VANGUARDA 43# (RTP1) - (11/03/14)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

VANGUARDA 43# (RTP1) - (11/03/14)

Mensagem por vlladmin em Qui 06 Mar 2014, 06:11


COMBATE PRINCIPAL DA NOITE
ALEXANDER RANDALL VS. GABRIEL MARTINS
PELO LUGAR DE CANDIDATO PRINCIPAL AO TÍTULO DA VANGUARDA

*****
YURI PETROV VS. EUSTASS KID
FELPS VS. ANÍBAL FRAGAS
DIOGO LOURENÇO VS. FILIPE AZEVEDO
FELIPE SILVA VS ZÉ MACHADO
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 43# (RTP1) - (11/03/14)

Mensagem por vlladmin em Qua 12 Mar 2014, 10:27

A imagem foca Michel-Baptiste Bangalter, António Andrade, Filipe Azevedo e Sebastião Fonseca. Bangalter encontra-se como sempre de fato, bem empresarial. Sebastião segue os padrões do seu líder, no entanto António e Filipe encontram-se vestidos de forma mais casual, aliás Filipe encontra-se apenas com uma camisola promocional aos DeLuxe, vestindo por baixo o seu equipamento de combate. Ambos caminham pelos balneários do pavilhão de forma bastante apressada em direção a seção de escritórios do mesmo.

Bangalter lidera o caminho dos seus “amigos”. O mesmo para em frente ao escritório de Santiago Guerreiro e sem esperar entra no mesmo.

No entanto Bangalter depara-se apenas com GTM Cool, o antigo lutador da Vanguarda da Luta Livre encontra-se a vasculhar alguns livros numa estante junto a porta.


Michel-Baptiste Bangalter: Onde é que está o Guerreiro?

De forma rude Bangalter, o campeão Supremo, dirige-se para GTM Cool que parece levar um grande susto.

GTM Cool: O senhor presidente não está no pavilhão hoje, aliás ele foi para Angola durante a semana… Não o veremos durante uns tempos. Foi tratar lá de uns assuntos financeiros. Quem me colocou aqui foi o senhor Lousada… Qualquer coisa fale com ele…

Sebastião Fonseca: Certamente que você está a par do que nos pretendemos. De quem foi a ideia patética de realizar aquele combate no Ressurreição Suprema podemos saber?

GTM Cool: Como deve imaginar isso não é comigo…

António Andrade e Filipe Azevedo chegam-se a frente.

António Andrade: Com que então você não sabe de nada não é? O costume. Este povo é pior que minha família no Brasil!

António vira-se para Bangalter.

António: Isto é tudo obra do meu primo Vinícius! Olha para o que te digo cara. Ele é do pior. Ele certamente orquestrou tudo isto.

GTM Cool com uma voz baixa e serena interrompe o novo membro dos DeLuxe SAD.

GTM Cool: A única coisa que sei é que vocês os dois estarão nas qualificações para as quatro posições vagas do tal combate…

GTM Cool aponta para Filipe Azevedo e António Andrade.

António: Ainda para mais quer-nos virar uns contra os outros pela ganância do título. Ele não percebeu que isso não vai funcionar?

Filipe Azevedo: Por um lado até pode ser bom… Dá oportunidade de se nos qualificarmos de ajudar o Bangalter.

Bangalter encontra-se bastante pensativo neste momento, sentando-se num dos sofás do escritório.

GTM Cool: O senhor Guerreiro não gosta que ninguém se sente no seu escrito…

Sebastião: Já podes sair daqui!

Filipe intimida o ex-lutador da VLL a deixar o escritório rapidamente.

Bangalter: Vocês os dois tem de fazer de tudo para estar no combate. Ouviram bem? Mas por um lado quero tirar a prova dos nove aquele presidente mesquinho…

A imagem foca Bangalter com os dedos encostados a face enquanto desvanece mostrando um plano do mesmo bastante pensativo.

***

Luís Barreira: Bem-vindos a 43º edição da Vanguarda, aqui na RTP1. O meu nome é Luís Barreira e ao meu lado tenho o já conhecido e experiente Diogo Beja!

Diogo Beja: Olá a todos os espectadores da Vanguarda da Luta Livre. Mais um evento cheio de emoção hoje.

Luís: Hoje vamos coroar o novo candidato ao título de Petrov, que bem… Tem dado pouco que falar desde que o mesmo se virou para a equipa com Hunt…

Beja: Certamente que a partir de hoje o teremos mais em consideração, nem que seja porque teremos um novo candidato!

Luís: Para além disso temos mais ação e mais desenvolvimentos, Mayhem vai regressar para dirigir-se ao público da VLL e como já podemos ver os DeLuxe estão mais fortes que nunca com o grande Tony Filosofia!

Beja: Bem, isso é que eu já não acho tão espetacular, mas são opiniões.

Luís: A tua opinião também não conta… vamos para o primeiro combate da noite, onde um lutador se vai estrear…

Beja: É verdade, Luís. Zé Machado vai ter a sua estreia hoje e do pouco que conheço dele, é um lutador muito confiante nas suas capacidades.

Barreira: Eu gosto de lutadores assim. O Zé Machado adota uma postura confiante e esse é um grande passo para o sucesso.


Raquel Jacob: Senhoras e senhores, este combate está marcado para uma derrota. O primeiro lutador vem de São Paulo, Brasil, com um peso de 87,5kg, Felipe ‘Espartano’ Silva!

Luís: Este Filipe é só derrotas…

Beja: Tens razão Luís, mas repara que este é o primeiro combate de singulares do Felipe na VLL. Nas suas outras aparições ele participou numa Batalha Real, num combate de ameaça tripla e num combate de equipas.

Luís: E não venceu nenhum! Hoje terá o mesmo final!

Beja: O Felipe tem origens humildes e já afirmou que a VLL é uma grande oportunidade para ele. Ele sabe que não começou bem e encara este combate como uma última oportunidade para conquistar o seu lugar na VLL. Ele é muito trabalhador e sabendo que este combate pode definir o seu futuro na VLL e valer um contrato fixo, tenho a certeza que ele vai lutar com tudo.

Luís: Mas o seu trajeto até aqui não joga a seu favor…

Beja: Pois não, por isso ele está aqui hoje para virar as coisas para o seu lado. Eu acho que o Felipe tem futuro na VLL, tem um estilo diferente usando bases de capoeira para lutar. É um lutador sem exemplo no plantel da VLL.


Raquel Jacob: E o seu adversário, vindo de Aveiro e pesando 103kg, Zé Machado.

Luís: Ele vem com uma toalha na cabeça…

Beja: Talvez esteja a concentrar-se. Este combate também será muito importante para o Zé Machado. Começar com uma estreia é sempre muito bom para marcar impacto.

Luís: Eu acho que ele vai conseguir. Gosto da atitude dele e da sua confiança.

Beja: Olha, ele tirou a toalha. Usa um bigode…

Luís: Adorei!


Afonso Martins vai dirigir este combate e manda soar a campainha. Felipe Silva estende a sua mão para Zé Machado em sinal de desportivismo mas o português ignora e prende Felipe num headlock. Zé vai apertando a cabeça de Felipe, mas o brasileiro consegue empurrar o português contra as cordas mas Zé responde com um shoulder block! Elbow Drop de Machado e vai de seguida para a cover, 1… ainda era cedo para Felipe desistir!

Zé Machado agarra-se a Filipe para um Sleeper Hold! Felipe contorce-se e grita para tentar soltar a manobra. Vai rastejando e alcança as cordas. Zé Machado não tem outra opção a não ser soltar a manobra e é isso que faz. Felipe levanta-se e os dois trocam alguns socos antes do ‘Espartano’ atacar com um forte Uppercut! Zé Machado cai mas depressa se levanta para cair noutro Uppercut. Levanta-se mais uma vez e é apanhado por Felipe para um Suplex! Vai para o assentamento, 1… Zé Machado ainda dura!

O aveirense levanta-se furioso e tenta um soco mas Felipe esquiva-se. Machado está frustrado e ataca com uma sequência de socos, pontapés e rasteiras, todos eles evitados por Felipe com algumas acrobacias e movimentos de capoeira! Excelente demonstração de competitividade e agilidade por parte de Felipe Silva que deixou o público empolgado! Zé Machado fica incrédulo com os movimentos do ‘Espartano’ e é apanhado num Meia-Lua de Compasso! Excelente pontapé de Felipe que derruba Zé Machado e o faz rebolar até fora do ringue!

Zé Machado levanta-se fora do ringue e o seu rosto não engana, ele está chateado. No ringue, Felipe faz algumas danças de capoeira que deixaram o público entusiasmado. Zé Machado sobe ao apron e Felipe tenta atingi-lo mas ‘O Matador’ baixa-se, agarra na cabeça de Felipe e corre pelo apron para atirar a cabeça do brasileiro contra o canto!

Machado entra no ringue e começa a atacar as costas de Felipe com alguns socos para depois aplicar um Swinging Neckbreaker! Assentamento, 1…2… Felipe escapa! Zé Machado levanta-se e começa a pisar Felipe cheio de fúria, até que decide parar e olhar para o público dizendo que este combate é dele. O paulista aproveita este momento e atira Zé Machado ao chão com uma tesoura! Mais um excelente movimento de capoeira por parte de Felipe Silva!

Zé Machado está no chão e Felipe apanha-o para um Rear Naked Choke! O português está em péssima situação e estica-se para tentar chegar às cordas mas o ‘Espartano’ adiciona pressão e puxa Zé para que ele não consiga chegar aos limites do ringue e livrar-se da manobra. Zé Machado luta mas está difícil chegar às cordas, parece que vai ser o fim! Não! Zé Machado rebola e deixa Felipe com os ombros no chão! ZÉ MACHADO VAI VENCER! O árbitro começa a contar, 1…2…2,5! Zé Machado quase que tramava Felipe Silva!

Os dois lutadores levantam-se e trocam alguns socos, mas Felipe esquiva-se mais uma vez e agarra Zé Machado por trás. O português abana-se para se soltar e atinge o olho de Felipe com um Eye Poke. Zé Machado vai às cordas e no retorno ataca com uma Big Boot! Parte para o assentamento, 1…2… Felipe Silva escapa!

Zé Machado começa mais uma vez a pisar Felipe à medida que o brasileiro se levanta. Pega em Felipe para um Fallaway Slam mas o ‘Espartano’ luta e escapa de Zé para depois começar a
desferir socos e pontapés numa sequência muito rápida! Zé Machado é encostado ao canto e Felipe agarra-o para lhe ap
licar mais um Suplex mas Zé Machado reverte para um Flowing DDT!
Zé Machado levanta-se e começa a rodar o seu braço enquanto espera que Felipe se levante para desferir a Machadada Final! Felipe começa a erguer-se e Zé Machado corre para aplicar o seu movimento final, mas Felipe é muito rápido e atira-se para o português com um Corta Eucalipto Hurricanrana com o pinfall imediato! 1…2…2,9! Não! Zé Machado escapa mesmo no fim! Toda a arena estava convencida que isto era o final do combate!

Os dois lutadores voltam a levantar-se e Zé Machado, com a ajuda das cordas, é o primeiro a ficar de pé e a atacar com socos na cabeça de Felipe. Zé Machado agarra em Felipe e aplica um Fallaway Slam! Novamente, Zé Machado espera que Felipe se levanta para atacar com a Machadada Final. Felipe vai-se levantando, Zé Machado começa a correr mas é Felipe que ataca com o Meia-Lua de Compasso muito rapidamente! Vai para a cover, 1…2… Zé coloca o pé na corda… 3! Afonso Martins não viu o pé de Zé Machado na corda e termina assim o combate.


Felipe Silva rebola para fora do ringue e corre até à rampa e atira-se para o chão e levanta os braços em forma de festejo. No ringue, Zé Machado levanta-se e vai pedir explicações ao árbitro.

Raquel Jacob: O vencedor deste combate… Felipe Silva!

Luís: Que vergonha este Felipe Silva! O árbitro esteve do lado dele o tempo todo!

Beja: É uma pena que o combate tenha terminado desta forma controversa mas as prestações dos dois lutadores foram muito positivas.

Luís: Positiva foi a prestação do Zé Machado, isso sim. Agora este Felipe Silva e o árbitro Afonso Martins foram o aspecto negativo deste combate!

Beja: Não sejas tão exagerado, Luís. O Felipe empolgou o público com os seus movimentos de capoeira. Toda a arena ficou entusiasmada com os seus movimentos, tenho a certeza que ele está feliz com isso. Finalmente conseguiu a sua tão desejada vitória.

Luís: O Zé Machado foi pedir explicações ao árbitro, acho muito bem.

A imagem desvanece com Zé Machado a falar com o árbitro e a dizer que o pinfall foi ilegal porque ele tinha o pé nas cordas.

***

A imagem vai para os bastidores onde Mike Orzan, de fato de gravata, fato preto e gravata vermelha e calça preta, além de camisa branca e sapato castanho. Lombarda, estava meio receoso, mas iniciou a entrevista com seu jeito profissional de sempre.

Lombarda: Olá Orzan, percebemos que estás a mudar de atitude nos últimos tempos, o que se deve a essa mudança?

Orzan: Eu tive um péssimo mês de janeiro... Se eu terminei o ano de maneira convincente, 2014 começou muito mal... Mudei de atitude para voltar a ser relevante novamente , tudo é sobre melhorar de posição na VLL, quero ser grande.

Lombarda: E por isso atacaste o Lecter?

Orzan: O caso do Lecter, bem, eu já tinha problemas com ele e usei essa situação para me livrar de um inimigo e marcar minha posição na VLL...

Lombarda: E a parte do amor roubado? O que foi aquilo?

Orzan: Amor roubado?

Lombarda: Quando atacaste o Lecter, vimos que tu citaste uma possível paixão mal resolvida, o que foi aquilo?

Orzan: Ah! Sim! Eu tive meu amor negado, mas isso é assunto pessoal...

Lombarda, no seu tablet, faz slide para baixo.

Lombarda: Outra coisa… o que tu dizes sobre os rumores de uma possível aliança entre ti e o supervisor-geral Augusto Lousada?

Orzan: Não há aliança alguma, só quero que ele dê as oportunidades que eu mereço, trabalho muito e mereço oportunidades mais claras, não achas?

Lombarda: Não posso fazer esses juízos como deves imaginar… Mudando de assunto, como avalias o seu combate ao lado de Alexander Randall contra Ryo Tanaki e Gabriel Martins?

Orzan: Vi muita gente a falar de boca cheia, mas o mais importante eu consegui fazer, fiz de tudo para vencer, acho que mostrei do que sou capaz, foi isso que eu falei no Parceiros de Guerra, esse é o novo Orzan, e verão muito mais.

Lombarda: Obrigado pela entrevista e boa sorte no futuro!

Orzan: Obrigado, mas não precisas de me desejar sorte, pois eu faço a minha própria sorte…

Orzan saiu, deixando Lombarda desconfiado e a imagem voltou para mesa dos comentadores.

Luís: Gosto dele cada vez mais...

Beja: Ele não está errado, mas não sei se é alguém de confiança.

Luís: Ele tem um objetivo e quer alcançá-lo, custe o que custar, é disso que precisamos aqui dentro.

Beja: Talvez...

***

A imagem foca Frederico de Queirós, o lutador que recentemente regressou à Vanguarda da Luta Livre na condição de lutador percorre o espaço com um rosto fechado. Nisto Diogo Lourenço aborda-o.

Diogo Lourenço: Hey tu ai!

Fred continua a caminhar sem ligar a Lourenço, visto que o mesmo se encontra de fones nos ouvidos parece não conseguir ouvir o antigo campeão da Vanguarda.

Lourenço: Fred!

Diogo lança um grito que parece fazer acordar o lutador. O mesmo para e retira os fones.

Frederico de Queirós: O que é que tu queres? Estou a caminho do escritório do Lousada para discutir o meu combate de retorno. Não me chateies.

Fred continua a andar e coloca novamente os fones, Diogo Lourenço dá uma pequena corrida e agarra Frederico pelas costas.

Lourenço: Achaste bem o que fizeste na semana passada?

Fred volta a tirar os fones.

Fred: Quem é que tu achas que és para falar assim para mim?

Lourenço: Sou alguém que ficou extremamente irritado pela forma como agiste perante aquele aluno da ANW.

Fred: Por favor, como se tu não tivesses feito coisas piores no passado. Ou é suposto eu esquecer-me do quanto tu maltrataste o Ricardo Soares?

Lourenço: Eu não posso apagar os meus erros do passado. Aliás eu ia cometendo o mesmo erro agora com o Garrucho. Soube hoje que ele acabou despedido da VLL e sinceramente foi o melhor que aconteceu para mim.

Fred: Que moral. Dizer que alguém ser despedido é bom… Que patético que tu és.

Fred larga-se de Lourenço e dá um passo para trás.

Fred: É tipos como tu que mete este local uma autêntica merda…

O antigo membro dos Verno para o discurso de Fred.

Lourenço: Ele ter sido despedido fez-me pensar que eu se calhar estava errado, que estava a agir mal com ele e vir-te entrar neste pavilhão hoje, todo arrogante e com a mania que é o melhor despertou um sentimento em mim. Não consegui evitar de te chamar… Porque eu não me quero tornar alguém como tu.

Fred: Eu sou o primeiro campeão Supremo da história desta federação. Se não te queres tornar um campeão a sério… É contigo.

Lourenço: Eu também sou um ex-campeão, mas como tu não soube honrar o título que tinha. Tu tornaste-te num falhado. Foste despedido depois de perder para o Straight Johny…

Fred começa a ficar irritado com as palavras de Diogo Lourenço, o mesmo começa aliás a morder o lábio.

Lourenço: E agora voltas como se fosses o Deus disto? No teu tempo era muito mais fácil do que é agora amigo. Agora o jogo mudou e já que falaste em combate de retorno. Que tal o mesmo ser no Ressurreição? Não foi lá que tu deste o grande espetáculo contra o Kizua?

Fred: Achas que eu vou perder tempo contigo? Por favor…

Frederico vira costas a Diogo Lourenço, mas o mesmo parece continuar a falar.

Fred: Nem daqui a um milhão de anos tu vais estar ao meu nível rapaz. Eu sou o melhor lutador desta federação e no meu combate de retorno não vou lutar com um Zé Ninguém. Agora deixa-me ir, que o meu caminho é o evento principal do Ressurreição Suprema e não a tua pessoa!

Lourenço: Isso é o que vamos ver.

Diogo Lourenço sorri, enquanto a imagem desvanece.

***

Beja: Que grande confusão que para aqui vai, este evento ainda agora começou e já vemos aqui grandes questões a serem levantas!

Luís: Tipo o Fred foi treinador da ANW e o DL foi membro da ANW, nunca se sabe...

Beja: E são dois ex-campeões, um foi supremo e o outro da Vanguarda.

Luís: Isso promete! Mas o Fred é a minha aposta, gosto da nova atitude dele…

Beja: Mas agora vamos ver um vídeo de Vinícius Nunes, ele que não está no Vanguarda de hoje, vamos ver o que ele enviou.

Luís: O Vinícius não está no Pavilhão hoje? Deus ouviu minhas preces! Melhor Vanguarda de sempre!

A imagem foi até o quarto de Vinícius Nunes, que não era tão grande para uma mansão, mas tinha umas peculiaridades, pelo menos até onde à câmera mostrou. Retratos dos pais, dele com a noiva, poster do Bahia campeão brasileiro de 1988. Vinícius estava com seus shorts de luta e sem camisa.

Vinícius: Eu coloquei esse vídeo, pois no meu contrato diz que eu deveria sempre participar dos shows e como eu preferi não ir para a arena hoje, mandei esse material para explicar a minha situação em relação ao título supremo, entre outros aspetos.

Vinícius sorriu.

Vinícius: Minha reflexão sobre o caso é que só posso elogiar a atitude de Santiago Guerreiro em fazer do nosso décimo PPV algo de tão especial. Uma jaula com 6 lutadores que querem disputar o cinturão, e 5 deles querem tirar o posto de Bangalter como campeão supremo. Inclusive eu, o antigo campeão Supremo e que precisava de uma oportunidade em um lugar totalmente fechado para provar que eu sou o verdadeiro campeão dessa empresa.

Vinícius se levantou e pegou um papel, quando ele saiu a câmera não o acompanhou, ficou parada na mesma posição, dava para notar que não existia ninguém a comandando, ela estava em cima de algum lugar e Vinícius estava sozinho.

Vinícius: Esse papel mostra o meu retrospeto e como eu venci, perdi e empatei dentro da Vanguarda da Luta Livre, veja só.

Vinícius mostrou na câmera o papel com cada luta que ele fez e como ele venceu, perdeu ou empatou.

Vinícius: Vocês podem ver que até hoje na federação ou eu perdi por interferência externa, ou em um único caso, por causa do erro do árbitro, isso foi no Vanguarda 21 onde enfrentei o ex-campeão da Vanguarda Diogo Lourenço, claro que o Gante o ajudou muito, mas quando o árbitro não viu meu pé na corda, o Gante já estava fora...

Vinícius balançou a cabeça rapidamente, de forma negativa.

Vinícius: Porém não era sobre isso que eu vim falar, esse papel com eu retrospeto, só faz mostrar que eu nunca perdi de maneira limpa para qualquer lutador dessa companhia, e bem, e eu nunca perdi uma batalha sem desqualificações que não seja por interferência externa, portanto, posso me considerar um dos favoritos ali dentro, e posso dizer que só se todos os membros dos Deluxe desistirem de serem campeões para me tirar esse título, e a pergunta que eu deixo, será que Azevedo e Andrade vão abrir mão de um título inédito para ajudar Bangalter? Será francês, a pergunta é para ti também.

Vinícius deu sorrisinho de canto de boca.

Vinícius: Se eles tiverem um pouco de ambição, e se essa luta for cada um por si, posso garantir, estás tramado...

Vinícius saiu de cena novamente, provavelmente para guardar o papel, mas voltou de maneira rápida.

Vinícius: Depois de me posicionar como candidato à  tão falada Jaula e questionar até que ponto vai a lealdade dos Deluxe... Bem, deixa eu falar sobre Antonio Andrade... Ele tem falado demais, inclusive sobre meus amigos, coisa que ele não tem nada a ver, e eu posso muito bem explicar minhas amizades, apesar de isso não ser da sua conta, mas como eu respeito os fãs da VLL, vou acrescentar uns pontos.

Vinícius ficou com uma expressão mais séria.

Vinícius: Primeiramente, o Ricardo e eu nos falamos regularmente, pelo menos duas vezes por mês, e sei que ele está muito bem com a família dele, ele, a nora, o filho e até o netinho dele... Muito felizes e o Ricardo cuidando de sua saúde e fora do wrestling, por causa do problema no coração... O Rob, esse eu posso dizer que sumiu, eu tentei ligar pra ele, o Petrov até me falou que tentou o mesmo, mas ninguém sabe dele, parece que ele se mudou para um lugar longe, nem a mãe dele sabe onde o Rob está, mas sei que está bem, só não quer ser encontrado e esquecer toda aquela situação terrível com o Valente... Valente, desse eu quero distância, pois se provou um grande falso e por isso não quis e nem quero saber dele...

Vinícius respirou fundo.

Vinícius: Essa é a verdade... E foi por isso que eu fiz questão de que esse vídeo aparecesse no Vanguarda 43, então pessoal, desfrutem do resto do show.

A imagem desvanece.

Beja: Fortes palavras de Vinícius, esclarecedoras eu diria!

Luís: Blá-blá-blá!

Beja: O que?

Luís: Foi o que eu ouvi nesse vídeo chato, já estava com sono... Vamos passar para coisas mais importantes por amor de Deus!

***

Beja: Agora é altura para o confronto entre o Diogo Lourenço e o Filipe Azevedo, membro dos DeLuxe.

Luís: Vai ser um grande teste para o Diogo, já que a diferença de pesos é muito grande. Não será fácil para ele derrubar o Filipe Azevedo. E ainda para mais ele já esteve numa stable, sabe bem o que o pode esperar… Mas sinceramente eu não quero saber…

Beja: O Filipe Azevedo desde que entrou nos DeLuxe tem sido um auxílio para o Bangalter, vamos ver como é que ele se safe num combate individual contra um adversário talentoso como o Diogo Lourenço.

Luís: O Filipe Azevedo revelou-se mais importante que o Arsénio e o Eustass para os DeLuxe, uma vez que foi determinante para o Bangalter na conquista do título Supremo.


Raquel Jacob: Este combate está agendado para uma derrota. A caminho do ringue, vindo de Peniche e com um peso de 140kg, “A Bomba” Filipe Azevedo!

Beja: O Filipe é realmente um excelente atleta e no futuro pode assumir-se como um lutador de topo na VLL.

Luís: É bom ver o Filipe em ação para que ele possa demonstrar todo o seu talento e mostrar que não é apenas um guarda-costas do Bangalter. É um combate muito importante para ele.


Raquel Jacob: E o seu adversário vem de Tomar, com um peso de 87kg, Diogo Lourenço!

Beja: O Diogo, apesar das boas prestações, vem de duas derrotas. Este combate é também muito importante para o Diogo, por isso espero boas exibições por parte dos dois lutadores.
Luís: Derrotas são derrotas. O Filipe não quer saber se o Diogo vem de duas derrotas ou duas vitórias, ele está aqui para ganhar independentemente da condição do Diogo.

Beja: Vai ser uma disputa muito interessante entre a força do Filipe contra a velocidade do Diogo.


Filipe Azevedo vai até Diogo Lourenço e faz-lhe peito, porém o jovem não se deixa intimidar e David Peralta dá início ao combate. Filipe vai-se aproximando aos poucos do seu adversário e decide atacar com uma clothesline mas Diogo baixa-se e começa a desferir alguns pontapés nas pernas do DeLuxe. Azevedo responde com uma joelhada na barriga de Diogo e levanta-o para Body Slam mas o jovem de Tomar escapa e vai às cordas, só que Filipe Azevedo sai do ringue. Diogo para de correr e observa Filipe a gozá-lo fora do ringue. Sendo assim, Diogo volta às cordas e decide atirar-se para Filipe Azevedo com um Suicide Dive! Diogo Lourenço a colocar o seu corpo em jogo mas correu-lhe mal porque Filize Azevedo conseguiu apanhá-lo e empurrou-o contra a berma do ringue!

Diogo fica a queixar-se das costas enquanto Azevedo o atira para dentro do ringue. Azevedo sobe ao ringue e tenta agarrar Diogo, mas o ex-campeão da Vanguarda ataca com pontapés na cabeça de Filipe. Diogo levanta-se, vai às cordas e no retorno é apanhado numa clothesline da “Bomba”!

Filipe levanta Diogo e levanta-o num Military Press. Diogo contorce-se e consegue escapar das mãos de Filipe Azevedo, desce pelas suas costas e tenta um roll-up mas não tem força suficiente para levar “A Bomba” ao tapete. Filipe levanta Diogo pelo pescoço e ergue-o para um Powerslam, mas a agilidade de Diogo volta a jogar a seu favor e ele escapa mais uma vez e ataca a perna de Azevedo que cai de joelhos. Diogo vai às cordas e ataca com um Low Dropkick! Assentamento mas Filipe livra-se antes do 2.

Diogo Lourenço sobe ao canto e mergulha com um Diving Crossbody, mas Filipe que já se começava a levantar, consegue apanha-lo novamente no ar! Filipe anda pelo ringue com Diogo aos seus braços, mas o ex-Verno escapa mais uma vez e empurra-a Filipe que cai fora do ringue. O público aplaude Diogo, e este vai às cordas e volta a atirar-se para Filipe, desta vez com sucesso! Filipe foi contra a barreira de segurança.

Filipe sobe mais uma vez o canto e espera que Filipe se levante e mergulha num novo Diving Crossbody, desta vez para fora do ringue e também com sucesso! Excelente momento de Diogo Lourenço! Os dois lutadores ficam algo queixosos e levantam-se ao mesmo tempo. Diogo vai até Filipe mas leva o penicheiro agarra-o pelo pescoço e encosta-o ao ringue, esganando-o para depois o lançar para dentro do ringue.

Filipe sobe ao ringue e é atingido por um pontapé de Diogo. Filipe levanta-se e é apanhado num Dropkick de Diogo! Diogo manda Filipe levantar-se e volta a atacar, desta vez com um Swinging Neckbreaker! Filipe está caído no chão e Diogo passa por baixo da primeira corda e fica do lado de fora das cordas a observar Filipe a levantar-se. O homem dos DeLuxe já está de pé, Diogo agarra-se à corda, ganha balanço e atira-se para cima do ser adversário com um Flying Forearm Smash! Assentamento, 1…2…2,5! Filipe ainda dura!

Diogo Lourenço levanta-se e vai recuperando o fôlego. Neste momento Frederico de Queirós descia a rampa e sentou-se numa cadeira ao lado da mesa de comentários para assistir ao combate. Diogo observa-o e vai às cordas dizer para Fred não se meter neste combate porque não é assunto dele. Fred abre os braços dizendo que não tenciona fazer nada e que apenas está ali para assistir.

Diogo perde muito tempo com Fred e é apanhado num Samoan Drop de Filipe para um sorriso de Fred! Filipe levanta-se ainda com alguma dificuldade devido aos ataques sucessivos de Diogo e depois ataca o jovem high-flyer, que já estava de pé ainda cambaleante, com uma Big Boot! Filipe não vai para o assentamento, prefere lançar um olhar feroz para o público mostrando que está ali para fazer Diogo Lourenço sofrer.

“A Bomba” levanta Diogo e ataca com um poderoso Spinebuster! Cover, 1…2…2,5! Filipe Azevedo já venceu combates com o Spinebuster mas Diogo consegue safar-se! Frederico assistia ao combate e batia palmas para este esforço de Diogo. Filipe agarra na cabeça de Diogo e levanta-o, prendendo-o num Headlock e atingindo-o na barriga com joelhadas.
Filipe continua a agarrar a cabeça de Diogo e aplica um Swinging Neckbreaker! Nova cover, 1…2… Diogo escapa!

Filipe levanta Diogo mais uma vez e tenta mais um Powerslam mas Diogo volta a escapar, atinge-o com um pontapé e agarra-se às cordas para se equilibrar pois ainda está tonto dos ataques de Filipe. Filipe vira-se e troca um olhar com Diogo antes de o atacar com uma feroz Clothesline que faz os dois passarem a primeira corda e caírem fora do ringue.
Os lutadores levantam-se e Filipe tenta atingir Diogo mas é o jovem de Tomar que ataca com alguns socos na cabeça, agarra em Filipe e atira-o para cima de Fred! Diogo volta ao ringue enquanto Fred tira Filipe do seu caminho, tira o casaco e também ele sobe ao ringue e começa a agredir Diogo Lourenço! O árbitro manda soar a campainha!


Raquel Jacob: O vencedor deste combate por desqualificação, Diogo Lourenço!

Beja: Estava ser um óptimo combate, que má atitude por parte do Frederico.

Luís: Má atitude? O Diogo Lourenço é que mandou o Filipe para cima do Fred quando ele apenas estava aqui a assistir o combate sem fazer nada!

Beja: O Fred já parava era de pisar o Diogo, já lhe custou o combate.

No ringue, Frederico de Queirós continua a punir Diogo Lourenço com pisadelas e a gritar aos seus ouvidos que ele foi o primeiro campeão Supremo e que merece respeito por parte de um miúdo como Diogo Lourenço. Filipe Azevedo sobe ao ringue e encara Frederico. Os dois fazem ‘peito’ um ao outro. Diogo começa a levantar-se e Filipe começa a ataca-lo sobre o olhar de Fred que sorri antes de se juntar ao ataque a Diogo. Na rampa surge Phillip Hunt que desce até ao ringue e ataca Fred com uma Clothesline! Frederico abandona o ringue e observa Hunt atacar Filipe Azevedo. Hunt e Azevedo trocam socos antes de Diogo atacar Filipe com um Devil’s Bite! Filipe Azevedo rebola até fora do ringue e Hunt ajuda Diogo a manter-se de pé. A imagem desvanece.


Última edição por vlladmin em Qua 12 Mar 2014, 11:12, editado 1 vez(es)
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 43# (RTP1) - (11/03/14)

Mensagem por vlladmin em Qua 12 Mar 2014, 10:39

Gabriel Martins está passando pelos bastidores quando é encontra Lousada encostado a um baú, este ao ver Martins desencosta-se e barra-lhe o caminho.

Gabriel Martins: Sim? Algum problema?

Lousada: Não, nada de especial.

Gabriel Martins: Então se não se importar, saia da minha frente, eu gostava de passar

Lousada: Claro, saio já.

Lousada desvia-se e Martins passa.

Gabriel Martins : Obrigado.

Lousada : Ah! Gabriel.

Gabriel Martins: Sim?

Lousada: Cuidado por onde andas.

Gabriel Martins : A ameaçar-me?

Lousada : Não, nada disso, apenas preocupação de amigo, nunca se sabe de onde os acidentes podem surgir. Isto não é tudo um mar de rosas… A Vanguarda é um lugar perigoso, ainda para mais o presidente não anda por cá, sabe-se lá quem quer fazer mal a quem por aqui. Mais uma vez digo que como amigo estou a avisar-te!

Gabriel Martins (com um tom claramente sarcástico) : Obrigado pela preocupação, amigo...

Gabriel Martins continua o seu caminho, Lousada, com um sorriso na cara encosta-se novamente no baú de braços cruzados e de cabeça virada para Martins.

Arsénio Fuínha entra no pavilhão da Vanguarda pela sua porta principal. O mesmo faz-se pelo que se presume que seja o seu manager a partir de agora, Lucas Brandão.

Arsénio Fuínha: Tirem esta camera de cima de mim já… Uma pessoa não pode dar um passo aqui dentro sem ser filmado?

Lucas Brandão: Vocês não ouviram o que ele disse? Saiam daqui.

Os mesmos entram vestidos de forma casual, Arsénio com umas calças de ganga e uma camisola de manga longa preta. O mesmo não trás consigo nenhum saco, não indicando que vai competir hoje.

Arsénio: Já que estou a ser filmado, mesmo contra a minha vontade, a vontade do Professor mais profissional da VLL… Venho só dizer que isto é uma espécie de inspeção aos exames nacionais amigos….

Lucas sorri.

Arsénio: É altura de alguém chumbar!

Lucas Brandão manda a imagem cortar, enquanto ambos desaparecem ao passar a curva do corredor.

***



***

A imagem foca Zé Maravilha. Ao seu lado está Eustass Kid.

Zé Maravilha: Olá pessoal…Eu estou aqui com o Eustass Kid e...

Eustass (aproximando-se do microfone): Deixa-me adiantar-te trabalho. Vou directo ao assunto, eu sei que o Arsénio está cá no pavilhão, as novas tecnologias fazem milagres. Eu vi bem o que ele disse. Sinceramente pareceu-me que o mesmo tem intenções de colocar as mãos em mim, de alguma forma, no meu combate contra o Yuri Petrov nesta noite. Recomendo-o a não o fazer. Eu irei combate com ele mais cedo ou mais tarde, isso é evidente. Mas se ele me atrapalha hoje, no combate contra o campeão da Vanguarda… Vamos ter problemas e bastante sérios. Eu não gosto dele, ele não gosta de mim. As hipocrisias acabaram.

Eustass faz uma pequena pausa no discurso.

Eustass: Mas o meu grande problema é com o Lucas, o meu primo, não com ele. Por isso o Arsénio que se coloque no seu sítio de lacaio e deixe a minha vida em paz.

Eustass devolve o microfone a Zé Maravilha enquanto continua o seu caminho em direção ao ringue.

Maravilha: Bem e estas foram as palavras de Eustass Kid, que parece que cada vez mais se afirma contra o seu primo!

***

Beja: Depois disto, só posso constatar algo, parece que Yuri Petrov vs Eustass Kid não vai uma luta a dois… Vamos ter o Lucas e o Eustass à batatada…

Luís: Não te esqueças do Fuínha!

Beja: Verdade, agora vamos ver mais uma luta!

Luís: Isso mesmo... Vamos ver o que vai acontecer!

Beja: Um dos novos Parceiros de Guerra, Felps, já está no ringue e à espera do seu adversário. Este combate promete. Não só pela qualidade óbvia dos seus intervenientes, mas por muito mais do que isso.

Luís: Falas de tudo o que está à volta do Fragas. Falas das suas palavras, da dúvida em relação à sua actuação. Irá ele controlar-se ou ser o Fragas que todos nós conhecemos? O animal enjaulado que procura refúgio na violência. Quanto a mim, mesmo que ele queira agir de forma diferente, no final o verdadeiro Fragas aparecerá. O Fragas movido a raiva e ódio. E isso é uma coisa boa.

Beja: O Fragas tem-se mudado cada vez mais um homem diferente. Impôs-se ao nosso Supervisor-Geral e tem mostrado cada vez mais humanidade nas suas palavras. Diz que agora tem alguém a quem se agarrar, Sera e a sua criança. Eu acredito na mudança de Fragas. Acredito que teremos aqui um excelente combate que será disputado com honra das duas partes.

Luís: Um excelente combate...logo aí não sei se posso concordar contigo. Se reconheço as qualidades do Fragas, não sei o que esperar do Felps a singulares neste nível. Já a forma como ele e o seu parceiro ganharam os títulos de equipa foi surreal. Se o Fragas se mostrar ao seu nível o Felps é uma presa fácil.

Beja: Não podia discordar mais. O Felps é um jovem talentoso e cheio de alma. Nós vimos essa mesma alma no Parceiros de Guerra II e sei que a voltaremos a ver aqui hoje. É essa garra que pode catapultar Felps até um outro patamar e, quem sabe, dar-lhe a vitória frente a um homem como Aníbal Fragas.


Fragas recebe uma reacção mista.

Beja: Bem, mas deixemo-nos de conversa e de rodeios. Cá vem Fragas. Mais uma vez ele não aparece pelo público, mas sim pela rampa de acesso, como todos os outros. Ao seu lado vem Sera. A cumplicidade entre estes dois é imensa, coisa bonita de se ver.

Luís: Bonito...só espero é que esta mulher não o esteja a amolecer mesmo.

Fragas entra no ringue. Raquel Jacob está pronta para anunciar os lutadores.

Raquel Jacob: Este combate está marcado para uma derrota! E apresentando primeiro, à minha direita, vindo de São Paulo, Brasil, ele é um dos Parceiros de Guerra e membro dos Áses da Ilusão e pesa hoje 100 quilos, FEEEEEEEEEEELPS!!!


YEEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!!!

Beja: O público adora este rapaz! Felps não tardou a cair nas boas graças dos nossos fãs e a tornar-se num dos seus favoritos.

Luís: Uau, que impressionante...

Raquel Jacob: E o seu adversário, vindo directamente da Cela 88 da Prisão do Linhó e pesando hoje 102 quilos...ANÍBAL FRAGAAAAAAAAAAAAAAAAAS!!!

O público torna a encarar Fragas de uma forma mista.

Beja: Os nossos fãs continuam sem saber o que achar de Aníbal Fragas, pode ser que hoje este combate os esclareça.

Luís: Sinceramente, Beja, quem é que raio é que quer saber se os fãs aplaudem ou apupam? Que é que isso interessa?

Beja: Ao contrário do que pensas, Luís, tem que ser dada importância à voz dos nossos fãs...

O árbitro deste combate é Afonso Martins que inspecciona os dois lutadores antes de mandar soar a campainha e dar o início oficial à contenda.

Fragas aproxima-se do centro do ringue e estende a mão na direcção de Felps. O público fica em silêncio, esperando pelo que vai acontecer. O brasileiro olha para a mão de Fragas ainda à distância e com um semblante hesitante bem marcado na face. Felps dá uns passos na direcção do adversário...mas pára a meio caminho e diz algo a Fragas, sendo que se percebem as palavras “No fim do combate”. Fragas levanta o polegar a Felps e os dois homens colocam-se em posições de combate, começando a dar umas poucas voltas no ringue.

Os dois finalmente entram em contacto entrando num teste de forças que inicialmente se mostra equilibrado, algo que não é de estranhar não tivessem os lutadores praticamente o mesmo peso. É Aníbal Fragas quem parece estar a ganhar vantagem...consegue encostar Felps ao canto, e lá dá-lhe uma valente joelhada no abdómen! Felps fica em má posição, com falta de ar, e o português afasta-se um pouco dele.

Fragas convida Felps para um novo teste de forças e este, depois de recomposto da joelhada, aceita o desafio de bom grado. Os dois homens agarram-se novamente e, mais uma vez, é o equilíbro que pauta esta competição de músculo. Desta vez nem um homem nem outro parece conseguir ganhar alguma vantagem...e Felps consegue fazer a transição para um Headlock Takedown com sucesso! Fragas fica sentado no meio do ringue e o brasileiro corre rapidamente para as cordas e volta acertando em cheio no oponente com um Low Dropkick que o faz cair com as costas no chão.

O público vibra com este bom começo do Parceiro de Guerra, que vai de imediato para o assentamento de espáduas...mas Fragas safa-se logo à contagem de 1. Felps levanta-se rapidamente, tal como Fragas, e desfere de imediato um pontapé no abdómen deste, fazendo com que ele se curve . Felps prende a cabeça de Fragas debaixo do seu braço, em posição de DDT, mas o presidiário limita-se a empurrá-lo. Fragas volta a pôr-se direito...mas Felps explode com uma Clothesline violenta!

O público mais uma vez vibra e Felps volta a cair de imediato em cima de Fragas para uma vitória rápida...1...2...Fragas safa-se ainda com aparente facilidade. Um homem com a resiliência de Fragas aguenta bastante mais do que isto, mas o brasileiro parece querer acabar rapidamente com a contenda. Felps levanta Fragas, atira-o às cordas com um Irish Whip e fica à espera que este regresse...Felps a preparar um Hip Toss, mas Fragas bloqueia a investida!

Joelhada de Fragas em Felps, o português agarra no braso do membro dos Áses da Ilusão...e é ele quem aplica um Hip Toss! Grande parte do público não sabe como reagir à mudança de ímpeto no combate. Alguns fãs apupam Fragas, mas a maioria dos mesmos mantêm-se calados a assistir ao confronto. Fragas agarra em Felps de imediato, levanta-o do chão...e manda-o ao tapete com um Body Slam!

Fragas vai às cordas, ganha alguma velocidade, e atinge Felps com um Running Elbow Drop. Assentamento de espáduas em Felps...1...2...O brasileiro safa-se. O português levanta-se de imediato e aguarda que Felps se levante. Curiosa atitude de Fragas, que se fosse em outros tempos provavelmente cairia em cima de Felps murros e cotoveladas, hoje o lutador predilecto de mostra-se aparentemente mais controlado e menos raivoso nas suas investidas.

Felps levanta-se e Fragas incita-o a uma troca de murros à antiga. Este também não é um dos pontos fracos de Felps e o brasileiro não perde tempo em acertar o primeiro soco na cara de Fragas. E este riposta de seguida! E agora mais um soco de Felps! E outro de Fragas! E mais um de Felps! E agora Fragas! Felps a conseguir conectar com um murro mais forte! E outro! E outro! E um quarto murro de Felps que começa a entusiasmar não só a si mesmo, mas também ao público! Felps vai para o quinto murro...

Mas Fragas bloqueia! Fragas agarra o braço de Felps bloqueando o murro, e agora devolve ele próprio um murro violento em Felps que o deixa zonzo! Fragas agora a agarrar a cabeça de Felps...e que cabeçada de Fragas! Felps cai redondo no chão depois desta cabeça! Agora sim, a aparecer a veia mais violenta de Aníbal Fragas, que abana a sua própria cabeça depois da cabeçada. Aparentemente também ele ficou afectado.

Fragas levanta Felps e coloca-se lado a lado com ele...Reverse STO! Uma manobra que alguns conhecem por Complete Shot! A cabeça de Felps foi plantada no tapete depois disto. Fragas vai para o assentamento de espáduas...1...2...não, o brasileiro levanta o braço e safa-se! E os fãs da VLL mostram a sua satisfação! Fragas levanta Felps, agarra-lhe no braço e envia-o para as cordas. Felps já está no caminho de regresso, Fragas vai para uma Clothesline...

Mas Felps consegue desviar-se, passando por baixo do braço de Fragas! Felps continua a sua corrida, indo para as cordas do outro lado, Fragas vira-se para ele...e recebe ele mesmo uma Clothesline! Fragas não tarda a voltar a pôr-se de pé e  Felps aplica de imediato um Inverted Atomic Drop! Fragas fica agarrado às virilhas e Felps vai a correr para as cordas atrás dele...e planta o presidiário com um Bulldog!

O público vibra com a ofensiva de Felps e o brasileiro abre os braços para eles antes de bater com a mão no peito, fazendo com que estes façam ainda mais barulho! Felps aguarda ansiosamente que Fragas se levante...O português já está a recompor, apesar de ainda parecer afectado depois daquele Bulldog...E Felps vai tentar uma manobra que puxa mais um pouco pela sua força, levanta-o para um Spinebuster! Mas Fragas consegue reverter, prendendo-lhe a cabeça e forçando-a contra o tapete com um DDT!

Um revertimento de recurso por parte de Fragas, que como se sabe não é propriamente o homem mais dotado da VLL no que toca a Wrestling puro! Fragas prende a perna de Felps, assentamento de espáduas, o árbitro vai ao chão...1...2...Felps ergue o braço uma vez mais, safando-se! E o público torna a corresponder positivamente! Fragas limita-se a sorrir perante a demonstração de resiliência do jovem brasileiro e Sera sorri de volta para ele do exterior. Pela primeira vez o lutador parece estar a divertir-se dentro do ringue.

O português agarra no oponente, voltando a pô-lo numa posição vertical e desfere-lhe um murro forte na cara! Felps cambaleia um pouco para trás, mas não cai, e responde logo de seguida com um murro seu! Fragas não se deixa ficar e acerta com mais um murro em Felps. E o brasileiro riposta de imediato. E agora mais um murro de Fragas...e outro de Felps! Fragas a conseguir conectar com um murro mais violento em Felps e o brasileiro uma vez mais cambaleia para trás!

Fragas a conseguir acertar com um segundo murro! E um terceiro! E um quarto! Fragas uma vez mais a sair por cima na troca de socos, o português puxa o braço todo atrás para o seu quinto murro...Mas Felps consegue desviar-se no último momento, baixando-se! O brasileiro vai para as costas de Fragas, levanta-o do chão e...Back Suplex! Um Back Suplex muito bem aplicado por parte de Felps! O brasileiro coloca o braço por cima do peito de Fragas, 1...2...

Não, Fragas consegue erguer o braço! Sera mostra-se satisfeita fora do ringue, enquanto que o público já se tinha levantado todo dos lugares, pensando que iria haver uma surpresa no desfecho deste combate! Felps levanta Fragas do chão...mas este desfere um murro poderoso na zona do seu estomâgo, fazendo com que o brasileiro se curve agarrado ao local atingido! Fragas agarra em Felps e atira-o de imediato contra o canto com um Irish Whip. E não perde tempo a correr na sua direcção e atingi-lo com uma joelhada impressionante no torso!

Felps fica em apuros, parece ter perdido todo o ar que tinha nos pulmões! Fragas agarra-o e envia-o para o canto oposto com um Irish Whip mais forte. O presidiário vai para uma nova joelhada...mas o “Ás de Espadas” consegue sair do canto a tempo e Fragas acerta apenas no ar! Felps com um Rollup em Fragas...1...2...Fragas consegue safar-se mais uma vez, para descontentamento do público e alívio de Sera!

Os dois lutadores levantam-se, ficando de novo frente a frente e Felps não perde tempo correndo na direcção de Fragas e derrubando-o com um Lou Thesz Press! Felps a descarregar socos em Fragas, enquanto este se tenta defender como pode, mas o presidiário não demora muito a conseguir trocar de posição com Felps, rolando e ficando ele próprio por cima do brasileiro! E agora é Fragas que solta uma avalanche de murros em Felps!

É o árbitro, Afonso Martins, quem tem que tirar Fragas de cima do “Ás de Espadas”, e o lutador português não parece ter problemas com isso. Sera dá umas palavras de incentivo a Fragas fora do ringue e este sorri para ela. Felps levanta-se visivelmente afectado pelos murros de Fragas, o brasileiro tem mostrado muita garra neste combate, mas tem enfrentado Fragas demasiadas vezes nas sua especialidade.

Fragas aproxima-se de Felps, agarra-lhe a cabeça...Kneeling Jawbreaker por parte de Aníbal Fragas! Felps cai agarrado ao maxilar e Fragas cai em cima dele, prendendo-lhe a perna para um novo assentamento de espáduas...1...2...Não, Felps uma vez mais safa-se! Fragas volta a sorrir novamente com a resistência do Parceiro de Guerra. Fragas afasta-se um pouco de Felps, dando-lhe espaço para recuperar e parece estar a pensar no que fazer a seguir para sentenciar este combate...

Felps arrasta-se para as costas e isso parece dar uma ideia a Fragas. Felps agarra-se à corda do meio para se levantar e Fragas vai a correr na sua direcção...O português agarra ele próprio as cordas em corrida e...Running Roundhouse Knee Strike em cheio na cabeça de Felps! Tal e qual uma 619, mas Fragas a atingir antes o brasileiro com uma joelhada! Fragas deve-se ter inspirado nos seus velhos tempos de futebolista para sacar uma manobra destas!

Fragas vai para o assentamento de espáduas novamente...1...2...e Felps salva-se no último momento, erguendo o ombro do chão! Muita alma por parte de Felps neste combate! O público aplaude entusiasmado, e aparentemente os aplausos são também dirigidos a Fragas, que sacou uma manobra mais vistosa e tem feito um combate digno. Alguns fãs já gritam o nome de Aníbal Fragas nas bancadas!

Sera aplaude os fãs da VLL que gritam o nome de Fragas, mas agora o público dividiu-se, havendo quem resposta gritando o nome de Felps! Fragas está a levantar Felps, mas o brasileiro defende-se socando a zona abdominal do presidiário. Fragas começa a recuar perante a investida do Parceiro de Guerra...mas volta a tomar o controlo do combate com um golpe forte de antebraço nas costas do “Ás de Espadas”! Fragas agarra em Felps, envia-lhe para as cordas com um Irish Whip...mas este atira-se sobre ele no regresso com um Running Crossbody! Felps prende as pernas de Fragas!

1...2...Fragas safa-se! Os dois homens levantam-se de imediato e Felps é quem consegue atacar primeiro, com um pontapé forte no abdómen de Fragas, que faz com que ele se agarre à barriga...e Swinging Neckbreaker por parte de Felps! Os dois homens estão no chão! Felps está visivelmente desgastado e não consegue capitalizar o momento depois de ter aplicado um belo Neckbreaker...o brasileiro respira aceleradamente no chão. O árbitro começa a contar para os dois homens.

Sera bate com as mãos na borda do ringue, puxando por Aníbal Fragas, enquanto o público ora gritpelo nome de um como de outro. Já não há dúvida que o Universo VLL está a começar a acreditar definitivamente em Aníbal Fragas. O árbitro já vai nos 4 e Felps é o primeiro que dá sinais de vida, começando a mexer-se. O árbitro vai para os 6 com Felps já de gatas.

Aníbal também parece estar a recuperar, coloca-se num só joelho, tal como Felps...O árbitro vai nos 8...e os dois homens ficam de pé ao mesmo tempo! E soco de Felps em Aníbal Fragas! Felps a insistir uma vez numa troca de murros! E Fragas responde com um soco seu! E agora outro de Felps! E um de Fragas! E mais um de Felps! E outro de Fragas! E outro! E outro! Novamente Fragas a conseguir vantagem na troca de socos!

Mais um soco de Fragas, só que Felps consegue desviar-se! E desfere um murro fortíssimo no queixo de Fragas, que cai no ringue! O público delira, finalmente Felps conseguiu bater Fragas no seu próprio jogo! Fragas não tarda a levantar-se mas é recebido de imediato com um Dropkick que o envia de volta para o chão! Felps grita, puxando pelo público que se levanta todo nas bancadas! Sera parece começar a ficar nervosa fora do ringue!

Fragas está-se a levantar, Felps vai para o Superkick, o combate pode acabar aqui! NÃO! FRAGAS BAIXA-SE E ESCAPA AO PONTAPÉ DE FELPS! Fragas fica nas costas de Felps e espera que este se vire para ele, e é mesmo isso que o brasileiro faz! OH! Apenas para levar com um Yakuza Kick estrondoso! O público delira com este momento, já não sabe quem apoiar! Fragas prende as pernas de Felps, vai para o assentamento de espáduas, Sera rejubila lá fora pensando que a vitória está assegurada para Fragas...1...2...

NÃO! FELPS TORNA A LEVANTAR O OMBRO DO CHÃO NO ÚLTIMO MOMENTO! Ninguém no recinto consegue acreditar no que aconteceu! Fragas já não sorri, agora ele ri-se mesmo, e não dá para perceber se é por contentamento ou pura frustração! Aníbal Fragas recua, ganhando alguma distância entre si e Felps! Fragas parece completamente focado no que está a acontecer e talvez esteja a pensar em conectar com a versão mais habitual do seu Yakuza Kick, que é feita em corrida.

A antecipação cresce entre o público, enquanto Felps usa as cordas como apoio para se levantar. O brasileiro está-se a conseguir levantar. Felps já está de pé e Fragas começa a correr na sua direcção...Mas é Felps quem derruba Aníbal Fragas com um Spear! Sera leva as mãos à cabeça e o pública grita de entusiasmo! Felps prende as pernas a Fragas, pode haver surpresa hoje...1...2...NÃO! Agora é a vez de Aníbal Fragas mostrar a sua resiliência ao safar-se!

Felps não consegue acreditar, leva as mãos à cabeça e fica com os olhos esbugalhados. Pergunta ainda ao árbitro Afonso Martins se a contagem não chegou mesmo aos 3 e este diz-lhe que não. Felps parece estar disposto a correr riscos agora para assegurar a vitória contra Fragas, o “Ás de Espadas” sobe ao canto mais próximo, enquanto Fragas continua caído ao abdómen...Felps ergue o punho bem alto, puxando pelos fãs, que correspondem, o brasileiro é um verdadeiro homem do público!

Sera grita para Fragas sair de onde está, Felps atira-se para um Diving Elbow Drop! Felps vai acertar em Fragas! NÃO! ANÍBAL FRAGAS CONSEGUE ROLAR PARA FORA DA ROTA DE COLISÃO NO ÚLTIMO INSTANTE! E é Felps quem embate com impacto no ringue! Os dois homens estão novamente caídos e no público já não há uma única pessoa que fique no seu lugar. Fragas é quem se levanta, aproxima-se de Felps, coloca-o de pé de costas para si...

Prende o seu braço num Arm-Wrench, que é isto? Fragas roda o corpo de Felps muito rapidamente e atinge-o com um Lariat Takedown absolutamente devastador! Arm-Wrench Lariat Takedown! Quem conhecer Okada e o seu Rainmaker reconhecerá esta manobra! Sera diz a Fragas para fazer o assentamento de espáduas, Felps está estendido imóvel no meio do ringue. E sim, Fragas vai mesmo para o assentamento de espáduas, o público fica com o coração nas mãos...1...2...

FELPS SAFA-SE! FELPS CONSEGUE TIRAR O OMBRO DO CHÃO E SAFAR-SE! O público delira! Sera não acredita! Fragas não acredita! É impressionante a alma que o jovem campeão de equipas está a mostrar neste combate! Fragas volta a rir-se uma vez mais e agora coça a cabeça, parece já não saber mesmo o que fazer para alcançar a vitória neste combate. Aníbal afasta-se de Felps e vai para o canto mais distante...

E vê-se novamente aquele olhar sádico na cara de Aníbal Fragas...Parece que já se sabe o que vem aí. Aníbal bate com o pé no ringue, enquanto Felps parece estar a dar os seus primeiros sinais de vida. Aníbal bate a segunda vez com o pé no ringue, enquanto no público se grita para que ele não o faça e voltam os assobios e apupos. Bate pela terceira vez com o pé no ringue, quando Felps já está de gatas e cá vai Aníbal em corrida na sua direcção, vai para a Grande Penalidade, o seu pontapé letal!

Sera grita-lhe para parar! Mas que é isto?! Fragas parece-se arrepender à última hora e não dá o pontapé em Felps! Mas ao fazê-lo baixou a guarda e Felps consegue aproveitar-se disso mesmo, Double Leg Takedown por parte do Parceiro de Guerra! Felps consegue manter-se agarrado às pernas de Fragas e fazer um Bridge, Fragas está com os dois ombros no chão, Afonso Martins vai para a contagem! 1...2...

NÃO! FRAGAS SAFA-SE! FRAGAS SAFA-SE MESMO NO ÚLTIMO INSTANTE! Os dois lutadores voltam a levantar-se ficando de frente um para o outro e Aníbal Fragas consegue apanhar Felps num Small Package! Nova contagem, agora é Felps quem está com os ombros no chão! 1...2...3!!! 3!!! Fragas conseguiu finalmente alcançar a vitória!


Raquel Jacob: E o vencedor deste combate...ANÍBAL FRAGAAAAAAAAAAAAAAAAS!!!

Beja: Fragas venceu! Fragas venceu este excelente combate! Por pouco que o Felps não o apanhou! Tanta ofensiva de Fragas, mas foi um Small Package a terminar este combate! Que alma que Felps mostrou!

Luís: Um Small Package, fosse há umas semanas e o Fragas teria arrumado com ele com a Grande Penalidade. Temo que esta mulher o esteja a tornar mole...

Beja: Esta mulher está a fazer dele um homem melhor, Luís. E ouve bem isto, o público aplaude os dois homens de pé!

Luís: Mas olha, o Fragas está-se a aproximar do Felps, que está sentado no canto cabisbaixo. Posso estar enganado, o verdadeiro Fragas ainda pode estar aí!

Beja: Infelizmente para ti, não, o Fragas limita-se a esticar-lhe a mão, quer o cumprimento que o Felps lhe prometeu no início do combate!

Luís: Aparentemente, Beja, aparentemente...

Beja: E Felps mete um sorriso e aceita a mão de Fragas, que o levanta! Os dois lutadores cumprimentam-se e Felps levanta o braço de Aníbal Fragas! As palmas do público são cada vez mais altas!

Luís: Tristeza...Um homem com a ferocidade que o Fragas tinha a tornar-se nisto.

Beja: Felps sai do ringue com o seu cinturão e aplaude também ele o mudado Aníbal Fragas. Sera entra para dentro do círculo quadrado e abraça o seu homem! Um abraço bem apertado sob os aplausos dos nossos fãs, este é verdadeiramente o momento de Aníbal Fragas.

Luís: O Felps já nem se vê, mas cá fica o Aníbal a agradecer as palmas...


Beja: Mayhem?!

Luís: Não sei o porquê da tua surpresa, já toda a gente sabia que o Mayhem estava cá hoje. E ele próprio disse que iria falar pessoalmente com Fragas.

O gigante desce a rampa, ouvindo pelo caminho alguns gritos de incentivo do público, e entra no ringue. Mayhem está bem vestido, um bom fato preto, com gravata e sapatos da mesma cor e uma camisa branca. Tem também um microfone na mão.  A expectativa gera-se no público e Fragas coloca-se à frente de Sera, que se mostra algo receosa.

Mayhem (num tom sincero, com um sorriso no rosto): Parabéns Aníbal. Falo a sério, do coração, parabéns. Conseguiste, ou estás a conseguir, fazer aquilo que toda a gente duvidou que te farias. Estás a soltar-te das amarras do Lousada e a lutar pela tua liberdade. Estás a lutar pela mudança e a conseguir mostrar essa mesma mudança a todos aqueles que não acreditaram em ti. Os meus sinceros parabéns, Aníbal, não podia deixar de os dar depois do que vi aqui esta noite.

Mayhem estica a mão a Aníbal, que a olha com um ar ainda desconfiado.

Mayhem: Esgotaste os cumprimentos por hoje, Aníbal? Vá, aceita o meu aperto de mão. Sem medo, sem ressentimentos, acabou tudo aqui esta noite.

Fragas devolve o sorriso a Mayhem e acaba por aceitar o aperto de mão. Os dois lutadores com um aperto de mão firme no centro do ringue.

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!!!!

Beja: Dois homens que, juntamente com o desaparecido Daniel Lobo, travaram uma das batalhas mais acessas da VLL a cumprimentarem-se no meio do ringue e o público adora.

Luís: Isto hoje já e demais, juro que começo a ficar nauseado.

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH!!!

Beja: Quê?! O que é que Augusto Lousada está a fazer aqui agora?

Luís: Provavelmente está para dar ordem para desocupar o ringue, isto é um espaço para se combater, não para andar a apertar mãos enquanto se recebem aplausos.

O Supervisor-Geral desce a rampa sob uma imensidão de apupos, assobios e palavras de insulto. Entra no ringue com um sorriso altamente sádico. À semelhança de Mayhem, também o Supervisor-Geral tem um microfone na mão.

Lousada: Que bonito, rapazes, que bonito...tenho que admitir. É sempre bom ver que dois homens conseguem resolver as suas divergências sem deixar ressentimentos, não concordam?

Os apupos do público sobem de tom. Fragas aproxima-se de Lousada com uma expressão de raiva, mas Sera segura-o.

Lousada: Tocas-me com um só dedo e sabes o que é que te acontece, Aníbal...Sabes para onde é que voltas.

Luís: É isso mesmo, sr. Supersivor-Geral, respeitinho é que é bonito.

Beja: Que tristeza...

Lousada: Mas estou curioso para saber, será que tudo o que parece é? Ou será que, se Mayhem e Fragas se enfrentarem uma vez mais no mesmo ringue, os sentimentos negativos voltam a vir à superfície? É esse o teste que eu quero aqui fazer, digamos que é uma experiência à própria condição humana...

Os apupos tornam-se cada vez mais altos, mas Lousada limita-se a sorrir. Mayhem vai levar a boca ao microfone, mas Lousada impede que ele fale.

Lousada: Não vale a pena recusares. Tu sabes bem a tua situação contratual, sabes o que te pode acontecer se te recusares a combater. E hoje eu sou o representante máximo desta Federação, não há nada que possas fazer Mayhem.

Beja: Que baixeza por parte de Lousada, a chantagear Mayhem, a ameaçar Fragas de o voltar a pôr na prisão...

Mayhem parece ter tudo menos vontade de combater e é Fragas que lhe mete a mão no ombro e diz para irem avante com o confronto. Lousada sai do ringue e aproxima-se de Raquel Jacob. Sera também sai do ringue depois de Fragas insistir com ela. Mayhem já está a tirar a sua camisa, não está com o seu equipamento e vai lutar já assim.

Lousada: Mas rapazes, só mais uma coisa. Não vão ser só vocês os dois a combater neste momento. Um terceiro homem vai-se juntar a vocês.


Beja: Que raios?! Daniel Lobo?! Daniel Lobo está aqui hoje..?! Isto vai ser uma Ameaça Tripla?!

Luís: Este é que eu já não esperava mesmo...Pelos vistos os seus problemas pessoais estão resolvidos.

Lobo desce pela rampa com o seu equipamento de combate, acompanhado por um árbitro. A sua expressão é carrancuda e os seus olhos estão focados somente em Aníbal Fragas.

Lousada: E este será um combate de dois para um! Daniel Lobo e Mayhem contra Aníbal Fragas!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH!!!

Beja: Nem o Mayhem parece estar a acreditar no que está a acontecer neste preciso momento! Olha bem para a sua cara!

Lobo entra no ringue e Mayhem começa de imediato a falar com ele, dizendo-lhe que eles os dois não têm que fazer o que Lousada quer. Mas Daniel Lobo continua com os olhos focados em Fragas e cerra os punhos. Sera entra no meio do ringue e grita a Fragas para sair de lá, a mulher está em lágrimas, está claro que teme pelo seu homem. Fragas acaba por a conseguir persuadir a sair do ringue uma vez mais.

Lousada: Que comece o combate!

A campainha soa e Daniel Lobo lança-se de imediato para cima de Aníbal Fragas, descarregando socos neste. O público vai Lobo com uma intensidade imensa! Depois de ser atingido várias vezes pelos punhos de Lobo, Fragas consegue encontrar um espaço para conectar ele próprio um soco em Daniel Lobo. Os fãs vão ao rubro...Fragas vai para o segundo soco...mas Lobo consegue-se desviar! E acerta com um Spinning Back Elbow violento na cara de Aníbal Fragas! Fragas vai ao chão!

Sera está numa pilha de nervos fora do ringue e apenas vai gritando para Fragas, suplicando-lhe para que ele saia do ringue ou desista do combate. Mayhem está num canto e parece não saber o que fazer, completamente abalroado pelo que está a acontecer. Daniel Lobo coloca-se sobre Fragas e descarrega uma vez mais murros na cara do rival, que se tenta proteger como consegue. Fragas está fragilizado depois de um combate intenso e foi completamente apanhado de surpresa com o combate marcado por Lousada, o que não aparenta ser o caso de Lobo!

O árbitro vê-se obrigado a tirar Lobo de cima de Fragas. Aníbal mostra imenso coração e, sem esperar, coloca-se novamente de pé, ignorando uma vez mais os gritos de Sera no exterior do ringue. Lobo lança-se de novo sobre Fragas com uma Clothesline absolutamente brutal, que o deita por terra uma vez mais. Lobo agarra no adversário e atira-o contra o canto, recua uns passos...e esborracha-o com mais uma Clothesline carregada de raiva e violência!

Fragas cai de cara no chão e Lobo fica com uma expressão de satisfação ao ver o resultado das suas acções. As vaias e os insultos a Lobo não cessam, mas este não se parece importar. Mayhem sai do canto e agarra o braço de Lobo! Lobo limita-se a afastar o braço do amigo com desprezo, mas Mayhem agarra-o uma vez mais e puxa-o para junto de si! O público apoia a acção do veterano! Mayhem grita com Lobo, tentando chamar-lhe à razão, mas Lobo liberta-se das mãos do amigo e vira-lhe as costas!

O público continua a vaiar Lobo, enquanto Lousada se contenta com o que está a acontecer junto da mesa dos comentadores. Lobo agarra em Fragas...mas este soca-o na zona abdominal! E mais um soco de Fragas no abdómen de Lobo! E outro! E outro! E Fragas consegue ganhar alguma distância entre si e Lobo para delírio do público! Lobo corre na direcção de Fragas, mas agora é ele que é atingido por uma Clothesline!

Fragas a mostrar garra e o público adora-o! Os fãs nas bancadas estão todos atrás de Aníbal Fragas! Lobo levanta-se mas Fragas ataca-o de imediato, desferindo uma série de Knee Strikes no tronco! Sera parece ganhar algum ânimo fora do ringue e apoia Fragas, que se mostra galvanizado! Mayhem observa o que está a acontecer com um olhar ausente e engole em seco. Mat Slam de Fragas! Mat Slam de Fragas a mandar Daniel Lobo de volta ao tapete! Fragas dá uns passos atrás e espera que Lobo se levante, deve estar a pensar no seu Yakuza Kick, cá vai Fragas...

MAS MAYHEM ABALROA-O COM UM RUNNING SHOULDER BLOCK! Fragas vai ao chão e agarra-se ao peito, parece que foi contra um muro! Mayhem olha para Fragas com um olhar algo culpado e leva as mãos à cabeça, os fãs da VLL agora apupam o veterano...Mayhem agarra em Fragas, levantando, o veterano parece estar a pedir desculpas ao presidiário...mas coloca-o em cima do seu ombro! Inverted Front Powerslam! Quem se lembrar de Lashley e o seu Dominator reconhecerá esta manobra!

Fragas caiu em cheio com a cara! Mayhem não consegue deixar de olhar para o corpo inerte de Fragas com culpa! Lobo olha para o que o seu amigo fez a Fragas e mostra-se contente. Mayhem diz a Lobo para fazer o assentamento de espáduas e acabar com o combate...mas Lobo pisa a cara de Fragas! Daniel Lobo a humilhar o seu adversário aqui, para raiva do público presente! Os insultos vindos das bancadas são mais do que nunca e mesmo Sera, com as lágrimas escorrer pela face no exterior do ringue, insulta Lobo.

E Mayhem empurra Lobo! Mayhem empurra Lobo e agora o público já está do lado dele! Mayhem grita com Lobo raivosamente: “O que é que tu estás a fazer?! Que é isto Daniel?! Já chega, acaba com esta merda!”. E Lobo dá uma chapada forte na face de Mayhem! O público incentiva Mayhem, toda a gente quer que o gigante dê uma lição a Lobo! O gigante cerra os punhos e aproxima-se de Lobo...mas acaba apenas por abanar a cabeça para ele em sinal de reprovação, antes de lhe virar costas e sair do ringue.

O gigante não se mostra capaz de bater no amigo e o público nem sabe como reagir a esse facto. Fragas está-se a levantar! Fragas, quase já sem forças, com as pernas completamente bambas, está-se a levantar! Ninguém acredita no que está a ver! Sera grita para que ele não o faça! Lobo apercebe-se de que Fragas se está a pôr de pé, vai às cordas atrás dele, onde ganha velocidade...E QUE RUNNING LARIAT TENEBROSO NA NUCA DE FRAGAS!!! A isto Lobo chama Off with the Head, e vemos esta manobra sádica pela primeira vez na VLL.

Fragas cai uma vez mais com a cara no chão, e desta vez com brutalidade! Lobo olha para o seu corpo com os olhos vazios. Fora do ringue, Lousada está com um sorriso de orelha a orelha e Sera quase que reza para que o Fragas esteja bem. Lobo parece estar agora disposto a terminar com o tormento de Fragas e faz o assentamento de espáduas, agora já não há esperanças para Aníbal Fragas...1...2...3!


Luís: Os vencedores deste combate, a equipa de DANIEL LOBO E MAYHEEEEEEEEM!!!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH!!!

Beja: Ouve bem o nosso público! Lobo a receber talvez das maiores vaias que já alguma vez se ouviram na VLL! Que regresso foi este?! Que é que está na cabeça de Daniel Lobo?!

Luís: Eu digo-te o que é que vai na cabeça do Daniel Lobo, Beja:Ódio. Aquele ódio que por tanto tempo correu nas veias de Fragas, corre agora não só pela cabeça, mas por todo o corpo de Daniel Lobo. E é lindo de se ver.

Beja: A expressão de tristeza e desilusão na cara de Mayhem no topo da rampa, o choro inconsolável de Sera aqui junto ao ringue...isto é demasiado. Peço desculpa por dizer isto em televisão pública, mas Daniel Lobo a mostrar ser um verdadeiro filho da puta!

Lobo sai do ringue e Sera entra, agarrando-se ao inconsciente Aníbal Fragas. Os paramédicos aproximam-se. A câmara foca o satisfeitíssimo Augusto Lousada antes de desvanecer.

***



Última edição por vlladmin em Qua 12 Mar 2014, 11:12, editado 1 vez(es)
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 43# (RTP1) - (11/03/14)

Mensagem por vlladmin em Qua 12 Mar 2014, 10:48

A emissão volta junto ao ringue.

Beja: Ainda não acredito no que aconteceu, Aníbal Fragas foi levado para os bastidores pelos paramédicos. No intervalo ele recuperou a consciência mas ainda parecia bastante afectado. E Sera estava completamente inconsolável...Que ataque brutal de Daniel Lobo.

Luís: Pára de chorar, Beja. O homem é duro, ou pelo menos era. Só espero que o que Lobo fez acorde o velho Fragas. Agora é partir para outra.

Beja: O que está certo é que estes dois ainda não fecharam o livro, isso está visto.

Luís: Sem dúvida. E certamente coisas muito boas ainda nos esperam. Mas agora, vê bem isto, Beja. Olha quem voltou de Itália!


BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUHHHHHHHHH

Beja: Caim Ezequiel? O que ele faz aqui? Quem diria que Caim ia voltar hoje!

Caim aparece no stage da Vanguarda da Luta Livre de braços abertos olhando para o céu. O público recebe-o de uma forma bastante negativa.

Luís: Ele voltou de Roma e parece que voltou melhor ainda! Veja! Ele já está com microfone e vai até o centro do ringue!

Beja: Boa coisa não vai ser...

Caim: Posso dizer que é muito bom está de volta!

BUUUUUUUUUUUUUUUUHHHHHHHHHHHH

Caim: Mas a experiência em Roma foi maravilhosa e ao mesmo tempo eu fiquei desapontado, pois os povos romanos não é mais tão cristão como deveria ser... Existem tantos pagãos lá como aqui, é impressionante! Porém, é sempre bom ir tão perto do Vaticano, apesar de Papa Francisco não ser tão conservador como deveria ser, porque vocês precisam de limites!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUHHHHHH

Caim: Vocês protestam porque são o produto dessa nova e desgraçada Era. Era dos pagãos, Era dos desafortunados, Era dos sem-fé, Era dos excomungados!

Caim era apupado, mas continuava inabalável e andando de um lado para o outro.

Caim: Posso dizer que além disso tudo, tive visões... Sim! Visões! Visões de ouro! Sabem o que isso significa?

O público ficou calado, dessa vez estavam curiosos para saber o que essa visão queria dizer, mas poderiam ter alguma ideia. Caim Ezequiel sorri e começa a falar com uma expressão esquisita no olho.

Caim: Significa que depois desse combate de jaula com 6 pessoas, nós teremos um novo campeão supremo! E esse campeão supremo não será Vinícius Nunes, será Caim Ezequiel!

BUUUUUUUUUUUUUUHHHHHHHHH

Caim: Não apupem a decisão do senhor! Deus me falou e Deus quer que eu seja o campeão supremo! É isso mesmo! Eu vou ser o novo campeão supremo! Isso é o que quer dizer as minhas visões com o ouro! Finalmente mostrarei para essa federação o que a fé pode nos levar e finalmente poderei catequizar vocês como os indos foram catequizados por vós!

BUUUUUUUUUHHHHHHHHHHHH

Caim: Essa é a minha mensagem! A profecia do mais novo campeão supremo! Então, vamos rezar todos juntos! Rezem comigo e por mim, pois eu sou o Profeta e sou o senhor de vocês! Vamos pecadores! Vamos! Rezem para mim!

Caim começou a rezar, porém era interrompido por apupos, mas ele não desistia, só que teve um momento que ele começou a se incomodar com os apupos e começou a ordenar que parassem, que isso era um desrespeito. Depois de tanto sapatear e pedir para que calem a boca, Caim saiu de cena bastante irritado.

Luís: Uma falta de respeito para com o nosso profeta!

Beja: O Caim está doido, nem classificado para o combate ele está...

Luís: Mas vai-se classificar e já o coloco como segundo favorito, só perde para Bangalter claro, mas acho que essa visão pode significar algo, podemos ter olhado para o próximo campeão supremo, não é emocionante Beja?

Beja: Sim... Sim... Claro, claro...

***

Temos Michel-Baptiste Bangalter com o seu telemóvel na mão, sentado ao seu lado vemos António Andrade. Ambos encontram-se no balneário pessoal da stable.

Michel-Baptiste Bangalter: Aquele vídeo do teu primo confirmou muita coisa…

O campeão Supremo continua colado no telemóvel.

António Andrade: É verdade sim senhora. Ele não tem ponta por onde se pegue. É um falso, mas mente as pessoas dizendo que o falso sou eu.

Bangalter aproxima-se do Brasileiro mostrando-lhe o telemóvel.

Bangalter: Este site de estatísticas aqui mostra que eu nunca perdi num combate de singulares desde que cheguei à VLL. A forma como os ganhei não está aqui referida, por isso que interessa se foi com ajuda ou não?

António: Lá isso é verdade, mas eu quero vence-lo no meio do ringue sem mais demoras. Para o calar de vez.

Bangalter: Tudo a seu tempo… Mas já agora o que achaste do que ele disse do título Supremo e tudo mais?

António: O título Supremo a mim não me diz nada Bangalter, cara eu quero é derrota-lo e ajudar na team. Tudo o que ele possa dizer é apenas para nos distrair e desconcentrar. Ele é traiçoeiro, olha o que te digo!

O jovem Francês observa calmamente o novo membro da sua afiliação.

Bangalter: Eu acredito em ti… Vá vou indo para casa, não se fez nada aqui hoje, só perdi o meu tempo, enfim.

António: Eu te acompanho, ainda tenho de falar com o Sebastião, ele anda por ai?

Bangalter: Sim sim, ele está a preparar uma entrevista para o Filipe.

Ambos deixam o escritório calmamente enquanto a imagem desvanece.

***

youtube]https://www.youtube.com/watch?v=a0FcoVjBSh4[/youtube]

***

A imagem foca os bastidores e vemos na imagem Ryo Tanaki a caminho calmamente. Durante este seu pequeno “passeio”, Ryo é cumprimentado por vários funcionários e Road Agents da VLL que lhe dão os parabéns pela sua assinatura de contrato com a VLL. A expressão do japonês mostra o seu contentamento e alivio por finalmente conseguir o seu contrato com a VLL.

Ryo continua a caminhar sorridente quando é atacado por trás por Alexander Randall! Ryo cai e o galês começa a atingi-lo com fortes pontapés. Levanta-o e pressiona-o contra a parede antes de o levantar para uma Powerbomb numa mesa!


Jack Neville: That´s enough, Randall!

A imagem começa a centrar e a focar Alexander Randall que olha para Ryo estendido no chão. Por trás da “Besta de Galês” surge o seu manager, Jack Neville, com um sorriso na cara. Neville dirige-se à câmera. Jack dá uma palmada nas costas de Randall.

Jack Neville: Nice job!

Jack sorri e dirige-se para a câmera.

Jack Neville: Espero que estejas a observar, Gabriel. É bom que observes porque é isto que te vai acontecer dentro de breves minutos. Para teu bem é bom que estejas preparado. Este aviso também serve para o Yuri Petrov… Serve aliás para todos aqueles que julgam que podem-se colocar no meu caminho… No caminho de Aelxander Randall!

Jack Neville dá sinal para Randall abandonar a cena e os dois vão-se embora. A câmara foca Ryo Tanaki caído no chão e os árbitros a chegarem para assisti-lo. A imagem vai escurecendo.

***

Luís: Este Randall é uma verdadeira besta, humilhou completamente o Ryo e vai humilhar o Gabriel no main-event.

Beja: O Randall não precisava de atacar o Ryo para deixar uma mensagem ao Gabriel, isto foi completamente escusado.

Luís: Jogos psicológicos são assim, Beja. Mas agora vamos ao próximo combate, estou ansioso por este combate.

Beja: Vai ser o primeiro combate do Eustass depois de ter sido expulso dos DeLuxe pelo novo campeão Supremo, e logo contra o campeão da Vanguarda Yuri Petrov.

Luís: A perda dos títulos para o Felps e o Camaleão foi simplesmente vergonhosa para os DeLuxe mas não esperava um desfecho destes.

Beja: Parece-me que há algo por trás disso. O Eustass já disse que o seu objectivo agora é o seu primo Lucas. Ao que parece o Lucas deixou a família do Eustass na miséria e agora ele vem vingar-se.

Luís: Vingar-se? Ele disse que vinha buscar o Lucas para o levar ao Inferno, não é vingança. Mas fiquei surpreendido com as suas revelações ao dizer que desde que chegou à VLL estava a engendrar um plano. Muito astuto da parte dele.

Beja: Sim, mas agora vamos ver se ele é astuto o suficiente para vencer o Petrov.


Raquel Jacob: Este combate está marcado para uma derrota. Introduzindo primeiro, vindo de São Petersburgo, Rússia, com um peso de 135kg, ele é o campeão da Vanguarda, Yuri Petrov!

YEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHH!!!

Beja: O Yuri disse que queria colocar as suas mãos no Eustass depois deste lhe ter custado o combate das meias-finais no Parceiros de Guerra II.

Luís: Eu continuo sem perceber essa obsessão do Yuri. O Eustass apenas agiu com um campeão e livrou-se de um adversário…

Beja: Mas o tiro saiu-lhe pela culatra já que os Áses da Ilusão acabaram por levar os títulos.

Luís: Levaram porque o Eustass e o Arsénio foram estúpido e competiram entre si. Em condições normais o Felps ia para o hospital e o Camaleão para a reforma.


Raquel Jacob: E o seu adversário, vem do Porto e pesa 102kg, Eustass Kid!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUHHH!!!

Luís: O Eustass parece-me com a mesma postura que tinha antes de perder os títulos. Continua confiante apesar de estar a viver um momento novo na VLL.

Beja: Ele parece motivado com esta nova etapa na VLL já que dispõe de uma liberdade que não tinha nos DeLuxe. Mas vamos ver como a perda dos títulos o afectou quando ele enfrentar o Yuri.

Luís: Mas atenção Beja porque hoje no nosso main-event vamos determinar o novo candidato ao título da Vanguarda. Se o Yuri começar a pensar nisso, o Eustass pode deixá-lo muito mal.

Beja: O Yuri é muito responsável. Com certeza que vai encarar este combate de uma forma séria por tudo aquilo que já dissemos, e só depois pensar no main-event.


Yuri e Eustass ficam frente a frente no meio do ringue a mandaram bocas um ao outro até que David Mesquita, o árbitro do combate decide dar início à contenda. Os lutadores afastam-se e dão umas voltas ao ringue até se atiram um ao outro para uma medição de forças no centro do ringue. Os dois lutadores continuam agarrados mas Yuri empurra Eustass até ao canto e começa a atacar com socos na barriga sem parar. O árbitro manda o russo parar com os ataques e Eustass aproveita para desferir um pontapé na barriga do russo e tenta um pontapé mas Yuri agarra a sua perna e ataca com uma clothesline. Eustass levanta e apanha com uma nova clothesline, volta a erguer-se e leva novamente com uma clothesline, levanta-se mais uma vez e Yuri ataca com um Enziguiri! Eustass rebola até fora do ringue.

Yuri ergue os braços para os aplausos do público enquanto Eustass um bocado se sangue no canto da sua boca. Eustass vai andado em torno do ringue para encontrar o momento certo para entrar enquanto Yuri lhe diz para entrar no ringue. Eustass sobe ao apron e Yuri atira-se com um Baseball Slide mas o ex-DeLuxe escapa , agarra nas pernas de Yuri e puxa-o para fora do ringue fazendo cair de costas no chão.

Eustass levanta Yuri e atira-o contra a barreira de segurança, aproxima-se e ataca com alguns socos na cabeça do campeão. Agarra na sua cabeça e volta a atirá-lo para dentro do ringue, sobe ao apron e espera que Petrov se comece a levantar. Yuri já está de pé, Eustass ganha balanço, sobe à primeira e corda e ataca com um Springboard Leg Lariat! Cover, 1…2… Yuri safa-se ainda com facilidade.

Os dois lutadores levantam-se, Eustass vai às cordas e ataca Yuri com um Shoulder Block mas o russo permanece impávido como se nada lhe tivesse acontecido enquanto Eustass se fica a queixar do ombro. Yuri olha para o público que grita pelo seu nome enquanto Eustass vai girando o braço tentando recuperar do ombro.

Yuri faz sinal para Eustass vir até ele e o portuense avança para mais uma medição de fortes no centro do ringue. Os lutadores agarram-se e Eustass começa a desferir pontapés que encostam
Yuri ao canto. O ex-Parceiro de Guerra continua a atacar com pontapés na barriga até David Mesquita mandar parar. Eustass agarra em Yuri para o lançar até ao outro canto mas Yuri reverte e acaba por lançar Eustass que bate com as costas no canto e volta até Yuri para levar com um European Uppercut! Cover, 1… Eustass safa-se.

Os lutadores levantam-se e Yuri ataca com socos na cabeça e na barriga que encostam Eustass ao canto. Yuri agarra-o e lança-o com um forte Irish Whip contra o outro canto. Eustass bate com impacto e Yuri passa-lhe uma rasteira para o colocar no Russian Crossface, mas Eustass esperneia e foge para fora do ringue.

Yuri em pé dentro do ringue olha para Eustass enquanto este está sentado no chão fora do ringue a dizer que não vai desistir. Yuri sai depressa do ringue e Eustass levanta-se rapidamente todo atrapalhado e começa a fugir de Yuri à volta do ringue com o russo a persegui-lo. Eustass entra em ringue e pontapeia a cabeça de Yuri quando o russo entrava no ringue! Cover, 1…2… Yuro livra-se ainda atordoado.

Eustass furioso coloca Petrov num Figure Four Necklock. O ‘Cirurgião da Morte’ vai pressionando o pescoço de Petrov que grita e luta bravamente. Petrov vai-se tentando levantar com Kid aos seus ombros! O portuense vai adicionando pressão e esmurrando a cabeça de Petrov mas o russo é bem sucedido ao levantar-se e ataca com uma Electric Chair!

Eustass fica a queixar-se das costas e Yuri a recuperar do pescoço. Os dois lutadores começam a levantar-se e é Petrov que o faz primeiro. Vai até Eustass que se encontra de costas, mas é surpreendido por uma rápida Clothesline do ex-Parceiro de Guerra! Cover, 1…2…Petrov sai da contagem! Eustass ataca com algumas joelhadas enquanto Petrov se levanta para depois o lançar num forte Irish Whip fazendo Petrov bater com estrondo no canto e cair no tapete.
Eustass vai até ao seu oponente e levanta-o para um Fisherman Suplex, 1…2… Yuri volta a sair. Eustass furioso começa a calcar Yuri e vai para nova cover, 1…2… e Yuri safa-se mais uma vez. Eustass levanta Yuri e atinge-o com um soco na cabeça, lança-o ao canto e ataca com uma Clothesline mas Yuri esquiva-se e ataca com um European Uppercut, Eustass levanta-se e leva com um novo European Uppercut, Petrov vai às cordas e ataca com um Leg Drop!

Eustass levanta-se e Yuri pega nele para aplica a Bigorna! Eustass abana as pernas tentando livra-se da manobra e consegue! Eustass salta e agarra a cabeça de Yuri para aplicar o seu Shambles mas Yuri consegue empurrá-lo contra as cordas e no retorno agarra-lhe o braço e atira-o ao chão para o Russian Crossface! Eustass luta para resistir à forte pressão que Petrov lhe está a colocar! Eustass está em claro sofrimento e vai tentando chegar às corda como pode! O árbitro pergunta se ele quer desistir mas o ‘Cirurgião da Morte’ vai rastejando e alcança a corda!

Petrov larga e bate com as mãos no chão, levanta-se e vai até Eustass mas o português é rápido e ataca com um Step-Up Enziguiri! Kid está no chão ainda queixoso e vai rastejando até Petrov que está estendido. Assentamento, 1…2…Petrov ainda se safa! Eustass não que acreditar! Petrov vai-se levantando e leva com um Shining Wizard do português! Ainda assim o portuense não está satisfeito e levanta Petrov para um Hammerlock Legsweep DDT, mas o russo gira e escapa da manobra de Eustass para lhe acertar com uma potente clothesline! Os dois lutadores ficam no chão exaustos.

Yuri levanta-se com a ajuda das cordas e chega até Kid para aplicar um DDT! Cover, 1…2…2,5 Kid safa-se! Petrov levanta-se e observa Kid a erguer-se para lhe aplica a Bigorna! Petrov tem Eustass em posição mas Eustass volta a soltar-se do russo e empurra-o contra as cordas para depois atacar com um Dropkick! Eustass rasteja até Petrov para o assentamento, 1…2…2,5! Petrov levanta firme o seu braço deixando Eustass irritado.

Petrov rasteja até ao canto e levanta-se sobre o olhar atento de Eustass. Eustass corre e salta para um Cross Body mas Petrov escapa e consegue um roll-up! 1…2…3! Não! Eustass conseguiu escapar! Os dois lutadores estão exaustos e vão-se levantando devagar e começam a trocar socos no meio do ringue. Petrov acerca um forte soco na cabeça de Eustass que o faz cair para trás até às cordas e ganhar balanço para contra-atacar com um Discus Elbow! Os dois lutadores vão ao chão!

Eustass é o primeiro a levantar-se e a agarrar a cabeça de Petrov para o colocar num Headlock. O russo vai golpeando Eustass enquanto se tenta soltar da manobra ao ritmo das palmas do público. Vai-se levantando e começa a atacar com algumas cotoveladas na zona abdominal de Eustass. Consegue finalmente livrar-se da manobra, vai às cordas e no retorno Eustass responde à investida de Petrov com um Bridging German Suplex! O árbitro começa a contar, 1…2…2,5! Eustass grita e bate com as mãos no chão!

Yuri vai gatinhando até às cordas e Eustass calca-o contra a terceira corda para a contagem do árbitro. Eustass para antes do 5 e começa a dar chapadas na cabeça de Petrov e a sorrir para o público. Continua a humilhar Petrov mas o russo responde com um Small Package! 1…2…2,5! Eustass levanta-se atrapalhado e num Russian Bear Hug! Petrov vai esmagando o corpo de Kid que grita cheio de dor! Petrov vai adicionado cada vez mais força e grita para Eustass desistir mais o português diz que não! Eustass está muito longe das cordas, então tenta soltar-se e atinge o olho de Petrov! Vai para o roll-up, VAI SER AGORA, 1…2…3! Ainda não! Eustass esta desesperado!

Ambos os lutadores levantam-se e Yuri ataca as costas de Kid. Cansado vão andando pelo ringue até chegaram a um dos cantos e Yuri atacar com alguns pontapés antes de atacar com um Uppercut deixando Kid no tapete. Yuri sobe até à terceira corda para um movimento de risco que o ajude a vencer o combate. Yuri tenta inovar mas Eustass reage rápido e ataca o campeão da Vanguarda com socos deixando-o sentado no canto. Eustass coloca Yuri aos seus ombros e gira num movimento rápido para uma Spin-Out Powerbomb! Eustass vai logo para o assentamento, 1…2…3! Petrov resiste! Eustass esteve pertíssimo de bater o campeão da Vanguarda!

Tanto um como o outro estão exaustos e levam algum tempo até se levantarem. Eustass levanta-se e encosta Yuri às cordas aplicando pressão no seu pescoço até o árbitro o mandar parar. Eustass abre os braços para o árbitro dizendo que já parou a manobra e vai até Yuri,
mas o russo reage rapidamente e agarra Eustass para finalmente tentar aplicar A Bigorna! Yuri tem Eustass em posição e finamente consegue! A BIGORNA! É O FIM! Yuri esta exausto e demora até fazer o assentamento permitindo a Eustass rebolar até fora do ringue! O árbitro começa a contar enquanto Eustass esta estendido no chão fora do ringue e Yuri vai-se tentando levantar.
1…2…3…4…5… Yuri coloca-se de pé, 6…7…8… Yuri não quer vencer por desqualificação e desde para fora do ringue e vai buscar Eustass. Yuri levanta Eustass mais o português responde com o seu Diamond Cutter! SHAMBLES! Os dois lutadores ficam estendidos no chão e o árbitro começa a contar! 1…2…3…4…5…6…7… Eustass começa a levantar-se 8… Eustass entra no ringue e Yuri começa a levantar-se 9… Yuri atira-se para dentro do ringue!

Os dois lutadores levantam-se exaustos e encontram-se no centro do ringue para mais uma troca de socos. Yuri manda um soco fortíssimo em Eustass e prepara-se para o agarrar mas Kid não deixa e agarra na cabeça de Yuri para um Shambles! Não é bem sucedido porque Yuri empurra-o, Eustass vai às cordas e leva um pontapé na barriga, Yuri levanta-o, Bigorna! Vai ser agora, 1…2…3! Yuri vence esta partida!


Raquel Jacob: O vencedor deste combate, Yuri Peeeeeeeeeeeeeeeeeeeeetrov!

YEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAHHHHHH!!!

Beja: Boa vitória do Yuri. Finalmente conseguiu vingar-se pela derrota no Parceiros de Guerra II.

Luís: Farto deste Yuri, a felicidade sorriu-lhe neste combate. Mas não há-de faltar muito para o Randall lhe tirar este sorriso da cara.

Beja: Esta vitória foi muito importante porque mostra ao Gabriel e ao Randall que este Yuri não vai facilitar quando tiver de defender o título da Vanguarda.

Luís: Veremos se será assim!

Yuri Petrov deixa a arena cumprimentando o público enquanto Eustass se vai levantando no ringue. No topo da rampa aparece Lucas Brandão com um microfone na mão.

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUHHHH!!!


Luís: Parece que o Lucas tem alguma coisa para dizer.

Lucas Brandão: Com que então rapaz, vais-me mostrar o Inferno? Continua o mesmo chavalo idiota que eras. Vai lá correr para a casa do teu avô para ele me prender. Oh espera! Ela já não pode! Já lhe perguntaste porquê? Eu digo-te: ele é um animal! Um animal como tu! Tu não és um demónio, és um animal por isso eu trato-te como tal! Admito que me surpreendeste ao dizeres que fingiste estares do meu lado. Mas fica a saber que eu também nunca confiei em ti. Se é guerra contra mim que queres, então não esperes sair vencedor.

Beja: Olha ali no meio do público!

Arsénio Fuínha aparece vindo do público e apanha Eustass desprevenido para lhe acertar um “Sumário”! A imagem desvanece com Eustass estendido no ringue.

***

Filipe Azevedo aparece na zona de entrevistas sozinho, o mesmo tem uma toalha as costas, onde provavelmente limpou o suor depois do combate com Diogo Lourenço. Ao seu lado direito temos outro membro dos DeLuxe SAD… Sebastião Fonseca.

Sebastião Fonseca: Em condições normais o meu cliente hoje teria vencido Diogo Lourenço sem muito para se contar no final do combate, mas o que aconteceu foi que Frederico de Queirós quis intrometer-se na vida dos DeLuxe SAD. Com ele lidaremos num futuro próximo…

Filipe Azevedo parece bastante irritado pela forma como as coisas surgiram no seu combate.

Sebastião: Como podem ver o meu cliente está irritado, bastante digamos assim, mas o seu pensamento continua a ser apenas um… Enfrentar, derrotar e humilhar Vinícius Nunes. Mas o mesmo parece não entender as preses da “Bomba” Filipe Azevedo…

Nisto um novato da Vanguarda da Luta Livre coloca-se na frente do lutador dos DeLuxe.

Sebastião: Mas o que é que tu pensas que estás a fazer?

Rafael Sampaio: Eu estou a desafiar o Filipe Azevedo, não se vê bem.

Filipe Azevedo empurra o novato Sebastião Sampaio.

Sebastião: Calma! Calma pessoal!

Sebastião Fonseca coloca-se no meio.

Sebastião: Mas quem é que tu julgas que és para desafiar um membro dos DeLuxe? Tu és um puto aqui dentro, não mandas nada…

Sampaio: Eu estou farto dos DeLuxe, estou farto destas injustiças. Estava de passagem e nem ia dizer nada, mas irritei-me com esse discurso decorado. O Diogo vencia fácil esse monte de músculos sem talento, vamos ser sinceros…

Filipe Azevedo começa a rir…

Filipe Azevedo: Tens piada… Eu aceito o teu desafio “Prodígio”. Achas que não sei quem tu és? Só porque o menino aprendeu com o Lance Storm não quer dizer que o menino seja o Lance.

Sebastião: Filipe deixa esse gajo para lá…

Sampaio: Combate marcado?

Rafael estica a mão para assinalar o combate de ambos.

Azevedo: Por eu aceitar combate contigo não quer dizer que eu vá te esticar a mão. Tu não tas ao meu nível, eu só estico a mão para membros dos DeLuxe SAD. Só eles são realmente poderosos para me fazer ter tento na língua.

Sampaio: Tudo bem, depois do nosso combate veremos isso.  Veremos se sempre irás atrás do Vinícius como dizes que vais fazer ou se te vais colocar atrás da cortina da casa do Bangalter, bem escondidinho pela pressão. Não te esqueças que quem tem muito a perder aqui és tu. Eu posso ser o “Prodígio”… mas tu é que és membro dos DeLuxe!

Sampaio sai de cena e a imagem começa a desvanecer.

***
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 43# (RTP1) - (11/03/14)

Mensagem por vlladmin em Qua 12 Mar 2014, 11:09

A emissão volta ao ringue.

Beja: E chegámos ao momento mais ansiado da noite, o nosso combate principal! Alexander Randall enfrenta Gabriel Martins, numa disputa que valerá o lugar de candidato principal ao Título da Vanguarda, detido por Yuri Petrov!

Luís: Um combate principal que eu não percebo, espera-se uma vitória fácil do único verdadeiro atleta de entre os dois: O Alexander Randall.

Beja: Se há algo que o Martins tem mostrado vez após vez dentro do ringue é precisamente capacidade atlética, Luís. Pode não ter a força de Randall, mas é um lutador ágil e dotado tecnicamente. Diria que Gabriel Martins tem um talento natural imenso, tendo em conta o nível que apresenta depois de tão pouco de treino.

Luís: Mas está verde, Beja. Se ele se tivesse mantido junto ao Lousada teria tudo para triunfar. Tinha todo o apoio para evoluir calmamente as suas capacidades. Estava com o homem certo. Se ele tem o nível que tem é mesmo graças ao Lousada. Mas virou-lhe as costas, e agora? Agora é uma presa fácil para os tubarões da VLL, como Randall.

Beja: Só concordo contigo numa coisa, Luís: O facto de ter virado as costas ao Lousada pode-o prejudicar, e em particular neste combate, mas não por falta de qualidade do Martins. Mas simplesmente porque todos nós vimos hoje daquilo que o Lousada é capaz de fazer, ainda para mais sem a supervisão do Presidente Guerreiro...e mesmo que ele nada faça, depois daquele encontro entre eles nos bastidores e de ter visto o que aconteceu a Fragas, dificilmente Martins conseguirá estar completamente focado neste combate.

Luís: O Martins só tem que estar focado, não há desculpas. E sabes que mais? O nosso Supervisor-Geral não fará nada neste combate. E sabes porquê? Porque não o tem que fazer. Ele tem a noção de que o Randall consegue acabar com o Martins por si mesmo, por isso lhe deu essa tarefa.

Beja: Veremos, Luís, veremos...

Raquel Jacob: Este é o combate principal da noite! Está marcado para uma derrota e vale o lugar de candidato principal ao Título da Vanguarda! E agora, apresentando primeiro, acompanhado por Jack Neville, ele vem de Swansea no País de Gales e pesa hoje 135 quilos...ALEXANDER RANDAAAAAAAAAAAAAAAALL!!!


BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH!!!

Luís: Estes nossos fãs não sabem apreciar um homem talentoso como Randall, que tristeza...

Beja: O que estes fãs não apreciam, Luís, é o seu carácter. O seu e o de Neville, melhor dizendo.

Randall avança com um ar confiante e intenso para o ringue. Neville vai interagindo com o público, fazendo com que eles apupem ainda mais.

Raquel Jacob: E o seu adversário, vindo de Guimarães e pesando hoje 87 quilos, ele é “THE YOUNG GUN”...GABRIEL MARTIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIINS!!!


YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!!!

Luís: E a este já aplaudem. Sinceramente, tenho pena deles. Quando ele se mostrar como o falso que realmente é, tal como Neville disse, vão apanhar uma valente desilusão.

Beja: Também não acreditavas na mudança do Fragas, Luís...e hoje vimos o que vimos. Portanto, não sei porque é que o Martins haverá de desiludir os nossos fãs.

Martins vai cumprimentando o público até chegar à borda do ringue. Randall olha para ele com um olhar intenso, que Martins retribui. O português decide-se a entrar no ringue.


O árbitro Marcos Mendes inspecciona os dois homens e, ao ver que está tudo dentro das leis, manda soar a campainha.

O combate tem o seu início com Randall a insultar Martins, gritando que ele nem sequer pertence àquele ringue. A besta galesa mostra começar o combate irritado. Martins parece ignorar as palavras de Randall e tenta concentrar-se no confronto, coloca-se em posição de luta e não se aproxima nem um passo do adversário. O público grita o nome do português, claramente o favorito dos fãs neste evento principal, dando um bom ambiente à contenda.

Randall acaba  por ter a primeira iniciativa do combate e lança-se sobre Martins, tentando agarrá-lo, mas o minhoto consegue escapar das suas mãos, e vai para as costas do britânico, desferindo-lhe um pontapé estrondoso na parte de trás do joelho. E um segundo pontapé de Martins na parte de trás do joelho de Randall! O galês defende-se dando uma cotovelada violenta na cara de Martins, que se agarra ao maxilar e recua atordoado, virando costas ao lutador representado por Jack Neville.

Randall aproxima-se de Martins e agarra-o pela cintura, vai para um German Suplex...mas Martins conseguiu aterrar de pé! Neville tenta evitar Randall disso mesmo, mas o galês não o parece ter ouvido, ele vira-se para Martins...e é atingindo em cheio com pontapé no queixo! O público vibra com esta manobra de Martins, mas o português apenas conseguiu fazer o seu adversário cambalear! Martins vai às cordas ganhar velocidade e...acerta com um Flying Forearm Smash em Randall!

Mas ainda não foi o suficiente para a besta cair! OH! Step-Up Enziguri de Gabriel Martins! Que estrondo! E agora sim, o britânico vai ao chão, para desespero de Neville e delírio do público! Martins vai para o assentamento de espáduas...1...E Randall envia Martins a voar praticamente de uma ponta à outra do ringue. Martins recompõe-se e olha à sua volta com um ar preocupado. Na sua cabeça ainda deve estar o encontro com Lousada nos bastidores do Pavilhão e o que aconteceu antes a Aníbal Fragas.

Martins volta a aproximar-se de Randall que já se está a levantar, agarra-lhe pelo braço, parece que vai tentar um Irish Whip...Mas a força de Randall é tanta que o português nem consegue fazer com que ele saia do sítio! E é Randall quem atira autenticamente Martins contra um dos cantos com um Irish Whip violentíssimo! Martins bate com o peito no canto com imensa força e cai desamparado, parece ter perdido o ar todo!

Neville bate palmas ao seu cliente, contente por este estar agora em posição de domínio no combate. Já o público não gosta do que está a ver e apupa Alexander Randall. Randall acossa Martins, enquanto este começa a levantar-se...e Running Clothesline de Randall! Que força do galês, que choque! Gabriel Martins dá uma meia-volta no ar e bate de cara no tapete! Randall não perde tempo, levanta-o de imediato, coloca-o em posição de Suplex...mantém o adversário por algum tempo lá no alto exibindo uma vez mais a sua força...e acaba por fim por aplicar o Suplex!

Martins uma vez mais a levar com muito impacto nas suas costas! Randall faz um assentamento de espáduas despreocupado, nem prende a perna do minhoto...1...2...Martins safa-se para satisfação do público! Randall dá um soco forte na cara de Martins antes de o levantar, o galês para além de dominante, mostra-se especialmente violento neste combate. Randall atira Martins para as cordas com um Irish Whip, vai para um Big Boot...

Mas o português passa por baixo da perna de Randall, evitando assim o pontapé! Martins corre para as cordas do outro lado, Randall vira-se para ele, o minhoto lança-se para cima do monstro...mas este agarra-o! Com uma facilidade tremenda! E Fallaway Slam de Randall em Gabriel Martins, que é arremessado como se fosse um boneco de trapos! Randall mostra-se contente com a sua exibição, sinaliza a Neville que está no exterior do ringue que vai terminar o combate, e o inglês aprova.

Randall chega-se ao pé de Gabriel Martins e levanta-o, colocando a cabeça do português entre as pernas. Randall prepara Martins para o seu Powerbomb, o ex-jornalista está em maus lençóis! Mas Martins consegue reverter para um Victory Roll! Martins prende a perna de Randall que está com os dois ombros no chão! 1...2...E a besta safa-se! Mas por pouco! O público não acredita que Randall se safou e Nevilla suspira aliviado.

Os dois lutadores estão de pé novamente, Randall vai para um soco em Martins, mas este desvia-se, baixando-se e consegue depois acertar em Randall com um Uppercut! Mas o monstro mal se mexe! Randall grita a Martins para ele tentar com mais força! Agora um Backfist por parte de Gabriel Martins! O impacto é bem audível, mas o monstro volta a não se mexer. Martins recua um passo, vai para um pontapé...Só que Randall agarra-lhe a perna!

Randall vai para um soco em Martins, mas este consegue tirar a cara da frente...e acerta em cheio na cabeça de Randall com a outra perna! Que pontapé fenomenal de Gabriel Martins! Randall fica zonzo depois disto! Martins salta para a segunda corda...e Springboard Tornado DDT! Gabriel Martins conseguiu plantar o monstro no ringue! Gabriel Martins vai para o assentamento de espáduas...1...2...

Randall safa-se ainda com alguma autoridade! Martins volta a olhar para a rampa de entrada, continua a parecer que está preocupado com uma eventual aparição de Augusto Lousada ou alguma surpresa proporcionada pelo Supervisor-Geral. Martins perde um pouco de tempo com isso, mas coloca-se agora na parte de fora da borda do ringue. Martins salta para a terceira corda, vai para um Springboard...Mas Jack Neville abana as cordas, fazendo com que o português se desequilibre e caia redondo no ringue!

O público apupa a acção de Jack Neville que sorri e se faz de despercebido. O árbitro Marcos Mendes reparou no que Neville fez e avisa-o de que da próxima vez será banido das proximidades do ringue. Randall aproveita a acção do seu manager, aproxima-se de Martins e levanta-o. Randall prende as pernas de Martins, que está numa posição óptima para um Muscle Buster...e é mesmo isso que Alexander Randall faz, um Muscle Buster ao estilo de Samoa Joe!

Gabriel Martins a saltar no ringue depois do impacto! E agarra-se às costas com dores! Randall vai para o assentamento de espáduas, o árbitro vai ao chão...1...2...NÃO! MARTINS SAFA-SE! Para delírio do público que se levanta nas bancadas, Gabriel Martins safa-se! Randall não perde tempo, volta a pôr Martins de pé, lança-o às cordas com um Irish Whip...e recebe-o com um Big Boot que quase o decapita!

Os apupos a Randall são cada vez mais e o próprio Neville parece incitar o público a vaiar mais. Randall não se importa e ergue o punho numa acção provocatória, o galês sente-se novamente confortável no combate e dá-se ao tempo de perder assim alguns segundos. Alexander Randall caminha agora para o corpo caído de Gabriel Martins, abaixa-se e agarra-lhe a cabeça...mas Martins  tenta aplicar um Triangle Choke!

Martins tenta prender o Triangle Choke, esforça-se o máximo que pode...e consegue! O Triangle Choke está preso! Randall está numa posição arriscada neste momento! Martins faz toda a pressão que consegue, a sua cara fica ruborizada enquanto solta um grito de intensidade! O público vai ao rubro com a manobra de submissão de Gabriel Martins! Randall pode desistir ou mesmo ficar inconsciente!

A besta galesa tenta obrigar Martins a romper a submissão, dando-lhe um soco forte na cara! E vão dois! Mas Gabriel Martins não larga esta manobra por nada na sua vida! Randall está a tentar colocar-se de pé, mesmo com Martins a segurá-lo. Randall esforça-se para se levantar com o peso todo de Martins...e consegue-o! Que força física, que aberração! E Alexander Randall arremessa o corpo de Martins contra o chão do ringue! Martins larga-o! E mais uma vez as suas costas sofrem!

Randall parece absolutamente furioso, agarra em Martins de imediato...e atira-o para o chão com autoridade com um Scoop Slam! Neville diz a Randall para este não sair de cima do seu oponente e é isso mesmo que ele faz. Randall volta a agarrar Martins, é impressionante o à-vontade com que o galês levanta o adversário do chão. E Backbreaker de Alexander Randall em Gabriel Martins! O português grita de dor! Randall não larga o português, que fica com as suas costas enterradas no joelho do monstro!

Randall dobra o corpo todo de Gabriel Martins, como se o quisesse partir ao meio, e o ex-jornalista grita em agonia! Randall grita-lhe para desistir, mas Martins mostra garra e recusa-se a fazê-lo. E pontapé forte de Gabriel Martins na nuca de Alexander Randall! Martins a mostrar muita elasticidade ao atingir Randall daquela posição! O português consegue rolar para o chão do ringue, saindo da posição complicada em que se encontrava.

Randall não quer perder tempo e deixar Martins ganhar uma nova vida, vai de imediato no encalço do português...mas este apanha-o de surpresa num Small Package! O árbitro faz a contagem, 1...2...e Randall safa-se! Os fãs levam as mãos à cabeça depois de, por mais uma vez, Martins quase ter sacado a vitória de surpresa. Os dois voltam a levantar-se, ficando frente a frente, e Martins conecta com um Superkick repentino mesmo no queixo de Alexander Randall!

Randall fica encostado às cordas muito afectado, por pouco não cai para fora do ringue. E Running Front Dropkick de Martins, a enviar Randall de uma vez por todas para o exterior do círculo quadrado! Mas ainda assim, Randall conseguiu cair de pé! O público puxa por Martins nesta fase em que ele está por cima no combate! O português dá uns passos para trás para ganhar velocidade, com os olhos fixos em Randall que está fora do ringue, cá vai ele e...Suicide Dive!

Martins a derrubar finalmente Randall, que vai contra as barreiras de protecção, mas às custas do próprio corpo! O público vai definitivamente ao rubro! Os fãs por todo o pavilhão gritam pelo nome de Martins e pela VLL! Os dois lutadores estão com dificuldades para se levantar, e o árbitro começa a fazer a contagem. Vai nos 3, com os dois homens a começar a levantarem-se. 4, e talvez surpreendentemente é Martins o primeiro a pôr-se de pé, mas Neville vai no seu encalço.

O português apercebe-se e fixa a sua atenção no manager de Randall, que mete as mãos no ar, como que dizendo que nada fez. E Randall aproveita a aberta e acerta com um golpe de antebraço forte nas costas de Martins! O público mais uma vez vaia a acção de Jack Neville! Randall agarra em Martins e empurra-o, fazendo com que embata com que este bata as costas na borda do ringue! Mais uma vez a aparecer aquele esgar de dor na face de Martins, as suas costas estão a ser bastante fustigadas neste combate.

O árbitro vai nos 7, e Randall atira o adversário para dentro do ringue, entrando logo ele a seguir. Randall volta a pegar em Martins...e arremessa-o para o chão com um Body Slam! E agora Alex Randall vai às cordas e atira-se para cima do “Young Gun” com um Running Splash! Assentamento de espáduas de Alexander Randall...1...2...Martins consegue tirar um dos ombros do chão e safar-se! O público grita satisfeito!

Randall torna a agarrar em Martins, levantando-o e atira-o para um dos cantos mais distantes. Randall vai a correr furiosamente na direcção do canto...e Body Avalanche de Randall! O galês a usar todo o seu corpo para esmagar Martins no canto! O português cai redondo no chão! Randall levanta Martins uma vez mais e atira-o para o canto oposto. Cá vai o monstro em corrida uma vez mais, mas desta vez Martins a ter o instinto suficiente para sair da frente no último instante!

O galês chocou com força contra o canto. Vira-se para Martins ainda agarrado ao peito...e este apanha-o com um Hurricanara! E Martins prende as pernas de Randall, ficando a fazer o pin. O árbitro faz a contagem...1...2...Não Randall safa-se! O público suspira frustrado! E enquanto isso Neville leva as mãos à cabeça, não acredita na resiliência de Gabriel Martins e na quantidade de vezes que o português já ia conseguindo a vitória frente ao seu cliente!

Martins cai para cima de Randall com joelhadas incisivas. Knee Strikes consecutivos por parte de Gabriel Martins em Randall, que vai vacilando. Mas Randall a empurrar Martins para longe, ganhando tempo e distância. Martins volta à carga...mas Randall atinge-o com um Dropkick! Do nada Randall com um Dropkick! E perfeitamente aplicado! Alexander Randall a mostrar um atleticismo louvável para os seus 135 quilos!

Gabriel Martins parecia não estar a contar com aquele Dropkick! Randall aproxima-se de Martins e pontapeia-lhe as costas num gesto de pura fúria e frustração. O português grita de dor uma vez mais neste combate! Neville diz a Randall para ele acabar com o combate e Randall volta a pegar novamente em Martins como se nada fosse. Pela posição parece que Randall irá para um Fallaway Slam...mas não! Randall a rodar Martins em pleno ar e a plantá-lo com um Sitout Spinning Side Slam!

Que impacto tremendo, os fãs suspiram desalentados! Martins está todo torcido depois disto! Neville incentiva Randall a fazer o assentamento de espáduas e é isso que ele faz, desta vez sem brincadeiras, prende-lhe as pernas...1...2....NÃO! NÃO! Ao contrário do que toda a gente estaria à espera, Gabriel Martins consegue erguer o ombro do chão uma vez mais! Randall não acredita, volta a prender as pernas, nova contagem...1...2...

E Martins safa-se uma vez mais! O público grita feliz! Como é que é possível?! O castigo que as costas de Martins já aguentaram neste combate! E ainda assim ele safa-se! Randall já não sabe o que fazer para acabar com Martins! O monstro levanta-se e começa a pisotear raivosamente o peito de Gabriel Martins com a sua bota enorme! Randall a tirar o ar todo dos pulmões do adversário! E agora deixa ficar o pé em cima de Martins, fazendo pressão. O minhoto está com os ombros no chão e nem se apercebe...1...2...Martins consegue tirar um dos ombros do chão!

Randall agarra em Martins, puxando-lhe os cabelos, o galês está mais irado do que nunca, vale tudo nesta fase do combate. Alexander Randall levanta Martins por cima dos seus ombros em posição de Gorilla Press! Mais uma demonstração de força de Randall numa altura em que o combate já dura há bastante tempo! Que é que ele vai fazer aqui?! Nada! Porque Martins consegue escapar e cair nas costas de Randall! Martins fica costas com costas com o galês e apanha-o num Backslide!

1...2...NÃO! RANDALL A SAFAR-SE NO ÚLTIMO MOMENTO! Por uma vez mais, Gabriel Martins apanhou Randall desprevenido e ia alcançado a vitória! Os dois lutadores voltam a ficar frente a frente e Randall agarra em Martins, levantando-o para um Bear Hug...Mas Martins prende-lhe a cabeça! Gabriel Martins prende-lhe a cabeça e só pode estar a pensar no Guillotine Choke! Randall cai e Martins consegue aplicar a sua submissão de excelência!

O combate pode acabar de uma maneira inesperada com a vitória de Gabriel Martins por desistência! Randall já mostra cansaço nesta fase do combate! Tenta levantar-se, mas já não consegue! Martins as suas pernas à volta da cintura de Randall de modo a dificultar-lhe ainda mais a tarefa! A besta galesa parece estar a desfalecer, Martins pode estar pronto de conseguir o impossível!

Mas Jack Neville entra pelo ringue adentro! O árbitro intercepta-o, mas Neville faz para o ocupar pelo maior quantidade de tempo possível! E Randall arranha a cara Martins! Randall a arranhar a cara e a cravar os dedos nos olhos de Martins! Sem o árbitro a ver vale tudo para Alexander Randall e assim o português largou o monstro! O público vê o que está a acontecer e toda a gente começa a apupar loucamente. O árbitro expulsa Neville das proximidades do ringue! O inglês protesta de forma acessa com Marcos Mendes, mas conseguiu fazer o que queria, livrou Randall da submissão de Martins.

Martins levanta-se agarra em Randall, que está com a cara toda vermelha depois da submissão que sofreu. Martins coloca Randall em pé, mas este dá-lhe um soco em cheio na cara! Martins consegue manter a posição e acerta-lhe ele próprio com um soco! Mas Randall desfere-lhe uma cabeçada violenta que o deita por terra! Randall a relembrar o seu tempo nas lutas ilegais neste momento! Neville já não está junto ao ringue e Randall parece ter-se apercebido disso mesmo agora.

O galês não se mostra preocupado, agarra em Martins...e Powerslam de Randall! Um Powerslam impressionante de Randall! Assentamento de espáduas de Alexander Randall, pode ser agora o final...1...2...3! NÃO! NÃO! POR POUCO A MÃO DE MARCOS MENDES NÃO BATEU NO TAPETE PELA TERCEIRA VEZ! O público está absolutamente louco, como é que Martins ainda se safa depois de tudo o que já sofreu?!

É isso mesmo que Randall deve estar a perguntar a si mesmo, mas o galês nem quer saber a resposta, apenas acabar o combate de uma vez por todas. Ele levanta Martins, colocando a cabeça dele entre as pernas uma vez mais, vai para o seu Powerbomb, cá vai! É O FIM PARA MARTINS! NÃO! NÃO! MARTINS A CONSEGUIR APLICAR UM DDT PARA SE SAFAR DO POWERBOMB!

O público grita pelo nome de Martins a plenos pulmões, está aqui a aberta que o português precisava. Agora já não há Neville para salvar Randall! O minhoto levanta-se com imensa dificuldade, não consegue evitar levantar as mãos às costas uma vez mais. Martins volta a olhar para a rampa de entrada, procurando Lousada...mas ele abana a cabeça e decide focar-se no combate de uma vez por todas!

Martins recua uns passos, aguarda que Randall se levante. Só se vê intensidade na sua face! O público sabe o que vem aí...Randall já se está a pôr de pé, Martins corre na sua direcção...BREAKING NEWS! O BUSAIKU KNEE KICK DE MARTINS! TAL E QUAL DANIEL BRYAN! Assentamento de espáduas por parte de Martins, a vitória tem que ser dele depois disto...1...2...

NÃO! NÃO! O PÚBLICO NÃO ACREDITA! RANDALL TIROU O OMBRO DO CHÃO! NINGUÉM ACREDITA! Martins bate com o punho no chão, nem ele sabe como é que Randall se safou disto! Mas não desiste, Martins volta-se a pôr em posição para mais uma joelhada, e novamente pode contar com o apoio do público. Randall está-se a levantar, o britânico está completamente zonzo, cá vai Martins pela segunda vez...BREAKING NEWS! Assentamento de espáduas!

1...2...3!!!


Raquel Jacob: E o vencedor deste combate e o NOVO CANDIDATO PRINCIPAL AO TÍTULO DA VANGUARDA, “THE YOUNG GUN”...GABRIEL MARTIIIIIIIIIIIIINS!!!

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!!!

Beja: Martins conseguiu! Contra tudo e todos! Mesmo depois dos jogos psicológicos de Lousada que, talvez surpreendentemente, nada fez neste combate! Mesmo depois de Neville o ter prejudicado por várias vezes neste combate! Mesmo tendo um monstro pela frente! Martins venceu!

Luís: Eu não acredito nisto, eu não acredito! Como é que o Randall, um verdadeiro lutador, um atleta do mais fino calibre...perde para um homem que ainda há bem pouco tempo não passava de um jornalista?! Como?!

Beja: Eu digo-te como, Luís. Este jornalista tem imenso coração e isso fez a diferença! O público também não parece acreditar, mas rejubila com a vitória de Martins! Gabriel Martins derrotou o monstro e tornou-se no novo candidato principal ao Título de Petrov! Bem queria que vocês aí em casa vissem a festa connosco aqui no ringue, mas o nosso tempo chegou ao fim! Até para a semana pessoal!
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 43# (RTP1) - (11/03/14)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum