras pessoas. Uma vitória sobre alguém sem escrúpulos que passa por cima dos sentimentos de outras pessoas e as usa como bonecos. João, por acaso viste o que o Eustass fez à sua enfermeira?

Eustass: Não te ponhas com ideias Arsénio, esse vídeo era para o Vinícius. Aliás, eu teria vencido o Vinícius se tu não te tivesses de meter onde não eras chamado…

Arsénio: Tal como tu me custas-te o título da Vanguarda frente ao Petrov…



Barbosa:
É melhor ficarmos por aqui, caros espectadores. Fica marcado um combate sem desqualificações para o Dinastia entre Eustass Kid e Arsénio Fuínha. Beja, passo a emissão para ti.

Arsénio e Eustass abandonam a mesa e a imagem volta para a mesa de comentários.



Beja:
Fica assim adicionada uma estipulação ao combate entre estes dois. O que achas Luís?

Luís:
Parece-me bem. Existe algum ódio entre estes dois aliado à sua natureza ambiciosa. Promete ser um combate intenso e em que qualquer um pode sair vencedor.

Beja: É a primeira vez que os dois vão ter um combate no Dinastia. Será um combate muito importante para as suas carreiras.

***


Raquel Jacob: O combate seguinte está marcado para uma derrota. A caminho do ringue, de Rio de Janeiro, Brasil, pesando 128 quilos, Antónioooooooooo Andraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaade.

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH

Beja: É nisto que os problemas familiares resultam. António é de longe, um dos mais odiados na VLL neste momento, graças às suas discussões com Vinícius Nunes.

Luís: Agora falas-te bem, Beja, problemas familiares. Não tens nada que criticar o António quando nem metade da história sabes.

António entra no ringue com o seu casaco de capuz. Retira-o, olhando para a câmara de seguida, muito intensamente.


Raquel Jacob: E o seu adversário, vindo de Tomar, Portugal, pesando 87 quilos, “O anjo caído”, ele é Diooooooooogoo Loureeeeeeeençoooooo.

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH

Beja: A isto é que eu chamo uma ovação! O público está em alta, assim como Diogo Lourenço.

Luís: Este puto teve a vida muito facilitada na VLL desde o seu início.

Beja: Sim, um início que está para fazer um ano. Lourenço aguentou mais do que a maioria das pessoas que já pisaram este ringue. É, tecnicamente, o campeão mais novo da história da companhia, nunca abandonou a companhia como outras pessoas.

Luís: Sim, pois. Quero ver como é que ele se safa hoje.

O árbitro designado para o combate é… O mesmo manda soar a campainha e o combate começa. Os dois lutadores avançam para um lock up, com António a tomar a iniciativa com um armlock. Diogo aproveita a sua agilidade e dá uma cambalhota, invertendo o armlock de Andrade, ficando em melhor posição. Lourenço leva António às cordas e aproveita o ímpeto para o lançar num irish whip para o outro lado do ringue. Diogo baixa-se para aplicar um back body drop, mas Andrade aproveita a posição para um running knee lift, deitando Diogo ao chão. António vai às cordas, enquanto Diogo se levanta rapidamente. Tenta uma clothesline, mas Lourenço salta para os seus ombros com um frankensteiner.

Diogo sai do ringue, e, quando António se levanta, este salta para um springboard crossbody, mas António reverte a manobra com um snap powerslam. De um momento para outro, António está na frente do combate. Vai para a cover 1… Diogo safa-se. Ainda está muito vivo este jovem. António levanta o homem de Tomar para um vertical suplex, deitando-o no chão com força. Levanta-o mais uma vez e conecta um german suplex. Diogo fica de barriga para baixo e António salta para um elbow drop. Vira-o e avança para o pin-fall 1… 2… Diogo levanta o braço, com algum esforço. António arrasta Diogo para o canto mais próximo. Lourenço levanta-se, mas António já está a correr para ele com uma big boot potentíssima na cara. Vai para a cover rapidamente 1… 2… Diogo consegue chegar às cordas.

António empurra Lourenço para fora do ringue com o pé, erguendo o punho no ar. O público vaia-o, mas este limita-se a rir para ele. O brasileiro sai do ringue e pega em Lourenço pelos cabelos, empurrando-o contra a apron do ringue. De seguida, tenta o irish whip contra as barreiras de segurança, mas Lourenço reverte e Andrade bate com força na barreira. O árbitro

começa a contagem 1… 2… Diogo levanta-se, assim como António. 3… 4… 5… Diogo sobe ao apron mas António apanha-lhe um pé e puxa-o. Diogo bate com o queixo no apron à contagem de 6, enquanto António entra no ringue. 7… 8… Diogo levanta-se e entra no ringue, mas António não lhe dá chances de respirar, pegando nele num double leg takedown, dando-lhe seguidamente murros fortes na cara. O árbitro avisa-o que se continuar desqualificá-lo-á, e António larga o oponente. Vai para o pin-fall 1… 2… Diogo safa-se, com dificuldades. O português levanta-se e esquiva-se de um european uppercut, atacando Andrade com um step-up enzeguiri. Diogo consegue uma aberta e vai às cordas, correndo para o brasileiro com um forearm smash e um dropkick, deitando o brasileiro no chão.

Diogo tenta manter-se em pé depois de tudo o que passou no combate. Espera que Andrade se levante e aplica um Sleeper Hold. António tenta mexer-se para soltar a manobra, mas Diogo sobe às suas costas, aplicando um bodyscissors com as pernas. António não consegue ver onde se situa, tentando chegar às cordas com as suas mãos. António corre para o canto e vira-se de costas, fazendo que o oponente bata nas protecções. Ainda assim, Diogo não larga a manobra. António avança para a frente e agarra na cabeça de Lourenço com a mão direita, sentando-se de seguida para um backpack stunner. Diogo cai ao chão, por fim. Andrade parece mais combalido que Diogo que se encontra deitado. O brasileiro tenta pegar no adversário, mas este responde com um, dois, três, quatro pontapés na testa. António amarra Diogo pelos cabelos e tenta um european uppercut, mas Diogo vira-se e consegue um acrobático Pelé Kick na cabeça do oponente. António está no chão, mais uma vez.

Diogo sobe ao canto, limpa o suor enquanto espera que António se levante. Salta para o adversário, mas este apanha-o com um chokeslam, aplicando-o com força 1… 2…3! Ainda não! Diogo sobrevive por enquanto! António tenta o seu Intelegent Shooter, mas Diogo reverte o sharpshooter num small package 1… 2… António livra-se do pin. Diogo dirige-se para o canto, encostando-se nas protecções, tomando ar. António tenta novamente a sua big boot, mas desta vez Diogo desvia-se, deixando a perna direita do brasileiro por cima da corda superior. Lourenço toma balanço e ANGEL CONECTION! SUPERKICK MESMO NA NUCA DE ANDRADE. Roll Up! 1… 2… 3! Não! Muito perto da vitória, porém! Andrade levanta-se lentamente. Diogo corre para o oponente com uma clothesline, mas este dá-lhe a volta, aplicando um rear naked choque. Diogo está em apuros. O português tenta correr para as cordas, mas António tem a manobra aplicada com muita força. Irá Diogo desistir?

O português tenta por tudo tirar as mãos de Andrade do seu pescoço, mas sem sucesso. Mas, o quê?! DIOGO SALTA PARA O SKYWALKER, COM O REAR NAKED CHOKE APLICADO! UM ASAID DDT, DO NADA! Os dois lutadores estão no chão, exaustos e o árbitro começa a contagem 1… 2… 3… 4… 5… António levanta-se, e, com Diogo de joelhos corre para ele. Diogo aplica um leg sweep com o seu braço, deitando o brasileiro ao chão. “O Anjo Caído” levanta-se e toma balanço para um Running Shooting Star Press. Diogo não vai para a cover, subindo ao

turnbuckle e SALTANDO PARA UM CORKSCREW 450 SPLASH. SKYFALL BEM APLICADO! Acabou tudo para António. 1… 2… 3… Diogo vence a contenda.


Raquel Jacob: Senhoras e senhores, o vencedor, Diooooooooooogooooo Looooouuuuureeeeeeeeeeeeençooooooo!

YEEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!

Beja: Mas que combate espectacular. Que vitória para o jovem Lourenço, mostrando uma vez mais que ainda tem muitas cartas a dar.

Luís: Foi sem dúvida um combate muito equilibrado, mas o verdadeiro vencedor poupa-se para as verdadeiras batalhas.

Beja: Quanto a isso não sei, só sei que Diogo Lourenço deu uma grande passada hoje mesmo. Não sei como é que Augusto Lousada não consegue ver futuro neste jovem prodígio.

Luís: Nem eu consigo ver e estou aqui perto. Ele não tem talento, teve sorte!

Beja: Sorte ou não, a verdade é que Lourenço sai vencedor do combate de hoje

A imagem desvanece com Diogo Lourenço em cima do canto, erguendo os dois braços ao ar para o público, sendo ovacionado por todos, que cantam em conjunto “Lourenço, Lourenço!”

***

As luzes da arena apagam-se lentamente. Ouve-se um grito ao longe, acompanhado por uma marcha uniforme e serena. Consegue captar-se constantemente o som característico de duas placas metálicas a chocarem uma contra a outra, aumentando o volume à medida que o tempo continua. Juntamente a esse, o som de vento a ser cortado junta-se sistematicamente aos já referidos. De entre todos estes sonidos, uma voz feminina e melodiosa aparece, fazendo um contraste quase perfeito.

Voz: Há vozes que precisam de ser ouvidas…

O som metálico faz-se ouvir.

Voz: Há batalhas que necessitam de acabar…

O som metálico reaparece, com um breve flash de luzes no ecrã principal.

Voz: Mas, mas importante que isso, há guerras que as pessoas precisam de saber que existem, batalhas que têm de ser travadas. Mais cedo ou mais tarde, as pessoas que estão no topo entrarão num confronto do qual não poderão sair até estar resolvido. Nesse momento, estarão entre a espada e a parede, e não haverá mais saída fácil.

O som metálico, provavelmente de duas espadas, volta a ouvir-se, com todos os holofotes da arena a brilharem por breves momentos, simbolizando a faísca das duas armas em confronto.

Voz: O hino da solidão soou, as notícias de última hora foram dadas. Ele chega por que precisa dele, ele vem por todos vocês. A nação clama-o, a pátria carece dele. Ele volta para acabar com aquilo que começou. Ele retorna…

As luzes do pavilhão voltam ao normal, e nota-se a curiosidade de todas as pessoas presentes na arena, que, apreensivas e ansiosas, começam a falar para o lado, provavelmente tentando discutir sobre o que acabara de se passar.

Beja: Muito curioso o que acabou de se passar?

Luís: Eu cá não sei, mas estou ansioso pelo que vem daqui. Ele retorna, mas quem será?

Beja: Calculo que essa pergunta será respondida nas próximas semanas.

***

A imagem foca o ecrã gigante da arena. Vemos um vídeo pré-gravado com Ricardo Soares nos bastidores em posição para uma entrevista.

Soares:
Olá fãs da VLL. Venho aqui deixarvos uma mensagem importante acerca da VLL. Como todos devem saber, a VLL vai para com as emissões da Vanguarda neste mês de Junho e apenas regressa no Dinastia dos Guerreiros. Até lá teremos um programa que vai ocupar o lugar dos shows da Vanguarda que terá como objetivo acompanhar os preparativos para o Dinastia. Este programa terá 45 minutos de emissão e podem contar com entrevistas e outras curiosidades acerca das preparações para o Dinastia! Obrigado pela vossa atenção.

Luís: Novo programa! Mais tempo de antena para mim!

Beja: Promete ser um programa muito interessante para os fãs da VLL. Poderão a assistir a algumas entrevistas com os lutadores e acompanhar mais de perto os preparativos para o evento.

Luís: Vai ser interessante ver de que forma os lutadores se vão preparar, e poder acompanhar isso de perto será ainda melhor.

Beja: Mas agora vamos para o último combate da noite.

Luís: Chegamos agora ao último main-event antes do Dinastia!

Beja: E promete ser um grande main-event, será o regresso do Moore SD aos ringues da VLL.

Luís: Não esquecer que ele vai enfrentar um novato muito talentoso. O Van Cleef tem muito talento.


Raquel Jacob: O próximo combate está marcado para uma derrora. Vindo de Brandenburg, Alemanha, e pesando 105kg, Laus Van Cleef!

UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUHHHHHH

Luís: Na semana passa o Cleef quase destruía o “Espartano”.

Beja: Mas acabou desqualificado. Uma atitude nada simpática por parte do Cleef.

Luís: O “Espartano” não estava ao nível do Cleef, nem valia a pena perder tempo. Hoje ele vai demonstrar todo o seu talento.


Raquel Jacob: E o seu oponente, ele vem de Detroit, Michigan, com 85kg de peso, o “Rock City Agression” Moore SD!

YYYYEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAAAAAHHHH

Beja: Desde Janeiro que não víamos o Moore na VLL, mas ele regressa hoje.

Luís: Vamos lá ver se ele aprendeu alguma coisa durante o tempo que esteve fora.

Beja: Ele já esteve próximo de conquistar o título Supremo e regressa para isso mesmo. Tem já combate marcado para o Dinastia, frente ao Diogo Lourenço.

Luís: Essa pode ser uma oportunidade de ele voltar a lutar pelo título Supremo, vamos lá ver.

Marcos Mendes verifica os dois lutadores enquanto Cleef sorri com ar de confiança para Moore. Soa a campainha e os dois lutadores partem para cima um do outro começando por se atacarem com socos. Moore consegue atirar Cleef ao chão e depois coloca-lo num headlock. Cleef vai resistindo e consegue empurrar Moore contra as cordas, mas acaba por levar com um shoulder block. Cleef levanta-se e Moore agarra-o para um Suplex. Cover e Cleef sai no 1.

Os dois levantam-se e Moore ataca Cleef com uma joelhada na barriga e vai desferindo chapadas no peito do alemão que o encostam ao canto. Moore continua a atacar com algumas chapadas e afasta-se para ganhar balanço e atacar com um Rolling Elbow Smash mas Cleef escapa e vai para o roll-up mas Moore sai no 1! Moore levanta-se rapidamente e leva com um European Uppercut! Moore fica encostado ao canto, Cleef agarra o seu braço, puxa-o e ataca com uma Lariat! Assentamento, Moore sai antes do 2!

Cleef vai pisando Moore enquanto o “Rock City Agression” se levanta e agarra-o para um Backbreaker. Aplica um Leg Drop e vai novamente para o assentamento, 1…2! Moore levanta-se e continua a levar com as investidas de Cleef, desta vez em forma de pontapés. Moore consegue dar uma chapada em Cleef e vai para uma clothesline, mas Cleef baixa-se e quando Moore se vira, o alemão ataca com um Dropkick! Novo assentamento, 1…2! Moore escapa novamente.

Cleef prende o seu adversário num headlock e vai pressionando a cabeça do americano. Moore começa a socar Cleef, e o alemão é obrigado a para o headlock e lançar Moore para o canto, mas o americano sobe rapidamente e salta para um Moonsault! Este movimento agitou o público! Cleef levanta-se furioso e corre para Moore, mas o “Money Maker” apanha-o para um Tilt-a-Whirl Backbreaker! Cover, 1…2! Cleef escapa!

Moore continua na ofensiva e ataca as costas de Cleef para depois aplicar um German Suplex! Dirige-se ao canto e sobe à primeira corda para mergulhar com uma Diving Elbow Drop! Assentamento, 1…2! Cleef escapa mais uma vez. Moore agarra as pernas de Cleef para tentar o Sharpshooter mas o alemão luta e atinge Moore com a sola das suas botas. Cleef aproveita agora e aplica um Bridging German Suplex! 1…2… Moore escapa!

Os dois levantam-se e Cleef começa a socar Morre, mas o americano responde com um Rolling Elbow Smash! Cleef fica atordoado e encosta-se às cordas, quando recupera e vira a sua

atenção para o seu adversário, já só vê Moore atacar com uma clothesline que faz os dois saírem do ringue!

Moore atinge um pontapé na barriga de Cleef e agarra-o para o lançar contra os degraus de aço, mas o alemão consegue reverter e atira Moore contra os degraus! Agarra em Moore e encosta-o à mesa de comentário para começar a atacar com algumas chapadas no seu peito. Volta a agarrar no americano e atira-o contra o poste! Atira Moore para o ringue e vai para o assentamento, 1…2… Moore escapa!

Moore rasteja até às cordas e pelo caminho leva pisadelas por parte de Cleef. Moore levanta-se com a ajuda das cordas e caminha devagar até ao canto. Cleef corre para um Crossbody em cheio em Moore que estava encostado ao canto! Cleef senta Moore no topo do canto e sobe à primeira corda para tentar o Superplex! Cleef está pronto mas Moore começa a reagir e soca a barriga do alemão! Cleef tenta resistir mas Moore consegue empurra-lo! Cleef está deitado no tapete e Moore levanta-se no topo do canto para um Moonsault! Assentamento, 1…2… Cleef levanta o ombro! Moore pensava que tinha este combate ganho!

Moore levanta Cleef e levanta-o em posição do Burning Hammer! Moore está pronto para finalizar este combate mas Cleef escapa e vai para o roll-up! 1…2… Moore escapa! Cleef não deixa Moore reagir e levanta-o pronto para o Panzer Marsh! Cleef vai finalizar Moore, mas o americano reverte e aplica um Victory Roll! 1…2… Cleef escapa! O combate está a entusiasmar o público! Cleef levanta-se mas é logo apanhado num Golden Key! Moore tem o Crossface aplicado e Cleef é obrigado a desistir!


Raquel Jacob: O vencedor deste combate é Moore SD!

Beja: Que excelente regresso para o Moore. Uma vitória num combate difícil.

Luís: O Cleef deu uma boa réplica, se ele quiser pode chegar longe na VLL.

Beja: Moore vai para o Dinastia com uma vitória na bagagem e uma mensagem clara para o Diogo Lourenço.

Luís: Avizinha-se uma tarefa complicado para o Diogo no Dinastia.

Beja: Bem caros espetadores, ficamos por aqui. O próximo evento da VLL será no dia 29 de Junho para o Dinastia dos Guerreiros! Até lá podem assisitir ao novo programa da VLL, o “Estrada dos Guerreiros”. Fiquem bem!

A emissão termina com Moore SD a festejar até aparecerem os créditos.
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 53# (RTP1) - (27/05/14)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum