RESSURREIÇÃO SUPREMA II (PPV 10#) - (30/03/14)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

RESSURREIÇÃO SUPREMA II (PPV 10#) - (30/03/14)

Mensagem por vlladmin em Qui 27 Mar 2014, 05:16

PAVILHÃO DA VANGUARDA DA LUTA LIVRE
COMBATE PRINCIPAL DA NOITE
COMBATE PELO TÍTULO SUPREMO

MICHEL-BAPTISTE BANGALTER VS VINÍCIUS NUNES VS DIOGO LOURENÇO VS KEVIN GUNN VS YURI PETROV VS ANTÓNIO ANDRADE

CÂMARA DOS HORRORES

*****
EUSTASS KID vs ARSÊNIO FUINHA
COMBATE PELOS PARCEIROS DE GUERRA
ÁSES DA ILUSÃO(c) VS TIMÓ PEDROSO & CHAZZ
PHILLIP HUNT VS FILIPE AZEVEDO
ZÉ MACHADO VS FELIPE SILVA
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RESSURREIÇÃO SUPREMA II (PPV 10#) - (30/03/14)

Mensagem por vlladmin em Seg 31 Mar 2014, 10:35

A emissão do programa começa com os Deluxe SAD que estão reunidos no vestiário personalizado de Michel-Baptiste Bangalter. Todos estavam ali, o Filipe Azvedo, o Antonio Andrade, o Sebastião Fonseca, e principalmente, o campeão supremo e líder do grupo, Michel-Baptiste Bangalter. Bangalter estava sentado no banco, enquanto os outros estavam em pé e olhavam para a TV que estava em frente ao banco onde Bangalter estava sentado. Bangalter parecia confiante e arrogante como sempre, Sebastião também tinha um ar confiante, já Andrade estava concentrado e Filipe estava com um ar de frustração. Bangalter logo percebeu isso.

Bangalter: Acalma-te Azevedo, tu foste muito bem com aquele zuca, mas aquele gajo é muito mais esperto do que aparenta, ele praticamente ficou com jogos psicológicos, e lhe prejudicou, mas foste mesmo muito bem, conseguiste provar que é mais forte e melhor atleta que ele.

Azevedo: Verdade, mostrei que sou o lutador mais forte fisicamente e que sou um grande atleta, provei que sou melhor que ele, mas é isso que me frustra, saber que sou melhor e perder, e se eu o tirasse, as coisas seriam muito mais fáceis paras ti.

Bangalter: Não te preocupes, já o venci e posso vencer quantas vezes mais...

Azevedo: Mas tem o Gunn, o Petrov e o Lourenço, se fosse tu contra esses 4 em um one-on-one, tu vencerias, mas assim...

Bangalter: Já venci o Vinícius, já venci o Gunn e já venci o Petrov, o Lourenço só não venci porque não tive a oportunidade de enfrenta-lo, além do mais, eu tenho o Andrade comigo, não é isso Andrade? Tu não darás conta do Vinícius?

Andrade: Tu vencerás isso Bangalter, o mais forte dos teus adversários é o Vinícius, e minha missão é elimina-lo, e eu não costumo falhar nas minhas missões.

Todos sorriem e ficam satisfeitos com a confiança do brasileiro Antonio Andrade.

Bangalter: É disso que estou a falar, Sebastião, o que me dizes?

Sebastião: A verdade é que tu tens o Andrade contigo e tu és o melhor lutador da federação, Andrade eliminará o Vinícius e os outros se auto-eliminarão e tu darás o xeque-mate, a verdade é que tu estás tranqüilo, me preocupo mais com Azevedo, ele luta hoje.

Azevedo: Comigo? Achas que não dou conta daquele gordo? Estás parvo?

Sebastião: Estou preocupado porque ainda vejo em teu semblante a frustração contra o Vinícius, e isso pode lhe derrotar, mas iremos falar disso mais tarde, em particular, pois Andrade e Bangalter precisarão ficar sozinhos para se prepararem para a Câmara, ambos têm missões muito importantes.

Bangalter: Importantes, mas não tão difíceis... Andrade só precisa derrotar o seu primo menos talentoso, e eu tenho que fazer o que mais tenho feito nessa CIA, vencer, ou seja, o Deluxe continuará como campeão e os Deluxe SAD seguirão no comando dessa CIA.

Todos acenam em concordância, mas quando Azevedo e Sebastião fazem menção de ir embora, Bangalter sinaliza para eles ficarem.

Bangalter: Antes dos dois irem, só quero pedir uma coisa, quando chegar o evento principal, fiquem atentos, não quero nada de fora a me atrapalhar, falo isso para os dois, me entenderam?

Sebastião: Sim, estaremos atentos à tudo, e asseguraremos que tu permanecerás como campeão, não que não consigas sozinho, mas estaremos lá só para garantir...

Bangalter: Era isso que eu queria ouvir, estão dispensados.

Azevedo e Sebastião saem e deixam Antonio e Bangalter a conversar sobre a estratégia deles no PPV, e a imagem se desvanece pouco a pouco, com o foco nos dois, até sumir.

A imagem agora muda de volta para o ringue, onde é possível ver que os assentos estão todos cheios e o evento começando

Diogo Beja: Olá a todos senhoras e senhores, sejam bem vindos ao Ressureição Suprema II! Hoje teremos cinco combates explosivos para vocês, incluindo uma luta a seis pelo Titulo Supremo dentro da Câmera dos Horrores! Ao meu lado tenho aqui Luís Barreira!

Luís Barreira: Olá a todos! Como pudemos ver agora a pouco, as estratégias já começam a aflorar para o evento principal de hoje, mas além desse teremos também vários outros grandes combates!

Beja: Pois Luís, mas antes de tudo temos uma mensagem do novo candidato principal ao titulo da Vanguarda, Mike Orzan!

**********

Mike Orzan e Ricardo estavam em frente a mansão onde eles moravam e Orzan, que estava de camisa branca e shorts da cor preta, uma roupa típica de corrida e pela expressão facial do mesmo e pelo suor que escorria nele, era possível dizer que ele tinha terminado a sua corrida à pouco tempo. Ricardo sorriu para Orzan e acenou para que o afro-americano começasse a falar.

Orzan: Olá à todos do Ressurreição Suprema II, como podem imaginar, não estou no Pavilhão da Vanguarda e reafirmo que não estarei no recinto, pois eu tenho mais o que fazer, mas garanto que acompanharei a luta principal...

Ricardo sorriu para Orzan.

Orzan: E tenho motivos para tal, o meu próximo rival vai lutar nesse evento, Yuri Petrov, pois cada golpe que ele levar, bem, vai ser um fator a mais para eu ser o próximo campeão da Vanguarda...

Ricardo cutucou Orzan e ele fez uma expressão de quem se lembrava de algo importante.

Orzan: Além disso, gostaria de agradecer ao supervisor-geral Augusto Lousada, este que faz um ótimo trabalho e que me deu esse dia de folga para que eu acompanhasse em casa esse grande show da Vanguarda de Luta Livre... Eu, aqui, descansado e vendo meu adversário a levar a sova da vida dele e perder mais um combate... Tudo que eu poderia pedir e tudo que eu mereço pela maneira que trabalho e pela maneira que ajo!

Orzan olhou para o seu irmão de repente.

Orzan: Irmão, esqueci de dizer algo...

Ricardo falou no ouvido de Orzan.



Orzan
: Ah sim... Queria apresentar os meus sentimentos para o lutador japonês Ryo Tanaki, uma pena essa lesão desse atleta tão qualificado...

Risos irônicos dos irmãos.

Orzan: A verdade é que eu destruí Ryo Tanaki, a verdade é que ele não está aqui por causa de uma lesão provocada por mim... Provocada por Mike Orzan, provocada pelo atleta que foi até as meias-finais do torneio do título supremo, fala o homem que destruiu Jay Lecter e que destruiu Tanaki... Por essas e outras que Augusto Lousada me deu a chance, porque eu destruo todos que estão no meu caminho e vou destruir o Petrov ainda mais no Vanguarda 46! Prepara-te Petrov que tu não terás título algum!

A emissão acaba com os dois irmãos rindo de maneira estranha, quase doentia. Depois disso, a imagem foi para o Pavilhão da Vanguarda existe um espetáculo de fogos de artifício e aparece no telão o pôster do evento e todos começam a aplaudir o início da emissão do Ressurreição Suprema II.

Luís: Olá pessoal, meu nome é Luís Barreira, ao lado está Diogo Beja e esse é o Ressurreição Suprema II, a VLL mudou muito se for comparar com a edição anterior...

Beja: Verdade Luís, somente dois lutadores do evento passado estão na VLL e só um deles lutará hoje, será que Vinícius Nunes, que venceu Straight Johny ano passado, vai conseguir mais uma vitória para a sua carreira?

Luís: Claro que não, pois agora temos um campeão de jeito, Michel-Baptiste Bangalter! E sobre o vídeo de Mike Orzan, o que tens a dizer? Eu particularmente gostei...

Beja: Eu também, mas fiquei preocupado com essa trama dos Deluxe...

Luís: Tática de proteção!

Beja: Sei...

Luís: Você fala de atitudes Beja? Veja este gajo, é a confiança em pessoa.

Beja: Isto é arrogância, ele já está se declarando campeão.

Luís: Petrov já abandonou o título da Vanguarda, está segurando um título que poderia ser aproveitado por muitos.

Beja: Se ele está tanto tempo com ele é por mérito.

Luís: Que mérito? Ele não defende o ouro.

Beja: De qualquer forma, agora teremos a primeira luta da noite!

Luís: O “Espartano” enfrentará Zé Machado!

Raquel Jacob: Este combate está marcado para uma derrota, a caminho do ringue, ele que vem de São Paulo, Brasil. Pesando 87,5 Kg, FEEEEEELIPE “ESPARTANO” SIIIIIIILVAAAA!!!

YEEEEAAAAHH

Beja: A torcida já reconhece o esforço do gajo.

Luís: Estão todos cegos? Este Zuka ganhou a luta por um erro, como podem apoiar?

Beja: Talvez por ele dar a chance da desforra.


Raquel Jacob: E seu oponente, vindo de Aveiro, Portugal. Este que atualmente tem 103 Kg, ZÉ MAAACHADOOOO!

UUUUHH

Luís: Veja este bigode, ele é um lutador de verdade. Ao contrario deste estrangeiro que só sabe pular de um lado para o outro.

Beja: Zé está vindo muito focado, ele quer muito está vitória para se redimir.

A arbitra escolhida para este combate é Adelaide Amaral. Que confere se não há nenhuma irregularidade nos lutadores e manda começar a contenda.

A luta começa e Espartano faz o típico movimento da capoeira, em certos momentos ameaçando partir para cima do Zé, o lutador Português fica impaciente e toma o ímpeto, porém é parado por um Direto certeiro do Brasileiro.

Zé fica um pouco tonto e começa a sofrer uma sequência de Felipe, jab, uppercut, direto, cruzado, direto, jab. Zé fica tonto, Espartano lança-se as cordas e aplica uma bela Clothesline, não perdendo tempo já tenta um cover...1, mas não passa disso.

Espartano se levanta e começa a pedir palmas do público, este que corresponde gritando seu nome. Machado se levanta rapidamente, mas é pego pelo Espartano que vai aplicar um DDT, mas é acertado por cotoveladas violentas nas costelas, Machado sai da manobra e Aplica um Backbreaker Rack, as costas do brasileiro é duramente castigada.

Após algum tempo castigando as costas do brasileiro, Machado segura Espartano com os dois braços, coloca na altura do peito e lança-o para trás. O Lutador de Aveiro faz o que quiser com o capoeirista pela diferença de peso.

Espartano rebola no chão com dor na barriga, Zé caminha até ele e começa a pisar na região dolorida, pisa 1, 2, 3, 4, 5, 6 vezes. Felipe Silva fica sem ar, Machado vai para o assentamento...1...2...2,5...Espartano está no combate.

Zé Machado ri-se e grita “Queres roubar-me de novo?”. O Português puxa o Brasileiro pelo cabelo e ergue-o em um Bearhug. Espartano sente muito aquela região, ouvia-se gritos de dor ecoando no pavilhão, o juiz pergunta se Felipe quer desistir e entre os gritos ele balança a cabeça negativamente.

Zé Machado aperta a submissão e Espartano levanta a mão para desistir, mas ele ainda se aguenta. Espartano consegue um espaço para dar um Headbutt, seguido de um soco, outro e outro, e a mais um Headbutt. Machado solta um pouco o golpe e Espartano consegue subir no

ombro do Português, envolver seu braço na nuca dele e DDT, QUE DDT, ELES CAIRAM DE 1,89 METROS.

Os dois estão no chão e o Juiz começa a contagem...1...2...3... Machado e Espartano se arrastam para o meio do ringue...4...5...6... Eles ficam de joelhos...7...8...9... Estão em pé. Machado dá um soco em Espartano, o Brasileiro responde da mesma forma, Machado, Espartano, Machado, Espartano, Machado, Machado, Machado, MEIA-LUA DO COMPASSO COMPLETAMENTE DO NADA, mas machado na cai e CORTA EUCALIPTO.

Espartano chama pela torcida e vai para o canto, eles espera Machado se levantar enquanto a torcida bate palma e grita “Es-par-tano, Es-par-tano, Es-par-tano”. Machado levanta-se, Espartano tenta um Superkick, mas Zé pega o seu pé, ele faz sinal negativo com a cabeça, e joga o contra o canto.

Espartano volta Big Boot, mas Espartano dá uma cambalhota por debaixo da perna do Machado e levanta BERIMBAU SONG, A LUTA ESTÁ TERMINADA, Espartano vai para o assentamento, mas vê que Machado está perto da corda e puxa-o para o centro do ringue, agora sim...1...2...2,9......3.VITÓRIA DO ESPARTANO.


Raquel Jacob: E o vencedor deste combate, FELIPEE ESPARTANO SIIIIILVAAAA.

Beja: Que luta, tira de uma vez por todas a dúvida, Espartano é o legítimo vencedor.

Luís: Estas a brincar comigo? Este gajo está todo lixado, o Machado devia vencer por KO.

Beja: Não exageres Luís, acho até que Machado sai mais lixado que o Espartano.

Luís: Pah! Vamos logo ver o que o Fuinha está a fazer, parece que está recebendo orientações do Brandão.

Beja: Logo mais teremos Fuinha contra Kid, finalmente os ex-Parceiros de Guerra poderão se enfrentar.

A Imagem se desvanece focando o rosto do Espartano olhando para a torcida.

**********

A imagem mostra Arsênio Fuinha que está realizando o seu trabalho de treinamento de socos ao dar socos em seqüência no ar e com um ritmo rápido e regular. Lucas chega até o local e sinaliza para que Arsênio parece com o seu trabalho e começa a prestar atenção naquilo que ele vai dizer para ele. Arsênio parou o seu trabalho e foi dar atenção para Lucas.

Lucas: Sabes o quanto esse combate é importante, não é?

Arsênio: Tu vieste para me dizer isto? Sei o quanto significa para mim e o quanto significa para ti, todos sabem a importância, por isso tem tanto relevo no card.

Lucas: Sim, mas não é isso, vale muito para a tua carreira, mal ou bem, o Eustass lhe custou sua terceira chance de ser campeão da Vanguarda, Deus sabe quando vai ser tua próxima oportunidade por este título...

Arsênio: Eu sei... Mas não é o título mais importante.

Lucas: Claro, mas se alguém que não vence o título da Vanguarda, estará qualificado para uma batalha a valer o título supremo? Acho que isso seria uma situação difícil de ser realizada, pelo menos é a minha opinião.

Arsênio: Mas se eu venço esse combate e provo que ele era um encosto para nós, com certeza me darão mais oportunidades, pois vamos encarar os fatos, eu sou jovem e sou bom, é natural que eu seja a aposta do futuro dessa empresa, pelo menos eu devo ser...

Lucas: Mas temos que nos lembrar, sempre, que Augusto Lousada é um incompetente, não sei como preferiram ele à mim...

Arsênio: Culpa do Bangalter.

Lucas: Claro, mas não deixa de ser estranho, o Lousada tem os protegidos dele, assim como os meus, mas por mais que ele diga que não, o áureo tempo na VLL foi no meu comando, mas eles são burros demais para entender isso, assim como meu primo é burro e este também merece uma sova.

Arsênio: Calma Lucas, primeiro lugar, a VLL é um local de hipócritas, principalmente o Lousada, este faz tudo o que os investidores e o que a TV quer... Então...

Lucas: Sim, sim... Mas não vamos pensar nisso, vá e continua tua preparação, só parei aqui para dizer que esse combate tem muito em jogo, principalmente para ti.

Arsênio: Com certeza, sei bem o que vale...

Lucas acenou e Arsênio voltou para a sua preparação para o evento principal de logo mais. Depois disso a emissão volta a mesa onde estão Luís Barreira e Diogo Beja.

Beja: Será que o Fuinha vai vencer o Eustass?

Luís: Com certeza, Fuinha tem muitos ressentimentos e o Eustass não se importa com ele, ou seja, é um bom duelo.

**********

Vemos Diogo Lourenço entrando no Pavilhão da Vanguarda, eles estava com calça de gangas e camisa preta, além de ter uma pequena bolsa com seu equipamento de ringue nas costas. Eles está falando com alguém em seu telemóvel.

Diogo: Sim Leviátes, fiz tudo aquilo que o senhor me disseste. Estou cem por cento focado e vou ganhar aquele título.

Ouvia-se a voz do treinador de Diogo pelo telemóvel. O lutador afasta o aparelho do ouvido.

Leviátes: Vamos lá gajo, se perder já sabes o que te espera amanhã, terá o pior treino de sua vida. Agora vou fazer umas pipocas e comprar o PPV.

Diogo: Ainda não compraste?

Leviátes: Não sou parvo, prefiro ver as novelas do que estas lutas do começo, elas me dão sono, você já está a gastar muito dinheiro meu com essa ligação, até mais.

Diogo: Espera, qual é o ponto fraco do...Desligou.

Diogo guarda seu telemóvel e sorri andando pelos balneários da Vanguarda, mas alguém chega e joga-o contra a parede, o homem da duas joelhadas na barriga de Lourenço e lança-o contra um caixote preto. Como aquela área dos balneários é muito escura, pouco se vê do agressor, é impossível se reconhecer o rosto. A imagem se desvanece com Diogo gritando de dor e com as mão na barriga.

**********



A imagem vai aos bastidores onde estão Filipe Azevedo e Sebastião Fonseca no balneário, Azevedo terminava o seu trabalho de aquecimento e Sebastião observava a movimentação do bodybuilder com muita atenção, mas com o olhar impassível, sem demonstrar o que achava realmente, era um olhar totalmente profissional. Azevedo aquecia quase ignorando a presença de Sebastião, o lutador estava muito focado, queria mostrar que tinha evoluído em relação a sua luta contra Vinícius Nunes no Vanguarda 45. Azevedo parou o aquecimento, aparentemente terminando-o e Sebastião se pôs de frente com ele e indicou que queria iniciar a conversa.

Sebastião: Bem Azevedo, quis falar-te as sós, pois Bangalter e Andrade têm muito a combinar, e sabia que a conversa deles iria girar em torno do evento principal, por isso queria falar-te sobre o teu combate, quero foco total no gordo, me compreendes?

Azevedo: Sim, senhor...

Sebastião: A verdade é que tanto eu quanto Bangalter vemos muito potencial em ti e por isso que estás conosco, e podemos dizer que sua prova de fogo foi este combate contra Vinícius...

Azevedo assente em concordância e abaixa a cabeça, pois se lembra como terminou a luta entre ele e o ex-campeão supremo.



Azevedo: E eu falhei e vós estais a dar-me mais uma oportunidade...

Sebastião sorriu da afirmativa de Azevedo, deixando o lutador desconsertado.

Sebastião: Mas foi totalmente o inverso, tu mostraste que és mais forte que Vinícius e que és melhor que Vinícius em quase tudo, só não tens a experiência que ele tem, mas aos poucos pegarás o jeito.

Azevedo: É verdade, eu o dominei como poucos...

Sebastião: Cá entre nós, nem o Bangalter exigiu tanto esforço de Vinícius... Tu tens muito a ajudar o nosso líder! Tu és a potência em pessoa! E agora deves esquecer o resultado e lembrar-te da maneira que deixaste o Vinícius e quero ver o Hunt ainda pior!

Azevedo (determinado e confiante): Claro que sim... Se eu deixei Vinícius daquele estado... Imagina o que vou fazer com o Phillip Hunt! Aquele gordo vai apanhar tanto que nem vai se lembrar do quanto apanhou!

Sebastião (sorrindo): Este é o espírito! É assim que eu quero ver-te Filipe!

Azevedo: É isso, vou destruir o gordo e ter mais uma vitória importante na VLL!

Os dois continuaram a conversa com muito ânimo e a imagem sumiu aos poucos e voltou a mesa de comentadores.

Beja: O ataque ao Diogo foi brutal, será que foi mesmo o Fred?

Luís: Claro que foi, não vejo outra pessoa...

Beja: Não sei, mas vamos passar no escritório de Augusto Lousada, esse evento que já tem algumas polêmicas deve estar a agradar ao supervisor-geral...

Luís: Claro... Assim que deve ser um PPV...

A emissão pela primeira vez mostrava o escritório do supervisor-geral da Vanguarda de Luta Livre, ninguém mais, ninguém menos, que o polêmico Augusto Lousada. Lousada estava com expressão satisfeita, pois tinha ciência de que o PPV estava a correr da melhor forma possível. Toda essa situação é interrompida pelo toque no celular. Lousada confere quem liga para o seu telefone móvel e não gosta nada do que estava a ver, parecia que era um dos principais investidores da VLL. Lousada atende com cara de poucos amigos.

Lousada: Alô!

Ele se cala para ouvir o que está sendo relatado no outro lado da linha. Existe um tempo sem falar nada, parecia que a reclamação era longa e a expressão de Augusto Lousada se fechava cada vez mais, por fim se fez uma pausa.

Lousada: Sim, eu entendi, mas tens de entender que a situação está totalmente diferente, o Guerreiro viajou como tu sabes e que tenho muitas situações para administrar... Parceiros de Guerra, título da Vanguarda, guerra do Eustass Kid contra o Arsênio Fuinha, os Deluxe que não são de confiança, o encrenqueiro do Lucas...

O outro lado começa a falar com certa altura, dava para ouvir o som da fala, mas nada muito claro, não era possível dizer o que estavam a dizer.

Lousada: Sim, eu sei, mas tenho uma solução, Aníbal Fragas vai duelar contra Kevin Gunn no Vanguarda 47! Vai ser o evento principal disso e mais, o árbitro desse combate especial será Daniel Lobo!

O outro lado volta a falar só que com a voz mais calma, não se ouvia mais a voz dele.

Lousada: É isso mesmo, 47 e não o 46, um combate desses deve ser o main-event e o evento principal do 46 está definido! Mas prometo que essa situação vai acabar o quanto antes, sei que já prolongou por tempo demais.

O investidor parece se tranqüilizar e fala menos do que das outras vezes.

Lousada: Tudo bem... Até mais...

Lousada desliga o telefone móvel.

Lousada: Odeio fazer esse papel... Tudo isso por culpa do Guerreiro... Como ele vai para Angola quase que do nada e me deixa com tudo isso para resolver? Pelo menos tudo tem corrido do jeito que eu quero, que é o jeito que deve ser... Mas vamos ver esse evento, espero que os resultados melhorem isso...

A emissão volta a mesa de comentadores.

Beja: Então teremos Kevin Gunn contra Aníbal Fragas pela primeira vez?

Luís: Vai ser um grande combate e ainda tem o Daniel Lobo como árbitro especial! Isso promete!



Beja
: Com certeza, boa saída do Lousada agora...

Luís: O nosso supervisor sempre toma as melhores decisões, e é senhor Lousada para ti Beja...

**********
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RESSURREIÇÃO SUPREMA II (PPV 10#) - (30/03/14)

Mensagem por vlladmin em Seg 31 Mar 2014, 11:07

Beja: Senhoras e senhores agora terão a continuação da saga Hunt versus DeLuxe! Depois de vários confrontos entre o canadiano e os DeLuxe, a “Bomba” do grupo, Filipe Azevedo, enfrentará o “McTank” num combate de singulares!

Luís: Não sei nem para que, é obvio que o Azevedo deve vencer o Hunt até hoje perdeu todas as batalhas contra os DeLuxe. Perdeu a sua chance de titulo contra o Fuinha e o Eustass; perdeu a chance de estar na Câmera dos Horrores contra o Andrade e hoje vai perder de novo por não passar de um gordo que esta a se meter com gente grande contra o Azevedo.

Beja: Até pode ser que o Hunt tenha perdido essas lutas que falaste, mas desde o seu retorno, Phillip Hunt vem ganhando algumas lutas importantes e se mostrando um dos favoritos dos fãs na VLL.

Luís: E o que os fãs sabem sobre wrestling? Eles ainda torcem por traidores como o Vinicius e apupam grandes campeões como o Bangalter!


Raquel Jacobs: Senhoras e senhores, o combate a seguir esta agendado para uma derrota! Introduzindo primeiro, de MarieVille, Quebec, Canadá, pesando 110 quilos, o “MCTANK” PHILLIP HUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUNT!

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!!!

Beja: O Hunt esta recebendo grande apoio da torcida!

Luís: Como já disse e repito, não passa de um gordo se metendo com lutadores a sério.

Beja: Luís, ele até pode ser gordo, mas já venceu alguns grandes nomes nessa empresa.

Luís: Em combates que não valiam nada? Assim também eu! Quero ver ele vencer alguém com algo além do jantar em jogo!


Raquel Jacobs: Agora seu oponente, de Peniche, Portugal, pesando 135 quilos, A “BOMBA” FILIPE AZEVEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEDO!

BOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!

Luís: Esse sim! Grande lutador, grande físico, esse é Filipe Azevedo!

Beja: Posso não gostar da mudança de atitude do mesmo, mas não há como se negar a capacidade atlética desse monstro!

Jorge Mesquita é o arbitro do combate. O mesmo checa tanto Hunt quanto Filipe antes de iniciar o combate e então ambos vão para um lock up. Azevedo demonstra toda a sua força vencendo Hunt sem grandes problemas e o derrubando com um Takedown. A “Bomba” dos DeLuxe então começa a dar vários socos na cara do oponente que tenta se defender como pode, mas perde para a força do oponente.

De seguida Filipe vai as cordas enquanto Hunt se levanta, aplicando-lhe um poderoso Clothesline, Phillip volta a ser derrubado. Azevedo começa a todo o vapor levantando o oponente num Headlock antes de aplicar um Powerslam que deixa o “McTank” plantado no chão. A plateia vaia muito a “Bomba” dos DeLuxe enquanto esse toma distancia para aplicar um Running Elbow Drop. Phillip Hunt esta a ter dificuldades em se levantar, e Azevedo esta explorando isso, aplicando vários socos no oponente antes de um Suplex, Hunt continua sem conseguir reagir.

Filipe puxa o oponente para perto das cordas e o lança com um Irish Whip para o outro lado, correndo ao encontro de Hunt e tentando um Leaping Shoulder Block. Hunt se desvia! O canadiano se joga por baixo do golpe e Azevedo vai de cara ao ringue, se levantando tonto antes de sofrer um Superkick! Finalmente Phillip acha espaço e o utiliza para aplicar um poderoso Sleeper Suplex! Azevedo esta no chão pela primeira vez no combate!

Agora a torcida parece estar toda do lado de Hunt, e o canadiano continua seu ataque a Azevedo com um Sommersault Leg Drop! A “Bomba” parece ter perdido o norte e Phillip tenta aproveitar isso ao máximo com um Pumphandle Neckbreaker. A luta mudou totalmente de lado e Hunt esta agora no controle, acertando um poderoso Running Knee Smash em Filipe que tentava se levantar no meio do ringue.

Novamente o canadiano ergue o oponente, mas desta vez Azevedo consegue se escapar com um Uppercut seguido de um Belly to Belly Suplex. Ambos os lutadores estão a dar tudo de si nesse combate! Filipe agora lança o oponente as e antes de aplica um forte Samoan Drop, depois toma distancia e aplica um Swinging Neckbreaker em Hunt que tentava se levantar. Puxando o oponente pelos cabelos e sobre protesto do arbitro, Azevedo joga Phillip contra o corner antes de começar a soca-lo repetidas vezes, forçando Jorge Mesquita a intervir.

Do lado de fora há muitas vaias para Filipe e Sebastião, que fica a discutir com pessoas da plateia. De volta ao ringue Azevedo volta a levantar o oponente e aplica um Body Slam antes de ir às cordas para um Running Elbow Drop. Filipe começa a mostrar os seus músculos enquanto o oponente tenta se levantar aos seus pés, causando cada vez mais ódio por parte da torcida. A cena de Hunt tentando se erguer a seus pés faz Filipe rir antes de levantá-lo e – demonstrando toda a sua força – aplicar um Military Press Slam! O golpe deixa Phillip com as mãos na barriga, reclamando muito de fortes dores.

O fim parece próximo para o “McTank” que é jogado com força contra as cordas e quando volta é vítima de um Sidewalk Slam! Não, Hunt escapa do finisher de Azevedo e aplica um Cruxifix! Grande agilidade de Phillip Hunt escapando ao que parecia ser seu fim! Mesmo com seu tamanho o canadiano mostra que é bem ágil antes de levantar o oponente e planta-lo de volta no ringue com um Spike Piledriver!

Hunt começa uma sequencia assim que ergue Filipe, primeiro com um Go Home Driver que manda Azevedo de volta para o chão. Esse rola para o corner onde é vitima de um potente Cannonball do oponente, fazendo o membro dos DeLuxe rolar agora para o meio do ringue. Phillip então sobe na terceira corda e vira-se de costas para o ringue. Sebastião – notando o que esta por vir – começa a gritar para o canadiano, que o ignora e aplica um belo Moonsault!

Com isso o canadiano vai para o primeiro assentamento do combate, 1, 2, kickout! Phillip Hunt não tenta nem discutir com o arbitro e joga o oponente contra as cordas antes de acertar um Scoop Powerslam. De seguida ele vai às cordas para aplicar outro Sommersault Leg Drop que acerta bem na garganta de Azevedo. Phillip esta com tudo indo para cima do oponente. Agora ele levanta Azevedo ignorando o peso do oponente e lhe aplica um forte F5!

Novo assentamento, 1, 2, kickout! Filipe se mantem no combate por pouco! O “McTank” porem não parece estar pronto para sessar o ataque e posiciona o oponente para um McPain! Azevedo luta contra o golpe, mas Hunt ainda o consegue erguer, só que Sebastião Fonseca

sobe na borda do ringue e isso leva Hunt a abortar o movimento e ir discutir com o mesmo. Nisso Azevedo se levanta e aplica um poderoso Clothesline nas costas do oponente!

A distração de Sebastião parece ter salvado Azevedo que agora tem espaço para manobra e aplica um forte Spinebuster no oponente. Hunt fica com fortes dores nas costas, as quais Filipe aproveita, levantando o oponente com um Bearhug, antes de mandá-lo as cordas e aplicar um Samoan Drop. Sebastião fica do lado de fora a dar ordens ao pupilo enquanto a torcida vaia, mas Azevedo não para o ataque e aplica um Military Press Slam!

Novo assentamento, 1, 2, kickout! Hunt sobrevive por pouco. Filipe fica irritado com a contagem do referee, mas não permite que Phillip chegue a se levantar. A “Bomba” dos DeLuxe joga o oponente nas cordas e depois acerta um Leaping Shoulder Block. Agora sim o português parece preparar seu finisher. Ele lança Hunt nas cordas e... SPINNING SIDE SLAM! FILIPE CONECTA O GOLPE! ASSENTAMENTO, 1, 2, 3! NÃO! HUNT ESCAPA MESMO NO FINAL! Azevedo parece não acreditar!

A torcida começa a cantar pelo canadiano, mas esse parece não ter forças para muito mais. Filipe começa a gritar para Jorge Mesquita que foi uma contagem completa, mas esse não muda a decisão. Azevedo então ergue o oponente, mas o posiciona para um McPain! A “Bomba” parece querer humilhar o oponente com seu próprio finisher, mas Phillip Hunt escapa no ultimo segundo e prende Azevedo num Crossface! Totalmente do nada o “McTank” consegue um Crossface!

Ambos estão no meio do ring e o lutador dos DeLuxe parece não ter para onde ir, mas ainda assim tenta se arrastar para as cordas, numa batalha de força contra Phillip. Já parto da salvação, Filipe parece preso, sem conseguir ir mais para frente, mas ai Sebastião Fonseca o salva, puxando seu braço para as cordas! Rope break! Hunt se irrita com isso, mas se apercebe que não tem condições de lutar muito mais, então puxa o oponente para entre as pernas e MCPAIN! HUNT ACERTA SEU MCPAIN E DEIXA AZEVEDO PLANTADO NO RING!

Assentamento aberto, 1, 2, Sebastião puxa a perna do arbitro! Azevedo continua imóvel e a torcida continua a contar, 3, 4, 5, 6. Hunt nota o que ouve e vê que o arbitro agora esta a discutir com Sebastião e desiste da cover. Phillip na verdade sobe no corner e parece que vai para seu 450º, só que agora o manager dos DeLuxe começa a gritar para ele descer de lá e Hunt muda a postura, se virando para fora do ringue, ainda no topo do corner. Fonseca não parece entender o que esta para acontecer até acontecer, mas HUNT SALTA NUM 450º SPLASH PARA FORA DO RING! SEBASTIÃO FONSECA É ACERTADO MESMO EM CHEIO!

Jorge Mesquita consegue voltar ao ringue e abre a contagem para Hunt, que fica caído do lado de fora, 1, 2, 3, 4, Hunt se levanta, 5, 6, 7, 8, Phillip consegue se jogar para dentro do ringue, mesmo com as crescentes dores nas costas. A torcida fica a cantar “Phillip Hunt!” sem parar enquanto o canadiano se levanta, mas quando esse se vira para Filipe, que tinha se erguido enquanto o “McTank” atacava seu manager, esse aplica um Spinning Side Slam! Azevedo acerta em cheio Hunt! Assentamento, 1, 2, 3! Filipe Azevedo vence Phillip Hunt!


Raquel Jacobs: E O VENCEDOR DO COMBATE, A “BOMBA” FILIPE AZEVEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEDO!

BOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!

Azevedo não deixa o arbitro erguer lhe o braço. Ele começa a pontapear Hunt com força antes de erguer o canadiano e joga-lo com tudo contra o corner. Phillip não tem condições para dar combate e acaba com a cara prensada contra o corner pela bota de Filipe. Sebastião Fonseca, que acabara de se levantar do lado de fora, ordena ao pupilo que continue o ataque sobre o oponente, e esse continua até que alguns Road Agents da VLL venham força-lo a se retirar.

[b]BOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!


Luís: SIM! Eu disse! O Hunt nunca teve chances!

Beja: Mas era necessário isso? Era mesmo necessário atacar o Hunt dessa forma?!

Luís: Claro, assim esse gordo aprende a nunca mais se meter onde não é chamado.

Beja: Isso é ridículo, o Filipe venceu a luta, não tinha nada que atacar o Hunt depois!

Luís: Oh, estas triste porque o fracassado do teu amigo se magoou?

Beja: Cala-te Luís...

**********

Na imagem aparece Jack Neville num canto dos bastidores do show. Ouve-se o barulho dos funcionários da VLL a trabalhar e algumas pessoas a passar. O manager parece ansioso e nervoso para o main-event de hoje, e ao seu lado está Alexander Randall.

Jack Neville:
Randall tenho pena que não tenhas tido uma oportunidade de participares na Câmara dos Horreres… Mas agora temos de nos concentrar naquilo que temos, temos de nos concentrar no Gunn.

O galês parece olhar desconfiado para o seu manager.

Alexander Randall:
O que eu tenho a ver com isso?

Jack Neville: Acho que devias acompanhá-lo no main-event… Mesmo ficando do lado de fora da jaula, a tua presença não iria passar despercebida…

Alexander Randall: Eu só cuido dos meus assuntos. Eu compreendo a tua preocupação com o Gunn mas isso não é problema meu. O Gunn tem os seus objetivos e eu tenho os meus. Perdi uma oportunidade de lutar pelo título da Vanguarda e agora resta-me levantar-me desta defeita, não posso perder tempo com o Gunn.

Jack Neville parece não gostar da resposta mas começa a refletir durante algum tempo.

Jack Neville:
Ok, eu percebo que queres dizer. Gosto de te ver assim determinado, mas hoje pode ser a noite do Gunn!

Alexander Randall: Não me leves a mal, mas não vou acompanha-lo. Boa sorte para ti.

Randall abandona a cena e deixa Neville ainda mais nervoso e ansioso.

**********

A câmera da entrada para carros dos lutadores e funcionários da arena grava o momento da chegada de Yuri Petrov. O russo chega vestindo um casaco preto e calções de treino e assim que sai do carro sai em pique para dentro da arena. Lá o mesmo se dirige diretamente para a ala médica onde seu amigo, Phillip Hunt, esta a ser atendido. Assim que abre a porte Petrov se depara com Hunt sentado na maca em que estava ser atendido a conversar com o médico.

Petrov: Hunt, estas bem? Estava a vir para cá vendo o PPV no carro e vi o que o Filipe te fez!

Hunt: Calma rapaz, estou bem! Agora o foco não é em mim, é em ti!

Petrov: Tens certeza que não deslocaste nada ou coisa do tipo?

Médico: Na verdade o senhor Hunt está ótimo, não apresenta nenhuma lesão.

Hunt: Na verdade eu estou com bastante fome, mas de resto nada me dói.

Petrov: Ótimo! Tenho certeza que aquilo foi tudo obra do Bangalter!

Hunt: Ainda duvidavas que ele fosse fazer algo do tipo? Era obvio que mesmo que perdesse o Filipe ia tentar me atacar... Mas agora o que temos de nos preocupar é contigo!

Petrov: Eu não sou o gajo na maca atualmente...

Hunt: E eu não sou o gajo que esta entrando numa estrutura de algumas toneladas de metal onde todos os participantes me veem como ameaça e devem tentar me atacar.

Petrov: Bom ponto, mas eu acho que sei me virar sozinho.

Hunt: Eu sei que tu sabes, mas eu estou preocupado com o fato de o Andrade e o Bangalter quase que de certeza se focarem em ti se puderem. Além disso o Filipe e o Sebastião ainda podem tentar aprontar outras hoje!

Petrov: Pode até ser, mas nenhum deles nunca lutou contra um russo irritado. Aqueles vermes decidiram te atacar apenas para me abalar!

Hunt: Deixa quieto, eu estou bem e agora tu és a prioridade! Mas tu tens de ter em mente que, chegando a hora do combate, nada é mais importante do que tirar aquele titulo do bangalter!

Petrov: Sim eu sei, e por isso garanto que nem que seja a ultima coisa que faço hoje, aquele titulo é meu! E quando ganha-lo, vamos comemorar juntos!

Hunt (rindo): Assim me fazes corar. Agora vai lá e vence aquele titulo por todos que sofreram nas mãos dos DeLuxe!

Petrov da um abraço no amigo e então sai do departamento médico em direção ao seu balneário para se preparar para o Main Event.

**********

Luís: Ele acha mesmo que vai vencer o título com o Andrade e o Bangalter na Câmara?

Beja Todos que estão lá tem chances.

Luís: Chances teriam se não existisse Deluxe.

Beja: Mas Petrov e Hunt, lutaram no PPV Parceiros de Guerra e foram eliminados pelos atuais campeões Áses da Ilusão.

Luís: Agora teremos aquela luta? Vou dormir, me acorde quando começar Kid vs Fuinha.

Beja: Deixa disso, não vais falar nem dos desafiantes?

Luís: Timó e ChaZZ? Só se for para falar do ChaZZ, por que o Timó estava abraçando miúdos sujos antes de aparecer no Ultimo Vanguarda.


Raquel Jacob: Este combate é valido pelos Títulos Parceiros de Guerra, a caminho do ringue, os desafiantes, vindo de Lisboa e Porto, Portugal. Com o peso somado de 169 Kg, TIMÓ PEDROSO E CHAAAAZZ.

Luís: Olha a cara daquele Timó, vai trair o ChaZZ sem pensar.

Beja: Não sei Luís, eles estão bastante focados no título, vejo isso nos olhares.

Luís: Nos Olhares? Está virando marica? Parece o Felps


Raquel Jacob: Agora, vindo de São Paulo e um lugar desconhecido, pesando juntos 195 Kg, os atuais PARCEIROS DE GUERRA, ÁSES DA ILUUUSÃÃÃOO.

Beja: Eu adoro isso, veja essa interação com o público.

Luís: O que? Eles vão vir aqui?

Felps falando no microfone de Luís.

Felps: Cadê o grito da galera!

Beja: Que espetacular!

Luís: Pah! Isso é falta de respeito.

Os campeões entregam os títulos a Afonso Martins. Este que levanta o ouro enquanto o público aplaude o nove design do cinto, ele verifica os 4 lutadores, Camaleão e ChaZZ vão iniciar a contenta, que foi autorizada pelo juiz.

Os dois lutadores entram rapidamente em um teste de forças, que é vencida por Camaleão, este que aplica um Headbutt, lança-se as cordas e volta com um Big Boot, sequência de ChaZZ.

Camaleão levanta ChaZZ e aplica um DDT, o público se levanta, está sendo um ótimo começo para os campeões. Camaleão aponta para o parceiro, este que levanta os braços e pede o tag.

O tag e é feito em forma de “fist bump” e logo após é aplicado um Double Suplex, Felps não perde tempo e vai para o cover...1...2, mas ChaZZ não desiste. O brasileiro espera ChaZZ se levanta e corre em sua direção, mas é recebido com uma Clothesline que faz ele dar uma pirueta no ar antes de bater com as costa no chão.

Os dois lutadores estão no chão, se rastejando aos respectivos parceiros, ChaZZ consegue o tag e Felps ainda está na metade do caminho, Timó pega no pé de Felps e puxa-o, mas o brasileiro chuta o peito de Timó e se esforça para alcançar o parceiro.

ChaZZ sai de seu corner e joga Camaleão para fora com uma Clothesline que fez os dois caírem. Felps finalmente chega no corner, mas não há ninguém lá, o que dá chance para Timó encosta-lo no corner e aplicar vários Uppercuts no rosto do “Ás de espadas”.

Pedroso pega o brasileiro e faz um One Handed Bulldog, indo assim para o cover...1...2...Não, Felps levanta o braço. ChaZZ que já está em seu canto pede o tag, que foi feito por Timó. ChaZZ aplica um Suplex, ele anda até o canto onde Camaleão e goza com Felps que está rastejando ao seu parceiro.

ChaZZ levanta Felps, aplica um Uppercut, pega-o em seus braços, vira-se de frente ao Camaleão e aplica um fortíssimo Fallaway Slam. O mascarado dos Áses leva a mão a cabeça e chama o público batendo o pé nas escadas, enquanto isso é feito o Tag e Timó está novamente no ringue.

O lutador de Setúbal aplica um Uppercut, outro e outro, Felps anda tonto para trás e é acertado com um Bycicle Kick que vai ele cair como um fantoche no chão. Sem mais o que fazer, Timó vai para o cover acabar o combate...1...2...2,9...NÃO, Felps ainda está no combate.

Timó fica irritado e começa a bater no chão, levanta furioso e pega Felps para um Avalanche Backbreaker, mas o brasileiro não deixa e aplica um Inverted atomic drop, seguido de um Shoot kick na barriga e um Dropkick, Ótima sequência de Felps.

Ambos agora estão gatinhando aos seus parceiros e os dois conseguem os tag, agora estão ChaZZ e Camaleão no ringue, este último que corre para cima de ChaZZ e aplica uma Clothesline, outra e outra, Camaleão bate palmas e é seguido pelo público, quando ChaZZ se levanta, é aplicado um German Suplex.

Camaleão encosta no canto e sinaliza um Bycicle Kick, mas Timó puxa enforcando-o no canto do ringue e rapidamente desce da borda do mesmo, Timó vira para a torcida e diz “O meu golpe não!” seguido de uma gargalhada. Mas rapidamente Felps corre para cima dele e aplica um Spear, a “Espada do Ás” fura Timó.

Enquanto isso no ringue, outro Spear é aplicado, porem este pelo ChaZZ. O Cowboy olha para as arquibancadas, ri-se e chega perto do Camaleão. Puxa-o pela cabeça e vai desamarrando a máscara.

No estádio ecoa apupos e gritos de desespero, Camaleão balança a cabeça e puxa a máscara, porém é inevitável, ChaZZ consegue retirar a máscara do Camaleão. MAS CAMALEÃO ESTÁ COM A MASCARA DE CHAZZ POR BAIXO. ChaZZ não acredita e leva a mão a cabeça apavorado. SUPERKICK. “TACTICAL KICK”. CAIXA MISTERIO!!! Ótimo combo dos Áses...1...2...2,9...3...VITÓRIA DOS ÁSES DA ILUSÃO!!!


Raquel Jacob: Estes são seus vencedores e ainda Parceiros de Guerra, ÁSES DA ILUUUUSÃÃÃOOO!

Beja: Que combo foi aquele?

Luís: A luta foi terminada com o golpe do ChaZZ, que equipe sem repertorio.

Beja: Espera um pouco que Timó está entrando no ringue.

Camaleão está estendido no chão após a luta e Felps ajoelhado do seu lado com o braço na barriga. Timó entra no ringue e caminha até Felps. O lutador de Lisboa estende a mão, Felps dá uma risada e aceita o aperto de mão, seguido de um abraço, Timó ergue a mão do brasileiro, mas depois da um joelhada em sua barriga e depois OVERDREAMING! Camaleão se levanta, mas é pego por um Spear de ChaZZ. Timó ajuda ChaZZ a se levantar, este que ainda sente a Caixa Mistério.

Beja: Isto não se faz, são péssimos perdedores, como eles querem uma chance?

Luís: Lembra o que eu falei do Simão? Eu retiro, este gajo é ótimo.

Beja: É Timó.

Luís: Pare de ser como seu “heróizinho”, quer acabar que nem ele?

A imagem mostra Timó e ChaZZ erguendo os título sob apupos e depois jogando-os nos ainda campeões de duplas. Após isto a imagem se desvanece.

**********

Gabriel Martins esta a passear pelos backstages, mexendo no telemovel enquanto caminha. Sem notar o mesmo acaba por trombar em Alexander Randall, que lhe dá um empurrão e depois se ri de Martins.

Randall: Vê por onde andas pirralho, tiveste sorte uma vez mas podes não tê-la de novo!

Martins: Sorte? Achas que aquela minha vitória foi baseada em sorte? Tenho noticias fresquinhas para ti, tu não me consegues vencer!

Randall: Tu achas que só porque conseguiste tirar uma vitória da cartola agora és o todo poderoso, não Martins? Eu com um sopro te derrubo!

Martins: Ah sim, estou na tua frente, quero ver tu tentares algo!

Randall: Não, não vou gastar meu tempo contigo. Todos já sabem quem é melhor dentre nós.

Randall vira as costas ao português e começa a andar na outra direção.

Martins: Sabem mesmo, e fugindo assim tu só provas isso!

Alexander para e, num movimento rápido, corre para cima de Martins que esta a espera. Ambos começam a trocar séries de socos no meio do corredor. Alguns funcionários são rápidos a tentar separar ambos, mas nenhum para de lutar. No meio desse enfrentamento porem, Randall acerta um soco mais forte na barriga de Martins, antes de joga-lo de cabeça numa viga.

Gabriel fica caído depois de acerta a vida e Alexander começa a pisar na cabeça do oponente antes de joga-lo para o chão e deixar uma caixa grande cair sobre o mesmo. Vários funcionários agora tentam como podem segurar Randall, mas esse continua a atacar a cabeça do “Young Gun” sem parar. Por fim o galês prensa a cabeça de Gabriel contra a parede e finalmente se vai embora, como se nada tivesse acontecido.

Enquanto isso, paramédicos vem atender Martins, que é imobilizado e levado de maca para a ambulância, acompanhado de vários Road Agents. Por fim o lutador é levado para o hospital.


**********

A imagem surge na zona de entrevistas rápidas onde se vê Kevin Gunn a chegar com um olhar bastante sério, vestido com umas calças de ganga e um casaco de cabedal aberto sem t-shirt por baixo acompanhado porJack Neville com o seu habitual e imaculado fato e gravata com os seus óculos Ray-Ban. Está um entrevistador de microfone em punho olhando para Kevin Gunn que troca algumas palavras com Jack Neville.

O entrevistador faz uma expressão de quem vai colocar uma questão a Kevin Gunn mas é de imediato empurrado contra o cenário de entrevistas rápidas com uma queda que faz imenso alarido tanto pela sua brutalidade como pelo barulho. O microfone entretanto caiu para o chão e Jack Neville com uma postura estranhamente cordial pega nele e pousa os óculos de sol um pouco mais para a ponta do nariz dando para ver os seus olhos.

Kevin Gunn ajeita ligeiramente o seu casaco de cabedal e faz uma postura tanto séria como intensa olhando para a câmera, ficando lado a lado com Neville.


Jack Neville: Senhoras e senhores... O meu cliente... E o próximo Campeão Supremo da Vanguarda da Luta Livre... Mostrem o vosso entusiasmo, respeito e admiração pelo grande "Son of Violence"... Kevin Gunn!

Kevin Gunn recebe o microfone que lhe é respeitosamente entregue por Jack Neville, olhando para o seu manager.

Kevin Gunn: You really know how to make an entrance, ey mate?

Jack Neville sorri e gesticula afirmando que é o seu trabalho e Kevin Gunn com um olhar arrogante fixa o olhar na câmera.

Kevin Gunn: É verdade, estou de volta. É verdade, Jack Neville é o meu manager outra vez. Decerto algumas pessoas estarão surpreendidas mas eu passo a explicar... Este homem aqui a meu lado é um dos maiores cérebros do Wrestling que alguma vez existiu... Tem um olho para talento como ninguém e se duvidam... a prova viva sou eu mesmo.

Kevin Gunn roda um pouco o microfone na sua mão, voltando a mantê-lo fixo para falar.

Kevin Gunn: Mas embora eu tenha todo esse talento que levou este grande homem a apostar em mim... A Vanguarda da Luta Livre até hoje parece não achar o mesmo... Vou-vos contar algumas histórias que talvez desconheçam. Quando cheguei a esta federação, rapidamente fui um nome que deu que falar, se repararem, fiz um nome aqui rapidamente vencendo o Yuri Petrov que agora parece que é uma grande estrela aqui... Já não me lembro se o venci duas, três ou até mesmo quatro vezes...

Jack Neville faz um pouco de troça de Yuri Petrov perante um sério Kevin Gunn.

Kevin Gunn: E é então que um dos maiores de sempre, Ricardo Soares, procurava um bom desafio para um dos últimos combates da sua carreira... Eu desde logo manifestei o meu interesse em lutar com ele. Mas Américo Amorim e o seu grupo de lambe-botas, desde logo acharam isso uma péssima ideia e o combate de reforma de Ricardo Soares teria que ser entregue áquela grande e promissora estrela... Jorge Gante que segundo a anterior direcção era e seria sempre muito mais lucrativo do que Kevin Gunn.

Kevin Gunn bate com o microfone no queixo repetidamente.

Kevin Gunn: Yours truly, Kevin Gunn, teve de provocar Ricardo Soares quinhentas vezes para ter o combate que a Vanguarda da Luta Livre não queria que acontecesse... E surpreendentemente... Ou talvez não... Foi só o combate do ano. Mas é então que a Vanguarda da Luta Livre na sua infinita sabedoria, mais uma vez, decide por Kevin Gunn a lutar contra aquele pequeno merda Lasombra...

Jack Neville acena com a cabeça.

Kevin Gunn: E a Vanguarda da Luta Livre ordenou a Kevin Gunn, que este simulasse uma grave lesão porque tal seria bom para promover Lasombra... como um lutador único e popular nesta federação. Mais uma vez, tal aconteceu e adivinhem... Lasombra foi um flop, ainda teve tempo de voltar e ser um duplo flop.

Kevin Gunn começa a rir-se sozinho.

Kevin Gunn: A razão da minha dramática saída era que a Vanguarda da Luta Livre queria que eu desaparecesse numa escuridão de luzes pretas e aparecesse como um justiceiro das Trevas, subordinado a Kevin Gunn. A mesma Vanguarda da Luta Livre que forçou Kevin Gunn a dar sorrisinhos aos fãs e assinar autógrafos aos vários idiotas que continuam a apoiar este tipo de lutadores que referi... A Vanguarda da Luta Livre conseguiu até virar-me contra o grande Jack Neville para o divertimento dos fãs e o nosso prejuízo!

Kevin Gunn bate com a mão nas costas de Jack Neville.

Kevin Gunn: Para mim, basta. Kevin Gunn é um inglês filho da puta, sedento de violência e de sangue dos seus adversários. Kevin Gunn não é um lambe-botas dos fãs da Vanguarda da Luta Livre e muito menos um lambe-botas dos idiotas de fato e gravata que se sentam nos seus escritórios enquanto eu deixo o meu sangue, suor e lágrimas naquele ringue. E reflectindo nisto, falei com o Jack Neville, acertamos o meu regresso e estou aqui para provar de uma vez por todas que Kevin Gunn...

O inglês cerra o seu punho esquerdo, levantando-o, segurando com o microfone na mão direita.

Kevin Gunn: Que Kevin Gunn é real. Kevin Gunn vai ser uma estrela, Kevin Gunn é o lutador mais talentoso deste balneário, Kevin Gunn não pertence perto de Jorge Gantes, Lasombras e Darren Keanes... Kevin Gunn pertence ao topo... Eu, Kevin Gunn serei Campeão Supremo... e enquanto não o for, farei um caminho cheio de caos, destruição e sofrimento dos meus adversários... a começar... hoje!

Kevin Gunn atira o microfone para o chão e abandona a zona de entrevistas lado-a-lado com Jack Neville.

**********

Beja: Espero que o Martins esteja bem, os ataques pareceram muito fortes.

Luís: O Homem precisava de umas pancadas na cabeça para voltar ao mundo real, Randall mais uma vez mostrando a realidade as pessoas.

Beja: Nem quando o Martins sai de ambulância você tem dó?

Luís: Vejo como uma saída perfeita.

Beja: Vamos logo ao próximo tema, porque você nunca vai entender essas coisas.

Luís: Parece que o louco do Caim fez um vídeo para nós.

Beja: Vamos Ver o que ele tem a dizer.

O ecrã fica preto por alguns segundos e quando volta vemos Caim Ezequiel, este que está com uma túnica branca em detalhes verdes. O lutador está em uma igreja enorme, com várias imagens de santos, paredes pintadas com cenas bíblicas, e detalhes em ouro nas colunas.

Caim: In Nomine Patris… Et Filii… Et Spiritus Sancti… Boa Noite, como sabem, sou o Escolhido de Jesus, Caim Ezequiel e sempre que eu me comunicava com vocês, eu passava raros ensinamentos e lições que salvariam as vossas almas.

Caim bebe um pouco de vinho que estava em um cálice de ouro.

Caim: Após longos meses tentando salvar pessoas que eu nem conheço, vocês comemoram a vitória daquele que se intitula uma promessa, está é minha promessa a vós. Não voltarei nunca mais a este programa, estou cansado de fazer atitudes altruístas e ser apupado, perdi minhas esperanças, infelizmente deixarei vocês para morrerem no inferno.

Caim divide um pão ao meio e come.

Caim: A partir deste momento, estarei peregrinando pela Europa para combater o Roubo, a calunia, a libidinagem, a cobiça, o homossexualismo e o ateísmo. Estarei também, nesta bela igreja que o Senhor nos enviou, realizando missas.

Caim une as mãos e começa a rezar, desta forma a imagem se desvanece.

**********
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RESSURREIÇÃO SUPREMA II (PPV 10#) - (30/03/14)

Mensagem por vlladmin em Seg 31 Mar 2014, 11:17

Beja: Agora teremos um confronto que já há muito tempo passou do limite desportivo. Antes Parceiros de Guerra, Arsénio Fuinha e Eustass Kid estão aqui hoje para acabar com suas diferenças, de uma vez por todas!

Luís: Tudo isso começou quando Eustass Kid traiu o parceiro e custou-lhe a chance de ser Campeão da Vanguarda, tudo por inveja!

Beja: Não vás por ai. Eustass invadiu a luta entre Petrov e Arsénio pelo titulo e tentou ajudar seu parceiro, mas o russo foi inteligente e se desviou de um chair shot de Eustass Kid que acertou em cheio Fuinha e custou-lhe o titulo.

Luís: Isso é o que tu dizes! Todos sabemos que foi de propósito.

Raquel Jacobs: Senhoras e senhores, o combate a seguir esta agendado para uma derrota! Introduzindo primeiro de Alfama, Lisboa, pesando 91 quilos e acompanhado por Lucas Brandão, O “VERDADEIRO PROFESSOR” ARSÉNIO FUIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIINHA!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU!

Luís: Esse injustiçado agora corre atrás de uma chance de vingança e aqui ele a tem!

Beja: Cá para mim o Lucas só o esta a usar para atacar o primo!

Lucas Brandão se dirige a mesa dos comentadores, onde senta numa cadeira vazia e recebe o pequeno microfone

Beja: E tu estas aqui porque?

Luís: Cala-te Beja, respeita o homem!

Brandão: Beja, eu também não gosto de ter de dividir esse espaço contigo, mas fui convidado a comentar o combate e é isso que pretendo fazer!

Raquel Jacobs: E seu oponente, da Cidade do Porto, pesando 102 quilos, O “CIRURGIÃO DA MORTE” EUSTASS KIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIID!

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!

Beja: Eustass Kid pode não ser o competidor mais honesto da vanguarda, mas já provou seu valor. Ele é atualmente o campeão com maior reinado da história da Vanguarda!

Luís: Tudo isso apenas por causa dos parceiros! O Eustass sempre adorou se esconder atrás dos parceiros e depois esfaqueá-los pelas costas!

Brandão: Eu admito que o Eustass seja um bom competidor, mas ele não entende nada de negócios e coisas do tipo, e por isso nunca será melhor que o Arsénio!

A raiva esta estampada na cara de ambos os lutadores. Eustass e Arsénio parecem dois tubarões se rondando, esperando apenas o sinal para se atacarem. A tensão é sentida de longe enquanto o arbitro David Peralta checa os ex-parceiros. Tudo parece pronto e o sino é tocado, porem Eustass e Arsénio não se mexem e ficam se estudando por breves momentos. A tensão entre ambos parece criar uma barreira entre eles. Finalmente ambos sorriem um para o outro e se atacam vorazmente! Eles começam a trocar socos que mais parecem pedradas no meio do ringue.

Nenhum dos lutadores parece sentir os fortes murros desferidos pelo outro, estando ambos apenas focados em socar o oponente o mais forte que podem. Isso força David Peralta a intervir já no começo do combate, separando ambos os lutadores. Eustass e Arsénio voltam para seus cantos, mas assim que são liberados voltam a carga, só que dessa vez é o “Cirurgião da Morte” que toma vantagem, escapando do Clothesline que Fuinha tenta e acertando um German Suplex. Sem perder tempo Eustass monta no antigo parceiro e começa a desferir mais socos no mesmo sem parar.

Em menos de um minuto, David Peralta tem de intervir novamente, separando Eustass de Fuinha, mas Kid apenas espera Arsénio se levantar para aplicar um Step Up Enzuigiri que manda o “Verdadeiro Professor” para o canto. Isso leva o médico a aplicar um forte Dropkick que “senta” Arsénio Fuinha no canto. Eustass esta a espumar de raiva nesse inicio de combate, erguendo o oponente e o sentando no topo do canto, de onde tenta um Hurricanrana. Arsénio, porém, se segura nas cordas e faz o oponente cair de costas no chão.

Essa pequena abertura é aproveitada por Fuinha que logo aplica um Diving Elbow Drop! Esse acerta em cheio no peito de Kid, que ainda tenta se erguer, mas é parado por um Suplex de seu oponente. Lucas fica a gritar para seu pupilo da mesa dos comentadores e Arsénio responde com um Neckbreaker de grande impacto no oponente. Agora é a vez do “Verdadeiro Professor” montar em cima do oponente e começar a desferir fortes socos contra seu ex-parceiro, forçando o arbitro a intervir novamente.

Fuinha é empurrado para longe de seu oponente pelo arbitro e se encosta-se às cordas, onde é possível ver o olhar de ódio do lisboeta. Assim que David Peralta sai da sua frente, Arsénio acerta um Leg Drop em Eustass, que rola para o canto mais próximo. Kid tenta se erguer apoiado no canto, mas acaba vitima de uma sequencia forte de socos do “Verdadeiro Professor” que termina com um DTT no “Cirurgião da Morte”.

De seguida Arsénio vai para o primeiro assentamento do combate, 1, kickout! Fuinha não consegue nem chegar a 2! Nem Arsénio nem Brandão acreditam na rapidez do kickout, mas logo o ex-Candidato ao titulo da Vanguarda se recompõe e prepara um Sumário. É melhor Eustass estar preparado, porque seu oponente o rodeia como um tubarão! Kid se põe de pé e Sumário! Não! Kid passa por baixo do braço do oponente e depois aplica vários European Uppercuts seguidos de um Leg Larait!

Com uma sequencia explosiva, o “Cirurgião da Morte” volta à luta e já lança o oponente as cordas para um Tilt-a-Whirl Backbreaker! Sem perder tempo Eustass levanta o oponente já em posição de Hammerlock legsweep DDT, plantando Fuinha no ringue! A raiva esta por toda a parte na cara de Eustass, que assim que Arsénio se levanta aplica um Shining Wizard! A torcida esta do lado de Kid, algo bem incomum, mas que hoje esta bem claro.

Agora Eustass começa a gritar para Fuinha enquanto esse se levanta. Depois o médico se posiciona para um Shambles, o que parece apavorar Brandão, que grita para esse parar da mesa dos comentaristas. Kid vira para ele e manda o primo se calar, mas esse pequeno espaço de tempo é suficiente para Fuinha aplicar-lhe um Roll-up! 1, 2, kickout! Eustass escapa do Roll-

Up mas não escapa do Spinebuster que vem logo a seguir! Brandão por outro lado aplaude a atitude de Fuinha.

No ringue, Arsénio espera o oponente se levantar e aplica um poderoso Big Boot seguido por um Elbow Drop. Fuinha consegue recuperar o controle do combate. Agora o mesmo espera seu antigo parceiro se levantar e aplica um forte Powerslam que deixa Eustass imóvel. A torcida apua muito o “Verdadeiro Professor”, mas esse parece concentrado em apenas uma coisa. Enquanto isso o campeão com reinado mais longo de sempre na VLL, Eustass Kid, se levanta lentamente e sofre um devastador Sumário!

Assentamento 1, 2, KICKOUT! Eustass escapa no ultimo minuto! Fuinha não acredita e encarar o ex-parceiro, ainda caído, com um olhar que mistura a raiva e a surpresa de o mesmo ter escapado do golpe. Porém ele volta à carga com uma forte sequencia de socos no oponente antes de ser tirado de cima de Kid pelo arbitro. Eustass tenta se levantar, mas Arsénio não permite isso e aplica um Neckbreaker!

O “Verdadeiro Professor” não da espaço ou tempo para que seu oponente tente alguma coisa. Novamente Kid tenta se levantar e novamente é pego “em flagrante”. Desta vez porem Arsénio conecta um Sleeper Hold! Fuinha esta com a luta em mãos, mas o “Cirurgião da Morte” faz o que pode para escapar, se forçando a chegar às cordas. Nessa batalha de força, acaba por prevalecer Eustass que toca de leve nas cordas, mas o suficiente para quebrar a submissão.

Fuinha não acredita na resistência do antigo parceiro e prepara outro Sumário. A torcida o apua muito forte, mas o mesmo parece determinado a nocautear o oponente. Kid se levanta e Arsénio vai com tudo contra o oponente, mas pela segunda vez no combate, Eustass é capaz de escapar do finisher do oponente... E APLICA UM SHAMBLES! Aparentemente dominado, Eustass tira um coelho da cartola e deixa o oponente caído no chão!

Brandão se desespera na mesa dos comentaristas e se levanta, indo em direção ao ringue enquanto seu primo abre a contagem, 1, 2, Brandão puxa o referee para fora do ringue! Brandão salva Arsénio da derrota certa, o que deixa Eustass furioso! Ele não acredita no que esta acontecendo e vai para fora do ringue discutir com seu primo e o referee. Enquanto isso Arsénio também sai do ringue e pega uma cadeira, voltando para o ringue de seguida.

Eustass perde a paciência do lado de fora e tenta atacar seu primo, mas é impedido por David Peralta que o manda voltar para o ringue enquanto tenta expulsar Brandão. Kid obedece e

volta para o ringue, onde Arsénio bate com a cadeira no ringue e a joga para Eustass, que segura à mesma, perplexo. Nisso Fuinha se joga no ringue e cobre o rosto enquanto Peralta se vira para ver o que aconteceu e vê Eustass com uma cadeira na mão e Fuinha caído após ouvir o som da cadeirada.

Kid se apercebe do que esta prestes a acontecer e tenta ir falar com o arbitro, mas esse já tem a decisão tomada e encerra o combate em desqualificação.


Raquel Jacobs: O vencedor desse combate por desqualificação, O “VERDADEIRO PROFESSOR” ARSÉNIO FUIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIINHA!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU!

Eustass Kid não acredita no que ouve e parte para cima de seu oponente, mas Arsénio já esta fora do ringue correndo para os balneários. Brandão porem ainda esta contornando o ringue, e vê o “Cirurgião da Morte” o interceptar. Lucas tenta argumentar com o primo para que esse o deixe passar, mas Eustass se limita a dar um soco na barriga do primo e manda-lo de volta para o ringue. A torcida parece ansiosa pelo que esta por vir e... Shambles! Lucas Brandão é plantado de cabeça no ringue!

Eustass então fica encarando Fuinha, que da entrada avisa que a aula esta terminada. Ambos ficam se olhando com Arsénio sorrindo e Kid sério.


Luís: Que absurdo! O Eustass foi obviamente vencido e agora desconta a sua raiva num homem inocente?! Ele tem de ser punido!

Beja: Punido? Eu só vi o Eustass ser descaradamente roubado e tirar satisfações com o maior culpado!

Luís: A culpa não é do Brandão se o Eustass não é capaz de perceber uma armadilha!

Beja: E achas certo o que o Arsénio fez?

Luís: Ele apenas foi inteligente! A culpa dessa derrota não é de ninguém além do Eustass Kid!

**********

Vemos Pedro Lombarda com um fato preto, ao seu lado está Horácio com uma camiseta branca, calça de mesma cor e sua tradicional pintura de rosto, ao lado dele, temos dois seguranças altos e fortes que olhavam fixamente ao Lutador, sem nenhuma expressão.

Lombarda: Boa noite Vanguarda, eu sou Pedro Lombarda e hoje temos a nova contratação da VLL, Horácio!

Horácio ficava tentando fazer os seguranças rirem, mas não conseguia, ele também abria e fechava a mão rapidamente, além de olhar para os lados como se esperasse alguém.

Lombarda: Horácio, o que você sente por estar em uma companhia como a VLL?

Horácio: Sinto? O que eu sinto? Esses homens são muito chatos, não sentem nem cocegas.

Horácio faz cocegas em um dos seguranças, o homem só tem o trabalho de pega-lo e vira-lo para a câmera, enquanto isso Horácio ria-se.

Lombarda: Certo!? Vamos a próxima pergunta, qual o seu objetivo na VLL?

Horácio: Olha a o que eu tirei do meu nariz! Parece o Papai Noel.

Lombarda se afasta e fica ainda mais confuso, enquanto os seguranças repetem o procedimento e voltam o Lutador ao foco da câmera. Mas Horácio pula, dá um beijinho no segurança, sai correndo e cantarolando.

Horácio: Vou Explodir a VLL , e seus lutadores, todos vão sofrer, isso é o que eu vou fazer, depois vou cheirar meu dedo de novo.

Os Seguranças correm atrás do Psicopata e a imagem foca em Lombarda que está com a mão na cabeça.

Lombarda: Esse foi!? Esse é!? Não sei mais o que estou fazendo aqui.

A imagem desvanece com o Lombarda a andar de um lado para o outro.

**********

Vemos o nome “DeLuxe” fixado na parede. A câmara afasta-se e vemos um balneário luxuoso e aprumado que pertence aos DeLuxe SAD. Dentro do balneário vemos Michel-Baptiste Bangalter, com o cinto de campeão Supremo, acompanhado de António Andrade. Não há qualquer sinal de Filipe Azevedo ou Sebastião Fonseca.

Bangalter: Muita coisa se vai passar neste combate, mas aquilo que realmente nos importa é que eu saia de lá campeão Supremo.

António: Eu sei qual a minha função, está descansado.

Bangalter aprecia o seu sinto.

António:
Não me leve a mal se eu pegar pesado no Vinícius…

Bangalter: Estás à vontade… Mas há mais lutadores além do Vinícius, não podemos menosprezar ninguém.

António: Eu sei, já levo isso em conta. Mas tenho assuntos a tratar com o Vinícius, você sabe disso.

Bangalter: Sei, e foi por isso que te dei esta oportunidade de entrares nos DeLuxe. Tenho a certeza que vais dar uma lição ao Vinícius dentro da Câmara.

António: Vou destruí-lo! Dentro da Câmara não tem por onde fugir.

Bangalter: É exatamente com essa atitude com que te quero ver dentro da Câmara. Esperemos que a sorte não nos faça entrar em primeiros no combate. Temo de ter cuidado com isso, seria bom se ficássemos para últimos.

António: Eu não me importo de iniciar o combate com o Vinícius…

Bangalter: Não te preocupes com a ordem, terás tempo para lidar com o Vinícius… Tu ajudas-me com o título e eu ajudo-te com o Vinícius, saímos todos a ganhar.

António e Bangalter apertam as mãos e o francês esboça um sorriso de satisfação na cara.

**********

A imagem aparece na casa de Ivan Guzzo, o novato da VLL, este que está em pé em frente a uma mesa com um pano vermelho e veste um fato preto.

Ivan: Boas malta, sou o novo lutador da VLL, o Ilusionista, Ivan Guzzo. E hoje trago até vocês um espetáculo que geralmente faço pelas ruas de Lisboa, mas com pequenas alterações.

Ivan faz surgir uma moeda de 5 cents em sua mão.

Ivan: Este sou eu hoje, uma moeda pequena e sem grande valor. Aposto que vocês normalmente deixaria está moeda de lado ou recusariam ele como troco, porem se vocês apostarem nesta moeda.

Ivan passa a mão na moeda e ela se transforma em uma moeda de 1 euro.

Ivan: Ela se transforma em uma moeda que vocês não deixariam passar despercebido. Mas vamos deixar o dinheiro de lado, pois este já causou muitos problemas ao País.

Ivan pega agora uma pequena bolinha de ping-pong que está em baixo da mesa.

Ivan: Agora falando do meu adversário, estão vendo está bolinha? Então, este é nosso motociclista com problemas psicológicos de cá, posso chamar assim?

Guzzo puxa um pano vermelho e deixa a bolinha em cima da mesa.

Ivan: Isto é o que vai acontecer com o motociclista, na próxima luta dele.

Ivan Coloca o pano em cima da bolinha e quando retira, a bolinha não está mais sobre a mesa.

Ivan: É isso, obrigado por assistirem o espetáculo.

Ivan cruza os braços e a imagem se desvanece

**********


Última edição por vlladmin em Seg 31 Mar 2014, 11:25, editado 2 vez(es)
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RESSURREIÇÃO SUPREMA II (PPV 10#) - (30/03/14)

Mensagem por vlladmin em Seg 31 Mar 2014, 11:17

Luís: Finalmente chegou a hora do main-event! A Câmara dos Horrores!

Beja: Tem sido um excelente PPV até agora e tenho a certeza de que este combate será a ‘cereja no topo do bolo’.

Luís: Será uma tarefa muito complicada para o campeão Bangalter já que terá pela frente outros cinco competidores!

Beja: Sim, Luís. Mas não nos podemos esquecer que o António é membro dos DeLuxe.



Luís:
Essa será uma vantagem para o nosso campeão!

As luzes apagam-se e a arena permanece às escuras durante alguns segundos. Uma luz incide sobre o ringue e vemos uma jaula de aço descer lentamente para contentamento do público que demonstra a sua curiosidade e excitação para este combate. Os árbitros designados para controlar este combate vão verificar se está tudo em ordem com a jaula.

Raquel Jacob:
Senhoras e senhores, é hora do main-event do Ressurreição Suprema! Este combate será uma Câmara dos Horrores pelo título Supremo! As regras são as seguintes: quatro lutadores serão fechados nas suas respetivas câmaras enquanto dois lutadores começarão o combate em ringue. Ao fim de quatro minutos um lutador será sorteado para entrar no combate. As únicas formas para eliminar são através de pinfall ou submissão! O último lutador a ‘sobreviver’ após os outros cinco terem sido eliminados, será declarado vencedor e campeão Supremo!

Luís: Será o primeiro combate deste estilo realizado na VLL. Este é um dia histórico!

Beja: É. E com certeza alguém ficará na história quando sair vitorioso desta jaula!

Luís:
Este combate é um verdadeiro teste aos nossos lutadores! Todo este aço que reveste a estrutura vai fazer moça mesmo no mais resistente dos lutadores!

Beja: Concordo, Luís. Até o facto de ficarem fechados num câmara minúscula enquanto vêm os outros a combater é um teste psicológico.

Raquel Jacob: Introduzindo o primeiro participante, ele vem de Seine-Saint-Denis, França, pesando 89kgs, ele é o campeão Supremo, Michel-Baptiste Bangalter!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUHHHHHHHHHHHH!!!

Luís:
Aí está o nosso campeão! Terá uma noite dura pela frente!

Beja: Bangalter está a ser claramente posto à prova neste combate, veremos como se safa. Mas de uma coisa tenho a certeza: não será nada fácil para ele sair daqui campeão!

Bangalter para à entrada da câmara e observa toda a estrutura antes de entrar. Retira o cinto de campeão Supremo da sua cintura, beija-o e entrega ao árbitro que o encaminha e fecha na sua câmara.


Raquel Jacob:
Agora o segundo participante, vindo de São Petersburgo, Rússia, com um peso de 135kg, o campeão da Vanguarda Yuri Petrov!

YEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHH!!!

Beja: O Petrov tem aqui uma oportunidade de juntar os dois títulos individuais da VLL.

Luís: Venceu o Gabriel Martins para defender o título e ao mesmo tempo de qualificar. Este é o combate mais importante até agora da carreira do Petrov.

Beja: O crescimento deste lutador na VLL tem sido notável e o seu percurso faz-me acreditar que ele pode sair daqui campeão Supremo!

Yuri Petrov é sujeito ao mesmo procedimento de Bangalter. Entrega o seu título ao árbitro e é dirigido para a sua câmara.


Raquel Jacob:
O próximo participante vem Londres, Inglaterra, pesa 93kg, Kevin Gunn!

Beja: O Gunn conseguiu este lugar na Câmara dos Horrores depois de vencer o Frederico num combate muito disputado. Foi um regresso em cheio deste lutador.

Luís: Veremos se é desta que ele alcança o tão desejado título Supremo.

O inglês entra dentro da jaula e antes de ir para a sua câmara, dirige-se aos seus oponentes para algumas provocações.


Raquel Jacob:
E agora, vindo de Bahia, Brasil, com um peso total de 140kg, Vinícius Nunes!

YEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHH!!!!!!

Luís:
O menos favorito deste combate!



Beja:
O Vinícius já defrontou imensos adversários na VLL, já passou por imensa coisa e conseguiu sempre ultrapassar todas as dificuldades. Se há algum favorito neste combate, eu diria que é o Vinícius.

Luís: Ele nem devia estar neste combate! Perdeu o título para o Bangalter e ainda perdeu na sua desforra!

Beja: O Vinícius está aqui por mérito próprio. Ele colocou o seu lugar em jogo quando defrontou o Filipe Azevedo e venceu!

Luís: O Azevedo seria muito mais útil neste combate que o Vinícius.


Raquel Jacob: Vindo do Rio de Janeiro, Brasil, com um peso de 128kg, António Andrade!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

Beja:
Parece que o António vai ter uma tarefa difícil já que vai iniciar o combate.

Luís: O António está mais do que preparado para este combate. Ele é dos lutadores mais astutos da VLL, tenho a certeza que tem este combate bem estudado!


Raquel Jacob: E por último, vindo de Tomar com 87kg de peso, Diogo Lourenço!

O lutador demora a aparecer e desce a rampa algo queixoso devido ao ataque sofrido mais cedo no show. Ao entrar na câmara os árbitros perguntam-lhe se tem a certeza se quer entrar neste combate. O jovem não se intimida e responde de imediato que sim.

A entrada da jaula é fechada e os árbitros verificam se tudo está em ordem antes de dar início a este combate.


Marcos Mendes é o árbitro que comandará as ações dentro da jaula e David Peralta fica encarregue por abrir a saída da jaula. Mal Marcos Mendes dá início ao combate, António parte para cima de um magoado Diogo Lourenço. Encosta-o ao canto onde se encontra a câmara de Vinícius e começa a socar a cabeça do jovem português à medida que troca olhares com o seu primo. Agarra a cabeça de Diogo e atira-o para o chão e pontapeia-o enquanto este se levanta. Vai às cordas ganhar balanço e ataca com uma Big Boot! Assentamento, 1…2…2,5! António não esteve longe de eliminar já o primeiro adversário.

António vai pontapeando Diogo enquanto o português rasteja até um canto. António empurra-o contra o canto, esmagando o corpo de Diogo. António vai às cordas e ataca com uma Clothesline! Novo assentamento, 1…2… Diogo levanta o ombro! O jovem português vai resistindo como pode às investidas do brasileiro que o vai desgastando.

António ergue o seu oponente e ataca com um Shoulderbreaker! Diogo rebola para fora das cordas e fica parado no piso de aço. António vai calmamente ter com ele e ataca com um Leg Drop. Continua a pontapear Diogo enquanto Vinícius bate nas paredes da câmara. António vira a sua atenção para o seu primo e começa a discutir, deixando tempo para Diogo aplicar um roll-up! 1… António levanta-se rapidamente e começa a pontapear Diogo! Diogo fica no chão muito queixoso e António desfere uma Elbow Drop! Assentamento, 1…2…2,5 e Diogo volta a escapar!

António levanta-o, agarra-o pela cabeça e atira-o com as grades feitas por correntes de aço, mas com muita habilidade Diogo consegue segurar-se às correntes e atira-se para António com um Flying Crossbody! António começa a levantar-se agarrado às cordas e leva com uma clothesline que o faz cair de volta no ringue. Diogo ganha balanço nas cordas e salta sobre a primeira corda para um Missile Dropkick! Assentamento, 1…2… António escapa!

Diogo Lourenço está pela primeira vez no controlo deste combate e aproveita o ímpeto para atacar António com murros e pisadelas. António levanta-se e tenta retaliar mas é apagado num Enziguiri seguidode um Knee Drop! Diogo em vez de avançar para o assentamento prefere ir às cordas, corre até António que está deitado e ataca com um Shooting Star Press! O árbitro começa a contar, 1…2…3! Não! António escapa mesmo no fim! Incrível a capacidade de Diogo Lourenço ultrapassar todas as dores devido aos ataques sofridos esta noite.

Diogo levanta-se queixoso e cansado depois destas manobras e tenta levantar António, mas o brasileiro atinge-o com um soco na barriga, vai às cordas e ataca com um Running Knee Lift! António agarra nas pernas de Diogo e procura o Pain of Ignorance, mas o português esperneia e consegue empurrar António! Diogo ataca com uma clothesline, António levanta e leva com mais uma clothesline, o brasileiro ergue-se mais uma vez e agora é apanhado num Dropkick! António rebola até fora das cordas.

Diogo ganha balanço nas cordas, corre para António e salta por cima da primeira corda para aterrar em cima do corpo do brasileiro! Assentamento, 1…2…2,5! António escapa e Diogo está visivelmente cansado! O brasileiro aproveita o desgaste do jovem de Tomar e lança-o contra a câmara onde está Vinícius. António volta a golpear a cabeça de Diogo que está encostado à barreira da câmara de Vinícius enquanto troca impressões com o seu primo. Mais uma vez Diogo consegue aproveitar este momento e começar ele a atingir António encostando-o às cordas, quando começa a contagem decrescente para a entrada de um novo lutador!

Diogo continua a atingir socos na cabeça de António quando começam a piscar luzes sobre as câmaras dos quatro lutadores prontos para entrar. Diogo atinge António com um Angel’s Connection que faz António passar a primeira corda e cair dentro do ringue, no exacto momento em que Vinícius entra no combate! Vinícius estava mesmo na câmara ao lado de onde toda a ação se desenrolava e apanha Diogo de costas para lhe aplicar uma Brazilian Bomb mesmo no chão de aço! 1…2…3! Desta vez Diogo não conseguiu resistir e acabou mesmo eliminado!

Agora a luta é entre Vinícius e o seu primo António. Vinícius entra no ringue e parte para cima de António com um Lou Thesz Press e começa a socar a cabeça do seu primo. Vinícius levanta António e aplica um Suplex! Cover, 1…2… António escapa. Os dois trocam socos antes de se agarrarem um ao outro pelo pescoço e tentarem aplicar um Chokeslam um no outro! Há um momento de tensão com os dois a tentarem aplicar a mesma manobra um no outro, mas António pontapeia a barriga de Vinícius e aplica um DDT seguido de um Elbow Drop! Agarra as pernas de Vinícius para o assentamento, 1… Vinícius escapa!

António pontapeia o ex-campeão Supremo e lança-o para fora do ringue, agarra-o e lança-o contra as correntes de aço! Vinícius grita de dor enquanto António continua a empurrá-lo contra as correntes. António agarra Vinícius pelas costas e tenta um German Suplex mas o ex-campeão Supremo agarra-se às correntes e António não tem força para o levantar! Vinícius começa a dar cotoveladas no rosto de António antes de aplicar ele um German Suplex mesmo no piso de aço! Assentamento, 1…2…2,5! Foi por pouco!

Vinícius levanta António e lança-o contra a câmara onde está Petrov. Vinícius agarra a cabeça de António mas este responde com um soco na barriga e encosta Vinícius à câmara de Petrov e aplica uma Clothesline contra a câmara! Vinícius fica mal depois desta investida e António senta o seu primo no canto, sobe à terceira corda e prepara um Superplex! António agarra em Vinícius mas é empurrado e cai no tapete! Vinícius levanta-se no topo do canto e mergulha com um Northeast Splash! 1…2…2,9! Foi por muito pouco que António não foi eliminado!

Os dois lutadores ficam caídos no chão enquanto começa mais uma contagem decrescente para mais uma entrada… É Kevin Gunn! Gunn entra em ringue e apanha Vinícius que se levantava num European Uppercut! Vinícius cai no chão e o inglês começa a socá-lo na cabeça.

Os dois levantam-se e Gunn ataca com um Dropkick atirando Vinícius ao tapete, mas António aproveita que Gunn está de costas para um roll-up! 1…2… Gunn escapa! Gunn foi apanhado de surpresa mas levanta-se muito determinado e ataca António com um DDT! Os dois brasileiros rebolam para fora do ringue depois das manobras de Gunn!

Gunn vai ter com Vinícius e ataca com um Knee Drop. Vinícius vai-se levantando e Gunn começa a distribuir pontapés por todo o corpo do brasileiro, ganha algum balanço e ataca com um Running High Knee! Assentamento, 1…2…2,5 e Vinícius escapa! Gunn levanta-se e prepara um novo Running High Knee enquanto Vinícius se levanta. O brasileiro já está de pé e o britânico começa a correr, mas é apanhado no Spinebuster no aço! Vinícius a virar completamente o momentum para o seu lado! Assentamento, 1…2…3! Não! Parecia que Gunn estava acabado mas não!

Vinícius levanta Gunn e começa a socá-lo na cabeça. Gunn vai cambaleando para trás e Vinícius começa a correr em direção a ele, mas o britânico desvia-se e empurra Vinícius contra uma câmara vazia! Vinícius vai contra uma câmara destruindo-a por completo! Vinícius fica em péssimo estado e Gunn fica sentado encostado às grades da jaula devido ao cansaço.

Quem se movimento é António que vai ter com Gunn e começa a socá-lo na cabeça. O britânico consegue levantar-se e começar uma troca de socos lenta com António. O brasileiro encosta-se às cordas e levanta Gunn para um Back Body Drop para dentro do ringue! António decide ir até Vinícius fazer o assentamento, 1…2…3! MAS NÃO! VINÍCIUS COMPLETAMENTE ARRASADO AINDA CONSEGUE RESISTIR! António leva as mãos à cabeça, não consegue acreditar! Vinícius rebola para dentro do ringue enquanto António se levanta com a ajuda das grades.

Começa uma nova contagem decrescente e os três lutadores em combate ainda estão a recuperar. É Yuri Petrov quem entra! O russo entra em ringue cheio de energia e aplica um

DDT a Gunn e depois outro a Vinícius! Vai ter com António e ataca-o com um potente European Uppercut antes de o lançar para dentro do ringue. Três lutadores estão caídos e Petrov grita para o público que o aplaude. Petrov levanta António e aplica um Enziguiri! 1…2…2,9! António ainda dura! Petrov levanta-o e lança António para um canto com um Irish Whip. O russo começa a correr para António mas é apanhado num Heel Kick de Gunn! Assentamento rápido, 1…2…2,5! Gunn apanhou Petrov desprevenido e quase o eliminou! Os dois levantam-se e trocam socos no centro do ringue. António que tinha ficado esquecido no canto vê a sua oportunidade e tenta arrumar os dois com uma Double Clothesline! O brasileiro corre mas tanto Petrov como Gunn esquivam-se e António vai contra Vinícius que já estava de pé e lhe aplica uma BRAZILIAN BOMB! 1…2…3! DESTA VEZ ANTÓNIO ESTÁ ARRUMADO!

Petrov e Gunn ficam impressionados depois deste ataque de Vinícius e ficam parados a olhar um para o outro. Os dois correm para Vinícius mas levam com uma Double Clothesline! Vinícius agarra em Gunn e aplica um Bahia Slam, dirige-se a Petrov e aplica um National Slam! Vinícius está no controlo do combate e aponta para a câmara onde esta Bangalter.

Ainda dentro da jaula está António, furioso depois de ter sido eliminado pelo seu primo. O árbitro encaminha-o para fora da jaula mas o brasileiro VOLTA ATRÁS E APLICA UM INTELECTUAL DRIVER A VINÍCIUS! Bangalter que está dentro da sua câmara sorri e mostra um rosto de satisfação! Quem aproveita estre contra-tempo é Gunn que aplica um London Calling em Vinícius! 1…2…3! VINÍCIUS É ELIMINADO! Toda a arena fica em choque ao ver Vinícius eliminado! António abandona a jaula e o árbitro David Peralta vai ajudar Vinícius a abandonar a jaula.

A atenção volta a centrar-se no combate entre Yuri Petrov e Kevin Gunn. Muita história existe entre estes dois lutadores, o caminho de Yuri Petrov na VLL iniciou-se contra Kevin Gunn. Ambos os lutadores estão no ringue e começam uma medição de forças. Petrov está mais fresco e começa a empurrar Gunn até ao canto para lhe desferir alguma potentes joelhadas. Petrov tenta um soco na cabeça mas Gunn baixa-se e escapa para fora do ringue rebolando por baixo da primeira corda. Petrov sai do ringue e leva um pontapé na cabeça! Gunn aproveita e aplica um Backbreaker! Assentamento, 1…2… Petrov levanta o ombro com autoridade! Gunn furioso começa a socar Petrov mas o russo empurra-o e desfere mas um European Uppercut e Gunn vai contra a câmara de Bangalter!

Petrov vai ter com Gunn e troca algumas palavras com Bangalter antes de aplicar um DDT ao britânico mesmo em frente ao campeão Supremo! Começa a contagem para a saída de Bangalter e Petrov fica a sorrir em frente à câmara enquanto espera pelo francês. Bangalter entra em stress ao ver que o russo está mesmo à sua espera e começa a bater nas paredes da sua câmara. A contagem termina e Bangalter tenta fechar a entrada da sua câmara! Petrov apercebe-se e ele próprio começa a abri-la! Bangalter não consegue superar a força de Petrov e atira-se para o chão ainda dentro da sua câmara! Petrov entra lentamente na câmara onde estava o francês, sempre com um sorriso na cara. Petrov prepara-se para atacar mas cai num roll-up de Kevin Gunn! 1…2…2,9! Petrov esteve muito próximo de ser eliminado!

Bangalter aproveita este momento e atira-se aos dois lutadores, socando-lhes a cabeça! Bangalter sorri para o público e faz sinal de que vai sair do combate como campeão. O francês levanta Petrov e atira-o para dentro do ringue, sobe o canto e prepara-se para o Augmenter, mas ao ver Kevin Gunn levantar-se, decide recuar e descer do canto para observar as ações do britânico.

Gunn entra no ringue e Petrov já se levanta, então o britânico começa a correr para um Running High Knee que Petrov evita! Gunn cai e levanta-se para cair numa Clothesline! Petrov continua as investidas em Gunn enquanto Bangalter observa e espera pelo melhor momento para atacar. Gunn está encostado ao canto a ser atingido por Petrov e Bangalter entra lentamente no ringue. Petrov lança Gunn para o outro canto com um Russian Whip e Gunn aproveita este balanço para atacar Bangalter, que fora surpreendido, com um Running High Knee! Gunn levanta-se, vira-se para Petrov e apanha com uma fortíssima Clothesline! Bangalter rebola para fora do ringue novamente enquanto Petrov e Gunn lutam mais uma vez.

Depois de uma troca de socos e pontapés, Gunn apanha Petrov para lhe aplicar um Piledriver só que o russo não se deixa levantar e contra-ataca com um Back Body Drop! Levanta Gunn e aplica a Bigorna! 1…2…3! O BRITÂNICO É ELIMINADO DESTE COMBATE! BANGALTER AGE RAPIDAMENTE E APANHA PETROV NUM ROLL-UP! 1…2…3! BANGALTER VENCE! NÃO! PETROV ESCAPOU ANTES DO 3! Bangalter não quer acrediter! Petrov levanta-se e desfere uma potente Clothesline no francês!

Bangalter recua até ao canto sempre falando para que Petrov não ataque, mas Petrov encosta-se ao francês e começa a insultá-lo até Bangalter atingir o seu olho e começar a atacar. Agarra a cabeça de Petrov para um Inverted Bulldog! Petrov está no tapete e Bangalter ataca com uma Elbow Drop! Bangalter agarra na cabeça do russo, levanta-o e ataca com um DDT! Bangalter está por cima no combate e grita isso mesmo para o público! Petrov começa a levantar e o francês ataca com um Running Swinging Neckbreaker! Bangalter faz sinal para o Augmenter e dirige-se para o canto, sobe ao topo e consegue! AUGMENTER! BANGALTER VAI PARA O ASSENTAMENTO, 1…2…3! NÃO! PETROV ESCAPOU DO PINFALL MESMO DEPOIS DO AUGMENTER! BANGALTER NÃO QUER ACREDITAR!

Bangalter leva as mãos à cabeça e fica desesperado! Petrov começa a levantar-se e o francês começa a desferir pisadelas e estaladas. O russo levanta-se mais uma vez e Bangalter preparar uma nova corrida para o Neckbreaker. Bangalter acelera e Petrov responde rapidamente com uma Clothesline! PETROV AGARRA FINALMENTE EM BANGALTER PARA A BIGORNA! PETROV TEM A VITÓRIA NAS MÃOS! ESTÁ TUDO PREPARADO MAS BANGALTER JOGA SUJO COM UM LOW BLOW! BANGALTER APROVEITA E ATACA COM UM ENZIGUIRI! PETROV ESTÁ CAÍDO E BANGALTER DIRIGE-SE PARA O CANTO PARA MAIS UM AUGMENTER! MAS O QUÊ! BANGALTER SOBE AO TOPO DE UMA CÂMARA! É DO TOPO DA CÂMARA QUE BANGALTER MERGULHA PARA O AUMENTER! 1…2…3! BANGALTER SOBREVIVER À CÂMARA DOS HORRERES!


Raquel Jacob: O vencedor deste combate e ainda campeão Supremo, Michel-Baptiste Bangaaaaaaaaaaaaaaaaaalter!

Luís: Incrível! O Bangalter apostou tudo nesta manobra suicida de venceu! Um campeão de luxo!

Beja: Foi um grande combate com um grande final! Digno de um grande evento como este!

Luís: A Era Bangalter continua e está para durar!

Beja: Vimos muito esforço e muita dor neste combate, todos os participantes estão de parabéns mas só o Bangalter tem motivos para sorrir!

Luís: Hoje o Bangalter provou a todos porque merece ser o campeão Supremo! Colocaram-no neste combate para testá-lo e ele venceu! Que mais dúvidas pode haver acerca deste homem?!

Beja: Tenho a certeza que teremos muitas novidades no próximo Vanguarda. Até lá, fiquem bem fãs da Vanguarda!

A imagem foca os DeLuxe a descerem a rampa e a entrarem na jaula para festejarem a vitória junto de Bangalter. Aparecem os créditos e a imagem escurece.
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RESSURREIÇÃO SUPREMA II (PPV 10#) - (30/03/14)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum