VANGUARDA 46# (RTP1) - (08/04/14)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

VANGUARDA 46# (RTP1) - (08/04/14)

Mensagem por vlladmin em Qui 03 Abr 2014, 11:05


COMBATE PRINCIPAL DA NOITE
YURI PETROV VS. MIKE ORZAN
PELO TÍTULO DA VANGUARDA

******

PHILLIP HUNT VS FREDERICO DE QUEIRÓS
FELIPE SILVA E ÁSES DA ILUSÃO VS TIMÓ PEDROSO, CHAZZ E ZÉ MACHADO
HORÁCIO VS RAFAEL SAMPAIO
IVAN GUZZO VS DARREN KEANE
SE KEANE PERDER SERÁ DEMITIDO
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 46# (RTP1) - (08/04/14)

Mensagem por vlladmin em Qua 09 Abr 2014, 11:27

A imagem foca as bancadas do Pavilhão da Vanguarda da Luta Livre, onde os fãs da VLL, ao som da música de entrada do episódio, levantam os cartazes de apoio aos seus favoritos bem alto. Um pequeno fogo de artificio dá-se no stage terminando com o foco na mesa de comentadores onde Diogo Beja e Luís Barreira aparecem sorridentes.

Diogo Beja: Bem-vindos a mais uma edição da Vanguarda aqui na RTP1! O meu nome é Diogo Beja e ao meu lado tenho Luís Barreira!

Luís Barreira: Olá pessoal, depois da nossa habitual pausa, a seguir a qualquer PPV, voltamos à RTP1! Tivemos um evento magnifico no Ressurreição Suprema II!

Beja: E hoje teremos mais ação, o cartaz pode não ser tão atrativo, mas teremos o título da Vanguarda em jogo no combate principal da noite. Depois de Petrov ter sido o último homem a ser eliminado na Câmara dos Horrores ele combate esta noite contra Mike Orzan!

Luís: Sem dúvida que esse é um dos combates mais aguardados deste mês de Abril! Mas mais nos espera…



A música dos DeLuxe SAD entoa na arena interrompendo Luís Barreira, o público começa a vaiar a música.

Beja: Parece que este evento vai começar com os DeLuxe.

Luís: Geralmente não gosto de ser interrompido, mas neste caso não me importo. A maior afiliação da história da VLL faz-se ouvir na arena!

António Andrade, Filipe Azevedo e Sebastião Fonseca aparecem no stage depois de passarem a cortina que dá acesso à rampa da arena.

Beja: Recordamos os nossos fãs que Michel-Baptiste Bangalter, o campeão Supremo, não se encontra na arena hoje!

Luís: O campeão merece destaque depois do que fez na Câmara dos Horrores.

Beja: Campeão que é campeão aparece sempre… Na minha opinião claro.

Sebastião lidera os dois lutadores da afiliação até ao ringue, ambos encontram-se com fatos pretos e gravatas douradas. Sebastião é o primeiro a entrar no ringue debaixo de um enorme apupo pelos fãs.

O mesmo pega num microfone e espera que a música desvaneça para começar a falar.


Sebastião Fonseca: Hoje é mais um evento, mais uma caminhada e estamos cada vez mais próximos do grande evento do ano para a Vanguarda da Luta Livre. O Dinastia dos Guerreiros II será por volta do final de Junho e hoje o nosso grande campeão Supremo não se encontra na arena, nem sequer se encontra em Portugal. Isso parece preocupar os promotores no balneário da VLL, mas asseguro-vos que nada há a temer.

António e Filipe sorriem pelas palavras de Sebastião Fonseca, enquanto o público continua a vaiar.

Sebastião: É claro e mais que evidente que o campeão venceu todos aqueles, que se opunham a ele, que valiam a pena serem vencidos. Por isso qual o mal de umas pequenas férias bem merecidas?

Sebastião passa o microfone para António.

António Andrade: Ai seus incultos. Por falar em oposição… Vocês se lembram do meu primo Vinícius? Ele me derrotou no Ressurreição dentro da jaula, mas o meu trabalho foi bem feito, Vinícius não é campeão por esta altura e ele perdeu algo mais importante que isso! Vinícius perdeu sua credibilidade e sua força perante os fãs. Ele foi retirado do combate como se de uma menina se tratasse e me sinto orgulhoso disso!

O público começa a cantar o nome de Vinícius.

António: Vocês podem cantar o quanto quiserem o nome de meu primo, mas no final da história vocês vão se arrepender de apoiarem um falhado como esse. Ainda ajustarei contas com ele mais cedo do que vocês esperam e o desafio para um combate. Em combates individuais está 2-1 para ele, por isso eu digo… Se ele vencer esse combate contra mim e ficar 3-1 eu deixo a VLL para sempre!

Ao público agrada-lhe a ideia de ver António fora da VLL e saltam alto grito de “YEAH”.

António sorri e entrega o microfone novamente a Sebastião.


Sebastião: E agora que o Vinícius saiu da frente do campeão Supremo, o que será do título? Não temam meus jovens… Apesar de o Michel não estar aqui tenho a dizer que tenho comunicado com ele todos os dias, aliás posso-vos mostrar uma mensagem que ele me enviou uns dez minutos antes do evento começar…

Sebastião coloca a mão no bolso.

Luís: Curioso para ver o que o Bangalter disse?

Beja: Nem por isso, estou mais curioso para ver o que o Vinícius diz sobre enfrentar o António outra vez, parece que isto nunca mais acaba…

Luís: É como as novelas brasileiras.

Sebastião: Como podem ver aqui… Bangalter diz para eu informar todo o público da VLL que coloca um desafio em aberto ao balneário da federação!

A imagem aproxima-se do telemóvel de Sebastião Fonseca mostrando mesmo isso.

Sebatião: Por isso mesmo, no final deste evento o primeiro a colocar-se na frente e a dizer que quer lutar pelo título Supremo da VLL, contra Bangalter, irá ter esse desejo concedido. Seja quem for! E esse combate não será daqui a um ano! Esse combate vai ser o combate principal do Vanguarda número 48!

Luís: Ainda dizem que o Bangalter só foge!

Beja: Isto parece-me uma ratoeira!

Sebastião: Somos os “Four Horseman” da nova geração. Somos os “Evolution” da nossa própria federação. E por isso não temos nada a provar a vocês, cabeças de vento, mas mesmo assim faremos isso. Aqui o Filipe Azevedo é mais talentoso que a maior parte do balneário da VLL e mesmo assim é o Mike Orzan que luta pelo título da Vanguarda, que fez ele para o merecer?

O público canta “Azevedo Sucks” e o mesmo fica irritado.

Sebastião: Calma rapaz, não deixes estes infelizes entrarem na tua cabeça. Tu és um DeLuxe. Eles são apenas homens que pagam os impostos e vivem em casas onde a chuva entra e que ainda assim compram mercedes! Eles são a verdadeira fantochada deste Portugal! Enquanto nós temos os mercedes porque podemos eles têm-nos porque querem ser iguais aos DeLuxe.

António bate nas costas de Sebastião Fonseca sorrindo bastante.

Sebastião: É verdade António! Tu sabes isso como ninguém, já foste um bocado assim…

O brasileiro abana com a cabeça em sinal afirmativo apesar de ficar com uma cara um bocado triste.

Sebastião: Ânimo rapaz! Tu agora não és assim e acima de tudo vais derrotar o teu primo finalmente e mostrar que és um Nunes! Mas mais do que seres um Nunes… tu és um DeLuxe! E um DeLuxe pode fazer tudo o que quiser!



A música de Yuri Petrov entoa na arena para a loucura dos fãs!

Beja: E aqui vem o campeão da Vanguarda! Que grande ovação dos fãs da VLL!

Luís: Ele devia era preocupar-se com o seu combate hoje à noite, não com pessoas quem não consegue competir.

Yuri aparece no stage com uma camisola promocional, o título da Vanguarda na cintura e um microfone na mão.

Sebastião: Não achas que te devias preocupar mais com o teu combate de hoje à noite? Ou vais tentar fazer aquilo que muitos querem? Mas

cuidado… Podes ficar sem os dois títulos. Mais vale um pássaro na mão que dois a voar…

Yuri Petrov: Não me lembro de teres tanta piada quando entraste aqui, deve ter sido da porrada que levaste do Bison…

O público começa a rir-se de Sebastião que fica furioso e começa a dar pontapés nas cordas do ringue, Filipe agarra-o.

Yuri: Não te preocupes que eu estou bem preparado para o meu combate e estou com a cabeça nele, mas não deu para evitar vir até cá abaixo. É mesmo bom ouvir-vos a mudar a história das coisas. O Bangalter nunca venceu ninguém de maneira justa!

O público começa a cantar “Yuri! Yuri!” e o mesmo levanta as mãos no ar.

Sebastião: E tu? Venceste quem? Achas-te muito valente não é? Estás a armar-te em Vinícius só para satisfazer o público? Que atitude repugnante…

Yuri começa a descer a rampa bastante furioso, ele coloca o título da Vanguarda no chão, tira a camisola mandando-a para o público que fica em êxtase.

Beja: Parece que as coisas vão aquecer aqui no Pavilhão da VLL!

Yuri dá uma corrida para dentro do ringue, Sebastião sai do mesmo… Filipe e António atacam o Russo…

Luís: Os DeLuxe dominam Yuri Petrov no meio do ringue!

Beja: São dois contra um!

Luís: Ele é que quis assim!

Sebastião puxa pelos seus homens fora do ringue, Filipe atira Yuri as cordas, o mesmo volta a passar por debaixo de Filipe e atinge-o com um soco bastante poderoso que deixa Filipe no chão. O mesmo rebola para fora do ringue tal como António.

O público vaia as ações dos DeLuxe por serem cobardes.


Beja: Yuri Petrov sai por cima deste confronto!

Luís: Tudo porque os DeLuxe não querem estar a perder forças aqui no Vanguarda 46! Eles sabem que há muito caminho pela frente. Além disso grande declaração do Bangalter.

Beja: Ele surpreendeu-me, mas ele deve está a esconder algo...

Luís: Não sejas tão desconfiado do teu campeão!

Beja: Cala-te, porque agora vamos ver mais um vídeo do ex-campeão Vinícius Nunes, será que ele vai entrar outra vez na rota do Supremo?

Luís: Deus queira que não, fartei-me dele.

A emissão vai até ao famoso quarto de Vinícius Nunes, visto que muitas das aparições dele têm sido lá. O que parece ser raro é a presença de Vinícius nas Vanguardas. A expressão do campeão era de tranquilidade e serenidade, o que surpreende, pois muitos esperavam um Vinícius mais revoltado por tudo o que aconteceu no Ressurreição Suprema II e a sua eliminação no evento principal.

Vinícius: Olá pessoas, sou eu mais uma vez, em mais um vídeo, em mais uma Vanguarda, mas...

Vinícius sorri e depois respira fundo.

Vinícius: Mas agora o conteúdo será mais curto e mais direto do que jamais foi... Quero uma luta contra Antonio Andrade, seja no PPV, seja em Vanguardas, seja em qualquer lugar e com a estipulação que for... Quero resolver de vez essa questão, quero me livrar dessa pedra que me impede de ser campeão supremo uma vez mais, e mais importante...

Vinícius mostra uma expressão mais séria.

Vinícius: Quero mostrar que eu sou melhor que Antonio Andrade uma vez mais... Uns dizem que eu já provei e que tenho muito mais a perder... Mas a verdade é que não existe ninguém que me incomode e que eu queria mais lutar do que Antonio Andrade... E se eu quero voltar ao caminho das conquistas, eu tenho que derrotar Antonio Andrade de uma maneira definitiva!

Vinícius olha de maneira fixa para a câmera e a sua expressão facial era de desafio.

Vinícius: Andrade! Tu terás mais uma chance! Tu terás a chance de me defrontar e tentar mostrar que és tão bom quanto dizes... Esse seu coitadismo não cola mais com ninguém, tu não és mais aquele menino mais pobre da família, tu pareces que anda cheio da grana, e então? Qual é a revolta? É o ciúme de achar que és melhor do que eu e que eu lhe venci por sorte ou pela estipulação certa?

Vinícius balançou a cabeça negativamente.

Vinícius: Por tudo isso, eu não quero mais desculpas, não quero saber de mais nada, a verdade é que a data do nosso confronto eu não posso definir, eu não sou o Guerreiro, eu não sou o Lousada, mas digo que a estipulação eu posso abrir mão de uma escolha e afirmo que lutarei na estipulação que lhe sejas favorável, mas com uma condição...

Vinícius levanta o dedo indicador.

Vinícius: A condição é que seja só eu e você, sem interferências, sem frescuras, sem nada... Apenas eu e você, na estipulação que você achar ideal, o que me dizes? Espero sua resposta na semana que vem, adeus... Ah pessoal, não aparecerei mais hoje, mas garanto que lutarei na semana que vem, no Vanguarda 47, fiquem atentos!

A emissão termina assim.

Luís: Mais um vídeo para dormir.

Beja: Mas teve um desafio para Andrade e ainda disse para o primo escolher a estipulação!

Luís: Ele está a cavar a sua sepultura, todos sabem que as vitórias de Vinícius sobre Andrade foram pura sorte...

Beja: Foram... Foram...

*********

Felipe Silva entra no Pavilhão da Vanguarda. Ele vem com calças brancas e uma camisola azul, além de ter uma bolsa nas costas. Espartano cumprimenta alguns funcionários, mas enquanto caminha, aparece à sua frente os atuais campeões de duplas da VLL, Felps e Camaleão, ambos com seus equipamentos de combate.

Camaleão: Boas Espartano...

Felps: Está preparado para o combate?

Espartano: Estou! É uma honra estar aqui e lutar hoje com vocês, vou-me esforçar o máximo para ganharmos.

Felps: Nós é que estamos felizes por trabalhar com um lutador tão diferenciado como você.

Camaleão: Disseste-lhe o que está planeado?

Espartano: Sim, já entendi e treinei a estratégia, acho que se fizermos isso direito a vitória vira fácil.

Felps:  Tenho certeza disso, mas vai la se trocar, que pode ainda dar tempo de conversarmos mais sobre o plano.

Espartano: Certo Campeões, já volto.

Espartano vai em direção aos balneários. Enquanto isso a câmera foca os Parceiros de Guerra ,que olham para o capoeirista indo embora.

Camaleão: Este gajo tem futuro!

Felps: No mínimo o próximo Campeão da Vanguarda.

Eles fazem a sua tradicional pose e ficam a olhar para a câmera.

Beja: Que planos será que os Áses e o Espartano têm em mente?

Luís: Não adianta ficar a planear muito, eles vão perder na mesma.

Beja: Isso fica para mais tarde, agora temos o estreante da VLL, o guru das rua, Ivan Guzzo contra o já muito bem conhecido, Darren Keane.

Luís: Estou ansioso para ver o Keane destruir o futuro do novato.

Beja: Nunca se sabe, ele é mágico, pode ser que tire u coelho da cartola.

Luís: Ele é mágico? Então vou pedir-lhe que faça o Vinícius e tu desaparecerem.


Ivan entra sem muita reação, mas faz a mesma bolinha de pin-pong do seu último vídeo desaparecer dizendo que aquele era o Keane e assim ganha uns aplausos.

Beja: Como faz ele isso?

Aparece Keane e derruba-o, dando-lhe ainda alguns socos na sua cabeça e atirando o mágico no ringue.

Luís: Isso! Adoro este gajo, agora este mágico vai ter que fazer os problemas desaparecerem.

Beja: Outro golpe sujo de Keane, mas o árbitro não pode fazer nada.

Adelaide Rodrigues vê como Guzzo está, espera que este se levante e inicia o combate.

Keane corre e já aplica um Lou Thesz Press, o guru está esticado no ringue, e já temos um assentamento...1...2...Ivan levanta o braço. Darren vai às cordas e aplica um Knee Drop, depois um Elbow Drop e termina com uma pisadela no ilusionista.

Keane continua o seu massacre levantando Ivan e dando-lhe um Uppercut, outro e outro, lança-se nas cordas e Big Boot, terminando com um Knee Drop devastador, ombros no chão...1...2...2,5...não, Ivan está a mostrar grande resistência.

Darren já está perdendo a paciência, então levanta o guru como um boneco e coloca-o entre as suas pernas, mas Guzzo levanta-se e o “Son of Violence” cai de costas no chão. Guzzo segura no pescoço de Keane e aplica um DDT, depois espera que o seu adversário se levante duplicando algumas moedas que ele fez aparecer do nada.

Quando Keane está de joelhos, O ilusionista lança-se às cordas e aplica um Bulldog, rapidamente ele sobe ao canto e Moonsault, que Moonsault lindo! O estreando a mostraro que veio cá fazer, e assentamento de espáduas...1...2...Keane ainda está no combate.

Ivan pega no braço de Keane e vai para um Ambar, está feito e Darren está no centro do ringue, a sua mão está muito longe da corda e o seu outro braço esticado ao máximo. O Irlandês tenta arrastar-se, mas ele está muito longe e a dor é imensa.

Keane vai bater, mas espera, o que é isto? KEANE LEVANTA GUZZO, ELEVATED POWERBOMB. Que espetacular! Keane tem que ir para o assentamento, mas está esticado no chão a reclamar do braço.

Finalmente uma movimentação de Keane, ele está em cima de Guzzo...1....2..2,9...Ele não acredita, o ódio toma conta de Keane, este pega Keane e vai para um Vertical Suplex Side Slam, levanta-o e ESTÁ FEITO, O GOLPE FOI APLICADO...1....2........3NÃO! GUZZO CONSEGUE TIRAR O SEU OMBRO DO CHÃO.

Darren está estupefacto, não consegue conter-se e busca por debaixo do ringue uma soqueira. O árbitro está a ver tudo o que acontece, Keane vai atacar de qualquer forma, mas o árbitro impede-o. KEANE ATACA O ÁRBITRO, GUZZO LEVANTA-SE E KEANE VAI DEIXÁ-LO K.O!.

As luzes apagam-se... Quando retorna a iluminação, vemos Keane num canto e Ivan no outro, o árbitro está a recuperar os sentidos. Guzzo está com a soqueira, MAS O QUÊ? GUZZO FAZ A SOQUEIRA DESAPARECER.

Keane corre para cima do Guzzo e leva um pontapé na barriga, ANGLE SLAM, “IVAN SLAM” ESTÁ ACABADO...1.......2......3...GUZZO VENCE!


Raquel Jacob: O vencedor do combate, o guru da rua, Ivan Guzzo.

YEAH

Beja: Foi realmente um espetáculo, uma estrela acaba de nascer.

Luís: Keane és um burro, foste brincar ao “Dar um soco ao mundo inteiro” e agora ficaste com a derrota!


UUUUUUUUUUUUUUHHH

Eduardo Santos aparece por debaixo do ecrã com um microfone na mão. O seu olhar não é nada animador.

Eduardo: Keane, tivemos problemas contigo durante vários meses, ignorámos as tuas atitudes, pelo facto de fazeres ótimos combates e porque vendias shows. Mas a tua atitude de hoje não pode ser ignorada. Por teres agredido um árbitro e teres perdido mais uma luta, ESTÁS DEMITIDO!

YEAAAAAAAAAAAHH

Beja: O QUÊ?

Luís: Eu disse, já vai tarde, não passa nem perto do Keane que vi contra o Gunn.

Beja: Depois desse combate sensacional e dessa notícia bombástica, vamos ver o que os Deluxe estão a planear.

A imagem desvanece com Guzzo a comemorar num canto e Keane a sair desolado.

INTERVALO
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 46# (RTP1) - (08/04/14)

Mensagem por vlladmin em Qua 09 Abr 2014, 12:13

Na imagem aparece uma porta dos balneários da arena, com uma placa a dizer “DeLuxe”. Lá dentro vemos um balneário arrojado com alguns adereços “de luxo”. Nele se encontram o ‘manager’ Sebastião Fonseca, António Andrade e Filipe Azevedo. O ‘manager’ parece estar incomodado com alguma coisa e não para de andar em voltas dentro do balneário, ao passo que António encontra-se sossegado e sentado com os ombros apoiados no joelho com um ar pensativo. Filipe, que se encontrava encostado à parede, parece não gostar do ambiente em que se encontra e decide intervir.

Filipe Azevedo:
Já estou cansado de te ver aí às voltas, Sebastião. O que se passa.

Sebastião para por um momento, mas ainda com um ar desconfiado e pensativo.

Sebastião Fonseca:
Estou a pensar no que se passou no início do show. Lutadores como o Petrov passam a vida a desrespeitar o Michel e os DeLuxe. O Michel reteve o título numa Câmara dos Horrores e até lançou um desafio! Como é que alguém pode duvidar do valor dele?

Filipe Azevedo: Não te preocupes com isso, não passa de inveja. O Petrov pensava que ia vencer a Câmara dos Horrores, mas saiu-lhe mal.

Sebastião Fonseca: Mas é inaceitável o que ele fez hoje. Passam a vida a desrespeitar o nosso nome! Isto não pode ficar impune!

Filipe Azevedo: Mas isso resolve-se fácil… Depois de vencer o Hunt, posso muito bem vencer o Petrov…

Sebastião Fonseca: Não, não. Temos de usá-lo como exemplo! Temos de mostrar que não podem abusar dos DeLuxe e desrespeitar o campeão Supremo!

Filipe Azevedo: E então, o que pensas fazer?

Sebastião Fonseca: Era nisso que estava a pensar…

Sebastião olha para António Andrade e dirige-se a ele.

Sebastião Fonseca: António? Estás a prestar atenção à nossa conversa?

António olha espantado para Sebastião, quase como se tivesse acabado de acordar de um sono.

António Andrade:
Eh… bem… Estava aqui a pensar em muitas coisas.

Sebastião Fonseca: António, não precisas de pensar mais nele. Arruinaste a sua última oportunidade de ser campeão Supremo. Fizeste bem o teu trabalho na Câmara dos Horrores.

António Andrade: Sabe, é que não me sinto satisfeito…

Sebastião sorri.



Sebastião Fonseca:
Gosto desse teu lado ambicioso, mas agora ajuda-nos. O teu intelecto apurado é uma grande arma dos DeLuxe, tenho a certeza que não gostaste da forma como fomos desrespeitados pelo Petrov.

António Andrade: Certo. Petrov tem de pagar pelo que fez, ele é parecido com o Vinícius…

Sebastião Fonseca: Isso mesmo! Já tramaste o Vinícius algumas vezes, tenho a certeza que consegues tramar o Petrov também…

António sorri para Sebastião e Filipe e a imagem desvanece.

Beja: Grandes armadores de arapuca são os DeLuxe!

Luís: Para de chorar e te concentra no trabalho. Já tivemos muita coisa neste show, até mesmo uma demissão! Será que no evento principal Mike Orzan vai vencer Yuri Petrov?

Beja: A verdade é que Orzan está motivado como jamais esteve, nunca esteve tão perto de ser campeão.

Luís: Sim, mas Mike Orzan acaba de chegar ao Pavilhão da Vanguarda e Zé Maravilha foi conversar com ele, espero que Orzan acabe de vez com o russo, daí poderemos ter dois campeões decentes na federação.

Beja: Como se o Petrov fosse mau, enfim...

A emissão vai até à entrada do Pavilhão onde Mike Orzan acaba de passar, a fisionomia do seu rosto é bem concentrada, desta vez ele não entrou nem com seu irmão, nem com seu treinador, muito menos com seu empresário. Zé Maravilha foi de encontro ao afro-americano para perguntar quais seriam as suas expectativas para a sua luta pelo título da Vanguarda contra Yuri Petrov.

Zé Maravilha: Mike Orzan, esta é uma oportunidade inédita na sua carreira, achas que estás pronto para conseguir aproveita-la?

Orzan: Tenho treinado muito, tenho mostrado todos os dias o meu bom trabalho e não é à toa que recebi esta oportunidade. Sei que Augusto Lousada confia no meu trabalho e hoje eu mostrarei contra Yuri Petrov aquilo que sou capaz.

Zé Maravilha: Achas que essa recente ligação de Yuri Petrov com o título supremo poderá tirar o foco de Petrov em relação ao combate de hoje?

Orzan: Sem dúvida, eu sei do que Petrov é capaz, mas parece que ele está muito mais virado para o supremo do que defender o Vanguarda, e acho que é mais um motivo para eu acreditar ainda mais em minha vitória.

Zé Maravilha: Acreditas numa possível vingança dos Deluxe pelo que aconteceu no início do show?

Orzan: Enquanto eu vinha para o Pavilhão, o meu irmão, que está no público falou-me sobre o que ocorreu hoje, acho que Petrov está a meter-se com as pessoas erradas... Se eles vão se vingar hoje ou não eu não sei, até porque quem deve se preocupar com isso é o Petrov e não eu.

Zé Maravilha: Mas seria uma ajuda providencial, ou não?

Orzan: É-me indiferente, treinei para um combate sem interferências, sei que posso vencer Petrov sem ajuda, mas se quiserem ajudar-me, não vou dizer que não, o meu objetivo é ser campeão, e para que isso ocorra, não importa a maneira como vou ganhar... Como diria Maquiavel: ‘Os fins justificam os meios’.

Zé Maravilha: Por enquanto é só Orzan, boa sorte no evento principal e até à próxima!

Orzan: Tchau Zé, mas deixa-me explicar-te algo...

Zé Maravilha: O quê?

Orzan: Quem precisa de sorte é o Petrov, pois eu vencerei!

Orzan sai e deixa Zé Maravilha com expressão de antipatia diante da arrogância de Orzan, e assim volta a emissão para a mesa de comentadores.

Luís: Grandes palavras de Orzan, gosto de lutadores confiantes!

Beja: Confiante até demais, parece que nem sabe contra quem ele vai lutar!

Luís: Saber ele sabe, mas não tem medo do russo!

Beja: Vamos ver o que acontecerá, mas que isso promete, promete...

Luís: E agora aparentemente teremos uma mensagem de Diogo Lourenço!

No ecrã aparece Diogo Lourenço, em sua casa, vestido para combater. O mesmo tem um olhar sério no rosto e anda de um lado para o outro, bem impaciente

Diogo Lourenço: Hoje, meus caros, estou muito inquieto! Inquieto por não poder estar aí, já que os médicos não me autorizaram. Inquieto porque algumas pessoas estão a rir-se às minhas custas. Estou inquieto porque ontem foi-me tirada uma das maiores chances da minha carreira!

Lourenço continua a andar às voltas em frente à câmara, sem se sentar.

Diogo Lourenço: Ah mas isso não vai ficar assim, não vai mesmo! Ninguém custa Diogo Lourenço uma chance desse tamanho e sai impune. NINGUÉM!

Diogo diz isso em frente à câmara, quase que colocando a cara dentro da mesma.

Diogo Lourenço: E sabem que mais? Querem saber? Eu sei quem fez isso, sei quem foi o responsável por esse ataque cobarde! E ele também sabe, sabe o que fez e, se não for burro, sabe o que vem por aí! Eu prometo que me vou vingar, prometo que não vou descansar até que tu pagues pelo que fizeste! Podem esperar todos que Diogo Lourenço vai-se vingar e vocês todos verão porque não se devem meter comigo!

O ex-Campeão da Vanguarda fala com muita confiança, além de ter raiva estampada pela cara.

Beja: Bom, aparentemente alguém esta na mira do Diogo, a pergunta que fica é: Quem será?

Luís: Não faço ideia e também não ligo. Para mim o Lourenço vem se tornando uma deceção cada vez maior a cada semana. Achava que ele ia ser tão bom e agora parece um maricas!

Beja: Tu também só sabes reclamar! Nunca estás feliz com nada.

Luís: Fico feliz quando vejo gente inteligente a fazer coisas inteligentes, diferente de avisar o inimigo que vais atacar.

Beja: Falando em inteligência, temos agora um gajo cuja mente pode ser questionada, mas a habilidade de lutar não. O psicopata Horácio enfrentará o "Futuro de Portugal" Rafael Sampaio já a seguir.

Luís: Vamos ver quanto futuro terá o Rafael depois desse tratamento de choque!


Raquel Jacob: Senhoras e senhores, o combate a seguir esta agendado para uma derrota! Introduzindo primeiro, de Berbice, Guiana, pesando hoje 110 quilos, "O PSICOPATA", HORÁCIO!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUU

As luzes da arena apagam-se, só se acendendo 20 segundos depois com Horácio e seus médicos já dentro do ringue

Luís: Esse sim é um gajo que prova como a loucura pode compensar.

Beja: Pois, não tenho como discutir que este gajo é ao menos brutal.


Raquel Jacob: Agora seu oponente, vindo de Lisboa, pesando 114 quilos, "O FUTURO DE PORTUGAL" RAFAEEEEEEEEEEEEEEEEEEEL SAMPAAAAAAAAAAAAAAAAAAAIO!

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAH

Rafael entra calmo, erguendo os braços ao som da musica e dando a camisa para um fã.


Beja: Esse garoto é uma das novas gemas do wrestling português.

Luís: Meh, sou mais loucura livre!

A luta começa com Horácio rindo feito um maluco, o que parece assustar um pouco Rafael. Depois de quase meio minuto de gargalhadas, o guianense decide que é hora de começar o combate e aproxima-se do oponente. Sampaio começa com a vantagem, aproveitando-se da sua força para mandar o adversário às cordas antes de aplicar um poderoso Shoulder Block que derruba Horácio. De seguida Rafael começa a aplicar uma sequência de Uppercuts que são encerrados com um Swinging Neckbreaker. Começo fulminante por parte do português, que tem a plateia do seu lado enquanto o mesmo aplica um Big Boot mesmo em cheio no Psicopata.

Até agora apenas Sampaio deu as cartas neste combate, aplicando de seguida um poderoso Full Nelson Backbreaker seguido de um Candle Piledriver. Horácio fica caído com dificuldades em se mover, tentando achar as cordas para se reerguer. Finalmente o guianense consegue levantar-se, mas volta logo ao chão com um Back Suplex Side Slam. A plateia esta ao rubro em favor do português, e este responde erguendo os braços e fazendo sinal de que a luta vai acabar. Horácio levanta-se lentamente sem saber o que lhe espera, mas logo Rafael o posiciona para um Stamped, do qual o Psicopata escapa fazendo força para a frente e caindo sentado no peito do oponente.

Sem perder tempo Horácio levanta-se e acerta um Clothesline seguido de um Neckbreaker no oponente. A seguir vai ao canto e espera que Sampaio se ponha de joelhos para acertar um devastador Knee Smash na cara do mesmo. A plateia agora está a vaiar Horácio, que apenas ri loucamente disso, aplicando de seguida um poderoso Splash. Os médicos que acompanham Horácio parecem estar a escrever notas sobre o desempenho do mesmo enquanto este aplica um Inverted Headlock Backbreaker em Rafael, indo de seguida ao canto e subindo às cordas.

Horácio salta em direção a Sampaio, tentando um Headbutt, mas Rafael simplesmente se desvia fazendo o Psicopata ir de cara ao ringue. Horácio levanta-se tonto e cambaleando, mas acaba por ser vítima de um Side Walk Slam. Novamente o lutador da Guiana se levanta e é vítima de um Running Crossbody de 114 quilos. Omelete de Horácio em rede nacional! Agora, o auto-proclamado "Futuro de Portugal" levanta o adversário e aplica um Suplex Powerslam, voltando a fazer o sinal de "fim".

Novamente Rafael tenta um Stamped, e novamente acaba revertido para um Inverted DTT. O público vaia bastante o lutador da Guiana, que logo depois aplica um Powerslam que posiciona Rafael para o Psycho Senton. Horácio sobe no canto e... NÃO! Horácio cai de costas no ringue e, num movimento rápido, Sampaio acerta seu Stamped! Mesmo com a nuca no canto!

Assentamento, 1, 2, 3! Vitória do português!


Beja: Grande vitória de um dominante Rafael Sampaio!

Luís: Tenho de admitir que o Horácio não teve nem tempo de mostrar reação.

Beja: Isso só reforça a posição de Sampaio como um dos nomes para o futuro da VLL e do Wrestling em Portugal.

*********

A emissão desta vez está na sala de Augusto Lousada, este que contempla os acontecimentos do Vanguarda 46 com certa tranquilidade e serenidade, mas o momento tranquilo acaba quando ele ouve batidas na porta, e ele que não estava à espera de ninguém, fica confuso, mas tira as atenções do monitor e vira-se para a porta ainda fechada.Ele esboça um sorriso e acena positivamente.

Lousada: Seja quem for, pode entrar...



Lousada esboça um sorriso ainda maior quando vê quem é o sujeito que entra, é nada mais nada menos que Daniel Lobo. Dava para ouvir a reação dos fãs, uns aplaudindo e outros apupando o lutador português, tudo porque a rixa dele com Aníbal Fragas tem dividido opiniões, alguns se mantém a favor de Lobo, mas outros, por causa dos últimos acontecimentos, estão a apoiar o Aníbal Fragas.


Lousada: Como é bom ver-te Daniel!

Lobo: Vou direto ao assunto, seja o que for que pretendes, não vai funcionar, não vou ser sua marioneta...

Lousada: Nem quero que sejas, quero apenas que faças o que deves fazer, o que queres fazer...

Lobo: E o que eu quero fazer?

Lousada sorri novamente, dessa vez de modo irónico.

Lousada: Não sabes?

Lobo: Eu sei o que eu quero... E o que eu quero é fazer o que é certo, e fazer o que é certo, é não compactuar com as suas armações ou com as ações de Aníbal Fragas!

Lousada (despreocupado): Certo... Onde está o Mayhem? Tenho saudades dele...

Essa pergunta desperta a fúria de Lobo, mas este tenta controlar-se.

Lobo: Não é da tua conta...

Lousada: Tudo bem, mas lembra-te que é um combate muito importante do teu inimigo contra o Kevin Gunn, se queres vingar-te do Fragas pelos crimes que ele cometeu, a hora pode ser agora!

Lobo aproxima-se de Lousada e desta vez quem sorri é o lutador.

Lobo: Eu odeio o Aníbal Fragas, tenho motivos pessoais para odiar gente como ele, mas odeio a maneira que tu gerencias esta empresa, odeio ser uma peça do teu tabuleiro de xadrez, porém tudo o que eu faço está de acordo com o que eu acredito e o que acontecer no combate de Aníbal Fragas e Kevin Gunn será de acordo com o que eu

acredito e não o que tu queres, e se me colocaste nessa situação, bem, podes esperar que eu não vou fazer o que tu queres, vou fazer o que eu quero!

Lousada (sem se intimidar): Certo, era isso que tinhas para me dizer?

Lobo: Sim...

Lousada: Então podes retirar-te.

Lobo: Está bem...

Lobo sai de cena e deixa Lousada sentado na sua cadeira a observar a saída do lutador português. Assim que Lobo saiu,Lousada esboça um sorriso de triunfo.

Lousada: Ele vai fazer exatamente o que eu quero!

A imagem volta na mesa de comentadores.

Luís: Que desrespeitoso o Daniel Lobo!

Beja: Lobo mostrou caráter, acredito num combate limpo!

Luís: Ainda acho que o Gunn vence graças ao Lobo...

Beja: Veremos... Veremos...

Passamos agora para os bastidores, mais concretamente para a zona das entrevistas, onde se encontra Pedro Lombarda já preparado para começar a sua entrevista.

Lombarda:
Espectadores da VLL, tenho aqui ao meu lado o ex-Parceiro de Guerra, Eustass Kid, que no passado Ressurreição Suprema perdeu para Arsénio Fuínha. Eustass, como encarou esta derrota controversa?

Eustass Kid: Encarei com imensa raiva, porque sendo controversa ou não, não tencionava perder. Já todos esperavam alguma trafulhice qualquer por parte daqueles dois, restava saber se chegava para vencer. Acho que depositei demasiada confiança nos árbitros da VLL…

Lombarda: Então, quer dizer que sem a desqualificação, venceria esse combate?

Eustass Kid: Claro, porque outra razão eles iam tentar desqualificar-me? Eles sabiam que não podiam vencer-me e tinham de engendrar um plano qualquer.

Lombarda: Isso significa que os seus assuntos pessoais com o seu primo não acabam assim.

Eustass Kid: Infelizmente para ele, as coisas não terminam assim. Ainda tenho de resolver os meus assuntos com ele e vou conseguir, custe o que custar.

Lombarda: Mas acha que depois de vencer, o Arsénio lhe dará um novo combate?

Eustass Kid: Claro que vamos ter um novo combate, pouco importa se ele é a favor ou não. Isto não fica assim, não vou deixar-me ser derrotado da forma que fui derrotado e deixar que os meus adversários saiam impunes.

Lombarda: Antes desse combate, o Eustass lançou fortes palavras sobre o Arsénio. Acha que essas palavras tiveram algum efeito nele?

Eustass Kid: Claro que tiveram efeito porque é tudo verdade. O Arsénio não sabe o que é uma família e não sabe o que é ver-se privad
o disso. Ele nunca teve uma família, não pode compreender a minha dor e raiva ao Lucas. Ele sobrevive à custa de outras famílias, roubando-as. Tal e qual o Lucas, eles são iguais! Mas ele de mim já não pode tirar nada!

Lombarda: Acha que o Arsénio merece uma lição por isso?

Eustass Kid (dirigindo-se para a câmara): O que eu acho ou deixo de achar em relação ao estilo de vida do Arsénio pouco importa. Eu não sou um herói que vai punir o vilão, apenas quero dar cabo de alguém que não compreende a minha dor e raiva pelo Lucas e insiste em colocar-se no meu caminho. Se o Arsénio rouba não me diz respeito, mas não vou tolerar que ele se coloque no meu caminho.

O lutador abandona o local deixando Pedro Lombarda sozinho. A imagem mostra o entrevistador e a imagem desvanece.

Luís:
Palavras fortes do Eustass. Estas acusações sobre o Arsénio deixam as coisas entre eles muito pessoais.

Beja: Sim Luís, foram acusações muito pessoais e acho que o Arsénio não vai gostar nada de as ouvir.

Luís: Do que conheço do Arsénio, ele não vai deixar que o Eustass fala assim dele desta maneira.

Beja: A forma como o Eustass fala sobre o seu ex-parceiro acaba por ser um pouco desrespeitosa…

Luís: O Eustass não tem papas na língua, mas partiu para o domínio familiar do Arsénio. As coisas entre eles estão mais azedas do que nunca e isto não vai terminar bem para um deles…

A imagem agora corta para um balneário onde é possível ver Phillip Hunt, preparando-se para o seu combate mais tarde, conversando com Yuri Petrov, que ainda está com vestido casualmente. Ambos estão a discutir os resultados do Ressurreição Suprema II onde tanto Petrov como Hunt acabaram por saírem derrotados.

Yuri Petrov: ...então pára de pedir desculpas que tu não tinhas que estar lá, e se eu perdi, a culpa foi minha.

Phillip Hunt: Pois, mas eu sabia tanto quanto tu que o Bangalter ia fazer algo assim e não fui lá tentar impedi-lo!

Yuri Petrov: Hunt, tu não tinhas de estar lá, e como tu bem disseste, eu sabia o que o Bangalter ia fazer e ainda assim não consegui me prevenir.

Phillip Hunt: De qualquer forma, se precisares posso ficar no teu canto hoje, afinal o Orzan não é menos traiçoeiro que o francês, e é definidamente mais brutal.

Yuri Petrov: Não Hunt, o que tu tens de fazer é te preocupares com o Frederico, que aparentemente está metido com o Lousada, e todos nós sabemos como isso acaba.

Enquanto Petrov falava, Hunt finalmente termina de se arranjar, calçando por fim as botas.

Phillip Hunt: Se preferes assim, vou começar já o meu ritual pré-luta. Vais comigo até à cantina?

Yuri Petrov: Hahaha, infelizmente preciso de me preparar também, mas bom jantar.

Phillip Hunt: Jantar? Isso ainda é só o lanchinho do final de tarde!

Hunt despede-se do amigo e sai do balneário em direção à cantina. Enquanto isso, Yuri Petrov começa a tirar o seu equipamento da mala que trazia consigo para se preparar.

INTERVALO
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 46# (RTP1) - (08/04/14)

Mensagem por vlladmin em Qua 09 Abr 2014, 12:31

Beja: Voltamos do intervalo e agora teremos um bom combate de trios. Os atuais Parceiros de Guerra juntos com o capoeirista brasileiro, contra Timó, ChaZZ e Zé Machado.

Luís: Última chance para os revoltados fazerem algo e o Zé não precisa de fazer nada, ele tem um bigode fixe.

Beja: Estás bêbado? Concordo na parte da dupla ChaZZ e Timó, mas o que é esse comentário sobre o bigode?

Luís: Estou aqui para comentar certo? Então cala-te.


YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHH

Raquel Jacob: Este combate está marcado para uma derrota, a caminho do ringue temos os atuais Parceiros de Guerra, que pesam em conjunto 195 Kg, ÁSEES DA ILUUSÃO! E completando a equipa, vindo de São Paulo, Brasil e pesa 87,5 Kg, Felipe Espartano SiLVAAAA

Beja: Adoro estes gajos, Camaleão vem com a máscara do ChaZZ.

Luís: É a única forma de ganhar.

Beja: Espartano só tem a ganhar neste combate, pode lançar a sua carreira ao céu.


UUUUUUUUUUHHHH

Raquel Jacob: E os seus oponentes, vindos todos de Portugal e com o peso em conjunto de 272 Kg, a equipa formada por TIMÓ, CHAZZ E ZÉ MAAAACHADOOO.

Luís: Estes que vão lançar as suas carreiras.

Beja: É uma possibilidade, mas lembra-te que todos perderam no PPV.

Luís: Tu e o passado, o que vale é o agora.

O Árbitro deste combate é Afonso Martins, Espartano e Timó estão prontos para começar o combate.

TImó avança para cima do Espartano e derruba-o e logo em seguida aplica um Knee Drop, Timó levanta-se e espera que o brasileiro se levante, quando este já está de pé sofre um One Handed Bulldog, belo início por parte do Português.

Timó pega o capoeirista pelo cabelo e leva-o ao canto fazendo assim um tag. ChaZZ está dentro, e já aplica um Headbutt, Uppercut, e German Suplex, Espartano está estendido no chão, então ChaZZ lança-se às cordas e aplica um Leg Drop.

ChaZZ passa para Zé, que entra no ringue e levanta o quase inconsciente Espartano aplicando um Bearhug. Espartano se contorce todo e tenta fazer o tag, mas os Parceiros de Guerra estão muito longe. Espartano vai entregar o combate, mas este consegue um Uppercut, outro, outro e outro.

Zé solta Espartano, e o brasileiro aplica uma Meia-lua de compasso. Agora estão os dois no chão a arrastar-se para os cantos. E ambos fazem o tag, agora estão no ringue ChaZZ e Felps. Felps vem com grande ímpeto e aplica um Lou Thesz Press, levanta, Elbow drop! Espera que o Português se levant e DDT!

Felps levanta o braço e o público grita por ele. O Ás de Espadas segura ChaZZ e leva-o até ao seu canto fazendo tag em forma de fist-bump a Camaleão. A dupla segura ChaZZ e Double Suplex. Camaleão interage com a plateia enquanto ChaZZ se levanta, lança-se às cordas e Clothesline, ChaZZ levanta-se novamente e Big Boot.

A plateia está ao rubro, Camaleão vai para o primeiro cover do combate...1....2......2,9. Camaleão levanta ChaZZ e segura-o para um Fallaway slam, mas ChaZZ dá uma joelhada e levanta o imitador aplicando-lhe também um Fallaway slam.

Ambos arrastam-se e fazem o tag, e estão novamente em combate Espartano e Zé, o brasileiro aplica uma Clothesine, outra e outra, Espartano puxa pelo público e faz tag em forma de fist-bump também. Felps está no ringue.

Felps está num canto à espera que Zé se levante, SPEAR, “A ESPADA DO ÁS”. AGORA É SÓ IR PARA O ASSENTAMENTO...1....2...3,NÃO, Timó entrou e não deixou com que a luta acabasse.

O árbitro fica a discutir com o Espartano e EYE POKE, Zé aplica um golpe sujo, ChaZZ chega perto dele e entrega-lhe uma soqueira, Machado espera que Felps se levante e vai dar um soco, mas SUPERKICK, Felps está deitado e Machado também, ChaZZ retira a soqueira de Machado e o árbitro volta ao combate.

Felps arrasta-se e vai para o assentamento...1...2......2,9. A plateia não acredita, Felps arrasta-se até ao canto da sua equipa, vai fazer o tag, mas ChaZZ e Timó puxam Camaleão e Espartano, Felps fica deitado com o braço esticado.

Enquanto isso, uma forma-se uma rixa de rua do lado de fora, TATICAL KICK NO ESPARTANO, OVERDREAMING NO CAMALEÃO. O árbitro tenta reestabelecer a ordem, mas no ringue Machado está em pé com a soqueira e DÁ UM MURRO EM FELPS, o brasileiro dá um giro no ar e cai sangrando da boca.

ChaZZ e Timó apontam para o ringue, o árbitro entra e assentamento...1....2.......3NÃO! Felps está no combate, Machado não acredita e vai levantar Felps mas SMALLPACKAGE DE FELPS....1....2...2,9. Machado e Felps levantam-se, Espartano e Camaleão do lado de fora também.

Felps bate o pé mostrando que vai fazer a sua “última aposta”, ele vai, mas Machado passa por baixo e faz tag com Timó, este entra e OVERDREAMING...1........2.......2,9......3 TIMÓ GARANTE A VITÓRIA.


Raquel Jacob: Os vencedores deste combate, a equipa formada por ChaZZ, Timó e Zé Machado!

UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUHHHHHHHH

Beja: ESTÁ TUDO ERRADO.

Luís: Que combate, não preciso de ver mais o Orzan, este já valeu a pena.

Beja: Pelo visto perdemos um que usa soqueira e ganhámos outro.

Luís: Este é o futuro da VLL e outro ótimo lutador que faz parte do Futuro é Randall, vamos ver o que ele está a fazer.

A imagem desvanece com Espartano, Felps e Camaleão sentados debaixo do ecrã, enquanto Timó, ChaZZ e Zé provocam o público.

Luís: Grande prestação de Timó, de Chazz e de Zé Machado, não me canso de repetir esse fato.

Beja: Entendo a sua alegria Luís, mas está na hora de mudar de assunto, parece que Jack Neville tem assuntos para tratar com Alexander Randall.

Luís: Ainda bem, Randall destruiu o Martins, espero que receba mais chances...

Beja: Mais será que Randall aproveitará outra grande chance?

Luís: Grande prestação de Timó, de Chazz e de Zé Machado, não me canso de repetir esse fato.

Beja: Entendo a tua alegria Luís, mas está na hora de mudar de assunto, parece que Jack Neville tem assuntos para tratar com Alexander Randall.

Luís: Ainda bem, Randall destruiu o Martins, espero que receba mais chances...

Beja: Mas será que Randall aproveitará mais uma chance?

A imagem está nos bastidores onde Alexander Randall está no seu vestiário privado e é recebido por Jack Neville, Randall sorri e pede para Neville se sentar num banco. Neville senta-se e indica que vai começar a falar, a expressão de Neville representava uma grande exaltação.

Neville: Alexander, tenho boas notícias para ti!



Alexander percebe bem o que Neville disse, nota-se que a compreensão do português melhorou bastante para o powerhouse.


Randall: Tell me ... VLL finally woke up? They saw what I did with Gabriel Martins? They saw that I destroyed him so easily? Is that?

Neville: Pois é, eles ficaram bem impressionados, Lousada mandou-me uma mensagem sobre ti, logo depois de eu sair da sala dele juntamente com Kevin Gunn...

Randall: Which message?



Neville
: Aqui diz que tu terás uma grande oportunidade de subir de vez no card da Vanguarda de Luta Livre!

Randall: You are saying to me that I will face the winner of Orzan and Petrov for the Vanguarda Title?

Neville sorriu.

Neville: Não... Ainda melhor?

Randall: What?

Neville: Tu vais enfrentar o ex-campeão Vinícius Nunes!

Randall sorriu com essa notícia.

Randall: This is amazing! If I destroy this stupid brazilian, I will face not Petrov or Orzan, I can face Bangalter for the Supreme Championship!



Neville
: Exatamente…

Randall: But, why they gave this opportunity to me?

Neville: Probably to make things good with me… Mas isso não é o caso…

Randall: Sei... I know... See, I learn very fast! Meu caro amigo Neville… Minhas próximas palavras serão... Campeão supremo!

Neville: That is right! Então, vou ter que ir agora, boa sorte Randall...

Randall: Já vou também, estava unicamente para falar com Lousada, mas como parece que já está tudo resolvido, já vou-me.

Os dois saem juntos e o clima era de euforia, e assim a imagem desvanece.

Luís: Essa é a chance de Randall destruir aquele zuca!

Beja: Cala-te Beja! Mas em uma coisa tu estás certo, é uma grande chance para Alexander Randall.

Luís: Grande chance de encher o Vinícius de porrada...

Beja: Não comemores antes do tempo.
João Barbosa está na zona de entrevistas com o ex-Campeão Supremo, Frederico de Queirós, estranhamente muito feliz e sorridente, vestindo o seu habitual equipamento.

João Barbosa: Boa noite a todos, estou aqui hoje com o ex-Campeão Supremo, Frederico de Queirós. Fred, durante a última semana tu foste acusado por diversos membros da VLL de teres atacado Diogo Lourenço, que agora à pouco afirmou que sabe quem o atacou e vai se vingar de quem for. O que tem a dizer sobre isso?

Frederico de Queirós: O que eu tenho a dizer sobre isso? Bem João, posso afirmar que eu não tenho NADA a ver com esse ataque contra o Diogo Lourenço, absolutamente nada!

A cara de João Barbosa representa a surpresa geral com a resposta de Fred.

João Barbosa: Então tu estás a dizer que não tens nada a ver com o ataque? Absolutamente nada?

Frederico de Queirós: Estás surdo? Sim, foi exatamente o que disse. Eu não tenho nada a ver com isso, apenas acho que foi totalmente merecido, porque aquela criança chamada Diogo Lourenço não mereceu o que ganhou.

João Barbosa: Mas ele ganhou a vaga na Câmera dos Horrores vencendo-te justamente.

João parece ter deixado Fred bem irritado ao lembrá-lo da sua derrota contra Diogo à algumas semanas

Frederico de Queirós: Justamente? Aquela vitória não passou de uma farsa! O Diogo não passa de uma farsa! Eu sou o melhor e vou provar isso hoje ao mandar o amiguinho do Diogo, o Hunt, diretamente para o hospital!

Frederico parece bem irritado e acaba por derrubar com força o microfone de João antes de sair andando em direção ao seu balneário.

INTERVALO
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 46# (RTP1) - (08/04/14)

Mensagem por vlladmin em Qua 09 Abr 2014, 12:54

Luís:[/b] Bem vindos de volta senhoras e senhores. Agora teremos uma luta entre o grande Frederico de Queirós contra aquele gordo, Hint, Funt, não lembro.

Beja: Hunt, Phillip Hunt, o gajo que nos últimos dois meses provou que tu não passas de um convencido.

Luís: Convencido? Aquele gordo não conseguiu vencer o Filipe no domingo, aceita que ele não passa de uma deceção!

Beja: Já vemos a deceção após o combate.


Raquel Jacob: Senhoras e senhores, o combate a seguir esta agendado para uma derrota. Introduzindo primeiro, pesando 110 quilos e de Marieville, Quebec, Canada, O "MCTANK" PHILLIP HUUUUUUUUUUUUUUUNT!

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH

Beja: O gordo favorito da VLL vem provando ser um sólido lutador nos últimos meses, com algumas grandes vitórias contra nomes de valor no plantel da VLL.

Luís: Mas ainda é incapaz de vencer um gajo como o Filipe ou o Fred.

Beja: Se bem me lembro ele já venceu o Filipe num combate de 3 contra 3 na Vanguarda e ainda não lutou contra o Fred.

Luís: Aquilo não teve nada a ver com ele, e tenho certeza que o Fred vai massacrar este gordo!

Enquanto Beja e Luís discutem, Hunt aperta a mão de alguns fãs antes de subir no canto e erguer os braços sobre cânticos de Fight Hunt Fight.


Raquel Jacob: E o seu oponente, hoje com 96 quilos vindo de Linda-a-Velha, Oeiras, FREDERICO DE QUEIRÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓS!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU

Luís: Esta sim é um grande atleta! Um gajo inteligente, rápido, que consegue vencer qualquer um. Um verdadeiro campeão.

Beja: Não importando as novas atitudes de Frederico, ele merece respeito pelo que fez, sendo um ex-Campeão Supremo.

Luís: E hoje vai acabar com o gordo! Escreve o que digo.

Perto do ringue, Fred ajoelha-se e dá um berro altíssimo antes de rolar para dentro das quatro cordas e encarar o adversário.

A campainha toca às ordens do Sr. Afonso Martins, o combate está agora iniciado. Frederico e Phillip não perdem tempo a encarar-se e começam uma longa sequência de socos no meio do ringue. Hunt acaba por prevalecer graças à sua força enorme e logo aplica uma sequência de European Uppercuts até Queirós ficar contra as cordas, que é quando o canadiano atira-o para o outro lado do ringue e na volta aplica um Pop-up Powerbomb. Hunt tem um bom começo de combate, já levantando o seu oponente e acertando-lhe com um Go Home Driver.

Nesse início, Fred parece ainda não ter-se achado, estando à mercê de Phillip. Este por sua vez está a 1000 por hora, acertando um Overhead Belly to Belly Suplex que manda o ex-Campeão Supremo para perto do canto, permitindo a Hunt conectar um Cannonball. Queirós ainda tenta conseguir acertar o seu primeiro golpe na luta enquanto o McTank sobe no topo da última corda e salta para um Senton Bomb. Rapidamente Hunt tenta o assentamento, 1, kickout rápido de Frederico!

A plateia está toda do lado do canadiano que volta a levantar o oponente, mas desta vez é pegado de surpresa num German Suplex! Fred surpreende o oponente com este poderoso Suplex. De seguida o português acerta um poderoso Dropkick que manda Hunt de costas para o canto, indo o próprio Queirós de seguida aplicar um Corner Clothesline. O domínio da luta inverteu-se totalmente em questão de segundos! Agora Frederico senta o oponente no topo da 3ª corda e aplica de lá um Hurricarana! Hunt cai com tudo no ringue.

Grande sequência de Frederico de Queirós, que agora aplica um rápido Neckbreaker em Phillip antes de montar no mesmo e começar a socá-lo várias vezes na cara. Por fim o árbitro Afonso Martins tira o português de cima do canadiano, mas Fred ergue Hunt pelos cabelos e aplica um Fisherman Suplex. O público vaia muito, mas o ex-Campeão Supremo limita-se a gritar que todos são uns idiotas antes de prender o braço direito de Hunt num Arm Bar. Phillip não consegue impedir a submissão, mas nota que não está tão longe das cordas e arrasta Frederico consigo até que a sua mão esquerda agarre a corda.

1, 2, 3, 4, Fred demora a soltar mas por fim liberta o canadiano do golpe. Hunt fica a segurar o braço, aparentando alguma dor, e o português decide aproveitar isso, dando vários chutos no braço direito de Phillip e forçando nova intervenção de Afonso Martins. O ex-Campeão Supremo ergue os braços e leva o público a vaiá-lo a plenos pulmões enquanto o canadiano se esforça para se pôr de joelhos. Novamente Fred tenta atacar o braço de Hunt, desta vez com um LeBell Lock, mas quando tenta fechar a submissão, acaba erguido no ar por Phillip que o derruba num Powerbomb.

Ambos os lutadores ficam caídos por algum tempo e se levantam praticamente juntos, correndo um em direção ao outro. Hunt tenta um Clothesline mas Fred desvia-se e ambos tomam mais impulso nas cordas, com Phillip acertando um Running Crossbody no seu adversário na volta. Belo movimento por parte do McTank, que toma distância antes de aplicar um poderoso Running Knee Smash em Fred, que ainda tentava erguer-se.

Phillip Hunt fica parado a rondar Frederico e quando este se levanta, o canadiano acerta-lhe com um Pumphandle Neckbreaker que deixa Queirós caído perto de um canto. Hunt aproveita essa abertura e sobe nesse canto para aplicar um belo Moonsault que extrai aplausos da plateia. Quando se levanta o canadiano encosta-se nas cordas e grita para a plateia "Jackass" enquanto aponta para o oponente, sendo aplaudido enquanto isso. Fred tenta levantar-se de novo, mas de novo é intercetado por Hunt que aplica um Spike Piledriver, plantando a cabeça do oponente no chão!

Nova tentativa de assentamento por parte do canadiano, 1, 2, kickout! Desta vez demorou mais mas Fred levantou o ombro a tempo. Phillip pega no oponente pelos cabelos e começa a levantá-lo, mas Frederico nota a posição do árbitro, que não parece capaz de ver o joelho do português, e aplica uma joelhada aos tomates do oponente! Hunt desaba para a frente com dor, dando espaço para Fred chutar com muita força a cabeça do seu adversário!

A plateia vaia esse golpe sujo do ex-Campeão Supremo, mas este ri-se e começa gozar com Hunt, chamando-o de gordo. Hunt ainda tenta por-se de pé mas é atingido com um Bullhammer Elbow em cheio na cara. O nariz de Hunt parece ter um pequeno foco de sangue, mas nada muito grave. Fred faz menção de tentar o assentamento, mas desiste e volta a rondar o oponente, acertando de seguida um Elbow Smash na nuca de Phillip, que já teve a cabeça punida de todos os lados.
Tanto o braço quanto a cabeça do canadiano parecem muito perto de ceder, mas o McTank continua a tentar levantar-se. Enquanto isso o português toma distância e vai às cordas... BLACKOUT STOMP! NÃO! Hunt desviou-se à última da hora, escapando de uma derrota certa! Fred fica a queixar-se do pé, pelo forte pisão que deu no chão, e permite ao oponente se levantar e conectar um rápido F5! Frederico de Queirós cai com tudo no chão!

Phillip queixa-se muito do braço direito, assim como do nariz e da cabeça no geral, mas ainda consegue erguer Fred e posicioná-lo para um McPain. Este por sua vez oferece muita resistência, debatendo-se e tentando impedir que o golpe seja concretizado. Hunt começa a socar as costas de Queirós que continua a tentar escapar. Por fim o canadiano consegue erguer o português e... MCPAIN! MCPAIN! Assentamento por parte de Hunt, 1, 2, 3! Vitória de Phillip Hunt!


Raquel Jacob: E o vencedor do combate, PHILLIP HUUUUUUUUUUUUUUUNT!

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH

Beja: Dizias o quê sobre o Hunt? Ele não podia vencer quem e porquê?

Luís: Isso é uma palhaçada! A vitória devia pertencer CLARAMENTE ao Fred! Ele foi roubado!

Beja: Roubado? Mas então o gajo acerta nos tomates do adversário e ele é que foi roubado?

Luís: A culpa não é minha do facto do Hunt não ser esperto o suficiente para aproveitar chances como essas.

Beja: Pois, agora choras enquanto o Phillip comemora.

Enquanto Beja e Luís discutem, Hunt acaba por precisar de apoio médico à saída, reclamando muito do braço e da cabeça.

Luís: Ha! Venceu mas agora está a sentir os efeitos do tratamento Fred!

Beja: Espero que não seja nada sério, mas agora aparentemente temos imagens do escritório do senhor Augusto Lousada.

O supervisor geral Augusto Lousada está na sua mesa a assistir ao Vanguarda em direto.

Lousada: O próximo vai ser bom, quero ver o Petrov a perder esse título e sem o Ryo para atrapalhar o Orzan.

Eis que entram furiosos na sala, Jack Neville e Kevin Gunn. Neville senta-se em frente ao Supervisor Geral e Kevin fica em pé atrás deste.

Neville: O que você está a fazer ao colocar alguém como o Lobo no combate? Está a querer atrapalhar-nos?

Lousada: Acalma-se, sei como explicar a situação.

Gunn: Então explique, senão você vai tirar o Daniel do combate à força.

Lousada: Encosta-me um dedo e quem sai do combate é você! Aliás você sai é da VLL!

Neville: Acalme-se Gunn, não vamos conseguir nada assim, quero explicações Lousada, não está claro que Lobo vai atacar o Fragas e a vitória do meu cliente vai ser ridicularizada?

Lousada: Coloquei o Lobo no combate por dois motivo. Primeiro, os investidores pressionaram-me para deixar o combate mais interessante.

Gunn ri enquanto se afasta da mesa.

Gunn: Então estes homens controlam a VLL agora?

Lousada: Não! Eu controlo a VLL até que o Guerreiro chegue, mas a ideia deles não me pareceu mal.

Neville: Certo, mas e o segundo motivo?

Lousada: O segundo motivo é exatamente este. Enquanto o Guerreiro estiver fora, a minha palavra é lei.

Neville levanta-se e começa a gritar batendo na mesa.

Neville: Isto é abuso de poder, você não pode simplesmente fazer as coisas que bem entender...

Lousada: Você não tem a certeza que o seu “cliente” irá ganhar?

Neville pára pensativo e Gunn também volta para a mesa.

Neville: Sim!

Lousada: Então por que está com medo? Ele deveria vencer com ou o Lobo. Agora saia da minha sala que o Combate Principal está a começar.

Neville e Gunn saem conversando num tom de duvidoso, enquanto Lousada volta os olhares para a sua enorme televisão e ri-se.

Luís: Finalmente altura para o main-event! É sempre um grande momento quando um título tem de ser defendido.



Beja:
Mas este combate é mais do que um simples combate pelo título. O combate do Orzan contra o Ryo seria um combate de qualificação para a Câmara dos Horrores a valer o título Supremos, mas devido à pressão de patrocinadores e investidores esse combate deixou de valer uma qualificação.

Luís: O Orzan certamente quererá mostrar a esses patrocinadores e investidores que eles estavam errados.

Beja: E tem aqui uma boa oportunidade para isso. Perdeu uma oportunidade para lutar pelo título Supremo mas pode agora conquistar o título da Vanguarda.



Luís:
E vai certamente conseguir!


Raquel Jacob: É hora para o último combate da noite. Este combate está marcado para uma derrota e vale o título da Vanguarda! Introduzindo o candidato, vindo do Alasca, Estados Unidos, e pesando 110kg, o “Mr. Knockout” Mike Orzan!



Luís:
O Orzan já demonstrou muito potencial na VLL mas acho que lhe faltava alguma coisa para conseguir chegar mais longe. Eu estava correto e depois desta nova atitude do Orzan, ele está a combater pelo título da Vanguarda. Coincidências?

Beja: O Orzan é realmente um excelente competidor, mas não sei até que ponto esta sua mudança terá algum efeito nisso.

Luís: Tem tudo Beja! Finalmente o Orzan está mais determinado e focado do que nunca no seu caminho e não perde tempo com coisas que não interessam.

Beja: Este talvez seja o combate mais importante da carreira de Orzan até ao momento, pode finalmente conquistar um título na VLL.

Luís: Eu acho que ele vai conseguir. Este novo Orzan é capaz!


Raquel Jacob: E o seu adversário, vem de S. Petersburgo, Rússia, com um peso de 135kg, ele é o campeão da Vanguarda, “O Tanque Russo” Yuri Petrov!

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!

Beja:
O público gosta do Petrov!

Luís: Calha bem… eu não!

Beja: O Yuri esteve perto do conquistar o título Supremo na Câmara dos Horrores, mas o Bangalter acabou por levar a vitória. Já imaginaste o que seria se o Yuri unificasse os títulos?

Luís: Já… seria uma grande porcaria! Este russo com os dois títulos individuais da VLL? Já me chegou vê-lo a ele e ao Vinícius com os títulos.

Beja: Toda a gente aceita o Petrov como campeão, não percebo esse teu preconceito por ele.

Luís: Não se trata de preconceito, trata-se de querer o melhor para a VLL. Tipos como o Petrov encontras em qualquer lado! Prefiro alguém inovador como o Orzan!

Beja: Mas repara como o público o adora…

Luís: Sim… e isso deixa-me ainda mais preocupado. Salva-me Orzan!

O árbitro deste combate é Marcos Mendes, que antes do início do combate vai verificar os lutadores. Marcos Mendes ergue o título com os dois lutadores a observar e decide dar início à contenda. Yuri Petrov parte de imediato para cima de Orzan, mas o americano sai do ringue e leva uma vaia do público. Orzan ignora os apupos do público e ignora também Yuri Petrov que o manda subir novamente ao ringue. Petrov afasta-se das cordas e convida Orzan a entrar. O americano fica desconfiado e entra em ringue mas é logo alvo do campeão! Petrov começa a socar Orzan até o atirar ao chão com um European Uppercut! Petrov grita para o público para receber uma ovação.

Orzan já está de pé para levar com mais socos por parte do campeão. Orzan está perdido no combate e leva com uma forte Clothesline! Orzan levanta-se rapidamente e é lançado para o canto com um Russian Whip! Orzan bate com força no canto e cai ao tapete! Petrov aproxima-se e o americano volta a sair para fora do ringue. Petrov fica chateado com a atitude de Orzan que aproveita para se recompor fora do ringue. O russo farta-se de esperar e sai do ringue para começar a atacar Orzan. Petrov desfere alguns socos na cabeça e atira Orzan para dentro do ringue. Petrov entra em ringue e Orzan ataca rapidamente com um Dropkick, mas o russo evita e contra-ataca com uma Clothesline quando Orzan se levantava!

Petrov levanta Orzan e começa a desferir joelhada na barriga antes de atacar com um DDT! Vai às cordas e lança-se para Orzan com um Splash! 1…2… Orzan safa-se. Petrov levanta Orzan e volta a lança-lo para um canto com o Russian Whip. Orzan fica encostado ao canto e Petrov começa a correr para ele, mas antes que pudesse atacar Orzan escapa e procura o roll-up! 1…2… Petrov quase foi apanhado desprevenido!

Petrov levanta-se e agora sim, Orzan ataca com o Dropkick! Petrov levanta-se mas vai novamente ao tapete depois de Orzan aplicar um Neck Scissors Throw! Assentamento, 1…2… Petrov safa-se! Petrov rebola até fora do ringue e Orzan segue-o para o atacar com alguns golpes nas costas do russo. Orzan lança Petrov contra os degraus de aço e corre para atacar,

mas o russo esquiva-se e Orzan bate em cheio contra os degraus de aço! Petrov atira Orzan para dentro do ringue e faz o assentamento, 1…2… Orzan ainda dura neste main-event!

O “Tanque Russo” levanta Orzan, encosta-o ao canto e começa a atacar com alguns socos e joelhadas. O árbitro manda Petrov interromper os sucessivos golpes e então o russo decide lançar Orzan contra o outro canto com um novo Russian Whip e começa a correr! Orzan com um movimento de grande agilidade consegue agarrar-se e saltar do canto, deixando que Petrov bata com o peito no canto! Quando Petrov se vira é vítima de um Belly-to-belly Suplex! Assentamento, 1…2… Petrov levanta o braço! Foi um excelente movimento de Orzan mas não chegou para vencer.

Orzan atinge Petrov com alguns socos e espera que o adversário de levante. Petrov começa a erguer-se, Orzan vai às cordas e ataca com um Bulldog! Petrov volta a levantar-se e Orzan agarra-o num headlock, para depois atirar o russo ao tapete com um Hip Toss e de seguida prende o seu braço num armbar! Petrov grita e esperneia enquanto tenta alcançar as cordas. Orzan diz para o russo desistir e vai pressionando cada vez mais o braço do campeão da Vanguarda. Petrov rasteja até que consegue alcançar as cordas! Orzan fica furioso mas é obrigado a soltar a manobra.

Orzan levanta-se e começa a erguer Petrov, puxando-o para o centro do ringue. Levanta Petrov e prepara um Fireman’s Carry DDT, mas o russo consegue escapar e empurra Orzan para as cordas e ataca com um Enziguiri! Orzan cai e volta a rebolar para fora do ringue. Petrov fica chateado ao ver que Orzan volta a escapar do ringue mais um vez e passa para o lado de fora das cordas e espera que Orzan se vire. Petrov começa a correr pelo apron e atira-se para Orzan acertando-lhe com uma joelhada! Petrov a correr riscos! O russo levanta-se furioso e solta um grito antes de lançar Orzan contra a barreira de segurança. Orzan fica encostado à barreira e Petrov começa a desferir socos na cabeça do americano mesmo em frente ao público.

O campeão agarra a cabeça de Orzan e atira-o para ringue, sobe, e ataca com um DDT! 1…2… Orzan resiste mais uma vez! Petrov já percebeu que terá um combate duro frente a Orzan. Orzan tenta levantar-se mas Petrov mantém o americano no tapete com duas Elbow Drops seguidas de um Leg Drop. Assentamento, 1…2… Orzan escapa mais uma vez. Petrov levanta Orzan e lança-o às cordas, esperando o seu retorno. Petrov esperava Orzan mas o “Mr. Knockout” agarrou-se às cordas! Petrov corre para Orzan mas o americano usa o balanço das cordas para apanhar Petrov novamente num Neck Scissors! Petrov vai ao chão mas levanta-se rapidamente para cair num Spinning Heel Kick! Orzan acerta com um potente pontapé e vai para o assentamento convencido de que vai vencer, 1…2…2,5! Petrov resiste para o desespero de Orzan!

Os dois levantam-se e Orzan começa a dar chapadas em tom de gozo sobre o campeão, agarra em Petrov para um Twisting Brainbuster, mas o russo não se deixa levar e agarra o braço de Orzan para o colocar no Russian Crossface! Podia ter sido o final do combate se Orzan não fugisse de Petrov mal caiu ao tapete! Petrov não conseguiu colocar Orzan na sua manobra de submissão e o americano escapou para fora do ringue.

Fora do ringue, Orzan tenta recuperar-se mas não tem tempo porque Petrov sai do ringue e começa a ataca-lo. Os dois voltam ao ringue e Petrov ataca com clotheslines e finaliza com um European Uppercut potentíssimo! 1…2…2,5! Orzan dura neste combate!

Neste momento apareciam António Andrade e Filipe Azevedo à entrada da rampa. Os dois DeLuxe recebem uma vaia e começam a descer a rampa até que cada um se coloca em cada lado do ringue. Petrov dirige-se até às cordas e começa a gritar para António, dizendo-lhe que não deve interferir no combate. Orzan aproveita este momento e ataca Petrov pelas costas, mas o russo consegue lançar Orzan para fora do ringue! Orzan cai em cheio no chão, mesmo em frente a António Andrade. O brasileiro apenas olha para Orzan e não reage. O árbitro vai de encontro à ação e diz para António não entrar em ringue. Do outro lado do ringue, Azevedo sobe ao apron e ameaça entrar mas Petrov corre até ele e Filipe volta ao chão, evitando ser derrubado por Petrov. Orzan aproveita e volta ao ringue, apanhado Petrov desprevenido com um Running Enziguiri. 1…2…3! QUASE! Orzan esteve muito perto de vencer Petrov e levar o título da Vanguarda!

Orzan levanta-se e começa a pisotear Petrov violentamente! O russo levanta-se e é erguido por Orzan que tenta um novo Twisting Brainbuster. O “Mr. Knockout” prepara-se para levantar Petrov, mas o russo aplica um Small Package! 1…2…3! JÁ ESTÁ! NÃO! ORZAN ESCAPOU E LEVANTA-SE FURIOSO PRONTO PARA ATACAR PETROV, MAS É SURPREENDIDO E CAI NUM RUSSIAN CROSSFACE! ORZAN VAI DESISTIR!

Filipe Azevedo sobe ao apron e começa a gritar para Petrov. O árbitro Marcos Mendes vai impedir Filipe de entra no ringue, e António aproveita para puxar Petrov fazendo-o soltar a manobra! Petrov levanta-se e tenta atingir António mas o brasileiro afasta-se do ringue. Petrov vira e leva com um Dropkick de Orzan, deixando o russo encostado ao canto! Petrov vai ao outro canto e começa a correr para Petrov, atingindo-o com os joelhos no peito! INSPIRATE! 1…2…3! ORZAN CONQUISTA O TÍTULO DA VANGUARDA!


Raquel Jacob: O vencedor deste combate e o novo campeão da Vanguarda, MIKE OOOOOOOOOORZAAAAAAAAAAN!

Luís: Obrigado Orzan, obrigado António, obrigado Azevedo! É bom estar aqui na VLL!

Beja: Mas que reviravolta! Os DeLuxe acabaram de custar o título ao Petrov!

Luís: O Petrov só teve o que mereceu! Assim como o Orzan!

Beja: Depois de um grande reinado, o Yuri não merecia perder desta forma.

Luís: Grande demais! Tenho a certeza de que o Orzan será um campeão muito melhor!

Orzan festeja em cima do ringue muito entusiasmado. António Andrade e Filipe Azevedo sobem ao ringue e encaram o novo campeão. Orzan troca alguns olhares e sai de

imediato do ringue com o título nas mãos e debaixo das vaias do público. Os dois DeLuxe aproximam-se lentamente de Petrov que ainda está estendido no tapete. Os dois olham um para o outro e António faz um sinal para Filipe, que agarra em Petrov para um Spinning Side Slam! António faz sinal positivo para Azevedo e olha para Petrov estendido no ringue. Do nada, agarra as pernas de Petrov e prende-o num Figure 4 Leglock! Pain of Ignorance! Petrov grita muito alto e contorce-se todo mas não tem escapatória. António continua a manobra para desespero de Petrov! Árbitros e médicos sobem ao ringue para assistir Petrov que ficou magoado depois deste assalto dos DeLuxe. António e Filipe abandonam o ringue e no início da rampa aparece Sebastião Fonseca que os cumprimenta. Uma mensagem muito clara por parte dos DeLuxe. A emissão fecha com os DeLuxe na rampa e Petrov a ser assistido no ringue.
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 46# (RTP1) - (08/04/14)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum