VANGUARDA 38# (RTP1) - (28/01/14)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

VANGUARDA 38# (RTP1) - (28/01/14)

Mensagem por vlladmin em Qui 23 Jan 2014, 07:20



COMBATE PRINCIPAL DA NOITE
KEVIN GUNN E DARREN KEANE vs EUSTASS KID (c) E ARSÉNIO FUÍNHA (c) - COMBATE PELOS TÍTULOS DE PARCEIROS DE GUERRA

*****
DAVID SOARES COURTEENER VS DIOGO LOURENÇO
ANÍBAL FRAGAS E GABRIEL MARTINS VS DANIEL LOBO E MAYHEM
VINÍCIUS NUNES VS CAIM EZEQUIEL
BATALHA REAL (Participantes: JAY LECTER, JUSTIN JAMESON, CAIQUE SILVA, FELIPE SILVA, TYLER PARKER, PAUL ADAMS, ÂNGELO CASANOVA, DIEGO ŠVENTO, DIEGO BARROS, ALEXANDRE PENAFORTE E MIKE FLEISCH)
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 38# (RTP1) - (28/01/14)

Mensagem por vlladmin em Qua 29 Jan 2014, 07:41

Surge o General Manager da Vanguarda da Luta Livre, Augusto Lousada sentado num escritório mais... "apropriado" ou seja, mais modesto oferecido por Santiago Guerreiro. No entanto Lousada parece estar com o moral intocável pois está a falar ao telefone com alguém enquanto olha para alguns papéis que tem na sua secretária.

Lousada: Sim, sim. É uma grande ideia e tenho a certeza que vai ser mais um grande sucesso de vendas para a Vanguarda da Luta Livre.

Ouve-se o ruído de alguém que lhe está a responder no telefone.

Lousada: Evidentemente que já teria previsto essa situacão. Não há razões para preocupação. Irá tudo correr como planeado.

De súbito ouve-se alguém a bater à porta.

Lousada: Já entro em contacto, com licença. Entre!

Surge então a abrir a porta e entrar no escritório com uma postura bastante humilde e modesta, Ryo Tanaki.

Lousada: Ah és tu. O que queres?

Tanaki: Senhor Lousada, terei um combate na Vanguarda hoje?

Lousada começa a rir-se e levanta-se da sua cadeira caminhando na direção de Ryo Tanaki e dando-lhe uma palmada nas costas enquanto se ri.

Tanaki: Mas...

Lousada: Deixa-me explicar-te algo, rapaz. Isto... É a Vanguarda da Luta Livre. Um sucesso ímpar em toda a europa no que toca ao Wrestling. Uma popularidade cada vez mais monstruosa, um roster cheio onde abunda qualidade e Wrestlers esfomeados de oportunidades... E ainda por cima estamos agora a estrear-nos na RTP1 que é a televisão pública de Portugal e ainda por cima em horário nobre...  Logo, evidentemente que o card está preenchido.

Ryo Tanaki fica com uma cara extremamente desapontada.

Lousada: Bem rapaz, tenho compromissos. A Vanguarda da Luta Livre não se gere sozinha sabes? A porta é ali.

Um cabisbaixo Ryo Tanaki abandona o escritório do sorridente Augusto Lousada.

***


Luis: Antes de mais boa noite a todos! A emissão de hoje da VLL já começou e bem Beja, parece que não é para já que o jovem Ryo tem uma oportunidade , e acho que o Lousada está certo!

Beja: Pois eu acho que o Ryo merece uma oportunidade, ele é uma jovem promessa, quero ver o que ele realmente vale!

Luis O Lousada é muito ocupado, mas olha ele? Ele vem para o ringue!

Augusto Lousada vai em direção ao ringue, sobe ao ringue, ele está com o microfone na mão e tem uma expressão de contentamento ao ver a arena lotada e barulhenta.

Lousada: Olá pessoal! Como vão?

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH

Luis: Que falta de educação!

Lousada: Sinceramente, não ligo para os apupos! Vim aqui transmitir uma mensagem bem clara!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUH

Lousada: Se todos vaiarem não poderei falar da Batalha Real! Querem que comecem logo a Batalha Real?

Algum público reage positivamente, mas no geral tudo se cala.

Lousada: Ótimo! Primeiro lugar, muita gente perguntou o porquê dessa batalha real e muitos disseram que ela não iria valer nada, mas em primeiro lugar, esta batalha vale muito, porque todos querem ver esse tipo de luta, não é isso?

Algumas assobiadelas ainda, mas vemos já algum público contente.

Lousada: Pois então, a Batalha Real não vale apenas por ser aquilo que o povo quer ver, mas sim, porque vai dar pra saber com quem poderemos contar e quem não pode ser membro da VLL! Segundo lugar, quem for o primeiro eliminado da Batalha Real será automaticamente demitido!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH.

Lousada: Vai ser demitido porque a VLL não é mais um lugar para fracos! A VLL é local para vencedores! E por último, o vencedor da Batalha Real levará o prêmio de 50 mil euros!

Vários olhares ao longo da arena de desacreditação.

Lousada: E por valer muito dinheiro, eu, Augusto Lousada, supervisor-geral da VLL, irei estar presente para ver de perto!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH
VAI-TE EMBORA! VAI-TE EMBORA! VAI-TE EMBORA!


Lousada Dou-vos aquilo que querem e ainda sou apupado? Ingratos!

Augusto Lousada foi se sentar com os comentadores para ver a Batalha Real mais de perto.

Luís: Deixe para lá senhor Lousada, são todos ingratos aqui, também me falam de lado!

Lousada: Pois é, dou aquilo que querem, e mesmo assim sou apupado, sou um injustiçado!

Beja: Claro, claro, tu és um santo...

Lousada: Sinto ironia no teu tom de voz Beja...

Diogo Beja manda um sorriso.

Beja: Claro que não.

Luís: Não ligue para ele senhor, o Beja é um cepo!

Beja: Não sou um cepo...

Lousada: Mas deverias ter mais respeito pelo teu supervisor, sabes muito bem que desde que assumi este cargo, as audiências aumentaram como nunca...

Luís: Tens que reconhecer isso Beja!

Beja: Reconheço, mas não posso concordar com todas as decisões, mas reconheço que tanto tu como o Guerreiro fazem grande trabalho...

Lousada: Ainda bem, e essa Batalha Real promete, vejam esses lutadores todos a entrar, cada um mostra vontade de querer ir longe!

A imagem foca a rampa de acesso ao ringue, onde vemos vários lutadores a entrar em simultâneo, enquanto a música da Vanguarda toca.

Luís: Talvez um deles lute contra o Bangalter pelo título Supremo em um futuro não tão longe...

Beja: Bangalter? Ele não é o campeão supremo...

Lousada: Ainda bem que não, fico surpreso por tu apoiares Luís.

Luis: Não apoio, mas sabe-se que o Vinícius perde, infelizmente teremos que aguentar o Bangalter… Sabes que nunca o apoiei.

Beja: Tu és mesmo covarde.

Enquanto se mostrava a conversa dos comentadores com Lousada, todos os participantes da Batalha Real estavam no ringue: Alexandre Penaforte, Ângelo Casanova, Paul Adams, Diego Svento, Jay Lecter, Diego Barros, Alexandre Penaforte Felipe Silva, Justin Jameson, Caique Silva, Tyler Parker e Mike Fleisch.

Raquel Jacob: Essa é uma batalha real de 11 pessoas e vale 50 mil reais! O vencedor é aquele que ficar por último no ringue sem ser eliminado! A eliminação só será válida se o lutador colocar os pés no chão depois de ser atirado da terceira corda!


A oficial deste combate é Adelaide Amaral. Todos partem para uma brawl intensa, enquanto Diego Barros e Justin Jameson procuravam trabalhar juntos. Ângelo Casanova foi contra os dois, deu vários socos em Diego Barros e o empurrou para longe. Depois tentou colocar Jameson para fora do ringue, mas Jameson foi eliminado e Ângelo Casanova está fora!
Jameson sorri, mas é atacado por Caique Silva, este consegue um Buldogg Legdrop em Jameson, arrasta Jameson para as cordas. Está quase eliminando Jameson! Mas Diego Barros salva Jameson e os dois ficam a trocar socos, e Jameson vai ajudar Barros, são dois contra um, só que Paul Adams aparece e tudo fica igual!

No outro lado do ringue, Felipe Silva está quase eliminando Diego Svento, ele sai da terceira corda, mas continua no ringue, dá uma ombrada no estômago de Felipe Silva, o que afasta o brasileiro, mas aparece Tyler Parker do nada para atacar Svento, só que ele reverte e elimina Parker!

Jameson e Diego Barros continuam o ataque contra Adams e Caique, só que o brasileiro e seu amigo se dão melhor e estão quase eliminado a dupla! Mas Adams trai Caique e o elimina! Caique fica boquiaberto e Adams explica que é cada um por si! Nisso Jameson aproveita e elimina Adams! Segunda eliminação para Jameson!

Jameson e Barros vão para o meio do ringue, mas Jameson acaba por levar um Enziguri de Lecter. Diego Barros vai ajudar seu parceiro Jameson mas leva um Roundhouse Kick de Lecter, Barros fica cambaleante e é eliminado por Lecter!

Alexandre Penaforte, que estava sumido, vai para o ataque a Lecter, mas leva um Dropkick quase de surpresa! Lecter está com tudo! Até que leva um susto!

Mike Orzan sai correndo para o ringue! Sobe a ele, mas não entra, chama por Lecter! Orzan sorri, reconhece que perdeu e oferece a mão! Lecter aperta a mão de Orzan, só que Orzan arrasta Lecter consigo e o elimina! Depois Orzan aplica um soco e um chute no rosto de Lecter e o deixa no chão e vai embora!

Jameson ri de Lecter, mas é quase eliminado por Svento, ele sai da terceira corda, está quase no chão! Svento para uma investida final na tentativa final de eliminação, mas Jameson fica firme.

Em outro canto está Mike Fleisch e Alexandre Penaforte tentando medir forças, mas Penaforte acaba por ganhar e joga Fleisch para fora do ringue! Fleisch fica irritado, mas acaba saindo por ordem dos oficiais, mesmo bastante contrariado.

Diego Svento e Justin Jameson continuam sua batalha de um lado, enquanto Felipe Silva inicia uma guerra contra Alexandre Penaforte! Felipe e Jameson estão iminentes da eliminação, mas Jameson volta para o ringue, Svento tenta atacar com tudo, mas Jameson desvia e Svento acaba por ser o eliminado.

Restam Felipe Silva, Justin Jameson e Alexandre Penaforte! Penaforte e Silva continuam sua batalha, mas Justin Jameson tenta forçar uma eliminação dupla, só que Felipe Silva continua com os pés no ringue, e Alexandre Penaforte está longe de sair pela terceira corda. Jameson toma distância, tenta atacar com tudo, mas acaba por ser eliminado, porque os outros dois desviaram de sua investida.

Agora a batalha está entre Felipe Silva e Alexandre Penaforte! Penaforte tenta empurrar Felipe Silva de vesz para fora do ringue, mas leva um poderoso Berimbau Song (Super Kick) de Felipe Silva! e cai no chão! Felipe volta ao ringue e espera Alexandre se levantar um pouco e aplica um Scoop Slam!

Felipe Silva arrasta Alexandre Penaforte para uma das cordas, vai tentar a eliminação, mas Alexandre sai à tempo! Os dois voltam ao meio do ringue, trocam socos, só que Felipe Silva toma distância e aplica uma meia-lua de compasso incrível! Penaforte fica no chão outra vez!
Felipe Silva recebe os aplausos da platéia, todos gostam da maneira dinâmica de lutar do brasileiro! Ele mais uma vez tenta eliminar Penaforte, mas o lutador da África do Sul continua ativo! Sai da pressão e aplica o Truck Stop! Felipe Silva cai atordoado.

Mais uma vez a ação volta para o ringue e Alexandre Penaforte domina as ações, primeiro com um, dois, três Shoulder Blocks! Depois executou o Big Boot e isso fez Felipe balançar, mas o brasileiro toma distância e é nova Meia-lua de Compasso! Alexandre vai para perto das cordas após a força do golpe! Felipe corre em sua direção para eliminá-lo! Mas Alexandre se recupera e joga Felipe para fora do ringue e vence a batalha!



Raquel Jacob: O vencedor e dono dos 50 euros! Alexandre Penaforte!

Luís: Era para Lecter ter vencido, Orzan não tinha nada pra fazer ali!

Beja: Até concordo que Lecter foi prejudicado, mas Alexandre Penaforte mostrou ser um grande competidor, ele e Felipe Silva se destacaram.

Lousada: Pois é, já assinei o cheque, vou lá no ringue entregar pro vencedor.

Lousada sai da mesa de comentadores e congratula Alexandre Penaforte entregando o chequ. O público aplaude com entusiasmo. Lousada sai de cena, enquanto Alexandre comemora bastante ofegante.

Luís: Lousada é mesmo o homem do povo, veja como o aplaudem!

Beja: Menos Luís, eles estão a aplaudir o Penaforte.

Luís: Ou não, todos gostam de Lousada, menos tu que não percebe disso...

Beja: Está bem, mestre...

***

A imagem foca Eustass Kid, no balneário dos DeLuxe, com os dois títulos de Parceiros de Guerra, um em cada ombro. O mesmo mastiga uma pastilha elástica e abana com a cabeça em sinal afirmativo.

A imagem começa a afastar-se e a certa altura foca também Arsénio Fuínha, outro dos membros dos DeLuxe SAD, que hoje irá defender o título no lugar de Delmar Bento. Por fim vemos Lucas Brandão, o antigo supervisor-geral.


Lucas Brandão: Como já foi anunciado hoje é a assinatura do contrato pelo título Supremo! Mas isso não é o único ponto importante hoje, como todos nós sabemos.

Eustass Kid: Ainda bem, porque estas belezas aqui não podem deixar o seu dono.

Arsénio e Lucas ficam a olhar para Eustass…

Arsénio Fuínha: Esse que diz Delmar Bento, não devia passar para mim de vez?

Lucas: De facto, isso faria sentido Eustass…

Eustass: Achas mesmo primo?

O jovem campeão parece ficar um pouco pensativo, quase que gozando com Lucas e Arsénio.

Arsénio: Pensei que já estávamos falados em relação a isso.

Eustass Kid: Sabes Fuínha, a vida as vezes é injusta. As vezes as pessoas mudam de opinião…

Lucas: Tu que o digas Eustass, que desde o primeiro dia que tudo te caiu aos pés aqui na VLL.

Cria-se alguma tensão entre primos.

Arsénio: Vá rapazes deixem lá isso… A criança acaba por ceder sempre.

Eustass: É, deve ser isso mesmo, vou buscar um café. Alguém quer alguma coisa?

Eustass coloca os títulos em cima de uma mesa. Arsénio fica a olhar para os mesmos enquanto Eustass deixa a sala.

Lucas: Não pegues neles, deixa lá isso Arsénio. O teu dia vai chegar, sabes bem que és o meu favorito aqui no meio.

Lucas Brandão estende a mão para Arsénio, vemos de seguida a imagem a rodar, a porta aberta por uma frincha e a ouvir tudo do outro lado encontra-se Eustass Kid, o primo de Lucas, que reage a isto bastante furioso.

***

Gabriel Martins está no corredor, às costas carrega um saco desportivo, mas está ainda com a sua roupa casual. Subitamente, toca o seu telemóvel. Martins pousa o saco desportivo, tira o telemóvel do bolso das calças de ganga, olha para o visor do telemóvel e atende.

Martins: Sim?
Compasso de espera por parte de Martins.

Martins: Óptimo, e chegaste a alguma conclusão? Tens algo para me contar?

Novo compasso de espera. Na face de Martins desenha-se uma expressão de estupefacção.

Martins (num tom de incredulidade): Tu tens a certeza do que me 'tás a dizer?!

Novo período de espera.

Martins: Está certo, está certo, percebi...Não te preocupes, o teu nome não vai aparecer, obrigado pela chamada.

Martins desliga o telemóvel e passa a mão livre pelo cabelo.

Martins (falando baixo para si mesmo): Então e agora..?

O lutador olha para o saco desportivo.

Martins: Hoje não, hoje o que interessa é o combate. Depois.

Martins agarra no saco desportivo e volta a caminhar.

***

Luís: Este Martins vai mesmo longe! Tem atitude!

Beja: Pois é, mas hoje teremos Vinícius Nunes, o campeão supremo, em sua primeira luta depois de ganhar o cinturão pela segunda vez!

Luís: Contra Caim Ezequiel, este que aposentou Moore SD! Caim vai aposentar outro hoje!

Beja: Duvido mesmo, mas vamos ver a preparação do campeão!

Luís: Não aguento mais vê-lo, por amor de Deus! Sempre a mesma coisa.

Mostrava-se Vinícius que estava no seu balneário particular, terminando a sua preparação para o combate contra Caim Ezequiel com um leve aquecimento. Vinícius estava bem tranquilo e parecia confiante para o combate até que o som de uma porta se abrindo o interrompeu de sua concentração habitual antes das lutas. A porta que se abriu foi de seu próprio vestiário e era o seu primo Antonio Andrade, este estava com cara de poucos amigos quando se dirigiu a Vinícius.

Antonio: Como você pôde?

Vinícius (surpreso): Pude o que?

Antonio: Você sabe bem...

Vinícius (sorrindo): Sei o que?

Antonio: Não zombes de mim!

Vinícius: Não estou zombando...

Antonio: Então sabes que não podes-me enganar por mais tempo!

Vinícius: É isso que tens a me dizer?

Antonio apontou o dedo indicador de maneira ameaçadora para Vinícius.

Antonio: Você me paga, isso não ficará assim!

Vinícius: Certo, espero que não desistas como desististe do título da Vanguarda! Aliás, o que foi aquilo? Covardia?

Antonio: Ora seu...

Vinícius (já em guarda): Vem!

Antonio sorriu e saiu de perto de Vinícius.

Antonio: Não ainda Vinícius, não será hoje, mas você me pagará! Juro que me paga!

Antonio saiu, batendo a porta com força, deixando Vinícius a voltar a se concentrar no que lhe interessava. E a imagem saía de lá e voltava para a mesa de comentadores.

Luis: Antonio fez uma promessa! Espero que a cumpra, porque este “bad blood” entre os primos Brasileiros da VLL tão cedo não vai terminar.

Beja: Sim, mas o mais importante, do que eles estavam a falar?

Luís: Não sei, mas o Antonio estava bem revoltado, deve ter sido alguma armação justa do Vinícius.

Beja: Por favor... Sem mais demoras, vamos ver quem vence entre Vinícius Nunes e Caim Ezequiel!

Luís: Espero que Caim mostre o seu valor, ele é dos lutadores mais talentosos da VLL!

Raquel Jacob: Essa luta é de uma derrota, primeiro, vindo de Jerusalém Israel, pesando 90 quilos! Caim Ezequiel!

Luís: Caim vem mesmo determinado, olha como ele anda de maneira rápida e determinada!

Beja: Está concentrado sim, sabe que é um combate muito importante para ele, tudo pode mudar para ele se vencer este combate.

Luís: E sabe que vai vencer! Ele tem que vencer!

Beja: Olha o profissionalismo Barreira!

Raquel Jacob: E o seu oponente, pesando 140 quilos, vindo de Salvador, Bahia, Brasil, o campeão Supremo, Vinícius Nunes!


YEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAAAAAAH!

Beja: Vinícius também vem focado, mais concentrado ainda do que o habitual, desta vez mal cumprimenta os fãs, ele quer mesmo vencer!

Luis: É medo, eu também estaria, depois da maneira que Caim destruiu o Moore!

Beja: Vinícius já ganhou ao Moore também...

Luis: Ganhar é diferente de destruir!

Vinícius sobe até o ringue e olha fixamente para Ezequiel, esse começa a falar sozinho, deixando Vinícius estupefato, provavelmente eram as vozes na cabeça de Caim.


O árbitro do combate é Afonso Martins. Vinícius começa com tudo e já derruba Caim no chão com um takedown fortíssimo, e depois manda diversas cotoveladas, até ser contido pelo público. Depois disso Caim se levanta e leva três Suplexes seguidos! Vinícius vai para a cover! 1! 2! Nada feito!

Vinícius fica calmo, pois o combate estava no início, vai para nova investida em cima de Caim e acaba por levar dois Headbutts e um potente Big Boot! Vai para a cover, mas Vinícius se safa antes mesmo da contagem chegar a dois!

Depois disso Vinícius e Caim começam a trocar socos, até que Vinícius vence a sequência e depois de três socos seguidos emenda um forte Spinebuster! Vai para a cover! 1! 2! Caim sai da cover e começa a falar com suas vozes, Vinícius fica desconsertado e acaba por levar um Clothesline!

Caim não vai para a cover, espera Vinícius se levantar um pouco e o prende com um side headlock! Vinícius se queixa por um momento, mas fica de joelhos, depois levanta a perna esquerda, e logo após levanta tudo, manda algumas cotoveladas no estômago de Caim, Caim o larga mas manda um potente Scoop Slam!

Caim não vai para a cover mais uma vez, ele começa a discutir consigo mesmo. Quando Caim se volta para Vinícius, este lhe responde com um Spinning Side Slam! Ele chama essa manobra de Bahia Slam! Sensacional! É para acabar com a luta! 1! 2! 2,7!

Vinícius arrasta Caim para próximo de um dos postes de sustentação do ringue! Ele sobe até a terceira corda! É Northest Splash (Frog Splash) vindo aí! Lá vai Vinícius! Caim sai no último minuto e Vinícius se debate por ter se jogado em direção ao chão do ringue onde bateu o peito.

Caim agora está por cima e aplica Uppercuts! Vinícius fica atordoado e Caim aplica um German Suplex no campeão supremo! Depois, outro! E mais um! É a sequência original de Vinícius! Vinícius fica irado e parte para cima de Caim mais leva um Superkick do religioso!

Caim olha para o público que começa a apupá-lo! Ele se prepara para o KO Punch, a sua manobra final! Fecha o seu punho e espera Vinícius se movimentar aos poucos! Vinícius começa a se mexer e a se levantar meio cambaleante!

Caim vai em direção de Vinícius, mas para! Começa a gritar de maneira desequilibrada! Caim começa discutir consigo mesmo mais uma vez! Nisso Vinícius se recupera e aplica seus três German Suplexes tradicionais! Depois o National Slam (Sidewalk Slam)! Faz sinal para o povo! É Brazilian Bomb vindo!

Caim se levanta! Vinícius lhe dá um pontapé no estômago! Caim se dobra! Vinícius o pega, mas Caim consegue se safar e tenta o KO Punch! Vinícius se abaixa na hora exata! Outro pontapé no estômago de Caim! Agora não tem mais jeito! Brazilian Bomb! 1! 2! 3! Vence Vinícius Nunes.


Raquel Jacob: O vencedor… Vinícius Nunes!

Beja: Mais uma grande performance do campeão supremo!

Luis: Caim o tinha em suas mãos!

Beja: Mas não foi o suficiente, Vinícius venceu de maneira contundente!

Luis: Tem muita sorte esse Brazuca, muita sorte mesmo...

Beja: De qualquer forma, Vinícius vai aparecer de novo e estará cara a cara com Michel-Baptiste Bangalter!

Luis: Finalmente o combate será marcado! Mal posso esperar para ver Bangalter como campeão Supremo!

Beja: Tu não aprendes, mas espera, Vinícius pega o microfone ele tem algo a dizer.

O público encontra-se bastante divertido cantando o nome de Vinícius Nunes, o mesmo espera um pouco antes de falar.

Vinícius: Bem pessoal, daqui em poucos dias vou enfrentar Michel-Baptiste Bangalter e logo mais teremos a assinatura do contrato para o combate... Bem, pessoal, só tenho que agradecer ao Bangalter por comprar as ações da minha discoteca e me tornar um homem mais rico...
YEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAAAHHHH

Vinícius: Se o seu objetivo é-me tomar tudo Michel, acho que não deverias começar desse jeito, pois bem, por mais que tu tentes trabalhar no mundo fora do ringue, uma hora as nossas desavenças serão postas dentro dele e tu sabes quem é o melhor atleta entre nós e tu sabes quem é o melhor lutador entre nós!

Vinícius abre um sorriso e o público o aplaude com fervor.

Vinícius: Então Bangalter, se estiver armando qualquer outra coisa, bem, não vai adiantar, pois eu estarei atento, e o mais importante do que essas intrigas entre outras cenas, é o que faremos no ringue, e é nesse ringue que o povo quer ver a gente se digladiar!

YEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAHHH

Vinícius: Você me critica que mesmo eu sendo rico, eu não tenho classe e sou como o povo dessa arena, então eu digo, graças a Deus que sou que nem o povo dessa arena, povo trabalhador, povo honesto e povo que gosta de Wrestling, é bem isso que eu sou, prefiro muito mais ser como eles, do que ter sua classe, sua fineza, seus trejeitos e sua trajetória fracassada! Então Bangalter, o meu recado é esse, fale menos, arme menos e lute mais!

YEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHH

Vinícius sai do ringue bastante aplaudido e satisfeito consigo mesmo.

Luis: Está com medo, coitado...

Beja: Medo?

Luis: Medo que o Bangalter lhe tire tudo, é um materialista esse Vinícius, e agora quer desviar o assunto...

Beja: Mas o assunto sempre foi no ringue, se tu não sabes, isso aqui é uma federação de Wrestling.

Luis: Eu sei, mas que ele está com medo, está, só tu é que não tas atento Diogo! Ele até agora só lutou com maricas. Ou achas que o Straight Johny era alguma coisa ao lado do Michel-Baptiste Bangalter e os DeLuxe?!

Beja: Tu é que sabes sempre tudo, mas agora vamos é passar para os bastidores, onde temos Pedro Lombarda pronto a entrevistar Alexandre Penaforte que venceu a Batalha Real!


Última edição por vlladmin em Qua 29 Jan 2014, 07:56, editado 1 vez(es)
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 38# (RTP1) - (28/01/14)

Mensagem por vlladmin em Qua 29 Jan 2014, 07:44

***

A imagem segue para o backstage onde Pedro Lombarda está no corredor e tem Alexandre Penaforte, vencedor da Batalha Real e dono do prêmio de 50 mil reais.

Lombarda: Olá Alexandre, primeiro lugar, parabéns por vencer a Batalha Real!

Alexandre: Obrigado, foi mais um grande obstáculo que superei e tenho orgulho disso!

Lombarda: Começaste por vencer uma Batalha Real logo em yua estreia, se continuares com esse ritmo, vais lutar por títulos, isso é a sua maior motivação?

Alexandre: Vencer, ganhar títulos, isso é a grande motivação para qualquer atleta, bem, como profissional, é o que eu almejo, mas muitas vezes eu questiono se vencer é mesmo o mais importante.

Lombarda: Sim, no seu vídeo disseste que estava mais a procura da felicidade e que ser feliz é o teu grande projeto, como anda isso? Essa vitória ajuda nesse caminho?

Alexandre: Sinceramente não, como eu já disse anteriormente, para ser feliz eu preciso de me libertar dessa obsessão pela vitória, e esse tipo de coisa só faz com que eu queira vencer mais e mais, é uma situação complicada...

Lombarda: A vitória motiva-te mas ao mesmo tempo prende-te?

Alexandre: Exatamente...

Lombarda: Não achas que ainda não tiveste aquele desafio para que as vitórias não fossem sempre tão evidentes?

Alexandre: Talvez seja isso que eu procure, mas talvez não, sinto que A VLL faz parte da minha busca, só não sei como posso encontrá-la aqui...

Lombarda: Mudando de assunto, quais adversários projetas para o futuro?

Alexandre: Os melhores.

Lombarda: Curto e seco, bem Alexandre, não temos muito mais tempo, parabéns por teres vencido essa Batalha Real tão competitiva e boa sorte nos próximos desafios, e espero vê-lo de novo em breve.

Alexandre: Obrigado, e até mais Pedro!

Alexandre saiu em direção ao balneário deixando Lombarda sozinho por algum momento, e na imagem do Lombarda já voltou para os comentadores.

Luis: Que seca... Outro chato!

Beja: Pois eu gostei, diferente dos demais, a procura dele é mesmo a felicidade!

Luis: Repito, que seca...

Beja: Tu és mesmo gajo…

***

Encontramo-nos no parque de estacionamento do Pavilhão da Vanguarda onde a câmara filma Santiago Guerreiro a olhar para o relógio. O Presidente parece estar à espera de alguém, como é óbvio. Chega então um carro, que estaciona num lugar livre a uns metros de Guerreiro, que caminha para lá. Do interior do carro sai um homem gordo e baixinho, nada mais nada menos do que apresentador do Preço Certo em Euros e ator...Fernando Mendes, a celebridade convidada para o primeiro espetáculo da Vanguarda da Luta Livre na RTP1. Santiago aproxima-se de Fernando Mendes com um sorriso.

Guerreiro: Senhor Mendes, é um prazer tê-lo aqui hoje.

Os dois dão um aperto de mão.

Fernando Mendes: Ora essa, já não era sem tempo de me darem alguma coisa para fazer aqui na RTP sem ser ser o Preço Certo!

Ouve-se então o ronco de uma mota, um homem vindo numa Harley Davidson estaciona num lugar próximo, reservado especialmente para motociclos. A câmara aproxima-se, mostrando que o condutor do veículo é Darren Keane. Keane sai da mota e caminha para a entrada, passando por Guerreiro e Fernando Mendes.

Keane (irritado): Inútil, aquele filho da mãe a dizer que sou um inútil e o elo mais fraco da equipa, quem é que raio é que ele pensa que é?!

Fernando Mendes fica a observar Keane até que este desaparece para dentro da zona dos corredores dos bastidores do Pavilhão.

Fernando Mendes: Este aqui já chega irritado, hein?

Guerreiro (falando baixo): Quanto a mim as palavras do Gunn foram só uma tarefa para motivar o tipo...

Fernando Mendes: Desculpe?

Guerreiro: Nada, nada. Bem, vamos, senhor Mendes? Já jantou?

Fernando Mendes: Isso não se pergunta, amigo! Mas se ainda tiveres aí alguma coisinha para mim…

***


***

Luís: Acabamos de voltar do nosso primeiro intervalo e já estamos prontos para mais ação!

Beja: E o que há a dizer sobre o próximo combate que vamos ver, Luís? Lobo e Fragas já se enfrentaram antes, num combate que não teve vencedor, depois de o próprio árbitro, que no caso era Gabriel Martins, ter interferido e atacado Lobo, esta é a segunda vez que eles se vêem dentro do mesmo ringue.

Luís: Entretanto, Lobo garantiu uma vitória bastante suada frente a Martins, e Fragas venceu o parceiro do rival, Mayhem...

Beja: Também num combate bastante equilibrado, diga-se.

Luís: Não queiras comparar, Beja...

Beja: Eu sei, o teu menino Fragas teve sempre a vitória garantida e isso...mas adiante, no final desse mesmo combate os quatro homens de que falámos envolveram-se numa briga que só parou depois da interferência da nossa equipa de segurança, e este combate de equipas foi marcado.

Luís: Conseguirão Fragas e Martins coexistir depois daquele soco de Fragas? Fragas disse que esperava um três contra um, terá algum motivo para acreditar nisso?

Beja: Não faço ideia, Luís, na altura pensei que o fez somente por Martins se estar a meter entre e Lobo...mas com o Lousada nunca se sabe.

Luís: Se conseguirem fazê-lo têm uma vantagem clara neste combate, com o atleticismo de Martins e a ferocidade de Fragas.

Beja: Não descures nem o Lobo nem o Mayhem, eles são a única das duas equipas com experiência...

Luís: O talento vale mais do que a experiência, Luís.

Beja (sarcasticamente): Tal como mostra as quatro vitórias consecutivas de Soares na federação...

Luís: Vitórias de rollup, impressionante.

Beja: Vá, Luís, cala-te lá um bocado, vamos passar ao combate.

Raquel Jacob: Este combate de equipas está marcado para uma derrota! Apresentando primeiro, com o peso conjunto de 230 quilos....a equipa de DANIEL LOBO E MAYHEEEEEM!!!


YEAAAAAAAAH!!!

Beja: Lobo e Mayhem parecem focados para fazer o seu trabalho aqui. Lobo disse no seu último vídeo que ele e Mayhem aproveitariam este combate, que é o mesmo que dizer que vão tentar tirar o maior prazer possível da pancada que vão dar no Fragas.

Luís: Eu gosto do lado agressivo do Lobo, mesmo que não vá à bola com o que ele diz sobre o Fragas e, acima de tudo, sobre o nosso grande Supervisor-Geral, mas este seu amigo...apenas o lixa. Está velho, acabado para isto.

Beja: O Mayhem mostrou estar em forma na semana passada, Luís, e basta olhar para ele para perceber que manteve os cuidados físicos. É uma ajuda preciosa para o Lobo e não um problema, como tu dizes.

Raquel Jacob: E um dos seus adversários, vindo de Guimarães, e pesando hoje 87 quilos...GABRIEL MARTIIIIIIIINS!!!


BUUUUUUUUUUH!!!

Beja: Martins deixou bem claro que quer derrubar Daniel Lobo, que é esse é um objectivo seu para mostrar que está pronto para lutar junto aos grandes...e a verdade é que quase que o conseguiu quando combateram. Será que à segunda será de vez?
Luís: Se tiver uma oportunidade para isso, não duvido. Este miúdo é o futuro disto, ouve-me bem.

Raquel Jacob: E o seu parceiro, vindo direcamente da Cela 88 da Prisão do Linhó e pesando 102 quilos...ANÍBAL FRAGAAAAAAAAAAAAS!!!


BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH!!!

Beja: Veremos se Fragas tem razão, se Martins está aqui mesmo para fazer disto um três para um...

Luís: O Martins está do lado do Lousada e do Fragas, Beja, confia...


O árbitro deste combate é Jorge Mesquita. Daniel Lobo e Aníbal Fragas atiram-se de imediato para cima um do outro obrigando o árbitro a mandar soar a campainha. Lobo e Fragas trocam murros violentos no centro do ringue e os fãs vibram com o momento. Fragas parece conseguir ganhar alguma vantagem...sequência de três socos de Fragas sem haver uma resposta de Daniel Lobo, que começa a cambalear. Fragas agarra agora em Lobo e atira-o às cordas, Lobo está no caminho de regresso, Fragas vai para uma Clothesline...Mas Lobo consegue baixar-se e passar por baixo do braço de Fragas!

Lobo corre em direcção às cordas opostas, Fragas vira-se...e Lobo acerta-lhe, cheio de velocidade, com uma joelhada fortíssima no estômago. Fragas acaba por dar uma volta no ar e cair de costas com estrondo. Lobo não quer dar tempo ao adversário para sequer respirar e dá-lhe de imediato um pontapé nas costelas. Fragas rebola e grita de dor. Lobo cai de seguida para cima dele e começa a descarregar socos e cotoveladas na sua cara, com Fragas a proteger-se como pode até que o árbitro tira Lobo de cima dele.

Lobo levanta Fragas, dá-lhe uma cotovelada forte no maxilar, que faz com que Fragas se vire de costas para ele. Lobo segura Fragas em posição de Half Nelson, vai para o levantar...Não, Fragas prende a sua perna na de Lobo, impossibilitando que ele o levante. E uma cabeçada de Fragas em Lobo...e vão duas! Lobo solta Fragas depois de duas cabeçadas de Fragas, que acertou com a nuca no nariz de Lobo para que este o largasse. Muito pouco ortodoxo, Aníbal Fragas.

Fragas agora a atingir as costas de Lobo com golpes de antebraço fortes, grande parte do público não gosta de ver a mudança de ímpeto a acontecer...Fragas coloca-se de lado para Daniel Lobo, que está curvado depois daqueles golpes nas suas costas e começa a dar-lhe joelhadas atrás de joelhadas nas costelas e no estômago. Fragas agora com uma joelhada em cheio na boca de Daniel Lobo, que se endireita um pouco depois do impacto...Kneeling Jawbreaker de Aníbal Fragas! Lobo cai depois desta manobra, agarrado à zona do maxilar!

Fragas prefere não ir para o assentamento de espáduas e, tal como Lobo o fez antes, lança-se para cima do adversário a descarregar socos e cotoveladas umas a seguir às outras, até que Jorge Mesquita interfere e tira Fragas de cima de Lobo. Martins está a pedir a troca, mas Fragas ignora-o por completo. O presidiário opta antes por levantar Lobo...mas este atinge-o de imediato com um Uppercut em cheio no queixo!

Fragas fica virado de costas para Lobo depois deste murro e o lutador odivelense planta-o no meio do ringue com um Inverted DDT! Lobo não perde tempo e agarra Fragas, arrastando-o para o canto da sua equipa, onde faz a troca com Mayhem. Lobo fica a segurar os braços de Fragas, deixando-o à disposição de Mayhem que desfere um murro de direita violentíssimo na cara do presidiário que cai desamparado no chão.

Mayhem agarra em Fragas como se de um boneco de trapos se tratasse e arremessa-o para o tapete com um Scoop Powerslam. Assentamento de espáduas de Mayhem, 1...2...Fragas safa-se. Mayhem volta a levantar e atira-o autenticamente contra o canto da sua equipa e atinge o abdómen de Fragas com vários Shoulder Thrusts. Mayhem faz agora o tag com Lobo, vê-se o trabalho de equipa entre os dois. Lobo acerta com um murro forte em Fragas logo ao entrar.
Lobo tira Fragas do canto, vai-o levantar para um Brainbuster...Oh, Martins interfere no combate atingindo as costas de Daniel Lobo! O árbitro de imediato agarra Martins e manda-o de volta para o seu canto, mas Fragas teve a aberta necessária para ripostar, soco forte na cara de Lobo! Lobo responde com um soco dele mesmo! Mais um soco de Fragas! E um de Lobo! E outro de Fragas! E mais um de Lobo! E um segundo de Lobo! E um terceiro! Lobo a ganhar vantagem...mas Fragas acaba com o ímpeto com uma joelhada forte!

Fragas vai às cordas...Yakuza Kick de Fragas a derrubar Daniel Lobo! Quase que lhe arrancou a cabeça! Fragas vai parar em frente a Martins, que lhe pede o tag, mas Aníbal nega-se a fazê-lo, virando as costas ao mesmo. E Martins aproveita para fazer um blind tag! Martins a entrar fresco no combate, salta de imediato para cima das cordas...Springboard Elbow Drop em Daniel Lobo! Assentamento de espáduas, Martins a tentar assegurar uma vitória rápida...1...2...Mayhem interfere pontapeando as costas de Martins e interrompendo a contagem!

Agora Jorge Mesquita encarrega-se de indicar a Mayhem para que vá para o seu canto e, enquanto o faz, Martins arranha a cara de Lobo! O público apupa Martins! Martins levanta Lobo...DDT! Novo assentamento de espáduas...1...2...Lobo consegue safar-se! Martins volta a levantar Lobo...envia-o para as cordas...mas apenas para este o atingir com um Lariat portentoso! Mas Lobo deixa-se cair! Lobo arrasta-se não para cima de Martins, mas para o canto da sua equipa...tag feita com Mayhem!

O grandalhão sobe ao canto, espera que Martins se levante...Martins está-se a levantar, mas de costas para Mayhem, que aguarda que este se coloque de frente para ele...Diving Clothesline de Mayhem a mandar Martins de volta ao chão! O público vibra com a manobra aérea do gigante, este levanta Martins de imediato, como se fosse um farrapo, vai para um Spinebuster...Mas Martins consegue reverter e planta Mayhem com um DDT!
Contra-golpe fantástico de Martins, que consegue colocar o seu braço por cima do peito do gigante! 1...2...Não, Lobo interfere e salva o combate para a sua equipa! Mas cá vem Fragas que derruba Lobo com um Double Leg Takedown! Os dois homens vão a rebolar para fora do ringue, ficam apenas os homens legais, Mayhem e Martins!

Martins levanta Mayhem...mas este empurra-o contra às cordas! Clothesline de Mayhem, os dois homens legais caem também para fora do ringue! Tanto Mayhem como Martins parecem magoados depois disto, e Lobo e Fragas continuam fora do ringue numa autêntica sessão de pancadaria trocando socos e cotoveladas! O árbitro começa a fazer a contagem para Mayhem e Martins, que ainda estão caídos!

Fragas e Lobo começam agora a trocar cabeçadas violentas! Do outro lado, Mayhem é o primeiro a levantar-se, este agarra em Martins e atira-o contra a barreira de segurança! Mayhem começa a esmurrar Martins como se nada fosse...Fragas a ganhar vantagem e a atirar Lobo por cima da barreira de segurança e para junto do público do outro lado!
O árbitro entretanto já vai nos cinco! Mayhem não se parece preocupar com a contagem e ele próprio atira Martins por cima da barreira de segurança e para junto do público! Mayhem aproxima-se de Martins...polegar no olho por parte de Martins! Abre-se autênticas brechas nos sítios onde os lutadores se encontram, Fragas e Lobo vão trocando socos enquanto sobem as escadas para delírio do público! E do outro lado Martins vai tentando derrubar o grandalhão com pontapés nos joelhos!

O árbitro já vai nos oito! Mayhem empurra Martins para longe, socos fortes do parceiro de Lobo na cara de Martins, mas este consegue fugir agilmente para as costas do gigante e atinge-o com mais pontapés! Nove! Martins salta para as costas de Mayhem, mas este atira-o para o chão como se fosse uma mosca! Dez!


Raquel Jacob: E o resultado final deste combate é um empate por dupla contagem!

Beja: Isto é o caos, Luís! Olha onde é que o Lobo e o Fragas já vão!

Luís: Não se pode confiar em deixar estes dois estarem no mesmo recinto!

Beja: E o Mayhem e o Martins também continuam a trocar golpes junto ao público, mas felizmente a eles já chegaram aos seguranças, mas agora olha o Lobo e o Fragas! Isto é perigoso para os nossos fãs!

Luís: Os seguranças tentam aproximar-se de Lobo e Fragas, mas com especial cuidado, estão mesmo entre o nosso público.

Beja: Eles esforçam-se para os separar, mas essa não é a tarefa fácil, eles esmurram, arranham e mordem quem lhes aparece à frente!

Luís: Estes dois querem acabar um com o outro, isso é mais do que claro!

Beja: Parece uma repetição do que aconteceu na semana passada, mas desta vez fora do ringue! Não é com este tipo de combates que a rivalidade entre estes dois homens vai terminar!

***

No ecrã aparece um vídeo que parece não estar em directo. A imagem foca num caminho de terra batida, rodeado apenas de arvoredo denso, dando a entender que é passado nos limiares de uma floresta ou no sopé de uma montanha. Seguimos um homem de costas, que sobe pelo caminho de terra batida. Pela forma de andar e pelo tipo de vestimenta nota-se que é Lasombra. Flashes na imagem mostram durante breves segundos imagens de Mauro Trincão a ser retirado da cruz completamente ensanguentado. A palavra "Porquê" aparece cobrindo o ecrã, uma voz quase fantasmagórica repetindo-a. Com Lasombra ainda a andar a sua voz é ouvida.

Lasombra: O medo é o que vos une, mas também é o que vos separa. O medo de falhar, o medo que uma vitória vos leve a uma maior queda, o medo do desconhecido, o medo do conhecido que supões como superior. Eu perdi o meu medo, porque não há razão para ter medo num mundo em que a única certeza é a morte.

Lasombra entra para o meio do mato, perdendo-se a sua figura no meio do arvoredo, no entanto a sua voz continua a ser ouvida.

Lasombra: Vou ter medo do quê? De quem? De Deus? Deus não me pode julgar, Deus não existe, Deus é uma ilusão criada pelo subconsciente submisso e pessimista humano. E num mundo em que apenas Deus julga, eu torno-me Deus. E que as minhas asas vos libertem da eterna miséria convalescente que é ser nada mais que ser comum.

A imagem fica totalmente negra e acaba com as palavras finais de Lasombra a ecoar pela arena.

Lasombra: Dorme criança, dorme criança, DORME! Enquanto dormes, o medo está lá fora, e nem todos os pulhas e escória que enchem as ruas da pseudo-civilização lá fora te assustarão. Dorme!

Aparece a palavras de tom vermelho sangue na imagem escura uma passagem.

-"E, passando eu por ti, vi-te banhada no teu sangue, e disse- te: Ainda que estás no teu sangue, vive; sim, disse-te: Ainda que estás no teu sangue, vive." - Ezequiel 16:6 -

***

A câmera foca os balneários onde Phillip Hunt se encontra. Tirando alguns objetos de um cacifo e colocando-os no seu saco desportivo. Subitamente por trás dele o Campeão da Vanguarda, Yuri Petrov, aparece. Com um ar sério o Russo toca no ombro de Hunt que se vira para ele. Por uns segundos fitam-se até que Petrov lhe fala.

Yuri Petrov: Venho em paz Hunt, com uma proposta para ti.

Hunt olha para Petrov com um ar confuso colocando o seu saco de lado e cruzando os braços. Hunt parece estar mais sério, tomando o que Petrov lhe traz como algo importante.


Phillip Hunt: Que tipo de proposta Petrov?

Yuri Petrov: Deluxe...

Phillip Hunt: Achas que tenho corpo para photoshoots em magazines de jetset?

Yuri Petrov deixa-se rir por uns breves instantes antes de voltar a formar uma expressão séria.

Yuri Petrov: Acho que tal como eu já deves andar farto desses tipos se pavonearem pela federação como se mandassem no sitio, e tal como todos os fãs lá fora, também nós achamos que algo deve ser feito, certo?

Phillip Hunt: E o que achas que dois tipos vão fazer contra todos eles?

Yuri Petrov: Realisticamente? Não chega, mas chega para fazer algo.

Phillip Hunt: O quê?

Yuri Petrov deixa um sorriso encher a sua cara enquanto dá umas palmadas no seu titulo.

Yuri Petrov: Eustass e Fuinha...São dois, nós somos dois, faz as contas. Temos mais que o necessário para parar essas duas libelinhas! E se possível, tirar-lhes o ouro, se ainda o tiverem.

Phillip Hunt: É claro que não digo que não a ouro, como deves ter percebido do meu último vídeo adquiri um gosto por “bling bling”. Mas e quanto ao teu próprio ouro? Tens de te focar nisso.

Yuri Petrov: Sou multifunções, defendo o que já tenho e desanco de porrada esses dois idiotas. Que me dizes Hunt? Está na hora de acabar o espetáculo, está na hora desses dois aprenderem a lição da vida deles, e que os Deluxe percebam que a Vanguarda não dorme enquanto eles pisam aquilo em que trabalhamos.

Yuri estica a mão para Phillip Hunt, esperando que este a aperte. Este pondera por uns segundos mas com um sorriso quase inocente toma a mão do russo.

Phillip Hunt: Mas pagas tu o jantar!

A câmara desliga-se com os dois ainda a apertar a mão.
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 38# (RTP1) - (28/01/14)

Mensagem por vlladmin em Qua 29 Jan 2014, 07:46

***


Raquel Jacob: Este combate está marcado para uma derrota e o primeiro a caminho do ringue com 87 Kg, vindo de Tomar… Diogo Lourenço!

Reação negativa com o lutador de Tomar a ser apupado de canto a canto do pavilhão.

Luís: Vamos lá ver o que este faz, certamente melhor que o Courteener que me enganou bem quando andava com a ADW.

Beja: O Courteener soube dar uma grande resposta ao Diogo e certamente que vai tentar dar mais uma resposta dentro do ringue!

Raquel Jacob: E o seu oponente com 78 Kg, vindo do Porto… David Courteener!

Reação mista vindo do público com alguns assobios e outros a gritar o seu nome.

Beja: Alguns fãs ainda não se esqueceram do que ele fez há algum tempo atrás é evidente isso.

Luís: É um hipócrita! Renunciou ao seu interior.

Beja: Todas as pessoas mudam, menos tu que contínuas o mesmo desde sempre…


O árbitro designado para este combate é Afonso Martins que passa a pente fino os dois lutadores e não encontra nada e manda soar o toque da campainha.

Ambos os lutadores entram num hold no meio do ringue com Diogo a sair por cima devido ao seu físico e a prender o braço do lutador do Porto às costas do mesmo, Courteener aguenta bem e dá um pontapés para trás acertando no abdómen de Diogo Lourenço.

David Courteener balanceia-se nas cordas e Running Flying Should Block atirando Diogo ao tapete e Courteener vai outra vez às cordas e corre para Diogo Lourenço que se encontra deitado, mas que num lapise levanta-se e aplica um clothesline. Diogo levanta Courteener e Belly-to-belly suplex! Levanta-o novamente e atira-o às cordas e faz o percurso contrário e Flying Foream Smach!

Courteener parece um pouco fora do combate e Diogo Lourenço aproveita acertando vezes consecutivas com o joelho nas suas costas, o lutador de Tomar quer mesmo destruir Courteener. Mais uma vez este é levantado e Diogo Lourenço tenta o Suplex, mas Courteener contra-ataca com um Swinging Fisherman Buster usando toda a sua força para elevar Diogo Lourenço!

Courteener atira Diogo Lourenço contra o canto e este queixa-se das cordas andando até Courteener e este aplica um Lou Thesz press seguido de murros alternados com as duas mãos. O Portuense sobre ao último andar do turnbuckle e Diving Leg Drop Bulldog, mas Diogo sai da rota de colisão e safa-se, Courteener fica a queixar-se da anca e Diogo Lourença parece querer acabar de vez e Step Up Enziguri! Diogo Lourenço aproxima Courteener do canto e sobe à última corda e Corkscrew 450 Splash, mas Courteener safa-se e aplica o seu famoso Black Out, Diogo Lourenço tenta aguentar, mas acaba por desistir!


Raquel Jacob: E o vencedor… David Soares Courteener!

Beja: Parecia algo apagado, mas ganhou o melhor.

Luís: O Diogo é que…

Sem estarem à espera, os comentadores são surpreendidos com Ryo Tanaki a roubar o auricular a Luís Barreira e a interrompe-lo.

Beja: Que é isto?!

Ryo: Lousada sei que me estás a ouvir por isso escuta com muita atenção! Tenho andado a treinar arduamente, esforço-me bastante para mostrar o meu valor, coisa que não acontece, porque não me deixam! Metem todos os novatos a lutar, mas eu não? Quero um combate, quero uma oportunidade! Eu mereço isso

Ryo é agarrado e levado por alguns seguranças e deixa cair o auricular que é apanhado por Luís Barreira.

Luís: Não há respeito nem maneiras hoje em dia, uma vergonha pegada. Ao menos serviu para calar o Courteener.

Beja: Isto foi bastante estranho.

Luís: Bem ao que me foi dito agora, que tive oportunidade de colocar novamente os meus fones… É que temos Caim Ezequiel pronto a falar ao público da VLL!

***

No Backstage encontra-se Caim, numa sala iluminada por velas, de resto escura. Uma estátua da Virgem Maria encontra-se atrás dele. O mesmo continua na sua roupa de in-ring. Suado e ainda a respirar pesadamente. Ele ergue dois dedos unidos como se fosse um santo. Um sorriso espalha-se pelo seu rostro.

Caim Ezequiel: Crentes, sabei que a minha fé não abalou por uma derrota, uma derrota contra um blasfemo. Sabei que voltarei com uma força renovada, que o escolhido de Cristo não se deixa cair mesmo perante os tempos mais negros.

Caim levanta uns papeis, sem mostrar ainda o que contêm.

Caim Ezequiel: E sim, com os tempos turbulentos e negros, tempos de provação, reparei na semana passada em algo, e talvez esse algo tenha sido o que me distraiu, e talvez eu tenha perdido hoje apenas como prova que o nosso Senhor quer que me foque no que realmente interessa. Exterminar infiéis! Uma limpeza espiritual e física.

Caim Ezequiel: Na semana passada, a simbologia da morte de Cristo foi utilizada de uma maneira repugnante por um homem possuído por forças negras do inferno. Lasombra! Pois bem Lasombra, espero que saibas que a única coisa que te espera é a luz de Cristo, uma luz que irá limpar o demónio que te consome. Eu irei-te exorcizar, eu irei-te ajudar, e tu te prostrarás a meus pés, recebendo a bênção do escolhido! Do Profeta! Do Messias!

Caim abre então o envelope retirando um papel de lá, ele vira-o para a câmera, é uma página de jornal.

Caim Ezequiel: E eu sei porque estes demónios te alcançaram Miguel...Alice! A tua mulher, uma jovem bela, de pureza singela, suponho, tu e ela tiveram um acidente de viação faz quatro semanas, em que ela faleceu. E a culpa foi tua, que ias a dirigir, suponho que ias também alcoolizado como o renegado do reino dourado que és! E agora dizes-te com Raiva contra Deus? Contra nosso Senhor? Raiva contra Deus é um pecado apenas batido pela traição, um pecado que também tu cometeste, ao teres a pobre Alice confiar a sua vida nas tuas mãos, não passas de um Judas dos tempos Modernos!

Caim começa a rir-se alto e afasta-se para revelar que um homem, provavelmente membro da equipa técnica, se encontra amarrado e amordaçado numa cadeira, o homem tenta gritar sem grandes resultados.

Caim Ezequiel: O processo de exorcização será demorado, e doloroso, mas eu já comecei a treinar! Percebe que te faço um favor, porque a alma da pobre Alice encontra-se presa no limbo até que tu pagues pelos teus pecados e sejas limpo.

Caim coloca uma mão sobre uma pequena mesa junto a si e lentamente coloca dois dos seus dedos dentro de um recipiente, mergulhando-os no que parece ser sangue. Com um movimento gentil e um sorriso e olhar de lunático ele desenha uma cruz de Cristo na testa do homem amordaçado e amarrado.

Caim Ezequiel: Planos têm de ser feitos, justiça divina tem de ser servida, antes que nos tornemos em mais uma Sodoma e Gomorra!

Do nada e abruptamente Caim pega numa bíblia enfiando com ela na cabeça do homem, fazendo-o cair da sua cadeira. Caim começa a pontapeá-lo repetidamente.

Caim Ezequiel: IN NOMINE PATRIS...ET FILII...ET SPIRITUS SANCTI....AMEN!

A imagem desliga-se repentinamente com Caim ainda a pontapear o homem estendido no chão.

***


***

A transmissão voltava e o foco estava nos comentadores.

Luis: Voltamos ao show que ainda tem muita coisa para ocorrer!

Beja: Ainda hoje teremos a assinatura do contrato do embate entre Michel-Baptiste Bangalter e Vinícius Nunes, valendo o título supremo! Já cumprimos as nossas obrigações de publicidade por hoje e muita ação ainda por vi!

Luis: Teremos o confronto entre Kevin Gunn e Darren Keane contra Eustass Kid e Arsênio Fuinha pelos Parceiros de Guerra!

Beja: Ao que parece agora Mike Orzan esta com Jay Lecter, será que Lecter vai querer vingança por causa de sua eliminação?

Luis: Esse Orzan é um chorão...

A imagem mostrava Jay Lecter andando em voltas no balneário enquanto Mike Orzan, se encontra no mesmo espaço, Lecter empurra Orzan que o empurrou de volta.

Lecter: O que foi aquilo? Azia? Ciúme de eu ser melhor?

Orzan: Só te queria mostrar um pouco do que uma interferência externa pode fazer! Espero que tenhas aprendido e não fiques a falar de uma vitória que não teveste!

Lecter (sorrindo): Não tive? Quantas asneiras! Venci-te, isso é que importa!

Orzan: Venceste com a ajuda do Jameson! Sem ele não me vencerias! Eu destruí-o com o meu Tombstone!

Lecter: Mas eu estava em cima e ganhei depois da contagem de três e é isso que importa...

Orzan: Sim, da mesma forma que perdeste essa batalha real, não tens o que reclamar!

Enquanto os dois discutiam, Justin Jameson passou pelos dois e começou a rir.
Lecter (olhando para Jameson): Tu és parvo? Por que estás a rir? Gostas de se meter sempre na vida dos outros?

Jameson: Não, mas gostei de lhe dar a vitória, quem ganhou aquele combate fui eu, os dois estavam caídos, inconscientes, eu que saí ileso de lá! E cale-se, porque eu sou mostrei que sou o melhor dos três!

Orzan: Que tal termos aquele desafio que querias? Estou pronto para ti agora!

Jameson: Por que não resolvemos os três agora mesmo?

Lecter: Ótimo!

Orzan: Assim que eu gosto!

Quando os três se preparavam para se atacar, eis que aparece Eduardo Santos que olhou com indignação, todos pararam imediatamente e ficaram a olhar para o patrão com certo receio.

Eduardo Santos: O que pensam que estão a fazer? Isso aqui é a RTP1, não é a casa da vossa prima! Mas querem saber de uma coisa engraçada? Vou-vos dar aquilo que querem, todos irão lutar, o senhor Lousada já tinha programado isto, mas aproveito e anuncio já!

Os três abriram um sorriso.

Orzan: Uma three-way match?

Eduardo Santos: Não! Jay Lecter e Mike Orzan vão lutar contra Justin Jameson e Diego Barros no próximo Vanguarda! Então, é isso que eu tenho a dizer, até mais ver!

Eduardo Santos saiu, deixando Lecter e Orzan revoltados enquanto isso, Jameson sorriu com essa ideia. A imagem desvanece.

***

Beja: Tenho que admitir, o senhor Lousada limpou aquele sítio e nem precisou de estar lá.

Luis: O homem sabe o que faz Beja, tens de admitir, olha para ele ali no ringue todo orgulhoso de si mesmo!

Beja: E  já temos um combate para próxima semana, mas agora é que vão ser elas!

A imagem foca Santiago Guerreiro, o presidente da Vanguarda da Luta Livre, e Augusto Lousada, Produtor Executivo da RTP1 e Supervisor Geral da Vanguarda, no ringue. O público recebe-os com uma reação mista.

Santiago Guerreiro: Boa noite a todos, bem-vindos a mais uma assinatura de contrato. Desta vez com um prepósito bem diferente. Na semana passada Keane e Gunn fizeram a assinatura relativo a um pacto de não-agressão. Esta semana é um pacto de agressão digamos assim.

Lousada chega-se um pouco a frente.

Augusto Lousada: Mas antes de mais é bom anunciar o convidado especial, para esta emissão que coloca a Vanguarda na RTP1 a título definitivo por mais de dois anos! Obrigado a mim!

O público vaia Lousada, enquanto Guerreiro, mais atrás, ri-se da figura do supervisor-geral.

Lousada: Sem mais demoras é favor darem as boas vindas a Fernando Mendes!

Fernando Mendes aparece na rampa a sorrir bastante, e cumprimentando alguns fãs.

Luís: Este gajo ta na tv a ganhar dinheiro desde que eu era puto e não faz nada na vida sem ser receber presuntos. Volta RTP2! Tas perdoada!

Beja: Não sejas burro, este homem é de culto nacional!

Fernando Mendes sobe as escadas de acesso ao ringue em passo de corrida, ficando logo cansado e sorrindo para o público por causa disso, o mesmo recebe-o com grande ovação. Santiago e Lousada batem palmas dentro do ringue.

Guerreiro: Bem, vamos passar o microfone ao nosso ilustre convidado por alguns minutos e ver o que ele acha deste programa!

Fernando Mendes: Antes de mais olá a todos!

Grande ovação para Fernando Mendes que levanta as mãos. Lousada fica radiante com o seu sucesso.

Mendes: É com grande prazer que estou aqui hoje, não gostei lá muito da crucificação da semana passada, mas são ideias! Eu tenho as minhas, o Lasombra tem as dele! Por favor não me faças mal!

“O Gordo”, como é apelidado, sorri.

Mendes: Mas vá, adoro a VLL e acho que finalmente preenche o campo desportivo de uma forma interessante e dá ao público uma alternativa ao quotidiano. Que esta ideia perdure por muitos anos e quem sabe se um dia não começo a treinar e entro no plantel?

Guerreiro: Isso seria deverás caricato, mas interessante! Comece a treinar e temos negócio fechado.

Ambiente de grande festa no pavilhão.

Guerreiro: No entanto encontra-se aqui apenas como convidado e como representante do canal, neste dia importante e para continuar este dia importante tenho dois anúncios a fazer. Anúncios esses que me deixam orgulhoso. O primeiro de todos remete para o próximo PPV da VLL!

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH.

Guerreiro: Como podem ver os combates de equipas tem sido uma enorme aposta da Vanguarda. Ao início também era, mas infelizmente caiu no esquecimento. Ainda assim o título reergueu-se das cinzas por volta de Julho. Foi uma boa ideia, mas só agora os títulos começam a ter competição! E por isso mesmo vamos pegar numa ideia que me agradou no passado. O evento Parceiros de Guerra estará de volta! Mas desta vez não será em sinal aberto, será em PPV!

VLL! VLL! VLL! VLL!

Guerreiro: De salientar que os vencedores do combate que teremos a seguir a isto terão então o final desse evento como garantia, ainda assim haverá um pequeno torneio nessa noite onde os vencedores enfrentam os campeões com os Parceiros de Guerra em jogo!

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH.

Fernando Mendes sorri para o público mostrando gostar da ideia.


Guerreiro: Mas esse não será o combate principal da noite! O combate principal da noite será este que estamos aqui para assinar. Michel-Baptiste Bangalter, o líder dos DeLuxe SAD, contra o campeão Supremo Vinícius Nunes!

O público reage negativamente ao nome de Bangalter e positivamente ao nome do campeão.

Guerreiro: E esse combate será um “2 out of 3 falls”. O primeiro a vencer duas vezes vence o combate. Nada mais simples!


BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH.

Luís: Finalmente vai aquecer isto! Pensei que o Gordo é que ia assinar o contrato pelos lutadores…

Beja: Aqui vem Michel-Baptiste Bangalter, que aparece no evento pela primeira vez hoje!

Luís: Sinceramente ele devia aparecer mais, olha-me a classe daquele homem, desce a rampa com um fato Armani bem elegante.

Beja: Como é que sabes a marca?

Luís: Bem… Deixa ouvir masé!

Michel-Baptiste Bangalter entra no ringue, desaperta o botão do seu casaco e pede um microfone que rapidamente lhe é concedido.

Michel-Baptiste Bangalter: Bonjour…

Bangalter cumprimenta o presidente, o supervisor-geral, mas não cumprimenta Fernando Mendes.

Bangalter: A si não, que essa doença ainda se passa para mim… Essa obesidade toda… Merde…

Guerreiro: Acho que devias ter mais respeito pelos convidados da federação….

Bangalter: Oui oui… Eu até teria, se já fosse o campeão, quer dizer eu até sou…

Luís: Michel aponta para o seu título deslumbrante na cintura.

Lousada: A Vanguarda não reconhece esse título como legitimo, como já lhe foi dito…

Bangalter: Eu sei, mas vai ser. O Vinícius também não me reconhece como sócio e olhe. Eu sou.

O Francês sorri sarcasticamente, enquanto o público o vaia.

Bangalter: Bem vamos lá passar a assinatura ou estão a espera que eu me torne obeso? É que se for para isso mais vale me sentar.

Fernando Mendes aproxima-se de Bangalter mostrando que não gosta das palavras do jovem DeLuxe.

Mendes: Respeito jovem!

Bangalter: Oui oui.

Bangalter pega numa caneta, que se encontrava em cima da mesa onde o contrato também se encontra e coloca o seu nome.


Beja: E aqui vem o campeão Supremo debaixo de uma ovação enorme!

Luís: Futuro ex-campeão Supremo. Aquele título é feio! Nem que o Bangalter ganhe só para mudar o design!

Vinícius aparece no stage, de fato de treino, já com um microfone na mão.

Vinícius Nunes: Aqui temos galera. O maior bully da história da VLL! Michel-Baptiste Bangalter! O homem que só se mete com quem não deve! As palavras que proferi a uns minutos parecem não ter feito diferença…

O DeLuxe interrompe Vinícius.

Bangalter: Estou farto de ouvir o teu discurso Vinícius, anda é com um gravador atrás de ti, limita-te a colocar a tocar. Dizes sempre o mesmo.

Vinícius entra no ringue e rapidamente tira o casaco de treino atirando-o para o chão. De seguida dirige-se até a mesa e assina também ele o contrato.

O público encontra-se ao rubro. Bangalter aponta para o seu título, Vinícius para o seu, ambos encostam a cabeça.


Beja: As coisas estão a ficar tensas por aqui, Augusto Lousada e Santiago Guerreiro, com o contrato na mão, deixam o ringue!

Luís: Acho que o Gordo devia sair também, antes que levasse por tabela.

Fernando Mendes vai a deixar o ringue, mas Bangalter chama-o. “O Gordo” vira-se e leva uma chapada de Michel-Baptiste Bangalter que deixa cair o seu sorriso rapidamente, Vinícius ataca-o!

Beja: E começou! O público esta ao rubro aqui na arena da VLL! Vinícius ataca violentamente Michel-Baptiste Bangalter.

Luís: Os DeLuxe que venham ajudar!

Beja: Takedown poderoso! Vinícius atira Bangalter ao chão.


Luís: Mas? Que música é esta?

Beja: Nunca a ouvi aqui na VLL… Mas parece Nina Simone?

Luís: É Filipe Azevedo ali no meio do público?

Filipe Azevedo desce as escadas pelo meio do público, enquanto Bangalter continua no ringue.

Beja: Repara no ecrã gigante vemos o vídeo dos DeLuxe! Filipe é um membro novo? Que se passa?

Luís: Acho que já vamos descobrir visto que ele pegou numa cadeira e acabou de entrar no ringue!

Beja: Cadeirada nas costas de Vinícius! Que brutalidade… Filipe vem salvar Bangalter.

Luís: Sim! Sim! Filipe pega em Vinícius, que força! Spinning Side Slam!

Bangalter levanta-se com a ajuda das cordas. A sua roupa esta toda amarrotada.

Beja: Bangalter agora ataca Vinícius com pontapés! Pois bem assim também eu!

Bangalter pega na cadeira e espeta-a nos abdominais de Vinícius.

Luís: Força bruta! Mas parece que já acabou. Michel-Baptiste Bangalter domina Vinícius Nunes! Isto é uma visão do que irá acontecer no Parceiros de Guerra!

Beja: Agora ambos saem do ringue, novo membro para os DeLuxe, agora tudo faz sentido! O ataque a Tyler no combate pelos títulos e o ataque por parte de Arsénio e Eustass na semana passada! Enfim estes gajos acham-se mais inteligentes que os outros!

Luís: E claramente são! Agora temos outra besta nos bastidores, enquanto Bangalter, o próximo Supremo, deixa a arena com Filipe Azevedo, “A Bomba” dos novos DeLuxe!

***

Surgem no backstage Pedro Lombarda acompanhado de Jack Neville com uma expressão bastante arrogante e de tédio com o seu habitual fato e gravata com óculos de sol e de Alexander Randall que está a exibir a sua imponente estatura física. De súbito, Neville dá um papel a Pedro Lombarda e dá-lhe ordens explícitas para ler o que está lá escrito enquanto Randall olha seriamente com uma postura ameaçadora para o jornalista.

Lombarda: Boa noite senhores e senhoras. Aqui comigo, o manager de maior sucesso na Vanguarda da Luta Livre acompanhado pelo seu cliente que será um futuro Campeão Supremo da mesma... Jack Neville e Alexander Randall.

Neville: Boa noite Lombarda, é um prazer estar aqui. Aliás que prazer o meu ser manager deste grandioso espécime. Repara, olha bem para este atleta. Adoravas ser assim não adoravas? Admite lá que em casa vês o vídeo de entrada do Randall a imaginar que tu és ele. Admite.

Randall olha de forma intimidante para o jornalista que olha para o chão algo encolhido.

Neville: Ah, a timidez perante o seu ídolo. Não faz mal caro Pedro, eu entendo. É díficil ser um falhado num país triturador de jovens universitários. Deixa lá... Não vamos falar mais de gente irrelevante como tu. Vamos antes falar da maior coisa que está acontecer na Vanguarda da Luta Livre... Alexander Randall. Depois do meu cliente dominar aquele drogado patético do Gante, o que se segue? Simples. Estou aqui para pedir competição!

Randall retira o microfone a Pedro Lombarda e bastante respeitosamente embora mantendo a sua postura dá-o a Jack Neville.

Neville: Obrigado Alexander. Bom, o meu pedido é simples. Sei que Lousada e Guerreiro têm dificuldades em arranjar um adversário que dure cinco minutos contra o meu cliente mas eu sinceramente não quero saber. Randall quer fazer um nome e um legado nesta federação e eu exijo que o meu cliente tenha combates que o levem a ter a médio prazo uma oportunidade pelo cobiçado título da Vanguarda cujo campeão é Yuri Petrov.

Jack Neville sorri e baixa um pouco os seus óculos de sol para a ponta do nariz enquanto olha para a câmera.

Neville: Sei muito bem que há uma fila de pretendentes para tal título e eu compreendo isso. Agora o que o 'management' da Vanguarda da Luta Livre tem que entender é que o meu cliente vai pegar nessa fila de pretendentes um por um e vai mandá-los para o fim da mesma... Porque Alexander Randall não espera pelas derrotas dos outros falhados... Alexander Randall exige oportunidades... E acima de tudo... Alexander Randall agarra as oportunidades pelo pescoço, uma a uma... Portanto... O meu cliente quer combate e espero que esse combate seja breve... Quanto a Petrov... O dia de ele está em contagem descrescente.

Jack Neville olha para o seu relógio com uma cara algo a troçar do actual campeão da Vanguarda, Yuri Petrov.

Neville: Tic, tac... Tic, tac...

Jack Neville devolve algo violentamente o microfone a Pedro Lombarda, enquanto Randall faz uma pose a exibir a sua musculatura enquanto solta um grito algo intimidante perante um Pedro Lombarda bastante assustado.

***

A câmara fixa volta a focar o ringue. É hora do evento principal da noite e nota-se a tensão e expectativa na plateia.

Luís: Está na hora da pancadaria...

Beja: É hora do momento da noite. Os Parceiros de Guerra vão ser defendidos neste evento principal. Temos por um lado os campeões a representar os DeLuxe Eustass Kid e Arsénio Fuinha contra os candidatos principais... A disfuncional tag team de Kevin Gunn e Darren Keane.

Luís: Keane que nas últimas horas foi alvo de críticas mais cerradas ainda do que o habitual por parte de Gunn. Não há amor ou companheirismo entre estes dois e isto vai-lhes custar esta oportunidade.

Beja: Eles têm hipóteses. Kevin Gunn é um grande atleta e Darren Keane poderá conseguir aproveitar as capacidades do seu parceiro para conseguir um grande feito na sua carreira. Nenhum dos dois ainda conquistou o ouro nesta federação e podem fazê-lo aqui hoje!


Raquel Jacob: Senhoras e senhores, este combate está marcado para uma derrota e é pelos Parceiros de Guerra... A caminho do ringue... Os candidatos principais... Senhoras e senhores... Kevin Gunn e Darren Keane.

O público reage de forma mista a puxar um pouco por Kevin Gunn e desprezando Darren Keane. Vê-se Kevin Gunn a apontar para o titantron e para si próprio como que a fazer troça do Irlandês pelo mesmo ser desvalorizado ao ponto de o theme e o vídeo de entrada serem de Gunn. Ambos entram no ringue e trocam algumas palavras agressivamente.

Beja: Parece que as coisas não melhoraram até à hora deste combate.

Luís: O comboio da oportunidade tem uma paragem neste evento principal e começa-me a parecer que ambos não têm bilhete. Cheira-me a desperdício de uma oportunidade de ouro!

Beja: Até mesmo o público torce mais por Gunn do que por Keane. Será que Keane está pronto e tem maturidade para este oportunidade? Eu sinceramente gostaria de questionar isso. Gunn é um lutador com créditos firmados mas Keane é apenas um novato.

O público dirige alguns cânticos de "sobrevalorizado" a Darren Keane perante um Kevin Gunn que incentiva o público a ofender o seu parceiro.


Raquel Jacob: E caminhando para o ringue... Os actuais Campeões dos títulos Parceiros de Guerra... Representando os DeLuxe... Arsénio Fuinha e Eustass Kid!

O público apupa intensamente Fuinha e Eustass Kid.

Beja: E aí vêm os campeões. Apesar de Fuinha ter tido esta oportunidade um pouco caída do céu... Temos que dar crédito ao reino de Eustass Kid que se está a provar um especialista na Divisão de Parceiros de Guerra.

Luís: O que estás tu a dizer? Fuinha mereceu totalmente este oportunidade após a lesão de Delmar. Ele é fantástico tal como o Eustass o é. E este grupo, os DeLuxe são a melhor coisa para se colocar na RTP1 durante um Vanguarda. São audiências, meu caro! Audiências. Basta ver o que o Bangalter fez introduzindo o Filipe no jogo!

Beja: Bem, os campeões já estão no ringue... Isto de qualquer forma promete ser um batalha.

Luís: Batalha? Prevejo sim um fracasso de Gunn e Keane uma vitória dominante para os campeões...

Eustass Kid vai começar o combate do lado dos DeLuxe, Keane "ordena" Gunn para ser o Irlandês a começar perante um Gunn que se ri de Keane e que o convida a começar.


Eustass Kid e Darren Keane começam no centro do ringue. Keane vira-se para Gunn e grita para ele aprender como se faz perante um Gunn que não esboça reacção e se encosta às cordas. Eustass acerta um polegar no olho de Keane e tenta um roll-up...1..2...... Keane safa-se no último milésimo!! Eustass não perde tempo e começa socar o Irlandês violentamente na cara... Keane levanta-se e tenta ripostar sem sucesso, Eustass acerta alguns uppercuts e o pretenso Son of Violence cai no chão... Knee Drop na cabeça de Keane por Eustass. Eustass levanta Keane e dirige-o para o turnbuckle onde Fuinha aguarda pelo tag... Eustass corre... Clothesline fortíssima em Keane seguinda de um Tornado DDT muito bem aplicado. Eustass faz o tag com Fuinha... Double Suplex! Fuinha tenta o cover 1...2..... Keane safa-se. Fuinha levanta Keane... Big Boot em cheio! 1..2... Keane safa-se e tenta rastejar para o tag com Gunn, perante Fuinha que faz troça de Gunn.

Fuinha agarra Keane para o Sleeper bem no centro do ringue... Keane tenta ripostar perante um público que está a vaiar ambos os lutadores no centro do ringue e a gritar por Gunn. Keane parece estar a sucumbir... O árbitro checka Keane... Levanta-lhe o braço uma vez... Nada. Duas... Nada... Se o braço não responder novamento ao árbitro os DeLuxe vão ganhar... Keane mostra sinais de vida! Keane acerta algumas cotoveladas em Fuinha, Fuinha larga a submissão, Keane vai às cordas, devia-se de uma clothesline de Fuinha... Cotovelada em cheio no nariz de Fuinha... Keane salta para o Tag e entra Gunn completamente furioso e determinado... Ele atinge vários socos na cara de Fuinha... Snap Suplex! Gunn não larga e levanta Fuinha, o mesmo vai para o segundo Snap Suplex... Bem aplicado! Gunn levanta-o novamente.... Terceiro Snap Suplex! Fuinha neste momento não sabe de que terra é.

Kevin Gunn sobe à terceira corda e puxa pelo público. Gunn lança-se num Diving Elbow Drop da terceira corda que acerta em cheio no peito de Fuinha... Gunn vai ganhar os títulos!! 1...2...... Fuinha safa-se. Gunn não desiste e tenta procurar a Kimura mas Fuinha consegue fugir... Gunn no entanto agarra Fuinha... Belly to Belly Overhead Suplex muito bem aplicado pelo técnicista Inglês! Kevin Gunn levanta Fuinha... Running Powerslam a fazer lembrar o British Bulldog! 1..2........ Eustass Kid interrompe no último segundo. O árbitro fica a discutir com Eustass ordenando-o para voltar ao canto enquanto Gunn é arranhado nos olhos por Fuinha... Que de imediato tira o árbitro da frente e faz o Tag com Eustass! Arsénio Fuinha cai para fora do ringue devido ao desgaste e ao estado em que se encontra depois de levar tantos golpes de Gunn.

Eustass Kid entra e troca alguns socos com Gunn... Gunn sorri e bloqueia o braço direito de Eustass. DDT de Gunn em Eustass. O inglês está a sentir o ímpeto e aplica um German Suplex em Eustass... Dois... Três... Kevin Gunn está a levar Darren Keane completamente às costas neste combate! Kevin Gunn faz sinal para o London Calling... Ele agarra Eustass Kid... Blind Tag de Darren Keane... Kevin Gunn aplica o London Calling em Eustass Kid! Contagem... Mas o árbitro diz a Gunn que Keane é o homem leagal perante o público que reage furiosamente. Kevin Gunn começa a discutir com Darren Keane, Keane que ordena o Inglês para ir para fora do ringue. Keane perde muito tempo e goza com a plateia e com Kevin Gunn. Keane faz sinal para o Brawl Slam... Levanta Eustass Kid... Eustass Kid inverte e tem um roll-up... 1...2...3!! Os DeLuxe retêm os títulos!



Raquel Jacob: Os vencedores e ainda os detentores dos títulos de campeões dos Parceiros de Guerra... DeLuxe SAD!

Luís: Eu sabia que isto ia acontecer. Não podia dar noutra coisa.

Beja: Keane acabou de arruinar a conquista dos títulos para si e para Kevin Gunn. Lamentável...

A imagem surge com os campeões a saírem do ringue com os títulos e a festejarem imenso e na imagem surge Kevin Gunn furioso com um Darren Keane no centro do ringue incrédulo com o que aconteceu. Os DeLuxe voltam ao ringue pelas costas, Arsénio Fuinha aplica um DDT em Darren Keane e Eustass Kid tenta fazer o mesmo a Gunn que o atira por cima da terceira corda... Gunn então agarra em Arsénio Fuinha e aplica-lhe um London Calling. Fuinha fica plantado e Eustass Kid agarra-o e ambos abandonam o ringue com os títulos... Darren Keane está estendido no chão.

Kevin Gunn faz uma expressão meio tresloucada... Vai buscar uma cadeira... E entra no ringue com ela... Ele olha para Darren Keane... Gunn se atingir Keane é despedido devido ao contrato de não-agressão que ambos têm... Kevin Gunn coloca uma cadeira no pescoço de Darren Keane e começa a subir à terceira corda... O público diz para Gunn não o faz... Gunn ignora totalmente... Gunn vai saltar da terceira corda e eventualmente vai acabar com a carreira de Darren Keane partindo-lhe o pescoço!!!

De súbito a imagem fica toda negra, as luzes vão abaixo no pavilhão... Durante vários segundos fica tudo escuro e não se consegue ver nada... De repente a imagem volta e apenas surge Keane estendido no chão com a cadeira ainda no pescoço sem ninguém lhe ter tocado... Kevin Gunn no entanto desapareceu sem deixar rasto.

Beja: Mas... Mas?

Luís: Que raio?

Beja: Kevin Gunn estava prestes a fazer a asneira da sua vida e de repente as luzes foram abaixo e o mesmo desapareceu.

Luís: Mas o que significa isto?

Beja: Não sei mas não temos mais tempo para descobrir infelizmente! Boa noite fãs da Vanguarda da Luta Livre, até terça!
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 38# (RTP1) - (28/01/14)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum