VANGUARDA 39# (RTP1) - (04/02/14)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

VANGUARDA 39# (RTP1) - (04/02/14)

Mensagem por vlladmin em Sex 31 Jan 2014, 01:52


COMBATE PRINCIPAL DA NOITE
YURI PETROV VS MICHEL-BAPTISTE BANGALTER

*****

MIKE ORZAN E JAY LECTER VS JUSTIN JAMESON E DIEGO BARROS
ALEXANDRE PENAFORTE VS DARREN KEANE - AVALIAÇÃO DE AUGUSTO LOUSADA
PHILIP HUNT VS EUSTASS KID
FELPS VS TIMÓ PEDROSO
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 39# (RTP1) - (04/02/14)

Mensagem por vlladmin em Qua 05 Fev 2014, 08:32

A imagem foca o ringue após os comentadores cumprimentarem a assistência nesta transmissão semanal da Vanguarda da Luta Livre na RTP1. O público está ao rubro com o highlight dos últimos momentos importantes do último show os efeitos de pirotécnia que antecedem o início de cada Vanguarda.


O público reage apupando o lutador Sebastián Rivera, nova contratação da Vanguarda da Luta Livre, que vem com a habitual Máscara "Calavera" sem estar vestido para competir, vestido com um casaco de cabedal preto e com calças de ganga bem como uns sapatos tipicamente Mexicanos. O lutador vem com a máscara a descer a rampa e entra no ringue desvalorizando e desprezando por completo os fãs, pedindo um microfone.

Ouvem-se cânticos do público a incentivar Rivera a voltar para o México enquanto que o mesmo já está no centro do ringue de microfone em punho, tirando lentamente a máscara, revelando um olhar de desprezo e de muita autoconfiança. Rivera coloca a máscara no bolso e começa a bater com o microfone na sua mão esquerda como que sarcasticamente a bater palmas.


Rivera: Bravo. Grandes destaques desta federação que acabaram de passar no ecrã gigante. Estive a vê-los atentamente antes de vir aqui ao ringue partilhar o mesmo oxigénio com gente insolente. Então é isto a competição que a Vanguarda da Luta Livre tem para oferecer à grande Lenda Viva do Wrestling Português?

O público vaia Sebastián Rivera.

Rivera: Sim, eu acho que fazem bem em vaiar isto. Até mesmo vocês, seus inúteis, merecem mais. Mas de qualquer forma, deixem-me apresentar-me para os mais novos e os mais ignorantes... O meu nome é Sebastián "La Calavera" Rivera. Para esses mesmos que me dirigi, que provavelmente devido ao seu intelecto extremamente reduzido e não me conhecem, sou uma lenda viva do Wrestling Português pois já lutei aqui antes de sequer haver Vanguarda da Luta Livre e conquistei todos os títulos que havia para conquistar. Sem mim não havia Vanguarda da Luta Livre, sem mim o Wrestling em Portugal era tão popular como o crickett ou o curling.

A assistência entoa cânticos de "Sobrevalorizado" e "Irrelevante".

Rivera: Mostrem mais respeito para com Vinícius Nunes, se faz favor. Comportem-se, não estão nas vossas miseráveis casas de 200 euros de renda mensais. Como eu ia a dizer antes de ser rudemente interrompido, não só sou o grande responsável pelo Wrestling em Portugal ser o que é como sou provavelmente o homem com mais currículo nesta federação, Japão, México, Estados Unidos da América, Inglaterra, o que quiserem. Eu estive lá, lutei e triunfei. Não foi apenas aqui. E entretanto soube...

A assistência continua a interromper Rivera com impropérios que vão aumentando com a sua atitude arrogante em ringue.

Rivera: Cavalheiros, por favor. A lenda viva está a falar, façam silêncio.

A plateia vaia imenso o lutador Mexicano.

Rivera: E entretanto soube que surgiu esta nova federação que aparentemente é um grande sucesso tanto em Portugal como além fronteiras. O que eu achei engraçado é que aqui promovem talento medíocre, e nem uma única palavra do grande Sebastián Rivera. No entanto, Santiago Guerreiro e Augusto Lousada tiveram a visão de ir contratar o melhor... Que sou eu... E ofereceram-me então um lucrativo contrato, razão pela qual eu aqui estou...

Sebastián Rivera faz o sinal de dinheiro para a plateia.

Rivera: E já que aqui estou, a ordem de trabalhos é a habitual. Vencer, vencer e vencer. Ordem de trabalhos essa que eu executo como ninguém, sou um vencedor por Natureza. E como o vencedor que sou, mais uma vez afirmo, estou aqui para ser Campeão Supremo da Vanguarda da Luta Livre. Vinícius Nunes, seu brasileiro sem talento. Estou agora mesmo a chamar-te ao ringue, tenho algumas coisas que gostaria de te dizer pessoalmente.

Sebastián Rivera sobe ao "turnbuckle" e deita-se no mesmo com o microfone na mão, como que à espera de Vinícius Nunes.

Rivera: Vá lá, Vinícius. Estás com medo? Arrasta esse rabo inútil até ao ringue. Tenho a noite toda e não vou sair daqui.


Diogo Beja: Senhoras e senhores bem-vindos a mais um episódio da Vanguarda! Este evento começou de forma frenética e só agora tivemos tempo para nos apresentar. Eu sou Diogo Beja e ao meu lado tenho Luís Barreira!

Luís Barreira: Boas povo da VLL! Mas agora é melhor calar-me porque o Diogo Lourenço já se encontra no ringue para confrontar a nova contratação Rivera!

Surge na rampa Diogo Lourenço a caminhar para o ringue completamente decidido e Rivera coloca-se de pé no centro do ringue novamente observando Lourenço enquanto o mesmo pede um microfone.

Rivera: Eu chamei o Campeão Supremo... Não chamei um Zé ninguém qualquer que pensa que é bom porque venceu um lutador de quarta categoria há três semanas.

Lourenço: Sebastián Rivera! O homem controverso! O lutador! A lenda de que todos falam! Que prazer partilhar o mesmo oxigénio contigo, a sério. Sinto-me honrado!

Rivera olha com uma expressão de curiosidade para Lourenço.

Lourenço: Como deves imaginar, estava a ser irónico. Quem és tu mesmo? Não te conheço.

"La Calavera" fica furioso a gritar para Diogo Lourenço que se ri e que faz sinal para Rivera se acalmar.

Lourenço: É o seguinte... consuela. Vi a tua chegada triunfal ao Aeroporto esta semana onde falaste muito. Eu estou aqui para ver se estás a altura no ringue da tua boca de trombone. Disseste que quem te quisesse convencer do contrário em relação a passares à frente de todos aqui para chegares a uma oportunidade pelo título se chegar à frente. Pois, bem aqui estou eu. Qualquer pessoa aqui merece isso, isto é a Vanguarda da Luta Livre, não é nenhuma federação do século passado. Queres oportunidade? Também eu. Portanto, desafio-te para um combate aqui mesmo e agora mesmo!

O público fica ao rubro.

Rivera: O quê? Um combate? Aqui e agora?

A plateia grita como que incentivando para o combate acontecer agora mesmo perante um aparentemente confuso Sebastián Rivera e um expectante Diogo Lourenço.

Rivera: Sabes, não é má ideia...

La Calavera começa a tirar o seu casaco, ficando em t-shirt e calças de ganga, dobrando-o e colocando-o num canto do ringue. Diogo Lourenço, que está pronto para competir, larga o microfone e desafia Rivera que se apróxima de Lourenço.

Rivera: Não é mesmo má ideia. Para a semana, respondo-te a tal desafio.

Rivera sorri perante um público furioso e abandona o ringue, Lourenço provoca Rivera que fica fora do ringue e vira costas. Lourenço então começa a puxar pela plateia a gozar com Rivera, que regressou ao ringue e o atacou com o microfone acertando-lhe na nuca. O público vaia imenso Rivera que faz uma expressão algo psicopata perante um Lourenço que está inconsciente no ringue.

Rivera arrasta Diogo Lourenço para perto de um dos cantos do ringue e sobe ao canto do mesmo, provocando a plateia... Rivera aplica um potente Frog Splash em Diogo Lourenço, ele chama a isto o Pacto de Sangre. "La Calavera" sai do ringue a vai buscar uma bandeira do México que estava ao pé da mesa de comentadores, pegando nela e no regresso ao ringue, cobre o inconsciente Diogo Lourenço com a bandeira do México.


Rivera: Sabes... Lourenço ou lá como tu te chamas. Estive a pensar e aceito o teu desafio para um combate na próxima semana. Bons sonhos.

Rivera larga o microfone, vestindo novamente o seu casaco de cabedal perante uma reacção extremamente negativa da plateia. "La Calavera" abandona a arena provocando imenso os fãs no seu caminho de saída. A câmera fica a focar Diogo Lourenço no chão coberto com a bandeira do México.

Luís: Bem este começo foi bastante ortodoxo… Aliás ainda estou meio boquiaberto!

Beja: Senhores telespectadores vamos ter que tirar Diogo Lourenço do ringue, por isso voltamos já.

Luís: Ao que a produção nos indicou teremos agora um vídeo que Darren Keane gravou durante a tarde de hoje! Quero ver isso!

***

A imagem foca uma estrada, o sol bate numa poça de água. Ouvimos um barulho de uma mota ao longe. A mota aparece no horizonte e passa por cima da poça de água. A mesma acaba estacionada em frente a um bar com aspeto bastante antigo.

O piloto, com um casaco de cabedal, retira o capacete e revela ser Darren Keane, o lutador Irlandês da VLL.

O mesmo caminha para dentro do bar a passe lento. Abre a porta e depara-se com um espaço bastante escuro, dentro do bar vemos apenas o empregado, atrás do balcão. O mesmo chega e a imagem para mesmo ao seu lado.


Darren Keane: Sabe quem eu sou?

Empregado: Sim claro. É o Darren Keane, o lutador…

Sem dar hipótese, Keane interrompe o empregado.

Keane: E também acha que sou tudo aquilo que o Kevin Gunn e os demais dizem? Só falta dizerem que sou fraco e pouco perigoso.

Keane abana a cabeça em sinal negativo, uma cerveja é lhe colocada em frente. O mesmo dá um gole.

Keane: Enfim, eles desta vez irritaram-me por completo e vão sofrer as consequências do “Son of Violence”. Qual Gunn qual quê. Esse gajo é patético, tão patético que nem sequer foi capaz de me enfrentar.

Keane dá mais um gole, o Empregado limpa uns copos atrás do balcão.

Keane: Are you listen?

Emprego: Desculpe?

Keane dá uma ultima golada e atira a garrafa a cabeça do empregado fazendo um estrondo enorme no bar vazio.

Keane levanta-se e coloca os óculos de sol, que ao entrar tinha pousado em cima da mesa.


Keane: The real Violence will begin.  

***

Luís: Este Darren Keane tem estilo, admite lá que ele tem!

Beja: Não admito, não há nada para admitir. Agora vamos ver o que Felps e Timó Pedroso podem fazer!

Luís: A estreia do jovem Pedroso, espero que ele vença, Felps é muito fraco!

Beja: Fraco? Ele estava a ser a grande revelação do Lugar Cativo! Luta muito o gajo, pá!

Luís: Está bem, no Lugar Cativo até eu luto muito...


Raquel Jacob: Esta luta encontra-se marcada para uma derrota, primeiro, pesando 89 quilos, vindo de Setúbal, Portugal, Timo Pedroso!

Luis: Nenhuma reação para esse jovem lutador...

Beja: Pouco conhecido pelo público da Vanguarda.

Luis: Mas gosto da personalidade dele, ele faz questão de ostentar o dinheiro que tem, o contrário que faz o campeão supremo que temos...

Beja: Ou como o Bangalter...

Luis: Cala-te!


Raquel Jacob: E o  seu oponente, vindo de São Paulo, Brasil, pesando 100 quilos! Felps!

YEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAAAAAAHHHH

Beja: Felps é bem popular!

Luis: Isso não é concurso da miss-Portugal...

Beja: Mas Felps tem-se mostrado bom lutador, ele sabe o que faz isso sim!

Luis: Ele é uma seca.


O oficial para esse combate é Afonso Martins. Começa com uma hold no meio do ringue que é vencida por Felps, Pedroso vai para o chão e tenta ataque mas é contido com o Bulldog de Felps, depois Pedroso se levanta e acaba por levar um Clostheline do brasileiro, vai para a cover, 1-2! Pedroso se salva!

Felps fala para o árbitro atentar a contagem e continua o castigo sobre Pedroso com vários socos seguidos, mas Pedroso não se intimida e começa a trocar socos com Felps e leva vantagem incrivelmente! E depois de vários Uppercuts, eis que Felps cai no chão, agora é a oportunidade para Pedroso, cover, mas Felps sai antes do dois.

Felps e Pedroso se estudam, Felps vai para cima com tudo, porém recebe um potente DDT, depois um Belly To Belly Suplex! Depois é um Reverse DDT, Felps cai duro no chão, Pedroso vai para o topo das cordas e é Diving Elbow Drop! Acerta em cheio o peito de Felps! Cover, 1-2-2,5! Pedroso não acredita!

Felps tenta se levantar, mas acaba por levar vários pisões por todo o corpo de Pedroso, depois um chute no rosto e Felps cai no chão. Olha só, Pedroso chuta a perna de Felps várias vezes, e pega a outra perna! Ajeita! Figure 4 Leglock de Pedroso sobre Felps! Está longe das cordas o brasileiro! Felps se contorce de dor! Pedroso está claramente em vantagem, mas Felps vai se arrastando, até que chega as cordas e Pedroso abandona a manobra!
Felps sai do ringue para se reagrupar, mas Pedroso vai em cima dele determinado, mas Felps volta e Pedroso o segue, grande manobra de Felps, vários pisões em Pedroso e um chute na barriga do português! Depois disso um Lou Thesz Press! E para finalizar um Spinebuster! Agora vai acabar! Grande seqüência de Felps! 1-2-2,6! Incrível o poder de reação de Pedroso!
Pedroso se levanta com dificuldade, mas Felps tinha tomado distância e é Spear em cima de Pedroso! Brutal Felps! Agora não tem mais jeito! 1! 2! 2,8! Incrível a resistência de Timó Pedroso e a determinação de Felps, o público aplaude esse combate cheio de ação! Felps pega Pedroso para uma nova manobra, mas Pedroso reverte em um Roll-up! 1! 2! Felps sai e Pedroso fica possesso.

Pedroso ataca Felps com tudo com um Back Suplex! Depois outro! Mais um! Não satisfeito sobe no topo das cordas e Diving Crossbody! Vai para a cover, mas Felps sai antes do dois! Felps se levanta, corre em direção de Pedroso, mas acaba por levar um Scoop Powerslam do homem de Setúbal! Grande reação de Pedroso! Ele vai para a cover? Não! Ele espera Felps se levantar!

Depois de um tempo Felps fica totalmente de pé e leva outra vez os uppercuts e depois o Bycicle Kick! Felps fica grogue e recebe um Pele Kick e cai no chão! Cover, 1-2-2,7! Felps resiste mais uma vez, combate de muita emoção que temos aqui, a resistência de Felps é formidável, a resistência de ambos é formidável!

Pedroso sinnaliza que o combate está perto do final e fala que essa será sua última manobra! Ele vai em direção de Felps, mas leva um Dropkick do brasileiro e fica deitado no chão! Felps olha para o público e começa a puxar por ele! O público reage bem, sabe que vem algo de bom do brasileiro.

O lutador de Setúbal se levanta outra vez, Felps está de olhos abertos e executa sua Powerbomb em Pedroso! Parece que agora é o fim! Cover! 1! 2! 2,9! Esse Pedroso não sabe o que é desistir, se salva no último momento! Felps sobe na terceira corda! Vem algo interessante! Dessa vez ele que vai para um Diving Crossbody! Mas Pedroso desvia e Felps vai para o chão!

Pedroso sorri com a cena e acerta um Avalanche Backbreaker em um atordoado Felps! Agora não tem mais jeito! Cover! 1! 2! 2,5! Pedroso vai para trás sem acreditar no que está acontecendo! O combate entre os dois rookies está a ser uma grande surpresa para o público! Nenhum deles aceita a derrota, e fizeram de quase de tudo um no outro!

Pedroso, mais uma vez, faz sinal que vai acabar com o combate, vai para cima de Felps, mas é outro Spear do brasileiro! Pedroso cai, mas Felps não vai para a cover, aponta para a sua perna direita! Parece que é superkick vindo em direção do lutador de Setúbal! Pedroso finalmente se levanta! Superkick no rosto de Pedroso! Felps vai para a cover! Agora acabou mesmo! 1! 2! 3! Felps vence Timó Pedroso!


Raquel Jacob: E o vencedor deste combate… Felps!

Luis: Pedroso quase venceu!

Beja: Grande combate! Grande performance de Felps!

Luis: Ei, espera, o que é isso?

Todos começam a rir quando Camaleão sobe no ringue, trajado como Timó Pedroso e cai perto da perna direita de Felps, como se tivesse tomado um Superkick! Felps manda Camaleão se levantar, os dois sorriem para o público e saem de cena aplaudidos!

Beja: Esse Camaleão sempre mete piada!

Luis: Desrespeito com o Pedroso! Além de que para mim ele é o gajo com menos talento aqui dentro!

Beja: Ele só estava a brincar!

Luis: Tudo bem, mas só um gajo sem talento imita os outros para tentar ter talento! Queria ver se fosse a imitar o Vinícius!

Beja: Aposto que o Vinícius riria também, mas parece que tem alguma confusão nos balneários , parecem que são os Deluxe.., Vamos ver já o que se passa pessoal!

Luis: Se são os Deluxe! Coisa boa vem aí!

***

Filipe Azevedo empurra Zé Maravilha para fora do stage de entrevistas, o mesmo acompanhado por Sebastião Fonseca fica no espaço durante alguns segundos, até que aparecem os restantes membros. Bangalter, os Parceiros de Guerra (Arsénio e Eustass) e também Lucas Brandão.

Lucas abaixa-se e pega no microfone de Zé, que já fugiu da zona.


Lucas Brandão: Os Parceiros de Guerra, o próximo campeão Supremo e a “Bomba” dos DeLuxe estão prontos para as festividades que hoje se darão. Este evento será marcado pela derrota de Hunt e pela derrota de Yuri, dois homens que se afirmam contra a luta da nossa instituição.

Bangalter bate com a mão no peito.

Lucas: Mas é impossível parar um coração destinado ao sucesso, sejam vocês bons ou maus. O sucesso determina-se através do dinheiro que existe para investir.

O jovem francês e líder da afiliação, retira o seu título DeLuxe da cintura e coloca-o em frente a câmera.

Lucas: O dinheiro é o passaporte para o sucesso. E a cada dia que passa Michel-Baptiste Bangalter aproxima-se cada vez mais de tornar esta beleza nalgo Supremo.

Os DeLuxe deixam a zona ficando apenas Michel-Baptiste Bangalter no lugar em frente a câmera..

Michel-Baptiste Bangalter: Correm por ai rumores que o Vinícius se vai proteger mais uma vez num combate pelo título. Ele acha-se muito inteligente, mas será que é?

Bangalter coloca o título DeLuxe ao ombro.

Bangalter: Se ele quer usar o seu dinheiro para manter o título isso não o faz muito diferente do que eu. Ainda se diz ele honroso.

Bangalter abana a cabeça em sinal negativo, o espaço continua a pertencer apenas a ele, ninguém tem coragem de o enviar embora.

Bangalter: Hoje eu vou provar o que valho dentro deste ringue Vinícius, se achas que eu não sou forte o suficiente para te destronar dentro do mesmo… hoje terás uma visão do que ser DeLuxe é. Yuri Petrov, o campeão da Vanguarda, prepara-te para o maior desafio da tua vida. O desafio francês!

Bangalter deixa a cena.

***

Beja: Estes Deluxe... Não há limite para a arrogância deste Bangalter!

Luis: Quanta classe...

Beja: Não diria isso, mas hoje teremos um combate de equipas, o Mike Orzan e Jay Lecter se preparam para a luta vamos ver isso...

Luis: Esses dois... Que seca...

Beja: Só sabes dizer isso hoje...

Luis: Pois é...

A imagem mostra Orzan no balneário a treinar para o combate que terá mais logo, onde se aliaria ao seu rival Jay Lecter, para derrotar outro desafio, Justin Jameson e o parceiro dele, Diego Barros.

Enquanto Orzan terminava seu trabalho de aquecimento, Jay Lecter entra no local, o que deixa Orzan bastante irritado.


Orzan: O que tas aqui a fazer?

O mascarado estende a mão para Orzan, esse apenas dá uma chapada forte na mão de Lecter.

Lecter: Então é assim... Tanto melhor...

Orzan: Vamos, diz logo o que tu queres...

Lecter: Agora não quero nada.

Lecter sorri debochando de Orzan.

Orzan: O que? Vens aqui para não me dizer nada? Quem pensas que és?

Lecter: Idiota, claro que era alguma coisa... Quero dizer que não quero que me lixes no meu combate, ficas no teu canto e deixa os vencedores, bem, vencerem...

Orzan: Como assim? Vencedores?

Lecter: Quero dizer, eu sou o vencedor, tu o derrotado, ou não te lembras do Vanguarda 37?

Orzan: Lembro do Justin Jameson atacar-me a traição e dele a colocar-te em cima de mim... Ah, tu é que foste destruído pela minha Top Rope Tombstone, bem, em cima da mesa, obrigado!

Lecter: E quem ganhou?

Orzan: Tu, mas eu destruí-te, e posso fazer isso de novo!

Orzan empurra Lecter, este volta para atacar Orzan, porém ele para e fica a olhar fixamente pro homem do Alasca.

Orzan: Estás com medo?

Lecter: Não sou burro como tu, só vim dar o recado, não me lixes durante o meu combate, se não eu ganho novamente num combate futuro. Tas avisado.

Orzan finge que está  tremer.

Orzan: Está bem, poderoso... Podes ir embora!

Lecter olha de cara feia para Orzan, mas deixa o afro-americano sozinho. A imagem desvanece e volta para a mesa de comentadores.

Luis: Cuidado com o preto, Lecter!

Beja: Quanta parvoíce, enfim, espero que esta dupla consiga se entender, mas duvido que consigam isso...

Luis: Também acho...

Beja: Mas agora vamos ver o que Eustass Kid e Hunt vão aprontar...

Luis: Eustass ganha fácil do gordo...

Beja: Tens sempre as palavras mais bonitas para dar de exemplo ao nosso público.

***

Beja: Agora sim, lá vem o gordinho favorito da VLL! Philip Hunt!

Luis: Eustass já venceu aqui...

Beja: Calma...

Luis: Quem percebe de wrestling sabe, esse gordo só venceu uma luta na VLL, é um dos maiores falhados do wrestling nacional...

Raquel Jacob: Essa luta é de apenas uma derrota, primeiro, vindo de Quebec, Canadá, pesando 110 quilos, Philip Hunt!


YEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAAAAAAHHHH

Beja: O público gosta do Hunt, ele é mesmo divertido!

Luis: Verdade, mas a lutar é que ele é bom... Ou não.

Beja: Quase ele foi Parceiro de Guerra com o Marcos Santos!

Luis: O Marcos Santos era uma porcaria, mas a única vitória do Hunt foi graças a ele, para veres o quão o Hunt é medíocre...


Raquel Jacob: E seu oponente, vindo de Porto, Portugal, pesando 102 quilos! Eustass Kid!

Luis: Olha só como o Eustass é bem mais alto e mais magro que Hunt, esse sim um homem elegante, só poderia ser dos Deluxe SAD.

Beja: A ovelha negra dos Deluxe, e o homem que há mais tempo é campeão na VLL! Feito importante.

Luis: Com certeza, o homem é uma máquina, e nem entra com o Arsênio, sabe que do gordo ele ganha fácil!

Beja: Quanta parvoíce dita...


David Peralta é o oficial para esse combate. Mal é autorizado e Hunt vai para cima de Eustass com tudo, o homem derruba Eustass com um forte takedown e aplica vários socos em seqüência no português, e não para até ser contido pelos árbitros, é muita raiva que existe entre esses dois, Hunt quer que Eustass pague por tudo hoje! Hunt ataca Eustass mais uma vez, só que esse sai do ringue e dá algumas voltas, esperando a poeira baixar.

Eustass volta para o ringue, só que de maneira descuidada e leva um Superkick seguido de um Scoop Slam por parte de Hunt, o canadiano está no controle da luta! Vai para a primeira cover da noite, mas Eustass se livra facilmente, a contagem não chega nem até dois! Eustass vai até o canto, nem acredita o quão diferente voltou o Hunt.

Hunt vai para cima de Eustass, mas o homem do Porto se recupera e aplica um German Suplex em Hunt, depois outro, o terceiro! Depois disso pega impulso e aplica um Tornado DDT! Hunt cai durinho no chão! Eustass tem sua primeira chance! Vai para a cover pela primeira vez, mas Hunt está muito vivo no combate! E o público incentiva o canadiano.

Hunt tenta outra investida em Eustass, mas Eustass consegue derruba-lo com um Swinging Neckbreaker! Depois ele de maneira excepcional empurra Hunt para fora do ringue! Depois toma distância, pega impulso nas cordas e é Suicide Dive em cima de Hunt! Depois Eustass tenta arrastar Hunt para o ringue! Com muito, mas muito sacrifício ele consegue! Depois aplica uma, duas, três vezes o Knee Drop! Cover! Mas Hunt sai no dois!

Eustass aplica vários pisões em Hunt que mesmo assim se levanta aos poucos. Hunt se levanta por completo! Os dois iniciam uma troca de socos até que Hunt joga Eustass Kid para longe com um empurrão certeiro! Depois ele corre para cima do português, mas acaba por levar um impressionante Set Up Enziguri por parte de Eustass! Cover, 1! 2! 2,5! Eustass não acredita.
Hunt se levanta e Eustass tenta dar vários golpes na barriga de Hunt, e Hunt consegue um empurrão poderoso que joga Eustass pro outro lado do ringue! Eustass volta correndo com raiva, mas é um Spear por parte de Hunt em Eustass! Eustass cai no chão! Agora a cover é por parte de Hunt! Mas Eustass se salva no dois!

Eustass e Hunt rodam, um estudando o outro, partem para uma hold, Eustass fica atrás de Hunt, tenta uma espécie de Bear Hug, mas Hunt segura os dois braços de Eustass e joga-o nas cordas. Eustass corre em direção de Hunt! Mas Hunt pula! Eustass pega impulso nas outras cordas e volta! Mas recebe um Superkick de encontro! Agora não tem mais jeito! 1! 2! 2,4! Incrível! Eustass Kid se salva do poderoso chute de Hunt!

Hunt pega Eustass para um F5! Mas Eustass dá várias cotoveladas e sai da posição! Tenta pegar Hunt para o seu famoso Shambles (Diamond Cutter), mas Hunt reverte e pega Eustass de novo para o F5! F5 muito bem aplicado e Eustass cai no meio do ringue! Agora é que é! Nada disso, nada feito, nada feito! Eustass se livra quando a contagem estava muito perto do três, incrível! Por isso que ele é Parceiro de Guerra por tanto tempo!

Hunt olha incrédulo para toda essa situação, parece se lembrar de todas as derrotas sofridas pelos Deluxe! Ele fica enraivado, mas é derrubado de novo por Eustass! Só que agora com um Shinning Wizard quase que do nada! Agora Eustass pega Hunt de maneira incrível! Koji Clutch! Aperta com força! Mas Hunt se arrasta! Mas Eustass bota pressão! Mas Hunt Chega as cordas e a manobra é quebrada!

Eustass fica reclamando com o árbitro como se Hunt tivesse dado tap-out, o árbitro diz que não! Eustass aponta o dedo na cara do árbitro! David Peralta manda Eustass baixar
a mão, mas Eustass não obedece! Só que nesse momento Philip Hunt já estava bem e aplica um Roll-Up em cima de Eustass! 1! 2! 3! Vence Philip Hunt!


Raquel Jacob: E o vencedor deste combate…. Philip Hunt!

Beja: Vitória importante para Hunt!

Luis: O Hunt bateu no Koji Clutch do Eustass!

Beja: Nada disso! Hunt venceu justamente, ninguém mandou o Eustass reclamar com o árbitro!

Luis: Pura sorte a vitória do Hunt, pura sorte...

Beja: Parece que temos algo a acontecer no backstage, vamos lá ver!

Luis: Espero que seja mais DeLuxe!

Beja: Ao que parece é Manuel Garrucho um dos novos lutadores.

Luís: Quem?

***

A câmara encontra-se nos bastidores, onde foca o entrevistador Pedro Lombarda. Lombarda está com um fato preto e com o cabelo bem penteado, apresentando um ar cuidado e formal. Há um zoom-out na imagem, que passa também a focar um homem barbudo.

Lombarda: Boa noite, fãs da Vanguarda. Eu tenho aqui ao meu lado uma das novas contratações da VLL, nada mais nada menos do que Manuel Garrucho. Manuel, há alguma coisa que queres dizer aos nossos fãs?

Garrucho: Quero dizer que, muito provavelmente, podem não olhar para mim como um lutador credível, porque eu não tenho ar disso. Sou um pouco franzino, pelo menos para o que já se vê neste desporto, sou um barbudo que não tem nem de perto nem de longe o aspecto de uma estrela. Mas uma coisa vos garanto, eu sei lutar. Lutei a minha vida toda porque o tive que fazer e aqui na Vanguarda terei uma motivação extra para continuar a lutar.

Lombarda: Se não estou enganado é a sua primeira experiência no meio profissional, não se sente pressionado?

Garrucho: Não, de todo. Tal como te disse, Pedro, lutar é algo que já faço há muito tempo. Eu estou pronto para isto. E se me deram um contrato para assinar é porque a direcção da VLL pensa o mesmo que eu.

Lombarda: Penso que não há problema se eu dizer que as suas raízes são humildes...

Garrucho: De forma alguma, eu tenho orgulho de quem sou e de onde vim.

Lombarda: A motivação extra de que fala é o dinheiro que pode dar à sua família.

Garrucho sorri de forma simpática.

Garrucho: Talvez também um pouco. Mas não era disso que falava antes. Quero chamar a atenção a alguém, pode ser que com o tempo venham a saber quem.

Lombarda assente com a cabeça para Garrucho e a câmara enfim desvanece.

***

A imagem foca Gabriel Martins no ringue. O mesmo está com roupa casual e um microfone na mão. O público vai-o vaiando embora não num tom muito alto.

Martins: Eu sei que me odeiam, mas agradecia que me deixassem falar.

Os apupos e os assobios continuam e agora com mais força.

Luís: Fãs desrespeitosos os nossos...

Beja: Liberdade de expressão, amigo.

Martins: Que seja. Pode ser que a partir de hoje consiga mudar a vossa opinião sobre mim, embora essa não seja nem de perto a minha maior preocupação...

O público continua com os cânticos contra Martins de forma insistente.

Martins: Como vocês bem sabem, eu ultimamente tenho estado no meio de uma guerra que não é a minha. Tenho combatido nela porque estava insatisfeito com o tratamento que tenho recebido desde que entrei no plantel da Vanguarda, onde esperei mais do que um mês para combater e onde, mesmo depois de ter travado uma das melhores lutas que já viram, batendo o pé ao Vinícius, nunca fui encarado com respeito por quem quer que seja. Talvez porque tenha falhado no objectivo último: a vitória. Essa escorregou-me por entre os dedos, tal como me escapou contra o Daniel Lobo.

VINÍCIUS! VINÍCIUS! VINÍCIUS! LOBO! LOBO! LOBO!

Martins: Sim, eu sei que os apoiam. Eu sei que me detestam por me estar a meter entre o Lobo e o menino das audiências do Lousada. Eu sei que me desprezam precisamente por eu mostrar estar ao lado do Supervisor-Geral...Ou pelo menos estava, até hoje.

O público fica agora em silêncio, esperando as palavras de Martins.

Luís: O quê?!

Martins: Porque se eu aceitei meter-me entre o Lobo e o Fragas é porque tenho ambição. É porque insatisfação é um síntoma da ambição que tenho e a minha vontade em mostrar a este mundo o meu valor neste desporto é imenso. E ao derrubar um homem com a carreira que o Lobo conquistou nos Estados Unidos seria uma boa hipótese para que ninguém, repito, ninguém...duvidasse do meu valor. É difícil ser visto como uma ameaça quando não se passa de um mero jornalista. Mas agora? Agora fartei-me. Fartei-me de ser um peão, fartei-me de batalhas que não são minhas. E quero deixar bem claro que aquilo que eu tenho dito é verdade...

Martins faz um compasso de espera, o público aguarda as suas palavras com ansiedade.

Martins: Que o Lousada sempre precisou mais de mim do que eu dele. Porque eu, eu sei coisas que lhe podem custar o emprego e, quem sabe, talvez até a liberdade. E ainda na semana passada fiquei a saber outra coisa sobre o nosso querido Supervisor-Geral, e gostava que vocês ficassem desde já a a sab..

A voz de Martins deixa de ser ouvida. O ex-jornalista bate com o indicador no microfone, que deixou de funcionar.

Beja: Mas que raio?! Desligaram o microfone ao homem?! Deixem-no falar!


BUUUUUUUUUUUUUUUUH!!!

Luís: Oh, oh, olha quem vem aí, Beja. Parece que Martins estava à procura de problemas e agora vai tê-los!

Beja: Não, que é que estes dois estão a fazer aqui?!

Randall e Neville descem a rampa sob os apupos do público. No interior do ringue Martins atira o microfone ao chão e espera que o monstro galês entre no mesmo.

Luís: Isto vai ficar intenso...

Beja: Não, deixem-no falar!

Randall entra no ringue e Martins atira-se de imediato para cima dele com socos fortes na sua cara, mas a besta galesa limita-se a empurrá-lo para longe.

Beja: Aguenta-te Martins!

Martins volta à carga, tentando agora derrubar o gigante ao atacar-lhe as pernas, mas mais uma vez Randall empurra-o para longe com facilidade. E o próprio Jack Neville entra agora no ringue, com uma soqueira na sua mão direita.

Luís: Agora o Martins já não sabe para onde se virar...coitado, eu que tinha tantas esperanças no miúdo, pôs a carreira em risco desta forma.

Martins acaba por ter a iniciativa de atacar Neville e consegue derrubá-lo com um soco forte, antes que o inglês o atinja, mas de imediato Randall agarra-o e manda-o ao chão com uma Clothesline cheia de impacto.

Beja: Porra, que raio de direção é a nossa, que dá este tipo de exemplos?

Luís: Tu não fazes ideia se o Randall e o Neville não apareceram aqui por iniciativa própria, Beja...

Beja: Fia-te na virgem, Luís!

Randall agarra Martins, deixando-o à mercê do seu manager. Martins esperneia-se e tenta libertar-se do galês, mas não o consegue. Neville desfere um soco potente na cara de Martins e o português pára de espernear, enfraquecido. Randall pega-o ao contrário, levanta-o nos ombros...e aplica o seu Elevated Powerbomb em Martins, deixando o ex-jornalista imóvel no centro do ringue.

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH!!!

Beja: Isto é triste, muito triste...

Jack Neville tira do bolso das suas calças um rolo de fita-cola negra e corta com os dentes um pedaço, colocando-o depois por cima da boca de Gabriel Martins.

Luís: Parece-me que a mensagem está clara: a boca de Martins deve ficar fechada.

Beja: Pois, Luís, e pelo que assistimos aqui hoje, quem é que tem o interesse em que tal aconteça?

A câmara foca a expressão intensa de Randall antes de desvanecer.

***

avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 39# (RTP1) - (04/02/14)

Mensagem por vlladmin em Qua 05 Fev 2014, 08:37

***

A imagem regressa diretamente para o escritório de Augusto Lousada, ele está atrás de sua mesa, sentado em uma cadeira giratória, depois de organizar os papéis, ele coloca-os na gaveta. Depois disso ele volta o seu olhar diretamente para a câmera sorrindo de satisfeito.

Lousada: Olá fãs da Vanguarda...

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUHHHHHHHH

Lousada: Até aqui se ouve? Tudo bem, podem apupar, não me importo, o que interessa é falar de um combate interessante de hoje, um dos mais importantes do evento...

Lousada ficou mais sério.

Lousada: É sobre o combate de Darren Keane...

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUHHHHHHHH

Lousada: Contra Alexandre Penaforte.

YEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAHHHHHH

Lousada: Esse combate é fundamental para decidirmos com quem poderemos contar nos próximos tempos, quem vai subir no card da VLL...

WHAT?

Lousada: A realidade que Darren Keane apareceu muito bem, tendo performances interessantes contra Sogun Madden, contra Moore SD e até mesmo contra Vinícius Nunes... Mas ele dececionou na luta pelo título dos Parceiros de Guerra, ele foi mesmo muito mal e por isso ele deve ser avaliado.

Lousada pegou um papel, fez uma leitura rápida e voltou seu olhar para a câmera e guardou esse papel.

Lousada: O seu adversário Alexandre Penaforte, bem, esse é um novato com certo talento que pode ser uma das grandes promessas da VLL, demonstrou isso ao vencer a Batalha Real e ter embolsado a quantia de 50 mil euros, porém se ele quer mesmo ser alguém relevante na Vanguarda, será fundamental ele vencer este combate...

Lousada girou a cadeira para a esquerda, mas logo depois voltou ao eixo.

Lousada: Então, Penaforte e Keane, fiquem atentos, pois eu estarei também atento ao combate.

A imagem desvanece e volta já com os comentadores da Vanguarda.

Luis: Grandes palavras do Lousada, chamo isso de trabalho e empenho, ele é um exemplo de vida, que pessoa fenomenal!

Beja: Bem… Menos Luis, mas essa avaliação é interessante, acredito que o  Darren Keane e o Alexandre Penaforte lutarão com tudo para vencer um ao outro e ficar com as boas graças com o supervisor-geral da VLL!

Luis: O nosso supervisor-geral, graças a Deus! Bem, mas está claro quem vence isso...

Beja: Como assim?

Luis: Darren Keane já enfrentou nomes relevantes na federação, enquanto o Penaforte só participou numa Batalha Real de falhados, lógico que Keane ganha...

Beja: Mas o Penaforte impressionou na sua estreia…

Luis: Claro, está certo... Agora vamos ouvir o nosso presidente! Isto é só anúncios hoje!

***

Depois de Lousada a imagem passa para o presidente da Vanguarda da Luta Livre, Santiago Guerreiro. O mesmo encontra-se a vaguear pelos bastidores do pavilhão da Vanguarda.

Santiago Guerreiro: Antes de mais boa noite a todos. A minha intenção aqui será de vos informar sobre o próximo PPV da VLL e ser o mais rápido possível, visto que há assuntos mais importantes para o evento de hoje.

O mesmo para em frente a um quadro branco que se encontrava no corredor, pega numa caneta e escreve o nome dos campeões.

Guerreiro: Pois bem os campeões tem acesso direto a final como é normal. E lá eles irão enfrentar uma das quatro equipas que no evento irá batalhar para vencer esse mesmo prémio. Coisa que não será fácil. Teremos os quartos-de-final com dois encontros. Camaleão e Felps irão se juntar para enfrentar Barros e Jameson!

O presidente escreve o nome das duas equipas no quadro.

Guerreiro: O outro confronto será Hunt e Petrov contra Lector e o Brasileiro Espartano.

Mais escrita no quadro.

Guerreiro: A meia-final será apenas um combate como é obvio e irá ter as duas equipas vencedoras a defrontarem-se. Os vencedores logo de seguida enfrentam os campeões na grande final do Parceiros de Guerra II!

Santiago pousa a caneta no pequeno espaço debaixo do quadro para tal e continua a sua viagem.

Guerreiro: Esse evento será no dia 23 deste mês e no combate final do evento teremos um “2 out of 3 falls” pelo título Supremo, entre Michel-Baptiste Bangalter e Vinícius Nunes, como já tinha sido marcado. Esse será o único combate da noite que não será disputado sobre as regras de Parceiros de Guerra!

Guerreiro continua a andar tranquilamente pelo balneário enquanto a imagem desvanece.

***

Beja: Este torneio dos Parceiros de Guerra será histórico!

Luis: Mas os Deluxe ainda serão campeões, disso eu tenho certeza...

Beja: Não sei, mas temos grandes duplas, Camaleão e Felps, Lecter e Espartano, e claro, Yuri e Hunt!

Luis: Repito o que disse...

Beja: Ok, mas agora é altura de mais um combate!

Luis: É hora de Darren Keane!

Raquel Jacob: Senhoras e senhores este combate é marcado para uma  derrota, primeiro, pesando 121 quilos, vindo de Durban, África do Sul, Alexandre Penaforte!


YEEEEEEEEEEAAAHHH

Beja: Revelação do ano...

Luis: Queres dizer flop do ano...

Beja: Ele só venceu até aqui Luis, como podes dizer isso?

Luis: A única batalha dele foi uma Batalha Real de falhados, grandes coisas...


Raquel Jacob: E o seu oponente, pesando 119 quilos, vindo de Belfast, Irlanda do Norte, Darren Keane!

BUUUUUUUUUUUUUUUUH

Luis: Esse sim, o cara!

Beja: Bom lutador sim, mas terá desafio difícil...

Luis: Nem tanto, nem tanto... Veja Beja, é o nosso supervisor, o grande Lousada, ele está vindo para cá...

Beja: Eu sei, não sou cego...

Lousada se dirige a mesa de comentadores e se senta ao lado de Luis Barreira.

Beja: Olá supervisor, qual o interesse nesse combate?

Lousada: Óbvio, o Keane começou muito bem, mas depois de algum tempo ele baixou um pouco o ritmo, já o Penaforte, bem, esse parece ser muito bom, quero só ver o que ele faz... Vencer aquela Batalha Real não é tudo, esse combate vai nos revelar se nós poderemos mesmo contar com ele em vôos mais altos.

Luis: Sempre sensato o nosso supervisor...

Beja: Tu antes de vires para a VLL andavas a polir sapatos?


O oficial do combate é Jorge Mesquita. Darren Keane começa com uma seqüência de European Uppercut, foram dois, três, quatro, cinco! Penaforte fica perto das cordas! Darren Keane vai em cima e é recebido por um forte Shoulder Block! Keane cai, mas se levanta de novo, e leva outro Shoulder Block, e mais outro! Keane fica atordoado e abre espaço para o Big Boot de Alexandre Penaforte!

Começa uma guerra entre os dois, ambos começam a trocar Uppercuts no meio do ringue, até que Penaforte pressiona Keane até este ir para as cordas, Keane reage e tenta segurar Penaforte, mas os dois vão embora do ringue! Eles trocam socos! O juiz manda os dois voltarem, mas ambos se distanciam ainda mais do ringue e Penaforte joga Keane contra a proteção que separa o público do show... Depois disso Penaforte volta a ir para cima de Keane.
Penaforte continua a castigar Keane com vários socos e chutes, isso não é mais uma luta, é uma verdadeira batalha campal entre esses dois indivíduos! Penaforte vai em cima, mas sofre um takedown de Keane, Keane fica batendo em Penaforte até que ele percebe o olhar do supervisor-geral e percebe que ele precisa voltar ao ringue para vencer! Mas quando ele está prestes a voltar, eis que Penaforte o pega com um potente Bear Hug! Keane bate seguidamente em desistência, mas nada disso vale, os dois estão fora do ringue.

No ringue, o árbitro chega a contagem até 8! Keane tenta se soltar de Penaforte, e consegue! 9! Keane se livra de Penaforte e corre até chegar o ringue, mas Penaforte o pega de novo em um Bear Hug! 10! Os dois estão fora! Desclassificação por dupla contagem! Combate sem vencedor!


Raquel Jacob: E o combate acaba em Double-count-out!

Lousada sai de cena sem falar nada com Beja e Barreira, apenas fulmina os dois lutadores com um olhar cheio de raiva e vai embora, apupado pelo público.

Enquanto isso Darren Keane ataca Penaforte, o norte-irlandês está com raiva por perder essa oportunidade e certamente vai descontar em Penaforte! Mas esse joga Keane para longe! Penaforte corre em direção de Keane e acerta um potente Superman Uppercut! A manobra especial de Penaforte! Alexandre Penaforte sai aplaudido pelo público deixando Darren Keane no chão.


Luis: Beja, o que foi isso? Keane quase venceu, mas Penaforte impediu a vitória de Keane e nem venceu, péssima pessoa!

Beja: Aquilo foi uma guerra, e Penaforte venceu, pena que Lousada não viu o final, Penaforte foi muito bem!

Luis: Covarde, atacou Keane depois do combate!

Beja: O Keane que foi primeiro... Enfim, parece que o Vinícius nos mandou algo...

Luis: Me recuso ver qualquer coisa desse brasileiro, ele não tem classe!

***

A imagem mostra Vinícius Nunes que está em uma concessionária de automóveis perto de um Audi A8 prateado, o salão era bastante espaçoso e tinha outros carros da marca, e não estava muito ocupado, apenas alguns vendedores que estavam em mesas esperando por clientes. Vinícius estava sorrindo e se encostou para perto do carro e começou a olhar diretamente pra câmera.

Vinícius: Olá meus amigos, sim, estou em uma concessionária Audi, e estou a comprar essa maravilha de Audi A8, o carro chegou tem pouco tempo e posso dizer que a compra desse carro foi graças ao nosso grande amigo, minto não tão amigo assim.

Abre um sorriso debochado.

Vinícius: Nosso amigo Michel-Baptiste Bangalter!

Vinícius dá uma esfregadela no carro com a manga da camisola.

Vinícius: Pois é, nosso não tão amigo francês se gabou de ter comprado minhas ações, se gabou de ter-me tornado mais pobre... Só que... Só que...

Ele olhou para o carro e olhou para a câmera, outra vez com sorriso debochado.

Vinícius: Só que esse carro não concorda comigo, pois esse dinheiro foi da compra das ações, ou seja, tenho mais um patrimônio graças a Michel, bem, muito obrigado por esse carro Michel, pois sim, foi como você me deste esse carro, é justamente aquilo que eu queria...

Vinícius sorriu ainda mais.

Vinícius: Foi um perfeito presente de aniversário antecipado, mas muito, muito obrigado mesmo, Michel, só que, só que...

Vinícius faz cara de falso espanto.

Vinícius:  Só que esse ponto de me fazer ficar pobre não está funcionando, ou o seu plano é algo às avessas onde me deixas mais rico? Se for isso, bem, muito obrigado, pois gostei do carro, e gostei do dinheiro que sobrou que será devidamente aplicado e que renderá ainda mais para a minha pessoa, agradeço a ti e ao grupo árabe que o representou.

A vendedora trouxe os documentos do carro e lhe entregou a chave. Vinícius pegou a chave, abriu o carro, mas antes sorriu para a câmera.

Vinícius: Até mais Michel! Vejo você nos PPV Parceiros de Guerra! Se quiser leve os Deluxe, pois também terei meus amiguinhos pra festa... Gradecido...

Vinícius entrou no carro sorrindo e ligou-o e depois saiu do salão, enquanto ele saia a imagem desvanecia e voltava com os comentadores.

Luis: Que ostentador...

Beja: Sério, ri  bastante com o Vinícius, a ideia do francês não está mesmo a sair bem...

Luis: É jogo psicológico, o Bangalter sabe o que faz, quando esse Zuca perder o título, ele saberá do que o Bangalter estava falar hoje e assim.

Beja: Está bem, mas agora vamos ver no backstage um segmento com os novatos da VLL, são o futuro disso...

Luis: Outra seca, quando vamos para aquilo que interessa? Daqui a bocado chega ai o Vinícius no seu carro novo e vou adormecer…

Beja: Cala-te!

***


Vemos Frederico de Queirós, o primeiro campeão Supremo da VLL e o atual treinador da ANW junto a alguns novatos da Vanguarda da Luta Livre e também lutadores da Academia Nacional de Wrestling. O mesmo dá algumas informações sobre o que se passa no show numa pequena sala onde todos se encontram.

Na parede podemos ver um plasma onde todos seguem o evento.


Frederico de Queirós: Se vocês querem chegar aqui o melhor a fazer é terem consciência que precisam de trabalhar bastante.

Vários dos novatos abandam com a cabeça em sinal afirmativo. Nisto batem à porta e quem entra é Caim Ezequiel. O mesmo aparece vestido todo de branco, com uma túnica até aos pés.

Caim Ezequiel: É aqui que os jovens se encontram para profetizar os seus caminhos na Vanguarda da Luta Livre?

Frederico e os seus alunos ficam bastante surpreendidos por ver Caim Ezequiel no local.

Caim: Não se deixem cair na sombra amigos. Não sejam pecadores. É a minha arma secreta.

Fred: Arma essa que parece não resultar muito bem, visto que… Bem… Que fizeste tu até agora?

Todos os alunos da ANW mandam um sorriso.

Caim: Eu sozinho sou alguém que limpa o plantel da VLL das almas impuras.

Fred: Bem e que tal agora ires pragar para outro lado?

Vemos um pequeno confronto visual entre o treinador da ANW e Caim Ezequiel.

Caim: Quando eu eliminar Lasombra da VLL você vai perguntar o que eu fiz na VLL na mesma e eu irei dizer que retirei a escuridão toda. E só uma última coisa, pode ser que um dia levantem lá aquela cláusula de que nunca mais podes competir na VLL e eu te enfrente.

Fred: Isso sim era bom, mas achas-te ao meu calibre? Eu sou o primeiro campeão da VLL, não sou um parasita da sociedade.

Caim: Pode ser que até lá eu me torne algo suficientemente forte para si mestre impuro.

Caim abre a porta e bate com força ao sair.

Fred: O que se pode dizer? Vamos é continuar pessoal. Há muito para cobrir ainda.

A imagem começa a desvanecer.

***

Phillip Hunt, o lutador que regressou a poucas semanas à VLL, encontra-se a sair do seu balneário, bastante contente, visto que venceu Eustass Kid, e depara-se com Yuri Petrov que se dirigia para o balneário, provavelmente para se preparar para o combate principal da noite frente a Bangalter.

Phillip Hunt: Então? Tudo pronto para hoje?

Yuri Petrov: Sim, tudo pronto. Mas com os DeLuxe não se pode brincar.

Hunt: Verdade cara, ganhei por pouco do Eustass, mas tenho fé que esta maré de sorte me vai ajudar a conquistarmos os títulos deles no dia 23!

Yuri coloca a mão na porta abrindo-a, quase que iniciando o seu ritual antes do combate.

Yuri: Acredito que sim e hoje se vencer o Bangalter fico com os olhos todos apontados para mim. Ele é um candidato ao título Supremo!

Hunt: Quem sabe não ficamos com o ouro todo para nós!

Petrov solta uma pequena gargalhada.

Yuri: Já vai embora?

Hunt: Claro que não! Vou só meter isto no carro para não ocupar espaço ai no balneário.

Yuri: Eish! Obrigadão pah.

Hunt: Eu volto já para continuarmos a falar e caso precises no evento principal eu vou ao ringue e ajudo-te! A derrota dos DeLuxe contra mim de hoje aposto que os deixou furiosos! Adoro isto!

Yuri entra no balneário despedindo-se de Hunt com uma sapatada nas costas. Hunt respira fundo e continua o seu caminho.

***



***

Beja: E acabaram as obrigações de publicidade por hoje!

Luis: Vamoos agora juntos até  programa acabar, teremos o combate mais inútil da noite...

Beja: Jay Lecter unirá forças com Mike Orzan contra Diego Barros e Justin Jameson, não vai dar certo...

Luis: Concordo, Lecter será atrapalhado pela pouca personalidade e pouca capacidade do inútil do Orzan...

Beja: Cala-te, o problema é que Lecter e Orzan não são propriamente amigos...



YEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAAAAAAAHHHH

Raquel Jacob: Essa é um combate de equipas e é de apenas uma derrota, primeira a equipe, com 191 quilos combinados, ambos dos Estados Unidos, Mike Orzan e Jay Lecter!

Lecter e Orzan entram sem olhar para cara um do outro.

Luis: O povo gosta mesmo do Lecter, estranho esse bom gosto.

Beja: Acho que eles estão a apoiar o Orzan...

Luis: Ah ok! Faz mais sentido, do jeito que este público é burro.

Beja: Eu não sei como ainda não foste despedido, tu não dizes nada de jeito.


BUUUUUUUUUUUUUUUUH

Raquel Jacob: E seus adversários, pesando 89 quilos, de Lisboa, Portugal, Diego Barros! E seu parceiro, pesando 120 quilos, vindo de Macon, Geórgia, Justin Jameson!

Luis: Diego e Jameson estão em uma sintonia muito boa, eles são os favoritos.

Beja: Não sei, Orzan é bom lutador, foi semifinalista do torneio do título supremo, e o Lecter já mostrou suas capacidades.

Luis: Bem, Lecter vai carregar a dupla sozinho, Diego e Jameson são bons, a vitória é deles, dois contra um chega até ser covardia...

Beja: Deus, dá-me paciência!


A oficial para esse combate é Adelaide Amaral. Jameson e Orzan começam, primeiro eles ficam em uma hold, depois Jameson vai as costas de Orzan, mas Orzan abre os braços de Jamenson, sai da posição, pega impulso nas cordas, duas vezes e acerta um dropkick em cima de Jameson, este cai no chão e se levanta de imediato e toma o segundo, depois se levanta e toma o terceiro, depois ele sai do ringue.

Jameson roda um pouco, conversa com Barros, mas já volta ao ringue e recebe um High Kick por parte de Orzan e cai no chão, 1-2, ainda não! Jameson tenta atacar Orzan, mas esse o pega e executa um facebuster poderoso, vai para a outra cover, mas Jameson sai mesmo da contagem chegar a 2! Jameson se levanta atordoado, Orzan tenta um Running Enziguri, mas erra, Jameson contra-ataca com um Samoan Drop! Cover, 1-2, nada feito!

Jameson arrasta Orzan até o córner e passa a bola para Barros! Diego Barros entra pela primeira vez no ringue e já acerta três suplexes em seguida, deixando Orzan atordoado, depois disso ele executa uma Hurricarana e faz o tag imediatamente com Justin Jameson, Barros segura Orzan, e Jameson aplica pisões nas pernas de Orzan, e depois Barros vai para o córner e Jameson aplica vários golpes em Orzan, depois ele vai para cima do afro-americano, mas Orzan aplica um Twisting Brainbuster sensacional! Grande lance para Orzan! Grande momento para Mike Orzan! Os dois se arrastam e conseguem o tag!

Barros e Lecter vão com tudo para cima do outro, mas Lecter consegue a vantagem e aplica dois Clothelines, depois Dropkick e foi para as cordas! Barros olha atordoado, mas Lecter já está no topo e aplica um Diving Crossbody efetivo! Só que Barros consegue tirar Lecter de cima e vai para um roll-up! 1-2-2,5! Barros não acredita e vai para cima de Lecter novamente só que recebe um Enziguri no meio da cara! Vai para a cover! 1-2! Jameson salva a luta! Orzan entra no ringue e Jameson volta pro córner!

Barros e Lecter continuam no ringue, mas Barros é rápido e consegue Butterfly Suplex! Depois conseguiu um Larait! Cover! 1-2-2,6! Lecter consegue sobreviver de maneira incrível , Barros vai como um trem desgovernado e recebe um Spinning Heel Kick de Lecter! Lecter também desaba no chão, ambos se arrastam e é tag!

Orzan e Jameson trocam socos, mas Orzan leva a melhor e consegue um Chokeslam Backbreaker de maneira incrível! Muita potência de Mike Orzan! Spinning Heel Lick logo de seguida e que acerta a cara de Justin Jameson de maneira sensacional! Barros tenta se meter, mas é jogado para fora do ringue por Orzan!

O público está com Orzan, ele vai pegar Jameson para o seu Tombstone! Mas Lecter faz o blind tag! Orzan olha incrédulo para o seu parceiro que vai para o ringue e o afro-americano volta para o córner! Jameson se levanta e ataca Lecter com um Chokeslam! Vai para a cover, 1-2-2,8! Jameson não acredita.

Lecter se levanta com dificuldade e tenta o tag com Orzan que, revoltado com o blind tag anterior, sai de cena, Jameson aproveita e aplica um Spear em cima de Lecter! Faz sinal que vai para Gutwrench Powerbomb! Grande sinal para Justin Jameson! Lecter se levanta, Jameson vai para o seu finisher, mas Lecter sai e acerta um dropkick! Depois Shining Wizard! 1-2-3! Vitória para Jay Lecter e Mike Orzan.


Raquel Jacob: E os vencedores, Mike Orzan e Jay Lecter!

Beja: Grande vitória para essa nova dupla, se desentenderam em alguns momentos, mas venceram.

Luis: Correção, Lecter venceu...

Beja: Não comeces...

Orzan invade o ringue e Lecter tenta ataca-lo, os dois ficam trocando socos como malucos até que Orzan acerta um chute rodado na cabeça de Lecter! Lecter vai para o chão! Orzan arrasta Lecter até a terceira corda! Top Rope Tombstone!

YEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAHHH

Luis: O que foi isso? Que covarde..

Beja: O Orzan não gostou do blind tag e o Lecter não gostou de ser abandonado, e nesse desentendimento Orzan saiu por cima, olha ele a comemorar com os fãs!

Luis: Ignorantes, só defendem fracassados e perdedores...

Beja: Ok... Mas parece que a história entre Lousada e Fragas, e Lobo e Mayhem ainda não acabou, vamos ver mais esse capítulo.

Luis: Fragas! Lousada! Meus favoritos! A seguir aos DeLuxe claro. É preciso o evento chegar ao fim para se tornar interessante! Finalmente. Tou farto destes falhados.

***

A câmara filma agora em primeiro plano a imagem de Daniel Lobo. Este está com uma camisola negra de manga curta que lhe fica justa e com um par de calças de ganga. A sua expressão é, talvez surpreendentemente, serena. No fundo vê-se apenas o que aparenta ser os corredores do Pavilhão da Vanguarda.

Lobo: Vanguarda, hoje quero começar por falar não de Aníbal Fragas, mas sim de Gabriel Martins. Queria-te parabenizar, Gabriel, pelas tuas palavras e acções de hoje. Tu sim, ao que parece quiseste procurar a mudança e a redenção. Soltaste-te das amarras do pulha que é o Lousada e a partir de agora podes conquistar um outro respeito neste mundo, que nunca poderias ter sobre a sua alçada.

Faz uma pequena pausa no discurso e o seu semblante fica mais sério.

Lobo: Mentiria se dissesse que eu e o Mayhem, aqui nos bastidores, não pensámos em te ir ajudar quando aquele monstro se meteu no teu caminho, mas não o fizemos. Não o fizemos porque se não te queríamos a ti na nossa guerra não vejo por que é que haveríamos também de nos metermos na tua. Cada um com a sua guerra, e no estado em que esta Federação está ainda teremos muitas a travar. Digo isto partindo do princípio que daqui em diante te manterás no caminho correcto. Espero que alcances a redenção e que não te acanhes e denuncies o que quer que ias dizer hoje. Espero que derrubes a besta galesa.

Lobo vira costas e começa a andar pelo corredor.

Lobo: Mas se não comecei por falar em Aníbal Fragas, então falarei agora. Porque se o Gabriel saiu do nosso caminho, isso quer dizer que há menos um obstáculo entre mim e ele. Há outros, há “o nosso sempre justo Supervisor-Geral” - diz a expressão com um tom claramente sarcástico. - , por exemplo, ou, como eu me apercebi no nosso combate de equipas, Aníbal: as regras, os limites do ringue. Apercebi-me disso quando trocávamos socos pelo topo da escadaria do público acima.

Lobo pára de andar e vira-se de novo de frente para a objectiva.

Lobo: De onde eu vi na América as coisas não eram assim. Não haviam essas regras. Perdi a conta às cadeiradas com que levei ou às vezes que usaram o meu corpo para partir uma mesa ao meio. E nem sempre a luta ficava pelo ringue, não. Eu já tive combates em corredores como estes. - Lobo abre bem os braços. - Já me atiraram contra paredes sólidas, tal como estas, apenas para depois me empurrar a minha cabeça, a minha nuca, contra o tijolo duro.

A voz de Lobo parece aumentar de tom.

Lobo: Já combati dentro de casas de banho, onde chegaram a usar o meu crânio para quebrar o espelho do lavatório ou já me tentaram sufocar enfiando-me a cara pela porcaria de uma sanita abaixo. Já combati em parques de estacionamento, onde já me fecharam uma porta no braço ou arremessaram-me para a chapa de um capô...E sabes que mais Aníbal? Por vezes, eu acabava esses combates e perguntava-me o porquê do sentido de os travar...mas nalguns casos não o fazia, porque me parecia simplesmente sério. Contra os filhos da puta que eu verdadeiramente odiava naquela federação parecia-me certo.

Lobo aproxima-se da câmara a sua expressão é agora feroz.

Lobo: E já percebi porquê. Porque, quando se fala de simples competição, faz sentido haver regras. Mas quando estamos frente a frente com alguém por quem temos um verdadeiro desejo de enfiar os dentes pela boca adentro? Não, aí elas estão a mais. Não se pode pôr limites em algo tão visceral como uma luta entre dois homens que se odeiam. Como nós nos odiamos, Aníbal. E por isso te deixo um desafio. Sei que não estás cá esta noite, por isso ele fica para a semana. Ficámos sem uma barreira entre nós hoje, o Martins. Retiremos mais uma na semana que vem. Daniel Lobo contra Aníbal Fragas...num Falls Count Anywhere. Acabemos isto rápido, como ambos queremos.

A imagem desvanece focando o semblante intenso de Lobo.

***

Beja: Essa história envolvendo Lobo, Fragas, Martins, Lousada está cada vez melhor.

Luis: Verdade, isto está muito estranho, quero ver o que vai acontecer daqui para frente.

Beja: Verdade, mas o Lousada não está nada bem nessa situação, o cargo dele corre perigo.

Luis: Tudo isso é um complô contra o senhor Lousada, coitado...

Beja: Bem, parece que Zé Maravilha está com Alexandre Penaforte, vamos ver o que ele quer.

Luis: Esse rookie está a aparecer demasiado.

A imagem agora mostra Alexandre Penaforte está agora com Zé Maravilha, porém aparentava cansaço depois da dura luta que ele teve com Darren Keane.

: Olá Penaforte, como estás? Feliz hoje?

Alexandre: Não foi muito engraçado Zé...

Zé olha meio desconfiado para Alexandre.

: Enfim, o que achaste de sua luta contra o Darren Keane? Achaste que tiveste uma boa impressão?

Alexandre: Nessas coisas, o mais importante é tu teres a melhor impressão, sei que hoje dei tudo de mim, e sei que ao mesmo tempo posso fazer muito mais, entendes isso?

: Claro, o que achas que faltou hoje?

Alexandre: Faltou velocidade, faltou ferocidade, mas sei que na próxima eu terei outra oportunidade eu sei…

: Sabes quem é o próximo?

Alexandre: Não sei, tem que ser alguém que valha, pois como todos sabem, ainda tenho essa obsessão de ser o melhor...

: Verdade, mas... Espera... Ei...

Quase que do nada, aparece Antonio Andrade e este rouba o microfone de Zé Maravilha e olha fixamente nos olhos de Alexandre Penaforte.

Antonio: Olá Alexandre, gostei do que vi de ti contra o Darren Keane, nada mal, mas saiba que tu para seres grande estrela da VLL, como eu sou, precisas de muito mais do que apenas boas palavras e buscar a felicidade...

Penaforte olha desconfiado para Antonio.

Antonio: Saiba que a felicidade que tanto procuras, bem, sinto-lhe desapontar, ela não existe... Sim, ela não existe.

Penaforte olhou de maneira irônica para Antonio.

Alexandre: O que existe então?

Antonio: Existem momentos felizes, por isso que devemos sempre aproveitar cada momento em que vivermos e tornar esses momentos prazerosos, porque se ficares procurando essa felicidade plena e eterna, tu jamais encontrará e tu serás o mesmo frustrado que és hoje... Entendeu?

Alexandre: O que queres dizer com isso?

Antonio: Quero dizer que você é burro, apenas isso... Bem, até mais, toma isso aqui Zé, ah, só mais uma coisa, melhora as suas piadas, tu estás cada vez mais decadente.

Antonio empurrou o microfone no peito de Zé que pegou e olhou feio para Antonio. Outro que estava irado com o brasileiro era Alexandre Penaforte.

Alexandre: Bem Zé, acho que encontrei meu próximo oponente, até mais...

: Espera...

A imagem termina com Alexandre indo embora e Zé balançando a cabeça negativamente. Volta com os comentadores.

Beja: Parece que o Zé não conseguiu fazer entrevista alguma.

Luis: Esse Antonio tem classe...

Beja: Ele é mesmo intrometido. Bem, mas agora vamos ver o que Ryo Tanaki vai aprontar, esse quer mesmo ficar nas boas graças do Lousada.

Luis: Esse não vale nada, espero que o Lousada despeça esse daí de vez.

***

A imagem foca o exterior da arena onde vemos o lutador Ryo Tanaki com um fato de treino da Adidas a olhar para a entrada que dá acesso aos bastidores do pavilhão. De seguida o mesmo dá uma olhadela geral, a imagem que vemos é através da câmeras de segurança do pavilhão.

O mesmo de seguida entra no pavilhão a correr, mas é segurado por dois seguranças que se escondiam atrás da porta. Nisto aparece Lousada com um sorriso de orelha a orelha.


Lousada: Ora vejamos só se não é o nosso destemido Ryo Tanaki a tentar entrar no meu pavilhão as escondidas.

Tanaki tenta-se livrar dos dois seguranças, mas o mesmo é demasiado pequeno para derrubar os dois monstros que Lousada contratou.

Lousada: Levem-no daqui, para o sítio onde ele devia estar hoje! A casa de banho pública do pavilhão!

Augusto Lousada ri-se como um perdido, os dois seguranças arrastam o lutador.

Lousada: Mas enquanto vais ficas a saber que sempre que não é assim que vais ter o teu combate aqui dentro.

Ryo Tanaki: Deve custar assim tanto dar-me um combate… Se eu perder eu deixo a VLL de vez!

Ambos caminham pelo balneário e chegam a casa de banho, Ryo Tanaki é arrastado pelos joelhos, entram na divisão e um dos seguranças empurra Ryo para uma das sanitas.

Lousada: Quero isso bem limpo e se isso não acontecer teremos problemas bem graves. Estas avisado. Talvez pense se te dou o teu combate ou não, limpa isso agora que é para isso que te ando a pagar.

O supervisor-geral retira-se da divisão a rir, enquanto Ryo olha para ele com uma expressão de raiva enorme.

***

Beja: Bem, pessoal, e eis que chegámos ao combate mais ansiado da noite, o nosso Main Event, Yuri Petrov frente a frente com Michel-Baptiste Bangalter!

Luís: Um combate que eu espero equilibrado mas com um homem a sobressair no final, e com classe. Esse homem cá está, só pode ser um: O grande líder dos DeLuxe, o próximo Campeão Supremo, Michel-Baptiste Bangalter..!

Beja: Até já dizes que o homem é o próximo Campeão Supremo, ã, Luís...bom futurólogo que me saíste...e ignorante, se por esta altura do campeonato ainda subestimas o Vinícius.

Luís: Beja, daqui a não muito tempo vais dar-me razão, vais ver. O Vinícius está gasto, está acabado. E esta empresa precisa de uma outra cara, precisa de glamour...

Beja: Acredita que não será com o Bangalter a campeão que a Federação ganhará glamour, apenas entrará em degredo, mas adiante, deixa a Raquel fazer o seu trabalho.

Raquel Jacob: Este combate está marcado para uma derrota, e apresentando primeiro, vindo de Bobigny, Seine-Saint-Denis, França, e pesando 89 quilos, ele é o líder dos DeLuxe...MICHEL-BAPTISTE BANGALTEEEEEER!!!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH!!!

Algum fogo-de-artifício cai do céu, daquele dourado e brilhante, a música começa. Michel entra, aos 37 segundos da música, com um casaco que diz nas costas “De Luxe”. O espetáculo de luzes e de pirotecnia termina e este vira-se para o ringue. No ecrã gigante passam várias imagens, sempre com tons dourados e vintage. Paris e Bangalter são os temas do vídeo. Este caminha então tranquilamente para o ringue, acompanhado por Filipe Azevedo. Bangalter entra no mesmo, retira o casaco e dobra-o de forma perfeccionista colocando-o no seu canto. Estica os braços e as pernas e no fim de fazer isso levanta o braço direito e aponta para as bancadas.

Beja: Parece que Bangalter vem com companhia...não é de admirar, quando ele se defender sozinho vai ser uma novidade.

Luís: Mais respeito, Beja, mais respeito. Aprecia esta música, aprecia esta entrada e o estilo deste homem...

Beja: Luís, cala-me masé essa boca.

Raquel Jacob: E o seu adversário, vindo de São Petersburgo, Rússia, e pesando 135 quilos, ele é o Campeão da Vanguarda...YURI PETROOOOOOOOOOOOV!!!


YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!!!

Beja: O público a mostrar a Yuri o carinho que tem por ele. Sem surpresas aqui. E o russo responde com sorrisos, embora o seu olhar deixe bem claro que está focado em Bangalter.

Luís: Oh, e olha, também vem algo consigo, é o Phillip Hunt...Afinal não é só o Bangalter que não se sabe defender sozinho, Beja.

Beja: Depois do que aconteceu no combate entre o Hunt e o Eustass, depois de ver o Bangalter a vir para o ringue lado a lado com o Filipe Azevedo, acho muito bem que estes dois se mostrem unidos e prontos para o que der e vier...

Luís: Pois, pois...agora a união já é bonita.


O árbitro deste combate é Marcos Mendes, que inspecciona os dois lutadores. Não tendo encontrado nada de ilegal, manda soar a campainha.

Hunt incentiva Petrov fora do ringue enquanto Azevedo bate palmas ao líder dos DeLuxe. Petrov convida Bangalter para um teste de força e o francês surpreendentemente parece aceitar, aproximando-se do russo com um esgar arrogante na face. Petrov vai para o agarrar...mas Bangalter é mais inteligente e dá um pontapé na zona abdominal do russo! Seguido de outro pontapé forte no joelho de Petrov! Petrov consegue não perder a compostura e tenta atingir Bangalter com um murro de direita, mas este desvia-se dele e vai para as suas costas, dando um calduço provocador na nuca do Campeão da Vanguarda.

Yuri vira-se irritado procurando atingir o líder dos DeLuxe com uma cotovelada, mas este consegue escapar ileso, rolando por baixo do braço do russo e para fora do seu alcance. Bangalter abre os braços exibindo um sorriso confiante, o que irrita o público, que o apupa. Yuri parece fulo depois da provocação de Bangalter e investe contra o mesmo, mas este pára o ímpeto do adversário rapidamente, rasteirando-o com um Drop Toe Hold. Bangalter salta de imediato para junto da cabeça de Yuri e dá-lhe mais uma chapada na nuca, afastando-se num ápice.

O russo levanta-se com uma expressão de fúria e o público continua a vaiar intensamente Bangalter. Yuri parece que está tentado a partir para uma nova investida e Bangalter incentiva-o para tal...mas o russo pára, aparentemente, para que se possa acalmar. Petrov respira fundo, frustrando claramente Bangalter, que o preferia ver a lutar irritado neste combate. Agora é Yuri quem diz para que Bangalter se aproxime.

O francês aproxima-se lentamente...consegue aumentar de ritmo num piscar de olhos, passando por baixo dos braços do gigante russo e indo para trás dele. Bangalter prende a cintura de Yuri num Waist Lock...mas o Campeão da Vanguarda rompe o hold facilmente acertando com o seu cotovelo na cara do candidato principal ao Título Supremo! Bangalter vira-se de costas para Yuri, agarrado à cara, e o russo não perde tempo aprisionando o oponente em posição de Full Nelson...e Full Nelson Suplex bem aplicado por parte de Petrov!
O público vibra com a vantagem ganha por Petrov, que parece estar a aperfeiçoar o seu move set! “O Tanque Russo” atira-se de imediato para cima de Bangalterr e agora sim começa a descarregar a sua fúria, com socos fortes em Bangalter, que se protege como consegue! O árbitro avisa Yuri e este não tem problemas em sair de cima do seu adversário. Petrov está agora à espera que Bangalter se levante...o francês já está apoiado num joelho...está levantado, cai vai o russo em corrida...e que Running Clothesline enorme por parte de Petrov, virando Bangalter do avesso! O francês deu um mortal no ar e acabou por cair de peito!

Petrov vai para o assentamento de espáduas, pode conseguir a vitória aqui...1...2...Bangalter levanta o braço e consegue manter-se no combate! Petrov não perde tempo e agarra Bangalter, levantando-o, e dando-lhe uma joelhada violenta na zona do estômago! Petrov continua com uma série de joelhadas, mas desta vez na cabeça do francês...e agora um European Uppercut, derrubando-o! Petrov vai às cordas, onde ganha impulso e vai procurar um Leg Drop...mas Bangalter consegue rolar para fora da zona de impacto!

O russo agarra-se à perna, caiu com força e não acertou em ninguém. Bangalter esforça-se para se levantar...ele e Petrov levantam-se ao mesmo tempo...OH! Enziguri impressionante de Bangalter, que deu um salto vertical perfeito para conseguir acertar na cabeça do gigante russo, que cai assim no tapete! Assentamento de espáduas do líder dos DeLuxe...1...2....Não, Petrov safa-se para delírio dos fãs!

Bangalter passa as mãos pelo cabelo como se tivesse a arranjá-lo, mostrando toda a sua arrogância agora que está por cima no combate...O líder dos DeLuxe aguarda que o russo se levante...Petrov já está a pôr-se de pé...Bangalter vai para um novo Enziguri! Mas Petrov desta vez baixa-se, fazendo com que Bangalter se estatele no ringue sem lhe conseguir acertar! Yuri agarra no francês e atira-o para o canto mais próximo com autoridade, castigando as costas de Bangalter...e Running Clothesline do russo a esborrachar o líder dos DeLuxe!

Bangalter vai cambaleando para a frente, pontapé de Petrov em cheio no seu abdómen. Yuri prende a cabeça de Bangalter debaixo do seu braço...DDT violento do russo a plantar autenticamente o crânio do francês no tapete! Petrov vai para o assentamento de espáduas, Hunt e o público vibram, acreditando que pode ter chegado o final do combate...1...2...3! Não, o árbitro no último momento parou a sua mão antes dela bater a terceira vez no ringue! O pé de Bangalter estava na corda inferior!

Mas foi Filipe Azevedo a colocá-lo lá! Hunt e o público protestam com a decisão do árbitro! Hunt vai inclusivamente pedir satisfações a Azevedo no exterior do ringue! Entretanto dentro do círculo quadrado, Petrov tenta ignorar o que se passa entre o seu parceiro e Azevedo, agarra em Bangalter...mas este consegue aplicar um Small Package vindo do nada...1...2...não, o russo consegue safar-se! Os dois lutadores metem-se de pé rapidamente, Hurricanrara de Bangalter em Yuri, o francês prende as pernas do adversário, fazendo o pin...1...2...

Yuri torna a safar-se! Os dois lutadores estão novamente frente a frente, e agora é Yuri quem é mais rápido, atingindo a perna de Bangalter com um pontapé estrondoso! E agora um pontapé rotativo de Yuri no estômago do francês, fazendo com que este cambaleie para trás agarrado à barriga...e para finalizar mais um pontapé fenomenal de Petrov na cabeça de Bangalter, para o mandar ao chão! No exterior do ringue Azevedo acerta com um murro na cara de Phillip Hunt!
Petrov agarra em Bangalter, Scoop Slam do “Tanque Russo” no “DeLuxe”. No exterior do ringue Hunt vai a correr na direcção de Azevedo mas este aplica-lhe um Spinebuster! Petrov apercebe-se do que aconteceu ao seu amigo e aproxima-se das cordas, ameaçando Azevedo...e Arsénio Fuínha e Eustass Kid surgem a correr pela rampa abaixo! Os Parceiro de Guerra vêm apoiar os seus companheiros dos DeLuxe!

Petrov convida-os a entrar, mas estes acabam por recuar nas suas intenções...Bangalter levanta-se, Rollup do francês! Bangalter agarra os calções do adversário sem que o árbitro veja...1...2...Petrov volta a safar-se! E aí vem Vinícius Nunes, o público fica ao rubro! O Campeão Supremo a querer juntar-se à festa! Eustass, Arsénio e Azevedo atiram-se a Vinícius! O Campeão luta como pode, mas a vantagem numérica começa a funcionar!

No interior do ringue, Petrov faz o seu melhor para se manter focado em Bangalter e acerta-lhe com um European Uppercut! Hunt já recuperou do Spinebuster e puxa Azevedo, entrando numa luta de socos com ele! Entretanto é Arsénio Fuínha quem agarra em Vinícius, Eustass Kid vai dar um soco no Campeão desprotegido...mas Vinícius consegue soltar-se e Eustass acerta no seu parceiro de equipa, derrubando-o!

Petrov torna a levantar Bangalter e atira-o contra o canto! O russo descarrega murros no oponente!

Eustass fica a olhar para o que fez e Vinícius não demora a atacá-lo com joelhadas! Azevedo e Hunt continuam na troca de murros e surpreendentemente é o canadiano quem parece estar a ganhar vantagem sobre o matulão de Peniche...Mas o português derruba-o com uma Clothesline potentíssima!

Arsénio já recuperou, ele vê Eustass a ser atacado por Vinícius com fortes joelhadas mas ignora-o, aproxima-se do ringue e salta para a sua borda, mas o árbitro impede-o de entrar! Petrov envia Bangalter para o canto contrário com um Irish Whip cheio de força, vai a correr na sua direcção...Mas Filipe Azevedo entra no meio do ringue e acerta-lhe com um Spear enorme! Azevedo sai de imediato do ringue! Arsénio viu o que aconteceu e desiste de insistir em entrar no ringue! Bangalter apercebe-se de que Petrov foi derrubado, sobe ao canto...Augmenter do líder dos DeLuxe! Assentamento de espáduas...1...2...3!


Raquel Jacob: O vencedor deste combate...MICHEL-BAPTISTE BANGALTEEEEER!!!


Beja: NÃO! ISTO FOI ROUBADO, RAIOS!

Luís: Só é roubo quando se é apanhado, Beja, e neste caso o árbitro não viu nada...

Beja: Eu respondia-te, mas como as coisas estão nem há tempo para isso, Chokeslam de Vinícius em Eustass Kid no exterior do ringue!

Luís: E agora é Arsénio que vai no encalço do Campeão Supremo...Mas este é mais rápido a atingi-lo com um pontapé no estômago!

Beja: E Gutwrench Suplex de Vinícius em Arsénio Fuínha!

Luís: Bangalter nem tem tempo para festejar, este foge do ringue, salta a barreira de protecção e corre pelo público fora!

Beja: Azevedo é com exceção do líder dos DeLuxe o único membro da fação que está de pé!
Luís: Ele nem sabe bem para onde se virar...não parece estar interessado em enfrentar o Vinícius, tenta ele próprio uma fuga...

Beja: Mas dá de caras com Hunt que já está de novo levantado! E Hunt atinge-o com um soco no queixo!

Luís: Vinícius aproxima-se e ele próprio acerta com um murro em Azevedo! E agora estão os dois a descarregar socos no membro dos DeLuxe! Vergonha destes meninos bonitos, é tudo aparências, quando estão em vantagem não se importam de a utilizar!

Beja: E muito bem fazem! Vinícius e Hunt atiram Azevedo para dentro do ringue, onde o espera um Yuri recuperado e fulo com o que acabou de acontecer no seu combate!

Luís: Yuri agarra em Azevedo...NÃO! NÃO!

Beja: Jumping Piledriver de Yuri Petrov em Azevedo! “A Bigorna” de Petrov a enterrar o crânio de Azevedo no tapete! Depois do Spear de Azevedo que custou o combate ao russo é caso para dizer: “Cá se fazem, cá se pagam!”

Luís: E agora Vinícius e Hunt entram no ringue e levantam os braços a Yuri Petrov...Pouca vergonha, como se fosse ele o verdadeiro vencedor deste Main Event!

Beja: O verdadeiro vencedor, Luís, como tu lhe chamas, mostrou o seu carácter e fugiu...

Luís: Com estes arruaceiros no seu encalço, muito bem fez ele!

Beja: Certo, Luís, certo...Bem pessoal, parece que estamos a ficar sem tempo, até uma próxima!

A imagem desvanece focando Hunt, Petrov e Vinícius Nunes festejando dentro do ringue.
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 39# (RTP1) - (04/02/14)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum