ESPECIAL DE ANIVERSÁRIO (PPV8#) (11/01/14)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

ESPECIAL DE ANIVERSÁRIO (PPV8#) (11/01/14)

Mensagem por vlladmin em Qui 26 Dez 2013, 11:13

(Sujeito a alterações)

DRAGÃO CAIXA
2.092 LUGARES 
|11 de Janeiro de 2014|

COMBATE PRINCIPAL DA NOITE
COMBATE PELO LUGAR DE CANDIDATO PRINCIPAL AO TÍTULO SUPREMO
KEVIN GUNN vs MICHEL-BAPTISTE BANGALTER

*****

YURI PETROV (C) VS ANTÔNIO ANDRADE VS ARSÊNIO FUINHA PELO TÍTULO DA VANGUARDA
MOORE SD VS CAIM EZEQUIEL NO DISQUALIFICATION MATCH
TYLER WOODSTATE E FILIPE AZEVEDO VS DELMAR E EUSTASS KIDD (C) PELOS PARCEIROS DE GUERRA
GABRIEL MARTINS VS DANIEL LOBO
DIOGO LOURENÇO VS JORGE GANTE
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ESPECIAL DE ANIVERSÁRIO (PPV8#) (11/01/14)

Mensagem por vlladmin em Dom 12 Jan 2014, 10:03

A imagem começa por mostrar Augusto Lousada, sentado na secretária do seu escritório a assinar uns papeis. É então que alguém bate à porta.

Lousada: Sim?

A porta abre-se e entra um jovem de origem asiática. Este é homem é Ryo Tanaki.

Ryo Tanaki: Senhor Lousada, boa noite, eu sou o Ryo Tanaki, o Frederico de Queirós disse-me para falar consigo.

Lousada olha para Ryo com aparente indiferença.

Lousada: Sim, sim. O Frederico disse-me que deste nas vistas nas provas que fizeste na ANW, que tens talento, que merecias um contrato.

Ryo Tanaki: O Frederico é um bom homem e um grande treinador, Senhor Lousada.

Lousada: Sim, não digo o contrário...Mas no que diz respeito à tua questão, Ryo...não é assim tão simples como o Frederico te deve ter dito. Nós neste momento estamos com um plantel bastante preenchido, não é fácil entrar nos nossos quadros.

Ryo Tanaki: Eu entendo, sr. Lousada. Se achar que devo ficar por uns tempos na Academia e esperar pela minha oportunidade não terei problemas em fazê-lo.

Lousada: Não é só isso. Eu conheço o teu talento, Ryo, mas também conheço o teu passado. E isso complica um pouco a coisa. Dar um contrato de longa duração a alguém com o teu historial, mesmo que seja um contrato de desenvolvimento...é um risco.

Ryo Tanaki: Asseguro-lhe que estou focado. O passado ficou no passado, apenas quero recuperar o tempo que perdi, e quero fazê-lo aqui.

Lousada sorri para Ryo.

Lousada: Muito bem, e estás disposto a mostrar isso mesmo?

Ryo Tanaki: Obviamente, estou motivadíssimo para este desafio. Mostrá-lo-ei quando quiser.

Lousada abre a gaveta superior da sua secretária e tira de lá um papel.

Lousada: Então façamos assim, tenho um desafio para ti. Um contrato à experiência com a duração de um mês. Não com a Academia Nacional de Wrestling, mas com a Vanguarda da Luta Livre. Durante esse mês a tua prestração será avaliada pessoalmente por mim, terei em conta a tua disciplina e a tua performance dentro do ringue. Caso a minha avaliação seja positiva, assinamos um contrato de longa duração, caso contrário...bem, tu podes imaginar. O que me dizes Ryo?

Ryo olha para Lousada, que tem à sua frente o papel que tirou da gaveta e na mão uma caneta...e limita-se então a sentar na cadeira à frente do Supervisor Geral da VLL. A imagem desvanece.


***



Toca o tema do Vanguarda Especial de Aniversário, Kill A Stranger, dos Fozzy. A imagem capta um espectáculo de pirotecnia no topo da rampa de entrada. A câmara dá depois a volta ao recinto, mostrando o Dragão Caixa completamente cheio de fãs da Vanguarda da Luta Livre.

Luís: Começa o espetáculo! E estamos de volta ao sítio onde tudo começou, o Dragão Caixa! Estamos aqui para celebrar um ano de Vanguarda, nem acredito, eu que estive em todas as transmissões estou orgulhoso, boa noite pessoal, boa noite Beja, parabéns pra todos, mas principalmente pra mim!

Beja: Boa noite, parabéns pra todos os fãs e aqueles que trabalham ou trabalharam para a VLL ser o que é hoje! Esta é uma família que está sempre em crescimento e, como acabámos de ver, há sempre quem queira entrar na mesma. Conseguirá Ryo Tanaki convencer Lousada a dar-lhe um contrato? Veremos.

Luís: Exacto Beja, veremos. Mas sinceramente, isso pouco me interessa neste momento.  O que me interessa é que esperamos por um grande confronto no main-event, quem ganhar o combate entre Kevin Gunn e Michel-Baptiste Bangalter, terá tudo para ser o novo Campeão Supremo!

Beja: Tu que pensas Beja, Vinícius é o vencedor do torneio, mas o main-event dirá quem será o próximo oponente, e ainda teremos muitos combates de emoção, e o primeiro combate será algo familiar...

Luís: Jorge Gante e Diogo Lourenço finalmente se resolverão, tudo isso pela burrice de Gante ao largar os Verno, porém isso vale o emprego de Gante, isso vai ser interessante!

Beja: Dessa vez eu concordo totalmente contigo!


Raquel Jacob: Essa luta é de uma derrota, primeiro a entrar no ringue, vindo de Lisboa, Portugal, pesando 99 quilos, Jorge Gante!

BUUUUUUUUUUUUUUUUH!!!

Beja: Parece que o público não esqueceu as acções passadas de Jorge Gante...

Luís: A ver é se o tipo se aguenta melhor do que contra o Verme, que aquilo foi uma pouca vergonha.

Beja: Calma Luís, até outro dia gostavas dele... 

Luís: Gostei até ele virar as costas aos Verno, hoje ele é inútil. 

Raquel Jacob: E seu adversário, pesando 87 quilos, vindo de Tomar, Portugal! Diogo Lourenço! 




YEEEAAAAAAAH/BUUUUUUUUUUH!

Beja: Reação mista para Diogo Lourenço! 

Luís: Quem o apupa não percebo nada disto, espero que ele acabe com o Gante... 

Beja: Tu sofres de bipolaridade, criticaste-o quando cumprimentou o Petrov e agora morres de amores por ele... 

Luís: Gosto do Lourenço, mas quando ele erra, eu tenho que apontar, isso se chama coerência, não fico cego pelos meus favoritos como tu, ainda bem que o Vinícius não luta hoje, Deus deu-me essa dádiva! 

Beja: O que é que o Vinícius tem a ver com isto? 

Luís: Já foste defender o teu amado... 

Beja: Vamos prá luta! 


Jorge Mesquita é o oficial do combate. 
Gante estende a mão, mas DL responde com uma chapada e depois um Running Dropkick em Gante que foi potente! Gante se levanta e recebe um Russian Legsweep seguido de um Belly-to-Belly Suplex, foi para a cover, mas Gante se levantou no dois. DL continua com vários murros no rosto de Gante, Jorge parece meio perdido pelo combate, não se sabe se é por ter entrado desconcentrado, ou por estar fortemente atacado por DL.

Gante tenta devolver os murros de DL, porém recebe um Turnbuckle Powerbomb seguido de um Missle Dropkick, cover, 1-2-2,5, Gante sobrevive a essa brutal seqüência de DL. DL pisa várias vezes em Gante e zomba do seu ex-mestre, Gante aparenta está mesmo muito abatido, não tem muita confiança em si mesmo, não é o mesmo de antes. 

Gante tenta uma ofensiva, mas é facilmente apanhado em um Kanel Clutch do DL, porém Gante se safa e tenta sair do ringue para se reagrupar. DL vai atrás dele e Gante volta ao ringue recebendo-o com vários pisões em seqüência, até que DL fica inconsciente no chão! É o momento para Gante, ele vai ao canto oposto do ringue, faz sua taunt habitual e Alucinação! O seu spear atinge DL em cheio, este que tentava se levantar! 

Vai acabar, nada disso! DL reage antes do dois e escapa do pin, Gante fica consternado, não sabe o que fazer, até a sua melhor arma não adiantou. Gante olhou para DL, pensou em tentar o Alucinação outra vez, ele se posiciona, vai de novo ao encontro de Lourenço, mas recebe um Set up Enziguri! DL sobe na terceira corda! Corkscrew 450 Splash – SkyFall! 1-2-3! Vitória de DL!
 

Raquel Jacob: E o vencedor, Diogo Lourenço! 



Beja: Derrota difícil para Gante que sai, desolado, mas sem dizer nada. 

Luís: É, e finalmente, o Gante foi-se de vez! Estava farto dele, o DL dominou completamente. 

Beja: Verdade, DL está muito forte, mas veja Raquel vai entrevistar Lourenço, vamos ouvir. 

O foco volta ao ringue com Raquel Jacob entrevistando Diogo Lourenço.

Raquel Jacob: Primeiramente, parabéns Diogo, grande vitória! Como te sentes em ter praticamente ter atirado Jorge Gante para fora da VLL?

Diogo: Alívio. Sinto simplesmente alívio, finalmente acabei com este capítulo pendente, agora estou livre para ser quem eu sou e para perseguir os meus próprios objetivos. Verno, Jorge, Al, tudo isso é passado para mim, o que me interessa neste momento é assegurar o meu presente e o meu futuro na VLL.

Raquel: Estás a pensar em voltar a entrar na luta pelo Título da Vanguarda?

Diogo: Talvez, pode ser isso, pode ser outra coisa. Agora eu sou um homem livre e estou pronto para enfrentar qualquer um, todos vão saber que sou mais do que um membro do Verno, ou pupilo do Gante.

YEEEEEEEEEEEEEEAH!!!

Raquel: E parece que o público gosta deste novo Diogo Lourenço...

Diogo: E eu também gosto deste Diogo Lourenço, Raquel. Mas quero deixar claro uma coisa: eu não estou aqui para satisfazer ninguém, incluindo os fãs. A única coisa que podem esperar de mim é que, a partir de agora, vou lutar sempre por aquilo que quero e para fazer valer as minhas próprias crenças. Nada mais.

Raquel: Obrigada Diogo, até a próxima!

Diogo: De nada, Raquel, de nada....

Diogo saiu do ringue calmamente com ar de satisfação no rosto.

Beja: Bela entrevista de Diogo Lourenço... 

Luís: Concordo, está na altura do puto se defender a si mesmo... Mas parece que há uma conversa dos Deluxe no balneário, será que o Bangalter está com eles? 

Beja: Não sei, vamos ver. 


***


Arsénio Fuínha está-se a preparar para o combate de mais logo contra Petrov e Andrade pelo Título da Vanguarda. A preparação foi interrompida por Lucas Brandão que regressava há VLL depois de um tempo ausente.  

Arsénio (sorrindo): Tu por aqui Lucas?

Lucas: Sim, hoje é um dia especial, Bangalter pode-se tornar no Candidato Principal ao Título Supremo e tu podes ser o novo campeão da Vanguarda. Os Deluxe SAD estão próximos de se tornar no grupo mais dominante da Vanguarda e um dos grupos mais dominantes de sempre, não poderia perder isso.

Arsénio: Hoje será o início do retorno do investimento do Jorge Mendes em nós, desde que entrei neste grupo eu sabia que seria o melhor a fazer, e comigo como Campeão da Vanguarda e Bangalter a Campeão Supremo, dominaremos isso! Já temos os Parceiros de Guerra do teu primo!

Lucas (desanimado): Pois é, o meu primo, mas sabes, ele é meio estúpido às vezes, não é o grande profissional que tu és, tu não andas às piadinhas... Gosto do Eustass, mas tu és o membro em que mais confio aqui, desde que entraste que eu sempre vi algo diferente em ti, tu tens muito futuro, e quem está a dizê-lo é um dos homens que está nisto desde o começo, mas que não vai receber uma homenagem porque esta gente é ingrata...

Arsénio: Muito obrigado Lucas pela confiança, tu também és um homem em que confio muito e espero não decepcionar-te! Ah... Sabes onde está o Bangalter, nunca mais tive notícias dele...

Lucas: Sei que não me irás desiludir, Arsénio, no final da noite terás ouro à volta da cintura. Quanto ao Bangalter,  não sei dele...mas ele virá, estará aqui para cumprir o seu destino! Bem, Arsénio, vou ver se desejo boa sorte ao meu primo e ao Delmar...Até daqui a pouco.


No lado de fora poderia ver Eustass a ouvir toda a conversa e passar com passos raivosos pelo corredor. Lucas pareceu perceber e, por momentos, ainda pareceu ir atrás do primo, mas seguiu o caminho oposto.  


A imagem volta para os comentadores.


Beja: Eustass Kid não gostou nada daquela conversa...

Luís: Tava de cabeça quente, mas o Lucas tem certa razão, o Fuínha é um grande profissional, ele ou Andrade serão campeões! A minha aposta vai para o Fuínha...

Beja: Não desconsideres o Petrov...

Luís: Não, mas estou farto dele... Porém parece que vai aparecer algo diferente no ecrã..

Beja: Será o retorno de uma grande estrela que estará no primeiro Vanguarda do ano, dia 21 de janeiro!


***


A imagem estava em um breu total, até que aparece o vulto de um homem, não se consegue ver bem o seu rosto, mas tem uma cabeleira vermelha e está a usar uma vestimenta escura. Esse homem estava de cabeça baixa e não queria ser identificado no momento.

???: Tive que sair, mas as coisas mudaram por agora, o drogado estará de volta...ou será que não?

É feita uma pequena pausa.

???: Por que é que o drogado sumiu? Por que é que ele desapareceu? Porquê?

Ecoam esses gritos durante algum tempo.

???: Tudo está a ser explicado, o desaparecimente, o retorno, a atitude, vai tudo dar ao mesmo, mas, simultaneamente, é tudo diferente... A pessoa respirará, andará, lutará e até falará como a mesma que era antes e, porém, a essência do seu Eu antigo não existe mais, a essência agora é nova, quer seja melhor ou pior. Mas com certeza que é diferente. E dia 21 esse mistério será revelado, porque não será apenas mais um retorno.

Ele olha de um lado para o outro, o perfil parecia ser conhecido, mas não dava para reconhecer o seu rosto.

???: Não será qualquer retorno porque será o meu retorno! Isso mesmo, o meu!

O homem acende uma vela e é revelado o ex-Parceiro de Guerra, David Soares Courteener.

Courteener: Dia 21 David Soares Courteener voltará a lutar na VLL e aí todos perceberão que , embora seja o mesmo, tudo mudou no meu ser e essa mudança será observada por todos vocês!  

A imagem desvanece e volta para mesa de comentários.

Beja: Sensacional! Courteener vai voltar!

Luís: Não sei porque tanta festa, o moço até começou bem com o Delmar, mas depois perdeu-se, não sei mesmo...

Beja: Tem calma, tem calma, ele mostrou talento, espero coisas boas dele.

Luís: Esperar pra ver, mas estes bastidores estão demais... Outra conversa interessante? Será que Antônio Andrade estará a armar algo para ser campeão da Vanguarda? Espero que sim!

Beja: Eu não duvido, mas vamos ver o que ele quer dizer...


***


Antônio Andrade também estava terminando o seu trabalho de aquecimento para o combate de ameaça tripla pelo Título da Vanguarda. Depois disso se sentou no banco, abaixou a cabeça e começou um trabalho de concentração e de mentalização do combate diante de Yuri Petrov e Arsénio Fuínha. Esse trabalho foi interrompido por Vinícius Nunes, o campeão não parecia tão confiante, deveria ser a separação, porém foi falar com Antônio e lhe apertou a mão.

Vinícius: Vim aqui lhe desejar boa sorte, vai ser um combate difícil, né?

Antônio: Exato, um dos combates mais importantes, tenho que provar minha capacidade uma vez mais.

Vinícius: Sei como é, confesso que vou fazer o mesmo em relação ao Petrov, sabe, ele é meu amigo e nesse combate se você ou ele ganhar, está bem para mim...

Antônio: Já disse o que eu acho do covarde do Petrov...

Vinícius: É, covarde, sei... Mas não quero falar sobre isso, bem vou embora, ainda tenho o que fazer hoje...

Vinícius dirigia-se já para o corredor, quando Antônio tocou o seu ombro.

Antônio: O que foi? Não conversamos desde aquela sua passagem no hotel, iai, se separou mesmo não foi? Ouvi dizer que foi alto barraco e até os vizinhos dela ouviram...

Vinícius: É, a situação foi péssima, depois a gente fala disso, é o PPV de Aniversário, vamos curtir isso aqui!

Antônio: Tu podes curtir, eu vou combater...

Vinícius: Verdade, mas tenho que ir mesmo, tchau...

Vinícius se afastou rapidamente, deixando Antônio bem desconfiado, Vinícius não parecia nada confortável com tudo isso. Mas ele resolveu voltar para a mentalização, afinal, tinha um título para vencer, e o segmento deixava de ser mostrado e a câmera mostrava Luís Barreira e Diogo Beja bem desconfiados dessa situação.

Beja: Parece que Vinícius não está nada bem com essa separação...

Luís: Coitadinho, nem a mulher agüentou a chatice dele, mas parecia haver algo mais, seria tensão entre os dois?

Beja: Pode ser, mas agora vamos falar de Gabriel Martins contra Daniel Lobo! Martins está mesmo determinado a derrotar Lobo, rumores que ele tem treinado muito forte na ANW!

Luís: Pois é, Martins é o futuro disso, vai despachar Lobo que ainda não venceu!

Beja: No primeiro combate não venceu porque o Fragas não pareceu interessado em trabalhar em equipa com ele. E no segundo combate, foi o próprio Gabriel, que era o árbitro, fazendo com que ele acabasse antes do tempo...

Luís: Bem, vamos ver o que vai dar...

Beja: E é já a seguir, porque a Raquel já está no ringue!

Raquel Jacob: Este combate está marcado para uma derrota e, apresentando primeiro, acompanhado por Mayhem, ele vem de Odivelas e pesa hoje 109 quilos...DANIEL LOBOOOOOOOOOOOOO!!!


O público apoia na sua grande maioria Daniel Lobo, apenas uma minoria o assobia e apupa.

Beja: Lobo não é uma figura consensual, mas está lá perto. Veremos como é que ele se vai comportar hoje no ringue. Pareceu confiante na mensagem que lançou a público, mas a questão é: Não terá o fantasma de Aníbal Fragas a pairar sobre si?

Luís: Se perder o combate não vai ser por causa disso, nem do Lousada, nem por qualquer outra desculpa que tu e o Lobo arranjarem, é simplesmente porque o Martins é um atleta superior a este Daniel Lobo.

Beja: Talvez o Martins seja melhor atleta, mas como o Lobo ressalvou, tem outra experiência, e isso pode dar-lhe alguma vantagem.

Luís: No final do combate dar-me-às razão, Beja...

Raquel Jacob: E o seu adversário, vindo de Guimarães e pesando hoje 87 quilos...GABRIEL MARTIIIIIIIIINS!!!



Beja: Pelo que se sabe este homem esfolou-se nos treinos da ANW, mas curiosamente, não deu uma resposta ao vídeo de Daniel Lobo, ele é que é um homem de palavras...

Luís: Talvez porque estivesse focado no treino, não? É isso que interessa.

Beja: Pois, fica a dúvida, porque se queres que te diga, quanto a mim ele não respondeu porque tem a noção da verdade das palavras do Lobo. Nada mais, nada menos, Lobo pôs a nu toda a hipocrisia de Gabriel Martins.

Luís: Cala-te Beja, cala-te...


O árbitro deste combate é Afonso Martins, que revista os dois lutadores à procura de objectos ilegais. O árbitro nada encontra e manda soar a campainha.

Daniel Lobo sorri para Gabriel Martins e faz-lhe final para que se aproxime com o seu indicador, mas o antigo jornalista não o faz. Então é Lobo que se aproxima de Martins, mas cuidodasamente...E Gabriel atinge Lobo com um pontapé no estômago, derrubando-o de seguida com um Headlock Takedown. O homem de Lousada aplica um Side Headlock no adversário, mantendo-o no chão. Jogada inteligente de Martins, que terá observado as fragilidades técnicas de Lobo no combate com Fragas.

Lobo esforça-se por se levantar, consegue colocar-se num joelho...múltiplas cotoveladas de Lobo no abdómen de Martins...e Daniel Lobo consegue soltar-se! Mas Martins acerta-o de imediato com uma joelhada no estômago e envia-o para as cordas com um Irish Whip. Lobo vem no caminho de  regresso, Martins baixa a cabeça e curva-se na procura de um Back Body Drop...

OOOOOHHHH!!!

Lobo trava a meio da corrida e atinge Martins com um pontapé estrondoso no crânio. Martins consegue manter-se de pé depois deste ataque, mas parece zonzo...Lobo derruba-o com uma Clothesline! Assentamento de espáduas de Daniel Lobo...1...2...Martins agarra-se à corda inferior e quebra a contagem! Excelente noção de espaço por parte de Martins! Lobo não perde tempo e coloca-se por cima de Martins, começando a desferir murros e cotoveladas livremente. A veia mais agressiva de Lobo a sobressair!

Lobo levanta o oponente, atira-o contra um canto dá uns passos atrás para ganhar algum balanço...e Running Clothesline a acertar em cheio em Martins, esborrachando-o contra o canto! Martins cambaleia depois do ataque...Lobo agarra-o e deita-o ao chão com um Scoop Slam! Leg Drop de Lobo, a acertar em cheio na cara de Martins! Novo assentamento de espáduas de Daniel Lobo...1...2...não, Gabriel Martins levanta o ombro mantendo-se assim no combate!

Lobo volta a levantar Martins, está agressivo e quer acabar com o combate rápido e, no exterior do ringue, Mayhem incentiva-o a fazer isso mesmo. Lobo levanta Martins, parece que vai para o seu Brainsbuster...mas Martins consegue sair da posição e cair de pé, nas costas de Lobo! Neckbreaker de Martins! Excelente atleticismo e instinto por parte do ex-jornalista. Agora é ele quem vai para o assentamento de espáduas...1...Lobo escapa-se rapidamente! Lobo é um lutador extremamente resiliente, Martins vai ter que fazer mais do que isto para vencer!

Martins aproxima-se do canto superior e parece estar a tirar a sua protecção, mesmo na cara de Afonso Martins. O árbitro como não podia deixar de ser, toma conta das acções de Gabriel e tira-lhe a protecção da mão. Os dois protestam e o árbitro tenta remendar o que o lutador fez. Martins vê Lobo a levantar-se...e que pontapé nas partes baixas por parte de Martins, que aproveita o facto do árbitro estar de costas! Martins vai para cima de Lobo, que se agarra à virilha e grita pelo árbitro!Mayhem protesta com Afonso Martins no exterior do ringue, tentando explicando o que aconteceu, mas este não lhe dá atenção. Contagem...1...2...

NÃO! Lobo consegue levantar o braço e aguentar-se neste combate! Martins mostra-se frustrado e pisoteia violentamente todo o corpo de Lobo...novo assentamento de espáduas do ex-jornalista...1...2...Lobo volta a levantar o braço e a manter-se vivo no combate. Martins levanta Lobo...um Snap Suplex rápido e eficiente por parte do antigo jornalista no extremista! Também força a ser exibida por Martins, que tira do chão um homem com mais do que vinte quilos do que ele!

Martins vai para a borda do ringue, sobe para cima das cordas, mais uma manobra bastante atlética por parte de Martins...Sprinboard Elbow Drop...NÃO! Lobo consegue rolar para fora do caminho de Martins e este estatela-se no chão! Agora estão os dois homens caídos! O árbitro começa a contar...1...2...3...Lobo parece dar sinais de vida...4...agora também Martins dá sinais de vida...5...os dois homens já num só joelho...6...estão os dois de pé...Lobo parte já para a Running Clothesline em Martins...

Mas este parece que adivinhou a manobra, e consegue fazer com que Lobo caia usando um Drop Toe Hold! Martins vai de imediato para as pernas de Lobo, está a tentar aplicar o seu Inverted Cloverleaf...e consegue! Martins chama a esta manobra, a Re-Flexão e é um dos golpes mais temidos do seu arsenal! Lobo grita de dor! Pode ser o final para Daniel Lobo aqui! A maior parte do público incentiva-o para chegar às cordas, tal como Mayhem, mas Martins consegue puxá-lo mais um pouco para o centro do ringue!

Lobo arrasta-se para as costas, mas ainda está longe, não consegue tocar-lhes, o árbitro pergunta se ele quer desistir, Lobo recusa-a fazê-lo. Martins grita para que ele desista, dá para ver a intensidade na sua face, mas Lobo continua a recusar desistir. Lobo consegue arrastar-se para um pouco mais perto das cordas...o público continua a puxar por ele! Lobo estica-se todo...ainda não chega...consegue arrastar-se a si e a Martins mais um pouco num último esforço, e agora sim, ele agarra-se à corda de baixo!

O árbitro manda Martins largar a submissão, mas este não o faz. Contagem por parte do árbitro Afonso Martins, 1...2...3...4...e só agora é que o ex-jornalista larga a manobra, esticando as regras até ao máximo...Lobo fica no chão agarrado à perna direita, que foi a que ficou mais punida depois da ofensiva de Martins.

Martins espera que Lobo se levante...e este usa as cordas para o ajudar a fazê-lo...Martins aproxima-se do mesmo...Lobo a acertar-lhe com uma joelhada no estômago! E Single Knee Facebreaker de Daniel Lobo! Finalmente Lobo a interromper o ímpeto de Gabriel Martins! Assentamento de espáduas por parte de Lobo...1...2...Martins levanta o braço! Gabriel Martins a mostrar também ele resiliência!

Lobo recua e espera que Martins se ponha de pé por si próprio. Vai mexendo as pernas enquanto o faz, tentando recuperar da dor infligida pelo antigo jornalista...Martins levanta-se...Lobo vai em corrida na sua direcção, com algum esforço, vai tentar o seu Running Bicycle Kick...não, Martins consegue-se baixar e fugir do pontapé! Martins parece ter o adversário perfeitamente estudado! Rollup rápido de Martins, assentamento de espáduas! 1...2...

3! NÃO! LOBO CONSEGUE ESCAPAR NO ÚLTIMO MOMENTO! Os dois lutadores levantam-se de imediato! Bicycle Kick de Daniel Lobo! Agora sim a derrubar Martins! Lobo ainda parece com dores na perna direita, mas apesar disso levanta de imediato Gabriel Martins...Martins está em posição de Half Nelson...E LOBO PLANTA-O COM UM WHEELBARROW DRIVER! É a primeira vez que vimos esta manobra na VLL, Lobo chama-a O Choro do Lobo! Martins fica com os ombros no chão depois disto, 1...2...3!


Raquel Jacob: E o vencedor deste combate...DANIEL LOOOBOOOOOOO!!!


Martins rola para fora do ringue, enquanto Mayhem entra no mesmo, ajudando Lobo, que coxeia. Mayhem pede o microfone a Raquel. A anunciadora de ringue passa-lhe o microfone e o gigante dá o aparelho ao seu amigo.

Lobo: Lousada...já está. Já acabei com o teu capanga. Admito que foi mais difícil do que o que pensava, mas está feito. E agora tu sabes o que quero a seguir...quero o teu menino de ouro, Lousada, mas sem ninguém como o Martins pelo meio.

Silêncio. Lobo não tem qualquer resposta e o público fica na expectativa.

Lobo (gritando): Lousada, eu sei que tu estás aqui! Eu sei que me estás a ouvir! Responde-me, raios!

No ecrã gigante instalado no Dragão Caixa aparece Lousada, por trás da sua secretária. O Supervisor-Geral exibe um sorriso arrogante.

Lousada: Lobo, Lobo, Lobo...Achas que isto é assim? Tu és um mero empregado, igual a todos os outros que fazem parte do nosso plantel. Pensas que és algo mais que os outros para fazeres esse tipo de pedido? Tu já tiveste a tua oportunidade com o Fragas e desperdiçaste-a.

Lobo (irritado): Tu sabes muito bem que isso não foi assim, tu meteste um tipo entre mim e ele!

Lousada: Tu estiveste num combate contra o Fragas. Eu dei-te a tua oportunidade e é isso que interessa. Eu dou uma oportunidade a toda a gente. Mas duas? Achas-te merecedor de uma segunda oportunidade?

Lousada faz uma pausa.

Lousada: No entanto...o teu amigo também quer pôr as mãos no Fragas, não é? Aliás, talvez até esteja mais ansioso do que tu, tendo em conta o pontapé que o Fragas já lhe deu na cabeça...E eu sou um homem justo. Diz-me Mayhem, também queres a tua oportunidade?

Beja: Mas que..? O Mayhem já deixou os ringues na América, ele está na VLL como acompanhante de Lobo, não tem contrato para lutar!

Lousada: Vá, o que me dizes grandalhão? Abre-se uma excepção, se estiveres disposto a isso. Não seria a primeira vez que alguém com um contrato como o teu entrava no ringue.

Mayhem e Lobo conversam, o público fica na expectativa. Lobo passa o microfone a Mayhem.

Mayhem: O que te digo, Lousada, é que temos um acordo.

YEAAAAAAAAAAAAAAAH!!!

Lousada olha para a câmara com um ar satisfeito.

Lousada: Fica marcado. No próximo Vanguarda, no dia 21, Aníbal Fragas frente a frente com o grande amigo de Daniel Lobo...Mayhem.

Beja: Isto é a sério? Estará Mayhem em forma para combater uma contenda inteira? E logo contra um adversário como Aníbal Fragas?!

Luís: O tipo é uma besta, Beja...Mas o Fragas, o Fragas vai acabar com ele.

A imagem fica de repente negra.


***


O cenário é um quarto escuro, decrépito, assemelha-se a um sótão numa habitação à muito abandonada pela presença humana e pelo tempo. Marcas de humidade denotam-se na parede, a tinta a rachar, deixando apenas visível em grande parte a pedra utilizada na sua construção. Vazio na sua grande parte apenas se vê uma janela pequena barrada por tábuas de madeira, uma caixa de madeira num canto e uma mesa e cadeira iluminadas por uma vela no centro.

A imagem aproxima-se da mesa enquanto uma música começa a tocar baixo, aumentando na sua intensidade enquanto nos aproximamos da mesa. Em cima da mesa um livro encontra-se aberto, páginas amareladas pelo tempo, e uma frase escrita: “O Anjo Cai da Graça Novamente.”.

Um pequeno recipiente onde uma pena de escrever se encontra cai de rompante, espalhando tinta negra pela mesa e começando a manchar o livro. A imagem ergue-se da mesa focando numa parede onde um retrato se encontra preso numa parede, uma família Vitoriana, cujos rostros foram queimados propositadamente do quadro. Por baixo do quadro encontra-se uma outra frase, desenhada na parede com um líquido que faz lembrar sangue.

“Pelos crimes que cometes, o Inferno te espera, de braços abertos.”
A imagem afasta-se do quarto, atravessando uma porta que se fecha de rompante, e enquanto a música chega a um ponto mais forte uma voz quase fantasmagórica ouve-se abafada pelo som de correntes a arrastar. 

“Eu sou o Juiz e o Jurado, e voltei para vos julgar!”



***

Beja: Mas que raio foi isto?! Verme?!

Luís: Seja lá o que for, é muito estranho, Beja...

Beja: É algo para nos deixar a pensar, e é isso que podemos fazer...durante o intervalo.


***


avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ESPECIAL DE ANIVERSÁRIO (PPV8#) (11/01/14)

Mensagem por vlladmin em Dom 12 Jan 2014, 10:27

A imagem volta com um plano do escritório de Lousada. Nele estão o próprio Supervisor-Geral e Gabriel Martins.

Lousada: Não te preocupes, Gabriel...Magoaste-o, mostraste que os treinos estão a ter resultado, mostraste que a minha aposta em ti faz sentido. Se eu te disse que contra o Vinícius dificilmente poderias ter vencido, então digo-te...não derrotaste o Lobo por um pormenor, e ele também é um adversário forte.

Martins, que está já com uma camisola preta, lança um olhar fulminante a Lousada.

Martins (num tom duro): Acima de tudo, eu desiludi-me a mim mesmo hoje. Treinei como se não houvesse amanhã e ainda assim saí derrotado. Não são as tuas palavras de incentivo que me vão animar, garanto-te.


***


Beja: Alguma tensão entre Martins e Lousada?

Luís: Não faças filmes, Beja...O homem dominou um combate que acabou por perder, é normal que se sinta frustrado. Merecia a vitória, eu não tenho dúvidas disso.

Beja: Se não venceu, foi porque Lobo teve a resiliência e o espírito de luta suficiente para se aguentar até encontrar uma aberta para a vitória. Mas seja como for, esse combate...esse grande combate que aconteceu esta noite já faz parte da História. Agora é altura de mais outro, é altura dos títulos de Parceiros de Guerra serem defendidos!

Raquel Jacob: Este combate está marcado para uma derrota e está em jogo os Títulos de Parceiros de Guerra...Apresentado primeiro, eles são membros dos DeLuxe SAD e os actuais Parceiros de Guerra, com o peso combinado de 240 quilos...DELMAR BENTO E EUSTASS KIIIIIIIIID!!!


BUUUUUUUUUUUUH!!!

Beja: O público detesta estes dois. Detesta qualquer membro dos DeLuxe, aliás. É óbvio que eles estão a torcer por uma mudança de campeões hoje!

Luís: O público não sabe apreciar verdadeiro talento, é só isso que digo. Delmar e Eustass têm sido dominantes nesta divisão e hoje continuarão a exercer o seu domínio.

Raquel Jacob: E os candidatos principais aos Títulos, com um peso combinado de 238 quilos...TYLER WOODSTATE E FILIPE AZEVEEEEEEEDO!!!


YEAAAAAAAAAAAAAAAAH!!!

Beja: Vamos ver o que estes dois vão mostrar hoje, é uma oportunidade que lhes pode catapultar para um outro nível aqui na Vanguarda.

Luís: Sabes o que podes esperar? Falhanço!


Adelaide Rodrigues é quem vai arbitrar esta contenda e Tyler Woodstate e Eustass Kid são quem vão começar no ringue. Soa a campainha.

Eustass Kid e Tyler Woodstate envolvem-se num teste de forças que acaba num impasse. Tyler vai para um novo teste de forças, mas Eustass atinge-o com um pontapé no abdómen que faz com que ele se curve e acerta-lhe logo a seguir com um Back Club violentíssimo nas costas, que faz com que o sul-africano fique de gatas no chão. E um pontapé forte de Eustass no estômago de Tyler! Eustass vai às cordas ganhar balanço...Knee Drop por parte do membro dos DeLuxe!

Eustass não vai para o assentamento de espáduas, arrasta o adversário até ao canto da sua equipa e troca com Delmar. “A Parede” levanta Tyler rapidamente e deita-o ao chão logo a seguir com um Slam. Assentamento de espáduas por  parte de Delmar Bento...1...2...Tyler ergue o ombro! Delmar volta a levantar Tyler e atira-o com imponência contra o canto. Murros forte por parte de Delmar, que deixam o adversário zonzo e enfraquecido no canto.

Delmar recua para poder ganhar velocidade. Vai para uma Running Lariat! Não, Tyler conseguiu fugir do embate a tempo! O sul-africano corre para o seu canto e faz o tag com Filipe Azevedo! O jovem da ANW entra no ringue, agora é um confronto de homens fortes. Delmar vai a correr na direcção de Filipe Azevedo mas o ex-culturista dá-lhe as boas-vindas com um Big Boot! Delmar vai ao chão, mas volta a pôr-se de pé de imediato, Azevedo atinge-o com um pontapé no peito...Suplex de Filipe Azevedo! A levantar o seu oponente de quase 140 quilos com facilidade!

Azevedo vai às cordas...Running Elbow Drop em Delmar. Assentamento de espáduas! 1...Não Eustass Kid interrompe a contagem de Adelaide Rodrigues de imediato, pisoteando Azevedo. A árbitra manda Eustass voltar para o seu canto e é isso que ele faz. Azevedo pega em Delmar novamente...Body Slam, com autoridade! Azevedo faz o tag com Tyler. Tyler sobe para o topo do seu canto...Woodsault bem aplicado! O Moonsault de Tyler Woodstate a fazer efeito! O sul-africano vai para o assentamento de espáduas, pode haver mudança de títulos aqui...1...2...

Não, Delmar, tira o ombro do chão e agarra a sua equipa aos cinturões! Tyler Woodstate levanta Delmar Bento...mas este começa a socá-lo no estomâgo! Tyler está a sentir a força dos murros de Delmar Bento! Tyler consegue impedir que Delmar volte ao combate com uma joelhada em cheio no abdómen deste! Atira-o para as cordas...Mas Delmar manda-o ao chão no caminho de volta com um Shoulder Block tremendo! Delmar a fazer valer a sua alcunha de “Parede”!

Delmar levanta o oponente, coloca-o em cima dos ombros! Samoan Drop por parte do homem forte dos DeLuxe SAD! Bento arrasta Tyler para o seu canto e faz o tag com Eustass! E cada um dos DeLuxe dá um murro forte na cara de Tyler Woodstate, enviando-o de volta ao tapete! Eustass levanta o oponente, e coloca-se nas suas costas, vai para um German Suplex...Aplicado! Não! Tyler consegue aterrar de pé! Excelente atleticismo do sul-africano!

Eustass vira-se, ficando cara a cara com Tyler! OH! Que Roundhouse Kick! Mesmo na face de Eustass Kid! Delmar não parece interessado que Tyler recupere, entra de imediato no ringue, vai a correr na sua direcção...Mas Tyler puxa as cordas para baixo! Delmar cai no exterior do ringue! E parece que caiu mal! Delmar caiu mesmo em cima do seu joelho esquerdo e geme de dor! Pode ser uma mudança neste combate que implica a mudança dos títulos!

Eustass ainda está caído depois do Roundhouse Kick de Tyler! O sul-africano vai às cordas, corre na direcção de Eustass Kid...O QUÊ?! Filipe Azevedo entrou no ringue e plantou o seu próprio colega de equipa com um Spinebuster! Filipe fica a olhar para Tyler como se nada fosse...e afasta-se , saindo do ringue.

Eustass recupera e vê Tyler caído, o “Cirurgião da Morte” não perdoa e atira-se de imediato para cima dele com um Koji Clutch! Eustass chama a esta submissão de Scalpel! Tyler está indefeso no centro do ringue, ele não tem outra opção sem ser desistir...e é isso que faz! Tyler desistiu!


Raquel Jacob: Os vencedores deste combate e ainda Parceiros de Guerra...eles são metade dos DeLuxe SAD...DELMAR BENTO E EUSTASS KIIIIID!!!


Beja: O quê?! Mas porque é que o Azevedo foi fazer aquilo?! Ele e o Tyler tinham tudo para ganhar este combate e os títulos!

Luís: Olha mas é para o Delmar, Beja, ele ainda está caído! Que raio?! A força dos DeLuxe não se pode lesionar! Ele é um campeão! Eustass está a chamar os paramédicos, o Delmar não se consegue levantar!

Beja: Por acaso não desejo nada de mal ao Delmar...Pessoal, acabaram de me dizer que vamos calar-nos um pouco enquanto os paramédicos vêm fazer o que têm que fazer.

***

A câmara foca um balneário com uma cara conhecida de todos, Caim Ezequiel. Os fãs reagem, naturalmente, com desagrado, apupando o Escolhido de Jesus.

Caim: Já passaram as festas faz tempo… as festas cristãs e com elas toda a festa digna de ser comemorada a não ser o aniversário da VLL.

Caim dá um sorriso malvado, quase sádico.

Caim: Mas hoje há duas comemorações a fazer: aniversário da VLL e… aniversário do meu oponente na VLL, o Moore.

Caim: O Moore está cá desde o início. Eu cheguei mais tarde mas nunca gostei dele, nem eu, nem Deus. Isso significa que o Moore não merece de forma alguma ter um ano celebrado em glória, caros espectadores.

BUUUUUUUUUUUH!

Caim: E é para isso que eu estou aqui. Estou aqui para estragar a festinha do Moore, é isso que eu quero e as vozes concordam comigo. Moore vai sofrer, Moore vai rastejar e no fim eu terei meu braço levantado e o Moore estará no chão, ensanguentado como Deus na cruz e eu estarei me rindo dele à custa do que eu fiz.

Caim dá uma gargalhada sádica de novo, quase como possuído, a imagem desvanece.

***

Na zona de entrevistas há cinco cadeiras pretas dispostas. Nessas cinco cadeiras dispunham-se cinco representantes da história da VLL: Frederico Queirós, Gonçalo Ferraz, GTM Cool, Ricardo Soares e o entrevistador: Pedro Lombarda.

Lombarda: Boa noite caros fãs. Boa noite também a vós quatro, obrigado por aqui estarem esta noite para uma curta conversa. Não podemos demorar muito, por isso, vamos ser diretos.

Os fãs mostram-se contentes por ver algumas caras que apoiaram e admiraram durante o seu percurso na VLL.

Lombarda: Frederico, começando por ti. Foste o primeiro campeão Supremo oficial da VLL e tiveste o título durante mês e meio. Atualmente o título, como sabemos está entregue por uma segunda vez a Vinícius Nunes. Está bem entregue?

Frederico: Claro que sim. O Vinícius é um talento bruto que só foi melhorando ao longo do tempo. Confirmou que era dos melhores da VLL em Julho no Brasil e voltou a confirmá-lo há duas semanas no Poder Popular. O título não poderia estar melhor entregue. Pela atitude dentro e fora do ringue, o Vinícius merece o título.

Lombarda: Gonçalo, apesar de nunca teres ganho o título Supremo foste nos tempos iniciais o mais popular lutador da Vanguarda da Luta Livre, sendo assim um enorme contributo para o actual estado da federação. Que dizes disto?

Gonçalo: Bem Pedro, não sei se terei realmente sido tão fundamental quanto isso. Quer dizer, é verdade que tive uma grande popularidade e posso agradecer isso aos fãs, mas se não houvesse Gonçalo, talvez tivesse havido outro igualmente importante. Não sabemos mas estou contente por ser visto como um marco da VLL. Atualmente a VLL está cheia de grandes nomes, maiores que eu certamente.

Lombarda: Muito bem. GTM Cool, homem que não durou muito na VLL é certo, mas podes-te gabar que estiveste no combate que coroou pela primeira vez um campeão na VLL. Foi em Leiria pelo título Nacional. Falando desse título, achas que também esse está nas mãos corretas?

GTM: Sem dúvida. O Petrov é um excelente campeão que desde cedo conquistou os fãs da VLL e segundo ele, foi graças ao apoio dos mesmos que ele tem agora destaque dentro da federação, e não é fácil um russo ser amado em Portugal e ele conseguiu-o, assim sendo podemos distinguir o Yuri como um outro pilar da nossa federação.

Lombarda: Finalmente, Ricardo Soares, o primeiro Hall of Famer da nossa VLL. Como te sentes com isso?

Ricardo: É uma sensação maravilhosa, Pedro. Cheguei à VLL como um veterano famoso mas devido a ter passado grande parte do meu tempo no Reino Unido não sabia se seria bem recebido cá. Fui e estou feliz por isso. Acho que a distinção foi mais propriamente, não devido ao tempo que cá estive, mas um prémio de carreira.

Lombarda: Quanto ao estado actual da VLL em geral, fala-nos um pouco disso. Quais os lutadores que têm mais impacto para ti?

Ricardo: Bom, Pedro. Há que dar mérito a todo o balneário, afinal, eles são a VLL. Mas claro, não podemos esquecer o Vinícius, nosso campeão Supremo, o Yuri, nosso campeão da Vanguarda. Mas também não nos devemos esquecer do Bangalter, do Aníbal ou do Lobo, que tendo chegado há menos tempo têm já um papel de grande destaque. Mas permitam-me também que o diga, não se pode esquecer um homem que está na empresa desde o primeiro dia. Esteve no 1º show e está cá hoje. Falo de Moore SD.

Lombarda: Bom, e assim concluímos a breve conversa. Obrigado por terem estado aqui presentes vós quatro. O espectáculo vai continuar, fiquem por aí.

***

A câmara foca agora novamente o ringue, onde acontecerá o antepenúltimo combate da noite: Moore vs. Caim.

Raquel Jacob: Senhoras e senhores, um momento especial agora. O único original da VLL ainda em ativo ao fim de 1 ano. Peço um aplauso para Moore SD!


YEEEEEEEEEEEEEAH!

Beja: Não se pode negar. Há que dar mérito a este rapaz. 1 ano na VLL e sempre a alto nível.

Luís: Penso que terei de concordar com isso. Digo-te, nos originais da VLL não havia ninguém que eu achasse que iria durar aqui um ano.

Beja: Lembro-me de seres o maior fã do Frederico de Queirós na altura.

Luís: Quem?

Moore caminha até ao ringue cumprimentando alguns fãs mas a cabeça dele não estava no ano que completava na VLL, Moore focava-se no combate mais pessoal da noite.

Beja: Mesmo esta noite, o Moore mostra-se decidido como sempre.

Luís: Não sei se não estará um pouco distraído com isto. O Caim tentará tirar proveito.

Já no ringue, Moore acena para o público como que agradecendo os aplausos e os cânticos. Em seguida recebe na mão um microfone.

Moore: Bom… eu nunca fui o melhor neste tipo de coisas, não há que enganar…

Moore é forçado a fazer uma pausa até os cânticos dos fãs acalmarem.

Moore: Ainda me lembro de quando pisei… esta arena pela primeira vez. Fui apupado por vós e assim continuei a ser até há bem pouco tempo. Fui o primeiro campeão oficial desta empresa e disso me orgulho, mas não me orgulho de muita coisa que fiz na VLL. Despedi o Peter World e tentei terminar com a VLL, federação que hoje reconheço que sempre me tratou com carinho e apreço. Por isso, peço uma salva de palmas não para mim mas para a Vanguarda da Luta Livre que hoje cumpre um ano nas bocas da Europa.

Moore puxa por aplausos do público que responde da melhor forma.

Moore: Depois disto, tudo o que posso é agradecer-vos e vou tentar fazê-lo como sei, com uma vitória. Muito obrigado.

Beja: Olha quem vem aí, Luís!

Raquel Jacob: Senhoras e senhores, Ricardo Soares!

Luís: O que é que este vem aqui fazer?

Beja: Pshiu, tem respeito. Com certeza vem dar umas palavras ao Moore.

Luís: Quero é ver acção, já chega de lamechices.

Ricardo Soares caminha lentamente até ao ringue onde Moore o aplaude. Em seguida sobe ao ringue com ajuda de Moore SD. Os dois apertam a mão no ringue.

Ricardo: Moore! Lembras-te quando nos enfrentámos, no maior PPV anual da VLL? Dei o meu melhor e venci-te… mas tive de usar um Roll Up. E acredito, Moore, que ainda tivesses mais para dar. Mais uma manobra e o combate era teu. Ainda assim Moore, estava feita uma estrela. O público dava-te valor e sabia que eras uma ameaça, agora, dão-te valor e sabem que és um ídolo para eles. Ao fim dum ano, pode-se dizer que a VLL não era a mesma sem ti.

Moore sorri comovido pela primeira vez desde que chegou à VLL.

Ricardo: Por isso, só posso agradecer-te em nome da VLL. Sem ti a VLL não estava neste nível certamente. Obrigado. E por isso, em nome da VLL, tenho aqui uma lembrança especial para ti.

Ricardo Soares tira uma caixa pequena preta do bolso e dá-a a Moore SD que a abre. Era uma medalha significativa do aniversário de um ano da VLL e da estadia de Moore na mesma.

Moore: Obrigado Soares…


BUUUUUUUUUUUUUH!

Beja: E olha quem veio estragar a celebração!

Luís: Finalmente, isto já se estava a tornar chato. Venha acção.

Beja: Olha para a expressão de Moore, não parece minimamente contente com a “invasão” de Caim.

Luís: Isto certamente será uma batalha dura de se ver, quanto mais de se lutar, imagino. Será uma dura batalha para ambos. Sem dúvida.

Moore entrega a lembrança a Ricardo Soares e diz-lhe para sair do ringue.

Caim vem até ao ringue decidido e antes de subir ao círculo quadrado olha para Ricardo Soares fixamente. Então sobe ao ringue onde Moore estava a tentar ser controlado pelo árbitro, porém Moore parecia querer guardar energias para o combate. Caim encosta o seu cajado junto ao canto.


Raquel Jacob: Senhoras e senhores, este combate será sem desqualificações, e está marcado para uma derrota. De um lado, vindo de Jerusalém, Israel e pesando 90 quilos, “O Escolhido de Jesus”… Caim Ezequiel!

BOOOOOOOOOOOO!

Raquel Jacob: Do outro lado, vindo de Detroit, Estados Unidos e pesando 97 quilos… o “Rock City Aggression”, Moore SD!

YEEEEEEEEEEEEAH!


O árbitro do combate é David Peralta.
Soa a campainha e Moore dá uma chapada em Caim para alegria do público. Caim sorri e os dois encontram-se no centro do ringue, cabeça com cabeça até Moore começar uma troca de socos que duraria algum tempo até Moore conseguir vantagem com algumas cotoveladas. Irish Whip a Caim que é depois derrubado por um Lou Thesz Press. Moore começa em alta e desfere alguns socos em Caim. Após tirar Moore de cima Caim escapa-se para fora do ringue para repor algumas energias. Isto até Moore o surpreender com um Suicide Dive que atira Caim Ezequiel às barricadas. O público grita pelo luso-americano.

Moore dirige-se ao outro lado e procura algum tipo de objectos debaixo do ringue. Daí tira um caixote do lixo com algumas canas e um sinal de stop. Tira também uma cadeira e espera por Caim no ringue com uma cana. O israelita não quer entrar mas Moore atira-lhe o seu cajado e dá-lhe espaço. Caim entra e Moore entra agressivo e mais rápido com uma stickada forte no braço de Caim que se agacha e leva mais alguns golpes nas costas até a cana se partir.
Moore atira a cana ao chão e sobe a uma segunda corda gritando para o público que responde. Moore salta e é surpreendido por Caim com uma Clothesline. Moore levanta-se e nova troca de socos, desta levada de vencida por Caim que rasga o lábio a Moore SD. Seguem-se algumas headbutts que deixam Moore com o joelho no chão. Caim vai à corda para um Big Boot que vira Moore do avesso.

Caim toma agora o controlo do combate e esvazia o caixote de onde aproveita o sinal de stop para abrir a cabeça de Moore que estava já assim uma bloody mess. Alguns golpes com o sinal servem para Moore acumular mais e mais raiva. Moore levanta-se, Caim afasta-se e Moore corre para ser apanhado num Spinebuster em cima do caixote. Caim sai do ringue e tira uma mesa, que leva para o ringue e encosta ao canto. Moore levanta-se e Caim pega numa cadeira mas não evita um Superkick do americano que causa um boost nos fãs. Moore puxa o caixote para mais perto para um Tigerbomb. Cover rápida: 1…2… mas Caim safa-se.

Moore pega na cadeira e espera que Caim se levante. Quando isso acontece é desferida uma cadeirada forte que abre a cabeça a Caim. Moore abre a cadeira, pega em Caim em posição e… Cradle DDT! Este arrancou uma reacção forte do público que à semelhança do que se passava nos EUA gritava Holy Shit! Nova cover mas Caim volta-se a safar ao 2.

Moore monta a mesa perto do canto e a custo coloca Caim em cima dela. Moore sobe ao canto para um Moonsault mas Caim sai da mesa, Moore apercebe-se mas Caim tenta um Powerbomb, Moore escapa-se para o apron. Rolling Elbow seguido por Enziguri colocam Caim em cima da mesa. Moore sobe ao canto novamente e… Elbow Drop! Com classe… mas Moore também está dorido e rebola para fora do ringue.

Moore recupera algum folgo junto dos fãs que lhe batem nas costas a dar ânimo. De seguida Moore levanta os degraus de onde tira um saco. Moore entra no ringue e desvia a cadeira para esvaziar o saco. São pioneses. O público reage com espanto. Moore arrasta Caim para perto dos pioneses e tenta um Suplex, Caim prende-se bem ao chão e trocam de posição. Suplex de Caim… mas também Moore se prende ao chão. Ganha vantagem com uma cotovelada e desprende-se de Caim, tenta um Superkick mas Caim desvia-se. Superkick de Caim mas Moore aguenta-se de pé. Novo Superkick e a mais custo Moore volta-se a aguentar, mas Caim levanta Moore desta vez para um Scoop Slam, Moore não escapou desta vez e cai de costas nos pioneses. Cover de Caim: 1…2… mas Moore volta-se a safar e prende uma Crossface, apanhando Caim de surpresa.

Caim tenta não desistir e Moore rapidamente perde as forças. Os dois se levantam sensivelmente ao mesmo tempo. Moore com uma cana, Caim com seu cajado, ambos trocam stickadas no meio do ringue atingindo o braço um do outro. O cajado é mais pesado e Moore deixa cair a cana. Cajadadas na nuca de Moore SD que cai no chão, deixando sangue no tapete até se levantar e levar mais uma cajadada. Moore mal se aguenta em pé e leva um KO Punch de Caim. Moore cai em cima dos pioneses novamente. Cover de Caim: 1…2…3!!! Desta não havia nada a fazer.


Raquel Jacob: E o vencedor deste combate...CAIM EZEQUIEEEEEEEEEEL!!!


Beja: Oh Meu Deus, o Moore está inconsciente e ensanguentado em cima dos pioneses!

Luís: Sabes quem é que deve ter gostado deste combate, Beja? O nosso presidente, e com muita razão!

Beja: Cala-te, Luís, o Moore pode estar verdadeiramente magoado depois disto...e o Caim está eufórico. Este gajo é um lunático!

Luís: Boa forma do Moore festejar um ano de VLL, não dirias?

Beja: Chamem os paramédicos, raios!

Luís: Vamos é ver como é que está o Delmar, desse sim eu quero saber...

***

A imagem foca Eustass Kid encostado a uma porta com uma bata pendurada na mesma, o mesmo abana a cabeça em sinal negativo enquanto segura os dois títulos de Parceiros de Guerra. Subitamente a imagem começa a virar e vemos o médico Pedro Padre a examinar Delmar Bento, enquanto Arsénio Fuínha e Sebastião Fonseca se encontram sentados perto da maca onde o lutador se encontra.

Pedro Padre: Isto não parece nada bom. Isto é sem dúvida uma fratura do fêmur. 

Eustass Kid: Infelizmente isso já eu sei.

Como médico que é Eustass abana novamente a cabeça mostrando claramente que percebe a gravidade de toda esta situação.

Arsénio Fuínha: Isto sem o Delmar vai ser bonito vai…

Sebastião Fonseca levanta-se da sua cadeira, no exato momento que alguns bombeiros entram na sala, Delmar apesar de tudo não mostra sinais de dores exaustivas, mantendo-se tranquilo, mesmo que cabisbaixo.

Sebastião Fonseca: Eu vou acompanhar o meu cliente até ao hospital…

Vemos uma enorme desilusão no meio da afiliação.

Eustass: Só falta o Bangalter faltar hoje!

Ele começa a sorrir ironicamente enquanto os outros membros olham para ele de forma repreensiva.

Eustass: Temos de fazer alguma coisa, menos chorar! 

A imagem começa a mudar novamente, mostrando agora uma parte que até ao momento não tinha sido mostrada… Ai aparece Lucas Brandão.

Lucas Brandão: Eustass eu tenho a certeza que ele vai aparecer hoje, ouve bem as minhas palavras. 

A imagem começa a desvanecer mostrando Lucas, que já não aparecia há algum tempo nos eventos da VLL.

***

Luís: Uma fractura?! O quê?! Não, isto não, os DeLuxe ficam desfalcados!

Beja: Os paramédicos estão também a levar Moore...o Aniversário da Vanguarda não está a correr da melhor maneira. Pessoal, vamos para um intervalo, já voltamos!

***

avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ESPECIAL DE ANIVERSÁRIO (PPV8#) (11/01/14)

Mensagem por vlladmin em Dom 12 Jan 2014, 10:51

A imagem volta focando o ringue.

 
Raquel Jacob: Este combate é uma ameaça tripla pelo título da Vanguarda e o primeiro a caminho do ringue, vindo do Rio de Janeiro, com 128 Kg… António Andrade!
 
Luís: Este vai à procura da desforra, de certeza que vai tenta-la agarrar com unhas e dentes, mas este combate entre ele e o Yuri é mais pessoal que outra coisa...
 
Beja: Vai ser bastante difícil, Arsénio, Yuri… sinceramente não sei quem vai ganhar.
 
 
Raquel Jacob: E o segundo a caminho do ringue, vindo de Alfama, com 91 Kg… Arsénio Fuínha!
 
Beja: Sem dúvida que o Yuri e o Andrade vão precisar de ter bastante cuidado com o Fuínha, ele quer a todo o custo o título.
 
Luís: Se quem votasse tivesse sido esperto tinham votado antes do Poder Popular na opção combate pelo título… Arsénio não só ganhou como foi melhor!
 
Beja: Estás a gozar? Aquele final foi pleno de ilegalidade!
 
Luís: Outra vez arroz? Ele ganhou? Sim, então é por ter sido o melhor!
 

Raquel Jacob: E o terceiro a caminho do ringue e campeão da Vanguarda, vindo de São Petersburgo, com 135 Kg… Yuri Petrov!

Luís: Se tudo fosse justo, este aqui não era campeão!
 
Beja: Enfim… antes do combate, informo que não há desqualificações neste combate, porque é uma ameaça tripla.
 
 
O oficial designado para este combate é Afonso Mesquita e manda tocar a campainha.
Yuri fica à espera de Arsénio e António, estes dois olham um para o outro e vão até Yuri e atacam em conjunto com vários murros, mas o russo não se deixa ficar e começa a aviar alguns socos alternadamente nos dois oponentes. Petrov empurra Arsénio e ataca o brasileiro com um potente clothsline, levanta-se rapidamente, corre para as cordas e impulsiona-se para atingir Arsénio Fuínha que atinge o russo com um Big Boot.
António Andrade levanta-se do tapete e Arsénio diz-lhe para levantar no outro lado o tanque russo, ambos levantam-no e aplicam um suplex, mas após alguns segundos levanta-se e o “Verdadeiro Professor” com António Andrade atacam-no outra vez com murros e pontapés, Yuri tenta-se defender, é encostado às cordas e com os braços à frente da cara não consegue ver nada e é surpreendido por um Big Clothesline do brasileiro! Yuri Petrov cai do lado de fora do ringue!
 
Os dois saem do ringue, levantam Yuri e aplicam um duplo DDT no russo, deixando-o estendido no chão. António levanta Yuri enquanto Arsénio se encosta na borda do ringue a observar o que o brasileiro vai fazer, este empurra Yuri contra a barreira de segurança e ataca-o sem pena com muitos pontapés, Yuri cai no chão e António dá-lhe um pontapé na cabeça! Petrov não parece estar muito bem e António quer mais, levanta-o e aplica um Vertical Suplex!
 
Arsénio cansa-se de observar e vai até Yuri e ataca-o com pontapés na barriga enquanto está indefeso, Yuri queixa-se bastante. Agora é a vez do brasileiro observar o “Verdadeiro Professor” e este último sem dona e piedade pega no tornozelo do russo e Ankle Lock! Faz força e Yuri Petrov queixa-se bastante, mas consegue soltar-se da submissão ao atingir Arsénio com o outro pé. Yuri gatinha para longe e António vai atrás dele e tenta agarrar nas pernas do tanque russo, mas este não deixa e empurra com os dois pés o Brasileiro.
 
Yuri apoiando-se na barreira de segurança consegue-se levantar e avista António Andrade a correr até ele e levanta a perna atingindo-o com um Big Boot! António fica no chão e Arsénio corre também para Yuri, mas este ataca-o logo com socos e termina a sequência com um clothesline! Yuri levanta o lutador de Alfama e mete-o dentro do ringue. Fuínha levanta-se e quando Yuri vai a entrar, atinge-o com um Low Dropkick e tenta o cover 1…2… e Yuri escapa! Fuínha está possesso! António consegue-se meter dentro do ringue, Fuínha vai-o ajudar a levantar-se e fala com ele, logo de seguida António sai do ringue, vai buscar uma mesa que estava debaixo do ringue e monta-a, Fuínha dentro do ringue estava com as mãos agarradas às cordas e a dizer a António onde tinha de meter a mesa.
 
Sem Arsénio perceber, Yuri levantasse, pega nas pernas de Arsénio e atira-o para fora do ringue caindo em cima da mesa que o brasileiro tinha montado! A mesa quebrou a meio e Fuínha queixa-se bastante, António fica bastante surpreso. O russo desce do ringue, ele e António desatam a trocar socos, mas António ataca com um uppercut deixando o russo à nora e de seguida Culto of Hell! António leva Yuri para dentro do ringue e tenta um IntelectualDriver, mas Yuri safa-se e descansa um bocado nas cordas. António mesmo assim impulsiona-se nas cordas e corre para Petrov atacando com um Running Knee Lift e o tanque russo cai fora do ringue!
 
António está bastante empolgado e atrás dele, Arsénio Fuínha entra no ringue com uma cadeira na mão, toca com um dedo nas costas de António Andrade e quando este se vira para trás, Arsénio trai-o atacando com a cadeira na cabeça do brasileiro, este cai desamparado no chão e logo após Arsénio atinge com cadeiradas sucessivas, em António Andrade. Fuínha quer acabar o combate, põe Andrade de pé e “Toque de Campainha”! Andrade está sem sentidos e o lutador de Alfama não vai para o cover, mas tenta asfixiar o brasileiro! Yuri Petrov consegue-se levantar e tenta entrar no ringue, mas fica na borda de fora do ringue, apoiado nas cordas r Arsénio ouve o russo e corre para Yuri tentando um Clothesline, mas o russo abaixa a corda superior e o “Verdadeiro Professor” voa para fora e vai de costas contra a barreira de segurança.
 
Enquanto Arsénio se contorce do lado de fora do ringue, António Andrade recuperou os sentidos e Yuri entrou dentro do ringue. Ambos trocam socos e Yuri acerta com um murro potente António Andrade e este vai ao tapete, mas levanta-se rapidamente e dirige-se a Yuri que o ataca com um pontapé na barriga e aplica “A Bigorna”! António Andrade apagou as luzes literalmente! O russo vai para o cover e 1…2…3!
 
Raquel Jacob: E o vencedor deste combate, ainda campeão da Vanguarda… YURI PETROV!


 
Yuri recebe o cinto e sai logo do ringue, dirigindo-se até à rampa onde dá um beijo no título e estende-o no ar.
 
Luís: Este combate era do Fuínha!

Beja: Este combate era e é do Yuri Petrov! Nem a fazer equipa conseguiram ganhar ao “Tanque Russo”!
 
Luís: Ele tinha-o dominado!
 
***

Beja: Tanta azia fica-te mal meu amigo Barreira.
A imagem surge na zona de entrevistas da Vanguarda da Luta Livre onde vemos Kevin Gunn a enfaixar os punhos e a cortar a faixa excessiva com os dentes enquanto que é abordado por... Jack Neville.

Neville: Gunn, Gunn... Gunn.

Neville dá uma ligeira palmada nas costas a Kevin Gunn que fica algo relutante a olhar para o seu ex-manager.

Gunn: Precisas de alguma coisa Jack? O centro de emprego não é aqui e tenho um combate pelo number one contender que preciso de ganhar.

Neville: Eu vim apenas desejar-te boa sorte para esse combate e relembrar-te que não importa qual de vocês será o number one contender ou aliás... não importa quem será o Campeão Supremo. A médio prazo o meu novo cliente irá ganhar a qualquer um de vocês.

Gunn: Ai sim?

Jack Neville convida Kevin Gunn a olhar para o ecrã televisivo e o seguinte vídeo surge:


O vídeo termina e Kevin Gunn fica com um olhar mais sério.

Neville: Como vês, isto sim é um cliente digno das minhas capacidades. Sabes que não levo a mal teres-me despedido mas na verdade... Estou muito satisfeito. Pegando nas tuas palavras... Há uma diferença entre o bom que és tu e o muito bom que é Randall. Ele estará aqui em breve e quem se meter no seu caminho será uma presa fácil.

Kevin Gunn sorri.

Gunn: Não me interessa, tenho mais com que me preocupar.

Neville: Claro, claro. Entendo perfeitamente. Boa sorte...

Jack Neville vê Darren Keane com um cano de aço a surgir por trás de Kevin Gunn.

Neville: ...vais precisar.

Kevin Gunn fica sério a olhar para Jack Neville sem se aperceber de Darren Keane que lhe acerta impiedosamente com o cano de aço no ombro!

Kevin Gunn cai para o chão gritando de dores. Darren Keane olha algo sádicamente para o cano de aço e acerta-lhe novamente no mesmo ombro que é o direito perante um Kevin Gunn em agonia.


Keane: Quero ver agora como aplicas o teu famoso Royal Lock nesse estado... Boa sorte para o teu combate... futuro campeão.

Darren Keane sorri e afasta-se do local e vemos os médicos da Vanguarda da Luta Livre de imediato a socorrerem Kevin Gunn.

A imagem volta para a arena e foca a mesa dos comentadores.

Luís: Gunn passou à história.

Beja: Gunn passou à história e nem sabemos se Bangalter vai aparecer neste combate! Que situação bizarra esta.

Luís: Quem já deve estar todo contente é Vinícius Nunes. Bangalter talvez nem apareça e Gunn poderá estar lesionado com este ataque...

Toca a campainha do Ringue.

Yacob: Este combate está marcado para uma derrota... E é pela posição de candidato principal ao título supremo da Vanguarda da Luta Livre!

Beja: Bem... O que irá acontecer?

Luís: Não faço ideia mesmo...

***

A imagem foca a zona de entrada na rampa que dá acesso ao ringue mas ninguém aparece. Após um compasso de espera...


A imagem foca a zona de entrada novamente e de novo após muitos segundos de espera ninguém aparece e o público fica claramente confuso bem como todo o staff da Vanguarda da Luta Livre.

Luís: Um lesionado e o outro não aparece. Bonito serviço para o Lousada resolver.

Beja: Isto está a começar a ganhar sinais de uma catástrofe para a federação...


Beja: Será desta??

De súbito começa o habitual espetáculo de pirotecnia que é proporcionado na entrada de Michel-Baptiste Bangalter e eis que ele aparece sorrindo e com um ar bastante confiante e convencido.

Yacob: Vindo de Bobigny, Seine-Saint-Denis, França... pesando 89kgs e medindo 1,80m... "De Luxe" Michel-Baptiste Bangalter!

O público responde negativamente a Bangalter que faz troça do público desvalorizando-o à medida que entra no ringue e se prepara para o combate realizando uns vistosos exercícios de aquecimento como que troçando do alegado facto de Kevin Gunn não estar disponível para combater.

Luís: Já ganhou! Gunn nunca irá conseguir aparecer e tudo graças a Darren Keane! Bangalter devia convidá-lo para entrar no seu grupo!

Beja: Por favor, poupa-nos Luís.

Yacob: E o seu adversário...

Faz-se um compasso de espera enorme e Kevin Gunn não surge. Bangalter começa a gritar com o árbitro para que este o proclame vencedor deste combate. O árbitro começa a segredar com Yacob.

Yacob: Senhoras e senhores o vencedor deste combate por desistência e o novo candidato principal ao título Supremo da VLL... M...


O público reage muito positivamente.

Luís: O quê??

Surge Kevin Gunn na rampa muito combalido agarrado ao braço direito cerrando os dentes e caminhando para o ringue perante um sorridente Bangalter que o desafia a entrar no ringue. Kevin Gunn tenta entrar no ringue e vemos um médico a tentar impedi-lo. Kevin Gunn recusa e diz querer combater perante o médico que de forma algo relutante deixa Gunn entrar no ringue.

Kevin Gunn mal entra no ringue e é de imediato atacado por Bangalter, soando a campainha.




Bangalter começa a esmurrar impiedosamente Gunn na zona do ombro direito deixando claro que vai trabalhar o ombro lesionado de Gunn para o usar como vantagem neste combate. Kevin Gunn tenta livrar-se do francês mas não consegue, Bangalter aplica de imediato um arm bar e aplica algumas cotoveladas no ombro perante Gunn que grita de dor. O árbitro pergunta-lhe se ele quer desistir mas ele recusa gritando que não várias vezes. Bangalter aplica toda a sua força na submissão e Gunn consegue chegar às cordas com os pés o árbitro de imediato pede ao "De Luxe" interrompa a submissão algo que o francês recusa... 1..2...3..4... Bangalter larga a submissão sorrindo e caminhando para o centro do ringue cheio de confiança perante um Kevin Gunn que grita de dores rebolando no chão. Bangalter levanta Gunn e de imediato lhe aplica um Enziguri perfeitamente executado. Gunn cai no chão e Bangalter lança-se novamente ao braço do mesmo prendendo o braço do mesmo numa espécie de "Bridge" e agarrando-o com as mãos fazendo uma pressão brutal no braço de Gunn com as suas costas enquanto agarra o braço do mesmo!

Kevin Gunn levanta a mão para desistir!!! Mas no último segundo hesita, o público tenta puxar por Gunn que está bem no centro do ringue e Bangalter acena com a cabeça dizendo que ele não se vai safar desta submissão, o árbitro vai checkar Gunn e Gunn consegue um roll-up que atira o francês contra o árbitro!! o árbitro fica caído, Bangalter fica confuso, Gunn levanta-se e claramente com o braço direito descaído começa a esmurra Bangalter apenas com o braço esquerdo e consegue ganhar alguma vantagem! Gunn então aplica um DDT sob muito esforço e Bangalter fica algo combalido no chão... Gunn rasteja para fora do ringue e tira uma soqueira debaixo do mesmo! Vemos Gunn a entrar novamente no ringue e Bangalter levanta-se sem fazer sequer ideia do que está a acontecer... Bangalter vira-se... Soco de soqueira!! Bangalter cai de forma aparatosa no chão!!

Gunn tenta o cover mas o árbitro está no chão. Gunn então levanta-se sob muitas dores e tenta como que puxar o árbitro para fazer a contagem mas o mesmo não responde... Gunn fica algo sem saber o que fazer e faz sinal para o London Calling perante uma grande reacção do público! Gunn agarra Bangalter esboçando um doloroso sorriso e entretanto surgem Arsénio e Eustass Kid na rampa a correr para o ringue e Gunn vendo agarra a soqueira e larga Bangalter... Arsénio Fuinha entra no ringue e é recebido com um soco de soqueira deixando-o inconsciente pelo que o mesmo rebola para fora do ringue...Mas o Eustass Kid também já está no ringue sorri e atinge Gunn com ua cadeirada forte, Bangalter apercebe-se do que se está a passar e esboça um sinal de enorme satisfação. Eustass levanta Gunn... DDT devastador plantando o Son of Violence mesmo em cima da cadeira. Gunn está completamente KO, os Deluxe vão para fora do ringue e o árbitro começa a levantar-se com ajuda de costas não tendo observado nada do que aconteceu...

Bangalter sob ao turnbuckle sorrindo muito fazendo sinal para o Augmenter... Ele salta... Perfeitamente executado! Grande atletismo de Bangalter... Gunn passou à história... 1...2.....3! Bangalter é o novo candidato principal ao título supremo da Vanguarda da Luta Livre!

A campainha toca.



Yacob: O vencedor deste combate e o novo candidato principal ao título Supremo da Vanguarda da Luta Livre... Michel-Baptiste... "De Luxe"... Bangalter!!

O público vaia completamente o francês e os seus companheiros que estão no ringue a festejar com o líder dos DeLuxe.


O público fica altamente surpreendido perante Santiago Guerreiro que entra sozinho na arena com o seu típico fato e gravata e altamente apresentável.

Santiago Guerreiro surge na rampa a bater palmas a Bangalter e aos DeLuxe com um microfone na mão.


Guerreiro: Fantástico rapazes. Grande, grande trabalho. Estou muito... surpreendido.

Os DeLuxe ficam atentos no centro do ringue ao que o Presidente tem para dizer.

Guerreiro: Bangalter, para te punir por esta palhaçada que fizeste deste que era suposto ser um glorioso Main Event que seria um hino ao Wrestling não preciso de fazer mais nada do que apenas te deixar fazer o que queres... Combater contra Vinícius Nunes. Tenho a certeza absoluta que a tua punição será dolorosa e dentro do ringue pelo que sim, és o novo candidato principal ao título Supremo. Não vou tomar nenhuma medida em reverter a decisão.

O público vaia esta decisão de Guerreiro enquanto que vemos Gunn fora do ringue sentado encostado à barreira divisória onde se encontra o público a esboçar um sinal misto de frustração e de dor.

Guerreiro: Mas mesmo assim, eu como adoro, sabem, agitar as coisas... Tenho algo bom para vocês. Vou dar aos DeLuxe o que eles merecem.

Vemos os DeLuxe curiosos em saber o que se passa.

Guerreiro: Pois bem, eu não sei como vão resolver a situação dos vossos títulos, agora que o Delmar está lesionado, mas...Vou apenas introduzir-vos... Os novos candidatos aos parceiros de Guerra. Senhoras e senhores... Kevin Gunn!!!

O público reage muito positivamente e vemos Kevin Gunn a sorrir.

Guerreiro: E o seu parceiro? Aqui é que vem a parte engraçada... Sentem-se bem e agarrem-se... Nada mais nada menos que... Darren... Keane. Divirtam-se na vossa celebração rapaziada.

Santiago Guerreiro abandona a arena e Kevin Gunn é focado com um olhar revoltado e furioso com a decisão do Presidente perante um público muito confundido com esta decisão. A imagem volta para o ringue onde vemos Sebastião Fonseca que já tinha voltado do hospital, Eustass Kid, Lucas Brandão e Arsénio Fuinha a congratular Michel-Baptiste Bangalter. Todos dão um aperto de mão ao francês e o felicitam pela sua grande vitória que lhe dá o estatuto de novo candidato ao título supremo. Todos são muito vaiados pelo público.

Luis: Não sei como Keane e Gunn vão conseguir ser o mínimo que uma equipa consegue ser. Mas ainda assim eu quero é dizer que este povo não tem classe!

Beja: Então porquê?

Luis: Ficarem a vaiar um acontecimento tão importante. É a alegria de um grande vencedor e do futuro campeão supremo! Bangalter! Bangalter! Bangalter!

Beja: Que cena deprimente Luis... Isto é no mínimo nojento.

Luis: Se fosse o Vinícius, tu estavas a dar saltinhos de borboleta mas como é o grande Michel, a tua inveja impede-te de reconhecer o grande vencedor.

Beja: Vencedor graças ao Darren Keane também, mas sim, foi uma vitória importante para Michel-Baptiste Bangalter e os Deluxe SAD, Jorge Mendes deve estar sorrindo com a façanha do francês! E o mais engraçado ainda é que os vilões do que aconteceu aqui hoje são os recompensados... Keane ganha uma hipótese por um título ou por acabar de vez com Gunn e Bangalter ganha desta forma! Isto não está certo!

Luis: Claramente decisões acertadas do nosso grande Presidente!

Beja: Cala-te, por favor. Já não te posso ouvir.


O público faz a reacção positiva da noite!

Beja: É Vinícius! É Vinícius! Que grande ovação!

Luís: Vai estragar a festa.

Vinícius com cara de poucos amigos avança para a rampa que dá acesso ao ringue mas sem ir para o mesmo. Os DeLuxe ficam de sobreaviso mas Vinícius apenas ergue o cinturão, dirigindo algumas palavras para Bangalter e depois os dois encaram-se de maneira tensa mas Michel pede para os DeLuxe se afastarem e eles fazem-no. Bangalter aponta para cinturão e para sua cintura, já Vinícius ergue o cinturão mais uma vez.


Beja: A tensão começa já!

Luís: Pois é, tudo isso dará uma ideia de novo campeão! Mas não temos mais tempo, boa noite pessoal!
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ESPECIAL DE ANIVERSÁRIO (PPV8#) (11/01/14)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum