VANGUARDA 26# (RTP2) - (08/10/13)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

VANGUARDA 26# (RTP2) - (08/10/13)

Mensagem por vlladmin em Qui 03 Out 2013, 07:55


PAVILHÃO DA VANGUARDA DA LUTA LIVRE, LISBOA

COMBATE PRINCIPAL DA NOITE

ANÍBAL FRAGAS vs. VINÍCIUS NUNES


*****
SHOTGUN EDDY & ALBERTO VALENTE vs. DAVID SOARES COURTEENER & ROB ESTE
CATARINA ALBUQUERQUE vs. EUSTASS KID
ANDRÉ NEBOJŠA vs. PEDRO PORTILHO vs. CAIM EZEQUIEL vs. ARSÉNIO FUÍNHA
(VENCEDOR ENFRENTA DIOGO LOURENÇO NA PROXIMA SEMANA PELO TITULO DA VANGUARDA)
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 26# (RTP2) - (08/10/13)

Mensagem por vlladmin em Qua 09 Out 2013, 06:16

Um vídeo com vários minutos é emitido. Este destaca os acontecimentos mais relevantes na última edição da Vanguarda, a vinte e cinco. Esta dá destaque à vitória fácil de Caim Ezequiel e ao que de relevante aconteceu após essa mesma contenda. Destaque também para a história entre Lucas Brandão/Arsénio Fuínha e Phillip Hunt, sendo que este foi injustamente desclassificado no último combate em que participou. Nota de interesse também para o vitorioso Henrique Coelho depois dum golpe de teatro e da vitória de David Soares Courteener de forma heróica para ser depois atacado por Shotgun Eddy. Antes da imagem desvanecer, grande destaque para o combate fascinante de Moore SD e António Andrade contra os Verno.


Fogo de artifício no pavilhão da Vanguarda da Luta Livre! O fogo de artifício espalha-se pela zona superior da rampa de acesso ao ringue onde quatro combates irão realizar-se à moda da Vanguarda. O público reage muito bem a esta pequena introdução, sendo que brevemente após o término da pirotecnia a emissão mostra a mesa de comentadores!

Luís Barreira: Olá a todos os telespectadores da RTP2! O meu nome é Luís Barreira e hoje levamos até vossa casa mais um evento fantástico da Vanguarda da Luta Livre! Nem mais nem menos do que a vigésima sexta edição do nosso programa semanal! E sem...

Diogo Beja: Cá vem mais uma referência ao Gonçalo Ferraz. Aposto.

Luís Barreira: E sem Jorge Gante! De forma inesperada o português apresentou a sua demissão da Vanguarda da Luta Livre.

Diogo Beja: Exato, um dado que vale a pena frisar. O auto proclamado próximo campeão Supremo apresentou a sua carta de despedida a todos os seus fãs na federação. Para mais informações consulte o nosso sítio oficial na net, www.vll.pt e pode ler a carta na íntegra.

Luís Barreira: Ei, o que as mulheres fazem a um homem!

Diogo Beja: De facto. Já sem Jorge Gante...

Luís Barreira: Não te esqueças do Gonçalo Ferraz!

Diogo Beja: Como estava a dizer antes de ser brutalmente interrompido pelo meu parceiro: teremos todas as condições reunidas para um grande evento e vamos ver como é colmatada a agora permanente ausência de Jorge Gante.

*Toca a música Ain't No Grave, faixa de António Andrade*

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH.

Raquel Jacob: Senhoras e senhores, dêem as boas-vindas a António Andrade!

Luís: Para abrir mais um evento teremos um antigo campeão da Vanguarda. Depois queixam-se das audiências...

Beja: Aqui está um dos brasileiros da Vanguarda da Luta Livre! Eis o carismático António Andrade, primo do nosso campeão Supremo!

António Andrade mostra-se bastante descontraído. O brasileiro tira o capuz e anda lentamente até ao ringue, onde pede um microfone.

Luís: Fala pra gente muluque, vai!

Beja: Parece meio dorido ainda do seu duro combate na semana passada.

O brasileiro aponta para o tapete.

António Andrade: Foi aqui que na passada semana tive um dos combates mais duros na minha história nessa federação. Felizmente, e com o Moore, venci!

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH.

Andrade: E, puxando a conversa p'rós Verno...

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH.

Andrade: É, eu sei que vocês não gostam deles...

Andrade: Porém, eu tenho dar uma nota de destaque para eles também. Foram valentes e lutaram bem. Eu estou aqui também para dar os meus parabéns ao Santiago e ao Diogo Lourenço, o mais jovem campeão da Vanguarda da Luta Livre.

O público aplaude timidamente.

Andrade: Mas o que interessa é o Moore SD, esse grande parceiro que eu tive na semana passada. Posso dizer que venci também graças a ele.

Luís: Será que vai pedi-lo em casamento?

Andrade: Moore, sei que você está aí ao fundo. Vem cá!

*Toca a música Sixteen Saltines, faixa de Moore SD*

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH.

Luís: Enorme ovação para mais um ex-campeão da Vanguarda. Onde é que esta gente anda com a cabeça?

Moore SD caminha até ao ringue, cumprimenta António Andrade e pega no microfone.

Moore SD: Estava a ouvir nos bastidores. Primeiro de tudo, acho que só tenho a agradecer palavras tão gentis como estas.

António Andrade: Ora essa, se alguém merece só pode ser você.

Abraço de António Andrade a Moore. O brasileiro ergue o braço do americano, dirigindo-se para os bastidores.

Luís: Estou com a lágrima no canto do olho...

António Andrade vai sair do ringue, mas Moore larga o microfone e Super Kick no brasileiro!

Beja: O QUÊ!?

Jumping Knee, Rolling Elbow Smash! Suplex Double Knee Backbreaker! Massacre de Moore SD em António Andrade no meio do ringue.

Moore SD: Cão domesticado? Não obrigado...

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH.

Beja: Mas que raio...

A imagem desvanece com António Andrade plantado no meio do ringue.

*****

A câmara foca a sede da RTP. É perceptível que o homem na imagem é Augusto Lousada. Este está sentado em cima duma mesa, porventura no seu requintado escritório.

Augusto Lousada: Ao contrário do que muitos pensam, não se baseia tudo na polémica.

E claro que vocês sabem de quem falo. Aníbal Fragas. Aquele que tem potencialidades diria eu, quase infinitas. Dentro deste programa que foi de longe a melhor ideia que alguma vez se teve na televisão pública, insere-se uma das mais ousadas criações.

Sorriso sínico de Augusto Lousada.

Lousada: Ele manda desligar a sua própria música de entrada. Duvido que algum de vós a ver na arena ou em casa poderá ter oportunidade de a ouvir até ao fim.

Aníbal Fragas entra pelo meio do público. Ele olha-se ao espelho como um patife, usa guiões como papel higiénico.

Agusto Lousada sai de cima da mesa e senta-se numa cadeira.

Lousada: Vá, agora para que todos percebam. Este gajo é cru e duro. Ele não quer saber quem está à sua frente, pois macacos amestrados são todos os que se colocam ao seu lado no ringue. Aviso-vos, ele fará estragos.

E o primeiro a provar desse veneno é o campeão Supremo.

A imagem desvanece enquanto Lousada coloca os pés em cima da mesa.

*****

A câmara mostra a zona de entrevistas.

João Barbosa: Olá a todos. O meu nome é João Barbosa, provavelmente já me viram no Lugar Cati…

Alberto Valente coloca a mão na frente do microfone de João Barbosa.

Alberto Valente: 'Tás aqui para me entrevistar a mim ou para falares sobre ti?

O novo “entrevistador” da VLL fica um pouco nervoso, nota-se claramente que é novo no trabalho e que tem pouco à vontade perto dos lutadores.

Barbosa: Bem, estou aqui com Alberto Valente. Antigo Parceiro de Guerra e que hoje irá enfrentar o seu antigo parceiro, juntamente com Shotgun Eddy!

Valente: Atenção que ele era isso mesmo! Apenas um parceiro. Como referi o Rob serviu apenas para eu chegar aqui. Até tenho mais tempo de antena que ele.

Valente levanta a cabeça, achando-se o melhor.

Valente: Tanto o Rob, como o Soares e também o Vinícius são três indivíduos que foram enganados por mim e não me sinto arrependido por isso.

Barbosa: E relativamente ao seu combate de hoje?

Valente: Como é evidente já perceberam que eu sou um lutador individual, mas pior que isso só o Shotgun Eddy. Soubeste das figuras que ele fez na festa do Bangalter? Por amor de Deus!

Barbosa: Por falar nessa festa… andou bem acompanhado…

Valente: Não vou falar da minha vida pessoal neste momento. Mas uma coisa é certa, o Rob nunca teve sucesso com as raparigas e provavelmente isso deixa-o cheio de inveja. Talvez me tenha atacado por causa disso!

Valente fica novamente convencido de si mesmo.

Valente: É assim para resumir digo-te que hoje a vitória obviamente irá tender para o meu lado. Mas aviso também que não quero que o Shotgun se meta nos meus negócios. Ele que resolva lá os problemas com o Courteener e me deixe em paz… uma coisa é certa… ele podia ter vindo ao meu encontro, visto que eu derrotei o Courteener.

Valente fica sorridente.

Barbosa: E esta foi a entrevista possível com Alberto Valente que entrará no ringue da Vanguarda mais logo, para um combate que se espera ser emocionante. Até lá…

Valente faz o sinal de “liga-me” com a mão direita enquanto a imagem desvanece.

*****

A câmara volta a focar o ringue depois de se ver Alberto Valente na zona de entrevistas. Está na hora do combate que irá decidir quem será o adversário de Diogo Lourenço na próxima edição da Vanguarda. O sérvio André Nebojša já se encontra no ringue.

Raquel Jacob: Senhoras e senhores, este combate é uma quadrilha fatal e está marcado para uma derrota! Já no ringue, oriundo da Sérvia e pesando 71kgs... André Nebojša!

Luís: Não tenho nada contra a sexualidade dele, mas graças a Deus não sou lutador!

Beja: Tens homofobia? Nota-se claramente que a maioria dos fãs o aceita bem.

Luís: Como querias, eu também não disse que tinha medo de gays... mas não me metia ali dentro!

*Toca a música Move Along, faixa de Pedro Portilho*

Raquel Jacob: Os seus adversários, primeiro, a caminho do ringue, oriundo de Coimbra e pesando 78kgs... Pedro Portilho!

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH.

Beja: Uma boa reação para este jovem mascarado, depois do que se passou entre ele e Caim na semana passada. E tu pá, o que achas dele?

Luís: O público não sabe o que quer, isso é certo!

*Toca a música Teacher Leave Those Kids Alone, faixa de Arsénio Fuínha*

Raquel Jacob: A caminho do ringue, oriundo de Lisboa e pesando 91kgs... "o verdadeiro professor", Arsénio Fuínha!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH.

Luís: Isto sim é um homem! Olha-me só para a sua classe...

Beja: Ouro é ouro, todos vão lutar de igual para igual! Isto se ninguém reverter os resultados...

*Toca a música Invasion, faixa de Caim Ezequiel*

Raquel Jacob: E por último, a caminho do ringue, oriundo de Jerusalém, Israel, pesando 90kgs... "o escolhido de Jesus"... Caim Ezequiel!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH.

Beja: Aqui vem o último lutador! Estamos prontos para a contenda inaugural.

Luís: Este senhor devia receber uma ovação de pé! Ele é homem de Deus!

Beja: Então levanta-te tu...

Começam os olhares desconfiados no ringue. Vai começar o combate.

*Soa a campainha*


O combate começa com todos os lutadores a serem examinados pelo oficial designado para esta contenda, David Peralta. Nenhuma irregularidade foi encontrada em nenhum dos participantes desta contenda. Pedro Portilho começa logo o combate com ganas e aplica uma Headscissors a Caim Ezequiel. O público reage positivamente, mas todo esse ímpeto se dissipa rapidamente com uma grande Clothesline de Arsénio Fuínha no mascarado de Coimbra! A manobra fez moça e avança para o assentamento desde já, 1... 2... mas o sérvio estava atento e quebra a tentativa de vitória muito cedo na contenda inaugural.

Caim Ezequiel, o devoto, volta a entrar no ringue. Uppercut em Nebojša que fica relativamente atordoado e vai para junto dum canto. Arsénio e Caim parecem trabalhar juntos por esta altura, depois de dois Big Boots no rosto de Pedro Portilho. Lutam pelo assentamento, mas acabam por ir lutar fora do ringue depois duma dupla Clothesline nos maus da fita por parte do sérvio.

Que impacto! Caim Ezequiel atira Arsénio Fuínha para os degraus. Este entra no ringue. Caim entra no ringue e tenta atacar Portilho pelas sua gerando uma troca de murros bastante intensa entre ambos os lutadores.  O crente tenta atingir o braço esquerdo do seu adversário! Clothesline de Caim Ezequiel em Pedro Portilho que também é projetado para fora do ringue!

Arsénio recompõe-se e rebola para dentro do ringue onde está Nebojša!  Este está caído, vai-se levantando vagarosamente! Sumário!

Assentamento de Arsénio Fuínha, 1... 2... 3! Vitória repleta de oportunismo deste professor.


Raquel Jacob: O vencedor deste combate e candidato principal ao título da Vanguarda na próxima semana... Arsénio Fuínha!

Luís: Parece que as coisas vão azedar! Arsénio começa a subir a rampa enquanto Caim e Pedro discutem fora do ringue! Deus tem um chamamento para ti, ó Portilho!

Beja: E André continua no centro do ringue notoriamente mal tratado.

Luís: Como ele é gay nem deus o vai curar!

Beja: Só dizes asneiras…

Do meio do público saem dois encapuçados que começam a atacar Portilho.

Luís: Mas… são os discípulos de Caim!

Beja: Os seguranças agarram-nos rapidamente. Eles não podem estar ali!

Luís: Cadeirada potente de Caim em Portilho!

Beja: Mas parece que agora vamos mesmo ter que ir para intervalo! Não saiam dos seus lugares!

*****

avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 26# (RTP2) - (08/10/13)

Mensagem por vlladmin em Qua 09 Out 2013, 06:16

A câmara foca um vestiário. Catarina Albuquerquer estava a pular e a aquecer, notoriamente satisfeita. Dava golpes para o vazio, estava muito ansiosa pela estreia frente a Eustass Kid, o homem que a tinha confrontado na Vanguarda 24. A porta abre-se e Catarina fica receosa, mas trata-se apenas de Philip Hunt.

Phillip Hunt: Olá Catarina! Quero apenas desejar-te boa sorte, afinal de contas vais enfrentar o Eustass Kid que faz parte do grupo do Lucas, logo, ele está contra mim. E se tu estás contra eles, estás do meu lado. Espero que venças!

Catarina (ansiosa): Obrigado pelo apoio Hunt... é difícil para mim, como mulher, receber apoio desta forma. Também não gosto do Lucas, e terei prazer em acabar com o primo dele!

Hunt: Mas não fiques muito confiante. Ele tem o Lucas do lado dele, além do Delmar e do Fuínha ao que parece.

Catarina (fingindo confiança): Eu sei, mas estarei vigilante, e ganharei o combate mesmo com esses fatores externos, provarei que as mulheres são mais duras do que parecem ser.

Hunt: É esse o espírito!

Catarina (receosa): Obrigada Hunt, estava bem nervosa com esse combate, afinal de contas é a minha estreia. Eu sou mulher, primeira a pisar o ringue da VLL, e ainda contra o primo do supervisor-geral, tudo contra mim...

Hunt: Mas darás o teu melhor e vencerás! Não podemos sucumbir diante desses ditadores!

Catarina (confiante): Estás certo! Vencerei e mostrarei que as mulheres podem fazê-lo! Até mesmo contra as cunhas!

Hunt: Bem, Catarina, tenho que sair, boa sorte de qualquer forma!

Catarina: Obrigada mais uma vez, Hunt!

Hunt levanta a mão e Catarina acena afirmativamente. Ela volta aos seus aquecimentos para o combate.

*****

A câmara foca o parque de estacionamento do pavilhão da Vanguarda da Luta Livre. Lentamente, aproxima-se da imagem o americano Moore SD.

Moore SD: O que vocês viram à pouco não foi nada menos do que pura realidade.

Moore SD: Vocês acreditaram em tudo e mais alguma coisa. Sinceramente, não sei em que mundo vivem. Mas esse espaço alternativamente a este não deve conhecer a mentira.

Expressão irónica do americano.

Moore: Foi extremamente fácil ter todos vós na palma da mão.

Moore SD exibe a palma da mão direita.

Moore: Se virem algum conhecido é porque ainda estão como parasitas, aqui colados. Porque ainda não desceram à terra e não provaram a melhor das realidades.

Mais um sorrisinho irónico do americano.

Moore: Digo-vos que foi extremamente simples. Foi elementar convencer as massas que era tudo um mar de rosas. Como foi fácil...

Pausa para uma gargalhada.

Moore: Aquando desta mudança, pelo menos para vós, eu era como um cão domesticado. Toda a gente me tratava como tal, é por isso que adoro reviravoltas. Quem é o cão agora?

A imagem desvanece.

*****

A câmara fixa volta a focar o ringue depois destas fortes declarações do americano Moore SD. O combate que se segue irá colocar em batalha a princesa da Vanguarda da Luta Livre, Catarina Albuquerque, face-a-face com o primo de Lucas Brandão e Parceiro de Guerra, Eustass Kid.

*Toca a música Zetsubou Billy-Kira, faixa de Eustass Kid*

Raquel Jacob: Senhoras e senhores, o próximo combate encontra-se marcado para uma derrota! O primeiro, a caminho do ringue, oriundo do Porto e pesando 102 kgs… Eustass Kid!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH.

Beja: Pronto para mais um combate na VLL, aqui vem o cunhas!

Luís: É, a tua dor de cotovelo até eu sinto aqui.

Beja: Este tipo surpreendeu-me na Vanguarda 24, apesar do desfecho do combate. Mas é claro que pode ser Sol de pouca dura. Eustass Kid ainda tem muito a provar dentro da federação para merecer o meu respeito e certamente o de todos neste belíssimo pavilhão.

Eustass Kid fica parado como se estivesse a querer receber apupos do público. Este sorri e após isso desce a rampa, entrando no ringue.

*Toca a música My Last Breath, faixa de Catarina Albuquerque*

Raquel Jacob: A sua adversária a caminho do ringue, oriunda de Cascais... "a princesa gótica" Catarina Albuquerque!

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH.

Luís: Coitada...

Beja: A Vanguarda da Luta Livre está toda do lado de Catarina Albuquerque, uma reação fantástica para a única lutadora do sexo feminino no plantel ativo da federação!

Luís: E depois da tareia que vai levar desconfio que não fique por muito mais tempo.

Catarina entra virada de costas para o ringue com um capuz negro e com os braços esticados, dá meia volta e retira-o, percorre a rampa olhando para a plateia com ar nervoso e quando entra no ringue sobe ao canto e estica os braços.

Beja: Catarina está extremamente nervosa.

*Soa a campainha*

Antes do início do combate o oficial designado para este duelo bastante pessoal, Afonso Martins, inspecionou ambos os lutadores. Não foram encontradas nenhumas irregularidades em nenhum dos participantes. Eustass Kid está com um ar de convencido e aproxima-se da lutadora. O primo de Brandão encosta a cabeça na da jovem, mas esta riposta com uma grande bofetada na cara de Kid! Este mete a mão à cara... Lou Thesz Press de Albuquerque a colocar o Parceiro de Guerra no tapete! Murros de esquerda e direita, o público adora o que vê!

Eustass Kid levanta-se prontamente bastante envergonhado por ter sido derrubado por uma mulher. Este está claramente enfurecido! Catarina aproxima-se do parceiro de Delmar, mas European Uppercut em cheio no maxilar da princesa gótica que vai momentaneamente ao tapete, excelente golpe de Kid. Este continua ao ataque com algumas Knee Drops em Catarina Albuquerque que ainda está deitada. Assentamento, 1... 2... mas Catarina safa-se!

Eustass está farto da jovem. Pega nela e dá-lhe uma bofetada! Vai tentar agora o Fisherman Suplex, mas cotoveladas de Catarina Albuquerque no rosto de Kid! Hurricanrana da gótica que vai diretamente para o canto superior, certamente tentar a sua característica Crossbody! Eustass levanta-se, Catarina atira-se... mas o lutador esquiva-se e a jovem aterra muito mal!

Este deixa que Catarina se levante... Shambles! O seu golpe para finalizar os combates. Eustass vai avançar para o assentamento... o que está a fazer Eustass!? Eustass volta a pegar na jovem para novo Shambles! Parece que o primo de Lucas Brandão ainda não acabou! Koji Clutch e muita pressão aplicada no pescoço de Albuquerque!

Catarina Albuquerque está praticamente inconsciente, mas desiste com as forças que lhe restam.


Raquel Jacob: O vencedor deste combate... Eustass Kid!

Luís: Eu avisei...

Beja: Isto está errado de muitas formas. Eustass poderia ter terminado muito mais cedo o combate, mas quis aumentar ainda mais o seu ego. E vejam o que isto fez à indefesa Catarina Albuquerque.

Afonso Martins faz um X com os braços, necessitando dos paramédicos.

Luís: Meteu-se com quem não devia, pois.

Beja: E neste momento temos o árbitro Afonso Martins a chamar os paramédicos. Catarina Albuquerque está imóvel no centro do ringue e Kid ri-se da situação.

Os paramédicos chegam ao ringue e vão colocando Catarina Albuquerque numa maca e com uma coleira servical.

Luís: Espero muito sinceramente que os pagamentos para os tratamentos não saiam do meu bolso!

Beja: É preocupante, senhoras e senhores. Esta é uma situação totalmente verídica. Catarina Albuquerque não se consegue mexer, estará deveras inconsciente. Está neste momento a ser transportada pela maca para a zona de bastidores. Se tivermos oportunidade teremos todo o gosto em atualizar esta situação mais tarde no nosso programa.

A imagem desvanece com algumas pessoas a recear o pior no público.

*****

A imagem foca Lucas Brandão na zona da cafetaria da Vanguarda da Luta Livre. O mesmo enche um dos seus copos térmico com café. Nisto aparece Michel-Baptiste Bangalter batendo palmas com sarcasmo.

Michel-Baptiste Bangalter: Muito bem. Afinal és mais eficiente do que eu pensava!

Lucas Brandão: Não me chateies, não hoje.

Bangalter: Tas a gozar comigo? Livraste-te de um homem sem talento… Mais cedo do que eu pensava!

Lucas: As audiências é que não vão ser muito proveitosas. Tudo por tua causa!

Bangalter olha em redor, vendo se alguém se aproxima.

Bangalter: Tu és maluco. Isto chama-se “la sélection naturelle”. Mais cedo ou mais tarde ia acontecer, ele não tinha amigos, não tinha posses monetárias… Ia cair.

Lucas: E acreditas mesmo que tu vás ter audiências?

Bangalter: Ah… Oui! Não te esqueças do que estava escrito ali no email. Ele foi-se embora do mundo, mas espero que ainda esteja na tua mente!

Lucas: Infelizmente lembro-me.

Lucas dá um gole no café aceitando o seu destino trágico relativamente a Michel-Baptiste.

Bangalter: Eu também não quero viver com o fardo enorme de ter de saber algo sobre ti e olha… É a vida de cada um!

Bangalter coloca a mão em cima do ombro de Lucas, como se sentisse algum tipo de pena do supervisor-geral e vai embora a sorrir.

*****

Estamos no balneário de Rob Este, onde também David Soares Courteener se encontra, nisto o entrevistador Zé Maravilha entra calmamente, pronto para uma entrevista aos dois lutadores.

Zé Maravilha: Estou aqui com Rob Este e David Soares Courteener, que hoje unem forças para enfrentar Alberto Valente e Shotgun Eddy! Hoje já tivemos algumas palavras de Alberto, no entanto Shotgun não se juntou a ele. Acreditam que a vossa união, sendo mais forte irá dar conta do recado?

David Soares Courteener: Eu sinceramente espero que sim, mas eles os dois são lutadores que na imprevisibilidade podem dar conta por si só do recado.

Rob intromete-se na conversa.

Rob Este: Tens razão Courteener, mas duas cabeças pensam sempre melhor que uma!

Maravilha: Courteener, depois do confronto de Shotgun, qual é o seu pensamento?

David Soares Courteener: Ainda não sei bem, além disso não sei se algum dia saberei… Ele é uma mente em cacos.

Maravilha: É verdade. E quanto a si Rob? A questão do Valente ainda o encomoda?

Rob: Quanto a isso tenho apenas que dizer que a nossa disputa não vai ficar apenas por aqui, porque enquanto eu sair por cima… Ele irá vir sempre atrás de mim com inveja. Ele intitula-se o homem da equipa, sente que agora pode ir a solo. Mas ainda agora precisa de mim para brilhar… Ou tentar.

David Soares, enquanto aperta as botas, começa a sorrir.

Maravilha: Daqui é tudo. Não percam dentro de breves momentos este maravilhoso combate de equipas!
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 26# (RTP2) - (08/10/13)

Mensagem por vlladmin em Qua 09 Out 2013, 06:18

Imagens gravadas na tarde de hoje.

Estava tudo pronto para um momento histórico. Neste mesmo dia, a Vanguarda da Luta Livre irá passar a ser transmitida em direto na televisão de...Luxemburgo! Os luso-luxemburgueses estavam excitadíssimos com o acontecimento. Para promover o evento, que será o 26º da VLL, a federação portuguesa enviou àquele país, um dos seus lutadores mais conhecidos. Nada mais, nada menos que...a "Sensação Açoriana" Henrique Coelho! Como condição para essa viagem, Henrique pediu para que viajasse com ele, o funcionário da VLL, chamado Francisco Pereira, conhecido do açoriano.


Luxemburg Pavillion

Francisco Pereira: Senhoras e senhores! Muito obrigado por estarem aqui connosco para promover a1ª transmissão em direto da Vanguarda da Luta Livre aqui em Luxemburgo!

O povo presente no pavilhão vai ao rubro. Eram aproximadamente 100 pessoas, mas faziam imenso barulho e mostravam estar bastante entusiasmadas...

Francisco Pereira: É um orgulho enorme estar aqui e ver tantos portugueses e descendentes de portugueses a mostrar tanta emoção pela nossa jovem federação. Sei que não é a mim que querem ouvir, por isso vou passar a palavra a alguém que provavelmente devem conhecer. Podem gostar dele, podem odiá-lo, mas certamente terão de reconhecer talento nele. Falo do Campeão com maior reinado na história da VLL...Henrique Coelho!

Ouve-se um misto de aplausos e de assobios. Aplausos por verem ao vivo um lutador português bastante conhecido. Assobios pelo lutador que é.

Henrique Coelho entra pela porta do pavilhão com muito estilo, tal como fez quando interrompeu a palestra nos Açores. Este vem com óculos de sol, t-shirt azul e simples, um casaco preto e calças de ganga. Calçado, umas havaianas.

O açoriano acena às pessoas e chega à mesa onde estava Francisco Pereira. Senta-se e pega no microfone...


Henrique Coelho: Bom...estava à espera de uma apresentação e de uma receção muito melhor. Mas vindo de "falsos portugueses", realmente teria que ser algo fraquinho...

O público no pavilhão não gostou dos comentários, nem mesmo Francisco Pereira...

Henrique Coelho: Mas secalhar estou a ser egoísta. Vocês querem é gritar de emoção e ficar felizes pela porcaria de show que será este próximo não é? Então pronto, hoje serei bonzinho para vocês meus brassards*. Por isso aqui vai...

Henrique respira fundo e fecha os olhos durante alguns segundos, até que os abre e grita...

Henrique Coelho: BOA TARDE LUXEMBURGO!!! QUERO OUVIR-VOS GRITAR BEM ALTO!!!

O público naturalmente começa a gritar, gostando mais desta faceta do açoriano...

Henrique Coelho: Espero que estejam empolgados com este momento histórico para o vosso país! Dentro de algum tempo, poderão ver a partir das vossas televisões, todos os vossos lutadores favoritos da VLL, a combaterem pelo vosso apoio! Este é um passo importantíssimo para o wrestling português com a vossa ajuda e apoio, a federação irá crescer cada vez mais!

Novamente, o público presente no pavilhão fica entusiasmado e começam a gritar pelo nome do açoriano...

Henrique Coelho: Muito obrigado pelo apoio! Afinal de contas ser bonzinho sabe bem! Vocês abriram-me os olhos!

O público grita exaustivamente: HENRIQUE! HENRIQUE! HENRIQUE!

Henrique Coelho: Abriram-me os olhos...para a merd* de povo que vocês são!

Pouco e pouco calam-se todos no pavilhão e ficam boquiabertos a olhar para o Henrique...

Henrique Coelho: Acham mesmo que ia mudar assim do nada? Vê-se mesmo que nada percebem ou conhecem dos lutadores da VLL! Acham que eu queria estar aqui? Pior que estar em Portugal Continental, só mesmo estar num país estrangeiro! E não é por a maioria de vocês serem de origem portuguesa, que vou olhar para vocês de maneira diferente! Estejam no continente, estejam fora, se não forem açorianos, para mim, são todos gárbixa*! Estão entusiasmados com este próximo show da VLL? Como? Eu nem sequer tenho combate ou segmento ou entrevista marcada! Como é possível verem um evento da VLL, sem estar lá o campeão com maior reinado de sempre! Caso não saibam, eu fui campeão Nacional e campeão da Vanguarda por mais de 100 dias! Não há lá ninguém capaz de fazer o mesmo! No último evento derrotei o sérvio André Nebulosa com enorme facilidade e astúcia! É isso que os campeões fazem!

O público começa a vaiar o açoriano intensamente e alguns gritam pelo campeão Supremo, Vinícius Nunes...

Henrique Coelho: Estou a ver que aqui há fãs do campeão Supremo. Interessante. Sabiam que o vosso querido campeão brasileiro também não tem combate hoje? Quando eu era campeão, havia eventos em que não combatia, mas isso era porque não haviam adversários suficientemente dignos para me defrontar! Agora o zuca não vai combater porque...simplesmente prefere exibir-se em vez de lutar. Eu estive numa festa privada na casa de um novo lutador da VLL, e só via o Vinicius a passear como se fosse o melhor lutador em Portugal. Ele nem português é! E agora com a recente demissão do Gante, abriu uma vaga ao lugar de candidato ao título. Mais cedo ou mais tarde esse lugar será preenchido por mim e depois quero ver se vocês me apoiam como apoiam aquela nisca de gente* que deveria voltar para a favela de onde veio!

Por isso divirtam-se a ver a Vanguarda nas vossas televisões. E fiquem atentos, porque da próxima vez que virem o programa, talvez eu apareça e já com um cinto de campeão à minha cintura!

Henrique levanta-se e atira o microfone para Francisco Pereira e vai-se embora pela porta de onde veio. A plateia não pára de vaiar o açoriano pelas suas palavras e vêm este a ir-se embora com toda a calma no mundo, acenando para todos com um sorriso manhoso na cara.

Francisco Pereira: Bom, senhoras e senhores muito obrigado por terem vindo, parece que o nosso tempo aqui acabou. Espero que tenham gostado e não se esqueçam de assistir ao 26º evento da VLL a partir dos vossos televisores! Obrigado!

Francisco Pereira corre meio atrapalhado em direção à mesma porta de onde saiu Henrique Coelho, enquanto que o público no interior do pavilhão misturam cântigos de apoio à VLL, com insultos ao açoriano.

*****

A imagem mostra a zona de bastidores com uma câmara em movimento. Esta vai seguindo Al Valente (ex-Gante) e Diogo Lourenço num corredor.

Al Valente: Vira agora à esquerda.

Diogo Lourenço: Tens a certeza? Não fica do outro lado?

Al: Sim tenho. Confia em mim, vamos.

Diogo: Oh, pronto, parece que tens razão.

A ex-mulher de Jorge Gante e o campeão da Vanguarda entram no departamento médico da Vanguarda da Luta Livre.

Diogo: Então, quem é o gajo responsável?

Al: É aquele que está ali ao fundo. Espera lá.

Alexandra emite um berro que se ouve por todo o país. Um dos médicos da Vanguarda, Roberto da Luz, vira-se e depara-se com a dupla.

Roberto da Luz: Mas afinal o que vem a ser isto? Não há respeito aqui?

Al: Imagino que tenha aqui todo o passado clínico do plantel ativo inteiro.

Roberto: Óbvio, caso contrário este departamento não faria sentido. Mas, como é claro, essa informação é confidencial e apenas visível aos médicos autorizados.

Diogo: É-me visível se eu quiser que seja. Queremos a ficha de Arsénio Fuínha.

Roberto: Tenho muita pena, mas como falei a informação é confidencial.

Diogo Lourenço agarra a camisola dum dos médicos da federação e encara-o cara-a-cara.

Diogo: Tu vais-me fornecer a ficha de Arsénio Fuínha. Quer queiras, quer não.

Roberto da Luz cede à pressão e vai a um cacifo buscar a pasta correspondente ao verdadeiro professor.

Al (a rir-se): Eia, que medricas. Vamos Diogo.

A imagem desvanece com a câmara a focar a pasta do passado clínico de Arsénio Fuínha que poderá ajudar Diogo Lourenço na próxima semana.

*****

A imagem foca o panorama geral da zona de ação do pavilhão da VLL. Público animado e prontos para um dos combates mais aguardados da noite.

Luís: Estamos de volta aqui à zona de ação!

Beja: Mal posso esperar para que este combate comece. Muita tensão no ar já e sem dúvida que irá ficar mais forte o sentimento.

Luís: Fixe… para ti. Eu cá quero é porrada, não quero sentimento. Shotgun e Courteener no mesmo ringue depois do que aconteceu na semana passada? Adoro!

Beja: E quanto a Rob e Valente?

Luís: O Rob vem bêbado. Tarefa fácil mesmo.

*Toca a faixa Horns Up, faixa de Rob Este*

Beja: Boa receção para Rob Este e… David Soares Courteener! Ambos entram juntos na arena!

Raquel Jacob: Senhoras e senhores, o próximo é um combate de equipas e está marcado para uma derrota! A caminho do ringue com um peso combinado de 180 kgs… Rob “O Justiceiro” Este… e David Soares Courteener!

Luís: Isto é tudo fachada. O Courteener só está a entrar com o Rob para ajudar o bêbado a entrar no ringue.

Beja: Sinceramente não me parece.

Luís: Ele disfarça bem. Mas ta embriagado aposto. Talvez seja por isso que as análises da VLL nunca foram para a frente realmente. O Rob é amigo do Américo.

Beja: O que queres dizer com isso?

Luís: Os níveis que álcool naquele sangue… Deve dar para desinfetar muitas feridas.

Ambos os lutadores cumprimentam alguns fãs na fila da frente até entrarem no ringue.

Beja: Faltam apenas os adversários!

*Toca a faixa Lisboa Mulata, música de Alberto Valente*

Raquel Jacob: Senhoras e senhores… os adversários, primeiro, oriundo de Lisboa e pesando 107 kgs… “O Conquistador” Alberto Valente!

Luís: Muito estilo este rapaz ao som de uma grande música pela banda Dead Combo!

Beja: Já viste que gostas de música.

Luís: Só de boa música mesmo. E gosto de bons lutadores também, como é o caso do Valente!

Valente aproxima-se da mesa de comentadores cumprimenta Luís Barreira e fica de fora à espera que Shotgun Eddy chegue.

Beja: Vai ser interessante ver este confronto visto que uma equipa parece bastante unida e a outra… nem se fala.

Luís: Isto vai ser porrada. Não venhas com teorias…

*Toca a música To Hell and Back, faixa de Shotgun Eddy*

Raquel Jacob: E o seu companheiro, oriundo de Carson City, Nevada nos Estados Unidos… pesando 76 kgs… “The Craziest Thing Ever”… Shotgun Eddy!

Luís: Este homem é o perigo em carne viva.

Beja: Ele ainda não demonstrou muito na Vanguarda é certo, mas todos sabemos do que ele é capaz. Já o vimos no Lugar Cativo.

Luís: Não mostrou? Ele à duas semanas devastou um lutador fraco qualquer que nem me lembro…

Beja: Lá está. Agora sim vamos vê-lo no ringue contra alguém que pode fazer a diferença.

Luís: Ele já entrou no ringue e isso sim é que faz a diferença. Tudo pronto para o combate!

*Soa a campainha*

O combate começa com o árbitro Afonso Martins a avisar os lutadores que quer um combate limpo e dentro das regras. Courteener parece mortinho por começar o combate, visto que Rob já se encontra no canto. Do lado da outra equipa é Valente que entra. Ambos fazem um lock no centro do ringue, que de certa forma é ganho por Valente, a diferença de pesos faz-se sentir aqui. Courteener vai ao chão, mas rapidamente levanta-se e dá uma patada no joelho de Valente, o mesmo dobra-se e David Soares Courteener aproveita para aplicar um Running Bulldog só com uma mão.

Cover rápida, 1… A contagem é logo interrompida por Shotgun Eddy. Courteener e ele ficam no ringue num pequeno confronto visual. O árbitro avisa Shotgun e começa a empurra-lo para fora… Golpe baixo por parte de Valente! Courteener fica estendido no chão.

Cover, 1… Courteener safa-se, mas continua queixoso depois do ataque de Valente. Rob encontra-se no canto procurando o tag, mas durante vários segundos Valente goza com o seu antigo parceiro, aproveitando para pisar em todos os sítios possíveis o jovem Courteener.

David Soares é levantado… Dropkick. Tag com Shotgun Eddy. Running Tornado DDT por parte de Shotgun! Cover, 1… 2… David Soares Courteener consegue manter-se vivo nesta disputa. O público começa a puxar por ele. Courteener agarra-se as cordas, tentando voltar ao combate de alguma maneira. No entanto Shotgun começa a ataca-lo violentamente contra o canto da sua equipa, o árbitro separa-o e avisa, Valente aproveita e esgana Courteener com o fio da proteção do canto. O público vaia as ações de Valente.

Courteener vai ao chão e Rob parece estar farto e entra no ringue! O árbitro rapidamente o impede e Shotgun calca violentamente o seu adversário olhando para Alberto Valente como quem diz “não somos uma equipa, mas estamos a trabalhar bem”.

Rob parece mesmo furioso. Shotgun aplica um Leg Hook Michinoku Driver mesmo agressivo em Courteener. Cover novamente, 1…. 2… O poder de resistência por parte de David Soares Courteener é incrível. Shotgun faz o tag com Valente, ambos confrontam-se visualmente novamente. Courteener aproveita a foge de ambos fazendo o tag com Rob. Rob entra fresco. Dropkick em Valente. Explosão na arena com a intensidade que se vive no ringue.

Rob atira Valente as cordas, Shotgun fica apenas a ver Clothesline. Valente tenta levantar-se para o tag mas é apanhado por Rob Este… Suplex! Cover, 1… 2… Valente safa-se. Rob tenta o seu finnisher o Spinning Crucifix Toss, mas Valente consegue escapar e faz o tag com Shotgun sem este querer… Novo confronto visual e chapada de Shotgun em Alberto Valente… Rob parece chamar por Shotgun mas o mesmo entra calmamente. Medem forças no centro do ringue… Shotgun sai por cima e Sitout Jawbreaker! Enorme impacto. Cover 1…2… Courteener salva o seu companheiro. Valente atira-se para cima de Courteener. Rob aproveita e Spinning Bulldog em Shotgun.

1… 2… Shotgun Eddy safa-se! Valente e Courteener batalham lá fora o árbitro manda-os parar… Eddy saca de uma soqueira das botas… Impacto violento no crânio de Rob Este! O árbitro vira-se… 1… 2… 3!


Raquel Jacob: Os vencedores deste combate… Alberto Valente e Shotgun Eddy!

Luís: Shotgun abandona o ringue rapidamente, Courteener já dava conta do recado lá fora e ia atrás de Eddy! O mesmo foi inteligente o suficiente para desaparecer logo!

Beja: Este combate não devia ter terminado assim! Onde se encontra agora o Lucas Brandão para reverter as decisões?!

Luís: Shotgun continua sem perder na VLL e Valente sai por cima de Rob. É o que interessa!

*****

A câmara volta a focar a zona de bastidores. Podemos ver a ambulância perto da garagem do pavilhão e alguns lutadores da Vanguarda da Luta Livre a ver a cena em primeira mão.

Phillip Hunt: Não acredito...

Phillip Hunt está claramente de rastos. Tem lágrimas em ambos os olhos e tenta entrar dentro da ambulância.

Hunt: Deixe-me acompanhá-la, por favor!

Paramédico #1: Lamento, mas o cariz da lesão de Catarina Albuquerque permite apenas que um par de profissionais a acompanhem no seu transporte para o hospital mais próximo.

Hunt: Eu não lhe faço nada, juro!

O paramédico abana negativamente com a cabeça, enquanto Hunt se senta no chão, notoriamente infeliz. Eustass Kid aproxima-se do cómico lutador.

Eustass Kid: Não se metesse com quem não devia...

Hunt levanta-se e começa de imediato uma rixa com Eustass Kid enquando a ambulância arranca para o hospital. Alguns seguranças e oficiais da Vanguarda separam os lutadores que pareciam querer matar-se no meio dos bastidores.

*****

avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 26# (RTP2) - (08/10/13)

Mensagem por vlladmin em Qua 09 Out 2013, 06:19

Yuri Petrov está na Rússia, juntamente com seus pais e sua avó paterna. O pai e Yuri vão para a pedreira trabalhar na construção de uma nova casa nos arredores, Petrov ia apenas como ajudante pois não podia fazer trabalhos forçados por causa do ombro. O trabalho é suado e difícil, mas o pai de Yuri é um homem forte e perseverante, porém apenas exercia a profissão em part-time. Yuri olhava com admiração. Na pausa para o almoço, ele e o pai voltam caminhando pela estrada até chegarem de volta a sua casa. Lá, eles sentam-se na mesa, cumprimentam com um beijo a mãe e a avó do ‘Tanque Russo’. Fazem as orações e Yuri pede para falar de algumas coisas antes de realizarem o almoço.

Yuri (dessa vez olhando diretamente da Vanguarda): Pois é pessoal, este é o Yuri Petrov. Ex-pedreiro e filho de pedreiro. Somos muito humildes, mas não nos falta conforto e comida na mesa. Tenho uma família muito bonita em São Petersburgo e tenho orgulho de todos, também do meu irmão Serguei que está em Portugal.

Yuri olha para todos os familiares com muito afeto.

Yuri (determinado): Pois bem, além de mostrar a minha família e o dia-dia dela e como nós somos felizes, apesar das dificuldades... Quero dizer que estou recuperando bem desta lesão no ombro, apesar de tudo, acho que minha a recuperação é fantástica no geral.

A mãe fica nervosa e olha de maneira assustada para o filho. Yuri fala-lhe algo em russo e esta fica mais aliviada.

Yuri (colocando a mão no ombro): Mas como disse agora à minha mãe, primeiramente, vou recuperar por completo para depois voltar à ativa. Porém, será mais cedo do que todos pensam.

Yuri (com expressão mais séria): E para encerrar este vídeo que mostrou um pouco da minha realidade feliz na Rússia, quero dizer que no meu regresso, desafiarei o campeão da Vanguarda, seja Diogo, seja Pedro, seja André, seja Caim, seja Fuínha. Quem for o campeão da Vanguarda quando eu regressar será o meu alvo! Fãs da VLL, curtam o seu show, e lembrem-se do amigo russo que voltará em breve... e voltará com tudo!  

A imagem desaparece com Yuri e sua família iniciando o almoço, todos felizes e sorridentes.

*****

A imagem volta a focar a zona de bastidores. Vemos Al Valente e Diogo Lourenço sentados no chão, algures num corredor.

Al Valente: Que pato aquele médico. Até eu tenho mais lá em baixo do que ele.

Ambos riem-se.

Al: Então, vamos lá ver isto.

Alexandra abre a pasta corresponde ao passado clínico e de lesões de Arsénio Fuínha, próximo adversário de Diogo Lourenço. Começam a folhear.

Al: Olha aqui Diogo, o gajo já teve problemas na coxa. Sabes o que fazer?

Diogo: Deixa lá ver isso.

Diogo Lourenço começa a folhear, fechando a pasta logo a seguir.

Al: Então?

Diogo: Não posso ver isto, Alexandra! É por uma questão de honra, tenho que vencer por mim sem a ajuda de nada nem ninguém!

Al: E se durante o combate tocar a nossa música?

Ambos voltam a rir-se depois de gozarem com Jorge Gante.

Al: Tinha demasiada honra para o seu próprio país, até...

A imagem desvanece com ambos a folhearem os registos.

*****

A câmara fixa foca o ringue e momentos depois o público. Este está bastante expectante para o evento principal desta noite que irá opor o campeão Supremo, Vinícius Nunes, ao polémico Aníbal Fragas.

Luís: Estamos de volta pela última vez nesta noite!

Beja: O povo da Vanguarda da Luta Livre adora uma boa dose de porrada, popularmente falando. Hoje com estes dois protagonistas poderemos ter um confronto épico na federação.

Luís: O povo!? E eu também! Siga para a porrada!

Beja: Esta será a estreia de Aníbal Fragas num ringue da Vanguarda da Luta Livre. Na sua primeira declaração na federação afirmou não saber quem era Vinícius Nunes. Hoje pode vir a descobrir a mal...

Luís: Sem esquecer que esta foi uma criação do grande Augusto Lousada! Bravo!

Beja: Esta será a estreia de Aníbal Fragas num ringue da Vanguarda da Luta Livre. Na sua primeira declaração na federação afirmou não saber quem era Vinícius Nunes. Hoje pode vir a descobrir a mal...

Luís: Hoje o diretor executivo da Vanguarda, o sr. Lousada, já elogiou Aníbal Fragas! E muito em breve todos irão ver porquê!

*Toca a faixa The Day I Tried to Live, faixa de Aníbal Fragas*

Beja: Onde está ele?

Luís: Estás cego? Ali, no meio do público!

Raquel Jacob: Senhoras e senhores, o próximo combate é o evento principal da noite e está marcado para uma derrota! A caminho do ringue, diretamente da Cela 88 da Prisão de Linhó e pesando 102kgs... Aníbal Fragas!

Luís: O público parece gostar dele. Mas ao menos não tempo não parece.

Beja: Certíssimo. Reação mista para Aníbal Fragas que manda desligar a música e vai descendo as escadas em direção ao ringue.

Luís: Ele está a lixar-se para os fãs e para as músicas de entrada. Ele quer é aviar uns murros no brasileiro!

Beja: O que queres dizer com isso?

Luís: Que quer aviar uns murros no brasileiro... duh.

Aníbal Fragas salta a barreira de proteção e através dos degraus entra no ringue.

Beja: E agora resta-lhe acabar de enfaixar os punhos e esperar pelo campeão Supremo!

*Toca a faixa Até Quando?, música de Vinícius Nunes*

Raquel Jacob: Senhoras e senhores… o adversário, oriundo de Salvador, Bahia, Brasil e pesando 107 kgs… o campeão Supremo da Vanguarda da Luta Livre... Vinícius Nunes!

Luís: Gosto da música deste gajo. "Porrada, porrada" diz ela.

Beja: Tu hoje deste para músicas, não haja dúvidas!

Luís: Quando o homem não me gera o mínimo de interesse viro-me para os detalhes. É básico.

Vinícius Nunes entra na arena com uma bandeira metade brasileira, metade portuguesa. Vai saudando alguns fãs até chegar ao ringue.

Luís: Isto vai ser porrada, repito-o. Dura e crua. Tudo a postos para começar o combate.

*Soa a campainha*

Antes do início do combate o oficial designado para esta autêntica batalha, Marcos Mendes, inspeciona ambos os participantes. Nenhuma irregularidade encontrada. Vinícius prepara-se para um Collar and Elbow Tie Up... Yakuza Kick de Aníbal Fragas na cara de Vinícius, seguidos de violentos pontapés nas costelas do adversário caído. O português levanta o campeão e aplica de seguida murros de direita e esquerda em  Nunes que se tenta defender com os braços na cara. Fragas recorre também a pontapés na zona abdominal do campeão, colocando-o encostando a um canto no ringue. O árbitro eventualmente tem que interromper a sequência de golpes de Aníbal Fragas, mas este salta imediatamente para cima de Vinícius Nunes novamente! Um início fulgurante de Fragas que obviamente não se destaca pela técnica, mas sim pela intensidade.

Cotovelada potente de Aníbal Fragas no campeão máximo da Vanguarda da Luta Livre! O português deixa o brasileiro sentado num dos cantos do ringue. Vai para trás tomando balanço, começa a correr e acerta com a bota em cheio no rosto de Nunes! É raro ver o lutador mais imponente da federação a começar de forma tão preocupante um combate. Fragas levanta o campeão Supremo e agarra-o pelo cabelo, continuando com uma série de joelhadas na sua zona abdominal. Cabeçada de Fragas em Nunes, deixando o campeão no chão. Mas este não avança para o assentamento.

Este levanta-o novamente, Nunes está num mau local neste início de combate. Fragas prepara-o para o Reverse STO, mas Vinícius riposta pela primeira vez neste combate com cotoveladas na zona lateral da cabeça de Aníbal! O público reage positivamente ao campeão que luta para ficar de pé nesta fase da contenda. Takedown de Vinícius Nunes! Seguem-se algumas cotoveladas já no chão que deixam Fragas numa situação desfavorável pela primeira vez neste combate! Belly-to-Belly Suplex por parte de Nunes que avança para o primeiro assentamento deste combate principal, 1... 2... Aníbal Fragas safa-se e coloca-se logo de pé! Este chama por Vinícius Nunes!

O campeão sente-se provocado por Aníbal Fragas e salta-lhe para cima com um intenso Lou Thesz Press! O público reage muito bem a esta resposta do brasileiro, mas com uma forte cabeçada Aníbal Fragas deixa meio combalido o sul-americano. O português levanta-se... DDT poderoso no campeão Supremo! 1... 2... Vinícius Nunes ergue o ombro esquerdo depois de mais uma manobra perigosa de Fragas.

Fragas está novamente por cima do combate. Este vai à terceira corda e o público parece expectante! Voo de Aníbal na tentativa dum Double Foot Stomp da corda superior, mas o campeão esquiva-se e mantem-se vivo neste combate! Com o auxílio das cordas consegue levantar-se, Big Boot no protegido de Augusto Lousada! Este fica atordoado no meio do ringue mas não cai, impressionante! Chokeslam! Vinícius Nunes com um dos seus golpes mais poderosos avança para o assentamento, 1... 2... Aníbal Fragas tem o pé na corda e Marcos Mendes é obrigado a interromper a contagem!

Grande, grande combate este! Vinícius Nunes está notoriamente frustrado e prepara-se para atingir Aníbal Fragas com a Brazilian Bomb, tudo indica para tal! Levanta Fragas, pôe-o entre as pernas... Chop Block de Fragas, o joelho de Vinícius vai abaixo, Snap DDT de Fragas em Vinicius! Assentamento, 1... 2... E Vinícius levanta o braço. Fragas vai para o canto mais afastado, grita que vai chutar a cabeça de Vinícius para fora do recinto… Fragas corre, Running Soccer Kick… Mas Vinícius rola para fora do ringue…

Fragas vai atrás de Vinicius. O campeão está enfraquecido e Fragas ataca-o fora do ringue com uma violência tremenda!  O arbitro vai contando, Fragas ignora o árbitro… 8, 9, 10… O arbitro apita para uma dupla desqualificação por falta de resposta à contagem.


O árbitro e os oficiais da Vanguarda da Luta Livre agarram em Fragas e afastam-no do campeão. António Andrade corre para proteger e ajudar Vinícius.

Raquel Jacob: Por falta de resposta à contagem do oficial este combate termina com uma dupla desclassificação!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH.

Luís: Que combate extremamente físico! Aníbal Fragas dizimou o campeão!

Beja: Concordo contigo quando referes que foi um combate extremamente físico. Perfeitas demonstrações de ambos os participantes nesta grande batalha que foi o nosso evento principal!

Luís: Deu-me gozo a ver o Vinícius fugir com o rabinho entre as pernas.

Beja: É perfeitamente natural! Este combate acaba por ser na minha opinião um dos mais brutais e intensos na história da nossa federação. Tudo para vós aí em casa! Hoje não temos tempo para mais, despedimo-nos assim de todos vocês com um cordial abraço!

A imagem desvanece com António Andrade e Marcos Mendes a observar o estado de Vinícius Nunes, enquanto Aníbal Fragas vai sendo levado por alguns oficiais da federação para a zona de bastidores.
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 26# (RTP2) - (08/10/13)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum