VANGUARDA 36# (RTP2) - (17/12/13)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

VANGUARDA 36# (RTP2) - (17/12/13)

Mensagem por vlladmin em Qui 12 Dez 2013, 04:33


PAVILHÃO DA VANGUARDA DA LUTA LIVRE, LISBOA


TORNEIO PELO TÍTULO SUPREMO - RONDA DE 12

COMBATE PRINCIPAL DA NOITE

VERME VS MICHEL-BAPTISTE BANGALTER


*****
YURI PETROV VS ANTÓNIO ANDRADE
VINÍCIUS NUNES vs. GABRIEL MARTINS
MOORE SD VS DARREN KEANE
ROB ESTE VS MIKE ORZAN
EUSTASS KID VS LUTADOR MASCARADO
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 36# (RTP2) - (17/12/13)

Mensagem por vlladmin em Qua 18 Dez 2013, 05:57

Surgem na imagem os acontecimentos chave da Vanguarda #35 dando destaque aos vencedores dos combates, que avançaram para a próxima fase do torneio. Este vídeo de introdução, mostra também a briga entre a Aliança formada por Vinícius Nunes, Rob Este e Yuri Petrov contra os Deluxe no parque de estacionamento e no final aparece Vinícius estendido no chão perante Bangalter e o Mascarado a sorrir com a cena.


 

A Vanguarda #36 começa com bastante fogo de artifício e os fãs hoje algo mais maioritariamente adultos, talvez devido ao novo rumo que Santiago Guerreiro procura dar à Vanguarda da Luta Livre erguem as suas "signs".

*Toca Winds of Change, tema de Santiago Guerreiro*

Santiago Guerreiro entra de fato e gravata com uma postura bastante elitista mas "popular" para o ringue pedindo um microfone ao staff. A reacção dos fãs parece ser positiva.

Guerreiro: Boa noite, Vanguarda da Luta Livre. Como está a energia nesta arena?

O público manifesta-se com entusiasmo.

Guerreiro: Bom, bom. É mesmo isso que eu quero. Vou ser breve no que vos vou dizer. Apenas vos quero antes demais dizer... Que o capital para a compra da Vanguarda da Luta Livre foi Brasileiro... Mas o dono, senhor e presidente sou eu. Apenas eu. Mais ninguém. Américo Amorim podia fingir que amava isto mas tudo o que ele amava era a cor do verde... E isso viu-se na altura de fechar negócio.

Santiago Guerreiro sorri.

Guerreiro: Para quem é fã do Amorim, fiquem sabendo que ele não pensou duas vezes em vender aquilo que vocês pensavam que era uma federação da sua estima... Amorim é apenas uma pessoa como tantas outras que conseguiu falir Portugal. Capitalistas sem escrúpulos que não tentam tirar o melhor potencial que o ser humano consegue dar. Apenas ligam aos mercados financeiros e tomarem banho na banheira com notas de Euros...

Guerreiro: Eu, meus caros, para além de ser um investidor de capital de risco... Sou desde os meus quatro anos de idade fã de Wrestling. Este desporto está no meu sangue, sempre foi uma obcessão minha ser lutador... Mas hoje em dia posso gabar-me de ser o Presidente da maior federação de Portugal e das maiores do mundo... a Vanguarda da Luta Livre. 

A plateia responde positivamente a Santiago Guerreiro.

Guerreiro: E a quem se deve isto? A todos vocês. A minha motivação é dar-vos o melhor.
Portanto o meu trabalho aqui é dar-vos o que vocês querem. Wrestling de excelência mergulhado em sangue, suor e lágrimas. E admito que embora goste muito do dinheiro e da sua cor... Gosto muito mais de uma boa sessão de pancadaria entre atletas de elite. Portanto posso-vos garantir que a partir do dia em que eu comprei esta federação... Tudo mas tudo será feito para o vosso agrado. As nossas audiências já começaram a subir em flecha e eu não quero ficar por aqui. O produto será agressivo sim... Cada vez mais mas... Irá haver sangue, combates sem regras, wrestling de excelência clássico. Todas as sensibilidades do público irão ter o seu espaço na nova Vanguarda da Luta Livre que já puderam ter um "cheirinho" na semana passada. A qualidade, essa... Será constante no que toca à sua subida.

Santiago Guerreiro reflecte um pouco.

Guerreiro: Quero também falar do Lousada, muito brevemente. Na minha avaliação ao seu trabalho eu fiz questão de ter uma conversa com ele sobre a sua visão sobre o Wrestling e o produto que devemos apresentar na Vanguarda da Luta Livre. Foi na minha opinião uma conversa satisfatória e mesmo continuando sob avaliação ele tem aqui, testemunhado por todos vocês um voto de confiança. 

Santiago Guerreiro acena positivamente com a cabeça.

Guerreiro: Portanto... Está na hora de meter este show a andar! Que comece mais uma fase do torneio da Vanguarda da Luta Livre pelo título Supremo!

Santiago Guerreiro abandona o ringue com uma cara de satisfação e a imagem foca então a mesa dos comentadores.

***

*Toca Maximum the Hormone - What's Up People, tema de Eustass Kid*

Raquel Jacob: Este combate está marcado para uma derrota. A caminho do ringue, vindo do Porto e pesando 102 quilos... "O Cirurgião da Morte" Eustass Kid!

Beja: Aqui vem Eustass Kid... Parece que está mais interessado na vitória do Bangalter neste torneio do que na dele próprio.

Luís: Cala-te Beja, não percebes nada de companheirismo e camaradagem! Ele faz tudo pelos seus companheiros e devia ser um exemplo para pessoas comot tu!

Beja: Vamos ver é se o Mascarado não faz dele um exemplo...

Eustass Kid já está no ringue e parece extremamente confiante a levantar os braços e a fazer troça do Lutador Mascarado.

*Toca The Black Keys - Hard Row, tema do Lutador Mascarado*

Raquel Jacob: E o seu adversário... O Lutador Mascarado!

Beja: Estranho... Que música nova do Mascarado é esta?

Luís: E o que é que isso interessa? Isto sim não deve ser um exemplo. Um cobarde que não tem coragem de mostrar a cara! Fala lá dele Beja! Fala!

Beja: Pelas suas declarações pareceu-me claro que podemos descobrir em breve quem ele é...

O Lutador Mascarado entra no ringue sem tirar os olhos de Eustass Kid.


O oficial para esse combate é Jorge Mesquita.  
O combate começa com o Lutador Mascarado num canto e Eustass Kid no outro. Eustass Kid avança para o centro do ringue de forma algo convencida enquanto o Mascarado olha para Eustass de forma bastante ponderada. Eustass Kid começa a ofender o Mascarado à medida que este se vai aproximando e do nada, Mascarado dá uma estalada em Eustass seguido de um roll-up. 1...2... Safa-se Eustass! Eustass levanta-se algo furioso e tenta apanhar o Mascarado com uma clothesline que é desviada pelo mesmo e que de seguida lhe aplica um Dropkick! Mascarado não perde tempo e levanta Kid aplicando um Snap Suplex. 1..2.. Safa-se Eustass.

O enigmático lutador começa a pedir uma contagem mais rápida ao árbitro e ao virar-se é arranhado nos olhos por Eustass Kid, velho truque mas ainda funciona! Eustass Kid começa então a castigar o Mascarado com vários murros na cabeça. O público não gosta mas Eustass está a adorar... O Mascarado cai no chão e Eustass aplica um Knee Drop. 1... Safa-se. Eustass vai as cordas e aplica um potente Shining Wizard! Eustass começa a fazer sinal para o Shambles! Mascarado levanta-se... Bloqueia o Shambles, caindo Eustass no chão. Mascarado algo intenso levanta Eustass e faz uma sequência de murros e pontapés agarrando de súbito Eustass e atirando-o para fora do ringue! Mascarado puxa um pouco pelo público e vai as cordas... Suicide Dive! Ambos os lutadores estão no chão!

O árbitro faz a contagem de Ring Out... 1....2...3...4... Mascarado já se levanta e vai tentar atingir Eustass com uma clothesline mas o mesmo desvia-se e o Mascarado vai directo contra as escadas! Eustass volta para o ringue para interromper a contagem e volta a sair. O "Cirurgião da Morte" agarra em Mascarado e agora atira-o de ombro contra um dos postes de cimento! Vemos Mascarado em dificuldades e Eustass atira-o para o ringue. Eustass Kid aplica um Fujiwara armbar a trabalhar o ombro e braço dorido do Mascarado... O árbitro pergunta se Mascarado quer desistir mas ele recusa, vemos Mascarado a inverter a submissão de Eustass... Levanta-o! Sit-Down Powerbomb! Que impacto! Ambos os lutadores ficam no chão e o árbitro começa a contagem... 1..2...3..4...5....6...7.... Ambos se começam a levantar a trocar murros como que à vez, o Lutador Mascarado acerta com um polegar no olho em Eustass Kid! Levanta-o... Vertical Suplex Powerbomb!

O público está ao rubro por ver um membro dos DeLuxe em dificuldades, Mascarado aproveita-se disso e trabalha um pouco o público! Mascarado levanta Eustass Kid... Running Powerslam a fazer lembrar o British Bulldog! Mascarado não quer ir para a cover e grita com Eustass Kid por este o ter desvalorizado esta semana... German Suplex! Mascarado não o larga vai para o segundo... e para o terceiro! O mascrado faz o sinal que vai terminar o combate mas de súbito sai Darren Keane do público com uma garrafa de cerveja na mão entrando no ringue a tentar acertar em Mascarado... O mesmo desvia-se, e de súbito tira uma soqueira das suas calças... Soco de Soqueira em Darren Keane que fica absolutamente KO! Mascarado começa a empurrar Darren Keane para fora do ringue e por trás está Eustass Kid... Roll-Up! 1...2.......... Safa-se na última fracção de segundo!

Eustass Kid tenta de imediato o Shambles... Aplicado! 1..2............ Mascarado coloca o pé na corda! Eustass Kid está furioso e diz que a contagem era de três! Eustass Kid fica a discutir com o árbitro demorando muito tempo a voltar a focar a sua atenção no Mascarado... Eustass Kid após muito discutir com o árbitro é ameaçado de desqualificação e volta para tentar arrumar o Lutador Mascarado... Ele levanta-o... Mascarado do nada agarra-o em posição de suplex... REGAL PLEX com a "ponte" para fazer a cover... 1....2...3!!

O Lutador Mascarado não perde tempo em sair do ringue e a pegar num microfone.

Mascarado (empurrando Eustass Kid para fora do ringue e mantendo um olho em Darren Keane que está combalido): Darren Keane, público da Vanguarda da Luta Livre. Estão assim tão curiosos para saber a minha identidade? Querem mesmo saber?

O Lutador Mascarado nota que o público responde positivamente e então acenando com a cabeça como que a dizer que sim faz sinal para a rampa de entrada.

*Toca Judas Priest - Painkiller, tema de Lutador Mascarado*

De súbito surge um indíviduo de fato e gravata numa Harley com um colete na mão mas também mascarado. O mesmo avança para o ringue com a Harley parando a mesma junto ás escadas do ringue. De súbito vem Scott a correr para se inteirar do estado Darren Keane mas o Lutador Mascarado intercepta-o e ataca-o na cabeça com o Microfone, o Lutador Mascarado pega então numa cadeira e ataca de forma quase bárbara Scott com a ponta da cadeira na zona abdominal de Scott. Darren Keane vem para tentar salvar Scott mas é recebido com uma cadeirada na cabeça! O Mascarado então, monta a sua cadeira em cima de Darren Keane, sentando-se e fazendo alguma pressão com a mesma no seu pescoço perante o outro homem mascarado que vem com o colete e aproxima-se do Mascarado.

Mascarado: Querias-me Darren Keane? Aqui me tens. Conseguiste a minha atenção... Parabéns. É hora de satisfazer a tua curiosidade.

O homem mascarado que está ao pé do lutador pega num colete que diz "SON OF VIOLENCE" na parte de cima, tendo um desenho de esqueleto com a bandeira do Reino Unido semelhante ao dos Iron Maiden e diz por baixo "LONDON". Entretanto o mascarado tira a sua máscara... As luzes apagam-se por um instante... De repente as mesmas voltam... O Lutador Mascarado é Kevin Gunn e a pessoa que o acompanha é Jack Neville!! Jack Neville coloca o colete "motard" em Kevin Gunn.

O público tem uma reacção mista mas audível. Kevin Gunn continua a fazer alguma pressão com a cadeira em cima de Darren Keane.


Kevin Gunn: Estou certo que têm muitas perguntas. Mas por hoje, vou só contar uma história de um tal Darren Keane... Corria o início de Kevin Gunn na Vanguarda da Luta Livre... Um dia, o meu manager Jack Neville decidiu trazer um jovem lutador promissor da Irlanda do Norte... essa ideia veio quando eu estava em confrontos com o Lasombra. Neville e eu achamos que eu precisava de ter alguém para vigiar as minhas costas daquele psicopata. E achamos Keane a pessoa certa. Demos-lhe treino, casa, comida, dinheiro como um projecto a médio-prazo. Queriamos tornar Darren Keane o meu número dois e até mesmo formar um grande lutador com pretensões a conquistas sonantes. E como agradece Keane? Fazendo uma imitação barata daquela que é a minha personalidade e os meus gostos... Até mesmo o meu nickname "Son of Violence" este pulha roubou.

A plateia fica algo surpreendida.

Kevin Gunn: Poderia acabar com a tua carreira agora Keane. Mas... Quero que sobrevivas ao torneio até me enfrentares. Temos contas a ajustar... E garanto-te..

Kevin Gunn faz muita pressão a sufocar Keane com a cadeira.

Kevin Gunn: Não vai ser nada bonito...

Kevin Gunn levanta-se e tira a cadeira de cima de Darren Keane que rebola para o lado a tossir muito combalido e dorido. Kevin Gunn aperta a mão de Jack Neville, que lhe dá uma palmada nas costas de incentivo. Kevin Gunn e Jack Neville abandonam a arena perante o olhar algo impotente de Darren Keane.

***


Toca a música da Vanguarda.

Beja: E parece que vem aí Augusto Lousada.

Luís: O homem da hora, aquele que pela sua mão levou a Vanguarda ao seu pico de popularidade…

Beja: Mas também aquele que está sobre avaliação por parte do novo presidente da Vanguarda da Luta Livre, Santiago Guerreiro.

Lousada: Boa noite fãs da Vanguarda. Têm perante vós o Produtor Executivo do programa da Vanguarda. Aquele que pegou num produto titubeante e em poucas semanas o levou ao seu pico máximo. Aquele que, sob avaliação ou não, vai continuar a estar neste programa enquanto no canto superior dos ecrãs estiver o logotipo da RTP.

BUUUUUUUUUUHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

Beja: Parece que o nosso Supervisor Geral se sente ameaçado na sua posição…

Luís: Até parece que não o ouviste. Enquanto o Santiago Guerreiro quiser o produto dele em canal aberto todas as semanas, é o Dr. Lousada que vai ao volante...

Lousada: Passemos então aos assuntos importantes. Na semana passada Daniel Lobo veio aqui, perante todos vós, fazer um conjunto de acusações sem qualquer sentido. Nessa mesma altura, eu anunciei ao mundo que marquei um combate para o Poder Popular entre Aníbal Fragas e Daniel Lobo. Alguns acharam que isto foi uma vingança, eu acho que é fazer a vontade a toda a gente. O Lobo quer o Fragas, o publico quer que estas duas bombas-relógio psicológicas embatam finalmente no ringue… Todos ganham!

Beja: Talvez tirando Fragas…

Luís: O Fragas começou tudo isto, não te ponhas agora a defendê-lo depois de tudo o que já disseste.

Beja
: Eu sou justo. Aníbal Fragas não tem a culpa toda nesta história.

Lousada: Mas, perguntam-se vocês… o Poder Popular não é evento especial? O Poder Popular não é interativo? Claro que sim, todos sabemos que sim. E por isso, quero anunciar aqui e agora que Fragas vs Lobo será um combate de singulares com um árbitro escolhido pelo público, a partir de três opções que serão anunciadas mais tarde.

Luís: Reação algo mista do público, talvez esperassem um combate hardcore…

Beja: Na minha óptica eles sabem é que as hipóteses serão escolhidas a dedo pelo homem que fala perante nós.

Luís: Já que és tão justo, reconhece lá que o homem que está a falar se tem preocupado sempre com o espectáculo e a imprevisibilidade…

Beja: Tem dias…

Lousada: Na semana passada, Daniel Lobo disse tudo o que tinha a dizer. Pois bem, hoje é Aníbal Fragas que tem a palavra. Mas Aníbal Fragas continua a recuperar do ataque que sofreu, ordens do médico…

Beja: Do médico…

Luís: Queres dizer alguma coisa?

Beja: Nada nada…

Lousada: Por isso, trago-vos hoje uma gravação áudio que Aníbal Fragas realizou no seu lar e nos enviou para que transmitíssemos. Vamos ouvir.

O timbre de voz inconfundível de Aníbal Fragas começa a ecoar pela arena, antecedido de um barulho de uma cadeira de aço a abrir.

Fragas: Realmente estas cadeiras dão imenso jeito, obrigado pela dica Daniel. Arrumam-se facilmente, são resilientes… E no entanto, que valor é que lhes damos? Que valor têm as coisas que apreciamos quando as nossas ideias estão toldadas Daniel?

Ouve-se o respirar fundo de Aníbal a resvalar pelas paredes da arena.

Fragas: Uma cadeira… Mas não foi apenas uma cadeira que me atingiu no dia em que decidiste atacar-me à traição quando eu descia as bancadas… Mas tudo bem. Sabes porquê Daniel? Porque eu tenho uma história para te contar.

O público começa a prestar mais atenção.

Fragas: É a história da vingança do marinheiro. Era uma vez um rapaz, órfão de pai desde os 2 anos, cuja mãe alugava um quarto na casa em que viviam para ajudar com as despesas. Um dia alugou-o a um galante rapaz de 20 anos.

O pavilhão fica em silencio absoluto.

Fragas: A senhora, sozinha à anos, foi arrebatada pelo rapaz...Digamos de forma ligeira que o rapaz passou do quarto pequeno para a cama da dona da casa em pouco tempo. Mas não muito tempo. O rapaz desapareceu, deixando para trás a hipoteca da casa como paga para dividas de jogo, muitas nódoas negras na senhora e, pior que tudo, passou sífilis à senhora. A mãe do rapaz morreu um ano depois, vivendo na rua. A última conversa que ela teve com o miúdo antes de o deixar num orfanato foi para o obrigar, com oito anos, a prometer que encontraria o homem que a desgraçou e o mataria.

Alguns “OHHHH” sussurram pelo pavilhão.

Fragas: O rapaz cresceu e tornou-se num marinheiro na marinha mercante. Mas os fantasmas voltam sempre para nos assombrar Daniel... e o rapaz ouviu falar no homem que o tinha deixado órfão e na miséria. Tinha-se tornado num infame capitão de um bacalhoeiro, tao cruel como rico. O rapaz abandonou o trabalho honesto que tinha e tornou-se num pirata, esperando pelo dia em que finalmente encontraria o barco do homem que prometeu abater quando tinha 8 anos. E depois de muitas gargantas abertas, muitos membros decepados, finalmente chegou o dia em que encontrou o bacalhoeiro que procurava.

Começam a soar mais “AHHHH” pelo pavilhão.

Fragas: E como todas as tragédias, também esta história acabou mal. Muita gente morreu no caminho daquele rapaz, e no momento em que finalmente ele conseguiu ficar cara a cara com o capitão, apareceu uma baleia azul a engolir o barco com os dois últimos homens a bordo: o capitão e o rapaz. Anos depois, uma garrafa com uma mensagem foi apanhada nos Açores. Era do rapaz. Ele vingou a sua mãe, mas aquela baleia foi a sua última casa antes de morrer à fome dentro do estômago desta.

Ouve-se Aníbal Fragas suspirar durante uma longa pausa.

Fragas: Histórias são histórias Daniel Lobo, quase de certeza que é tudo invenção. Mas tu, tu és real… e é certo e sabido que tu entrarias naquele barco de piratas em menos de um segundo, tu morrias no sistema digestivo de uma baleia com um sorriso nos lábios se isso significasse vingar a morte da tua irmã. É esse o tipo de homem que tu és.

O tom de voz de Fragas endurece.

Fragas: Eu sei que tu estás disposto a tudo, não há limites para as tuas acções. E eu sei que, no Poder Popular, tu vais tentar tudo para me destruir. Não interessa quem seja o árbitro, não interessa se há regras para cumprir, não interessa se eu sou culpado ou não. Eu sou o teu alvo e tu vais aos limites para me destruir.

Ouve-se o restolhar da cadeira de aço. Fragas levantou-se. E ouve-se um pontapé violento a atirar a cadeira para longe.

Fragas: Mas eu não vou ficar à espera que o teu barco apareça no horizonte. Eu não vou deixar para trás alguém que 15 anos depois apareça para me vir destruir. Esta história acaba no Poder Popular. A 22 de Dezembro, no ringue da Vanguarda, Aníbal Fragas vai destruir os sonhos de vingança de Daniel Lobo. E é esta a tua sentença Daniel Lobo.

Lousada: E são estas as palavras de Aníbal Fragas.

***


Vinícius Nunes, Rob Este e Yuri Petrov estavam reunidos no balneário. O tópico da conversa sem dúvida era a proteção deles mesmos contra atividades externas dos Deluxe ou de homens do Lousada.

Vinícius: Bem, agora que todos sabem da nossa reunião, só estou aqui para lembrá-los do que devem fazer. Cheguei mais cedo por aqui e coloquei uns acessórios debaixo do ringue, eles serão vitais para a nossa defesa contra os Deluxe, agora que sabem que nos reunimos e estamos ativos, perdemos o fator surpresa, ou seja, teremos que atacar com tudo.

Rob: Sabes que podemos contê-los!

Vinícius: Sim, mas só devemos usar isso caso sejamos atacados, não quero ataques com instrumentos gratuitamente, lembrem-se que o grupo é de defesa e não de ataque.

Yuri: Pois é, deverias lembrar o seu primo disso...

Vinícius: Eu sei bem lidar com ele e não me envolverei nas questões de vocês...

Rob: Verdade, estamos aqui para nos defender dos Deluxe e do Lousada!

Yuri: Tudo bem, até porque sei que Arsênio está doido pelo meu título e ele faz parte dos Deluxe.

Vinícius: Temos que tomar cuidado com todos eles, nenhum deles é de confiança, seja o vigarista do Arsênio, o mercenário do Delmar, o egomaníaco do Bangalter ou palhaço do Eustass Kid, esse que deve andar bastante aziado após sua derrota para o mascarado, mas seja o que for, um Deluxe a menos! E estamos todos vivos no torneio!

Yuri: Porém o plano deles ainda está de pé, Bangalter segue no torneio.

Rob: Mas ele enfrenta o Verme...

Vinícius: Sim, mas nesse momento temos que nos focar mais em nossos combates, eu no Gabriel, você no Orzan, Rob, e o Petrov deve se focar no Toni.  

Yuri: Meu foco está no Andrade, provarei a ele que está errado sobre mim!

Vinícius: Como eu disse, nisso eu não me meto, mas se algum dos Deluxe, ou todos eles quererem lhe prejudicar, pode contar que eu e o Rob estaremos aqui para evitar qualquer injustiça!

Rob: Claro, em todos os nossos combates teremos a mesma postura!

Vinícius: Sim, terei que adiantar aqui, boa sorte para vocês e olho nos Deluxe e no Lousada!

Rob: Tchau e boa sorte!

Yuri: Até mais!

Vinícius saiu do local, deixando Rob e Yuri conversando.


***


Beja: Esse trio ainda vai dar o que falar!

Luis: Palavras... Palavras, no final os Deluxe ainda saem por cima novamente.

João Barbosa está junto com Adam Reid, o americano não parece muito à vontade na situação e Barbosa cultiva um certo temor.

João
: Olá Adam, tiveste uma grande exibição frente a Mauro Trincão semana passada, tanto que estarás no evento principal da volta do Lugar Cativo, o que achas dessa sua nova fase na VLL após perder para o já agora reconhecido Kevin Gunn?

Reid
: Faço o que tem que ser feito, não tenho muito o que dizer.

João: Ah, certo... Mas o que dizes sobre estar no evento principal do Lugar Cativo?

Reid: Será mais uma chance de arrebentar o Trincão, apenas isso.

João: Bem e como deve ser essa nova luta contra Mauro Trincão? O homem vem mordido e se mostrou grande lutador nos shows da ANW? Será muito difícil não?

Reid
: Difícil é ver amigos seus morrerem em missões, difícil é não ter muitas pessoas em quem possamos confiar, difícil é tu saíres de casa para trabalhar e não saberes se volta, isso que é difícil... Derrotar Mauro Trincão, bem, isso será apenas o meu trabalho.

João: O que achas do torneio do título supremo, quem achas que vai ganhar?

Reid: Espero que Kevin Gunn não o vença, pois ainda não esqueci a maneira covarde que ele me derrotou, se fosse lá nos SEAL, não sei até que ponto ele estaria saudável, sei que tenho contas a acertar com ele, mas não terei pressas, já tenho muitos problemas...

João
: E quais problemas?

Reid
: Não é de sua conta... Pois...

Nisso, Mauro Trincão interrompe a entrevista atacando Reid com um porrete na cabeça do americano, isso tudo por trás e de surpresa, Reid se levanta e tenta ir em cima de Trincão, mas esse foge antes. João Barbosa olha para cena atordoado e vê Reid se queixando de dores na cabeça.

A emissão volta mostrando os dois comentadores.

Luis: Trincão mostrou quem é que manda!  

Beja: Trincão mostrou que é covarde, mas sei bem que Reid irá se vingar no webshow Lugar Cativo, Reid vs Trincão 2. O show estará disponível no site da VLL nesse sábado, não percam!

Luis
: Verdade, contaremos com o retorno de Big Bison Maniac, Caim Ezequiel, a estréia de Felps e muito mais!

Beja: Bem, Luís, parece que estamos prontos para saber quem será o nosso segundo semi-finalista.

Luís: Naquele que será certamente...o combate mais aborrecido da noite.

Beja: Desculpa Luís? Tu estás a falar de um ex-Parceiro de Guerra e candidato principal ao Título Nacional. De um dos homens mais amados no universo da VLL e a pessoa que mandou o Alberto Valente para fora da federação, o Rob Este! Para além disso, o Orzan mostrou muita evolução no seu combate contra o Henrique Coelho e tem um bom currículo internacional!

Luís: Sim, o Rob Este é o Freddy Adu do Wrestling, e está aqui hoje porque um tipo lhe cuspiu um líquido verde para a cara e o outro mostrou uma grande evolução, ganhando graças a uma distracção do Verme...sendo que depois disso acabou no meio do ringue a aguentar com um Armbar do Coelho...Pera só aí um bocado...

Beja: Mas que...?!

Barreira levanta-se do seu lugar na mesa dos comentadores e parece chamar alguém no meio do público.

Beja: Pipocas?!

Luís: Uma pessoa tem que se entreter, nem que seja a encher a barriga. Não vou à casa-de-banho porque fica longe.

*Toca Adrenaline, tema de Mike Orzan*

Raquel Jacob: Apresentando primeiro, vindo de Juneau no Alaska e pesando hoje 110 quilos, ele é o “Mr. Knockout”...MIKE ORZAAAAAAAAAAAAN!!!

YEAAAAAAAAH!!!

Beja: Orzan parece confiante para este combate. O seu semblante só mostra concentração, o “Mr. Knockout” parece mais do que preparado para este combate.

Luís: Hum hum...

Beja: Podes parar de mastigar isso?

*Toca Horns Up, tema de Rob Este*

Raquel Jacob: E o seu adversário, acompanhado por Vinícius Nunes e Yuri Petrov, ele vem da Nazaré e pesa 102 quilos...“o Justiceiro”...ROB ESTEEEEE!!!

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!!!

Beja: Bem, e Rob Este recebe a ovação da noite até agora! Mas a verdade é que ao contrário de Orzan não parece lá muito confiante, vejo insegurança na sua expressão, algo se passará com “o Justiceiro” da VLL?

Luís: Bem quero eu saber. Podias era dizer que vem acompanhado pelos amiguinhos...sobre o facto de estes aparecerem juntos para os combates não gostas de dizer nada, pois não Beja? Fosse um dos DeLuxe...

Beja: Sinceramente, Luís, tu só dizes é me...

Luís: Ó, ó, calma aí, não tens ouvido as críticas? Nós estamos num canal de serviço público, homem!


O árbitro é a mais recente contratação de Santiago Guerreiro, Andrei Senshov, que se certifica que nenhum dos dois lutadores tem um objecto ilegal. Senshov valida o combate e soa a campainha.

Orzan e Este entram num teste de forças que se equilibra até que os dois desistem e se largam. Orzan convida agora Rob Este para uma troca de strikes e o “Justiceiro” parece gostar da ideia. Rob aproxima-se de Orzan que o recebe de imediato com um pontapé bem dado na zona das costelas que faz com que Este recue. O norte-americano volta a convidar o português a aproximar-se...E este atira-se para cima dele, derrubando-o com um Takedown e começando a esmurrar a cara de Orzan!

Mas o árbitro interfere rapidamente e tira Rob Este de cima de Orzan. O norte-americano aproveita o tempo ganho para se recompor e levantar-se. Este aproxima-se...mas recebe de imediato um High Kick que o derruba. Orzan vai para o assentamento de espáduas, 1...Este safa-se, ainda é demasiado cedo. Orzan vai levantar Rob Este...mas este consegue contra-atacar com um Jawbreaker! Orzan fica agarrado ao queixo, vira-se de costas para o português...Inverted DDT!

Assentamento de espáduas...1...2...Orzan safa-se! Este parece estar a acordar para o combate e a motivar-se, vê-se a garra a reancender-se nos seus olhos. O público puxa por ele, tal como Vinícius e Yuri, e Este parece corresponder...Orzan levanta-se...Running Clothesline de Este a derrubá-lo! Orzan levanta-se novamente apenas para receber mais uma Clothesline! O norte-americano volta-se a pôr de pé...Running High Knee de Rob Este! Assentamento de espáduas...1...2...Orzan ergue o braço direito e salva-se da derrota!

Este continua com a ofensiva, pega em Orzan...Suplex...não, Orzan bloqueia com a perna! E aplica ele um Suplex! É Orzan quem cai agora em cima de Este acertando-o com socos violentos na cara...e desta vez o árbitro nada faz. Orzan levanta Rob Este e coloca-o em cima dos seus ombros em posição de Fireman's Carry...mas Este consegue escapar e cair de pé nas costas dele...Double Knee Backbreaker! Excelente manobra do português! Assentamento de espáduas...1...2...Orzan safa-se no que pareceu uma contagem lenta de Andrei Senshov!

É isso mesmo que Rob Este parece dizer ao mais recente árbitro da VLL. Tanto Vinícius, como Yuri, como o público, toda a gente no Pavilhão parece confuso com o que aconteceu. Rob Este vira-se, Orzan está a usar as cordas para se levantar...Pontapé forte de Orzan no abdominal de Rob Este! Orzan agarra Rob Este em posição de Gutwrench...e Facebuster! Gutwrench Facebuster, uma das manobras mais letais do reportório de Mike Orzan! Assentamento de espáduas...1...2...3! Agora Senshov fez a contagem a correr!


Raquel Jacob: E o vencedor deste combate...o “Mr. Knockout”...MIKE ORZAAAAAAAAAAAAAN!!!

Beja: Mas que raio é que aconteceu aqui?! Rob Este e toda a gente está especado a olhar para este novo árbitro! Que contagem é que foi esta? Que contagem é que foi aquela depois do Double Knee Backbreaker de Rob Este?!

Luís: Olha, Beja, sabes que mais? Isto afinal até foi melhor do que eu pensava, pelo menos teve este drama aqui com o árbitro.

Beja: Até o próprio Mike Orzan está a olhar para Senshov com cara de quem não percebeu o que acabou de se suceder aqui...Mas que raio?!

Luis: Pois, é mas vamos ver Antonio Andrade e Zé Maravilha, Andrade deve dizer umas verdade sobre Petrov, tudo isso nos bastidores da Vanguarda, vamos ver.  

Zé Maravilha recebe Antonio Andrade no backstage.

Zé Maravilha: Olá Toni Filosofia! Ontem falaste com a Jacob, mas agora tu tens a oportunidade de enfrentar Yuri Petrov pelo torneio, o que achas dessa chance?

Antonio: Olá Zé! Já estava com saudades do seu bom humor! Bem, amigo, é o seguinte, eu derrotarei Yuri Petrov e serei o candidato principal pelo título da Vanguarda, hoje eu provarei que eu sou merecedor desse título!

Zé Maravilha: Não achas que deverias estar mais focado no título supremo?

Antonio: O meu foco está em recuperar aquilo que me foi roubado, e eu fui roubado, fui roubado pelo Yuri Petrov, não sei como Rob e Vinícius confiam nele, ele roubou a minha desforra contra Diogo Lourenço! Eu que deveria ter tido a minha revanche, mas não, nem isso eu tive direito, já o russo, o protegido aqui dentro, teve duas chances...

Zé Maravilha: O que achas dessa competitividade pelo título? Já são tu, o Arsênio e o Diogo Lourenço que clamam por essa chance.

Antonio: O mais justo era eu ter minha oportunidade antes deles todos, pois o meu título foi tirado em um combate de quatro oponentes e eu não tive a desforra, o DL perdeu o título depois de mim e foi em um one-on-one, além disso, ele perdeu de maneira limpa e definitiva, ao contrário de mim!

Zé Maravilha: Não achas esse discurso meio choramingas?

Antonio: O meu discurso foi de justiça, é o que eu exijo dentro da Vanguarda de Luta Livre, por isso, antes de pensar em vencer o título supremo, que, aliás, foi tirado do meu primo por causa de uma palhaçada... Tenho que focar primeiro naquilo que me pertence, para depois pensar em novos rumos...

Zé Maravilha: E se ganhares o torneio e o título?

Antonio: Bem, se eu ganhar o título supremo, eu serei o primeiro campeão absoluto da Vanguarda, o que não seria nada mal, porém, tenho que pensar em cada passo, primeiro é vencer o ladrão do Petrov, para depois pensar em ser campeão supremo ou da Vanguarda.

Zé Maravilha: Planos de entrar para a Aliança?

Antonio: Não enquanto o Petrov fizer parte...

Zé Maravilha: Tudo bem Antonio, obrigado pela entrevista.

Antonio: Nada, até mais!  

Luis: Esse é o Andrade que eu gosto, o que diz as verdades, só falta agora se voltar contra o primo.

Beja: Não sei até que ponto pode-se dizer que o Antonio anda a dizer verdades, o homem não voltou lá muito bem.

Luis: Ele só está a começar a enxergar quem é quem nessa Federação, só falta o Vinícius!

Beja: Vamos voltar ao que interessa, temos mais combates pelo torneio!  

Toca Kid Rock - American Bad Ass (Instrumental), a faixa de Moore SD.

Raquel Jacob: Essa luta é de uma derrota válida pelo torneio do título supremo, primeiro, vindo Detroit, Estados Unidos, pesando 97 KG, Moore SD!

Luis: Esse Moore ainda tem estilo.

Beja: Moore conseguiu sua passagem após uma vitória um tanto controversa contra Caim Ezequiel, agora terá um desafio ainda mais difícil.

Luis: Moore simplesmente fez o que deveria ser feito para ganhar o combate, Caim teria feito o mesmo.

Beja: Nisso eu terei que concordar.

Toca One Minute Silence - I Wear My Skin, faixa de Darren Keane.

BOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO[/b

Beja: Esse levou com maus bocados hoje.

Luis: Covardemente atacado por Kevin Gunn, não sei o quanto ele está pronto para combater hoje!

Beja: Realmente, foi brutal o retorno de Kevin Gunn à VLL.

Luis: Muitas emoções nesse evento, até Orzan vs Rob teve emoção!



Adelaide Rodrigues é a oficial do combate. A mesma revista ambos os intervenientes no combate e retira uma soqueira da bota de Darren Keane. Moore avisa Darren que se a tivesse usado teria o que lhe esperava. Começa o combate com um lock-up. Keane demonstra a sua força encostado Moore ao canto e pressionando-o até Adelaide o mandar afastar. O mesmo tenta uma Clothesline mas Moore desvia-se com sucesso. Dragon Suplex, Moore não perde tempo e tenta logo ir para o Crossface mas Keane escapa-se por entre os braços de Moore e levanta-se rapidamente, porém mostra-se queixoso do pescoço e Adelaide verifica a sua condição. Os dois correm agora e Keane salta com um Lou Thesz Press. Socos no Rock City Aggression, seguido por um Big Boot mal este se levanta. Cover rápido: 1…2...! Moore safa-se.

O pescoço de Keane continua a dar de si quando este aplica, logo de seguida um Swinging Neckbreaker que mais parece ter aleijado ao norte-irlandês que ao americano. Uma vez mais Keane levanta Moore mas este puxa-o contra o canto. Superkick na nuca de Keane! Parece que Moore escolheu um ponto de referência para atacar Darren Keane. Moore prepara o Muppet Show mas Keane consegue fugir dos braços de Moore para fora do ringue, onde ganha tempo para recuperar da dor no seu pescoço. Moore persegue Keane fora do ringue mas o norte-irlandês reentra no círculo quadrado. Moore corre para ele que o surpreende com um Back Body Drop. Keane levanta Moore para um forte Elevated Powerbomb que surpreendeu os presentes. 1…2… novamente Moore escapa-se.

Keane levanta Moore novamente para outro Elevated Powerbomb mas este salta e aterra de pé atrás de Keane, High Knee! Straight From Detroit e Moore sobe ao canto. Já não é muito comum isto: Moonsault. Cover! 1…2… Keane levanta o braço para espanto de Moore.
Moore levanta-se, levanta Darren e aplica-lhe um Suplex, dois Suplexes, o terceiro tem sucesso também e de novo, Moore tem Keane controlado. Será o Muppet Show… e foi! 1…2……. Mas Keane safa-se novamente, parece mentira. Moore está enraivecido.
Moore retira a cotoveleira e encosta-se ao canto esperando que Keane se levante. A sua expressão diz tudo, ele quer esta vitória…

*Toca Invasion, tema de Caim Ezequiel*

Moore espera Caim com cara de poucos amigos e incentiva a sua vinda ao ringue, junto das cordas. Caim demora mas aparece pelo lado inverso, subindo ao apron, porém Adelaide Rodrigues consegue avistá-lo antes ainda de Moore e tenta que o israelita abandone a zona do ringue. Moore apercebe-se e deita Caim ao chão com uma cotovelada. Entretanto, Keane levantou-se e também este aplica uma cotovelada, em Moore claro. Segue-se um Brawl Slam. Potente! Assentamento: 1…..2……..3! O norte-irlandês avança para as semi finais.

Beja: O que foi isso? Um absurdo?

Luis
: É o velho ditado, aqui se faz, aqui se paga. Caim custou a chance de Moore de avançar às meias-finais do torneio.

Beja
: Com certeza, mas tenho lá minhas dúvidas se Moore não faria o mesmo, porém nessa ele foi injustiçado.

Luis
: Para homens como Moore e Caim, a justiça que vale é a justiça que favorece a eles!

Beja
: Tás bem? De novo a dizer coisas de jeito?

Luis
: Sempre digo coisas de jeito!

 



***












Última edição por vlladmin em Qua 18 Dez 2013, 11:07, editado 4 vez(es)
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 36# (RTP2) - (17/12/13)

Mensagem por vlladmin em Qua 18 Dez 2013, 07:57

Liechtenstein e Verme estão em um canto escuro, era um vídeo deles para a Vanguarda de Luta Livre. A emissão mostra ambos iluminados apenas por uma luz vinda de uma lanterna. Liechtenstein tinha um sorriso estranho, um pouco doentio, um pouco de gozo, a expressão era difícil de se definir.

Liechtenstein: Henrique! Henrique! Henrique!

Ele começa a dar uma gargalhada muito estranho. Verme continua impassível ao lado.

Liechtenstein: Vi ontem a sua entrevista no Vanguarda, posso dizer que estou muito feliz com o que eu testemunhei... Agora, o mistério é saber o porque de minha felicidade, na verdade, da nossa felicidade.

Ele aponta para Verme que está do lado.

Liechtenstein: Na verdade, eu e Verme estamos felizes porque vimos o que tu te tornaste. Não reconheces nem para ti mesmo, mas apresentamos um sentimento que acho que não conhecias na VLL. Verme lhe ensinou o que é o sentimento do medo... Tu estás aterrorizado Coelho, tu sabes que não tem chance contra Verme, tu sabes o quanto Verme é perigoso, o quanto Verme é impiedoso, o quanto Verme é implacável.

Liechtenstein olha para Verme com admiração e respeito.

Liechtenstein: Esse homem carrega um misticismo que ninguém carregou antes na VLL, nem mesmo Lasombra, na empresa não temos ninguém tão brutal, ninguém tão obscuro, e tu sabes que não pode lutar contra isso Coelho, tu sabes que por mais que tenhas orgulho e que acredites em tuas capacidades, não serás capaz de combater aquilo que não compreendes, aquilo que não está no seu alcance.  

Liechtenstein faz uma pequena pausa.

Liechtenstein: Soube que procuraste o seu antigo mestre, e soube que estavas nervoso por perder para Verme, em uma manobra que para um judoca é facilmente sairia, mas quando lutas contra Verme, não é uma luta comum, o que aconteceu é que Verme se apossou de sua mente, e isso limitou a sua técnica, não adiantas treinares mais ou agir de maneira suja, pois Verme sempre lutará de maneira limpa e digna, sempre de acordo com as regras, ou seja, não cairás nos seus truques, o que se segue para ti e para o teu futuro meu caro Henrique, não é nada agradável, pois o terror está apenas a começar!

Verme bate nas costas de Liechtenstein.

Liechtenstein: Ah! Quase me esqueço, quero lembrar-te que Verme está pronto para uma última luta contra ti, açoriano, mas dessa vez queremos algo brutal, algo sem regras, algo que possa definir quem é o melhor, quem é o mais brutal, quem é o mais assustador, o mais impiedoso... Queremos um combate violento, onde quem cair que caia por um bom tempo.

Liechtenstein: Ah, e francês, não esqueci de ti, pois antes de Coelho, serás tu que conhecerás o terror que Verme irá lhe proporcionar... Francês, falaste demais e isso vai custar muito caro!  

Luis: Voltamos depois dessa declaração do manager do Verme, até o Bangalter ele ameaçou, Verme cada vez mais perigoso... Porém ainda tem outra confusão no backstage, vamos olhar o que tem!

Beja: Provavelmente o Moore a querer se vingar do Caim, e tem motivos para isso!  

Nos bastidores podemos ver Caim Ezequiel, acompanhado por Micael Isaías, seu discípulo, ambos caminhando. Já não era a primeira vez que víamos o israelita esta noite, visto que este custou a vitória a Moore.

Moore SD sai do seu balneário, acompanhado por Miguel e avista Caim. Moore corre e desfere um soco forte em Caim, que cai aparatosamente nos braços de Micael, ficando a sangrar, agora ele, da boca.

Moore: Filho da puta! Vais-te arrepender meu pulha de merda!

É então que dois seguranças que se localizam perto do local agarram Moore prontamente, com a ajuda de Miguel.

Moore (esbracejando, tentando-se livrar da segurança): Larguem-me, porra!

Caim Ezequiel recompõe-se mas não ataca Moore fisicamente.

Caim: Sabe, Moore… esta noite, você teve a paga pelo que me fez antes. Foi merecido e a justiça nunca soube tão bem, meu caro…

Moore continua a esbracejar, porém sem sucesso.

Moore: Cala-te, filho da mãe!

Caim: Moore… devo dizer que eu nem lhe queria fazer o que fiz hoje, mas não foi minha culpa. Fiz o que fiz por obrigação. Houve umas vozes… dentro de mim, que me fizeram agir assim, que me fizeram distrair você. Não sei se é Deus, ou se é o Diabo… o que eu sei é que as vozes ainda não pararam e você ainda não está a salvo, Moore. Micael, vamos embora.

Caim e Micael abandonam o local. Já Moore finalmente livre dos seguranças e de Miguel, não conseguia deixar de olhar para Caim e Micael, porém parecendo mudo, talvez assustado.

Beja: Há aqui algo de muito estranho nesta explicação de Caim Ezequiel. Moore parece perplexo, assustado talvez, mesmo ele está diferente. Nunca o vi assim.

Luís: Não sei porquê mas isto agrada-me de certa forma. E isto ainda não acabou, longe disso meu caro. Prevejo sangue nos próximos episódios.

A câmara foca Moore no 1º plano, com Miguel atrás, porém, não havia sinal dos seguranças. A imagem desvanece e volta para os comentadores.

Luis: Agora sim, teremos outro combate pelo torneio...

Beja: Isso está a ficar cada vez melhor, já temos três nas meias-finais, Darren Keane, Kevin Gunn e Mike Orzan!


Raquel Jacob: A próxima luta é para um derrota e é válido pelo torneio do título supremo! Primeiro, vindo de Salvador, Brasil, pesando 140 kg! Vinícius Nunes!  

Toca a música de Vinícius Nunes.

YEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHH

Beja: Agora vamos ter alto combate, Vinícius Nunes, ex-campeão supremo vai enfrentar Gabriel Martins!

Luis: Gabriel Martins que é o futuro da VLL!

Beja: Sim, e o Vinícius é o presente!

Luis: Não sei porque tens tanto amor pelo Vinícius, ele perdeu o título de maneira estúpida e agora vai perder para Gabriel.

Beja: É o que veremos...

Rob Este e Yuri Petrov entram logo após.

Luis: Tinha que a gangue vir junto...

Beja: Eles não farão nada Luis, só estão de sobreaviso.

Luis: Sei, quando os Deluxe entram juntos tu não dizes o mesmo, és incoerente!

Beja: Meu Deus...

Raquel Jacob: E seu oponente, vindo de Guimarães, Braga, pesando 87 quilos, Gabriel Martins!

BOOOOOOOOOOO  

Toca a música de Gabriel Martins.

Luis: Adoro esse gajo, vejo o que o Lousada vê nele, ele tem aquele olhar de campeão, aquela atitude!

Beja: Não precisas perder a compostura...

Luis: Tipo quando tu falas do Vinícius? Jamais!




O oficial do combate é David Peralta.
Vinícius não quer saber de muita conversa e já derrubar Gabriel no chão e o enche de cotoveladas, até que é contido pelo árbitro. Vinícius parte para cima novamente com um Big Boot. Foi para a cover cedo, 1-2, Gabriel se salva fácil, ainda está muito cedo. Vinícius tenta impor alguma velocidade no combate e já vai a caça de Gabriel, esse coloca a mão na cara de Vinícius, deixando o dedo escorregar no olho do ex-campeão supremo. Vinícius leva a mão no olho esquerdo e é a deixa para Gabriel, Single Knee Backbreaker seguido de um Neckbreaker, é a vez de Martins, 1-2, se salva o brasileiro.

Gabriel tenta dominar o combate dando vários chutes nas pernas de Vinícius, Nunes ainda sente o olho esquerdo. Gabriel acerta um Enziguri seguido de vários Running Knee Strikes, está no comando das ações o Gabriel. Após essa seqüência, Gabriel executa um Russian Legsweep em Vinícius, mas não vai para a cover, prefere continuar o castigo, bastante calculista o Gabriel. Gabriel leva Vinícius para o córner e acerta mais alguns pisões na coxa do brasileiro até o árbitro separá-los.

Gabriel está inteiro no combate, enquanto Vinícius está cansado, se aproveitando disso, Gabriel sobe nas costas de Vinícius e é Sleeper Hold! Vinícius tenta se debater para todos os lados, tenta se aproximar das quatro cordas, mas Gabriel está muito firme na posição e Vinícius nesse momento não tem escapatória, é bater ou dormi! Vinícius se ajoelha e o público tenta puxar por ele, mas Gabriel debocha de todos na arena, sem enfraquecer na posição. O árbitro confere se Vinícius está consciente, mas Vinícius ainda está vivo. Gabriel força ainda mais a pegada, Vinícius parece que vai cair duro no chão. Yuri e Rob olham a cena atônitos, porém alertas em relação a aparições de algum membro dos Deluxe SAD. Vinícius parece se recuperar milagrosamente, ele se levanta! Meu Deus! Inacreditável! É isso mesmo? Sim! Vinícius se levanta e reverte o Sleeper Hold em um Bahia Slam (Spinning Side Slam)! Agora vai ele para a cover, 1...... 2.... 2,5! Gabriel se salva e corre para fora do ringue.

Vinícius aproveita o bom momento e pede o apoio do público que reage bem, Vinícius sai do ringue a procura de Gabriel, o jornalista foi mais esperto, voltou ao ringue e esperou o baiano, acertou vários pisões em cima dele. Gabriel apresenta outra seqüência, DDT e Snap Suplex! Agora ele vai para a cover, não! Ele sobe no topo das cordas! Ele espera Vinícius se levantar e Diving European Uppercut! Agora não tem mais jeito! 1..... 2..... 2,8! Fantástico! Gabriel anda para trás sem acreditar no que está acontecendo.

Vinícius se recupera e é Spiunebuster! Agora Vinícius vai para o topo das cordas, porém Gabriel dá um pulo e chega nas cordas. Ele abraça Vinícius e tenta um superplex! Mas Vinícius dá vários socos e joga Gabriel no chão! Agora sim! Northeast Splash (Frog Slash)! Cover! 1..... 2.... 2,6! Nada feito, Gabriel se mostra um grande oponente nessa grande disputa!  

Os dois se levantam aos poucos e ao mesmo tempo, começam a trocar socos no meio do ringue, o público vai ao delírio com esses dois guerreiros! Vinícius ganha a disputa, joga Gabriel para as cordas, esse tenta voltar com tudo e recebe três German Suplexes seguidos!  Agora Vinícius aplica o National Slam (Sidewalk slam)! Vinícius coloca a mão direita no pescoço de Gabriel, Chokeslam! Agora ele vais o sinal pro público, que vai ao delírio! Brazilian Bomb vindo! Gabriel se levanta, recebe um pontapé no estômago, se curva, Vinícius pega, mas Gabriel escapa. Vai para o Rascunho Final (Reverse thrown Death Valley Driver), Vinícius escapa também! Agora sim, Braziliam Bomb! Vinícius vai para a cover, 1-2-3! Vinícius vence


Raquel Jacob: Vencedor e classificado para as meias-finais do torneio! Vinícius Nunes!

Beja
: Que luta! Grande prestação dos dois atletas!

Luis: Com certeza, ambos foram muito bem!

Beja: Gabriel se portou muito bem no combate, provou que não é o ‘mais um’!

Luis: Mais uma vez o Vinícius estava errado!

Beja: Mas venceu mesmo assim.
  

***


A imagem foca Sebastião Fonseca à porta do Balneário dos DeLuxe onde Eustass Kid se encontra bastante desolado.

Sebastião Fonseca: Entra… Estávamos todos à tua espera.

Os dois entram e encontramos Bangalter a preparar-se para o seu combate, enquanto Arsénio e Delmar se encontram numa outra ponta a conversar.

Arsénio Fuínha: Eu já dei as indicações aqui ao Delmar. Ele depois comunica contigo Eustass. Ok?

Eustass Kid: Ok! Desculpem…

Sebastião: Eustass esta derrota era previsível. Deixamos-te demasiado desamparado durante o combate… Mas ainda vamos trazer o título para casa pessoal. Ainda somos capazes.

O francês líder dos DeLuxe continua de costas viradas para a parede a apertar as suas bocas.

Sebastião: Nós temos um plano e esse plano não pode falhar! Arsénio trata ai de dar as indicações finais ao Delmar e depois tu vais para o sítio combinado!

Sebastião levanta o polegar no sentido de Delmar, mostrando-lhe que ele vai liderar Eustass a partir de aqui. Fonseca deixa os três lutadores a conversar e dirige-se ao canto mais afastado do balneário para falar com Bangalter, que parece estar num ritual de preparação.

Sebastião: Boa sorte para daqui a pouco. Aguenta o máximo possível enquanto nós não chegarmos.

Bangalter olha para Sebastião e começa a sorrir, voltando depois a sua concentração máxima. A imagem começa a desvanecer.


Beja: Coisa boa que não é...

Luis: O Verme ameaça o Bangalter com cenas de terror e não dizes nada, o Bangalter querendo se defender tu dizes, é mesmo incoerente!

Beja: Cala-te! Sabes que são coisas diferentes!  

Luis: Vamos dar uma olhada nos bastidores, parece que Mike Orzan anda por ali...

Beja: Será que saberemos algo sobre o misterioso Andrei Senshov?

O backstage mostra Orzan atendendo o seu telefone móvel.

Orzan: Ei, onde ele está?

???: Primeiro, parabéns, grande vitória! Estarás no PPV!

Orzan: Está bem, mas onde ele está?

???: Calma, tudo ao seu tempo, tenha calma.

Orzan: Não posso ter calma.

???: Mas terás que ter, pois se não, as coisas podem ficar bem complicas, então, se acalme!

Orzan: Pá! Não sabes o que estou a passar! Já ganhei minhas lutas, exijo alguma resposta!

???: Nós é que exigimos, agora, não te metas a esperto, pois seu irmão que poderá pagar.

Orzan: Tudo bem, mas eu posso falar com ele?

???: Não.

Orzan olha perplexo para o celular e coloca-o no bolso. Ele olha para a câmera e sai de cena bastante revoltado e confuso. Além de dizer para não o filmarem a todo o instante.

Luis: Bem... Isso foi estranho, mas ainda nada sabemos sobre Andrei Senshov!

Beja: Não sei, mas o sotaque do cidadão que falava com o Orzan não era russo?

Luis: Se era russo eu não sei, mas o Orzan deve ser surdo para colocar o celular naquela altura para todo mundo ouvir...

Beja: Ora, não sejas parvo!

Luis: Parvo quem ficará é o Petrov, agora quero ver esse duelo contra o Andrade!

Beja: Voltamos com a Vanguarda e agora teremos Yuri Petrov contra Antonio Andrade.

Luis: A questão não é apenas avançar no torneio, Andrade quer dar uma lição no ladrão do Petrov!

Beja: Agora gostas do Andrade?

Luis: Gostar do Andrade não gosto, já gostei antes, quando ele batia no Vinícius, mas agora não, ele amuou e não gosto de covardes, mas nesse ponto ele está certo, Petrov o roubou!

Beja: Sabes tanto...

Toca a música Dance With The Devil a faixa de Yuri Petrov.

YEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAHHHHHHHH

Raquel Jacob: Essa luta é de uma derrota, válida pelo torneio do título supremo. Primeiro, acompanhado por Rob Este e Vinícius Nunes, pesando 135 KG, vindo de São Petesburgo, Rússia, o camepão da Vanguarda, Yuri Petrov!

Luis: Mais uma vez essa gangue, espero que este seja eliminado também.

Beja: Nunca se sabe Luis, mas Petrov está determinado, não gostou nada de ser chamado de ladrão.

Luis: Ele vai parar de ser chamado quando parar de roubar as chances dos outros.

Beja: Olha tu és parvo!

Toca a nova faixa de Antonio Andrade, Mindwar de Sepultura.

YEEEEEEEEEEEEAHHHHHH/ BOOOOOOOOOOOOOOOOO

Raquel Jacob: E seu adversário, vindo do Rio de Janeiro, Brasil, pesando 128 KG, Antonio Andrade!

Beja: Reação mista para Andrade...

Luis: É o mais certo, ele ao mesmo tempo age bem ao chamar o Petrov de ladrão, por outro lado ainda se dá bem com o Vinícius, isso me confunde.

Beja: Tenho que concordar em parte, Andrade tem andado estranho.

Luis: Mas se ele ganhar hoje, Petrov não terá como fugir do confronto depois do Poder Popular.

Beja: Como se o Petrov andasse a fugir.


 

O oficial designado para esse combate é o Afonso Martins.
Petrov oferece um aperto de mão forçado, Andrade sorri, aperta a mão de Petrov e depois manda-lhe uma chapada no meio da cara. O russo furioso parte para cima como se fosse um trem desgovernado, mas Andrade é mais esperto, desvia e acerta Shoulderbreaker, seguido de um Weelbarrow Suplex. Andrade continua com sua volúpia e acerta um Big Boot fortíssimo, hora da cover, 1-2, mas Petrov safa-se. Andrade agora aplica um Rear Naked Choke em Petrov, está muito bem encaixado, ou bate ou apaga. Petrov vai apagando aos poucos, parece que a vitória está perto de Andrade, parece que é agora, NÃO! Petrov levanta-se e joga Andrade longe.

O brasileiro não consegue acreditar na força do russo e sai do ringue. Petrov vai atrás, mas Andrade volta de novo, seguido por Petrov, porém Andrade sai de novo, Petrov o segue com vontade, mas Andrade joga Petrov contra a grade de proteção do público e Petrov sente demasiado as costas.  

Andrade volta ao ringue, o árbitro começa a contar até 10. 1... Petrov segue se contorcendo de dor. 2... 3... 4... 5... Petrov tenta se recuperar aos poucos. 6... 7... Petrov se levanta, mas ainda com dores e está um pouco longe. 8... 9... Petrov corre e consegue voltar ao ringue! Andrade o recebe com um Chokeslam! 1-2-2,5! Petrov se salva mais uma vez, como é resistente o russo! Andrade usa um Big Clostheline em Petrov, Petrov cai no chão, Andrade ajeita um Grief of Stereotype (armbar)!  Petrov terá que bater se não o seu braço será prejudicado, Andrade pode avançar de pois de uma vitória arrasadora, é agora,  mas Petrov se arrasta até as cordas e o árbitro afasta os dois.

Andrade tenta agora trabalhar no braço esquerdo de Petrov, mas o russo agora está determinado e tem a sua primeira ofensiva, um poderoso Enziguri! Agora é a vez de Petrov, cobre o brasileiro, 1-2, nada feito! Yuri consegue um takedown para cima de Andrade e o soca com vontade, Yuri agora vai para um Abdominal Stretch, mas Andrade se livra e sai do ringue novamente, Yuri dessa vez não vai atrás, Andrade volta e Yuri o prende no córner oposto aonde estão Vinícius e Rob, e acerta um Chest Slap, depois outro e outro! Andrade sai sentindo muito o peito, mas Petrov não está satisfeito e lança um The Russian Whip (Irish Whip forte para lançar o adversário fora do ringue).

Andrade tenta rodar o ringue e acalmar as coisas, espera a contagem chegar até 7 para voltar, os dois ficam rodando e vão para uma hold o meio do ringue, vencida pelo russo. Petrov agora trabalha bem as pernas, joelhas em cima de Andrade, e depois trabalhou bem os Taekwondo Kicks! Para finalizar um fortíssimo DDT! Agora não tem mais jeito, 1-2-2,6! Yuri tenta outra ofensiva, mas Andrade se esquiva e o derruba, agora ele pisa várias vezes na perna esquerda de Petrov, agora parece que vai ser o Pain Of Ignorance, não! É o Intelligent Shooter (Sharpshooter), Petrov vai bater, não, ele sai e aplica um Roll-up, 1-2, mas Andrade sai.

O público gosta do que ambos estão fazendo. Andrade estende a mão e Yuri manda uma chapada em resposta, parece que o russo não quer mais cordialidades aqui. Yuri tenta outra seqüência de joelhadas, mas Andrade reverte com outro Chokeslam! Mas ele não vai para a cover, é Figure Four Leg Lock, conhecido como Pain Of Ignorance, essa foi a manobra que derrotou Henrique Coelho pela segunda vez, valendo o título que está em Petrov. Petrov está perto das cordas, no outro canto Rob fica apreensivo, Vinícius impassível, parece que o russo vai desistir, não, não mesmo, Petrov chega as cordas mais uma vez! O público começa a cantar pelo russo!

Petrov se anima no combate e acerta outro DDT potente. Andrade fica no chão, mas Petrov não vai para a cover, faz sinal para o público de ‘A Bigorna’ (Jumping Piledriver) está vindo! O público vai ao delírio!  

Beja: Mas o que é isso? Delmar e Eustass Kid?  

Luis: Deluxe a fazer história!

Delmar e Eustass Kid vêm do nada e sobem ao ringue. Afonso Martins tenta contê-los. Mas Arsênio Fuinha aparece no ringue e ataca Petrov com a sua manobra “Sumário” (High Impact Elbow Smash)! Arsênio sai correndo e encontra os outros dois que estão já longe do ringue, o árbitro contém Vinícius e Rob que entram para ajudar Petrov, mas o árbitro coloca os dois para fora, mas os dois protestam muito. Antonio se levanta e vê Petrov no chão, vai para a cover, 1-2-3! Vitória para Antonio Andrade.  

Raquel: Vencedor e semifinalista do torneio válido pelo título supremo, Antonio Andrade!  

Beja: Veja Luis, Delmar, Eustass Kid e Arsênio atacam Petrov e Andrade sai do ringue e não o ajuda!

Luis: Fez certo, Andrade não tem nada com essa história! Mas o que é isso? Rob Este e Vinícius Nunes sobem ao ringue com cadeiras?

Beja: E os Deluxe fogem, mas Petrov acabou eliminado do torneio.

Luis: Quanta covardia desses dois, usarem cadeiras contra esses homens!

Beja: Eram dois contra três, enfim, as vezes não lembro de como vês as coisas de maneira torta.


***
   

Na zona de entrevistas estava Pedro Lombarda, acompanhado por nada mais nada menos que Diogo Lourenço, lutador que regressou à VLL na semana passada.

Lombarda: Boa noite, Vanguarda da Luta Livre, comigo tenho Diogo Lourenço, boa noite.

Diogo: Boa noite, Pedro!

Lombarda: Diogo, na semana passada, na Vanguarda, para além de ti, quem também regressou à VLL foi Jorge Gante e as coisas entre vocês parecem prestes a descambar.

Diogo: A verdade é que o Jorge é um traidor. Deixou os Verno para trás provando que não éramos mais que sombras da sua pessoa. Quero deixar claro que na passada semana, eu não ia ajudar o Jorge. Ia levantá-lo, para depois o atacar, para depois o despedaçar após ele ter sido um boneco às mãos do Verme. O Jorge está desgastado, e eu vou reaparecer melhor que nunca.

Lombarda: Quais são agora as suas intenções para com o seu ex-mentor. Pretende deixar Yuri para trás?

Diogo: Honestamente, Pedro… não me interessa o Yuri agora. O Jorge voltou e é ele o meu alvo principal, ele traiu-nos, agora irá sentir na pele o custo dessa traição. Vou dar uma lição àquele que um dia foi o meu ídolo. E como me sinto com isso, Pedro? Posso dizer que me sinto perfeitamente ok com isso.

Diogo Lourenço abandona o local de entrevistas, deixando Lombarda sozinho.

Luís: Declarações decididas do Diogo Lourenço. Este sim é o rapaz que eu conheço. É a isto que estamos habituados. Muito bem, miúdo.

Beja: Resta saber o que o Jorge tem a dizer sobre isto, não me parece que fique contente mas eu, ao contrário do público ainda não me convenço a 100% de que Gante está mudado, a ver vamos.

A imagem desvanece.

***
   

A imagem foca agora o ringue da VLL. As luzes do pavilhão começam a piscar.

Beja: Parece que esta na altura do combate final desta noite! (colocar aqui o Beja a dizer os finalistas do torneio até agora)

Luís: Sem dúvida que temos aqui finalistas de classe. Mas este é o combate da noite para mim o vencedor deste torneio pode sair daqui. Tanto Bangalter como o monstro Verme podem fazer das suas.

Beja: Depois do que ouvimos à alguns minutos tenho a certeza que os DeLuxe vão interferir neste combate!

Luís: Tu sabes tudo ao menos. Devias ser tu o supervisor-geral já agora… O outro também saiu daqui e olha onde esta agora…

Beja: Falas de Lucas Brandão?

Luís: Óbvio.

*Toca a faixa Keep Me There, tema dos DeLuxe SAD.*

Raquel Jacob: Senhoras e senhores este é o combate principal da noite e está marcado para uma derrota!

Algum fogo-de-artifício cai do céu, dourado e brilhante. Michel entra, sozinho, aos 37 segundos da música, com um casaco que diz nas costas “De Luxe”.

Raquel Jacob: O primeiro… a caminho do ringue vindo de Bobigny, Seine-Saint-Denis, França, e pesando hoje 89 Kgs, ele é o DELUXE...MICHEL-BAPTISTE...BANGAAALTEEEEEEEEEEEEER!!!

O espetáculo de luzes e de pirotecnia termina e este vira-se para o ringue. No ecrã gigante passam várias imagens, sempre com tons dourados e vintage. Paris e Bangalter são os temas do vídeo. Este caminha então tranquilamente para o ringue.

Luís: Adoro observar a entrada deste grande homem, homem este que cresce dentro de mim todas as semanas que passam.

Beja: Deixaste de o odiar para o venerar? Tu muito gostas de mudar de casaca.

Luís: Sempre é melhor gostar dele do que da liga da Justiça patrocinada pela boate do Vinícius…

Entra no mesmo, retira o casaco e dobra-o de forma perfeccionista colocando-o no seu canto. Estica os braços e as pernas e no fim de fazer isso levanta o braço direito e aponta para as bancadas, recebendo nada a não ser vaias.

Beja: Só falta Verme…

Luís: Mas não faltou a inveja do público perante Bangalter.

*Toca Tiptoe Through The Tulips, tema de Verme*

Raquel Jacob: E o seu adversário… a caminho do ringue, vindo da Covilhã e pesando 89 quilos... Verme!

Grande ovação por parte do público.

Beja: Na semana passada Verme conseguiu usar Gante como quis, no regresso do mesmo à VLL! Um dos principais candidatos ao título.

Luís: Já na semana passada disseste isso. Depois eu é que sou um disco riscado.

Verme entra para o ringue acompanhado por Liechenstein, cambaleando até ao ringue. Já no centro da ação, Verme abana a cabeça. Já Liechenstein, mais calmo olha para Michel-Baptiste Bangalter que deixou o ringue mal viu Verme a aproximar-se do mesmo.

Luís: Bangalter olha eu aqui!

Beja: Ele está completamente cheio de medo!

Luís: Ou não. Ele veio cá fora só para me cumprimentar aposto.

Michel passa junto a Luís e não lhe liga puto.

Beja: Viste? Não quis saber de ti ele.

Luís: Tas tolo! Ele disse olá bem baixinho! Se fores ver a repetição vais perceber…



Marcos Mendes é o árbitro escolhido para este combate. Michel-Baptiste Bangalter encontra-se nas escadas a subir lentamente para o ringue. Verme encontra-se dentro do mesmo junto ao seu manager, que ao contrário de Bangalter movimenta-se rapidamente, mas para fora do ringue. O árbitro sinaliza que o combate começou e Verme rapidamente cai em cima do francês, que fica encostado as cordas, colocando a cabeça fora do ringue… O árbitro vê-se assim obrigado a interromper o ataque.

O público canta insultos para Bangalter que parece esperar por algo… Mas o mesmo entra no ringue e leva com um poderoso pontapé na barriga. Bangalter dobra-se e leva com um DDT potente. Será que o combate vai acabar já aqui?! 1…2… Bangalter levanta o ombro! Quase que Verme fazia o mesmo da semana passada, no entanto Michel-Baptiste safa-se.

Verme levanta o lutador adversário e Uppercut! Bangalter começa a recuar e encosta-se ao canto. Vários socos de Verme a destruir o francês. Este combate até agora só tem uma direção. Bangalter vai ao chão e acaba a rebolar para fora do ringue. Verme calmamente deixa o ringue e vai atrás de Bangalter.

O francês consegue um pequeno momento de distração ao monstro da VLL. Verme corre na direção de Bangalter, que estava no canto e baza. Verme vai com a cabeça ao posto. Bangalter aproveita e apanha Verme no chão dando-lhe vários socos… Verme consegue escapar, empurrando Bangalter para o lado. O DeLuxe não cai em erros e entra no ringue, Verme vai atrás e leva com vários pontapés.

Bangalter levante Verme… tenta um Piledriver… Verme atira Bangalter para o chão… Michel-Baptiste Bangalter vem em força das cordas depois de se levantar e Enzuigiri! Verme vai ao chão… Cover rápido por Michel… 1…2… Verme levanta o braço para alívio do seu manager! Bangalter levanta-se rapidamente… Elbow drop depois de mais uma corrida dentro do ringue. Verme no entanto levanta-se rapidamente!

Verme começa a descarregar vários socos em cima de Bangalter do nada… Lariat! Michel-Baptiste vai ao chão e é altura para uma cover… 1…2…2,5! Bangalter safa-se colocando o pé em cima da corda! Verme levanta Michel… leva-o para o centro do ringue e o “Silêncio Mortal”!

As luzes vão abaixo.


Beja: O que é que se passa aqui?!

Luís: Isto não é problemas do Lousada… Ele cá paga tudo de contas da luz…

Ouvimos uma cadeirada no centro do ringue.

Beja: Que impacto é este? O que se passa no ringue?!

As luzes voltam.

Luís: Bangalter esta em cima de Verme para a cover. Marcos Mendes parece confuso mas faz a contagem…

Beja: 1…2…3… Delmar e Eustass estão junto do ringue a atacar o manager de Verme! O que se passa aqui?! Os DeLuxe fizeram isto! Só pode.

Luís: Tava tudo escuro. Como é que tu sabes?! Pode ter sido aquele manager do Verme com nome complicado! [/color]


Pequeno intervalo, na volta Bangalter permanece no ringue com Eustass Kid e Delmar, Verme já tinha saído.

*Toca a música da Vanguarda*

Guerreiro e Lousada surgem lado a lado no topo da rampa, cada um com um microfone. Guerreiro está a bater palmas de forma lenta com uma expressão forçada de satisfação. Lousada tem também um papel na mão.


Luís: Cá estão os nossos grandes patrões. Vemos as palmas de Santiago Guerreiro. Ele sim, satisfeito com Bangalter, ele sim percebe o seu talento...

Beja: Aquelas palmas parecem-me palmas sarcásticas, Luís...

Guerreiro: Muito bem, muito bem. Vejo que vocês, e principalmente tu, Bangalter, estão dispostos a tudo para conseguir aquilo que querem. Bom truque esse das luzes, suponho que tenha tido mão do velho amigo Lucas não é? São daqueles que querem atingir os fins sem se importar muito com os meios, estou a ver.

O novo Presidente da VLL e o Supervisor-Geral descem a rampa, sobem as escadas e entram no ringue. Bangalter continua algo combalido, Delmar Bento e Eustass Kid ainda estão ao seu lado, enquanto Verme rolou para fora do ringue e desapareceu.

Guerreiro: Delmar, Eustass, se vocês os dois não se importam, façam o favor de sair do ringue e voltar para os bastidores.

Delmar, Eustass e Bangalter sussuram entre si.

Guerreiro: Quero apenas reunir os nossos semi-finalistas aqui, nada mais. Certamente vocês percebem que fazer o que fizeram nas costas de um superior é uma coisa, mas que não permitirei que o façam à minha frente...

Bangalter diz algo a Delmar e Eustass, que assentem e saem do ringue, dirigindo-se para o topo da rampa e desaparecendo para os bastidores.

Guerreiro: Muito bem...Sr. Lousada, a palavra é sua.

Lousada dá um passo em frente, colocando-se exactamente no meio do ringue.

Lousada: Boa noite novamente, fãs da Vanguarda...

BUUUUUUUUUUUUH!!!

Lousada: Sim, sim...Eu quero-vos dizer que estou aqui não só para dizer quais os homens que conseguiram alcançar as semi-finais do torneio pelo Título Supremo, até porque isso já sabem. Estou aqui para dizer quais os combates que irão acontecer no Poder Popular. Pois bem, o vosso primeiro semi-finalista já está aqui no ringue, é nada mais nada menos do que...Michel-Baptiste Bangalter...

Beja: Ó, isto agora sim, está a ficar verdadeiramente interessante.

Lousada diz o nome do líder dos DeLuxe sem grande satisfação. O público limita-se a vaiar o francês. O Supervisor-Geral olha para o papel.

Lousada: E o seu adversário na semi-final...Mike Orzan!

*Toca Adrenaline, tema de Mike Orzan*

Luís: Este tipo outra vez? O brinde saiu ao Bangalter, ele só se pode dar por feliz. Excelente notícia para os DeLuxe!

Beja: Luís, garanto-te que o próximo combate entre estes dois homens será muito mais equilibrado do que o primeiro, o Orzan tem crescido a olhos vistos e parece-me que se as coisas correrem de maneira correcta tem todas as hipóteses de eliminar o Bangalter...

Luís: Se as coisas correrem de maneira correcta, e aquele Senshov não for o árbitro, então o Bangalter vai limpar outra vez o Orzan, é o que te digo...

Orzan entra no ringue e dirige umas palavras a Bangalter, dizendo que desta vez este não terá uma tarefa tão fácil. Bangalter limita-se a rir.

Lousada: E sem mais demoras, o terceiro semi-finalista...António Andrade!

*Toca Mind War, tema de António Andrade*

Beja: Um homem que este homem derrotou o Yuri Petrov da maneira que o fez...Não consigo deixar de me perguntar como é que poderia ter sido se o combate tivesse corrido da melhor maneira. Não esperava aquela acção de António, julgava que ele era um homem mudado...

Luís: Mas o que é que o António fez afinal de tão horroroso Beja? Ele limitou-se a fazer o que qualquer pessoa normal faria, lutou pelos seus interesses!

Andrade sobe ao ringue e junta-se aos outros dois semi-finalistas. Orzan e Bangalter continua a trocar insultos e olhares provocadores.

Lousada: E o seu adversário na segunda semi-final do Poder Popular...Vinícius Nunes!

*Toca Até Quando, tema de Vinícius Nunes*

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!!!


Beja: A ovação da noite agora para Vinícius Nunes, parece-me que os fãs queriam que este combate acontecesse...será sem dúvida um grande combate, os dois combateram por duas vezes na VLL e cada um tem uma vitória sobre o outro. Será a desforra, e depois do que aconteceu hoje parece-me que Vinícius está com vontade para dar uma nova lição ao seu primo.

Luís: Lição...O Vinícius ganhou num combate só de força, vamos lá ver se tem sorte. E volto a dizer, não vejo qual a lição que há para se dar.

Vinícius entra no ringue e olha para Bangalter, aponta para ele e diz-lhe algo que não é perceptível. O francês ignora-o. Vinícius começa a falar com António, como que lhe pedindo explicações pelo que aconteceu antes.

Lousada: E agora o quinto semi-finalista...a minha grande contratação surpresa, falo, pois claro, de...Kevin Gunn!

*Toca Painkiller, tema de Kevin Gunn*

Boa parte do público recebe Kevin Gunn com apupos, enquanto o resto aplaude o lutador, entusiasmados com o regresso.


Luís: O homem que tem causado o caos e que hoje se revelou...que excelente retorno para a Federação.

Beja: E por falar em caos, tendo em conta o adversário que irá ter...

Lousada: E o seu adversário na semi-final...só falta um homem, vocês sabem quem é, vocês querem ver isto tanto ou mais do que eu...Darren Keane!!!

*Toca I Wear My Skin, tema de Darren Keane*

Beja: Keane vem acompanhado de Scott e vêm os dois armados, vai haver problemas!

Luís: Sinceramente, Beja, acho que era exactamente isso que os nossos patrões queriam. Estou a ver as audiências a subir neste preciso momento.

Keane aparece com um pé de cabra e Scott com um cano na mão. Gunn coloca a sua soqueira característica e convida os dois homens para uma luta. Lousada e Guerreiro saem para fora do ringue, rindo-se. Entretanto Vinícius e Andrade entraram numa discussão séria e António empurra o seu primo, que o empurra de volta, fazendo com que ele caia. Andrade enfurece-se e derruba Vinícius, com os dois homens a entrar numa brawl.

Keane e Scott colocaram-se cada um de um lado do ringue, mas Gunn foge pelo meio. Scott vai no seu encalço e tenta-lhe acertar com o cano, mas o “Razorblade” esquiva-se, baixando-se, e acerta em cheio no amigo de Keane com um soco potente com o auxílio da sua soqueira. Scott cai desamparado e Gunn agarra o cano, com Keane a aproximar-se. Os dois homens encaram-se por uns instantes.

Dentro do ringue Bangalter ri-se de tudo o que vai acontecendo, mas, sem que esteja à espera, Orzan atinge-o com um Running Enziguri. Bangalter cai com estrondo e rola para fora do ringue. Vinícius consegue ganhar a vantagem sobre António e com um Irish Whip fortíssimo envia-o a voar por cima das cordas e para fora do ringue.

Keane decide-se e corre na direcção de Gunn, mas este consegue novamente esquivar-se do ataque e acerta com uma joelhada no abdómen do norte-irlandês, derrubando-o por fim com um golpe com o cano nas suas costas. Vinícius e Orzan olham um para o outro no meio do ringue e é o norte-americano quem tem a iniciativa de atacar o brasileiro, que bloqueia a sua ofensiva e o empurra. O norte-americano insiste mas Vinícius agarra-lhe o pescoço com uma mão e aplica um Chokeslam cheio de violência.

Vinícius e Gunn olham um para o outro. Gunn está fora do ringue e Vinícius no interior. São os únicos homens de pé. Vinícius ergue o seu punho e é esta a última imagem da emissão.

[/justify]
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 36# (RTP2) - (17/12/13)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum