VANGUARDA 24# (RTP2) - (24/09/13)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

VANGUARDA 24# (RTP2) - (24/09/13)

Mensagem por vlladmin em Seg 16 Set 2013, 10:37


PAVILHÃO DA VANGUARDA DA LUTA LIVRE, LISBOA

COMBATE PRINCIPAL DA NOITE

YURI PETROV vs. JORGE GANTE


*****
MICHEL-BAPTISTE BENGLATER vs ???
ROB ESTE & ALBERTO VALENTE (c) vs DELMAR BENTO & EUSTASS KID PARCEIROS DE GUERRA
SHOTGUN EDDY vs PEDRO PORTILHO
ARSENIO FUÍNHA vs PHILLIP HUNT
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 24# (RTP2) - (24/09/13)

Mensagem por vlladmin em Qua 25 Set 2013, 06:14

Um vídeo, com vários minutos, é emitido. O ecrã do pavilhão vai mostrando os melhores momentos do Colisão, último grande evento da Vanguarda da Luta Livre. São mostrados excertos todos os combate ao som da música oficial do evento, Believe in This da banda inglesa Collisions. Destaque claro para os vencedores da noite: Caim Ezequiel, Este & Valente, Shotgun Eddy, Diogo Lourenço, Jorge Gante e Vinícius Nunes. Depois do destaque aos vencedores foi também dado um minuto de vídeo a tributo a Gonçalo Ferraz, lutador que assim abandona a federação portuguesa. O ecrã vai ficando negro e vai mostrando a arena da Vanguarda onde o público vai aplaudindo de pé.


Fogo de artifício no pavilhão da Vanguarda da Luta Livre! O fogo de artifício espalha-se pela zona superior da rampa de acesso ao ringue onde suor será derramado e heróis poderão serão coroados a todos os instantes. O público reage bem a esta introdução, sendo que brevemente após o término da pirotecnia a emissão mostra a mesa de comentadores.

Luís Barreira: Olá a todos os telespectadores da RTP2! O meu nome é Luís Barreira e hoje levamos até vossa casa mais um evento fantástico da Vanguarda da Luta Livre! E sem Gonçalo Ferraz!

Diogo Beja: O meu nome é Diogo Beja e estou aqui ao lado do Luís Barreira para mais uma entusiasmante edição da Vanguarda a não perder! E já lá vão vinte e quatro!

Luís Barreira: A primeira de muitas sem Gonçalo Ferraz... que alívio!

*Toca a música Omen, faixa da ADW*

Luís: O que é isto?!

Beja: Não me acredito! É a música da Associação Desportiva de Wrestling! O que é que isto quer dizer?!

A imagem foca a rampa durante alguns segundos, enquanto a música toca, o público encontra-se confuso, até que na imagem aparece Lucas Brandão! O supervisor-geral da Vanguarda da Luta Livre!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH.


Luís: É o Lucas! Mas o que é que ele faz ao som da música da ADW?! Não me digas que…

Beja: Vamos esperar para ver. Já sabemos que o Lucas anda alterado, mas sinceramente isto era um golpe demasiado duro… Depois de tudo o que aconteceu!

Luís: O Lucas finalmente tornou-se naquilo que vocês tanto falaram. Eu apoio o homem!

Beja: Tu que tiveste inveja de ele ter ido para o cargo onde esta… Muito bem.

Lucas passa por entre as cordas e entra no ringue debaixo de um apupo enorme. O mesmo pede um microfone, que rapidamente é lhe entregue, mas aproveita para observar o público durante algum tempo antes de falar.

Lucas Brandão: #foralucas. Adoro essa expressão, principalmente porque entrei ao som da música da ADW. A federação dos prodígios! Que acabou por ser o falhanço dos palhaços. A VLL não tem um novo xerife, mas Lucas Brandão esta cá à grande e à Francesa!  

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH.

Lucas: A vida é feita de escolhas e eu finalmente fiz a minha. Vi-me obrigado a tal! A nova Era começou no Colisão, mesmo que vocês achem que não. Eu nunca me considerei uma má pessoa, acho que sempre fui honesto, mas este negócio mudou-me. Este negócio colocou o meu coração negro. E esta na hora de governar sem moral!

WHAT?

Lucas: Viram o que aconteceu no Colisão com aqueles putos todos?! Alguns deles infelizmente vão se lixar hoje. A partir de agora é assim, quem tem a fama que a use! O Américo confiou-me a federação a 100% e eu irei de uma vez por todas colocar isto nos eixos! O Rob Este e o Alberto Valente irão defender os títulos hoje no evento principal, simplesmente porque eu posso e quero.

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH.

Lucas: Estou-me a borrifar para a vossa opinião. Vocês estão aqui para isto, para me mandar abaixo e aplaudir o Vinícius. Comprem camisolas dele, o homem ganha dinheiro, mas acreditem que eu ganho mais! Neste momento é impossível passarem por cima de mim. É impossível destruir-me.

Lucas sorri enquanto ajeita o cabelo.

Lucas: Bem-vindos à nova Era da Vanguarda da Luta Livre. Sejam bem-vindos ao Vanguarda apresentado por Lucas Brandão!

A música da Vanguarda começa a tocar enquanto Lucas atira o microfone para o chão e deixa o ringue.

*****

A câmara filma a zona de bastidores, mais propriamenten Pedro Lombarda. Este vai andado a passo largo para apanhar Shotgun Eddy que está do outro lado do corredor. Depois de chegar mesmo a correr junto do cameraman o repórter tenta a sua sorte, entrevistando o ainda invicto lutador da Vanguarda da Luta Livre.

Pedro Lombarda: Eddy, sou Pedro Lombarda, entrevistador na Vanguarda da Luta Livre. O que tem a dizer sobre a sua vitória no Colisão frente a Gonçalo Ferraz?

Shotgun abaixa-se, amarra a bota e segue o seu caminho. Lombarda é completamente ignorado.

Pedro Lombarda: Quais são os teus argumentos contra Pedro Portilho mais logo?

O americano mostra-se irritadíssimo com Pedro Lombarda. Este retira um prego da bota, pelo que Pedro Lombarda e a sua equipa de câmara começa a recuar, sentindo-se notoriamente ameaçada.

Eddy volta a colocar o prego na bota, saindo de cena.

*****

A câmara fixa volta a mostrar o ringue depois das declarações controversas de Lucas Brandão. Desta feita teremos o combate inaugural desta noite que irá colocar frente-a-frente dois novatos da Vanguarda da Luta Livre. Combate marcado pelo mesmo Lucas Brandão que voltou a mostrar a sua autoridade no grande evento de setembro.

*Toca a música Teacher Leave Those Kids Alone, faixa de Arsénio Fuínha*

Raquel Jacob: Senhoras e senhores, este combate inaugural está marcado para uma derrota… A caminho do ringue, oriundo de Lisboa e pesando 91kgs... "o verdadeiro professor", Arsénio Fuínha!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH.

Beja: Interessante este indíviduo. Este combate foi marcado no Colisão e será o primeiro teste de fogo para o seu adversário, Phillip Hunt.

Luís: Qual Hunt, qual carapuça!? Fala antes deste Arsénio que é brilhante!

Beja: Pois... veremos isso dentro de instantes. E aqui vem Hunt!

Fuínha ignorando o público e as suas respetivas vaias. Entrada bastabnte serena deste português que mostra a sua indiferença no pavilhão da Vanguarda da Luta Livre.

Luís: Uau, que classe. Que senhor.

*Toca a música American Idiot, faixa de Phillip Hunt*

Raquel Jacob: E o seu adversário, a caminho do ringue, oriundo de Marieville, Quebec, Canada, pesando 110kgs... Philip, "The Hunter", Hunt!

YEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEAH.

Beja: Aqui está ele! Faz aqui a sua estreia na Vanguarda este jovem.

Luís: Tem cara de palhaço...

Beja (a rir-se): A moral, Luís...

FIGHT HUNT FIGHT entoa-se no pavilhão, parece que os fãs andaram pela internet.

*Soa a campainha*



O árbitro David Peralta dá uma vista de olhos nos lutadores antes do início do combate inaugural da edição vinte e quatro da Vanguarda. Procura alguma irregularidade, mas ambos os lutadores estão completamente limpos. Fuínha recusou num momento inicial ser tocado pelo oficial designado para esta contenda. Acabou por cooperar com o árbitro e lá começou o combate. Fuínha desviou-se numa primeira tentativa ofensiva de Hunt, mas este último troçou de Arsénio duma forma infantil. O público riu-se, mas isso só enfureceu o professor que saltou para cima do estreante. Murros de direita e esquerdos alternadamente colocaram o canadiano no chão. Arsénio continuou rapidamente com Stomps na zona abdominal de Hunt. Fuínha coloca o seu adversário no segundo canto, eleva-o... Suplex! 1... 2... mas Hunt safa-se à contagem de 2, parece que o canadiano vai dar luta.

 Fuínha leva o adversário para uma zona mais central do ringue. Ele vai-se levantar aos poucos, Arsénio vai às cordas... uau! Belo contra-ataque de Phillip Hunt que consegue aplicar uma Scoop Powerslam de belo efeito e tagarelar com o público logo de seguida que se ri durante breves momentos com um dos lutadores mais cómicos da VLL. Não avança para o assentamento de espáduas, mas levanta sim o seu adversário português. Swinging Leg Hook Belly to Back Suplex e Fuínha cai de barriga para o tapete, grande manobra de Hunt que avança agora sim para a tentativa de vitória, 1... mas Fuínha safa-se prontamente com autoridade e procura as cordas para se levantar. Este sai do ringue para uma breve pausa, Hunt fica indignado no ringue.

 Hunt vai para fora do ringue também e ambos os lutadores trocam galhardetes junto da borda do ringue, o canadiano vence a disputa! Parece que Hunt vai ao ringue, interrompendo a contagem. Mas... Hunt sobe à terceira corda, o que fará ele!? O que é isto!? MOONSAULT para fora do ringue, mas Fuínha desvia-se repentinamente! Isto pode ter sido a abertura que o professor precisava. Uma manobra de alto risco que correu mal ao canadiano e isto pode-lhe custar o combate.

 Arsénio Fuínha, com alguma dificuldade, levanta Hunt e coloca-o de novo no ringue. Este continua com os Stomps dentro do ringue ao seu adversário. Hunt levanta-se... Superkick em Fuínha que fica completamente zonzo no meio do ringue! Abertura fantástica para o canadiano! Este vai às cordas... contra-ataque! Spinebuster de Fuínha de Phillip Hunt. O professor vai vigiando Hunt... High Impact Elbow Smash! Cotovelada na cara do canadiano, está tudo acabado...

 Fuínha vai para o assentamento, 1... 2... 3. Podíamos ficar aqui durante horas.


Raquel Jacob: O vencedor deste combate… "o verdadeiro professor" Arsénio Fuínha!

Beja: Excelente contenda para iniciar este combate, Fuínha vence num combate em que teve dificuldades!

Luís: Dificuldades!? Isto foi pêra doce para o professor da Vanguarda!

Beja (a rir-se): Bem, se tu o dizes...

*****

A imagem foca a zona de restauração do pavilhão da Vanguarda da Luta Livre, disponível apenas para os lutadores e funcionários. Sentados nesse mesmo refeitório encontram-se Rob Este e Alberto Valente, os novos Parceiros de Guerra, que hoje colocam os títulos em jogo. A zona tem várias pessoas em volta, cada uma cuidando da sua vida, enquanto Rob e Valente se encontram sentados numa das mesas centrais.

Alberto Valente: Bebe lá isso dude. Temos de ir para o combate.

Rob Este: Ainda é cedo.

Rob estava a beber uma cerveja, enquanto Valente já tinha terminado a sua coca-cola faz tempo. Os mesmos tinham um combate, como já se sabe pelos Parceiros de Guerra e Valente parece impaciente.

Valente: Sabes bem que este combate é importante, parece que fomos marcados pelo Lucas Brandão!

Rob: Acabei de olhar para o relógio e ainda falta algum tempo. Não fiques stressado. O Lucas não vai lutar ou vai?

Valente: É o Delmar novamente e o Eustass.

Rob: O Eustass não é ninguém. Isto é uma cunha do Brandão ao primaço. Tu realmente achas que eles nos podem fazer frente? Já vencemos o Delmar no último evento para ganhar estes títulos!

Rob olha para o seu título, enquanto Alberto olha para o seu, ambos estavam pousados em cima da mesa.

Valente: Talvez tenhas razão, mas é altura de nos concentrarmos.

Rob: Também tiveste a beber a tua coca-cola antes de eu chegar aqui, por isso deixa-me desfrutar da minha cerveja, não te fiz mal nenhum e não te disse nada. Daqui a dez minutos vamos.

Valente: Ok. Mas eu vou indo, aproveito e passo no balneário ainda tenho de ver se a Catarina me respondeu.

Rob: Catarina para aqui… Catarina para ali.

Valente pega no seu título e levanta-se, sem responder a Rob que dá um gole na cerveja despreocupado.

Nisto a imagem começa a desvanecer.


*****

Diogo Lourenço aparece na zona de bastidores a atacar Yuri Petrov que aparentemente se preparava para dar uma entrevista a Zé Maravilha. O mesmo pede deois à câmara para se aproximar de cima

Diogo Lourenço (levantando o título): O mais jovem campeão... VERNO!

A imagem final do segmento permite ver o russo a ser assistido enquanto Diogo Lourenço é levado de cena por árbitros e pela equipa de segurança da Vanguarda da Luta Livre.

*****

avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 24# (RTP2) - (24/09/13)

Mensagem por vlladmin em Qua 25 Set 2013, 06:15

Depois deste ataque de Diogo Lourenço sem qualquer membro dos Verno junto dele, a câmara principal volta a focar o ringue desta feita para o segundo combate na noite marcado também no Colisão, onde Pedro Portilho foi castiago pelo autoritário Lucas Brandão. O novato terá agora que se estrear na Vanguarda contra Shotgun Eddy.

*Toca a música Move Along, faixa de Pedro Portilho*

Raquel Jacob: Senhoras e senhores, este combate marcado para uma derrota! A caminho do ringue, oriundo de Coimbra e pesando 78kgs... "the youth energy", Pedro Portilho!

YEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH.

Beja: Entusiasmante este jovem mascarado que tem como principal objetivo incentivar os jovens a divertirem-se e a praticar desporto! Que tenha sucesso na VLL!

Luís: Que comovente...

Beja: E como podemos ver este não tem uma entrada normal!

Portilho vai descendo algumas escadas pelo meio do público, chegando até ao meio do ringue. A sua entrada é relativamente lenta já que para cumprimentar os fãs mais jovens.

Luís: Lambe-botas.

Beja: Grande atitude deste jovem, de louvar! Esperamos agora por Eddy...

*Toca a música To Hell and Back, faixa de Shotgun Eddy*

Raquel Jacob: E o seu adversário, a caminho do ringue, oriundo de Carson City, Nevada, Estados Unidos, pesando 76kgs... Shotgun Eddy!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH.

Beja: Grandes apupos para Eddy depois do seu combate no Colisão.

Luís: Tudo gajos contratados pelo Gonçalo Ferraz! BUUUH!

Beja: Depois deste tempo todo impressionas-me, ainda...

Eddy ignora por completamente os fãs, entrando na arena com um casaco de cabedal sem mangas e com as golas para cima. Este entra no ringue e cospe água na direção de Pedro Portilho.

*Soa a campainha*


Antes do início da segunda contenda da noite o árbitro designado para este combate, Afonso Martins, vai verificar se algum dos lutadores tem consigo alguma irregularidade. Portilho está completamente limpo e cumprimenta o árbitro logo de seguida. Eddy imediatamente vai com a mão à sua bota esquerda e tira um enorme prego o qual atira para a rampa de acesso ao ringue. O árbitro vai prontamente buscar o objeto, enquanto isso Eddy começa forte, aproveitando Portilho francamente distraído. Joelhadas na zona abdominal geram um grande impacto nos primeiros momentos. Fica combalido o mascarado que se tenta manter em pé com o apoio das cordas... Knee Trembler de Shotgun Eddy que coloca Portilho fora do ringue, que agressividade impressionante do americano. O árbitro vai ter com Shotgun e repreender pelo que fez antes do início do combate, mas este ignora completamente as palavras de Martins.

Portilho vai-se levantando e cumprimenta alguns dos fãs mais jovens nas primeiras filas. Shotgun Eddy vai às cordas, toma balanço... Plancha! Saltou por cima da terceira corda e atinge com violência o jovem mascarado de Coimbra. Eddy levanta o seu adversário e empurra-o para dentro do ringue. Stomp Flurry, o americano apoia-se nas cordas para dar pequenos saltos e aterrar com ambos os pés nas costas do mascarado. O público odeia o ar de Shotgun Eddy e grita por Portilho que se levanta! Eddy tenta mais uma joelhada, mas o mascado bloqueia com autoridade... Headspring Enziguri em Eddy que cai ao tapete! 1... 2... não, Eddy safa-se!

Teremos Super Kick!? É o que Portilho dá a entender! Este avança para o golpe com Eddy já em pé... o americano esquiva-se, Sitout Jawbreaker por parte de Shotgun... Midnight Special! 1... 2... não! Portilho consegue safar-se a uma manobra muito bem executada por este estranho indivíduo. Dragon Sleeper! Dragon Sleeper por parte de Eddy que também exerce pressão sobre o braço esquerdo de Pedro Portilho!

Portilho não resiste e desiste imediatamente, queixando-se de dores no braço esquerdo.


Raquel Jacob: O vencedor deste combate… Shotgun Eddy!

Beja: Belo combate nesta Vanguarda, vitória para Eddy!

Luís: Mais uma vitória para o homem que despedaçou Gonçalo Ferraz no Colisão!

Beja: Atenção...

Eddy toma novamente posse do seu prego e coloca-o na bota, deixando a cena com Portilho a ser assistido no braço esquerdo pela equipa médica da Vanguarda da Luta Livre.

*****

A imagem foca a zona dos bastidores do pavilhão da federação. A câmara foca Lucas Brandão no seu escritório com a porta aberta. À medida que a câmara se vai afastando vê-se que Delmar Bento está junto da porta, de pé.

*****

A câmara volta agora a focar o ringue.

Beja: E avançamos agora para…

???: BOA NOITE SENHORES E SENHORAS! BEM VINDOS AO VANGUARDA!

Luís: Ora, esta não estava prevista…

O individuo avança para o ringue com um passo potente e decidido.

Beja: Vem aí Augusto Lousada, que descobrimos à pouco tempo ser o produtor executivo e representante da RTP2 na produção do Vanguarda.

Luís: Só pela maneira de andar vê-se que se trata de uma pessoa distinta e que devemos ouvir atentamente.

Beja: Cá a mim parece é outra coisa… Já entrou no ringue e tem o microfone na mão.

Augusto Lousada: Caros espectadores e fãs da RTP2 e do Vanguarda, a direção de programas da RTP gostava de vos agradecer a preferência pelo programa. Investigamos a fundo as audiências e podemos garantir que a ideia da RTP de incluir este programa foi de longe a melhor ideia que alguma vez se teve na televisão pública. E podem agradecer-me a mim, Augusto Lousada, produtor executivo do Vanguarda, por isso. Uma salva de palmas por favor!

Luís: Bravo!!! Bravo, as minhas palmas para si Augusto Lousada!!!

Beja: O público não reage favoravelmente. Soam alguns assobios… Augusto Lousada parece ofendido com a reação.

Lousada: Bem… Quero então apresentar-vos a mais recente estrela da Vanguarda. A vida deste homem está rodeada de polemica desde o primeiro dia e de certeza que o Vanguarda não vai ser o mesmo depois da sua passagem. Senhores e Senhoras, ANÍBAL FRAGAS!!!

*Toca a música The Day I Tried to Live, faixa de Aníbal Fragas*

As luzes apagam-se. Um singelo foco acende-se na direcção do fundo do público.

Beja: É Aníbal Fragas que entra pelo meio do público!

Luís: Parece que não mentiu na entrevista que deu à VLL, que podemos todos ver no site da Vanguarda. Entra mesmo pelo público…

Aníbal Fragas: Parem com esta palhaçada toda, parem parem parem…

As luzes ligam-se, a música para de tocar.

Beja: Aníbal Fragas mandou desligar a sua própria entrada e encontra-se estático no meio do público, que se afasta deste infame individuo...

Fragas: Estão a afastar-se todos de mim é? Vejam aí em casa, ninguém quer estar ao pé do patife do Fragas. E o Augusto ali, a olhar para mim como um nababo para um porco no espeto, a adorar esta merda…

Luís: Palavras fortes estas de Aníbal Fragas.

Beja: Lousada chama Aníbal Fragas para o ringue.

Fragas: O quê? Já te arrependeste de me dar o microfone para a mão antes de entrar foi? Ou ainda tens esperança que vá para o ringue recitar isto como tu planeaste?

Luís: O que é aquele papel que ele tem na mão?

Fragas: Pois é rapaziada, esse pavão que está no ringue queria que eu fosse para o pé dele e recitasse umas coisas que ele escreveu. Era suposto agora eu dizer mal do… o que é mesmo que está aqui…

Beja: Ele está a ler um guião?

Fragas: Ah sim, dizer mal do Vinicius, seja lá ele quem for… E de um Gante, também está para aqui um Gante… E dizer umas coisas sobre um título qualquer... Sabes o que é que eu te digo Augusto?

AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH.

Beja: Aníbal Fragas rasga o papel em múltiplos pedaços e atira-os ao ar. Augusto Lousada esbraceja furioso com Aníbal Fragas.

Luís: Chovem papéis naquela zona do recinto.

Fragas: Eu estou aqui porque me obrigam. Eu não sei quem é o Vinicius ou o Gante, a bem dizer nem me interessa. Eu não sou mais uma “estrela da Vanguarda”. Eu sou um prisioneiro da Vanguarda, obrigado a vir aqui dizer umas coisas hoje porque o senhor produtor definiu que era isso que eu ia fazer hoje com o meu agente de liberdade condicional. Mas como ele acabou de descobrir, ele não me pode obrigar a dizer o que ele quer. Porra, ele nem conseguiu sequer que eu vá ao ringue. Olha para ti, tão importante que és…

Beja: E por estranho que pareça, uma parte consideravel do público apoia Aníbal Fragas.

Luís: Menos dos que o apupam, mas são mais do que eu imaginaria...

Fragas: Podem assobiar à vontade, estou-me borrifando para vocês. E, já agora, também me estou a borrifar para os que aplaudem.

Beja: A reação é de facto estranha. Aníbal Fragas é há muitos anos uma das páginas negras do desporto português e isto só reforça essa ideia.

Luís: Ao mesmo tempo, é refrescante ver alguém que não tem nada a perder e não se contem nas palavras.

Fragas: Eu vim aqui acima de tudo para informar os macacos amestrados que estão no balneário que têm de mudar a maneira de pensar quando estiver no ringue comigo. Para mim não há nem bons nem maus da fita, não há títulos com prestigio, não há nada de mentira. Comigo é tudo real, no meu mundo não há teatro com aspecto de desporto. Cada murro, cada pontapé, vão todos doer rapaziada….

Beja: Este gajo está a abusar.

Luís: Eu cá estou a gostar...

Fragas: Não se equivoquem, eu continuo numa prisão. E na prisão só existem inimigos.  Para mim nunca haverá aliados, estejam de que lado do ringue estiverem. Não tenho parceiros nem adversários... só alvos a abater.

PSHHHHHHHHHLOCCCCCCCCCCCCCCC

Beja: Fragas larga o microfone no meio do chão. E abandona o recinto pelo meio do público, tal como entrou, deixando Augusto Lousada no meio do ringue a pensar se isto não será areia a mais para a camioneta dele.

Luís: Uma coisa é certa: é controvérsia que querem? Pois aqui a têm...

*****

Os Verno conferenciam num corredor, algures na zona de bastidores.

Al Gante: Ó Diogo, e por falar em deixar mossa...

Diogo Lourenço: Este já não te incomoda mais hoje, Jorge... Jorge?

A câmara Jorge Gante que está do outro lado do corredor a aquecer. Diogo Lourenço olha-o e aproxima-se dele com um um olhar desconfiado e de surpresa. Avança o campeão da Vanguarda e aborda-o.

Diogo: Jorge? O Petrov não aparece em ringue hoje. Garanto-te.

Gante: E se ele de facto aparecer, Diogo? Tenho de estar preparado. E vencer sozinho. Nestas circunstâncias seria vergonhoso e um ultraje se não conseguisse vencer Yuri Petrov por mim mesmo.

Diogo Lourenço abana afirmativamente com a cabeça e deixa Jorge Gante alongar.
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 24# (RTP2) - (24/09/13)

Mensagem por vlladmin em Qua 25 Set 2013, 06:16

A imagem foca o público, bastante animado.

Beja: Ao que tudo indica agora teremos o combate pelos Parceiros de Guerra!

Luís: Estou desejoso por ver o Eustass a estrear-se na Vanguarda e logo por um título, junto ao jovem Delmar Bento!

Beja: Eu acho injusto.

Luís: Normal. Tu não gostas do Lucas Brandão.

Beja: E agora tu és o melhor amigo dele? Antes tu é que dizias mal dele…

*Toca a música Zetsubou Billy-Kira, faixa de Eustass Kid*

Raquel Jacob: Senhoras e senhores… o próximo combate encontra-se marcado para uma derrota e é pelos Parceiros de Guerra! O primeiro, caminho do ringue, oriundo do Porto e pesando 102 kgs… Eustass Kid!

Luís: Eu acho que este gajo é cheio de potencial. Eu pelo que vi nos Lugares Cativos onde ele apareceu… é lutador que pode dominar a VLL!

Beja: Tudo bem! Mas cunhas assim? Que estupidez. Não percebo como o Américo permite isto.

Luís: Isso é inveja?

Kid entra no ringue a ponta para a sua cintura, simbolizando que quer se tornar o campeão hoje.

Beja: Mas uma coisa é certa, ele encontra-se confiante.

*Toca a música Street Knock, faixa de Delmar Bento*

Raquel Jacob: O seu parceiro, oriundo de Lisboa e pesando 138 kgs, “The Wall”… Delmar Bento!

Beja: Eu até percebo que o Delmar esteja neste combate. Não apoio, até porque o Courteener merecia mais… Mas o Delmar ainda vejo desculpa. Agora o Eustass Kid?!

Luís: Tu não te calas com isso?

Beja: Já não esta cá quem falou.

Delmar caminha para o ringue calmamente, enquanto o público o vaia e canta pelo nome de Courteener. O mesmo entra no ringue e fica a olhar intensamente para Eustass Kid, o seu parceiro.

Luís: Só não sei é se estes dois se vão dar realmente bem.

Beja: Isso é verdade. Parece haver alguma tensão ali.

*Toca a faixa Horns Up, música de Rob Este e Alberto Valente*

Raquel Jacob: E os seus adversários, com um peso total de 209 kgs… eles são os atuais Parceiros de Guerra da Vanguarda da Luta Livre... Alberto Valente e Rob Este!

Beja: Reparem nesta ovação para os campeões! Rob e Valente colocaram esta plateia ao rubro!

Luís: Mister bejecas e a Miss Portugal de 97. Grande coisa…

Beja: Melhor só mesmo o teu primo ser o supervisor-geral e teres um combate logo por um título na estreia no maior programa televisivo de wrestling Nacional!

Luís: Lá estás tu!

Beja: É a verdade, mas nem me vou dar ao trabalho de continuar a discutir isso contigo por hoje. Vamos é ao combate!

Rob e Valente desceram a rampa rapidamente, depois de cumprimentar alguns fãs na plateia com um passa bem rápido.

*Soa a campainha*


Adelaide Rodrigues encontra-se no ringue e Rob irá começar o combate com Delmar Bento. Rob consegue dar alguns socos rápidos em Delmar mas o lutador imponente de Lisboa calca o lutador de Nazaré que vai para trás com algumas dores no pé. Delmar rapidamente prende um Bearhug, depois de ter rodado para trás. Boa agilidade. Rob fica com bastante pressão na sua zona abdominal, mas Delmar deixa-o cair no chão e dá-lhe um pontapé forte. O público começa a vaiar.

Delmar aproxima-se de Eustass e dá um tag abafado. Rob encontra-se de joelhos e leva uma joelhada bastante forte. Eustass faz a cover…1… Mas Rob Este safa-se.

Este é levantado, Eustass passa para trás dele, para um German Suplex… mas Rob consegue bloquear com a perna. O público fica entusiasmado. Rob roda e DDT em Eustass Kid! O público fica ao rubro com a manobra de Rob… O mesmo levanta-se rapidamente e Cothesline, em Kid, que tentava levantar-se rapidamente para ir fazer o tag com Delmar. Rob vai as cordas para fazer o tag mas Alberto Valente retira o braço! Rob fica pendurado e sem saber muito bem o que se passa…

Alberto Valente desce da borda num salto e deixa Rob a perguntar “Porquê?!” enquanto Eustass Kid faz o tag do outro lado com o seu parceiro Delmar Bento que entra a 200 km/h numa placagem a Rob. Rob encontra-se no chão, deixado sozinho pelo seu parceiro e… Splash!

Delmar vai para a cover…1…2… Mas Rob Este safa-se! O público e o lutador começam a ver alguma luz ao fundo do túnel! No entanto Delmar não quer deixar margem para dúvidas, enquanto Valente passa pela cortina vaiado e sem querer saber do seu “melhor amigo”. Delmar calca de forma agressiva Rob e puxa-o para junto de Eustass faz o tag e o primo de Lucas Brandão entra no ringue. Delmar pega em Rob e coloca-o em posição para o… Diamond Cutter de Eustass Kid! Manobra que o mesmo intitula de Shambles!

Eustass puxa Rob para o meio do ringue…1…2…3… Rob Este é batido provavelmente pelo seu parceiro!


Raquel Jacob: Senhoras e senhores… Os vencedores deste combate… e novos Parceiros de Guerra… Delmar Bento e Eustass Kid!

Luís: Eles conseguiram Beja! Eles conseguiram!

Beja: A sério que tu és hipócrita a esse ponto?! Alberto Valente deixou Rob Este sozinho no meio do ringue com Delmar Bento e Eustass! Ele abdicou do próprio título! O que é que isto quer dizer?!

Luís: Talvez ele seja idiota não sei! Mas temos novos campeões Diogo! E é isso que temos de celebrar! Se tinha dúvidas relativamente a esta equipa parece-me agora que ambos irão atinar!

Beja: Nem digo nada… bem... dentro de momentos teremos mais ação, mas ao que tudo indica Hunt, que hoje perdeu para Arsénio esta a deixar a arena e nós temos imagens exclusivas disso!

*****

A câmara vai-se movimentando atrás de Phillip Hunt, notoriamente cabisbaixo. Este abre com alguma violência a porta que dá acesso ao parque de estacionamento do pavilhão. Encontra-se já na parte de fora quando encontra Catarina Albuquerque.

Catarina Albuquerque: Phillip!? O que aconteceu?

Phillip Hunt: Eu estou triste... e muito desiludido.

Catarina: Oh mas lutaste bem, eu vi! A sorte não esteve do teu lado, apenas.

Noite ventosa em Lisboa. Ouve-se o vento na câmara batendo na cara de Phillip Hunt que se encontra bastante cabisbaixo. Este suspira lentamente.

Catarina: Terás outras oportunidades!

Hunt: Não é isso Catarina, eu sei que perder acaba por ser natural em algumas ocasiões. O que me revolta são as ações e as novas políticas do Lucas Brandão.

Catarina: Se bem me lembro este combate de hoje foi obra dele no Colisão, não?

Hunt: Sim, penso que estavas lá. O Portilho também teve que lugar contra o Eddy. Fomos de certa forma punidos por não cairmos nas graças dele.

Catarina: Eu compreendo, Phillip. Também não estou satisfeita por estar cá fora ao invés de estar a lutar lá dentro. E ser mulher não é desculpa, já que me contratou...

Hunt: Eu adoro a Vanguarda da Luta Livre. Adoro a atmosfera e a maior parte dos lutadores. Não gosto de quem manda nos mesmos. É pena. Se isto continuar assim...

Catarina (interrompendo Hunt, num tom autoritário): Se isto continuar assim... vou embora.

Hunt: É a melhor atitude a tomar. Espero que as coisas mudem...

Hunt despede-se de Catarina com um caloroso abraço, pegando no seu saco e dirigindo-se até à outra parte do parque de estacionamente. A câmara filma-o até chegar ao seu carro.

*****

A câmara está fixa agora na zona de entrevistas nos bastidores. Zé Maravilha está junto de Prodígio Santos.

Zé: Tenho aqui ao meu lado Prodígio Santos, lutador da Vanguarda da Luta Livre. Perdeu o seu combate de estreia contra Shotgun Eddy, mas aparece aqui motivado para alcançar coisas melhores na federação. Não estou certo?

Prodígio Santos: Txê... eu eu apareço motivado porque tenho razões para isso.

Zé: Pode-nos elucidar?

Prodígio ordena que o cameramen lhe ceda a câmara. Este é obrigado a aceder ao pedido. Santos pena na câmara e começa a focar o seu corpo de cima a baixo.

Catarina: Elucidados que chegue? Talento de cima a baixo pá.

Zé: E quais são os seus objetivos na Vanguarda da Luta Livre neste momento?

Catarina: Arrasar com esse pessoal...

Zé Maravilha estava prestes a fazer uma nova pergunta a Prodígio Santos, mas este sai de cena.

*****

avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 24# (RTP2) - (24/09/13)

Mensagem por vlladmin em Qua 25 Set 2013, 06:18

A imagem foca o ringue da Vanguarda da Luta Livre durante alguns segundos com o público bastante expectante, foi-lhes dito, antes do intervalo, que de seguida iria acontecer o “debut” do jovem francês, Michel-Baptiste Bangalter. Muitos olham para o stage esperando por desenvolvimentos.

Luís: Este gajo espero bem que valha alguma coisa.

Beja: Semanas e semanas de espera… E finalmente vamos ver Michel num ringue da Vanguarda da Luta Livre.

*Toca a música La Chanson Des Vieux Amants, faixa de Michel-Baptiste Bangalter*

Raquel Jacob: Senhoras e senhores. A caminho do ringue, fazendo a sua estreia exclusiva e em direto na RTP2… oriundo de Bobigny, Seine-Saint-Denis, França e pesando 89 kgs, “De Luxe” Michel-Baptiste… Bangalter!

Beja: Bem… As luzes douradas mais o fogo-de-artifício revelam que aqui houve preparação.

Luís: Que é isto? Vai po ringue ou vai para uma passerelle?

Beja: Ainda não se sabe muito de Michel que continua a ir para o ringue descontraído.

Ele senta-se na borda e entra no ringue quase deitado. Levanta-se e olha para o público com ar de superioridade. Retira o casaco e começa a dobra-lo cuidadosamente. Levanta o braço direito e aponta para as bancadas.

Luís: Quero é ver quem vai ser a estrela mundial que vai aparecer para enfrentar o Francês.

Beja: Sim também estou curioso, pode ser que aparece uma estrela americana por aqui…

Luís: Era genial se um ex lutador de uma grande empresa viesse para a VLL por acaso…

*Toca a música Impele A Tua Própria Canoa, faixa de Toni Queijadas*

Luís: A sério?! A sério? É isto o lutador que vem fazer de estrela mundial? Só podem estar a gozar comigo!

Raquel Jacob: E o seu adversário… vindo de Amareleja, Beja… pesando 53 kgs… Toni Queijadas!

Beja: Isto só pode ser no gozo… A sério que tanto falaram deste combate para ser isto?

Luís: E olha para a cara daquele francês idiota no centro do ringue… Olhando para o Toni com desprezo! Até eu olho para ele assim! Mas ao menos não o enfrento dizendo que é uma estrela mundial! Que idiota este Michel!

Toni Queijadas entra no ringue, depois de ter cumprimentado alguns jovens no público com um gesto simbólico usando a mão direita.

Beja: Parece mesmo que vamos ter a estreia de Bangalter contra… Toni Queijadas.

Luís: Este gajo tá com um sorriso tão aberto porquê? Não vai fazer nada de especial…

Bangalter aproxima-se de Toni Queijadas e empurra-o, o árbitro, Jorge Mesquita, ainda nem sequer tinha dado inicio ao combate. O público vaia-o e a campainha toca. Toni Queijadas ainda parece mal tratado do Colisão, depois do ataque de Caim Ezequiel. Ambos dão algumas voltas no ringue, Toni parece que procura um soco, mas Michel chega para trás passa a mão na cabeça e sorri para o jovem escuteiro para depois lhe fazer um takedown manhoso.

Bangalter sorri ao encostar-se as cordas enquanto o público o insulta. O mesmo coloca-se sentado nas cordas, com os pés numa ponta e o dorso noutra enquanto Toni se levanta meio confuso e irritado, visto estar a ser alvo de gozo por parte do Francês. Toni sente um ato de raiva então e dirige-se a Michel que lhe dá um pontapé no estômago. DDT!

Toni Queijadas vai ao chão e Bangalter deitado no chão começa a sorrir, o público começa a ficar farto. O jovem Francês levanta-se num santo acrobático. Olha para a mesa de comentadores, seguido de uma meia volta onde calca Queijadas para o levantar de seguida. Coloca-o em posição de Suplex… deixa-o estar assim durante alguns segundos e… deixa-o cair em posição de Cutter… Toni vai ao chão com grande impacto. O público vaia com intensidade, visto que Bangalter fica sentado no ringue a rir.

Cover passado alguns segundos…1…2..3…


Raquel Jacob: O vencedor deste combate, Michel-Baptiste… Bangalter!

Luís: Este combate nem devia começar! Este gajo é um idiota. Eu entrava naquele ringue e até eu vencia o Toni Queijadas!

Beja: Tas mesmo revoltado Luís… Quem diria que não ias gostar dele.

Luís: Eu não tenho de gostar ou não, mas isto é idiota! Se eu fosse do público pedia para me devolverem o dinheiro. E esta música em francês irritante ta a tocar outra vez!

Beja: Bangalter deixa o ringue sorridente e passa aqui na nossa frente olhando confiante… Vence o seu primeiro combate aqui na VLL.

Luís: Combate de treta. Isto foi um combate? Por favor… Passem masé para algo mais interessante.

Beja: Certamente que vamos ouvir mais deste jovem no futuro.

Luís: Espero que não!

*****

A câmara foca a zona de bastidores, mais propriamente a sala que faz de departamente médico da federação. Yuri Petrov está notoriamente a sentir dores.

Roberto da Luz: Não estás autorizado a competir, sinto muito.

Yuri Petrov (a mover o ombro direito): Eu estou bem... ai... quero competir!

Roberto: Está descansado. O Gante há de ter o seu adversário.

Yuri Petrov: Outro que não seja eu!? Nem pensar!

Ouve-se uma voz de fundo.

Joana Costa: «Nem pensar» digo-te eu! Arriscas-te a ficar uns bons meses a ver a Vanguarda pela televisão se fores para aquele ringue.

Yuri: Vai valer a pena se for para derrotar aquele gajo.

Roberto: Tu és bem teimoso...

Joana: Sabes que mais, 'Berto? Deixa-o ir. Claro, isto é incoerente e irresponsável da nossa parte. Vamos ser repreendidos. Mas [apontando o dedo a Petrov] caso não saias pelo teu próprio pé daquele combate não nos culpes.

Yuri: Posso ir ou não?

Roberto: Não a ouviste? Vai, mas não nos culpes. Gante é um gajo perigoso e tem os seus comparsas que bem conheces. Não digas que não te avisamos.

Petrov agradece aos médicos pela oportunidade e promete que não os irá desiludir.

*****

A câmara volta a focar o ringue. O público está bastante expectante.

*Toca a música Sixteen Saltines, faixa de Moore SD*

Beja: Olha ele!

Luís: Aqui vem o mais recente herói da Vanguarda da Luta Livre!

Beja: Bela reação do público para Moore SD que cumprimentou Vinícius Nunes após o grande combate que travaram no Colisão!

Luís: Porquê Moore, porquê?

Moore SD apresenta uma expressão facial menos intensa, mais descontraída. Depois de cumprimentar ao de leve alguns fãs na primeira fila entra no ringue e pede um microfone que lhe é prontamente entregue.

Moore SD: E aquele Colisão, hein? Grande combate não acham?

O americano sorri enquanto o público vai entoando quer o nome de Moore e Vinícius, aplaudindo de seguida ambos os lutadores.

Moore SD: Eu sei que estive bem, mas mais do que assumir isso mesmo quero congratular Vinícius Nunes. Esteve fantástico e foi melhor que eu.

*Toca a música Até Quando?, faixa de Vinícius Nunes*

Beja: Aqui vem ele, o nosso campeão Supremo!

Luís: Esta besta devia era rebentar o Moore no meio daquele ringue. Está feito um maricas.

Vinícius Nunes: Eu concordo com você. E António Nunes também concorda. Ele está em folga depois de perder seu título da Vanguarda, mas seus pensamentos estão aqui.

O público entoa o nome do campeão Supremo vezes sem conta.

Vinícius: Agora há um problema. E não é consigo. É com Jorge Gante!

BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH

Vinícius: Gante quer ser campeão Supremo e parece querer usar Verno como suas grandes armas. Petrov não irá competir hoje, culpa de Diogo Lourenço. Mas vocês sabem quem é o líder dessa ação, ele não engana!

Moore SD: Eu percebo. E acredito que juntos seremos suficientemente coesos para parar estes pseudo-vilões da federação. Quero também aproveitar para referir que os Ver...

*Toca a música Caixão da Razão, faixa de David Soares Courteener*

David Soares Courteener: E eu percebo-vos ambos. A insegurança e a incerteza estão na vossa cabeça à pala das mensagens dos Verno.

Luís: O que é que este gajo está aqui a fazer?

Courteener: Eu vivi algo semelhante com Delmar Bento, mas fui a vítima. Estava perto do predador ao contrário de vocês. Mantenham-se dessa forma. Verno é um mal a evitar.

O público reage bem às declarações de Courteener.

Courteener: E Delmar recuperou hoje o Parceiros de Guerra. Uma palhaçada, é só isto que tenho a referir.

Toca a música de David Soares Courteener, sendo que este cumprimenta Moore SD e Vinícius Nunes saindo de cena logo a seguir rumo à zona de bastidores.

Vinícius: É fácil entender que Verno é um problema. Felizmente a VLL entende.

Vinícius Nunes aproxima-se duma câmara que está na borda do ringue.

Vinícius: Gante parece não entender. Mas eu incutirei isso nele.

Vinícius Nunes cumprimenta Moore SD, sendo que ambos saem de cena nos momentos a seguir sob uma grande ovação do público no pavilhão da Vanguarda.

*****

Yuri Petrov aparece na zona de bastidores. Tem o ombro enfaixado, mas este está junto à cortina que permite ao acesso ao ringue. Vai fazendo os seus últimos alongamentos para a contenda frente a Jorge Gante, líder dos Verno.

*****

Vídeo gravado no ecrã gigante. Caim Ezequiel aparece numa igreja.

Caim Ezequiel: Jorge Faria...

Caim ajeita o cabelo, olhando intensamente para a câmara.

Caim: Jorge Faria, novo residente do além.

Caim olha para cima.

Caim: Deus falou comigo. Disse-me que Jorge Faria se sentia sozinho e isolado no além. Por isso decidi ser solidário com meu amigo.

O devoto tira do bolso uma foto e vira-a para a câmara logo de seguida. Vemos uma foto de Toni Queijadas.

Caim: Amigos do além.

A imagem desvanece.
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 24# (RTP2) - (24/09/13)

Mensagem por vlladmin em Qua 25 Set 2013, 06:19

Está na hora do evento principal. O público está notoriamente entusiasmado para ver como é que Yuri Petrov se vai portar contra um implacável Jorge Gante.

*Toca a música Marcha Soviética, faixa de Yuri Petrov*

Raquel Jacob: Senhoras e senhores, este é o evento principal da noite! Introduzindo primeiro, a caminho do ringue, oriundo da Rússia e pesando 135kgs… Yuri Petrov!

Luís: Cá vem o enfaixadinho.

Beja: Grande Petrov, grande atitude deste grande lutador! Foi atacado por Diogo Lourenço, membro dos Verno, mas está aqui pronto para uma luta o líder dos mesmos Verno.

Luís: É masoquista, só pode!

Petrov vai até ao ringue de forma lenta e pausada.

Beja: Nota-se a milhas que ele está a sentir dificuldades...

*Toca a música War of Change, faixa dos Verno*

Raquel Jacob: E o seu adversário, a representar os Verno, oriundo de Lisboa e pesando 99kgs... Jorge Gante!

Beja: O auto-proclamado próximo campeão Supremo terá aqui um teste de fogo.

Luís: Só se for ele o fogo! Olha para o russo, está enfiado e pálido naquele ringue...

Beja: Já não esta cá quem falou.

Jorge Gante dirige-se para o ringue sozinho sem qualquer membro dos Verno ao seu lado.

Luís: Grande atitude de Jorge Gante, isso sim! Disse nas redes sociais que esta era uma batalha que queria vencer sozinho e os Verno respeitam isso. Que classe!

Beja: Vamos ver se isso sempre se confirma. Marcos Mendes vai fazer soar a campainha!

*Soa a campainha*

O oficial designado para esta contenda é Marcos Mendes. O mesmo certifica-se que nenhum dos lutadores contém alguma irregularidade antes do pontapé de saída deste evento principal da noite. Yuri coloca a mão esquerda no ombro direita em sinal de dor, sendo que Jorge Gante olha-o de forma matreira. O português começa a dar passos na lateral, tentando assustar ou surpreender Petrov logo à partida. Petrov anda com o apoio das cordas, sendo que o ombro continua a castiga-lo. Ah, e Gante! Ofensiva imediata do português que vai dando murros no ombro fustigado do russo. O público não gosta desta estratégia, mas é uma abordagem inteligente de Jorge Gante sem dúvida alguma. Joelhada no estômago do russo e de seguida um par de cotoveladas no ombro de Petrov que acaba por cair ao chão a contorcer-se de dores.

Gante apercebe-se do que se passa e surpreendentemente deixa com que o árbitro Marcos Mendes vá ver a condição em que está Yuri. O mesmo diz que se recusa a desistir e nesse momento Jorge Gante volta à carga com Stomps no ombro do grandalhão. Gante levanta-o... Running Knee em cheio no ombro de Petrov, que estrondo esta manobra do antigo lutador de MMA! Este encosta-se às cordas para ver o que fez, toma balanço e Elbow Drop no peito de Petrov! Avança para o assentamento, 1... 2... safa-se corajosamente o russo da Vanguarda.

O auto-proclamado próximo campeão Supremo continua à carga. Com o russo de pé o português vai prendendo um Standing Headlock. Com joelhadas nas costas de Gante o russo consegue desfazer-se do golpe... Jorge Gante vira-se, DDT de Yuri Petrov! Da forma mais repentina possível o russo consegue aplicar uma das suas manobras mais violentas. Este está no chão e vai a rastejar tentar o assentamento, 1... 2... mas Gante consegue continuar em combate!

O russo levanta-se primeiro e o público vai ao rubro! O ombro nesta fase continua a estar num estado muito mau. Petrov sente o apoio do público e ergue o braço esquerdo! Espera que Gante se levante... Russian Bear Hug! Está preso a manobra de submissão e Jorge Gante vai gritando, é visível que está em pânico! Será que vai desistir!?

*Toca a música War of Change, faixa dos Verno*

Beja: Mas o que vem a ser isto?

Yuri Petrov mostra-se extremamente surpreso e larga o Bear Hug que tem preso em Jorge Gante. Este espera pela interferência dos Verno, especialmente por Diogo Lourenço. A música toca durante alguns segundos, mas não se vê ninguém. Passados alguns instantes a música para e quer o russo quer o público mostram-se bastante confusos. Gante levanta-se... Figure Four Necklock preso em Petrov! As pernas de Gante exercem pressão no pescoço e sobretudo no ombro direito do russo que grita de dores no meio do ringue!

Petrov não resiste e desiste perante Jorge Gante!



Raquel Jacob: Senhoras e senhores, o vencedor deste combate por submissão.. Jorge Gante!

Jorge Gante mostra-se extremamente frustrado com o final deste combate.

Beja: Gante tem todas as razões para estar zangado com os Verno! Este disse há uns dias atrás que queria vencer Yuri Petrov por si só sem ajuda exterior.

Luís: Pobre e mal agradecido, pff.

Beja: Trata-se de uma questão de honra, Luís...

A imagem desvanece à medida que a equipa médica da Vanguarda da Luta Livre vai verificando o estado do ombro de Yuri Petrov e Jorge Gante vai resmungando com o que aconteceu no final do combate.
avatar
vlladmin

Número de Mensagens : 511
Data de inscrição : 30/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: VANGUARDA 24# (RTP2) - (24/09/13)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum