PARCEIROS DE GUERRA II (PPV9#) - (23/02/14)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

PARCEIROS DE GUERRA II (PPV9#) - (23/02/14)

Mensagem por vlladmin em Qui 20 Fev 2014, 00:09

(Sujeito a alterações)

PAVILHÃO DA VANGUARDA DA LUTA LIVRE

COMBATE PRINCIPAL DA NOITE
COMBATE PELO TÍTULO SUPREMO
MICHEL-BAPTISTE BANGALTER VS VINÍCIUS NUNES

2 OUT OF 3 FALLS MATCH

*****

ARSÉNIO & EUSTASS (c) VS ??? & ??? PELOS PARCEIROS DE GUERRA
??? vs ??? VENCEDORES ENFRENTAM OS PARCEIROS DE GUERRA
PETROV & HUNT VS LECTER & ESPARTANO VENCEDORES AVANÇAM PARA A SEMI-FINAL
FELPS & CAMALEÃO VS JUSTIN & BARROS VENCEDORES AVANÇAM PARA A SEMI-FINAL
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PARCEIROS DE GUERRA II (PPV9#) - (23/02/14)

Mensagem por vlladmin em Seg 24 Fev 2014, 08:02

A imagem foca um ringue escuro e vazio onde as letras Parceiros de Guerra colidem, estando por baixo o indicativo II. Num design elegante e simples uma tela desce e começa-se a reproduzir um vídeo tratado de forma antiga, o mesmo é um combate entre Sha To & João Silva contra Peter World e David Santos.

Narrador: No dia 2 de Fevereiro de 2013 a Vanguarda da Luta Livre foi mais longe nas suas ideias colocando a disposição dos seus recentes fãs um evento televisivo intitulado parceiros de Guerra.

A imagem continua a dar-se relativamente a esse combate.

Narrador: Os primeiros campeões foram coroados, ainda assim por muito tempo eles foram os únicos visto que a VLL sessou com a divisão de equipas pouco tempo de pois. Dias negros e de tempestade seguiram-se para os Parceiros de Guerra esquecidos num escritório qualquer. A traição de João Silva a Sha To também não ajudou, de onde nasceu Straight Johny. Nesse dia trágico os Parceiros de Guerra foram para a escuridão e só voltaram muito tempo depois.

A imagem fica escura mas volta a reerguer-se com a imagem de Batalha Real.

Narrador: O Brasil acolheu o primeiro e único evento até ao momento fora de Portugal e foi ai que encontramos o renascer das cinzas para o título de Parceiros de Guerra dado a Bruno Alexandre e David Soares Courteener, depois de ambos terem-se eliminado ao mesmo tempo da tal batalha Real. Com esta estratégia Lucas Brandão queria reerguer o esforço de equipa que mais tarde veio a ficar nas mãos de Alberto Valente e Rob Este, mesmo que apenas por uma noite.

A imagem foca agora Delmar Bento e Eustass Kid a celebrarem a sua vitória.

Narrador: No dia 24 de Setembro de 2013 Delmar Bento tornou-se campeão de Parceiros de Guerra pela segunda vez, depois de substituir Bruno Alexandre no reinado com Courteener. Eustass Kid tornou-se o campeão mais longo de sempre ao chegar neste dia desde ai como campeão.

Vemos os dois em grandes momentos na VLL, retratados como verdadeiros gladioadores.

Narrador: Uma lesão afastou Delmar Bento, mas não afastou Eustass Kid e o grupo ao qual ele pertence… os DeLuxe. E tudo culmina hoje… Neste Parceiros de Guerra II, o evento das equipas da VLL. A aposta foi feita ao longo de meses e o resultado final é hoje.

Todos os participantes aparecem na tela que lentamente se transforma num monitor mais moderno e poderoso.

Narrador: O segundo torneio anual de Parceiros de Guerra dá-se hoje com Arsénio Fuínha e Eustass Kid como campeões restando apenas saber quem os irá enfrentar na final! O drama… A tragédia… A Vanguarda da Luta Livre em equipas!

A imagem fica completamente escura voltando alguns segundos depois com Michel-Baptiste Bangalter e Vinícius Nunes no tal monitor.

Narrador: E para finalizar a noite o título Supremo vai a um “2 out of 3 falls match” com o campeão Vinícius Nunes e o líder dos DeLuxe Michel-Baptiste Bangalter. Pela primeira vez ambos enfrentam-se num combate individual.

Vemos os melhores momentos de ambos.

Narrador: No final só um pode levar o título Supremo… para casa!

A imagem começa a desaparecer tornando-se o monitor completamente preto.


***

A imagem foca o escritório de Augusto Lousada e a bater a porta vemos David Soares Courteener. O mesmo entra passado alguns segundos.

Augusto Lousada: Vejamos se não é um antigo parceiro de Guerra… Courteener!

Courteener coloca os pés dentro do escritório de Lousada e depara-se com Darren Keane sentado numa dos pequenos sofás em frente a escrevaninha. O mesmo fez um esforço tremendo para não se atirar para cima do Irlandês.

Lousada: E na minha frente tenho alguém que podia ter sido campeão de equipas também. Que coisa fofa… Senta-te aqui Courteener.

O mesmo aponta para o sofá ao lado de Keane.

David Soares Courteener: Recuso-me a sentar-me ai.

Lousada: Ou te sentas aqui ou és imediatamente despedido.

Courteener lá se senta onde Lousada lhe mandou.

Lousada: A razão pela qual eu vos chamei aqui é muito simples. Vocês os dois tem causado muitos problemas aos oficiais dos balneários, eles andam com os cabelos em pé de vos ver a porrada. Por isso é altura de levar isto para o ringue já no próximo evento.

Keane olha para Courteener e mostra-se agradado com o anúncio de Lousada.

Lousada: Até lá vocês não se podem tocar, mas darei a satisfação a vocês os dois de lutarem sem regras se é isso que querem. Por isso não teremos um combate! Teremos uma brawl! Em que o vencedor ficará bastante bem cotado na minha consideração e quem sabe me faça uns favores no futuro…

Lousada manda uma gargalhada mostrando-se muito confiante no dia de hoje.

Lousada: Agora toca a sair da minha sala!

Keane encosta a cabeça a Courteener ao levantar-se, mostrando ele também estar confiante para o combate do próximo evento.


***

Na tela do pavilhão passam imagens das últimas semanas com os recentes confrontos de Vinícius Nunes contra Bangalter e os DeLuxe. Toca o tema oficial para este evento e a imagem mostra um espectáculo de pirotecnia na entrada da rampa. A câmara dá uma volta ao pavilhão e mostra o público ao rubro, gritando e exibindo vários cartazes dedicados à VLL e aos seus atletas.

YEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAAAAAAAAH!

Diogo Beja: Sejam bem-vindos fãs da Vanguarda da Luta Livre, eu sou o Diogo Beja e tenho aqui ao meu lado o Luís Barreira, e está tudo preparado para este evento especial dedicado à divisão de equipas.

Luís Barreira: É verdade, Diogo. Hoje teremos um torneio entre quatro equipas com os vencedores e terem a oportunidade de combaterem pelos títulos. Há ainda um combate muito esperado pelo título Supremo entre Vinícius Nunes e o líder dos DeLuxe Michel-Baptiste Bangalter.

Diogo Beja: É realmente um excelente card e vamos ter de certeza grandes combates. Eustass Kid já carrega o título de Parceiro de Guerra ainda antes de entrar nos DeLuxe e é o campeão mais longo da história da VLL mas no seu caminho estão quatro boas equipas que desejam o seu título. Já no plano pelo título Supremo, Vinícius Nunes conquistou este título no Poder Popular num combate de escadote que também contou com o Bangalter. O francês não desistiu desde então e tem aqui uma grande oportunidade para vencer este tão prestigiado título num combate à melhor de três.

Luís Barreira: Os DeLuxe estão a ser claramente postos à prova e será desta que o Bangalter vai ficar com o título.

Diogo Beja: Eu não estaria tão seguro disso, Luís. O Vinícius levou a melhor sobre os DeLuxe nas últimas semanas e chega a este evento cheio de moral. Mas agora é hora para o primeiro combate da noite, a Raquel já está no ringue.

Raquel Jacob: Este é um combate de equipas marcado para um derrota, a contar para o torneio de Parceiros de Guerra. Os vencedores deste combate avançam para as semi-finais! Introduzindo em primeiro, com um peso combinado de 209kg, Justin Jameson e Diego Barros!


Diogo Beja: Esta semana tivemos uma revelação bombástica por parte de Justin Jameson, ao revelar que este seria o seu último show na Vanguarda e que acertou com a direcção da VLL uma rescisão do contrato. Ao que parece as autoridades da VLL não quiseram deixar Diego Barros sem parceiro e Jameson acaba por ter uma oportunidade de se despedir da VLL com um título.

Luís Barreira: Eu tenho imensa pena que o Jameosn se vá embora,eEle é tem um físico impressionante e era dominante em ringue. Mas tenho a certeza que ele não deixa a VLL sem antes dar uma lição ao Camaleão e ao Felps!

Raquel Jacob: E os seus adversários, com 195kg combinados, Felps e Camaleão, “Os Áses da Ilusão”!

 YEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHH!!!

Diogo Beja: Aqui estão estes dois, gosto imenso da química que existe entre eles. E o Camaleão vem a imitar mais alguém. Esta forma como ele bate com os punhos no peito é características de Alexander Randall.

Luís Barreira: Este Camaleão devia ir preso por tentar roubar a identidade de outras pessoas. Alguma vez o Camaleão conseguirá imprimar a intensidade e potência com que o Randall se apresenta em ringue? O Camaleão no máximo imita o Bison, nunca o Randall!

Diogo Beja: Parece que estes dois já decidiram um nome para a sua equipa. Eu gosto, fica no ouvido.

Luís Barreira: Que nome mais ridículo…


Adelaide Amaral é a oficial deste combate. Felps e Jameson são os dois lutadores que vão inicar este combate e Jameson começa por convidar Felps para um teste de forças. Jameson acaba por levar a melhor e prender Felps num headlock com o brasileiro a resistir como pode. Felps vai resistindo e empurra Jameson para as cordas. Felps espera o retorno de Jameson mas o americano consegue atacar com um Shoulder Block e derrubar Felps. Jameson vai para o assentamento mas Felps sai no 1.

Jameson levanta Felps e agarra-o com um Bear Hug. Felps grita com dor enquanto Jameson caminha até ao canto e faz o tag com Diego Barros. Diego entra em ringue e encosta Felps ao canto, desfere alguns socos na barriga e termina com uma running clothesline contra o canto. Felps cai e Diego vai para a cover, mas o brasileiro levanta o braço no 2.

Felps estica o braço para Camaleão mas encontra-se ainda muito longe do seu parceiro. Diego agarra no pé direito de Felps e prende-o com o seu leg lock. Felps sofre e Camaleão puxa pelo público que vai incentivando Felps. Com esforço Felps consegue levantar-se apenas com a perna esquerda e vai saltando até perto de Camaleão. Diego levanta-se ainda aplicando pressão no pé de Felps e puxa-o até Jameson e faz o tag.

Jameson entra e continua a punir a perna direita de Felps com pontapés, levanta-o aos ombros aplicando um Torture Rack. Felps está a ser punido neste combate e Camaleão vai batendo palmas e pede o apoio do público. Jameson continua a Torture Rack mas Felps consegue responder com um excelente DDT! Felps estica-se e consegue fazer o tag com Camaleão!

Camaleão entra a grande velocidade e vai até ao outro canto derrubar Diego Barros com uma Running Clothesline. Espera que Jameson se levante e aplica um Inverted DDT! Cover, 1…2… Jameson ainda responde. Camaleão levanta o americano e ataca-o com murros nas costas antes de o derrubar com um dropkick. Jameson rebola até às cordas e é puxado por Diego Barros para fora do ringue.

Camaleão ergue os braços para uma ovação do público enquanto Jameson e Barros discutem a sua táctica. Camaleão desce do ringue e vai atacar Barros com uma clothesline mas Jameson apanha por trás e atinge-o na cabeça. O ‘Bullseye’ mete Camaleão no ringue e sobe também para fazer a cover. 1…2… Camaleão safa-se. Jameson levanta o imitador e colaca-o ao ombros para um Samoan Drop no centro do ringue.

Jameson olha para Felps enquanto vai para o assentamento, 1…2… mas Camaleão ainda sobrevive. Jameson lança-o até ao canto com um irish whip onde já estava Diego Barros e faz o tag. Barros entra e prende Camaleão num armbar. Felps vai apoiando o seu parceiro enquanto ele tenta alcançar as cordas. Barros vai colocando mais pressão mas Camaleão com muito esforço chega às cordas e Diego Barros é obrigado a parar a manobra.

Barros levanta-se furioso e aplica um Butterfly Suplex bem no centro do ringue e vai para o assentamento mas Felps entra no ringue e quebra a contagem. Jameson entra no ringue para agredir Felps mas o brasileiro encosta-se às cordas e baixa a primeira corda fazendo Jameson cair fora do ringue! Barros também tenta atacar Felps mas leva um Superkick do brasileiro! Camaleão que já se levantava, agarra em Barros para uma Powerbomb característica de Randall! Cover 1…2…3! Camaleão e Felps vencem o primeiro combate
.

Raquel Jacob: Os vencedores deste combate são “Os Áses da Ilusão”!

Diogo Beja: Um bom combate para abrir o evento e excelente vitória para Felps e Camaleão! Eles vieram determinados para este torneio e já alcançaram uma vitória.

Luís Barreira: O Jameson e o Diego Barros passaram o combate a punir estes dois, eram eles que mereciam passar esta eliminatória. O Felps e o Camaleão foram massacrados neste torneio, não têm hipótese para o que resta deste torneio.

Diogo Beja: E agora vemos Diego Barros cumprimentar Jameson em forma de despedida. Jameson acaba por se despedir de uma forma inglória da VLL. Era um lutador cheio de potencial mas a sua adaptação acabou por tramá-lo. Desejamos as maiores felicidades e sucesso nos seus projectos futuros. Mas bem, o Felps e o Camaleão já garantiram a qualificação para o combate que vai decidir os adversários dos DeLuxe, vamos agora esperar para saber quem vai enfrentar os “Áses da Ilusão”.


***



Luís: Espero que o evento melhore, quando o Arsênio, o Eustass e principalmente entrarem em ação... Isso vai ficar bom, mas parece que Haven tem alguma mensagem, quero ver isso!

Beja: Verdade, vamos ver o que Haven tem a dizer, deve ser algo sombrio com certeza.

O titantron começa a emitir umas imagens desfocadas e com grandes interrupções, visualiza-se pequenos trechos com pessoas vestidas de monge, com hábitos brancos e capuzes na cabeça, todas elas se ajoelham no chão, o local é mostrado, trata-se de uma clareira numa mata ou floresta, de seguida mostra que as pessoas se ajoelharam em volta da raiz de uma árvore que havia sido cortada para fazer de altar, por detrás dessas pessoas, estava formado um circulo de tochas acesas, no cimo dessa raiz está um monge, de vestes púrpura e capuz na cabeça, ele abre os braços para acolher a multidão e retira o capuz revelando ser Haven


Haven: Meus irmãos, os monstros continuam á solta, eles pensam que ninguém pode nada contra eles, eles pensam que podem fazer de nós tudo o que quiserem, eles pensam que seremos sempre seus escravos e sabem de uma coisa? Eles têm razão, eles controlam-nos, eles ordenam e nós obedecemos como se fossemos animais de estimação que eles usam para seu gozo pessoal.

As pessoas continuam de joelhos, aceitando as palavras de Haven

Haven: Por isso meus irmãos, temos de nos mascarar, temos de assumir outra identidade caso queiramos triunfar na nossa luta, o dia do julgamento está a chegar e nesse dia... nesse dia nós nos iremos levantar, iremos destapar nossas cabeças e enviar os monstros para o inferno.

Haven retira um punhal que estava no cinto que fechava o hábito de monge e abre uma pequena ferida na palma da sua mão, deixando o sangue escorrer no altar.

Haven: Este é o sangue da salvação, meus irmãos, preparemo-nos para o evento deste século, quem se juntar a mim irá encontrar o seu caminho para a salvação, sigam-me, eu serei o vosso profeta, obedeçam aos monstros, façam-nos sentir que vos possuem, deixem eles espetar-vos este punhal, deixem eles aproveitar o vosso sangue, pois quando eles menos esperarem, este punhal será cravado nos seus corações e vocês não terão de sangrar mais por eles, vocês meus irmãos, poderão usufruir do sangue que, aqueles que vos ousaram, derramam, vocês, meus irmãos, não irão poupar ninguém, falem com seus amigos, vizinhos, entes queridos, façam com que eles vos sigam, contem-lhes o que irá suceder caso eles não vos sigam, vamos unir-nos contra o mal e criar o nosso paraíso, quem estiver contra nós, então está do lado deles.

As pessoas levantam-se, formam uma fila única em direcção ao altar, mostram a palma da mão a Haven e este faz um pequeno corte, deixando o sangue sair, de seguida as pessoas colocam a palma da mão na raiz, marcando-o de sangue.

Haven: O mundo como o conheceis, irá arder em chamas, apenas os escolhidos sobreviverão, apenas nós, meus irmãos, iremos povoar o novo mundo, livre da corrupção, livre da hipocrisia, livre da mentira, um mundo em que nós, servos, nos tornaremos livres, está e a palavra da salvação.

Pessoas: Graças a nós

As pessoas começam a andar para fora do da clareira, quando não está mais ninguém, Haven ajoelha-se no altar e, olhando o sangue que as pessoas deixaram naquela raiz começa a soltar gargalhadas sádicas.

Luís: Esse Haven ainda vai dar o que falar.

Beja
: Ele é totalmente desequilibrado... Mas vamos ver o que teremos mais no PPV, ainda temos a definição dos outros finalistas, a disputa dos Parceiros de Guerra, e o evento principal, Vinícius contra Bangalter!

Luís: Bangalter! Bangalter! Novo campeão supremo!


***



Beja: Tu estavas a falar de Deluxe, parece que teremos uma reunião de Eustass, Arsênio e Lucas, será que Arsênio e Eustass se acertarão?

Luís: Eles não são imbecis, têm um título em jogo!

A imagem foca agora um camarote preparado para os Campeões de Parceiros de Guerra, uma tela gigante na parede mostra toda a ação no ringue. No local encontram-se os campeões, Arsénio e Eustass e também Lucas Brandão, o primo de Eustass e um dos chefes da equipa DeLuxe SAD.

Eustass Kid: Por favor, este combate inicial foi uma seca. Este só não vai ser o pior evento da história da VLL porque nos vamos entrar.

Arsénio Fuínha: Nisto concordo contigo…

Lucas Brandão que se encontrava sentado, levanta-se radiante com o súbito entendimento de ambos os lutadores.

Lucas Brandão: É isso mesmo pessoal, divergências para o lado o dia hoje é nosso! Nosso dos DeLuxe!

Eustass: O dia é meu.

Eustass faz peito enquanto olha para o seu título.

Arsénio: Não ia durar muito Lucas.

Arsénio olha para o antigo supervisor-geral com cara de insatisfação, Eustass não se apercebe porque o mesmo encontra-se a colar na repetição do combate anterior.

Eustass: Olha-me para este ataque que pobrezinho. Enfim, coitados. Eles não chegam a final, mas mesmo o Petrov e o Hunt conseguimos vencer a brincar. Não fosse eu bom o suficiente que seria ao contrário.

Arsénio: Acho que já chega Eustass, venho já Lucas.

Arsénio levanta-se revoltado.

Lucas: Onde é que vais?

Arsénio: Vou apanhar um bocado de ar.

Lucas: Mas esta sala foi pedida exclusivamente por mim neste evento para descansarmos a ver o evento até chegar a nossa altura de combate!

Arsénio: Não preciso nada disso, preciso é que aquele gajo me deixe em paz.

Eustass: Deixa-o ir primo, assim posso avaliar mais os nossos adversários.

Arsénio bate com a porta ao sair.

Beja: Esses dois não se entendem mesmo...

Luís: Eles não precisam ser amigos, são profissionais e ganharão em nome do projeto Deluxe!

Beja: Projeto Deluxe... Ri-me!



***



Beja: Agora vamos ter duas duplas que são grandes candidatas! Lecter e Espartano contra os favoritos Hunt e o campeão da Vanguarda Yuri Petrov.

Luís: Combate de treta... Apesar de achar que a dupla do gordo e do russo vence, são menos piores.

Beja: Que azia Luís.


YEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHH!!!!!!!!

Raquel Jacob: Essa luta é de uma derrota e é pelas meias-finais do Torneio Parceiros de Guerra! Primeira dupla, com o peso combinado de 245 quilos! Um vindo de São Petersburgo Rússia, o outro vindo de Quebec, Canadá! Yuri Petrov e Philip Hunt!

Beja: Os grandes favoritos!

Luís: Os menos piores...

Beja: Cala-te!


YEEEEEEAH!

Raquel Jacob: A outra dupla, em peso combinado de 168,5 quilos! O primeiro vindo de Seattle, Estados Unidos e o segundo de São Paulo Brasil, Jay Lecter e Felipe ‘Espartano’ Silva!

Luís: Que diferença de pesos...

Beja: Mas Lecter e Espartano podem usar a velocidade a favor deles!

Luís: Perderão na mesma, dois magricelas não vão longe no wrestling! É preciso ter força!

Beja: Que preconceituoso...

Luís: Sou realista!

Beja: Veja só, vai começar a luta.


O oficial desse combate é Jorge Mesquita.
Espartano e Hunt começam as ações com uma hold vencida facilmente pelo canadense, muito pelo seu maior porte físico. Hunt vai para outra investida e leva um Roundhouse Kick de Espartano e cai no chão, levanta e leva uma meia-lua de compasso do brasileiro! Fica atordoado o canadense, mas é incentivado pelo Petrov e pelo público.

Hunt sai do ringue rapidamente mas Espartano vai atrás dele, mas Hunt volta imediatamente par ao ringue e quando Espartano o segue, acaba levando vários pisões de Hunt e um potentíssimo Scoop Powerslam! Primeira cover da noite! 1-2! Nada feito, Espartano se salva com uma habilidade impressionante! Os dois trocam socos no meio do ringue e Espartano leva vantagem com um Uppercut seguido de um DDT! Cover agora para Espartano! 1! 2! 2,5! Se salva Hunt!

Hunt finge que vai em cima de Espartano, mas volta para o seu córner e faz o tag para Yuri Petrov! O russo entra com tudo e com o público ovacionando-o! Entra dando alguns murros em seqüência no rosto de Espartano e depois empurra-o para as cordas! Espartano volta, mas Petrov o surpreende com uns chutes de Taekwondo! O primeiro nas pernas e o segundo na cabeça! Cover! 1! 2! 2,5! Espartano está com problemas!

Yuri arrasta Espartano até o córner dele e passa para Hunt. Hunt desfere alguns chutes perigosos em Espartano! Mas leva um chute na cabeça! Yuri tenta ajudar mas leva cotoveladas e se desequilibra! Espartano depois aplica uma Tesoura em Hunt que o deixa no chão! Espartano se arrasta e coloca Lecter para o jogo!

Lecter entra com tudo depois de um Diving Crossbody que acerta Hunt em cheio! Cover! 1! 2! 2,8! Incrível a resistência de Hunt! Lecter tenta um Enziguri, mas Hunt desvia e pega Lecter! E F5 no americano! Hunt vai para a cover! 1! 2! Espartano salva a luta! Petrov entra no ringue e joga Espartano para fora dele! Lecter se recupera e aplica um Spinning Heel Kick em Petrov, este que desequilibra e leva um Clostheline e também sai do ringue!

Lecter volta as atenções para Hunt, mas o canadense está novamente em vantagem e consegue nova boa seqüência, primeiro com um Superkick e depois um Pumphandle Neckbreaker! Cover! 1! 2! Se salva Jay Lecter, que até agora vai se mostrando mais duro do que o imaginado! Hunt aplica algumas joelhadas em Lecter que o desequilibra! Ambos vão para o chão e Hunt aplica um crossface em Lecter!

Lecter tenta chegar até as cordas, mas é impedido pela força de Philip Hunt! Lecter abre a palma da mão direita! Parece que vai desistir! Lecter não desiste porque Espartano mais uma vez quebra a manobra de submissão de Hunt! Hunt se volta para Espartano e o joga para fora do ringue! Lecter aproveita a distração e aplica um Shining Wizard em Hunt! É a manobra especial de Jay Lecter! 1! 2! Petrov impede a derrota da equipe deles, mas sai imediatamente, pois o determinado Espartano já tentava voltar ao ringue e o russo foi impedi-lo!

A batalha volta a se concentrar entre Lecter e Hunt, Lecter ameaça outro Shining Wizard, mas Hunt o surpreende com um Pop-Up Powerbomb! Hunt não vai para a cover, vai em direção ao córner e já auxilia Yuri Petrov! Petrov pega Lecter, que se levantava aos poucos e aplica a sua manobra especial! Bigorna! Sua versão do Jumping Piledriver! Mas não vai para a cover! Ele passa para Hunt que sobe até a terceira corda e aplica um 450º Splash no caído Lecter! Cover! 1! 2! 3! Espartano até tenta chegar, mas Petrov o bloqueou! Vitória para Yuri e Hunt!


Raquel Jacob: Os vencedores, e finalistas do torneio Parceiros de Guerra! Philip Hunt e Yuri Petrov!

Luís: Quanta facilidade... Que combate fraco!

Beja: Não foi isso que o público achou! E concordo com eles! Grande ação entre essas equipes!

Luís: Tu és um populista!

Beja: Cala-te! As duas equipes foram muito bem e espero grande final para Hunt e Petrov contra Camaleão e Felps!

Luís: Sim, mas no final das contas, já sabemos os vencedores...

Beja: Tu e suas teorias... Mas parece que Lousada e Alexander Randall tem assuntos! Vamos conferir isso!

Luís: Espera... Antes de ir para o senhor Lousada... Agora sim algo interessante! E veja quem estava ali a assistir tudo! Mike Orzan! Ele sorri, balança a cabeça e se retira?

Beja: Eu já havia notado... O Orzan estava a olhar para o Lecter, parecia que ia até em cima dele... Veja... Olha pra ele...

O foco vai para Mike Orzan que grita ‘Não vai ser agora Lecter, não vai ser agora!’. Depois disso ele se retira.

Beja: Isso foi estranho...

Luís: É... Mas vamos logo para o senhor Lousada!


***



A imagem mostra o escritório do supervisor geral Augusto Lousada enquanto ele trabalha no computador. À conversa com ele, estavam Alexander Randall e Jack Neville sentados à sua frente.

Jack Neville: Vá lá, Lousada. Nós já demos uma lição ao Gabriel. Quando é que vais dar a oportunidade ao Alexander pelo título da Vanguarda.

Augusto Lousada termina as suas tarefas no computador e vira a sua atenção para Jack Neville.

Augusto Lousada: As coisas não são assim tão simples. Eu não estou totalmente agradado com aquilo que se passou. No Vanguarda 40# o Alexander não conseguiu acabar com o Manel Garrucho e deixou-se bater pelo Gabriel. Eu pedi para que o Gabriel fosse posto na linha e não foi isso que aconteceu.

Jack Neville: Mas no show anterior já tínhamos dado uma lição ao Gabriel! O Alexander é o futuro, Lousada. Ele vencerá o Yuri Petrov.

Augusto Lousada olha para Alexander Randall e deixa escapar um pequeno sorriso.

Augusto Lousada: Como disse, não fiquei 100% contente, por isso vou dar uma nova oportunidade ao Alexander ainda no evento de hoje.

O supervisor aproxima-se de Jack Neville e diz-lhe algo ao ouvido. Neville cumprimenta Lousada e deixa o escritório junto de Alexander Randall.

Alexander Randall: So, when can I put my hands on Yuri Petrov?

Jack Neville: Soon, Alexander. Very soon…

Luís: Esse Randall vai longe!

Beja: Mas o que será que o Lousada pediu para ele fazer? Não me cheira algo bom.

Luís: É algo justo, pois o senhor Lousada sabe o que faz.

Beja: És patético!


***




Última edição por vlladmin em Seg 24 Fev 2014, 08:40, editado 1 vez(es)
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PARCEIROS DE GUERRA II (PPV9#) - (23/02/14)

Mensagem por vlladmin em Seg 24 Fev 2014, 08:10

Luís: Antes da final, ainda temos algumas coisas a mostrar, não é isso Beja?

Beja: Sim e uma delas é de um novo lutador, Manel Garrucho, parece que ele tem algo a dizer sobre certos lutadores.

Luís: Vamos ver isso!

A imagem foca agora os corredores do Pavilhão da Vanguarda, onde vemos Manel Garrucho e um empregado de limpeza. O empregado, um homem já velho, de cabelo grisalho, está a lavar o chão e Garrucho está à conversa com ele.

Garrucho: De certeza que não quer uma mãozinha?

Empregado de limpeza: De certeza, jovem. Continua lá com as tuas palavras, que eu estava a gostar de ouvir.

Garrucho encolhe os ombros.

Garrucho: Não tenho nada de mais para dizer, para ser franco. Apenas que estou cansado. Na primeira vez que estive neste pavilhão deram-me menos de um minuto de uma entrevista. Depois tive um combate contra um gigante, um verdadeiro monstro, uma aberração, e surpreendentemente para quase toda a gente, dei-lhe tanta luta que fiz com que o tipo se passasse e se desqualificasse. E daí para agora? Nada.

Garrucho passa a mão pelo seu cabelo oleoso.

Garrucho: É frustrante, tenho que dizer. Talvez se o tipo não se tivesse desqualificado e eu tivesse vencido limpo as coisas estariam a acontecer de forma diferente...Mas de qualquer modo o nosso mundo não é de “ses”, e para ser franco...

O homem leva a esfregona ao balde e começa a espremer a água suja.

Empregado de limpeza: Para ser franco, tens sérias dúvidas que mesmo se o tivesses derrotado de forma limpa naquele ringue te seria dado crédito, não é?

Garrucho: É, é isso. Embora isso não me preocupe. Eu não estou aqui para ser aceite ou valorizado, estou aqui porque gosto de lutar e quero chamar a atenção de uma pessoa em particular, nada mais. É um dois em um para mim. Mas o facto é que não sou nenhuma aberração de 135 quilos, nem tenho a cara de um modelo.

Empregado de limpeza: Tu és um homem, tal como eu. De carne e osso. Lutaste grande parte da tua vida pela subsistência, da mesma maneira que eu e muitos outros sempre o fizemos.

O homem tira a esfregona do balde e volta a passá-la pelo chão. A câmara volta depois a focar a cara de Garrucho.

Garrucho: É. E este mundo não quer simples homens ou simples lutadores. Quer produtos de venda. Quer ex-modelos de França e mascarados, quer quem diga que é muito mais do que aquilo que realmente é. Quer quem não tenha vergonha de se definir por um rótulo e de fazer as pessoas acreditarem que eles são verdadeiramente esse rótulo...Quando não são nada mais do que homens, como eu, como o senhor, como todos.

Ouvem-se passos e a cara de Diogo Lourenço aparece na imagem.

Lourenço (num tom sarcástico): Não pude deixar de ouvir a vossa amigável conversa...Diz-me, Garrucho, és capazes de me dar exemplos de pessoas como essas de que falas? Que se definem como rótulos?

Garrucho sorri para Lourenço.

Garrucho: Não. Não, senhor jovem promessa da VLL. Não, senhor campeão mais novo de sempre da Federação. Nada disso.

Lourenço range os dentes para Garrucho, que continua com um sorriso na cara.

Lourenço (num tom duro): Se eu me defino como tal é porque o sou, não são mero rótulos, percebes? Eu fui o campeão mais novo de sempre da federação e duvido seriamente que alguma vez alguém consiga bater esse meu recorde.

Garrucho assente com a cabeça, ainda com o sorriso estampado na cara.

Garrucho: E, no entanto, que é que tens feito aqui ultimamente?

Lourenço (irritado): Seu...

Garrucho: Pois.

Garrucho vira as costas a Lourenço e começa a caminhar pelo corredor, deixando o Ex-Campeão da Vanguarda especado e de punhos cerrados, enquanto o velho empregado de limpeza olha para ele com uma expressão receosa.

Luís: Garrucho mexeu com quem estava quieto.

Beja: Não sei, DL tomou certas dores que não sei se eram só para ele.

Luís: Independentemente, acho que temos uma nova rivalidade.

Beja: Nisso tenho que concordar contigo.


***



Beja: Parece que o desafiante ao título supremo, Michel-Baptiste Bangalter acaba de chegar ao Pavilhão, vamos ver o que ele tem a dizer!

Luís: Finalmente um pouco de classe para esse evento.

A imagem mostra Michel-Baptiste Bangalter chegando ao local onde ele lutará pelo título supremo contra o atual campeão Vinícius Nunes. Bangalter estava com roupa de luta e muito concentrado. Estava sozinho dessa vez e logo foi interceptado pelo entrevistador Pedro Lombarda.


Lombarda: Sr. Bangalter, podes nos dar algumas palavras sobre o que esperas do seu confronto contra Vinícius?

Bangalter: A vitória... Vencerei Vinícius Nunes e serei o novo campeão supremo... O Deluxe finalmente conseguirá aquilo que quer... Como sempre acontece! Vinícius sucumbirá a mim e mostrarei que aquele zuca é apenas um pseudo-campeão.

Lombarda: O que achas das estratégias de Vinícius de manter a luta um a um e das declarações dele de que só o vencerás com ajudas exteriores?

Bangalter: A verdade é que eu sou melhor que Vinícius e provarei o quanto eu melhorei no ringue hoje, é tudo o que tenho a dizer, não tenho mais tempo para pessoas sem classe como tu, adeus!

Lombarda: Espera...

Bangalter ignorou Lombarda e saiu de maneira confiante do destino, provavelmente indo para o seu local de concentração. A imagem voltava para os comentadores.

Beja: Que falta de educação.

Luís: Quanta classe de Bangalter, o Lombarda estava a enchê-lo, achei que procedeu bem...

Beja: Sei que achaste...  


***



Diogo Beja: Chega a altura da semi-final do torneio Parceiros de Guerra. As duas equipas mostraram garra e ambição nos combates anteriores e estou com grandes expectativas para este combate.

Luís Barreira: As tuas expectativas podem ser muito altas mas as minhas andam bem lá em baixo. Estas duas equipas só nos podem proporcionar um combate pobre e sem interesse. Não vejo nenhuma destas equipas com capacidade suficiente para tirar os títulos aos DeLuxe.

*Toca a faixa dos DeLuxe SAD* e Eustass Kid, com o cinto de Parceiro de Guerra, desce a rampa e junta-se à mesa de comentadores cumprimentando Luís Barreira e Diogo Beja.

Luís Barreira: Vejam só quem temos aqui! Finalmente algo de interessante neste combate.

Diogo Beja: Então Eustass, porque decidiste juntar-te à mesa de comentadores?

Eustass Kid: Sabes como é, não há nada como ver um espectáculo ao vivo.

Luís Barreira: Duvido muito que entre estas duas equipas vá haver algum espectáculo…

Diogo Beja: Vens observar os teus adversários bem de perto?

Eustass Kid: Acima de tudo quero que eles saibam que eu estou atento ao que se passa e mostrar-lhes que estou bem preparado para o nosso confronto. O facto de vir aqui observá-los vai deixá-los sobre alguma pressão e quero ver como é que eles se comportam.

Diogo Beja: E o Arsénio?

Eustass Kid: Deve estar a preparar-se mentalmente para o nosso combate ou talvez esteja a ver esse combate. Mas isso pouco importa porque basta que eu esteja bem preparado para garantir a vitória.

Raquel Jacob: Este combate é a semi-final do torneio de Parceiros de Guerra e está marcado para uma derrota. A caminho do ringue com um peso total de 195kg, Felps e Camaleão, os “Áses da Ilusão”!


YEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHH!!!

Luís Barreira: O Camaleão continua com a estúpida imitação do Alexander Randall…

Eustass Kid: Eu já disse na antevisão deste torneio que o Camaleão não é ninguém, não tem talento e tenta aproveitar-se do trabalho dos outros. O facto de ele não ser ninguém é o

seu ponto fraco e ele vai perceber isso quando vir que as suas imitações não o levam a lado nenhum.

Diogo Beja: Eu gosto bastante da química desta equipa, acho que eles funcionam muito bem.

Eustass Kid: Estás a gozar, Beja? A equipa que melhor funcionava na VLL era eu e o Delmar, eleitos a equipa do ano! Este Felps não passa de um sonhador, passa mais tempo no mundo dos sonhos do que na realidade. Cabe a nós mostrar a ele os pesadelos…

Raquel Jacob: E os seus adversários, com 245kg combinados, Yuri Petrov e Phillip Hunt!


YEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHH!!!

Diogo Beja: Eustass, qual é a tua opinião acerca desta equipa?

Eustass Kid: O que é que eu posso dizer? Olha para eles! O Hunt não tem perfil de campeão, olha para aquela barriga. E o Petrov, repara naquela cara de revoltado. Não sei como é que o público gosta destes dois. São uma equipa sem qualquer carisma ou atitude e sem classe para envergar os títulos.

Diogo Beja: No último Vanguarda eles fizeram equipa com o Vinícius e conseguiram vencer os DeLuxe.

Eustass Kid: Isso não invalida o que eu disse. Foram detalhes que correram mal uma vez e que hoje já estão corrigidos. Digam-me acham que alguém como o Hunt e o Petrov passam uma boa imagem dos títulos.

Luís Barreira: Claro que não!

Diogo Beja: Porque não? O público adora-os.

Eustass Kid: O público gostar ou não é irrelevante. Os campeões são a imagem da VLL. Que imagem passaria a VLL com o Hunt como campeão? Que os títulos saem no Happy Meal do McDonalds? Ganha juízo, Beja…


David Peralta é o árbitro que vai conduzir este combate. Felps e Hunt entram no ringue e cumprimentam-se antes de começarem as suas investidas, com as equipas a mostrarem respeito e fair-play uma pela outra. Hunt e Felps começam por medir forçar no centro do ringue, com o canadiano a levar a melhor e a agarrar Felps pelas costas. O brasileiro consegue reverter e agarra ele Hunt pelas costas só que o canadiano é mais forte e Felps decide atacar com um Dropkick na nuca. Felps vai às cordas e atira-se à perna de Hunt que cai de costas no chão. O brasileiro ataca com uma Elbow drop e vai para o assentamente mas Hunt sai no 1.

Hunt levanta-se e leva algumas chapadas no peito antes de ser agarrado pelo braço e ser levado até ao canto onde Felps faz o tag com Camaleão em forma de ‘fist pump’. Camaleão entra e ataca Hunt com alguns pontapés na barriga. Lança Hunt às cordas e no retorno ataca com um Spinning Wheel Kick e depois um Mushroom Stomp quando Hunt já está deitado. Parte para o assentamento mas Hunt livra-se antes do 2.

Camaleão faz o tag com felps e atacam os dois com um Double Elbow drop. Felps vai para o assentamento e Hunt volta a escapar no 2. Yuri Petrov continua no seu canto a puxar por Phillip Hunt. Felps sobe no canto até à segunda corda e ataca com um Double Axe Handle enquanto Hunt se erguia. Felps agarra a cabeça de Hunt e começa a levanta-lo enquanto faz o tag com Camaleão. Os dois lançam Hunt às cordas e no retorno atacam com um Double Flapjack. Excelentes movimentos dos “Áses da Ilusão”! Novo assentamento, 1…2… Hunt levanta o braço!

Camaleão prende Hunt num Figure Four necklock deixando o canadiano em má posição. Yuri Petrov bate palmas e estica o braço para fazer o tag. Hunt vai resistindo como pode e o público puxa por ele. Camaleão vai aplicando pressão no pescoço de Hunt mas o canadiano vai-se levantando e ergue Camaleão aos ombros para o atirar ao chão com uma Electric Chair! Hunt e Camaleão tentam fazer o tag com os seus parceiros e lentamente vão tentando chegar aos seus cantos. Hunt faz o tag com Petrov e Camaleão também alcança Felps!

Os dois lutadores entram cheios de força e Petrov tenta uma Clothesline que Felps evita mas o russo não desiste e atinge um pontapé na barriga de Felps para depois atacar com uma potente European Uppercut que ecoou por todo o recinto! Vai para o assentamento e Felps sai no 2. O russo levanta o “Ás de Espadas” e ataca-o com joelhadas na barriga até aplicar um DDT! Novo assentamento mas Felps escapa novamente no 2.

Petrov levanta Felps pela cabeça e o brasileiro responde com uma chapada no peito do russo mas Petrov não se deixa intimidar e lança Felps com um Russian Whip que atira o jovem brasileiro para fora do ringue. Yuri Petrov levanta os braços para uma ovação do público enquanto Camaleão puxa por Felps.

Felps começa a levantar-se com a ajudada da mesa de comentadores e Eustass grita-lhe aos ouvidos e Camaleão vai até lá serenar os ânimos. Yuri Petrov deixa que o seu adversário suba de novo ao ringue antes de partir para cima dele com socos, ao que Felps também responde da mesma forma. Petrov tenta uma Clothesline mas Felps evita e ataca com Back Suplex!

Felps está cansado e faz o tag com Camaleão que sobe à terceira corda e ataca com uma Diving Elbow Drop! Assentamento mas Petrov sai no 2 com facilidade. Os dois lutadores levantam-se e Camaleão tenta uns murros mas “O Tanque Russo” bloqueia e ataca com potentes socos até Camaleão cair. Petrov vai às cordas e ataca com um Leg Drop, assentamento 1…2… Camaleão salta mostrando que ainda pode combater.

Petrov levanta Camaleão mas leva com socos na barriga. Camaleão lança o russo contra o canto e corre para ele, mas Petrov reage de imediato com uma Clothesline! Camaleão tenta

levantar-se e leva com fortes investidas nas costas. Petrov corre para Camaleão, mas o imitador baixa-se e lança Petrov para fora do ringue! Faz o tag com Felps e o brasileiro lança-se contra Petrov com um Flying Cross Body! Felps a correr o risco ao aplicar esta manobra mas acaba por ser feliz!

Felps coloca Petrov no ringue e aplica um Bulldog. Vai para o assentamento 1…2… Petrov ainda resiste. Agarra nas pernas de Petrov e prende-o num Figure Four Leglock! Petrov grita enquanto Felps pressiona as suas pernas cada vez mais. Hunt e o público puxam por Petrov na jornada do russo até às cordas. Petrov mostra-se resiliente e vai rastejando até às cordas com Felps a insistir para que ele desiste. Num esforço final, Petrov alcança as cordas e Felps solta a manobra. “O Ás de Espadas” levanta Petrov e vai fazer o tag com Camaleão e aplicam um Double Suplex.

Camaleão parte para o assentamento, 1…2…2,5! Petrov ainda não desiste de vencer este combate. Camaleão aproveita os estragos do Figure Four Leglock de Felps e continuar a atacar as pernas de Yuri Petrov que grita de dor. Agarra na perna direita de Petrov e aplica um DDT ao seu pé. Petrov tenta chegar até Hunt mas encontra-se longe do seu parceiro.

Camaleão agarra os dois pés de Petrov mas o russo consegue empurra-lo com a força das suas pernas e tenta chegar até Phillip Hunt! Hunt estica o seu braço e Petrov tenta lá chegar o mais depressa que consegue mas Camaleão num movimento rápido corre até Hunt e derruba-o com uma Elbow! Hunt cai fora do ringue e Camaleão vira-se para Petrov mas leva com uma potente série de pontapés até cair com uma Europeas Uppercut! Petrov vai para a cover, 1…2…2,5 Camaleão levanta o braço!

Petrov puxa Camaleão até ao sempre no ringue enquanto Phillip Hunt já voltou ao seu lugar. Petrov tenta atingir Camaleão, mas este empurra-o contra as cordas e Hunt faz um blind tag. Camaleão atinge Petrov com uma Clothesline mas é surpreendido por Hunt que o ataca com um Sleeper Suplex rapidíssimo! Hunt parte de imediato para a cover, 1…2… Camaleão tem o pé na corda! Hunt não acredita, esteve muito perto de surpreender Camaleão!

O “The Hunter” levanta Camaleão coloca-o em posição para o seu McPain que deixa o público ao rubro, mas Camaleão escapa e dá um pontapé na barriga de Hunt! Ele diz para o público que vem aí uma Powerbomb, bem ao estilo de Alexander Randall que é quem ele imita hoje. Camaleão coloca-o em posição e tenta levantar Hunt, porém o peso do canadiano é mais do que aquilo que Camaleão suporta e acaba por ser derrubado com um Hip Toss seguido de uma Senton! Hunt para a cover, 1…2…3! NÃO! Camaleão escapa daquela que parecia uma derrota certa!

Hunt levanta Camaleão e ataca-o com alguns socos para depois o prender com um headlock e o derrubar. O canadiano não larga o headlock mesmo no chão e Camaleão vai tentando escapar. Os dois começam a levantar-se e Camaleão empurra Hunt contra o canto conseguindo livrar-se da manobra e corre até Felps para o tag!

O brasileiro entra com muita vontade e corre até Hunt para lhe aplicar um Inverted Atomic Drop seguido de um Dropkick. Felps vai para a cover 1…2…2,5! Petrov preparava-se para intervir mas Hunt ainda está para durar neste combate. Felps levanta Hunt e dá um pontapé na barrigo do canadiano e lança-o até ao canto. Corre até ele com uma Clothesline e Hunt afasta-se do canto por alguns passos devido ao impacto.

Felps vai às cordas e corre até Hunt para uma nova investida mas o canadiano responde com um Scoop Powerslam seguido do assentamento! 1…2… Camaleão entra em ringue e para a contagem! Yuri Petrov entra em ringue e derruba Camaleão com um takedown e rebola até fora do ringue.

Hunt faz sinal dizendo que vai finalizar o combate com o McPain e espera que Felps se levante. Hunt está muito concentrado mas Eustass Kid sai da mesa de comentários e sobe ao apron gritando para Hunt. Hunt desvia a sua atenção para Eustass e tenta atingi-lo mas o Parceiro de Guerra desce do ringue escapando do ataque do canadiano.

Hunt diz para Eustass não se meter e volta a virar-se para Felps mas é apanhado num Superkick! Felps para o assentamento, 1…2…3! Felps conseguiu a vitória sobre Hunt e a sua equipa está na final!


Raquel Jacob: Os vencedores deste combate são “Os Áses da Ilusão”!

Diogo Beja: Foi um grande combate mas é uma pena que termine depois de uma distração por parte do campeão.

Luís Barreira: O Eustass foi apenas deixar um recado ao Hunt. Esse gordo é que se deixou apanhar pelo Superkick do Felps!

Diogo Beja: De qualquer das formas a equipa do Felps e do Camaleão não é uma injusta vencedora. Eles dedicaram-se muito a este torneio e a verdade é que já estão na final. Venceram dois combates hoje, os DeLuxe têm de ter muito cuidado.

Luís Barreira: O Eustass conseguiu livrar-se do Hunt e do Petrov e tenho a certeza que já estão a engenhar um plano para o Camaleão e o Felps.

Felps e Camaleão abraçam-se e festejam com o público a passagem à final enquanto Yuri Petrov vai ver como se encontra o seu parceiro. Hunt não está nada contente com o que se passou. A imagem desvanece.


***



Beja: Mas que grande vitória e que cena bonita da dupla formada por Camaleão e Felps! Pena que tenha sido daquela maneira!

Luís: Eustass Kid se mostra esperto, soube qual era a dupla mais fraca e escolheu certo para a final, por isso que ele é campeão por mais tempo na VLL!

Beja: Acho isso covardia! E quem garante que Camaleão e Felps são mais fracos?

Luís: Eu garanto e Eustass também, ou seja, Deluxe ao poder! Primeiro com os Parceiros de Guerra e depois com o título supremo!

Beja: Tu não deverias contar vitória assim tão rápido...

Luís: Sei o que digo...

Beja: Epá! Parece que Antonio foi visto na entrada! O que será que ele está a fazer aqui?

Luís: Isso vai ser bonito!

A imagem vai até a entrada, onde Antonio Andrade haveria passado, porém nada se pode ver dali, parece que o homem sumiu da mesma velocidade que entrou no Pavilhão. O público fica tenso por ninguém mais encontrá-lo. A imagem vagueia pelo local, mas já não se tem mais imagens do primo do atual campeão supremo Vinícius Nunes.

Beja: Epá! Isso foi estranho! Onde ele está?

Luís: Não sei... Não sei... Mas será que ele vai intervir no evento principal?

Beja: Não faço a mínima... Mas vamos ver um vídeo de Caim Ezequiel... O homem foi a Roma e nos mandou um vídeo curioso!

Luís: Isso vai ser fixe de se ver!


***



Caim Ezequiel viaja para Roma, assim que desembarca no aeroporto começa benzendo todas as pessoas que encontra

Caim Ezequiel para uma senhora italiana: IN NOMINE PATRIS...ET FILII...ET SPIRITUS SANCTI...

Senhora italiana: Amen!

Caim Ezequiel um grupo de turistas ingleses: IN NOMINE PATRIS...ET FILII...ET SPIRITUS SANCTI...

Turistas em coro: Ugh, what a weirdo.

Caim Ezequiel : Estes são fãs do Lasombra...

Caim Ezequiel apanha um autocarro de excursões pela cidade e vai benzendo todas as pessoas ali presentes, alguns turistas confundem-no com uma atracão da excursão e começam tirando fotografias

Caim Ezequiel : O escolhido de Jesus está na bela cidade de Roma, pois teve uma visão, esta visão apareceu-me após eu derrotar a sombra de uma vez por todas, querem saber que visão foi essa?

Turista inglês: What the hell is he talking about?

Outro turista: I have no clue, but is funny as hell.

Caim Ezequiel : Hell? O inferno já foi derrotado, o escolhido de Jesus, Caim Ezequiel derrotou-o no passado evento da Vanguarda.

Caim Ezequiel : Mas isso já lá vai, agora é hora da minha visão.

Caim Ezequiel : A visão que recebi foi uma bela mulher de cabelos louros e encaracolados, com uns olhos cor de mar e uma pele branca e iluminada, usava um vestido até aos pés e trouxe-me um pergaminho.

Os turistas não percebiam nada do que ele falava, por isso fingiam-se muito interessados, as crianças tiravam fotografias e os pais riam

Caim Ezequiel : Nesse pergaminho estava escrito uma profecia, profecia essa que dizia, que após eu derrubar as sombras que pairavam sobre a Vanguarda, eu, o escolhido de Jesus, Caim Ezequiel, iria encontrar o caminho para o ouro.

Caim Ezequiel : Esse caminho trouxe-me até aqui, à bela cidade de Roma, cidade que outrora criou imperadores, bravos soldados de Jesus e grandes gladiadores que se debatiam pela verdade, hoje é a minha vez, hoje é a vez do Escolhido de Jesus, descobrir o Santo Graal...

O motorista para o autocarro em frente ao hotel, os turistas abandonam o transporte, deixando Caim Ezequiel falando sozinho

Caim Ezequiel : Esperem, eu ainda não acabei...

Caim Ezequiel sai do autocarro e vai atrás das pessoas para o hotel.

Luís
: Será que o Caim vai atrás de algum título após essa visão? E que título seria? Espero que seja o Vanguarda, não aguento mais o Petrov como campeão e aí teríamos dois campeões decentes, o Caim e o Bangalter!

Beja: Não sei o que foi aquilo, mas sei que o Bangalter ainda não é o campeão.

Luís: Disseste bem Beja, ainda!


***



Beja: Chegámos agora a um dos momentos mais importantes da noite. A Raquel já está no ringue, pronta para anunciar os participantes da final do torneio de hoje.

Luís: Uma final que se prevê sem história... os chamados “Áses da Ilusão” chegam aqui cansados e sem saber bem como. Para além disso, foi o próprio Eustass Kid que fez com que eles pudessem chegar aqui, e por alguma razão ele o fez, sabe que são presas fáceis em comparação com o Hunt e o Petrov.

Beja: Se os DeLuxe entrarem no ringue com o mesmo pensamento que tu, Luís, pode ser que tenham uma surpresa francamente desagradável. Eles que pensem que o Camaleão e o Felps são favas contadas, que lhes sai o tiro pela culatra.

Luís: Nem tu próprio acreditas que os títulos possam trocar de donos hoje, Beja.

Beja: Acredito, Luís. Podes crer que acredito.

Luís: Então podes contar com um dissabor.

Raquel Jacob: Este combate é a final do nosso torneio e é pelos Títulos de Parceiros de Guerra! Apresentando primeiro, com o peso conjunto de 195 quilos, a equipa de Camaleão e Felps...OS ÁSES DA ILUSÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO!!!



YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!!!

Beja: O público também parece acreditar neles, Luís! Toda a gente quer uma troca de títulos menos tu aqui hoje!

Luís: Bem, querer é uma coisa, acreditar é outra. E se toda esta gente que grita acreditam no Camaleão e no Felps então é porque falta muito bom senso aqui neste Pavilhão, os tipos mal se aguentam em pé!

Raquel Jacob: E os seus adversários, eles são os actuais Parceiros de Guerra e membros dos DeLuxe SAD, com o peso conjunto de 193 quilos...EUSTASS KID E ARSÉNIO FUÍNHAAAAAAAAAA!!!



BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH!!!

Beja: Eu diria que esta é a maior vaia da noite, mas sabendo de antemão que mais tarde entrará o Bangalter em acção, isso seria falar antes de tempo.

Luís: Os campeões entram com um ar confiante e com razão. De certeza que estão determinados a pôr todas as suas divergências de lado, agora que isto é a valer. Se o fizerem, a vitória é certa!

Beja: Como estes dois têm andado...não acredito que estejam a 100% aqui hoje. Se digo que acredito na vitória dos “Áses da Ilusão”, parte da minha crença vem do facto de estar a prever alguns desentendimentos entre estes dois, uma vez mais.

Luís: Não, Beja, no passado podem ter tido esses desentendimentos. Mas hoje? Hoje estão os dois a defender o mesmo ouro!


Felps e Eustass Kid são os dois homens a começar o combate. Afonso Martins é o árbitro e ele inspecciona os dois antes de mandar soar a campainha

Eustass Kid e Felps encaram-se olhos nos olhos e Eustass não consegue evitar rir para o brasileiro, apontando para ele e depois para o ringue, como que dizendo que Felpssó está ali porque o próprio Eustass o quis. Felps e Eustass Kid entram num Lock-Up e o membro dos DeLuxe encurta de imediato as distâncias, acertando com uma joelhada no abdómen de Felps e fazendo uma transição rápida para um Side Headlock.

Felps tenta livrar-se da manobra, defendendo-se com cotoveladas, mas Eustass Kid limita-se a atirá-lo para as cordas com um Irish Whip...e no regresso apanha Felps com um Dropkick! Eustass Kid volta de imediato ao Side Headlock, agora no chão, e tenta tirar o gás ao chá cansado brasileiro. Estratégia inteligente por parte do campeão com o reinado mais longo de sempre da VLL! Felps tenta responder uma vez mais com cotoveladas, mas nota-se o cansaço nas suas acções...

Felps ergue a mão procurando cativar o apoio do público e os fãs que enchem o Pavilhão da Vanguarda começam a gritar o nome do brasileiro. Felps esforça-se para conseguir pôr-se de pé e...já está apoiado sobre um joelho. Felps consegue voltar a uma posição vertical! Começa a dar cotoveladas em Eustass Kid, fazendo com que o campeão exerça menos pressão no Side Headlock...e uma cotovelada mais forte de Felps, que obriga Eustass Kid a largá-lo! O público vibra!

Mas Eustass Kid com um golpe de antebraço fortíssimo a enviar “Ás de Espadas” para o tapete...E Felps gatinha pelo ringue arfando, o cansaço acumulado do brasileiro a notar-se bem neste momento. Eustass Kid levanta Felps e dá-lhe uma joelhada violenta no estômago, deixando-o com a boca bem aberta, como se soltasse um grito silencioso. Eustass levanta Felps no ar, prende-lhe a perna e...Fisherman Suplex! Aplicado na perfeição!

Eustass sorri arrogantemente enquanto absorve os apupos do público. O Parceiro de Guerra levanta-se e agarra o braço de Felps, arrastando-o até ao canto da sua equipa, para desespero de Camaleão. Eustass Kid estica a mão na direcção de Fuínha, que olha para ele de forma desconfiada, mas acaba por fazer o tag. E Fuínha deixa-se cair para cima do brasileiro, desferindo-lhe múltiplas cotoveladas na cara.

Arsénio sai agora de cima do brasileiro e recua alguns passos, ganhando distância de Felps, que volta a pôr-se de quatro e gatinha na direcção do parceiro...mas Arsénio Fuínha pontapeia-o de uma forma absolutamente sádica no estômago! Fuínha vai agora para o assentamento de espáduas...1...2...e Felps safa-se para contentamento do público! Fuínha levanta Felps, agarrando-o pelos cabelos e sorri de forma jocosa para Camaleão, que está no seu canto...só que Felps aproveita o erro de concentração para apanhar Fuínha num Small Package!

1...2...Fuínha safa-se no último momento! Por momentos o público pensou que haveria novos campeões esta noite e vê-se uma série de expressões de frustração entre os fãs nas bancadas! Fuínha e Felps ficam novamente frente a frente e...que joelhada demente de Fuínha! Fuínha com um Running Knee que atinge Felps na zona abdominal com tal intensidade que faz com que o lutador brasileiro dê uma volta sobre si próprio no ar e caia de costas no ringue com impacto!

Arsénio vai às cordas, aproveitando para ganhar velocidade, e...Running Leg Drop! Running Leg Drop, com a perna de Fuínha a cair mesmo em cima da cara de Felps! Assentamento de espáduas de Fuínha, Camaleão e o público gritam por Felps, incentivando o brasileiro a safar-se...e este consegue fazê-lo! Fuínha levanta Felps, agarrando-o uma vez mais pelos cabelos e recebendo um aviso do árbitro por isso.

Fuínha não é capaz de se manter calado e responde ao árbitro Afonso Martins...e Felps aproveita a situação com um Double Leg Takedown! E agora um Bridge de Felps, Fuínha está com os ombros no chão! 1...2...Não, Fuínha safa-se! Os dois lutadores, levantam-se, ficando frente a frente, e Fuínha tenta atingir Felps com um soco de direita, mas este baixa-se, desviando-se dessa forma! Inverted Atomic Drop bem aplicado por parte de Felps! Fuínha fica agarrado às suas virilhas com uma expressão de dor na cara!

Felps vai para as cordas atrás de Fuínha...e Bulldog por parte de Felps! O brasileiro vai para o assentamento de espáduas, 1...2...Fuínha ergue o braço! O “Ás de Espadas” não se levanta para já, fica de joelhos, tentando recuperar algum fôlego. Novamente os outros dois combates que o brasileiro travou a fazerem-se notar. Felps levanta-se finalmente e agarra em Fuínha, “ajudando” o adversário a pôr-se de pé também...

Mas Fuínha atinge Felps com murros fortes nas costelas e o brasileiro recua. Fuínha vai para as cordas, vai para uma Clothesline...mas Felps aplica também ele uma Clothesline por mero desespero! Os dois homens ficam no chão! Felps está absolutamente estendido no tapete, com o olhar focado no tecto. O seu peito sobe e desce violentamente, mais um efeito do seu cansaço. Fuínha abana a cabeça e recupera os sentidos.

Felps começa a arrastar-se para o seu canto, mas Fuínha usa as cordas para se levantar e vai rapidamente no seu encalço. “O Verdadeiro Professor” agarra as pernas de Felps, para desalento do público e de Camaleão! E Ankle Lock! Ankle Lock de Fuínha no lado direito de Felps, que foi tão atacado no primeiro combate dos Áses da Ilusão nesta noite! Felps parece não saber bem o que fazer, irá o lutador brasileiro desistir?! Mas que raio foi isto?!

Fuínha acaba por arrancar a bota do pé do brasileiro e cai sentado no ringue! Isto é um milagre para a equipa de Camaleão e Felps, uma bota mal atada a salvar-lhes o combate! E agora Felps salta, conseguindo fazer a troca com o seu parceiro! Fuínha larga a bota, mas agora vai ter que lidar com Camaleão, que continua a imitar o jeito do monstro galês da VLL! Fuínha levanta-se...e Flying Clothesline de Camaleão a derrubá-lo!

Contudo, o impacto desta manobra não tem nada a ver com a de Randall, que tem mais 40 quilos do que Camaleão! Fuínha levanta-se ainda meio zonzo, Camaleão vai às cordas e...Running Big Boot de Camaleão em Fuínha! O público vibra com esta nova vida dos “Áses da Ilusão” no combate! E

Camaleão puxa por eles, parece estar a sinalizar o final do combate, a indicar que vem aí o Powerbomb característico de Alexander Randall!

Camaleão aguarda que Fuínha se levante...O Parceiro de Guerra já está de pé...pontapé de Camaleão no seu abdómen, vem aí o Powerbomb! Mas Fuínha acaba por fazer muito simplesmente com que Camaleão caia de costas, revertendo aquela posição para uma espécie de Back Body Drop...Fuínha levanta o adversário e...Spinning Side Slam! O ímpeto dos “Áses da Ilusão” a acabar muito rapidamente, para desalento do público. Fuínha exibe a sua confiança, deve estar a pensar em acabar este combate...mas Eustass Kid faz o blind tag com ele!

Eustass Kid entra no ringue sem que esta seja a vontade de Arsénio e os campeões de equipas ficam a discutir a situação. Já na semana passada um episódio bastante parecido aconteceu entre Arsénio e Eustass. Arsénio acaba por virar costas a Eustass e volta ao seu canto, talvez decidindo que é mais importante deixar os seus problemas com o parceiro para mais tarde, mas isto deu tempo a Camaleão para recuperar, e o lutador mascarado está a gatinhar para o seu canto. Eustass agarra-o...

Small Package! Small Package de Camaleão, absolutamente do nada! O árbitro vai para a contagem e Arsénio apercebe-se do que aconteceu, mas ainda está longe...1.....2...Arsénio atira-se para cima dos lutadores...3! A mão de Afonso Martins bateu no chão antes que Fuínha conseguisse interromper a contagem!!!




YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!!!

Raquel Jacob: E os vencedores deste combate e NOVOS PARCEIROS DE GUERRA, A EQUIPA DE CAMALEÃO E FELPS...OS ÁSES DA ILUSÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO!!!

Luís: O quê?! O que é que aconteceu aqui, isto não pode ser! Foi um roubo! O Arsénio quebrou a contagem, o combate não pode ter acabado!

Vê-se na imagem uma repetição do momento do Small Package de Camaleão em Eustass, que deixa claro que Afonso Martins bateu de facto a terceira vez com a mão no tapete antes de Fuínha conseguir quebrar a contagem.

Beja: Graças a Deus que temos a tecnologia, Luís!

Luís: Não, não! Isto não é possível! Estes dois são uma anedota! Eles não podem ser os novos Parceiros de Guerra, não!

Camaleão e Felps recebem os títulos e abraçam-se para delírio do público.

Beja: Olha para bem para a cara de Arsénio, se um olhar matasse, Eustass já tenha ido a enterrar pelo menos duas vezes. “O Verdadeiro Professor” range os dentes depois desta derrota!

Luís: E com muita razão! Como é que alguém como o Eustass se deixa perder assim?! O campeão com o reinado mais longo de sempre da VLL, a perder o seu título desta maneira, contra estes homens?! Não é possível!

Beja: É possível, Luís, tanto que é que aconteceu! E olha bem para a felicidade de Camaleão e Felps! Novos Parceiros de Guerra e o público adora esta equipa! Os Áses da Ilusão a fazerem um verdadeiro truque de magia esta noite, vencendo três combates e tornando-se os novos campeões! Eles que aproveitem bem este momento!

Luís: Que aproveitem, que o reinado será curto, de certeza...


***


Última edição por vlladmin em Seg 24 Fev 2014, 08:15, editado 1 vez(es)
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PARCEIROS DE GUERRA II (PPV9#) - (23/02/14)

Mensagem por vlladmin em Seg 24 Fev 2014, 08:14

Beja: Depois dessa bonita vitória de Camaleão e de Felps, parece que temos algo do Mayhem, parceiro de Daniel Lobo e também lutador da VLL! Vamos ver o que ele diz...

Luís: Naturalmente vai chorar por causa da coça que o Aníbal deu no amiguinho dele...

Beja: Tu és parvo.

A câmara foca os bastidores da Vanguarda, filmando o preciso momento em que Mayhem passa por um corredor em passo rápido. O entrevistador Zé Maravilha vai no seu encalço.

Zé Maravilha:[/b] Mayhem, pode dar umas palavras aos nossos fãs?

O veterano ignora Maravilha e continua a andar apressadamente.

Zé Maravilha: Mayhem, de certeza que os fãs o quererão ouvir. - Mayhem continua a andar sem nada dizer, Maravilha não desiste, continuando a perseguição. - Mayhem, posso saber o que veio cá fazer? Sabe quais os motivos pessoais que afastaram Lobo da Vanguarda da Luta Livre? E quando é que ele voltará aos ringues na nossa Federação? Como é que Lobo encarou a derrota frente a Fragas?

Subitamente Mayhem pára e vira-se para Maravilha. O grandalhão solta um suspiro, antes de falar.

Mayhem (numa voz aborrecida): Vais continuar a seguir-me até ao carro?

Maravilha não responde, encolhe os ombros desajeitadamente.

Mayhem: Sempre fui um actor secundário no meio disto tudo, o Lobo desaparece e agora querem-me fazer perguntas, querem ouvir a minha voz...Queres que comece pelo início? Eu estou cá porque, se bem se lembram, também tenho contrato com a Vanguarda da Luta Livre, contrato esse que foi alterado e renovado há bem pouco tempo. Vim discutir questões relacionadas precisamente com esse contrato.

Zé Maravilha: Pode adiantar algo mais? Isso quer dizer que o veremos no ringue em breve?

Mayhem: Não te posso adiantar nada, porque não se chegou a qualquer conclusão, Zé.

Zé Maravilha (num tom receoso): E quanto a Lobo..?

Mayhem volta a suspirar.

Mayhem: Eu sei que sempre que me viram cá até hoje foi ao lado do Lobo, mas isso não quer dizer que eu e ele sejamos um...Não falo com o Daniel há algum tempo. Gostaria de saber o que se passa com ele, mas infelizmente não o sei. Conhecendo-o como conheço o mais provável é que esteja a curar o orgulho ferido após uma derrota pesada. E depois do que todos nós ouvimos da boca do Fragas na passada terça-feira creio que se esteja a martirizar por muitas das suas acções. Isso é o que eu acho, mas poderei estar errado.

Zé Maravilha: E crê que Daniel Lobo poderá dar-nos as respostas que queremos?

Mayhem: O Lobo nunca deixa palavras por dizer. Quando for o tempo certo ele dará uma resposta a todos vocês...Agora posso ir?

Mayhem começa a andar, mas Maravilha coloca-se no meio do seu caminho.

Zé Maravilha: Só mais uma pergunta...Aníbal Fragas na passada terça-feira fez declarações bastante fortes e controversas. Há algum comentário que queira deixar em relação a elas?

Mais um suspiro. O semblante de Mayhem parece carregado.

Mayhem: Um dia estarei novamente cara a cara com Aníbal Fragas e aí dir-lhe-ei pessoalmente tudo o que tenho a dizer. Tanto eu como o Daniel Lobo daremos as respostas que vocês querem, mas na altura certa. Posso-vos garantir isso, mas, até lá, sejam pacientes.

Mayhem dá um empurrão gentil a Zé Maravilha e continua, por fim, o seu caminho.

Luís: O que será que eles vão dizer ao Aníbal?

Beja: Não sei, mas estaremos pra descobrir, o que acho é que a história não acabou...

Luís: Será que esses dois vão querer apanhar de novo do Aníbal?


***



A imagem regressa com o lutador Japonês Ryo Tanaki no meio do ringue debaixo de uma boa ovação por parte do público.

Ryo Tanaki: Obrigado pessoal!

RYO! RYO! RYO!

Ryo: Muitos de vocês estavam aqui na semana passada e certamente que muitos virão através da televisão o meu primeiro combate aqui na VLL! O Lousada não me queria dar esse combate, mas eu provei que com coração e dedicação todos conseguimos.

Luís: Este asiático devia era tar numa loja dos chineses.

Beja: Ele é Japonês…

Luís: Não interessa, o público esta a puxar por ele neste momento como podes ver, por isso é porque é barato.

Ryo: Quero agradecer a todos os que acreditaram em mim e aproveitei este tempo morto no show para vir até ao ringue dizê-lo a todos!

O público bate palmas ao lutador Japonês que se mete de joelhos a agradecer o apoio do público da VLL.



Luís: Oh meu Deus! É a música de Randall!

Beja: Mas o que é que ele faz aqui? Ele não está bem no seu lugar?

Luís: Ryo esta lixado!

Beja: Mas o jovem japonês não vai dar-se por vencido isso eu tenho a certeza! Ele vai lutar Randall como se não houvesse amanhã!

Luís: Mas vai sair lesionado!

O lutador Gaulês Randall desce a rampa com Jack Neville a seu lado dando instruções ao seu cliente. Randall coloca-se na borda do ringue e vemos Ryo a correr nas cordas procurando fazer um dropkick mas nada abala Alexander Randall…

Beja: Ryo ao embater em Randall parece ter ido contra uma parede!

Luís: E na realidade é isto. Será isto um castigo de Lousada perante as ações de rebeldia de Ryo? Não saberemos mas Randall pega em Ryo Tanaki e… Elevated Powerbomb no centro do ringue!

Beja: Já chega!

Gabriel Martins aparece a descer a rampa com umas calças de ganga e umas botas de biqueira de aço! O mesmo entra no ringue mostrando que nem sequer estava preparado para lutar esta noite.

Luís: Outro gajo que se vai meter sem ter direito a tal!

Beja: Martins entra no ringue e dá um pontapé em Jack Neville atirando-o para fora do ringue. Randall vira-se e Superkick! Randall vai ao chão e rebola para fora do ringue!

Luís: Martins só conseguiu isto porque apanhou Randall de costas!

Beja: Martins ajuda agora Ryo a levantar-se.

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH.

Luís: Parece que o Neville apanhou um microfone e tem algo a dizer.

Jack Neville: Tu ai Martins! Já devias ter percebido que não te devias meter nos negócios dos outros!

Beja: E que tinha o Randall haver com o Ryo?

Vemos Ryo a levantar-se com a ajuda de Gabriel.

Jack Neville: Mais cedo ou mais tarde aqui o Alexander Randall vai-te fazer pagar e nesse dia vais perceber que isso é um negócio teu!

Jack Neville vira costas ao ringue e diz a Randall para começarem a caminhar para o bastage.

Luís: Esta ameaça de Neville pareceu-me bastante real!

Beja: Vamos agora para os bastidores de novo amigos, temos algo importante no balneário pessoal dos DeLuxe SAD!


***



A imagem mostra o corredor dos bastidores da arena e ouve-se o barulho de alguém a discutir. Lucas Brandão aparece na imagem juntamente com Eustass Kid e Arsénio Fuínha cabisbaixos pela derrota e perda dos títulos.

Lucas Brandão: O que se passou aqui hoje foi terrível! Perdemos os títulos que se encontravam na nossa posse desde o início para dois amadores como o Camaleão e o Felps!

Eustass Kid: As coisas podiam ter corrido como planeado se o Arsénio cumprisse bem a sua parte!

Arsénio Fuínha: Quem és tu para dizer isso depois de me custares o título da Vanguarda?!

Eustass Kid: Então isto é tudo por causa desse acidente?! Fizeste-me perder o título porque não conseguiste conquistar o teu?!

Arsénio Fuínha: Hoje também não passou de um acidente!

Lucas Brandão: Calem-se os dois! Vocês fazem ideia do dinheiro que eu vou perder com isto?! O Bangalter e o Jorge Mendes devem estar furiosos depois disto!

Arsénio Fuínha: A culpa é toda do teu primo que desde o início nunca se soube comportar como um membro dos DeLuxe e sempre agiu a pensar nele!

Eustass Kid: Eu sempre cumpri a minha parte! Fica sabendo que eu também não gosto dos eus modos!

Fuínha e Eustass começam uma brawl com Lucas a tentar separá-los, mas Eustass empurra-o. Arsénio atira Eustass contra uma mesa e o portuense responde ao atirar Fuínha contra a parede. Os dois continuam a agredir-se pelo corredor destruíndo o cenário por onde passam até os árbitros os separarem. Lucas levanta-se nada contente com a situação.

Luís: Que balbúrdia! Alguém precisa contê-los! O Eustass fez besteira!

Beja: Ambos fizeram e essa confusão entre os dois era esperada...

Luís: Só sei que Fuinha está correto! Primeiro Eustass tira-lhe o título da Vanguarda, depois essa confusão hoje, eu também ficaria passado!

Beja: De certo ponto, até que estás certo, o que é raro!


***



Beja: Depois de toda essa tensão, vamos agora ouvir o que Mike Orzan, semifinalista do Torneio do Título Supremo tem a dizer...

Luís
: Isso aqui é um PPV de recados, nunca vi...

A imagem foca Mike Orzan na zona de entrevistas, completamente sozinho e vestido a civil. O mesmo tem o microfone na mão e parece bastante irritado.

Mike Orzan: Mais um evento e mais uma vez Mike Orzan esta fora mais uma vez dos grandes palcos. A última vez que eu lutei foi no dia 4 de Fevereiro num combate de equipas completamente insignificante, mas tudo bem eu ainda dei o braço a torcer quando soube deste evento, mas quando não me colocaram nele eu fiquei completamente farto.

Mike começa a andar em círculos no espaço de entrevistas bastante irritado.

Orzan: Há quem vá dizer que eu fiz um pacto com o diabo, mas não me interessa. Se nem para um torneio de falhados eu sirvo tudo bem, irei recorrer a outras alternativas para chegar ao topo, porque eu sei que consigo, fui semi-finalista do torneio pelo título Supremo e pouco ou nenhum mérito recebi por isso. Agora é altura de recolher todo o mérito que merece.

O mesmo envia um grande rugido.

Orzan: Bem-vindos a época de caça do Orzan! Lousada espero que tenhas ouvido isto!

O mesmo empurra a câmera para o chão sendo que os seus pés ficam a ser filmados enquanto o mesmo se afasta da zona.

Luís: Até que gostei do Orzan agora, seguramente o grande supervisor-geral, Augusto Lousada, ouvirá e avaliará o desejo dele... Quero só ver se Orzan agarrará a oportunidade.

Beja: É, confiante ele está, vamos ver se ele corresponde, mas ele já demonstrou capacidade antes.

Luís: É confiar no Lousada, ele sabe o que faz...

Beja: Tu és parvo ou fazes de parvo?

Luís: Cala-te! Cansei de tu me chamares de parvo... Sou o melhor comentador da história da VLL!

Beja: Está certo... És..


***



Luís: Eu mal posso esperar pelo que vem ai!

A imagem foca agora os comentadores na sua mesa conversando um pouco enquanto no espaço inferior do monitor podemos ver uma imagem de Michel-Baptiste Bangalter e outra de Vinícius Nunes mostrando os factos que até agora tem sido feitos por ambos na VLL.

Beja: Depois de toda a ação neste evento de Parceiros de Guerra é altura para o evento especial da noite! Já temos novos campeões…. Será que o outro título em jogo irá mudar de mãos hoje?

Luís: Sinceramente eu acho que sim, os DeLuxe acabaram de perder o ouro e agora querem recompensar a balança. Nem só isso entra na disputa. Michel-Baptiste Bangalter tem tudo a seu favor para vencer hoje!

Beja: Sinceramente eu não acho. Vinícius Nunes é campeão Supremo por duas vezes e esta numa forma invejável.

Luís: O líder dos DeLuxe também!



Raquel Jacob: Senhoras e senhores… o próximo combate encontra-se marcado para um “2 out of 3 falls” e é pelo título Supremo da Vanguarda da Luta Livre!

Beja: Aqui vem Bangalter acompanhado pelo novo membro dos DeLuxe Filipe Azevedo!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH.

Raquel Jacob: O primeiro… a caminho do ringue acompanhado por Filipe “A Bomba” Azevedo… pesando 89 kgs… Vindo de Bobiny, Seine-Saints-Denis na França… “DELUUUUUUUUUXE” MICHEL-BAPTISTE BAAAAAAAAAAAAANGALTER!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH.

Luís: Receção negativa para esta lenda da Vanguarda.

Beja: Lenda?

Luís: Ele tem um recorde invejável na VLL. Acho que só perdeu uma vez e nem foi em singulares, por isso ele entra aqui invicto em combates individuais. Coisa que Vinícius não pode afirmar.

Filipe Azevedo segue atrás de Bangalter que com o seu robe sobe ao ringue, retirando-o de seguida e dobrando-o calmamente. Filipe trás o título DeLuxe no ombro direito. Bangalter sobe ao canto e insulta alguns fãs.

Beja: Isto é que eu acho deplorável.

Luís: Também não vejo respeito por ele, não sei porque te estas a armar tanto também.



YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH.

Raquel Jacob: E o seu adversário… Salvador, Bahia… no Brasil! Pesando 140 kgs… Ele é o campeão Supremo da Vanguarda da Luta Livre… VINÍCIUS NUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUNES!

Beja: Grande ovação para o campeão que entra na arena com uma camisola de Portugal!

Luís: Isso é tudo para chamar a atenção do público! Ele sabe que se encontra em desvantagem neste confronto com o grande Bangalter!

Beja: Não sejas idiota.

Vinícius cumprimenta alguns fãs na rampa de acesso ao ringue e de seguida corre em direção ao ringue entrando pela corda inferior rolando para dentro do mesmo.

Beja: O público encontra-se ao rubro neste pavilhão! Este é sem dúvida um dos combates mais aguardados da história desta federação. Finalmente temos Michel-Baptiste Bangalter e Vinícius Nunes num confronto a solo!

Luís: Repara em Vinícius Nunes! O mesmo olha para Filipe Azevedo com grande intensidade. Não esquecer que Vinícius Nunes pesa 140 kgs e Bangalter apenas 98 kgs… É uma grande diferença, mas lá fora temos Filipe Azevedo.

Beja: Os restantes DeLuxe não acompanharam o seu líder até ao ringue… Curioso…

Vinícius Nunes entrega o seu título ao árbitro Marcos Mendes. O mesmo eleva-o no ar simbolizando que se trata de um combate pelo título, neste caso o mais importante da federação.

Luís: Tudo pronto para este combate.

Beja: Aqui vamos nós!


O árbitro destacado para este combate é Marcos Mendes. O mesmo avisa os dois lutadores para terem uma luta limpa e que ao primeiro regulamento infringido não teria problemas em desqualificar qualquer um deles.

Michel-Baptiste Bangalter tenta um confronto de força no centro do ringue, mas Vinícius Nunes rapidamente vence o mesmo, não se percebeu muito bem o que Bangalter queria aqui, mas certamente que tentava alguma falcatruíce. Vinícius roda para trás de Bangalter e German Suplex. O público encontra-se muito calado por esta altura. É um combate em que nenhum deles quer sequer piscar o olho.

Bangalter embate no chão e Filipe Azevedo bate com as mãos no chão bastante irritado com este começo do seu líder. Vinícius esta de pé e vê Bangalter a levantar-se com a ajuda das cordas. O francês corre na direção do campeão e leva um takedown poderoso! 1… Bangalter levanta o braço e público vaia-o. Vinícius domina por completo este combate nos momentos iniciais e continua a massacrar o líder da afiliação DeLuxe SAD. Levanta-o calmamente coloca-o contra o canto e vários socos no abdómen do francês. O público começa a torcer pela ofensiva de Vinícius que parece desgastar bastante o candidato ao título nesta noite. Mais de dez socos em Bangalter e o mesmo cai ao chão. Vinícius no entanto levanta-o novamente e Filipe Azevedo sobe a borda do ringue distraindo o árbitro! Vinícius não esta para brincadeiras neste combate contra um dos seus maiores rivais até a data, mas larga-o dirigindo-se para o árbitro… nisto Bangalter dá um golpe baixo em Vinícius desferido por trás. O público vaia a ação de Bangalter como não houvesse amanhã!

O líder dos DeLuxe vai para a cover! 1… Vinícius atira Bangalter para o outro lado do ringue safando-se da cover! O público puxa pelo Brasileiro. Bangalter esta com a mão na corda inferior do ringue olhando para o público e se calhar apercebe-se do que se foi meter! Vinícius e Bangalter estão agora de pé e olham um no outro. Ambos dão algumas voltas no ringue… Bangalter aproxima-se e dá um pontapé na canela de Vinícius colocando-se novamente a distância. O campeão parece não ter sentido nada e pede outra! Novamente Bangalter aproxima-se do campeão com cautela e novo pontapé! Desta vez com mais intensidade! Vinícius levanta os braços motivando o público e parece que a dor não lhe afeta!

Vinícius farta-se de brincar e corre na direção do adversário… Big Boot! Bangalter anda aos trambolhões dentro do ringue! Filipe Azevedo dá socos no ar fora do ringue de tanta revolta! Vinícius finalmente parte para cima de Bangalter com toda a sua força dando pontapés fortíssimos no mesmo. Bangalter tenta escapar para fora do ringue… mas não consegue! Vinícius agarra-o nos calções e puxa-o para o centro do ringue. Bangalter levanta-se sozinho tentando alguma manobra ofensiva mas é pontapeado por Nunes que o prende para um Suplex potente no centro do ringue.

Filipe consegue puxar Bangalter para fora do ringue e dar-lhe algum descanso. Vinícius continua a puxar pelo público mas rapidamente surge lá fora. Filipe faz peito ao campeão. O árbitro avisa ambos para eventuais desqualificações. Bangalter entra no ringue sem Vinícius ver… Corre nas cordas e atira-se para cima de Vinícius mandando-o contra a barreira. Excelente Suicide Dive! Bangalter volta a entrar no ringue, o árbitro fala com o mesmo e aproveitando a distração Azevedo vai junto ao mesmo e atira-o novamente contra a barreira fazendo grande impacto. De seguida atira-o para dentro do ringue, Bangalter esquece o que o árbitro dizia e atira-se para o campeão! O Francês sobe ao canto rapidamente, o público vaia-o mas Filipe apoia-o! Somersault Senton! Vinícius agarra-se a zona lombar, mas rapidamente

Bangalter corre nas cordas e novo Somersault Senton desta vez de pé! Cover! 1…2… Vinícius levanta o ombro!

Bangalter agarra a cabeça de Vinícius tentando sufoca-lo. Com o dorso para baixo Michel-Baptiste Bangalter faz pressão na cabeça de Vinícius Nunes tentando com que o campeão fique sem ar ou desista. O público canta o nome de Vinícius pela arena e isso parece irritar o jovem DeLuxe. Durante alguns segundos Bangalter aplica uma força tremenda, provavelmente toda a sua energia se encontra nesta manobra e não se sabe até que ponto a longo prazo isto pode ser negativo. Bangalter bate com os pés no tapete, certamente já passou mais de um minuto desde que ele aplicou a manobra e constantemente pergunta a Vinícius se quer desistir. Mas nisto Vinícius bate também ele com os pés no chão mostrando que se encontra vivo! O público vai ao rubro, loucura total no pavilhão… Vinny coloca os joelhos no tapete começa-se a levantar e levanta Bangalter! Que força incrível. Bangalter esta no ar! Que força impressionante do campeão Supremo! Mas Bangalter consegue levar Vinícius ao chão com um DDT poderoso! Meu Deus Bangalter tanto sufocou o campeão que o mesmo foi ao chão! Cover 1…2… Vinícius volta a safar-se! Bangalter não quer acreditar, ele deve estar completamente arrebentado fisicamente depois do que fez a Vinícius Nunes.

Ambos os lutadores encontram-se no chão. Bangalter respira ofegantemente. Filipe Azevedo puxa pelo mesmo e Michel acaba por sair do ringue para tentar recuperar algum folgo. O mesmo encontra-se de joelhos apoiado na berma do ringue. Azevedo vai até a mesa de comentadores e retira de lá uma pequena garrafa de água que rapidamente oferece a Bangalter que bebe um bocado. Vinícius levanta-se sorrindo para Bangalter e batendo palmas, pedindo de seguida para o mesmo voltar ao ringue.

Bangalter entra o público insulta-o constantemente, mas uma coisa é preciso dar como credito. Bangalter esta a fazer um esforço enorme e aquele DDT depois do hold poderoso é prova disso mesmo. Nova hold no centro do ringue, parece que Bangalter que provar algo ali mesmo, mas Vinícius vence novamente e aplica um novo takedown. Socos potentes novamente. Bangalter estica-se todo tentando escapar mas é atingido violentamente. O público continua a puxar por este tipo de iniciativa por parte de Vinícius.

No momento em que ele para os socos levanta-o logo e apesar das pernas a tremer Bangalter continua de pé. Mas por pouco tempo… Ele prenda o pescoço de Bangalter… Chokeslam! Meu Deus! Bangalter bate com grande impacto no ringue. 1…2…2,5! Bangalter levanta o ombro! O público não quer acreditar. Filipe Azevedo salta de alegria fora do ringue. Vinícius levanta Bangalter mas o mesmo começa a dar várias chapadas no campeão. Que alma que o líder dos DeLuxe esta a mostrar. Nunca ele se debateu assim num combate. Vinícius atira-o contra as cordas, Bangalter passa por baixo das pernas do campeão, vai atirar-se para cima dele mas é apanhado! Slam! Nova cover… 1…2… Bangalter safa-se! O que é que ele andou a fazer nos últimos tempos para sair assim com tanta força?

Vinícius pega nele, mas Bangalter calca-lhe o pé. O público vaia o lutador, mas vemos bastante esforço aqui por parte do líder dos DeLuxe. Pontapés variados na zona abdominal. Vinícius coloca-se de joelhos. Bangalter corre nas cordas e Bulldog! Vinícius vai ao chão e ele não procura a cover… na realidade vai para um STF no centro do ringue, mais uma vez Bangalter vai para a força contra um dos homens mais fortes que alguma vez passou pela VLL.

Vinícius arrasta-se para a corda e consegue facilmente romper a manobra. Bangalter é obrigado a romper mas antes disso ele esgota o número até ao 4… O árbitro avisa-o que ia desqualifica-lo. Bangalter fica nervoso por não conseguir fazer nada com Vinícius para tirar vantagem neste combate. O público vaia-o. Bangalter irrita-se e cospe para o público levando

uma das maiores vaias da história da VLL. Vinícius levanta-se e começa novamente a massacrar o francês, o público agora ainda puxa mais pelo campeão. A atitude de Bangalter foi a gota de água.

Vinícius atira-o as cordas. Spinebuster! Vinilock! Primeira submissão da noite para Vinícius Nunes! Uma manobra que ele raramente usa. Mas aqui Bangalter sujeita-se a partir o braço se não desistir e continuar o combate completamente lesado! Filipe bate com as mãos na berma do ringue novamente! Ele pede para Bangalter tentar chegar as cordas, mas este Kimura por parte de Vinícius é demasiado forte. Bangalter desiste! Bangalter desiste! Vinícius encontra-se 1-0 neste combate! O público esta ao rubro. O árbitro coloca-se no meio esperando que Michel-Baptiste Bangalter se levanta.

Michel agarrado ao braço levanta-se e olha furioso a sua volta, o público goza com o francês chamando-lhe de fraco. Filipe intimida algumas pessoas junto à barreira. Bangalter diz que esta pronto para recomeçar o combate e abana o braço tentando-o colocar no sítio. Vinícius chama por Bangalter gozando também com o francês. Bangalter corre para Vinícius e leva mais um takedown, o público vê este combate a terminar rapidamente. Mas Bangalter prende o braço de Vinícius num armbar! Vinícius consegue rolar e safar-se, Bangalter corre nas cordas e dá um pontapé num salto acrobático no campeão deixando-o mal tratado do olho. Corre para o canto… Elbow Drop! Grande impacto neste momento, ele não perde tempo… cover… 1…2… Mas Vinícius safa-se. Michel-Baptiste Bangalter nem se acredita que não consegue sacar nada.

Bangalter discute com o árbitro pedindo para a contagem ser mais rápida do que tem sido. O árbitro aponta para a sua camisola mostrando que ele é que é o oficial ali. Bangalter vira-se, Vinícius ia atirar-se pa cima dele… Mas Bangalter sai da frente e Vinícius atinge o árbitro deixando-o no centro do ringue completamente KO.

Isto é a grande oportunidade que Vinícius Nunes precisava. Filipe Azevedo sobe ao ringue, Vinícius tenta reanimar o oficial Marcos Mendes, Filipe vê a condição física de Bangalter e diz para o mesmo se deitar para trás. Filipe pega em Vinícius. Military Press Slam! Vinícius é plantado no centro do ringue, Bangalter deixa o mesmo e vai atrás do seu título DeLuxe trazendo-o para o ringue. Azevedo prende Vinícius com Bangalter a a mostrar-lhe o título e de seguida dá-lhe com ele de forma violenta expondo a cabeça do campeão. O mesmo berra “Achas mesmo que eu não te consigo vencer? Achas mesmo?” de seguida dá-lhe uma chapada.

Bangalter pega em Vinícius com a ajuda de Filipe Azevedo e Piledriver no centro do ringue! O público vaia estas ações. Filipe rebola para fora do ringue com o título DeLuxe na mão. Bangalter faz a cover e o árbitro começa a levantar-se lentamente… Até que se vira completamente e faz a contagem… 1…2… 2,8… Vinícius levanta o ombro com um esforço incrível, o pavilhão explode.

Bangalter atira-se para cima de Vinícius com socos violentos. O sangue começa a invadir o tapete do ringue. Vinícius fica completamente inanimado no centro do ringue, Bangalter levanta-se da posição que estava e vai até ao canto bate duas vezes no mesmo com a mão direita e sobe para cima dele… Augmenter! Um legdrop poderoso de cima do canto deixando Vinícius Nunes estatelado no chão. Cover 1…2…3… Michel-Baptiste Bangalter deixa o resultado empatado.

Luís Barreira encontra-se bastante entusiasmado com este empate, enquanto Diogo Beja diz que é tudo roubado e que os DeLuxe levam vantagem em números e apenas isso. Bangalter senta-se no canto recuperando o folgo. Filipe Azevedo vê Vinícius Nunes esvaiar de sangue

enquanto um médico entra no ringue para ver o corte do campeão. O mesmo faz algo para estancar o sangue e o árbitro pergunta se Vinícius quer continuar a combater, obviamente que o Brasileiro diz que sim e o público vendo o gesto com a cabeça de Nunes fica confiante no seu favorito.

Bangalter parte para cima do campeão com um lowkick deixando de joelhos. Começa-se a ver o desgaste que Vinícius sofreu no ataque de Filipe Azevedo. Bangalter dá vários socos tentando abrir novamente a fixura na cara de Vinícius, procurando que o mesmo se atrapalhe com o sangue novamente. Bangalter leva com uma enchente de assobios. O mesmo levanta-se vai até ao canto e manda calar os fãs, ele parece possuído Vinícius aproveita a distração do candidato ao título e pega nele para o atirar ao chão numa espécie de Slam.

Vinícius levanta Bangalter soca-o várias vezes na zona abdominal… Suplex! Cover…1…2…2,5… Michel levanta o ombro, o público vaia-o. O combate começa a tornar-se bastante desgastante para os dois que já se encontram no ringue com mais de meia hora em cima de combate. Vinícius levanta-se calmamente enquanto Bangalter, apesar de se ter safado encontra-se imóvel. O Baiano olha para Filipe Azevedo mostrando que sabe que foi o mesmo que o destruiu na ronda anterior. Bangalter salta fazendo uma elevação no meio do ringue, o público vaia-o novamente Vinícius vira a cara para ver o que é e pontapé… Não! O campeão apanha a perna de Bangalter… Enzuigiri! Bangalter faz propagar um enorme estrondo por toda arena depois deste pontapé em Vinícius Nunes! Cover super rápida… vai terminar aqui! 1…2…2,9… Vinícius Nunes safa-se! Vinícius Nunes levanta o ombro no último segundo, Michel-Baptiste Bangalter encontra-se completamente frustrado.

O mesmo coloca as mãos na cabeça arrastando o cabelo para trás. Filipe Azevedo atira uma soqueira para dentro do ringue, sem o árbitro ver, e sobe a corda para começar a reclamar com o árbitro. Já vimos algo parecido neste combate… Bangalter apanha a soqueira… Filipe distrai o árbitro… Vinícius começa a levantar-se de costas para o Francês! Bangalter vai para o acertar com a soqueira… Mas Vinícius foge… German Suplex! Bangalter vai ao chão com impacto! Filipe Azevedo tenta interferir e o árbitro mando-o embora! Outro German Suplex! Vinícius Nunes não larga! Mais um German Suplex! A intensidade no campeão é enorme! Filipe Azevedo continua a reclamar com o árbitro enquanto o mesmo o manda embora! Mais um German Suplex e Michel-Baptiste Bangalter por esta altura já deve estar completamente partido!

Filipe Azevedo vai subindo a rampa… O árbitro continua a olhar para ele… E um quarto German Suplex! Finalmente Vinícius Nunes larga e emite um berro enorme na arena que deixa o público completamente louco. Vinícius Nunes levanta Bangalter manda-o as cordas e National Slam! O árbitro continua distraído com Filipe que faz de tudo para cativar a atenção do árbitro voltando junto do ringue… O mesmo sai e empurra Filipe Azevedo! Marcos Mendes empurra Filipe Azevedo! Dentro do ringue Vinícius Nunes prepara Michel-Baptiste Bangalter para um voo no Chokeslam… Mas pontapé no meio das pernas! O árbitro nada viu porque se preocupava com Filipe Azevedo que agora sim abandona! Depois dos estragos feitos. Os DeLuxe fazem das suas novamente.

Filipe Azevedo desaparece pela cortina. Ambos os lutadores estão no chão e o árbitro volta a entrar por baixo das cordas começando a fazer uma contagem crescente até 10, caso chegue a esse número os lutadores acabam desqualificados.

O árbitro já vai no número 5 na contagem. Bangalter abre os olhos e rebola para as cordas, Vinícius coloca-se de joelhos e começa a levantar-se. O público puxa pelo Brasileiro cantando o seu nome.

Vemos Vinícius a levantar-se aos 8, mas já Bangalter também se levantava e ganha vantagem sobre o Brasileiro para deixar o público bastante irritado. Vários pontapés de Bangalter em Vinícius encostando-o ao canto. Vinícius empurra Bangalter para o chão, mas o Francês não desiste. Grande soco de Bangalter ao voltar para o ataque ao campeão abrindo-o novamente onde anteriormente já Vinícius Nunes tinha sido exposto.

O sangue começa a escorrer na cara do campeão, Bangalter dá uma volta e corre na direção das cordas, vai novamente da direção de Vinícius e grande pontapé na cara do mesmo. Cover…1…2… Vinícius safa-se. Bangalter sobe ao canto e atira-se para uma Elbow Drop… Vinícius rebola para o lado levanta-se e prende Bangalter no Chokeslam. Grande impacto no chão. O segundo da noite. Cover 1…2… Bangalter coloca o pé na corda e o árbitro vê parando a contagem assim. Vinícius sinaliza que vai terminar com tudo e preparar-se para o Brazilian Bomb! Ele pega em Bangalter calmamente… levanta-o no ar… Mas Bangalter atira-se para trás do campeão Belly to Back Suplex! Oh Meu Deus! Vinícius foi apanhado por Bangalter numa manobra destas!

Ambos estão novamente no chão. Mas Bangalter está com um sorriso na cara, o mesmo sabe que esta a batalhar com Vinícius neste combate, mesmo que Filipe Azevedo a certa altura tenha sido uma ajuda para o líder dos DeLuxe.

Bangalter levanta-se e sobe até ao canto para tentar a sua manobra final, ainda assim Vinícius Nunes prevê que isso aconteça e segue para o canto tirando de lá o candidato ao título com mais um Slam. É agora Vinícius a subir ao canto… Northeast Splash! Uma manobra que Vinícius raramente usa! Cover… 1…2…2,6… Bangalter levanta o ombro mais uma vez. Afinal o francês é mais resistente do que parece. Já o público continua do lado de Vinícius Nunes puxando pelo Brasileiro como se não houvesse amanhã, neste combate pelo título Supremo.

Vinícius levanta Bangalter atira-o as cordas, Bangalter passar por baixo vai a correr novamente, vai para um murro… Vinícius baixa-se e acerta no árbitro! Mais uma vez o árbitro deste combate está no chão. Vinícius apanha Bangalter… Brazilian Bomb! O mesmo vai para a cover sem se ter deparado que o árbitro estava no chão! O mesmo olha em seu redor e vê o árbitro no chão. O público vê Filipe Azevedo a descer a rampa com uma cadeira na mão e começa a vaia-lo… Vinícius Nunes manda o mais recente membro dos DeLuxe entrar no ringue… Filipe entra vai a dar com a cadeira na cara de Vinícius mas o mesmo desvia-se! A cadeira bate nas cordas e ressalta na cara de Filipe Azevedo deixando-o no chão.

Vinícius vê a cadeira no chão e aponta para a mesma. O público vai ao rubro e Vinícius começa a dar fortes cadeiradas nas costas de Bangalter que salta de dores! Filipe Azevedo sai do ringue a rebolar agarrado a cabeça ficando estatelado no chão.

Vinícius dá mais de 5 cadeiradas em Bangalter e depois atira o objeto para fora do ringue levantando os braços. O árbitro começa a levantar-se e vê Filipe Azevedo fora do ringue perguntando-se o que se passou aqui. O mesmo fica bastante confuso com toda a situação. Vinícius vai para a cover… O árbitro demora a ir para lá… 1…2… Filipe Azevedo puxa a perna do árbitro e atira-o para fora do ringue escondendo-se depois debaixo do mesmo.

Vinícius fica furioso e vai para fora do ringue começando a descarregar as raivas em Filipe Azevedo que esta a levar a porrada da sua vida em prol da equipa. Vinícius pega em Filipe que pesa tanto quanto ele e aplica-lhe um valente Brazilian Bomb na mesa dos comentadores! Estrondo enorme em toda a arena. Vinícius volta a entrar no ringue, mas Bangalter estava a espera dele.

Bangalter dá um tremendo pontapé na nuca de Vinícius Nunes que fica super atordoado. Bangalter corre nas cordas e DDT! Vinícius fica de barriga para cima, Michel vai até ao canto e Augmenter! Um novo árbitro começa a descer a rampa para fazer a contagem! Bangalter já tem a cover feita…. 1…2…3…


Raquel Jacob: Senhoras e senhores… o novo campeão Supremo da Vanguarda da Luta Livre… MICHEL-BAPTISTE BAAAAAAAAAAAAAAANGAAAAAAAAAAALTER!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH.

Luís: Bangalter conseguiu! Bangalter conseguiu! Incrível!

Beja: Toda a gente viu como isto foi roubado! Por amor de Deus.

Luís: Mas vais negar que o Bangalter fez aqui um grande combate? E o mesmo continua invicto em combates individuais. Nem mesmo o grande Vinícius parou o nosso novo campeão Supremo!

Beja: Bangalter deixa o ringue e o título é lhe entregue, Filipe Azevedo ainda se encontra combalido aqui na nossa frente.

Vinícius Nunes começa a levantar-se percebendo que perdeu o título.

Luís: Noite histórica aqui em Lisboa no dia em que Michel-Baptiste Bangalter vence o título Supremo e por hoje é tudo pessoal.

Bangalter senta-se na rampa de acesso ao ringue com o título Supremo e DeLuxe estando bastante ofegante...

Beja: Pessoal por hoje é tudo, mas não percam a próxima emissão da Vanguarda no dia 4 de Março. Este mês é tudo, mas prometemos manter-vos alerta e ligados a tudo o que acontece no nosso website. Até lá.

Luís: Bom domingo com o novo campeão Supremo!

A imagem começa a desvanecer mostrando o logo da VLL.
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PARCEIROS DE GUERRA II (PPV9#) - (23/02/14)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum